casa » BEQUIMÃO » Parceria entre Prefeitura de Bequimão e Quilombolas constrói trapiche na Comunidade Sassuí

Parceria entre Prefeitura de Bequimão e Quilombolas constrói trapiche na Comunidade Sassuí

COMPARTILHE

Primeiro veio a certificação como comunidade quilombola; depois a estrada, a barragem e, agora, um trapiche que melhora o acesso dos pescadores ao porto. A Comunidade Quilombola de Sassuí tem experimentado um novo momento, com ampliação das políticas públicas que alcançam seus moradores. No início do mês, numa parceria entre Prefeitura de Bequimão e Movimento Quilombola de Bequimão (Moqbeq), foi construído um trapiche de madeira, antigo sonho da comunidade.

No feriado do Dia Internacional do Trabalhador, em 1º de maio, o mutirão começou desde cedo. Sassuí é um povoado localizado à beira mar, no Igarapé Raimundo Sú, no limite entre Bequimão e Alcântara. Os pescadores tinham dificuldade de alcançar suas embarcações ou mesmo de chegar à terra firme quando voltavam do mar. O trapiche de madeira vai ajudar muito a comunidade que tira seu sustento, principalmente, da maré.

Com a dificuldade de acesso, Sassuí ficou perto de desaparecer como povoado. Para uma das lideranças da comunidade, Venâncio Gusmão, todas essas melhorias vai fazer com que a comunidade cresça. “Nós já temos uma boa estrada, temos uma barragem, uma piscina natural, que recebe banhistas de vários lugares do município, e agora o trapiche do nosso porto, graças ao nosso prefeito, que deu uma alavancada em nossa comunidade”, disse.

Para a construção do trapiche, o prefeito Zé Martins garantiu a aquisição do material. O vereador Vadico do Areal, que tem forte atuação nas comunidades quilombolas, colaborou no trabalho, assim como os moradores e os membros do Moqbeq. “Vamos continuar dando uma atenção especial para as comunidades quilombolas, fortalecendo uma luta que eles já vêm travando há muitos anos. Na nossa gestão, começamos a encarar essas demandas com seriedade e os resultados já começaram a aparecer, refletindo em melhor qualidade de vida para os quilombolas de Bequimão”, enfatizou o prefeito.

Sassuí recebeu a certificação como comunidade remanescente de quilombo, pela Fundação Palmares, em 26 de novembro de 2013.

 

 

 

Sobre João Filho

Comentar

Seu endereço de email não será publicado.Campos obrigatórios são marcados *

*

x

Além disso, verifique

Defensor público cita Bequimão como referência na atenção básica, em entrevista à Rádio Mirante AM

“Nós temos no Maranhão, na Baixada Maranhense, na área mais pobre do Estado, municípios de ...

Ruas e estradas vicinais estão sendo recuperadas em Bequimão-MA

Bastou o período de chuvas parar, em Bequimão, para que o prefeito Zé Martins colocasse ...

Polo da UEMA vai voltar a funcionar em Bequimão após audiência pública

Uma audiência pública realizada na manhã deste sábado (20), na Escola Manoel Beckman na cidade ...

UEMA, com apoio da Prefeitura de Bequimão, realiza audiência pública para discutir implantação de polo da universidade

A Universidade Estadual do Maranhão (UEMA), com apoio da Prefeitura Municipal de Bequimão, realizará audiência ...

Prefeitos do Consórcio Conguarás decidem reunir maquinários para força tarefa de infraestrutura

O prefeito de Bequimão, Zé Martins, aderiu ao programa que reunirá o maquinário dos nove ...