casa » ESPORTE » Técnico do Sampaio Corrêa trata imprensa com rispidez e arrogância

Técnico do Sampaio Corrêa trata imprensa com rispidez e arrogância

COMPARTILHE
O arrogante técnico Flávio Araújo

O arrogante técnico Flávio Araújo

O técnico do Sampaio, Flávio Araújo, mostrou mais uma vez que é arrogante e prepotente. Ontem à noite (6) ao ser entrevistado após a vitória de seu clube, Sampaio Corrêa, em cima do Cordino por 3×0, no estádio castelão, o técnico do Sampaio Flavio Araújo foi questionado por um repórter sobre o jogo de estréia na Copa do Brasil contra o Interporto do estado do Tocantins, e deu uma resposta de um ser arrogante e prepotente.

Ao ouvir aquela grosseria de uma profissional que trabalha com pessoas, o repórter que fez a pergunta muito inteligente, e que é um profissional muito educado e estudioso, ficou sem jeito diante de seu público que o ouvia naquele momento. Taxado pela crônica esportiva por onde trabalhou, como um técnico arrogante, Flávio se acha o dono do pedaço e acaba agredindo os profissionais da imprensa, que fazem a mídia do esporte e colocam os jogadores e treinadores na vitrine nacional.

Ao presenciar aquela atitude pífia de Flávio Araújo, o radialista Juracy Filho, da rádio Timbira AM 1290, foi muito feliz quando questionou no Ar, se o técnico do Sampaio estava se achando um Vanderley Luxemburgo, um Muricy Ramalho, um Abel Braga, um Felipe Scolary,  ou tantos outros vitoriosos treinadores do futebol brasileiro.

O que o técnico Sampaio Corrêa, Flávio Araújo, precisa saber, é que ele não é nada a mais que um técnico de futebol e que mostrou não ter educação e muito menos respeito por outro profissional. Nenhum repórter sai de sua casa pra passear no estádio, ou se esconder de sua família, depois de ter trabalhado o dia todo.

Agora ficam as perguntas para o Sr. Flávio Araújo.

1ª  Algum repórter interferiu no resultado do jogo, ou você não gosta de imprensa esportiva?

2ª  Flávio Araújo, você se acha o cara, o melhor treinador do Brasil e por que não foi campeão no estado do Pará, quando deixou o Sampaio e foi comandar o Clube do Remo?

Ah, meu querido Flávio Araújo, você só precisa de uma coisa: ser mais humilde e respeitar os outros profissionais, independentemente da função que exercem. Uma coisa é certa, se você não estudou ou não gosta de quem estuda, respeite aqueles que valorizam a educação.

Faço das palavras do narrador, Juracy Filho; as minhas, mas complemento o comentário. O Flávio Araújo foi campeão com o Sampaio, todo mundo sabe. Mas é o único time grande no currículo dele. O herói do Sampaio é o presidente Sérgio Frota e não um treinador que se acha dono do conhecimento futebolístico. A grande verdade é que o Sampaio sem Sérgio Frota, não seria o mesmo;  mas sem Flávio Araújo, seria grande do mesmo jeito. “Ninguém é insubstituível”.

Sobre João Filho

um comentario

  1. roberval santos

    so tem um jeito de resolver essa situaçao,impressa unida ja mais sera vencida,o despreso mata planta ja dizia minha vovozinha,esqueçam esse moço tem jogadores tem presidente e outras autoridades da um molho desse ordinario companheiros

Comentar

Seu endereço de email não será publicado.Campos obrigatórios são marcados *

*

x

Além disso, verifique

Vereadora Fátima Araújo reinaugura Estádio Gaiolão reformado

A reinauguração das dependências administrativas do estádio Gaiolão, onde funcionará o Departamento Autônomo de Desportos ...

Seguidores de Cristo conquista o título de campeão do João de Deus

Em jogo realizado na manhã deste domingo (3) no estádio Gaiolão no bairro Vila Conceição/João ...

Rio Negro X Seguidores de Cristo vão fazer a final do Campeonato do João de Deus

Em jogos realizados neste domingo (27) no estádio Gaiolão no bairro Vila Conceição/João de Deus, ...

Neste domingo (27) tem semifinal do Campeonato Principal do bairro João de Deus

Para quem gosta de apreciar um bom futebol amador, a pedida para este domingo (27) ...

Rematrícula para os projetos Educar para Vencer e Sonho na Ponta dos Pés começa nesta segunda (21)

Os projetos Educar para Vencer (Reforço Escolar) & Sonho na Ponta dos Pés (ballet), criados ...