casa » NOTÍCIAS » Projeto que cria cargo na Secretaria de Cultura de São Luís foi aprovado por 23 votos a favor e 2 contra

Projeto que cria cargo na Secretaria de Cultura de São Luís foi aprovado por 23 votos a favor e 2 contra

COMPARTILHE

Os vereadores de São Luís, votaram nesta quarta-feira (25) durante sessão legislativa na Câmara Municipal, um projeto de lei enviado pelo prefeito Edivaldo Holanda Júnior, que dispõe da criação do cargo de secretário na Secretaria Municipal de Cultura (SEMCULT). A pasta foi criada em 23 de dezembro de 2015, quando a Fundação Municipal se transformou em secretaria, mas o cargo de titular não não havia sido criado.

Para a criação do cargo seria necessário a extinção de funções na Secretaria Municipal de Segurança com Cidadania (SEMUSC) e Secretaria Municipal de Saúde (SEMUS) para não comprometer o orçamento do município. Mas isso não deve acontecer, pelo contrário, deve inchar ainda mais a folha de pagamento.

Segundo o vice-líder do governo, na Câmara Municipal, vereador Raimundo Penha (PDT), o prefeito Edivaldo Holanda Júnior criou o cargo de forma consciente. “A criação não vai resolver todos os problemas, mas resolverá um que é a falta de secretário. Reconheço que a Pasta da Cultura tem dificuldades, assim como as outras secretarias. Hoje nós estamos corrigindo um erro que há muito tempo era para ter sido corrigido”, disse o parlamentar.

O vereador Cezar Bombeiro (PSD) foi favorável a aprovação, mas se mostrou contrário ao 2ª artigo do projeto de lei, que permite a extinção de cargos em outras secretarias. “A cultura será mais valorizada em nossa cidade a partir da oficialização da secretaria, mas não concordo com o fim de outras funções para que o cargo do secretário seja criado, porque no final das contas, trabalhadores serão prejudicados por isso”, frisou.

Para o vereador Marcial Lima (PRTB), o projeto tem fim político e serve para beneficiar aliados. “Mandar engrandecer a Secretaria de Cultura em ano eleitoral é simplesmente para ganhar o voto das pessoas que fazem as manifestações culturais. Isso é politicagem! Até os arraiais e outros eventos culturais a Prefeitura passou a para o Governo do Estado cuidar, porque não tem compromisso com a Cultura de nossa cidade”, enfatizou o vereador.

O líder da oposição na Câmara Municipal, vereador Estevão Aragão (PSDB), alegou que o prefeito teve tempo para criar a pasta, mas resolveu fazer isso no ano eleitoral. “Eu duvido que após a criação desse cargo a situação das pessoas que fazem cultura na nossa cidade vai melhorar. Isso é uma manobra do prefeito para beneficiar políticos”, declarou.

De acordo com o vereador Marquinhos (DEM), São Luís é uma cidade histórica e precisa ser levada a sério pelos seus governantes. “Eu acredito na boa ação do prefeito Edivaldo Holanda Jr. Espero que o Governo não invente desculpas para não valorizar a cultura da cidade. Queremos que manifestações culturais sejam valorizadas em São Luís”, destacou.

Após discussões no plenário da Casa Legislativa, a proposta do Executivo Municipal foi aprovada com vinte e três votos a favor e dois votos contrários.

 

Por Tarcísio Brandão

 

Sobre João Filho

2 comentarios

  1. Que bom que foi aprovado com grande aceitação, espero que seja escolhido alguem competente e comprometido para ocupar o cargo

  2. Ainda bem que deu tudo certo, espero que a pessoa tenha umcompromisso excepicional.

Comentar

Seu endereço de email não será publicado.Campos obrigatórios são marcados *

*

x

Além disso, verifique

Arraial do Movimento Solidariedade & Ação reúne grande público na João Alberto e Vila Conceição sábado (16)

Se tem a mão da vereadora Fátima Araújo, o sucesso é garantido. Um dos maiores ...

Movimento Rosas Azuis realizará grande evento no próximo dia 17 de junho

Em quase todas as cidades, capitais e estados do Brasil durante todo o mês de ...

SOTAQUES: Exposição faz passeio pela diversidade rítmica do Bumba-Meu-Boi

Quem dá as boas-vindas aos visitantes, logo na entrada, é o casal que protagoniza a ...

Vereadores de São Luís entrarão em milhares de casas através do Rádio AM/FM

Dizem que quando a montanha não vai até Maomé, Maomé vai até a montanha. Foi ...

Câmara de São Luís decreta ponto facultativo na sexta-feira

O presidente da Câmara Municipal, vereador Astro de Ogum (PR), decretou ponto facultativo para esta ...