casa » Archivo de Etiquetas: Audiência (página 2)

Archivo de Etiquetas: Audiência

Câmara de vereadores debate “Reforma Política” em São Luís

COMPARTILHE

H1

A câmara municipal de São Luís foi palco nesta segunda feira (6) de um grande debate sobre reforma política. A audiência publica foi realizada pelo vereador Ivaldo Rodrigues (PDT) que contou um grande público, entre políticos e sociedade organizada. Durante o evento, 18 vereadores estiveram presentes, entre eles: Bárbara Soeiro (PMN), Estevão Aragão (SDD), Sebastião Albuquerque (DEM), Edmilson Jansen (PTC), Baliseu Barros (PSDC), Josué Pinheiro (PSDC), Gutemberg Araújo (PSDB), Professor Lisboa (PCdoB), Rose Sales (PCdoB), Pereirinha (PSL), Chico Carvalho (PSL), Beto Castro (PROS), Marquinhos (PRB), Manoel Rêgo (PTdoB), Barbosa Lages (PDT), Pedro Lucas (PTB), Osmar Filho (PSB), Eidimar Gomes (PSDB) e Ivaldo Rodrigues (PDT) autor do requerimento.

A mesa diretora foi composta pelo presidente em exercício Chico Carvalho, que depois deu lugar ao vereador Josué Pinheiro e Pedro Lucas como primeiro secretário e Ivaldo Rodrigues segundo secretário em exercício. Também fizeram parte da mesa, o Secretário de São Luís, Severino Sales (representando o prefeito Edivaldo Holanda Junior), deputado federal Pedro Fernandes (PTB), Mário Macieira (Presidente da OAB-MA) e Dr. Emanoel  José Peres Neto Guterres Souza (Promotor de Justiça, representando o Tribunal de Justiça do Maranhão).

H1 H2 H3

Na abertura da audiência, o vereador Ivaldo Rodrigues, autor do requerimento que deu origem ao evento, fez uma explanação do termo “Reforma Política”. Sem economizar palavras, Ivaldo mostrou seu ponto de vista sobre o tema e mais uma vez disse ser a favor da reforma. “É preciso que a população participe desse debate. Se a sociedade está na rua, é porque está cansada deste modelo ridículo de fazer política no Brasil. Nosso país precisa de reforma urgente. Nós queremos que este debate seja discutido com toda sociedade e não só com a classe política. Vamos tratar de uma reforma séria, porque este país precisa de algo mais sério” – finalizou o vereador, que frisou ser contra o financiamento privado de campanha.

Já o deputado Federal Pedro Fernandes, deu uma aula sobre “Reforma Política”. Durante seu discurso, ele lembrou ainda de vários fatores que hoje motivam ainda mais a reforma política. Não dar pra comparar o Brasil que até com 470 anos de descoberta, tinha apenas 90 milhões de habitantes, hoje 45 anos depois, o Brasil aumentou sua população em 120 milhões de pessoas a mais. Nosso país hoje tem 212 milhões de habitantes, um dos pais que mais cresceu populacionalmente nos últimos 50 anos. O certo mesmo, é fazer uma verdadeira “Reforma” porque a população aumentou e o Estado brasileiro não é capaz de acompanhar o crescimento” – disse o deputado, que acrescentou ainda, que esta reforma não significa que as políticas sociais vão melhorar.

Enquanto isso, o presidente da OAB –MA, Mário Macieira, mostrou domínio de conhecimento de causa e disse que concorda em alguns aspectos, mas acha que muita coisa deve ser mudada. “Sou a favor do fim da reeleição e a Ordem dos Advogados do Brasil, defende as eleições de 2×2 anos. Assim o eleitor tem tempo para avaliar um candidato. Sou contra o mandato tampão e a favor de que devemos acabar com os suplentes de senadores. Quem deverá assumir em caso de ausência, será o terceiro ou quarto colocado nas eleições. É inadimisível um suplente assumir o cargo sem ser votado” – finalizou o presidente da OAB-MA.

Zé Inácio vira réu em ação penal

COMPARTILHE

ZZ1

O deputado estadual José Inácio Sodré Rodrigues, o Zé Inácio (PT), se tornou réu em uma ação penal na Justiça Federal do Maranhão. A denúncia, feita no dia 09 de novembro de 2012 pelo procurador da República no Maranhão, Flauberth Martins Alves, e aceita pelo juiz titular da 1ª Vara Federal Criminal, juiz Roberto Carvalho Veloso, no dia 09 de setembro de 2013, após ratificação do Ministério Público Federal (MPF) maranhense.

Z1

De acordo com informações obtidas pelo BLOG, o processo envolve supostas irregularidades no Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (INCRA), autarquia que teve como superintendente no Maranhão, o próprio parlamentar petista. A audiência do Processo contra Zé Inácio está marcada para o dia 08 de abril, às 14:30h. O difícil é explicar o inexplicável.

Z2

Além da ação penal que tramita no Tribunal Regional Federal da 1ª Região, Zé Inácio pode ser alvo de outros processos por causa de irregularidades em sua gestão à frente do Incra. O BLOG teve acesso a documentos de contratos que mostram obras inacabadas em vários municípios do Maranhão.

Z3

Em Santa Rita, o órgão firmou contratos com uma empresa que tem como sócia uma prima do então superintende regional do Incra, hoje deputado estadual, Zé Inácio. As obras para construção de casas e estradas, sequer chegaram a ser realizadas, ou foram iniciadas e paralisadas, após a liberação de recursos. Método totalmente fora da lei.

Z5

As supostas irregularidades também foram constatadas em Mirinzal, Itinga e várias cidades do interior do Estado, inclusive no litoral ocidental maranhense. Ainda esta semana o blog vai publicar as informações detalhadas de cada um dos municípios e mostrar toda possível armação feita por Zé Inácio durante sua gestão no Incra. É só aguardar pra ver!

 

Texto: Blog Antônio Martins

 

Vereador participa de audiência pública sobre Segurança

COMPARTILHE

AG

O vereador de São Luís e vice-líder do governo na câmara, Ivaldo Rodrigues (PDT), esteve hoje (25) pela manhã no plenário da câmara municipal, participando de uma audiência pública sobre segurança na capital e no restante do Estado do Maranhão. Com um plenário lotado, Ivaldo fez parte da mesa, onde ocupou a função de primeiro secretário em exercício. Presidida pelo vereador Chico Carvalho (PSL), a sessão que tinha como autor do painel, Pavão Filho (PDT), teve o maior número de comandantes de batalhões das polícias militar e Civil em uma audiência publica no plenário Simão Estácio da Silveira.

Q1 Q2 Q3

Em seu discurso, o vice-líder do governo na câmara, fez vários relatos do cotidiano que envolve o social principalmente em São Luís. “Nós que somos vereadores e moramos em comunidade, e os vereadores Chaguinhas e Basileu sabem disso, eles que moram em suas comunidades assim como eu que moro na Vila Luizão há 15 anos e vivo o dia-dia de cada morador, isso é muito importante para a vida de um vereador. Nós que somos vereadores desta cidade, podemos até não se reeleger, mas sairemos desta casa mais humanos” – disse Ivaldo Rodrigues, que rasgou elogios ao vereador Pavão Filho pela iniciativa de levar para a câmara um tema de relevância para ser debatido com a população.

De acordo com Ivaldo Rodrigues, o vereador é um pouco de cada profissão exercida nas comunidades. “Nós somos um pouco de Padre, Delegado, Juiz, Pastor, Enfermeiro, Professor e eu que sou Educador achava que o professor seria o pai das funções, mas aqui nesta casa descobri que o parlamentar municipal é tudo isso e mais alguma coisa” – relatou o vice-líder do governo.

Q4 Q5 Q6

Segundo Ivaldo em seu relato, existe algo pior que a cultura criminalidade; em sua opinião a impunidade é pior que a criminalidade. “Como já fui assaltado dentro de minha casa, sei da experiência de está nas estatísticas da criminalidade. Eu devo imaginar a vida de um policial quando se depara diante de uma situação onde o criminoso está armado e não pode atirar” – disse Ivaldo que relatou a experiência de Pavão Filho, já que o autor do painel também já foi deputado por vários mandatos.

Eu sei que a pratica deste combate é muito grande, com falta de recursos, onde os criminosos andam com armas avançadas e o policial não tem esse instrumento. Por isso que digo que isso é muito importante discutir esse tema aqui na câmara porque reflete na comunidade. A polícia ganha pouco, mas faz seu trabalho com amor a profissão. A maioria das corporações tem gente dedicada à segurança deste estado, para proteger e defender seus irmãos. Para finalizar, Ivaldo Rodrigues frisou que a segurança é problema que não depende só do poder público e sim todo cidadão brasileiro, porque o Estado acontece dentro das comunidades, porque a Câmara jamais se ausentará desses debates.

Q7 Q8 Q9

Estiveram presentes, os vereadores Professor Lisboa (PCdoB), Marquinhos (PRB), Gutemberg Araújo (PSDB), Basileu (PSDC), Chaguinhas (PSB), Rose Sales (PCdoB), Eidimar Gomes (PSDB), Honorato Fernandes (PT), Ivaldo Rodrigues (PDT), Francisco Carvalho (PSL), Pavão Filho (PDT), Nato (PRP), além dos convidados; Dr. Murilo Andrade (Secretário da Sejap), Breno Galdino (secretário municipal de segurança e cidadania), Coronel Marco Antônio Alves da Silva, Delegado Augusto Barros, além de todos os representantes das polícias Civil, Militar e Corpo de Bombeiros do Maranhão.

Wellington participa de Audiência Pública na Câmara de Vereadores

COMPARTILHE

LELWT

O deputado Wellington do Curso (PPS) participou, nessa terça-feira (24) e quarta (25), de Audiência Pública sobre Transporte Público e da prestação da LOA 2014, realizadas na Câmara de Vereadores de São Luís. Na oportunidade, o parlamentar, que se diz vereador deputado, destacou as dificuldades que os ludovicenses enfrentam devido à inoperância da mobilidade urbana na capital. Já nesta quarta feira (25) o deputado apenas acompanhou de perto o debate.

O parlamentar salientou, ainda, o descomprometimento municipal para com as garantias elementares no plano da mobilidade urbana de São Luís, além de criticar o não cumprimento das “metas simples”, inicialmente estipuladas pelo atual gestor, Edivaldo Holanda Júnior e, até então, não colocadas em prática, tendo como consequência o caótico trânsito da capital maranhense.

“Antes do início da atual gestão, foram estipuladas metas, denominadas pelo atual prefeito, de ‘metas simples’, dentre elas obras de pequena complexidade que iriam ‘mudar o trânsito de São Luís’, segundo afirmado por ele. Obras pequenas, obras simples precisam agora da parceria com o governo do Estado? Por que não foram realizadas nos primeiros dois anos de governo? Senhoras e senhores, não estou aqui simplesmente para criticar ou para apontar defeitos. Eu estou aqui, de forma propositiva, para discutir São Luís e apresentar projetos para a cidade e para o Estado. Estou em defesa das 217 cidades do Maranhão”, finalizou Wellington do Curso.

Em entrevista para este PORTAL, Wellington destacou seu desempenho e compromisso com o povo. “Eu estou dedicado bastante ao meu cargo e tenho orgulho de ser um deputado estadual. Não falto nenhuma seção e fico até 17h em meu gabinete” disse professor Wellington. O parlamentar carrega como bandeira, a educação. Segundo o deputado, a educação é a única solução deste país.

 

LOA 2015 é apresentada na Câmara

COMPARTILHE

CD6

Em audiência pública realizada na tarde desta segunda feira (24) na Câmara Municipal de São Luís, a Comissão de Orçamento da Casa Legislativa, representada pelo Presidente em exercício, vereador Pedro Lucas (PTB) e o relator da comissão vereador José Joaquim (PSDB), questionaram alguns itens da LOA – Lei Orçamentária anual. O executivo foi representado pelos secretários José Cursino (Planejamento), Lula Fylho (Governo), Raimundo Rodrigues (Fazenda), Robson Paz (Comunicação), Antônio Araújo (Obras e Serviços Públicos), Helena Duailibe (Saúde), Geraldo Castro (Educação), Andréia Lauande (Criança e Assistência Social), Marcelo Coelho (Agricultura e Abastecimento) e Fátima Ribeiro (Segurança Alimentar). Com a ausência do Presidente da comissão, Vereador Ivaldo Rodrigues (PDT), que estava internado com problemas de saúde, o presidente da Câmara, Isaías Pereirinha (PSL) e os membros da Comissão de Orçamento da Câmara acima citados, conduziram a audiência.

A Prefeitura de São Luís apresentou detalhadamente as ações do Executivo Municipal para o próximo ano, durante audiência pública na Câmara de Vereadores sobre a Lei Orçamentária Anual (LOA) 2015. O orçamento do próximo ano está estimado em R$ 2,7 bilhões. O secretário municipal de Planejamento, José Cursino Raposo, explicou que a estimativa é a mais realista dentro da conjuntura econômica do país, e que o prefeito Edivaldo garantirá a execução eficiente e coerente.

O secretário de Planejamento esclareceu os critérios técnicos utilizados para a montagem da peça orçamentária e respondeu ao questionamento dos vereadores sobre a estimativa do orçamento para 2015. Ele destacou que os investimentos prioritários da gestão, nas áreas da Educação e Saúde, estão assegurados na peça orçamentária.

“A arrecadação de 2014 ficou bastante abaixo da estimativa original. Ao final do ano devemos ficar com R$ 2,2 bilhões [o estimado era pouco maior de R$ 2,7 bilhões]. Em 2015, a estimativa é bem realista para que não se crie expectativas que não teriam respaldo financeiro no decorrer do exercício. A estimativa leva em conta de forma bastante responsável a incorporação das melhorias que estamos projetando”, salientou Cursino.

O secretário municipal da Fazenda, Raimundo Rodrigues, afirmou aos parlamentares que a Prefeitura está investindo na modernização da pasta para melhoria da arrecadação, sem aumento de impostos. Ele apresentou os projetos estruturantes para aprimorar a arrecadação, como o treinamento de pessoal na questão tributária e a revisão do Código Tributário Municipal, onde espera contar com o apoio da Câmara.

“Gerando processos consistentes, colocando metas, nós trabalhamos de forma mais factível. Quem deve União, Estados e municípios paga primeiro a União. Porque a cobrança é mais eficiente. Temos que evoluir nesse processo da cobrança”, exemplificou.

Raimundo Rodrigues também destacou os fatores positivos de uma estimativa mais conservadora da arrecadação. “A nossa superestimação das receitas gera uma expectativa falsa. Se ficamos mais ‘pé no chão’ o que vem além gera um ‘plus’ na administração. Isso leva a um maior poder de financiamentos, um fator de crescimento para o município”, assinalou.

O secretário de Educação, Geraldo Castro, ressaltou as várias obras em escolas da rede municipal, tanto as já realizadas quanto as em licitação para serem executadas em 2015. Ele também destacou a matrícula digital implantada nesta gestão pela Prefeitura e que melhorará a precisão do Censo Escolar, ferramenta que define os repasses federais.

Dentro do cenário de detalhamento do orçamento municipal, a secretária da Criança e Assistência Social (Semcas), Andréia Lauande, falou da regularização dos alugueis dos Centros de Referência de Assistência Social (Cras) e a conquista de recursos para unidades próprias, economizando os gastos com aluguel. “O prefeito Edivaldo está regularizando os espaços da gestão. Esta administração prima pela captação de recurso externo junto aos governos federal e estadual e teremos muitos espaços próprios para que os Cras não sejam mais itinerantes”, informou.

Na área da Saúde, a secretária Helena Duailibe explicou aos vereadores que priorizou a aplicação das emendas parlamentares nas unidades de saúde. “Temos melhorado muito o atendimento das nossas unidades de saúde, e ampliaremos ainda mais para o próximo ano. A Saúde tem sido tratada como prioridade na gestão do prefeito Edivaldo e estamos dando um tratamento digno aos pacientes”, pontuou.

Ela lembrou que acompanhou o prefeito Edivaldo este mês em Brasília discutindo parcerias para a área da saúde na capital maranhense. “Solicitamos o aporte federal na ordem de R$ 4 milhões, especificamente para a manutenção de nossos hospitais de emergência, Socorrão I e II”, disse. Helena Duailibe lembrou que o ministro das Relações Institucionais, Ricardo Berzoini, se prontificou em reforçar o pleito dos recursos junto ao Ministério da Saúde.

Na área de infraestrutura, o secretário de Obras e Serviços Públicos, Antônio Araújo, destacou as principais ações previstas na LOA 2015. “No próximo ano iremos concluir a drenagem profunda do Mercado Central e Canal do Portinho, assim como o Canal do Renascença. Também serão concluídos os serviços no Canal do Cohatrac e na Rua Cônego Tavares, no Anil”, enumerou.

Antônio Araújo frisou ainda a manutenção no sistema de microdrenagem em todas as regiões da cidade. Também estão previstas as conclusões da Praça de Esportes e Cultura do Coroado e os serviços de drenagem e pavimentação de várias ruas da região Itaqui-Bacanga. Em diversos bairros também serão iniciados os serviços de drenagem, recuperação asfáltica e calçamento. O secretário também destacou o quadro de ações de iluminação pública e limpeza dos bairros de São Luís.

Pesquisa diz que rádio tem o dobro da audiência da TV

COMPARTILHE
O companheiro de todas as horas

O companheiro de todas as horas

Uma pesquisa recente e inédita mostra que o rádio tem o dobro da audiência da TV aberta das 6h ao meio-dia, na média de todos os dias da semana. Nessa faixa de horário, o rádio tem 1,815 milhão de ouvintes por minuto na Grande São Paulo, enquanto a soma de Globo, SBT, Record e até a TV Canção Nova resulta em 886 mil telespectadores por minuto. Os resultados surpreendentes são de uma pesquisa da IPSOS BRASIL para a rádio Jovem Pan, a partir de dados do Ibope.

Na faixa das 12h às 14h, o rádio está ainda mais vivo do que de manhã, mas a TV aberta tem um salto para quase 2 milhões de telespectadores. Só as FMs de São Paulo, nessa faixa, têm 1,604 milhão de ouvintes. À noite, a TV aberta desequilibra. Entre 17h e 19h, Globo e companhia somam 5,6 milhões de telespectadores, cinco vezes a audiência do rádio (1,152 milhão).

De acordo com os profissionais do rádio, a maior parte da audiência hoje vem do carro e do telefone celular, que substituiu o velho radinho de pilha. Nos transportes coletivos de SP, muita gente anda de fone no ouvido. No congestionado trânsito da cidade, o rádio do carro é um companheiro.

No FM, as emissoras mais populares dominam o ranking das mais ouvidas. A Nativa lidera com 272 mil ouvintes por minuto na média das 6h às 19h. É seguida pela Transcontinental, Band, Top FM e Gazeta. No AM, as de notícias se sobressaem. A liderança é da Rádio Globo, com 114 mil ouvintes por minuto, seguida por Capital, Bandeirantes, Jovem Pan e Record.

Responsive WordPress Theme Freetheme wordpress magazine responsive freetheme wordpress news responsive freeWORDPRESS PLUGIN PREMIUM FREEDownload theme free