casa » BEQUIMÃO » Secretarias de Saúde e Educação assinam termo de adesão do Programa Saúde na Escola no município de Bequimão-MA

Secretarias de Saúde e Educação assinam termo de adesão do Programa Saúde na Escola no município de Bequimão-MA

COMPARTILHE

Os secretários municipais de saúde (Sidney Bouéres) e de educação (Aristides França) assinaram o termo de adesão ao Programa Saúde na Escola (PSE) do Governo Federal. Após a assinatura os secretários deverão indicar as escolas públicas para participar do novo ciclo do Programa 2019.

As escolas credenciadas deverão desenvolver 12 ações envolvendo temas como incentivo à atividade física, combate ao Aedes Egypti, prevenção de violência e acidentes, verificação e atualização da situação vacinal. Cada centro de ensino deverá desenvolver ações levando em consideração o nível de ensino, as demandas da escola e da região na qual está localizada, além da análise de situação de saúde local.

Ao contrário das edições anteriores, segundo o Ministério da Saúde, para participar do programa os municípios deverão indicar a escola e não mais o nível de ensino. Dessa forma, em conjunto com as equipes da atenção básica, as secretarias assumem o compromisso de desenvolver atividades envolvendo as 12 ações para o cuidado à saúde no ambiente escolar no município de Bequimão, no Litoral Ocidental Maranhense.

Adesão ao Programa (PSE)

Para aderir ao PSE, os secretários tiveram que incluir as escolas no site e-Gestor Atenção Básica, espaço para informação e acesso aos sistemas da atenção básica. O acesso foi feito com CPF e senha do perfil cadastrado como “gestor municipal vinculado ao módulo PSE”.

De acordo com o Ministério da Saúde, o programa terá investimento anual de R$ 89 milhões para os mais de 5.570 municípios brasileiros. Esse ciclo de adesão será de dois anos, com liberação dos recursos a cada 12 meses. Caso os recursos não sejam integralmente executados, os valores deverão ser devolvidos ao Ministério da Saúde.

O programa, dos ministérios da Saúde e da Educação, prevê recursos financeiros para os municípios desenvolverem ações de prevenção e promoção da saúde no ambiente escolar. Atualmente, o programa atende a 90% dos municípios brasileiros, envolvendo mais de 20 milhões de estudantes de 85.706 escolas e mais de 36 mil equipes da atenção básica do Sistema Único de Saúde.

Em Bequimão, o Programa Saúde na Escola foi executado com excelência e atingiu um grande número de escolas e estudantes. O grande trabalho realizado em 2018, o credenciou para assinar o termo de adesão para 2019, o que mostra a responsabilidade da gestão do prefeito Zé Martins com a saúde e educação de Bequimão.

Para o secretário municipal de Saúde, Sidney Bouéres, o Programa Saúde na Escola só vai engrandecer o trabalho realizado na saúde pública de Bequimão. “Desde o início da nossa gestão como Secretário, tive um olhar especial para essa atividade, entendemos que através dela, podemos facilitar o diálogo e aproximar os jovens do poder público ainda mais, e investir na política de prevenção com foco nesse público, pois não há maior riqueza para os jovens do que a informação”, destacou.

Sobre João Filho

Comentar

Seu endereço de email não será publicado.Campos obrigatórios são marcados *

*

x

Além disso, verifique

Prefeito Zé Martins vai iniciar pavimentação asfáltica em bairros e povoados de Bequimão

Com verba do Ministério do Desenvolvimento Regional e contrapartida da Prefeitura de Bequimão, o prefeito ...

Bequimão e o legado de Juca Martins

Por Flávio Braga – No dia 19 de junho de 2019, o município de Bequimão irá ...

Prefeito Zé Martins inaugura Mercado Municipal em Bequimão e entrega aos feirantes

O mês de junho historicamente está marcado na vida dos Bequimãoenses. Em 19 de junho ...

Prefeito Zé Martins reúne com feirantes e entregará Mercado Municipal neste domingo

O prefeito Zé Martins havia se comprometido em concluir a obra do Centro de Abastecimento ...

Bequimão envia representantes para Capacitação do Selo UNICEF na cidade de Pinheiro-MA

O Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) em parceria com o Governo do ...