casa » Archivo de Etiquetas: bequimão (página 3)

Archivo de Etiquetas: bequimão

Bequimão cumpre primeira ação do Pacto pelo Fortalecimento da Aprendizagem

COMPARTILHE

No início desta semana, técnicos da Secretaria Municipal de Educação participaram do I Seminário Estadual do Pacto pelo Fortalecimento da Aprendizagem no Maranhão. O pacto é uma estratégia colaborativa entre governo estadual e municípios, para a melhoria das condições educacionais e redução da evasão escolar. O acordo de cooperação técnica foi assinado pelo prefeito Zé Martins, no último dia 30, e vai beneficiar os 3.483 alunos matriculados na Rede Municipal de Ensino.

Foto: Divulgação

Na formação, os articuladores refletiram sobre a qualidade da educação no Estado, discutiram suas atribuições, as contrapartidas do município e os desafios do programa. O vereador Professor Zeca, um dos gestores pedagógicos enviados pela Prefeitura de Bequimão, descreveu a experiência como enriquecedora. “O Pacto é uma grande iniciativa que vai permitir o fortalecimento da educação do nosso município. Com a capacitação, estaremos aptos a identificar os desafios e a formular estratégias que, de fato, sejam capazes de provocar uma grande reviravolta no cenário da educação”, avaliou. Além do professor Zeca, a formação também contou com a participação da gestora Rosenilce de Lima.

Foto: Divulgação

Para Zé Martins, a cooperação fortalecerá ainda mais as ações da Prefeitura de Bequimão em prol da elevação dos índices educacionais do município. “Esse programa vem reforçar os avanços que já conseguimos alcançar na educação do nosso município, como a melhoria do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb)”, afirmou o prefeito.

Gráfico: Reprodução / QEdu

Em 2017, quando foi divulgada a última avaliação do Ideb, Bequimão alcançou o melhor índice dos últimos 13 anos, com 4,8 pontos, superando São Luís, que pontuou 4,7. A média faz parte de uma sequência histórica de crescimento, segundo a plataforma QEdu. Desde o primeiro mandato do prefeito Zé Martins, o Ideb do município cresceu 0,7 pontos, levando em consideração as avaliações de 2013 e 2015, com 4,1 e 4,5 pontos, respectivamente. O cálculo da nota do Ideb considera o nível de aprendizado do aluno em Português e Matemática (Prova Brasil) e o fluxo escolar (taxa de aprovação).

 

Prefeitura de Alcântara adere campanha Setembro Amarelo no combate ao suicídio

COMPARTILHE

Suicídio é uma das principais causas de morte no país, ocorrendo em sua maioria entre jovens na faixa etária de 15 a 29 anos, segundo o Sistema de Informação sobre Mortalidade (SIM). O assunto é uma preocupação permanente e por esse motivo o Setembro Amarelo se tornou uma campanha de conscientização sobre a prevenção ao suicídio.

Ao longo do mês de setembro, a equipe da Secretaria Municipal de Educação de Alcântara, estará realizando a campanha de conscientização sobre a prevenção ao suicídio e automutilação nas escolas, que tem por tema Setembro Amarelo: Todos pela vida, Acolhendo com Amor.

A proposta escolhida para trabalhar com os alunos da Educação Infantil foi desenhar o símbolo do girassol, que representa luz e força.

Dentre as ações estão a realização de palestras, debates e atividades voltadas para a prevenção, além, de confecções de cartazes e materiais feitos pelos alunos.

Algumas atividades já foram realizadas em prol do Setembro Amarelo pela Secretaria de Educação nas escolas Jardim de Infância Inácio de Viveiro Raposo, John Kennedy, Inácio de Viveiro Raposo e Apolinário.

Valorizar a vida é um ato de amor.

Paricatiua comemora 128 anos com vasta programação e apoio da Prefeitura de Bequimão

COMPARTILHE

Oficialmente, o povoado de Paricatiua completou 128 anos de história somente nessa terça-feira (10). Mas uma grande festa, com o apoio da Prefeitura Municipal de Bequimão, movimentou a comunidade no último fim de semana. O prefeito Zé Martins, representado pelo secretário de Administração, José Orlando Ferreira, reafirmou o compromisso da sua gestão com o povoado.

“Paricatiua está de parabéns pela festa linda em comemoração aos seus 128 anos. Cumprimento toda a comunidade e mando um abraço especial ao líder comunitário Jorge Filho, um dos responsáveis pela organização da festa. Nossa administração sempre olhou com muito carinho por Paricatiua, realizando projetos importantes para seu desenvolvimento. Agora mesmo, estamos avançando no trabalho de asfaltamento e de recuperação das estradas que dão acesso ao povoado e às comunidades vizinhas. É uma região com muito potencial e que só tende a crescer. Parabéns, Paricatiua”, declarou o prefeito em suas redes sociais.

A programação do aniversário de Paricatiua teve início na sexta-feira (6), com um culto em ação de graças, realizado pela Igreja Assembleia de Deus. A ministração da Palavra ficou por conta do missionário Allanderson, da cidade de Pinheiro. Os louvores foram entoados pela cantora gospel Cláudia Sousa, também pinheirense, e pelos grupos Louvor e Adoração e Ministério Promessas, ambos do município de Bequimão.

No domingo (8), a programação iniciou com o desfile cívico, abordando o tema “O fantástico mundo das crianças”, que percorreu as ruas da comunidade. Alunos, ex-alunos e professores da Unidade Integrada Paricatiua (UIP) retrataram a história de personagens que marcaram o universo infantil, como a Turma do Chaves e a Branca de Neve e os Sete Anões. O som da banda da Escola de Música Emerson Pereira embalou o desfile, em todo o percurso.

Ainda na manhã de domingo, houve competição das corridas rústica e ciclística, além da tradicional cavalgada. À tarde, uma gincana pôs à prova as habilidades físicas e intelectuais da comunidade infantojuvenil, impulsionando o desenvolvimento motor, social e criativo de crianças e adolescentes do povoado. A atividade, assim como o desfile cívico, foi coordenada pelo professor Cipriano Assunção, diretor da UIP.

No fim de tarde, foi a vez da canoagem. Além de assistir à competição, moradores e visitantes puderam contemplar o lindo pôr do sol que o cais, construído na gestão do ex-prefeito Juca Martins, reserva àqueles que têm Paricatiua como refúgio. À noite, shows da Banda Sensual, Beijo de Menina e DJ Xuxa encerraram o aniversário do povoado com chave de ouro.

“Agradeço a Deus por ter nos proporcionado mais um ano dessa festa brilhante. Agradeço também ao prefeito Zé Martins, porque ele sempre nos ajudou. Não só com esta festa, mas também com muito trabalho ao longo da sua gestão. Maior exemplo disso é a pavimentação asfáltica, que, se Deus quiser, vai chegar em breve, trazendo infraestrutura e qualidade de vida para o nosso povo. Outra novidade é que Paricatiua será incluído no projeto de pólo turístico, o que vai gerar emprego e aumentar a renda daqueles que vivem aqui. Todos sabem que quando o turismo chega, a economia local cresce”, concluiu, otimista, o líder comunitário Jorge Filho.

 

Bequimão entrará para o Programa Maranhão Quilombola

COMPARTILHE

O município de Bequimão integrará o Programa Maranhão Quilombola (PMQ), destinado à implantação de estratégias e ações que garantam melhores condições de vida à população remanescente de quilombos. A decisão foi tomada durante reunião realizada, nesta terça-feira (27), entre o secretário estadual de Igualdade Racial (SEIR), Gerson Pinheiro de Souza, e o secretário municipal de Cultura e Promoção da Igualdade Racial de Bequimão, Rodrigo Martins.

“A administração do prefeito Zé Martins, desde 2013, tem se destacado pelas políticas públicas voltadas aos quilombolas do município. Essas ações já resultaram em melhoria de indicadores sociais nas 11 comunidades reconhecidas como remanescentes de quilombos em Bequimão”, destacou Rodrigo Martins.

Para avançar nesse trabalho, será elaborado o Plano Municipal de Políticas de Promoção de Igualdade Racial e Formação do Conselho Municipal da Igualdade Racial em Bequimão. Esses requisitos colocarão Bequimão no Sistema Nacional de Promoção da Igualdade Racial, do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos.

Na reunião, também ficou garantida a parceria da Secretaria Estadual de Igualdade Racial para a 7ª edição da Semana do Bebê Quilombola, evento pioneiro no país, em colaboração com o escritório do Unicef em Bequimão.

Participaram da reunião o assessor de planejamento da SEIR e coordenador do Programa Maranhão Quilombola, Mauro Marques, e o coordenador das comunidades quilombolas de Bequimão, Francisco Carlos Macedo (Pinininho).

Prefeitura de Bequimão promove ação com bebês prefeitos

COMPARTILHE

Em cada edição da Semana do Bebê Quilombola, a primeira criança das comunidades remanescentes de quilombos que nasce após a abertura do evento recebe o título de “Bebê Prefeito”. Esses recém-nascidos recebem assistência e cuidados, que se estendem por todas as fases de crescimento, representando o compromisso da Prefeitura de Bequimão com a garantia de direitos à infância. No sábado (31), uma equipe da administração municipal visitou os bebês que receberam os títulos no ano de 2018.

A estratégia, levada a cabo desde 2013 pelo prefeito Zé Martins, é orientada pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef). A mãe dessas crianças precisa ter feito as consultas regulares do pré-natal e o parto deve ter sido normal, preferencialmente. Outro critério importante é o da amamentação. Em geral, no último dia da Semana do Bebê Quilombola, é feita a entrega simbólica da chave da cidade.

No ano passado, duas crianças receberam o título: José Henrique, filho de Elkênia Silva e José Reinaldo, do Marajá, e Vitória Gabriele, filha de Gisleia Macedo e João Macedo Sá, de Ariquipá. Na visita feita pela equipe da Prefeitura, as famílias dos bebês prefeitos ganharam benefícios eventuais (cestas básicas), atendimentos psicossociais e tiveram acompanhamento do Programa Bolsa Família, além de inscrição nos programas, serviços e projetos da Secretaria Municipal de Assistência Social. Também foram encaminhados para cobertura pela Secretaria Municipal de Saúde.

Na ação, a Secretaria Municipal de Cultura e Promoção da Igualdade Racial definiu a criação do Prontuário do Bebê Prefeito e um dia de recreação para todos os bebês prefeitos das últimas edições. Segundo o secretário Rodrigo Martins, a nova gestão dessa política pública tem como foco o bem estar das famílias quilombolas e a conquista de resultados.

As ações da Semana do Bebê Quilombola são acompanhadas pela Comissão Intersetorial do Selo Unicef. Bequimão passou a cumprir todos os desafios necessários para que o município conquiste o Selo. Quando isso acontecer, significa que as crianças das comunidades quilombolas recebem toda a assistência necessária para um bom desenvolvimento.

Município de Bequimão está, sim, no Pacto pela Aprendizagem

COMPARTILHE

O prefeito de Bequimão, Zé Martins, emitiu nota sobre adesão do município ao Pacto pela Aprendizagem. Confira a nota na íntegra!

NOTA

Bequimão está dentro do Pacto pela Aprendizagem. No dia 05 de agosto de 2019, o prefeito Zé Martins reuniu-se com o secretário estadual de Educação, Felipe Camarão, para tratar desse programa e da implantação de um Centro Educa Mais em Bequimão, com uma Escola em Tempo Integral, o que demonstra total disponibilidade da administração municipal para as parcerias com o Governo do Estado.

Por equívocos na comunicação entre Secretaria Estadual de Educação e a Secretaria Municipal de Educação, não foi encaminhado ao endereço eletrônico do município de Bequimão o documento que formalizaria a adesão ao programa. O prefeito Zé Martins entrou em contato com o secretário Felipe Camarão e, nesta sexta-feira (30), foi assinado o acordo de cooperação técnica para implementação do Pacto pelo Fortalecimento da Aprendizagem no Maranhão.

Não há qualquer tipo de “birra” do prefeito em relação ao Governo do Estado, como sugeriu o texto que circulou entre os blogueiros alinhados ao Palácio dos Leões. A oposição política do prefeito Zé Martins é feita nos moldes democráticos, sem que sua postura adversarial afete a defesa dos interesses públicos da comunidade bequimãoense. Prova disso foi a cessão do colégio Liliosa Cantanhede, onde funciona o Instituto Estadual do Maranhão (IEMA). O prédio havia sido reestruturado gestão Zé Martins, com a construção de auditório e compra de equipamentos para o funcionamento do programa Darcy Ribeiro.

A disponibilidade da Prefeitura de Bequimão também pode ser atestada pela recepção, no dia 16 de agosto, de uma equipe da Secretaria Estadual de Educação, que fez visita técnica à Unidade Escolar Aniceto Cantanhede, no Centro, para dar andamento ao processo de implantação de uma escola em tempo integral.

O texto divulgado pelos blogueiros também cita a implantação do polo permanente de educação superior da Uema (Universidade Estadual do Maranhão), no município de Bequimão. A audiência pública realizada no dia 20 de julho de 2019 teve todo apoio da Prefeitura de Bequimão, com participação do prefeito e de sua equipe de gestão.

Sobre a situação do transporte escolar, a Prefeitura Municipal de Bequimão esclarece que, desde 2013, a administração do prefeito Zé Martins adquiriu 8 novos ônibus escolares. Além desses veículos, mais 18 são utilizados todos os dias, pela manhã, tarde e noite, para o deslocamento de 2 mil alunos da Rede Municipal de Ensino e 4.100 da Rede Estadual de Ensino. Com esses esforços, os estudantes de Bequimão ficaram livres do pau de arara, como ocorria no passado. A ida à escola ficou mais segura, no município.

A Prefeitura, por meio da Secretaria de Administração e Transportes, realiza manutenção periódica. Ainda assim, alguns dos veículos próprios já precisam ser recuperados, mas esse serviço é prejudicado pela falta de repasse dos recursos pelo Governo do Estado, considerando que 2/3 dos alunos transportados são da Rede Estadual. O vandalismo também contribui para a deterioração dos ônibus, o que pode ser comprovado pelo estado dos bancos, que são riscados e rasgados. Essa situação foi reportada ao Ministério Público.

A Prefeitura de Bequimão informa, ainda, que já fez um levantamento dos reparos necessários. Para não comprometer o transporte dos estudantes, será feito um cronograma de manutenção. Além disso, está em elaboração uma campanha de sensibilização de toda a comunidade escolar, incluindo as famílias, sobre a responsabilidade de todos na preservação do patrimônio público.

A administração municipal aproveita para devolver o questionamento aos blogueiros ligados ao Governo do Estado: por que não estão sendo repassados os recursos para transporte dos alunos da rede estadual? A Prefeitura de Bequimão reafirma seu compromisso com a educação de Bequimão, que já alcançou resultados no IDEB superiores aos da capital São Luís, e também ratifica sua disponibilidade para convênios e parcerias com o Governo do Maranhão, inclusive para a regularização do repasse ao transporte escolar.

Zé Martins

Prefeito Municipal de Bequimão

Prefeitura de Bequimão realiza ação para estimular a amamentação

COMPARTILHE

O direito à amamentação e a importância de sua exclusividade até o sexto mês de vida foram reforçados, nesta quinta-feira (22), em ação do “Agosto Dourado”, realizada pela Prefeitura de Bequimão, por meio da Secretaria de Saúde, na Estratégia de Saúde da Família (ESF) do povoado Santana. O Dia D da campanha também contou com o apoio da Secretaria de Assistência Social, com sua equipe técnica do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas) e pela assessoria da Comissão Intersetorial do Selo Unicef.

A enfermeira Soraya Amorim, que atua na ESF do Santana, falou sobre o pré-natal, destacando os exames de rotina, orientações sobre os sinais e sintomas indicativos da hora do parto, cuidados com o bebê, hora do banho, limpeza do umbigo e a função da amamentação para a saúde do bebê. Depois, foi aberta uma roda de conversa para discutir a depressão pós-parto e as formas de superação, com o psicólogo do CREAS, Wanderson Farias. Já a nutricionista Karoline Mourany comentou os benefícios nutricionais da amamentação e seu impacto no desenvolvimento do bebê.

As gestantes e as puérperas (mulheres que estão no período do pós-parto) tiraram dúvidas e contaram suas experiências e as angústias da maternidade. O evento foi encerrado com uma confraternização e distribuição de brindes.

Agosto Dourado

A campanha Agosto Dourado foi lançada oficialmente em 2017, pela Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP), com base na Semana do Aleitamento Materno, que acontece de 1 a 7 de agosto. A proposta da campanha é mostrar que todos os dias deverão ser dedicados a incentivar e estimular a amamentação.

Bequimão expõe potencialidades no II Seminário de Turismo Floresta dos Guarás

COMPARTILHE

Potencialidades das manifestações culturais e dos artesanatos bequimãoenses foram apresentadas no II Seminário de Turismo Floresta dos Guarás, que aconteceu entre terça (20) e quinta-feira (22), em Mirinzal. A Prefeitura de Bequimão montou um estande para exposição de produtos locais, que podem ser levados para fora ou mesmo atrair visitantes ao município.

Da riqueza cultural, foram destacados o bumba-meu-boi Estrela de Bequimão, o tambor de crioula e o Festejo do Divino Espírito Santo (Carnaubal e Pontal). A produção artesanal estava representada pelas redes, miniaturas de redes, tapetes, centro de mesa, jogos americanos e socó, do Centro dos Câmaras; cestos, jogos americanos e chaveiros feitos da fibra ou palha de tucum, do Quindíua; e utensílios de pesca/malhadeira, do Carnaubal. Também houve espaço para o queijo do Pontal e para as plantas da região.

“O que está acontecendo aqui é um intercâmbio entre os municípios que compõem o polo turístico da Floresta dos Guarás. Trouxemos uma amostra de algumas atrações de Bequimão”, comentou o secretário-adjunto de Meio Ambiente e Turismo de Bequimão, Edmilson Pinheiro.

A cultura de um lugar também tem forte apelo no desenvolvimento da atividade turística. “Quando alguém visita uma cidade, a experiência desse turista vai acontecer por meio da comida, da contemplação das manifestações culturais e das belezas daquele local. Bequimão tem muito a oferecer aos seus visitantes”, defende o secretário de Cultura e Promoção da Igualdade Racial, Rodrigo Martins, que é turismólogo e presidente do Conselho Municipal de Turismo de Bequimão.

No seminário, a equipe da Prefeitura de Bequimão aproveitou para articular uma parceria com o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (IFMA) – Campus Alcântara, para a produção do inventário da oferta turística do município. Esse levantamento é essencial para subsidiar a elaboração de planejamentos e também para a captação de recursos voltados ao fomento do turismo.

O seminário

Nos três dias de evento, está sendo discutido o desenvolvimento da atividade turística na região, apresentando alternativas para qualificar e promover o Polo Turístico Floresta dos Guarás. Foram realizadas palestras, como a que foi ministrada pelo representante da Costa do Delta e secretário de Turismo de Ilha Grande/PI, Adilson Castro. Ele contou a experiência de sucesso do município onde atua. Aconteceram, ainda, mesas redondas, painéis, exposições de artesanato, cultura e gastronomia.

Na quarta (21), foi realizada visita técnica em Guimarães, com city tour pelo Centro Histórico e visita à praia de Araoca. No último dia, destacaram-se estratégias e ferramentas digitais, no Guarás Digital Day.

A equipe de Bequimão contou com a participação do vice-prefeito Sidney Nogueira (Magal), do vereador Vadico do Areal, da secretária-adjunta de Cultura e Promoção da Igualdade Racial, Luana Telene, além de conselheiros municipais de turismo e artesãos.

 

Fotos: Rodrigo Martins

Pesquisadores da UFMA avaliam condições de vida e saúde de idosos quilombolas de Bequimão-MA

COMPARTILHE

As condições de vida e saúde de 208 idosos das comunidades quilombolas de Bequimão estão sendo estudadas por pesquisadores da Universidade Federal do Maranhão (UFMA) – Campus Pinheiro. Na primeira fase da pesquisa, realizada em 2018, foram levantadas informações a partir de questionários aplicados aos moradores com mais de 60 anos de idade. Na última quarta (14) e quinta-feira (15), a equipe formada por investigadores dos cursos de Medicina e Enfermagem voltou às comunidades, desta vez para coleta de sangue e urina, que serão analisados em laboratório. A Prefeitura de Bequimão, parceira do projeto, pretende usar os dados gerados pela pesquisa para melhorar o planejamento das políticas de saúde voltadas a essa população.

Os agentes comunitários de saúde, que acompanham periodicamente as famílias do município, ajudaram a fazer o primeiro levantamento, identificando as pessoas idosas. Depois, os pesquisadores foram de casa em casa, nas comunidades de Ariquipá, Suassuí, Sibéria, Pericumã, Juraraitá, Mafra, Santa Rita, Conceição, Ramal do Quidiua, Rio Grande e Marajá. Eles procuravam saber as condições socioeconômicas, demográficas, sanitárias, os comportamentos de saúde e as doenças que mais afetam os idosos de comunidades quilombolas.

A hipertensão arterial apareceu como a doença com maior incidência entre as pessoas com mais de 60 anos. Do total de idosos entrevistados, 57,2% sofrem de pressão alta. As outras enfermidades mais relatadas foram os problemas de coluna, glaucoma/catarata e diabetes, principalmente entre as mulheres. As entrevistas ocorreram entre os meses de junho e setembro do ano passado. Além desses dados, a equipe de pesquisa estava interessada em entender fatores sociais e econômicos que influenciam na dinâmica de vida nos remanescentes de quilombos.

“Observamos que as desigualdades no envelhecimento populacional refletem características do processo histórico, social, regional e cultural. Quando pensamos na situação da população negra, percebemos um acúmulo de desvantagens ao longo de cada ciclo de vida e gerações até a fase idosa. A situação de vida, saúde e doença dessas pessoas revela as marcas históricas dos níveis sociais”, destacou o coordenador da pesquisa, Bruno de Oliveira, que é professor do Curso de Medicina e doutor em Saúde Coletiva, pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).

Essas informações servirão de base para a etapa iniciada na segunda semana de agosto. Desde o início, a equipe recebeu apoio técnico e logístico da Secretaria de Estado de Articulação das Políticas Públicas do Maranhão, Secretaria Municipal de Assistência Social de Bequimão, Secretaria de Cultura e Promoção da Igualdade Racial, Secretaria Municipal de Saúde, equipes da Estratégia de Saúde da Família e das lideranças comunitárias locais. Conta também com financiamento público da FAPEMA e do CNPq.

Nova fase de coletas

Os pesquisadores da UFMA retornaram às comunidades para um novo encontro com os idosos e as idosas que haviam participado da primeira etapa do estudo. Agora, eles coletaram amostras de sangue e de urina, que serão examinados em laboratório. Para conhecer melhor a saúde dos quilombolas a partir dos 60 anos, serão avaliados o hemograma completo, glicemia de jejum, lipidograma completo, PSA (somente homens) ácido úrico, ureia, creatinina, TGO, TGP, EAS (sumário de urina). Depois de seis meses, a coleta será repetida. “Com as informações obtidas, o projeto tem o compromisso de dá um retorno à comunidade, com ações que proporcionem uma transformação social, política e de saúde”, garantiu o professor Bruno.

As coletas dessa nova fase foram acompanhadas pelo secretário municipal de Cultura e Promoção da Igualdade Racial, Rodrigo Martins, que ressaltou o conjunto de ações desenvolvidas pela administração municipal, desde 2013, para melhorar as condições de vida dos moradores das 11 comunidades quilombolas de Bequimão. “Sabemos o quanto a população negra foi negligenciada, historicamente. Por isso, nosso esforço é para criar projetos que efetivamente transformem a vida dos quilombolas do nosso município, com cuidados que vão desde a primeira infância até a velhice”, enfatizou o secretário.

Remanescentes de quilombos

Os quilombos surgiram como territórios de resistência à escravidão no Brasil. Ao longo da história do país, muitas dessas comunidades permaneceram no mesmo lugar de luta dos ancestrais. O Maranhão é o estado do país com a segunda maior concentração das chamadas comunidades remanescentes de quilombos, com 27,7%, ficando atrás apenas da Bahia, que registra 30%, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), no censo de 2010.

Em Bequimão, a estimativa é que 1.286 famílias vivam nas 11 comunidades já reconhecidas pela Fundação Cultural Palmares e pelo Ministério da Cultura.

 

Prefeitura de Bequimão divulga gabarito de prova para conselheiro tutelar

COMPARTILHE

A Prefeitura de Bequimão divulgou, nesta segunda-feira (19), o gabarito da prova para conselheiro tutelar, realizada no último domingo (18). As respostas do teste de conhecimentos específicos foram publicadas na Edição Nº 031, do Diário Oficial do Município.

Fizeram a prova pré-candidatos a membros do Conselho Tutelar, para o quadriênio 2020-2023. A fiscalização do certame ficou a cargo do Ministério Público. No total, 22 pessoas participaram dessa fase, que é classificatória para o pleito no mês de outubro.

ACESSE E VEJA O GABARITO NO DIÁRIO OFICIAL DO MUNICÍPIO CLICANDO AQUI…

Responsive WordPress Theme Freetheme wordpress magazine responsive freetheme wordpress news responsive freeWORDPRESS PLUGIN PREMIUM FREEDownload theme free