casa » TRÂNSITO » Licitação do Transporte público foi à mesma coisa que amarrar cachorro com linguiça

Licitação do Transporte público foi à mesma coisa que amarrar cachorro com linguiça

COMPARTILHE

A tão sonhada licitação do transporte público em São Luís que foi divulgada em diversos veículos de comunicação, feito festas por toda capital, não passou de uma chuva no molhado. Pra quem achava que tudo iria melhorar, não vai passar de ser a mesma coisa ou ficar ainda pior. O resultado, só mostra o que todo mundo já sabia, uma ação de cartas marcadas.

Antes mesmo dos envelopes serem abertos, o prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Júnior (PDT) levou uma grande pressão dos empresários, onde os donos da cidade foram à Justiça para barrar o certame licitatório, que segundo Canindé prometia “modernizar” o sistema de transporte público da capital. Só que ninguém sabe como.

O resultado da licitação, ainda não foi anunciado oficialmente pelo prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT), e ninguém explica o motivo. O certo mesmo é que o certame foi vencido pelas mesmas empresas que já operam as linhas de ônibus precariamente nos bairros de São Luís, e zona rural.

As empresas Viação Primor, 1001 Expressos e Ratrans, que ingressaram na Justiça para impedir o andamento da licitação, ganharam os lotes licitados exatamente para as áreas onde já detém as linhas de ônibus na capital maranhense. Muito estranho isso!

O que parece mesmo, é que alguém tem rabo preso com as empresas. Seria o Partido Democrático Trabalhista? Tem caroço nesse angu! Antes mesmo de irem à Justiça questionar a licitação, porém, as mesmas três empresas tentaram impugnar o edital na própria Central Permanente de Licitação da Prefeitura de São Luís. As empresas apontavam oito irregularidades no edital. Leia Mais na íntegra em: Robert Lobato, Atual7 ou Diego Emir. (Texto Editado)

Sobre João Filho

7 comentarios

  1. Marcos Martins

    Tem gente que torce contra, simplesmente por que não foram seus candidatos a implantarem a Licitação, não estão nem aí para o bem geral, só querem fazer politicagem.

    • Meu caro, se o objetivo de uma licitação é qualidade no transporte, porque serem as mesmas a concorrerem e ganharem, se já estão há trinta anos na mesmice.

  2. Não vejo problemas em ser as mesmas empresas, pois elas vão atuar agora regidas sobre normas, não a vontade como antes, isso sim fará a diferença.

    • Antes não tinha ordem? Quem manda é o patrão e não subordinados. O PDT sempre foi subordinado aos empresários do transporte coletivo, que o diga um vereador da categoria, que fazia os prefeitos de gato e sapato.

  3. João Roberto

    Se foi mesmo um jogo de cartas marcadas, porque as empresas tentariam impugnar o edital ou impedir o andamento do processo de licitação? Era muito mais fácil deixar ele rolar e esperar o resultado já sabido pra eles… essa sua história que tá muito mal contada!

    • E porque as mesmas que recorreram na justiça foram as vencedoras? A política superou a Química, único lugar onde óleo e água se unem…

Comentar

Seu endereço de email não será publicado.Campos obrigatórios são marcados *

*

x

Além disso, verifique

Vereador Chaguinhas também defende VLT entre São Luís e Santa Rita

O Vereador de São Luís, Francisco Chaguinhas (PP), defendeu na sessão desta terça-feira (14), a ...

Câmara envia Nota Oficial ao Portal sobre pagamento de servidores

A Câmara Municipal de São Luís enviou na manhã desta quarta feira (1), Nota Oficial ...

“O povo não pode ser prejudicado”, diz Chaguinhas sobre possível paralisação dos rodoviários

O Vereador de São Luís, Francisco Chaguinhas (PP) acompanha de perto as movimentações sobre a ...

Edivaldo Jr e Canindé Barros aumentam frota de ônibus novos na capital

O Secretário de Trânsito e Transportes de São Luís, Canindé Barros e o Prefeito da ...

Sindicato dos Rodoviários divulga balanço de assaltos a ônibus na grande Ilha

O Sindicato dos Rodoviários do Maranhão, que tem como presidente Isaías Castelo Branco, divulgou nesta ...