casa » POLÍTICA » PROCON: O órgão que mente na cara dura…
Duarte Jr (Garoto mídia do Procon) e o garoto mídia da TV Camaleão

PROCON: O órgão que mente na cara dura…

COMPARTILHE

Numa simples análise na cronologia dos acontecimentos, através de registros documentados, sobre a notificação do PROCON ao Sindicato dos Revendedores de Combustíveis do Maranhão, é possível concluir que se alguém mentiu nesse episódio, foi o PROCON.

ENTENDA O CASO

Na segunda-feira (23), o PROCON disparou a informação de que teria notificado o Sindicombustíveis por “suspeita de venda ilegal de combustíveis”. A assessoria do Sindicato foi procurada por repórteres de uma emissora de TV para se manifestar através de Nota sobre essa notificação. Qual não foi a surpresa do órgão de classe ao descobrir pela imprensa sobre a existência de tal documento que nunca havia sido entregue em sua sede ou a qualquer um de seus representados.

Veja abaixo o release do PROCON informando que havia notificado sindicato. Atente para a data:

PROC1

Agora veja a cópia da notificação que nos foi enviada pelo PROCON. O documento está assinado por sua Diretoria, pelo Corpo de Bombeiros e pela Polícia Militar. Entretanto, o espaço destinado à assinatura do “notificado” está em branco. Ou seja, se não está assinado (protocolado), é porque o sindicato ainda não havia recebido.

PROC2

Já o documento abaixo, com registro de data e hora (24 de maio, às 10h), não deixa dúvidas de que o diretor do PROCON, Sr. Duarte Jr, foi afobado e errou, em razão de sua sede por aparecer na mídia, ao “notificar” a imprensa antes de fazer, de fato, a notificação ao Sindicato.

PROC3

Isso mesmo: a imprensa foi “notificada” segunda-feira (23), e o sindicato só recebeu o documento terça-feira, dia 24.

Dai em diante, a história já foi contada pelo blog do Jeisael, um embate entre o presidente do Sindicombustíveis, Orlando Santos, e o diretor do Procon, Duarte Jr. que o acusou de mentir e de estar com “mi-mi-mi”.

Se tivesse um pouco mais de humildade e espírito público, o diretor do PROCON teria admitido o erro, se desculpado e evitado tanto reboliço em cima desse assunto. Custava? Pra ele parece que sim. Aliás, a própria notificação já seria passível de questionamento em diversos pontos. Primeiro, que o Sindicato não vende combustíveis.

No final das contas, ficou feio, muito feio para o diretor do PROCON que acusou o presidente do sindicato de ser mentiroso, mas, na verdade, a cronologia dos fatos agora mostra quem realmente mentiu.

DO BLOG DO JEISAEL MARX

Sobre João Filho

Comentar

Seu endereço de email não será publicado.Campos obrigatórios são marcados *

*

x

Além disso, verifique

Projeto “Levando Alegria” criado por Fátima Araújo vai beneficiar crianças carentes em comunidades de São Luís

A vereadora de São Luís, Fátima Araújo (PCdoB), colocou mais um Projeto Social para funcionar ...

Fátima Araújo, solicita e Caema envia técnicos para fazer estudo técnico na rede de abastecimento do bairro João Alberto

A vereadora de São Luís, Fátima Araújo (PCdoB), solicitou da Companhia de Saneamento e Abastecimento ...

Vereador Astro de Ogum emite Nota de Esclarecimento

Acerca de matérias jornalísticas publicadas na imprensa maranhense, tratando da prisão do vereador Astro de ...

Grupo opositor de Bacabeira trabalha para reconstruir o município que foi destruído por Fernanda Gonçalo

O município de Bacabeira está cada vez mais sendo sucateado pela atual gestão, que tem ...

Weverton confirma Osmar Filho como pré-candidato a prefeito de São Luís

O senador e presidente do PDT no Maranhão, Weverton Rocha, reafirmou nesta segunda-feira (09), durante ...