casa » 2014 » maio (página 6)

Arquivos Mensais: maio 2014

Prefeito de Bacuri esconde ônibus escolar para contratar “Pau-de-arara”

COMPARTILHE
Ônibus escondido em meio outros veículos

Ônibus escondido em meio outros veículos, veja na Seta…

A ganância de muitos gestores públicos que se apoderam do dinheiro do povo e esquecem aplicá-los onde realmente é necessário, é vista com muita frequência em esquemas fraudulentos. Os gestores enriquecem e deixam a população à mercê da própria sorte.

A tragédia ocorrida no município de Bacuri, na tarde de terça (29), que resultou na morte de oito pessoas, é um reflexo do total descaso da atual gestão do município de Bacuri para com os estudantes daquela localidade. Uma fatalidade que poderia ter sido evitada se ao invés de “Paus de arara”, os adolescentes estivessem em um ônibus escolar, como manda a lei.

De acordo com o Portal da Transparência, o município de Bacuri, através do prefeito municipal recebeu no ano de 2010 o valor de R$ 317.790,00 (Trezentos e dezessete mil e setecentos e noventa reais) para a aquisição de dois veículos automotores zero km com especificações para o transporte escolar. Confira os documentos:

PORTAL 1PORTAL 2

Agora fica a pergunta: onde foram parar os veículos? Os repasses foram feitos na gestão do ex-prefeito Washington Luís Oliveira, que chegou a ser acusado de aplicar de forma irregular, cerca de R$ 26 milhões do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e Valorização dos Profissionais de Educação (Fundeb).

Com medo de represálias, o atual prefeito do município, José Balduíno da Silva Nery (PP), e a irmã dele, que é secretária de Educação, Vitória Nery, sumiram da cidade.

Populares do município de Bacuri revoltados com a morte dos estudantes, denunciaram que enquanto os adolescentes eram transportados em um veículo inadequado, um micro-ônibus escolar estava abandonado em frente ao Mercado Municipal, ao lado de outros veículos usados.

Moradores do povoado Madragoa interditam MA-303

COMPARTILHE
Pais, amigos e familiares na manifestação

Pais, amigos e familiares na manifestação

Os familiares, amigos e a comunidade em geral do povoado Madragoa, no município de Bacuri, na baixada ocidental maranhense, interditaram a MA-303, nesta manhã (05). A interdição aconteceu na rodovia on onde ocorreu o acidente que vitimou oito estudantes. A tragédia acontceu a 500 metros da comunidade, onde a caminhonete “pau-de-arara” que transportava cerca de 20 alunos da escola Cristino Pimenta, da cidade de Bacuri para o povoado Madragoa, que está situada a 9 km da sede do município, se chocou com um caminhão carregado de pedras. O veículo que transportava os jovens alunos da escola estadual era dirigido por um menor de idade, que seria filho de Rogério Azevedo Rocha, de 40 anos.

Os moradores reivindicam a mudança no transporte escolar do município, afirmando que centenas de alunos correm o mesmo risco que os estudantes do povoado Madragoa que morreram.  A Prefeitura de Bacuri recebeu mais de R$ 317 mil para aquisição de veículos para realizar transporte escolar. Os recursos foram obtidos através do Programa Nacional de Apoio ao Transporte Escolar (Pnate), e em toda a rede de ensino os alunos são conduzidos em “pau de arara”.

Os manifestantes cobram do governo do estado o apoio para as famílias das vítimas, incluindo assistência social e psicológica prometido pela governadora do Maranhão, Roseana Sarney, no dia do acidente. Além disso, os pais dos alunos pedem a manifestação do prefeito Balduíno, que segundo os moradores, desapareceu da cidade desde o dia do acidente.

Depois das manifestações no local do acidente, os moradores saíram em passeata pela MA-303, percorrendo ruas do povoado, e com muita comoção, encerraram a caminhada em frente à igreja de São Pedro na Avenida Principal do povoado.

Ivaldo Rodrigues visita a baixada maranhense

COMPARTILHE
Em almoço com lideranças em Guimarães

Em almoço com lideranças em Guimarães

O vereador de São Luís e pré-candidato a deputado estadual, Ivaldo Rodrigues (PDT), visitou a baixada maranhense neste final de semana. O conterrâneo da baixada esteve nos municípios de Bequimão, onde se reuniu com Dr. Cesar Cantanhede (PTC) e lideranças da região; em Peri-Mirim, Ele se reuniu com os ex-prefeitos do município, Dr. Geraldo e Dr. Vilázio, além de vereadores, o presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Peri-Mirim, Chico Grande, o atual vice-prefeito, Eliezer e o Padre do município.

Em Pinheiro, Ivaldo Rodrigues se reuniu com lideranças do município e participou de um café da manhã com o pré-candidato a deputado federal, Vitor Mendes (PV).

No sábado (3) Ivaldo ainda esteve em Guimarães, onde se reuniu com o vereador Osvaldo Gomes (PDT) e várias lideranças do município, justamente na casa onde o Partido Democrático Trabalhista foi fundado na cidade, pelo ex-governador Jackson Lago. Lá, Ivaldo Rodrigues também visitou vários pontos turísticos da cidade, com destaque para a estátua de São José, que fica no alto do Guarapiranga. Alem disso, o bequimãoense ainda conheceu o porto de Guimarães, que tem uma rampa flutuante.

Após grandes reuniões na baixada maranhense, Ivaldo voltou para a capital, São Luís, onde participou de vários encontros com lideranças da grande Ilha. Amado pelo povo da baixada, o vereador Ivaldo Rodrigues, ganha o carinho da população por onde passa. Baixadeiro, como é chamado quem nasce na baixada maranhense, Ivaldo Rodrigues, é bastante querido na região onde nasceu.