casa » 2018 (página 72)

Arquivos Anuais: 2018

Vereadora Fátima Araújo honra mais um compromisso e inicia Curso de Qualificação Profissional

COMPARTILHE

A vereadora de São Luís, Fátima Araújo (PCdoB), tem mostrado que sua palavra vale ouro. Desde que assumiu o mandato, a parlamentar tem realizado tudo que se comprometeu com a comunidade. Neste sábado (13), foi dado início a mais um grande projeto idealizado pela Pequena Guerreira. Os cursos profissionalizantes de Agentes de Portaria e Hospitalar, foram iniciados no último sábado e continuarão até a conclusão, dando oportunidades à quem precisa se qualificar para entrar no mercado de trabalho. De acordo com as regras do curso, quem tiver acima de três faltas, não poderá receber o certificado de conclusão. As aulas estão acontecendo aos sábados no bairro João de Deus.

Mesmo estando em tratamento de saúde, a vereadora Fátima Araújo não deixou de honrar o compromisso que firmou com o seu povo. Sua assessoria esteve presente e deu todo suporte ao professor Darney, para o início dos cursos de Agente de Portaria e Agente Hospitalar começasse com o pé direito. A procura foi tão grande, que foram mais de 100 alunos inscritos. O primeiro dia de aula começou com atividades pedagógicas e todos os alunos estavam bastante atentos. A oportunidade é única e para toda vida.

Em sua rede social Facebook, a vereadora Fátima Araújo destacou a felicidade de poder ajudar a população das comunidades carentes de São Luís. “Estou muito feliz em poder trazer mais qualificação profissional para as pessoas dos bairros João de Deus, Vila Conceição, João Alberto, Pirapora e demais localidades que se inscreveram. Meu principal objetivo como vereadora é ajudar a melhorar a qualidade de vida de nosso povo”, destacou.

Em meio às dificuldades enfrentadas no mercado de trabalho, faz-se necessário cada vez mais a busca pela capacitação e qualificação. Segundo a Pequena Guerreira, outros cursos virão. “Meu compromisso é cuidar do meu povo e trazer mais benefícios. Acredito na Educação e quero ver as pessoas em constante desenvolvimento”, enfatizou a vereadora, que aproveita o recesso para cuidar da saúde pessoal.

A próxima aula acontecerá neste sábado (20), a partir das 18h. Todos os alunos estão convocados. Participam dos cursos pessoas de várias idades (jovens, adultos e idosos).

Fotos: Edilson Gomes

 

Bolsonaro e os filhos ficaram milionários só na política

COMPARTILHE

Do ponto de vista político, a “Família Bolsonaro” só não é uma piada pronta porque ainda está em construção — embora a coisa já seja antiga. Ficou feio para a turma. A Folha fez um levantamento objetivo, sem juízo de valor, sobre o patrimônio dos valentes, que têm apenas uma atividade conhecida: a política. Do ponto de vista pessoal, os Bolsonaros não podem reclamar do Brasil… Integram a diminuta categoria dos multimilionários. Seu patrimônio em imóveis, em valores de mercado, chega a R$ 15 milhões. Veículos motorizados, para ser genérico, somam mais R$ 1,7 milhão, totalizando, então, R$ 16,7 milhões.

Tive a pachorra de fazer uma conta, que serve apenas como ilustração: se Jair e seus três filhos políticos — Flávio, Eduardo e Carlos — tivessem guardado CEM POR CENTO DO SALÁRIO LÍQUIDO RECEBIDO COM A ATIVIDADE POLÍTICA, TERIAM CONSEGUIDO JUNTAR POUCO MAIS DE…R$ 15 milhões! Vale dizer: menos do que seu patrimônio — já explico a conta e os critérios. Pergunta-se: quem consegue guardar a totalidade do que ganha?

“Ah, não trapaceie, Reinaldo, eles não têm R$ 15 milhões no banco, mas em patrimônio, sujeito a variações de mercado, como valorização e coisa e tal…” Eu sei. O que quero demonstrar é que os vencimentos do quarteto não justificam seu milagre imobiliário. Outra explicação há de haver.

Em abril do ano passado, o Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e a Confederação Nacional dos Dirigentes Lojistas (CNDL) fizeram um levantamento e concluíram que, no mês anterior, só 15% dos consumidores guardaram parte do salário!!! Nada menos de 46% gastaram tudo o que receberam, e 32% viram sair mais dinheiro do que entrar: ficaram no vermelho.

Poupar não é um hábito nacional — a não ser, claro!, na família Bolsonaro. Estudo do economista José Roberto Afonso, da Fundação Getúlio Vargas (FGV-Rio), com base em dados coletados pelo Banco Mundial, aponta que, no Brasil, só 4,7% dos 60% mais ricos — camada em que se encontram Jair e seus filhos — guardam dinheiro. E, entre os 40% mais pobres, a participação cai a menos da metade: 2,1%.

Mais dados para provar que estamos diante do Milagre Bolsonaro da Multiplicação de Patrimônio? Pois não! Em 2014, a Federação Nacional de Previdência Privada e Vida quis saber a percentagem de poupança naquela parcela diminuta da população que consegue guardar algum dinheiro. Atenção! 52% dos gatos pingados que conseguem reter uma graninha guardam até 10% do que recebem; outros 26%, entre 10% e 20%. O topo da poupança é de 40%: apenas 2% (ENTRE OS QUE POUPAM: 0,3%, pois) alcançam tal proeza.

Tão logo a Folha publicou as informações — e não as opiniões — sobre o patrimônio da Família Bolsonaro, sua turma na Internet se saiu com as grosserias de hábito. O jornal passou a ser chamado de “Foice de São Paulo” — porque seria comunista… Deus do Céu! Gritavam seus sectários: “Por que não fazer tal levantamento sobre outros presidenciáveis?” Não vejo por que o jornal não possa fazê-lo. Pergunto: eventual patrimônio inexplicável de adversários do deputado deve ser tomado como justificativa para o injustificável?

A conta
Os números a seguir, reitero, apenas ilustram o que não tem explicação. Quando entrou na política, Bolsonaro era um homem pobre. É deputado federal desde 1989. Só para facilitar o cálculo — e isso também dá a medida do absurdo! —, vou fazer de conta que ele recebeu, mensalmente, ao longo de 28 anos, R$ 25.010,69 (ganho líquido de hoje). Seus 336 salários teriam somado, pois, R$ 8.403.591,84. Eduardo está na Câmara desde 2015. Foram 36 salários, totalizando R$ 900.384,84. Carlos Bolsonaro é vereador na cidade do Rio faz tempo: desde 2000, o que totaliza 204 vencimentos, com valor líquido de R$14.266,40. No total, R$ 2.910.354,60. E ainda há Flávio, o deputado estadual (RJ), no posto desde 2003. Em 14 anos, foram 168 vencimentos líquidos de R$ 18.786,88: ou seja, R$ 3.156.195,84.

Tudo somado, chega-se a R$ 15.370.527,12, um valor inferior ao patrimônio de R$ 16,7 milhões!

Notem que tomo todos os salários a valor presente. Notem que, nessa hipótese, os Bolsonaros não moram, não comem, não vestem, não usam papel higiênico (alimentam-se de luz!). Notem que se trata de uma ordem de grandeza que apenas dá materialidade à espantosa evolução patrimonial do quarteto. Digamos que eles fizessem parte daqueles 2% dos 15% — ou 0,3%!!! — que conseguem guardar 40% do que recebem: estaríamos falando de R$ 6.148.210,84, não de mais de R$ 16 milhões. E se forem como os 52% dos 15% (7,8%) que conseguem poupar apenas 10% do que recebem? Bem, nesse caso, teriam guardado R$ 1.537.052,71. Convenham: o valor está um tantinho abaixo dos R$ 16,7 milhões, não é mesmo?

Violência retórica e falta de explicação
Bolsonaro concedeu uma entrevista à Folha, com a delicadeza habitual. Desqualifica o jornal e os jornalistas (farei um post a respeito).

O político que, segundo seus acólitos, desafia o “statu quo” acha ofensivo que alguém pergunte como conseguiu amealhar patrimônio tão vistoso.

Na condição de homem público, acha que não tem de dar explicações. E prefere o lucrativo — até agora ao menos — caminho da ofensa.

Como eles conseguiram um patrimônio de R$ 16,7 milhões? Não sei! Vai acima uma conta que serve de ilustração do espanto.

Para encerrar este post: ao longo de todos esses anos, quais foram mesmo as respectivas contribuições de Jair, Eduardo, Flávio e Carlos? A Família Bolsonaro se mostrou um prodígio em benefício da… Família Bolsonaro!

Por Reinaldo Azevedo

Othelino Neto nomeia jornalista Sílvia Tereza como adjunta da Secom da Assembleia Legislativa

COMPARTILHE

Após a mudança do diretor titular de comunicação da Assembleia Legislativa do Estado do Maranhão na manhã desta quinta-feira (11), foi escolhida para a vaga de adjunta da Secom a jornalista e blogueira Silvia Teresa. Ela irá compor junto com o novo diretor que assumiu hoje, Edwin Jinkings Rodrigues, o grupo que vai comandar a comunicação da ALEMA.

Silvia Teresa é formada em Jornalismo pela Universidade Federal do Maranhão (UFMA) e pós-graduada em Marketing na Universidade Cândido Mendes do Rio de Janeiro.

Além de atuar em rádio e TV, foi diretora de redação do Jornal O Debate e assessora de Comunicação do governo do Estado nas administrações José Reinaldo Tavares e Jackson Lago (governo interrompido pelo TSE) e no Partido Democrático Trabalhista (PDT). Também foi assessora de imprensa na Câmara Municipal de São Luís e superintendente de Imprensa na Prefeitura de São Luís, na gestão João Castelo, além de vice-presidente do Comitê de Imprensa da Assembleia Legislativa do Maranhão.

 

Prefeito Zé Martins sanciona lei que cria Código Municipal de Meio Ambiente em Bequimão

COMPARTILHE

Preocupado com o meio ambiente no município de Bequimão, o prefeito Zé Martins (MDB), sancionou no último dia 18 de dezembro de 2017, a lei Nº 14/2017 que cria o Código Municipal de Meio Ambiente, que dispõe sobre o Sistema Municipal de Meio Ambiente, que tem o intuito de aliar Desenvolvimento e Sustentabilidade. O principal objetivo da lei é administrar os recursos ambientais, proteger e manter a qualidade do Meio Ambiente, diminuir as atividades poluidoras, de forma a garantir o desenvolvimento ambientalmente e sustentável.

VEJA TODO PROJETO DE LEI CLICANDO AQUI (AQUI)

No artigo primeiro do Código Municipal de Meio Ambiente, diz que a lei é fundamentada no interesse local regulando a ação do poder Público Municipal e sua relação com os cidadãos e instituições públicas e privadas, além de proteger, preservar, conservar, defender, fiscalizar, melhorar, recuperar e controlar o meio ambiente, instituindo princípios, fixando objetivos, e estabelecendo normas básicas para a execução e acompanhamento da Política Municipal de Meio Ambiente.

Para o prefeito Zé Martins, a lei veio para contribuir na preservação e evitar degradações, poluições e tantos outros crimes ambientais. “Temos um território bastante rico em recursos naturais, mas também bastante castigado pelas degradações, inúmeros crimes ambientais. Nosso projeto é preservar nossas matas, rios, igarapés, brejos e evitar principalmente as queimadas. Vamos proteger as reservas e transformar nosso município em um território de riquezas naturais, tudo baseado na lei”, destacou.

 

Estádio Nhozinho Santos entra na milésima reforma só na gestão do prefeito Edivaldo Holanda Jr

COMPARTILHE

Um ano depois de entregar o estádio municipal Nhozinho Santos “reformado” e que reabriu meia boca para apenas três jogos oficiais, a Secretaria Municipal de Esporte anuncia nova reforma. Desta vez está previsto até ar condicionado no gramado para que as formigas não sintam tanto calor, como os torcedores sentem falta da praça esportiva. A mina foi encontrada justamente no Gigante da Vila Passos, que foi abandonado por Edivaldo, mas continua sendo um verdadeiro garimpo aos olhos dos administradores. A pressa era simplesmente por causa das eleições de 2016. Foi mais um engodo político na capital maranhense.

Em sua rede social Facebook, o secretário Romeo Amim, destacou a nova reforma do gigante. “O local encontra-se em obras e que, o mais breve possível, voltará renovado para os amantes do futebol. Nessas obras, serão revitalizados e climatizados os vestiários, e os alambrados serão confeccionados com um vidro especial e o campo será totalmente trocado por um novo. Nosso objetivo é que o Nhozinho volte a ser uma praça esportiva utilizada por todos os times de nosso Estado”, destacou o gestor.

O secretário fez o convite para alguns cronistas esportivos visitarem o estádio, mas acabaram aparecendo meia dúzia de gatos pingados. É bom salientar que não basta reformar, é preciso restaurar o gigante da Vila passos, que hoje seria o maior patrimônio do esporte maranhense. Mas pouco importa para quem sequer gosta de esporte. Daqui há alguns meses, o estádio vai aparecer pintado novamente, o capim de burro cortado e batizado de grama.

REQUERIMENTO EM 2015

No mês de outubro de 2015, o vereador Ivaldo Rodrigues (PDT), aprovou um requerimento por unanimidade na Câmara Municipal, que solicitava a reforma geral do estádio Nhozinho Santos, e a criação de uma galeria para homenagear a história do futebol maranhense. Mas infelizmente nunca saiu do papel, mesmo o prefeito sendo do mesmo partido e o secretário na época era o principal aliado e indicação do PDT. De acordo com o requerimento do vereador Ivaldo Rodrigues, o Estádio Nhozinho Santos, nunca teve uma reforma geral em sua história e precisa ser reconhecido como uma praça esportiva importante para nossa capital.

Foto retirada em 2015 quando foi anunciada a verba para reforma do estádio Nhozinho Santos

Em 2015 a Prefeitura de São Luís assegurou junto ao Ministério do Esporte recursos que somam mais de R$ 10 milhões para reforma total do Estádio Nhozinho Santos, construção de duas quadras poliesportivas, nos bairros da Estiva e do Quebra-Pote, e de dois Centros de Iniciação ao Esporte, no Angelim e no Bacanga. A verba foi destinada pelo deputado federal Cleber Verde (PRB), só que ninguém mais fala nisso.

 

Partido Republicano Brasileiro poder se tornar o maior do Maranhão

COMPARTILHE

Comandado pelo deputado federal Cleber Verde, no Maranhão, o Partido Republicano Brasileiro (PRB), pode se tornar o partido mais forte do Estado e dificultar a vida de Flávio Dino, caso ganhe as próximas eleições. O jogo com Cleber Verde é duro. O deputado não joga para perder, e pode está de olho na Secretaria de Estado de Agricultura e Pesca, seu maior garimpo em gestões anteriores.

Nesta quarta-feira (10), o partido realizou um mega encontro com os filiados maranhenses. Diante de um salão lotado, os republicanos conduziram um café da manhã em que abriram as portas para que prefeitos e vice-prefeitos , vereadores, deputados, lideranças e militantes do PSDB possam se filiar ao partido. A lista é grande e pode dar uma dor de cabeça ao governador, que vai se deparar com fortes lideranças políticas do Estado.

O deputado Cleber Verde, presidente estadual do PRB, garantiu que com a debandada tucana para o PRB, o partido se agiganta a cada dia. “O que nós queremos é fortalecer o partido e, juntos, ganharmos todos. A força política de nossa unidade, de nosso diálogo e de nossa transparência nos conduzirão a maior espaço nos governos estadual e federal”, destacou o parlamenatar.

Junto com o vice-governador Carlos Brandão, irão a maioria esmagadora de prefeitos e vice-prefeitos tucanos para o PRB. Decisão esta, tomada coletivamente. Poucos tucanos migrarão para outras legendas, o que não deve alcançar 10%. Com a entrada do PRB no Palácio dos Leões, até o PCdoB se apequena diante de um partido que se agiganta após a morte do tucano no Maranhão.

“Foi algo que decidimos após muitas conversações e após ouvirmos todas as instâncias do PSDB. Esta decisão não foi tomada no impulso mas, sim, ao avaliarmos que o melhor para o nosso projeto para o Maranhão ser permanecermos unidos politicamente”, explicou o vice-governador Carlos Brandão.

A outra proposta defendida pelo PSDB nacional seria a de ignorar a realidade da política maranhense e romper com todo o governo estadual. Só que a tática não deu certo e a gaiola se quebrou bem antes que os líderes nacional armassem algo para prejudicar o governador Flávio Dino. Com isso os tucanos caíram fora antes dos predadores.

Para Gilmar Souza dos Santos, que assumiu ontem a Secretaria Nacional de Desenvolvimento Urbano, do Ministério das Cidades e veio ao Maranhão, o partido cresce no Estado. “Tem sido motivo de notícia no país todo. E quem ganha são as pessoas. Essa é a boa política que se faz. Com pessoas comprometidas. Esta é a maneira de construirmos um Brasil melhor. Temos um projeto pelo país. Nós vamos continuar trabalhando pelo Maranhão com a cooperação de todos e a contribuição de gente como o deputado Cleber, que é homem de palavra”, disse Gilmar Santos.

Antecedendo o café da manhã desta quarta-feira, ontem (09) aconteceu um almoço bastante estratégico que marcou o compromisso dos prefeitos do PRB e demais prefeitos aliados com o advento dos tucanos. Ainda fizeram parte do café da manhã de boas vindas aos tucanos, prestes a deixar o partido, a presidência do INMEQ, superintendência do INCRA, presidência do ITERMA, gerência do INSS, o suplente de senador, Pinto Itamaraty e deputados estaduais, a exemplo de Marcos Caldas, que retornará ao seu antigo partido.

 

Diretoria Legislativa da Câmara apresenta demonstrativo de 2017

COMPARTILHE
Responsável por um trabalho de grande responsabilidade e até estressante, a Diretoria Legislativa da Câmara Municipal de São Luís, subordinada diretamente à Presidência da Casa, acaba de apresentar o relatório demonstrativo do ano de 2017, onde movimentaram com 2.524 proposições. Estas são requerimentos, indicações, moções, projetos de lei, projetos de resolução, projetos de decreto legislativo, emendas a Lei Orgânica do Município e outras ações.
Tudo foi concretizado com a atuação e dedicação dos funcionários Jorge Luis Ferreira, assessor chefe, Maria Cosethy Souza, e sua equipe. Eles são os responsáveis pela ordem do dia, ou seja, a pauta que é apreciada pelos vereadores durante as sessões ordinárias e extraordinárias, além de zelarem para que não haja nenhuma falha no material colocado à disposição dos parlamentares.
A responsabilidade pelo labor técnico-legislativo a que se dedicam é compartilhada com Departamento de Consultoria Técnica e Processo Legislativo – Redação Final, Departamento de Deliberação, Departamento de Documentação e Arquivo e Departamento de Plenário.
No exercício de 2017 foram apresentados na Diretoria Legislativa 1.207 requerimentos, ou seja, solicitações onde os parlamentares se dirigem ao prefeito e órgãos da administração municipal, geralmente pleiteando serviços de infraestrutura, como asfaltamento e pavimentação de vias e outras. Destas proposituras tivemos 1.180 aprovadas e 27 em pauta.
Já 534 indicações, expedientes encaminhadas para os governos e organismos estaduais e federais, autarquias, outros órgãos e autoridades, o índice chegou a 534, com 528 merecendo aprovação e 06 arquivamento, e as moções, que são manifestações de congratulações, pesar, e afins, alcançaram a marca de 329, com 209 merecendo serem aprovadas, ficando 14 na Diretoria Legislativa e 06 arquivadas.
No tocante a projetos de lei 257 foram levados a plenário, tendo sido aprovados 144, 109 aguardando pareceres de comissões técnicas, da Procuradoria ou análise jurídica e 04 retirados de pauta. Com relação aos projetos de resolução 015 tiveram apresentação, sendo 04 aprovados e 011 aguardando pareceres das comissões técnicas.
Dos projetos de decreto legislativo o plenário recebeu 175, aprovando 170, ficando 02 para recebimento de pareceres e 03 foram retirados. Essas matérias tratavam da prestação de contas de ex-prefeitos, licença para o prefeito ausentar-se do município e concessão de medalhas condecorativas. Por fim houve a apresentação de 07 emendas a Lei Orgânica do Município e todas encontram-se em processo de aguardo de pareceres.
Em um comunicado anexo ao quadro demonstrativo, Maria Cosethy enfatiza que “a referida data de tramitação que correspondem no quadro das proposições – Projeto de Lei/Resolução/Decreto Legislativo e Emenda à Lei Orgânica, se não forem localizadas conforme o MAPA descreve, elas poderão ser encontradas na 1ª Secretaria, Diretoria Legislativa ou Procuradoria para serem incluídas na pauta no período subsequente e extra se houver”.
CAMPEÕES DE APRESENTAÇÕES
Do total de proposições colocadas para apreciação, o vereador Edson Gaguinho (PHS) foi o campeão em apresentação de requerimentos com 63 proposições, enquanto a vereadora Fátima Araújo (PCdoB) teve 59 indicações. Por sua vez, o vereador Cézar Bombeiro (PSD) levou ao plenário 44 moções e 25 projetos de lei. Já o vereador Ricardo Diniz (PCdoB) liderou com a apresentação de 04 projetos de resolução e a Mesa Diretora marcou com 15 projetos de decreto legislativo. E as emendas a Lei Orgânica do Município quem está na liderança de apresentação é o vereador Marquinhos Silva (DEM) com 03.
Jorge Luis Ferreira e Maria Cosethy informam ainda que em 2017 a Câmara Municipal realizou 30 audiências públicas, com destaque para debates sobre a Lei de Responsabilidade Fiscal, Plano Plurianual, Lei Orçamentária Anual, Código Tributário, Regularização Fundiária, Situação da Guarda Municipal e outras. Também aconteceram dois painéis; entrega de 60 títulos de cidadania e 100 medalhas condecorativas.

Sancionada lei de Zé Inácio que institui Dia da Consciência Negra como feriado no Maranhão

COMPARTILHE

O governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), sancionou  a lei n° 10.747, de autoria do deputado estadual Zé Inácio (PT), que institui o dia 20 de novembro, data de aniversário da morte de Zumbi dos Palmares e Dia Nacional da Consciência Negra, como feriado estadual.

Segundo Zé Inácio, a data, que já é feriado em cinco estados e mais de cem municípios, “será mais que um feriado, passa a ser um dia de luta, de resistência, de busca por mais políticas públicas em favor do povo negro, um dia de combate ao racismo “.

Zé Inácio relembrou que a data é emblemática e será uma forma de homenagear o grande líder quilombola Zumbi dos Palmares, que lutou por liberdade e contra escravidão. “A data não será apenas um simples feriado, mas um dia de luta, reconhecimento, resistência, combate ao racismo, por mais políticas públicas em favor da população negra do Maranhão, e por mais respeito à sua cultura, à sua religião, à sua crença”, disse.
Zé Inácio ainda falou sobre questionamentos a respeito da data ser apenas mais um feriado no calendário. “Essa data já é feriado em cinco Estados da nossa Federação e em mais de cem municípios. Portanto, nada mais justo ser também feriado em nosso Estado cuja população é mais de 70% de negros. Não tenho dúvida que o Governador vai sancionar esse importante Projeto, que tem uma simbologia muito grande para a população negra, para o movimento negro, para as lideranças e para as entidades que defendem o povo negro no Maranhão”, explicou.
O projeto foi aprovado pela Assembleia Legislativa e agora s sancionado pelo governador do Estado, Flávio Dino.

Othelino Neto faz visita de cortesia ao novo diretor de Comunicação da Assembleia

COMPARTILHE

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Othelino Neto (PC do B), visitou o novo diretor de Comunicação da Assembleia, Edwin Jinkings, na tarde desta quinta-feira (10), no Complexo de Comunicação. O diretor de Relações Institucionais da Assembleia, Rubens Pereira, também acompanhou a visita.

Após visitar as instalações do Complexo de Comunicação,  Othelino declarou que se tratava de uma visita de cortesia ao novo diretor de Comunicação. Reconheceu o trabalho do ex-diretor Carlos Alberto Ferreira e comentou sobre o processo de mudança nos cargos de direção da Casa. “A mudança é natural. Quando muda o presidente, sempre se mudam as direções de assessoramento. O antigo diretor fez um trabalho muito bom. E, agora, sob uma nova direção vamos dar continuidade”, ressaltou.

Othelino Neto afirmou que Edwin tem um belo currículo e passou por diversos cargos chefiando a Comunicação como, por exemplo, a Prefeitura de São Luís. “Edwin tem uma larga experiência e, certamente, fará um grande trabalho, fazendo com que as coisas que acontecem aqui, na Assembleia, e que são muito importantes para o Maranhão, cheguem às casas dos maranhenses”, destacou.

Edwin disse que recebeu o convite do presidente Othelino Neto, de chefiar a Comunicação da Assembleia, com muita honradez. “É um desafio que vamos procurar enfrentar com muita honradez, com ética e com o compromisso e a dedicação que o cargo exige. Com a equipe de comunicação de ponta com a qual contamos e outros profissionais que ainda vamos conhecer, vamos procurar desenvolver um trabalho em harmonia e divulgar o trabalho da Assembleia para todo o Maranhão”, salientou o novo Diretor de Comunicação.

Por Silvia Tereza

Prefeito Zé Martins vai entregar dezenas de Kits Sanitários neste domingo na comunidade de Ramal de Quindiua

COMPARTILHE

O prefeito de Bequimão, Zé Martins (MDB), estará neste domingo, dia 14 de janeiro, na comunidade quilombola de Ramal de Quindiua, entregando 61 kits sanitários aos moradores do povoado. A ação é fruto de uma parceria entre a Funasa e Prefeitura de Bequimão, por meio da Secretaria de Cultura e Promoção da Igualdade Racial. O projeto foi estudado pela equipe de governo do prefeito Zé Martins e tem o objetivo de melhorar a qualidade de vida dos moradores das comunidades remanescentes.

A solenidade de entrega dos kits sanitários está programada para acontecer às 8h da manhã, na residência de Seu João, na Comunidade Quilombola de Ramal de Quindiua. A cerimônia de entrega vai contar com a presença do prefeito Zé Martins, secretários municipais, vereadores, lideranças comunitárias e quilombolas, além da sociedade civil.

O prefeito Zé Martins é pioneiro em ações mais efetivas de inclusão e de melhoria das condições de vida nas comunidades quilombolas. Durante a campanha, ele firmou outros compromissos, que estão sendo viabilizados pelo gestor. Desde 2013 quando assumiu a administração de Bequimão, Zé Martins tem investido bastante nas comunidades quilombolas.

De acordo com a secretária Dinha Pinheiro, a prefeitura de Bequimão, em parceria com a Funasa vai executar melhorias sanitárias domiciliares em Ramal de Quindíua e Juraraitá. “Nossas comunidades quilombolas estão sendo valorizadas pelo prefeito. Mais benefícios virão para melhorar a vida de nosso povo”, destacou a secretária.

Fotos: Rodrigo Martins