casa » Arquivos do Altor: João Filho (página 60)

Arquivos do Altor: João Filho

TV Difusora Futebol Clube recebe quase metade do patrocínio do Campeonato Maranhense 2018

COMPARTILHE

A TV Difusora Futebol Clube que em 2017 foi o único time que não entrou em campo no Campeonato Maranhense, embolsou de cota de patrocínio R$ 900 mil reais. Este ano a fatia foi menor, mas ainda sim vai embolsar aproximadamente meio milhão de reais, segundo fontes ligadas à Federação de Futebol Maranhense. Em qualquer lugar do mundo, qualquer canal de televisão que quiser transmitir o futebol, precisa para aos clubes o direito de transmissão. No Maranhão é bem diferente, o governador que paga a TV para transmitir.

O governador Flávio Dino entregou, na manhã desta quarta-feira (14), os certificados de apoio aos clubes que disputam o Campeonato Maranhense de Futebol 2018. A iniciativa faz parte da campanha ‘Futebol Maranhense Pela Paz’, em parceria com Instituto Maranhense de Futebol (IMF) e a Companhia Energética do Maranhão (Cemar).

Por meio da Lei Estadual de Incentivo ao Esporte, a Secretaria de Estado de Esporte e Lazer (Sedel), em parceria com a Cemar, destinou R$ 1,5 milhão em apoio a oito equipes inscritas no Campeonato Maranhense. Só que metade foi parar na Camboa. Enquanto as emissoras tradicionais de rádio que transmitem futebol no Maranhão estão vendendo almoço para comprar janta, a tv difusora por pertencer ao deputado Weverton Rocha (PDT), abocanhou uma bolada do patrocínio.

“Nós apoiamos o futebol maranhense com muita convicção. Quando assumi o governo, fui desafiado a apoiar o futebol e esse desafio deu certo. Todos os anos nós ajudamos, claro que os clubes precisam de mais, mas é uma ajuda que damos todos os anos para possibilitar que o campeonato maranhense se realize”, afirmou o governador Flávio Dino, que chama de ajuda para não classificar de esmola.

Desse montante, R$ 795 mil será para os clubes. O restante R$ 705 mil será dividido entre a TV Difusora e uma produtora encarregada nas transmissões dos jogos e outras despesas, dentre elas R$ 90 mil para quem elaborou o projeto, R$ 20 mil para contabilidade e 3% para o Fundo Estadual de Esporte que corresponde a R$ 45 mil.

O presidente da FMF, Antônio Américo não soube informar os valores da TV Difusora e da produtora. Ele fez questão de adiantar que a FMF não receberá um centavo desse recurso. Será?. Antes do campeonato iniciar Antônio Américo tinha um discurso sobre as transmissões. Só que o que ele fala em pé não confirma sentado.

Mesmo eliminado na metade do campeonato, o Sampaio receberá a maior parte R$ 150 mil. O Moto terá cota de R$ 120. Maranhão, Cordino e Imperatriz receberão cada R$ 115 mil e São José, Bacabal e Santa Quitéria R$ 60 mil. Resumindo, a produtora vai ganhar mais que os clubes. Mas como é o nome dessa misteriosa produtora?

Foto: Karlos Geromy

Texto: Zeca Soares

Sidney Pereira assina termo de adesão ao programa “Ensinar”

COMPARTILHE

O prefeito de Anajatuba (cidade a 137 quilômetros de São Luís), Sidney Pereira (PCdoB), juntamente com a secretário municipal de educação, Rosaria de Fátima e o o presidente da comissão central permanente de licitação (CCL), Odair José Neves assinaram nesta quarta-feira (14) termo de adesão do programa Ensinar no Palácio dos Leões, em São Luís. O programa substituiu o Darcy Ribeiro nos polos da educação no Estado.

O programa é uma ação da Universidade Estadual do Maranhão – UEMA que dá suporte à atuação do governo do estado nos municípios maranhenses para a  melhoria dos indicadores sociais  e tem o objetivo de formar professores para o exercício da docência na educação básica a partir de conhecimentos específicos, interdisciplinares e pedagógicos, de conceitos e princípios desenvolvidos na construção e apropriação de valores éticos, linguísticos, estéticos e políticos do conhecimento em um diálogo constante entre diferentes visões de mundo.

Neste primeiro momento do programa serão oferecidos pela UEMA em Anajatuba, serão os seguintes cursos: Graduação em letras, matemática licenciatura, ciências biológicas licenciatura e química licenciatura. O município vai entrar com a estrutura física do local onde vai funcionar os cursos.

Em contato com o editor do Blog do Wallace Braga, “o programa deverá contribuir para a mudança dos indicadores sociais e educacionais da nossa cidade, além de oportunizar aos futuros discentes uma formação baseada em valores éticos, linguísticos, estéticos, políticos e profissionais”, ressaltou o atual mandatário. Esse é um fato inédito no município, uma ousadia do prefeito em buscar mais e mais para os anajatubenses.

 

 

Condôminos pedem instalação de CPI proposta pelo deputado Zé Inácio

COMPARTILHE

Os moradores dos condomínios Jardins, Provence, Vitória e Pleno, da construtora Cyrela, denunciaram os problemas que enfrentam devido às irregularidades nos imóveis, desde que receberam as chaves. Eles se pronunciaram na audiência pública que discutiu o assunto e foi realizada na Assembleia Legislativa, na tarde/noite da última terça-feira (13).

Os depoimentos dos condôminos foram acompanhados pelo deputado estadual Zé Inácio (PT), que propôs a instalação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar as denúncias contra a empreiteira. Os deputados Bira do Pindaré (PSB), Roberto Costa (PMDB) e Edson Araújo (PSB) já assinaram a proposição. Além deles, comprometeram-se a assinar Rogério Cafeteira (DEM), Wellington do Curso (PP) e Marco Aurélio (PCdoB). Ao todo, quatorze parlamentares ainda precisam aderir para que a CPI seja instaurada.

Os moradores apelaram aos parlamentares para que assinem a CPI. “Investimos todo o nosso patrimônio nesses empreendimentos, que apresentam sérios problemas na estrutura, parte elétrica, infiltrações, vazamento de gás, etc. Mesmo com mais de 5 mil famílias com suas vidas em risco, a Cyrela até hoje não deu nenhuma assistência e nem tentou resolver a situação. Por isso, estamos fazendo esse apelo aos parlamentares para que eles assinem a CPI e nos apoiem nessa luta”, disse um morador, que se identificou como Haroldo.

Zé Inácio frisou que os órgãos responsáveis que autorizaram as licenças à empreiteira também devem ser investigados.  “Não queremos politizar. Estamos lutando para que outas famílias maranhenses não venham a ser lesadas e desrespeitadas. A Cyrela tem tratado esses moradores com total descaso, pondo suas vidas em risco. Por isso, junto à promotora de Justiça do Consumidor Lítia Cavalcante, seguiremos até o fim, para que haja punição civil e penal”, disse Zé Inácio.

Lítica Cavalcante pronunciou-se: “Todos os meios possíveis de negociação já foram esgotados para que a Cyrela resolvesse a situação desses moradores. Inclusive descumpriu uma decisão judicial: o Termo de Ajustamento de Conduta-TAC. Serão ajuizadas ações civis públicas e, se for o caso, a empresa terá de refazer todos os empreendimentos”, frisou.

Também participaram da audiência os promotores de Justiça Pedro Lino Silva Cordeiro e Haroldo Paiva (Conflitos Agrários); a presidente do Sindicato dos Arquitetos do Maranhão, Maria Laís; o secretário municipal de Urbanismo e Habitação de São Luís (Semurh), Madson Leonardo; o representante do Corpo de Bombeiros, Coronel França e também da construtora Cyrela.

Othelino Neto discute demandas de Nova Iorque do Maranhão e Magalhães de Almeida

COMPARTILHE

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Othelino Neto (PCdoB), participou, na noite desta terça-feira (13), de uma reunião na Secretaria de Estado da Infraestrutura (Sinfra) para tratar de demandas dos municípios de Nova Iorque do Maranhão e Magalhães de Almeida, resultados de indicações e emendas feitas pelo parlamentar. Acompanhado da prefeita de Nova Iorque, Mayra Guimarães (PCdoB), e de Dionilo Costa Júnior, liderança política de Magalhães de Almeida, ele foi recebido pelo secretário da pasta, Clayton Noleto.

Na reunião, entre outras coisas, foram mencionadas obras em Nova Iorque, a exemplo de uma praça e da escola Anália Neiva, que está em reforma e prestes a ser entregue. Além disso, foi anunciada a pavimentação de ruas com pedras, obra viabilizada por meio de emenda parlamentar destinada pelo deputado.

“Além dos benefícios com a emenda parlamentar, da praça e da escola, tratamos do programa ‘Mais Asfalto’, do Governo do Estado, que, em breve, deverá chegar ao município de Nova Iorque do Maranhão, assim como a tão esperada Ponte do Pontão, sonho antigo dos moradores”, frisou Othelino Neto.

A prefeita Mayra Guimarães agradeceu em nome da população.  “Como prefeita, agradeço ao empenho do deputado Othelino Neto para levar benefícios à nossa cidade por meio de sua atuação parlamentar. Sabemos que, com a chuva, a necessidade de pavimentação de ruas cresce a cada dia. Além disso, recebemos também a boa notícia do programa ‘Mais Asfalto’, que chegará à nossa cidade”.

O deputado também tratou sobre benefícios para Magalhães de Almeida, atendendo ao pedido de Dionilo Costa Júnior. A principal demanda refere-se ao programa “Mais Asfalto”. “O secretário já determinou, inclusive, o deslocamento de uma equipe técnica até Magalhães de Almeida para fazer o mapeamento das vias a serem contempladas. Cleyton Noleto também mencionou a construção de uma quadra poliesportiva, anexa a uma escola estadual, atendendo, assim, a uma demanda antiga da juventude daquela cidade”, disse o deputado.

Dionilo Costa afirmou que os benefícios serão de suma importância para a população de Magalhães de Almeida. “Estamos muito felizes, pois a quadra é importante para os estudantes, assim como a pavimentação de ruas, anunciada pelo secretário”, disse Dionilo Costa Júnior.

Clayton Noleto destacou as ações do Governo do Estado nos municípios e o esforço do deputado Othelino Neto para contribuir com o desenvolvimento do Maranhão. “O governo tem uma série de investimentos em vários municípios na área da infraestrutura. Hoje, recebemos o deputado Othelino Neto que tratou de demandas parlamentares referentes a Nova Iorque e a Magalhães de Almeida.  É dessa maneira, dialogando, que conhecemos melhor as necessidades dos municípios e trabalhamos para que elas sejam atendidas”, finalizou o secretário.

Educadores de Bequimão participam da II etapa da Conferência Intermunicipal de Educação em Pinheiro

COMPARTILHE

Começou nesta terça-feira (13) a II etapa das Conferências Intermunicipais de Educação, envolvendo municípios jurisdicionados às oito Unidades Regionais de Educação (UREs). O evento faz parte da preparação para a Conferência Maranhense de Educação (Comae) 2018, que traz como tema “A consolidação do Sistema Nacional de Educação (SNE) e o Plano Nacional de Educação (PNE): monitoramento, avaliação e proposição de políticas para a garantia do direito à educação de qualidade social, pública, gratuita e laica”.

As conferências intermunicipais são realizadas pelo Fórum Estadual de Educação, em parceria com a Secretaria de Estado da Educação (Seduc) e as prefeituras, instituições públicas e sociais. Os eventos têm como foco a avaliação dos Planos de Educação (Nacional, Estadual e Municipais) e proposição de políticas educacionais para efetivação de suas metas e estratégias, e tem por finalidade cumprir as etapas preparatórias da 1ª Conferência Nacional Popular de Educação (Conape) e da 3ª Conferência Nacional de Educação (Conae), coordenadas, respectivamente, pelo Fórum Nacional Popular de Educação (FNPE) e pelo Fórum Nacional de Educação (FNE).

 

A primeira etapa das Conferências Intermunicipais, realizada entre os dias 1º e 7 deste mês, envolveu 11 Regionais de Educação, incluindo São Luís. Nesta segunda etapa, as conferências acontecem nas regionais de Pinheiro, Chapadinha, Itapecuru Mirim, Rosário, Caxias, Codó, Timon e Viana, e devem envolver mais de 3 mil pessoas entre representantes da educação básica, profissional ou tecnológica e superior das redes pública e particular, além de representantes da sociedade civil organizada.

Durante as conferências os segmentos participantes do evento indicaram propositivas de alterações ao Plano Estadual de Educação (PEE), a partir de discussões em plenárias temáticas, além de realizar a escolha e homologar os nomes dos delegados, que irão participar da Comae.

Na Unidade Regional de Pinheiro, que abrange 17 municípios, 350 pessoas representantes dos 17 municípios jurisdicionados à regional devem participar da conferência, que será realizada no auditório da Universidade Federal do Maranhão (UFMA), Campus Pinheiro.

“Estamos muito otimistas em relação à realização da conferência nesta terça-feira. Houve uma grande mobilização na regional. Acreditamos num debate efetivo com importantes contribuições para a melhoria da educação nos municípios, no estado e no país”, disse José Ribamar Ribeiro Dias, gestor da URE de Pinheiro.

Esta é a última etapa das conferências intermunicipais, antes da Conferência Maranhense de Educação (Comae), que será realizada de 2 a 5 de abril, em São Luís.

 

Diretor do Hospital Djalma Marques (Socorrão I) é engolido por jacaré pedetista

COMPARTILHE
Sem aviso prévio, o diretor do hospital Djalma Marques (Socorrão I) foi engolido pelo jacaré pedetista. Dr. Ademar Bandeira não é mais diretor do Socorrão I, no Centro de São Luís. Ele foi exonerado do cargo na manhã desta segunda-feira (12). A notícia foi dada pelo vereador Marcial Lima (PEN) na tribuna da Câmara Municipal. A informação já foi confirmada a imprensa pela Secretaria Municipal de Saúde.
Sem deixar apagar o rastro do ex-diretor, Edivaldo Holanda Júnior não perdeu tempo e anunciou para o lugar de Ademar, a profissional Bernadete Veiga Ferreira, que até então era diretora do hospital Clementino Moura, (Socorrão II), na região da Cidade Operária. Com isso houve mudanças também no Socorrão II, que passa a ser comandado por Dorinei Câmara,  que respondia pela direção administrativa do hospital.
De acordo informação da SEMUS, Ademar Bandeira não sai da estrutura da Saúde Municipal, sendo apenas promovido a outro setor da pasta, que será responsável por ajudar na construção de um modelo melhor para a rede municipal de Saúde. Além disso, ele voltará a ocupar a função de cirurgião no Hospital Clementino Moura, o Socorrão II.
Na tribuna, o vereador Marcial Lima criticou a exoneração de Bandeira, lamentando, que apesar de tantos anos prestando serviço como diretor do Socorrão e I e II, nunca tinha tido oo prazer de ser recebido pelo prefeito Edivaldo Holanda Jr.
Por Adilson Carlos.

Tragédia na MA 014 entre Olinda Nova e Viana-MA

COMPARTILHE

A delegação de Educação do município de Olinda Nova sofreu acidente na manha desta quarta-feira (14) durante viajem para Participar do Segundo dia de Conferência Intermunicipal de Educação da URE de Viana, na região dos Lagos. As fortes chuvas que ocorrem desde ontem na região foram o motivo do acidente. Muitas delegações estavam se deslocando para a cidade de Viana, mesmo com tanta chuva.

Até o momento as vítimas em estado mais grave estão sendo conduzidas para São Luís. Nenhuma morte foi registrada até o fechamento desta nota. Mas algumas vítimas estão com costelas, braço e perna quebrados, segundo populares, mas estão sendo conduzidas para Pinheiro. Os dois casos mais graves são do Prof. Raimundo e Ana Cleide. Todos estão sendo atendidos, mas dois precisam ser encaminhados para São Luís.

Desse modo, A organização do evento resolve adiar o encontro sendo informadas as delegações posteriormente sobre as novas datas do encontro que vai eleger a delegação que irá participar da COMAE 2018.

Por Jefferson Cantanhede

Fátima Araújo rebate críticas de vereadores ao prefeito Edivaldo Holanda Júnior

COMPARTILHE

A vereadora de São Luís, Fátima Araújo (PCdoB), subiu a Tribuna da Câmara Municipal na manhã desta terça-feira (13) para rebater críticas feitas pelos colegas parlamentares contra o prefeito da capital maranhense, Edivaldo Holanda Jr. Em sua fala, Fátima Araújo rebateu as críticas mostrando a parceria do governador Flávio Dino e o prefeito Edivaldo Holanda Jr, que tem melhorado a vida dos ludovicenses e dos maranhenses.

“As vezes o trabalho do governador e do prefeito muita das vezes não é reconhecido. Isso me deixa triste, já que todos tem conhecimento da parceria. Vou citar aqui alguns trabalhos que foram feitos através de parcerias entre governo do Estado e Prefeitura. O bairro Jardim Conceição foi beneficiado com pavimentação de 10 ruas. No Residencial João Alberto, foram asfaltadas 23 ruas, assim como dezenas de bairros em toda capital e interior do Maranhão”, destacou a Pequena Guerreira.

“Ano passado a posição do caro amigo vereador era outra, agora já mudou a posição. Antes só faltava colocar o governador no altar. Realmente a política é isso mesmo. É triste se ver o trabalho do governador e do prefeito e não ser reconhecido. No meu bairro já se passou um ano e ainda não foi beneficiado, mas fico feliz pela vitória dos colega vereadores”, enfatizou Fátima Araújo.

Fátima Araújo destacou sua gratidão pelo trabalho realizado nos bairros que formam o Complexo de Comunidades do João de Deus. Sei que a população também é grata pelas ações do governador e da prefeitura de são Luís. Para finalizar, a Pequena Guerreira agradeceu ações como reformas de escolas, posto de saúde, asfaltamento, melhoramento no trânsito e demais ações.

 

Qual o segredo para virar coronel da polícia no governo Flávio Dino?

COMPARTILHE

A história é linda, mostra o quanto é importante ter padrinhos famosos. Com essa mesma receita, só o time do Fluminense do Rio de janeiro conseguiu essa proeza, subir de posição sem passar pelas inferiores. O caso do Fluminense foi uma jogada de bastidores em 1999 quando o tricolor carioca disputou a terceira divisão do campeonato brasileiro e subiu para a Série A, sem passar pela série B. Aos moldes da política maranhense, a ação foi quase a mesma, quando um sargento da PM foi promovido e ainda mudou de categoria militar.

ENTENDA O CASO VEXATÓRIO NO MARANHÃO

Um tenente da Polícia Militar foi exonerado do posto pelo governador Flávio Dino (PCdoB) em ato assinado no dia 19 de janeiro. No mesmo dia, outro ato de Dino nomeia o mesmo militar para o posto de coronel, pulando nada menos que três patentes. E não mais na Polícia Militar, mas no Corpo de Bombeiros.

A manipulação do oficialato das forças policiais maranhenses já seria um escândalo sem precedentes, que mostraria o aparelhamento que o governo comunista faz das corporações de segurança. Mas o caso se torna mais grave quando se sabe que o oficial em questão é um dos muitos capelães indicados por denominações religiosas do estado.

Flávio Dino não apenas aparelha a Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros Militar do Maranhão. Ele usa seu estado maior para abrigar capelães em troca de currais eleitorais tão comuns nas igrejas evangélicas e católicas.

O fisiologismo envolve diferentes denominações religiosas e tempor trás políticos vinculados a essas igrejas.

O número de capelães na PM e nos Bombeiros quase triplicou desde que o comunista assumiu o governo. A maioria é formada por pastores, filhos de pastores e líderes religiosos indicados por pastores.

Enquanto isso, oficiais da Academia, com anos de treinamento para o exercício da função de polícia, têm suas aposentadorias freadas pela falta de vagas. E muitos são obrigados a ir à Justiça para subir de posto.

Por Estado Maior

Prefeitura retoma primeira etapa de urbanização do Cais do Porto, em Bequimão

COMPARTILHE

A prefeitura de Bequimão retomou os serviços da 1ª etapa de urbanização do Cais do Porto, às margens do Rio Itapetininga, no Centro de Bequimão. O prefeito Zé Martins está cada vez mais perto de realizar mais um sonho da população bequimãoense. Um presente que vai ficar na história do município.

A empresa vencedora da licitação, foi a Sintese Soc. Ind. e Tec. de Serviços de Engenharia LTDA. No projeto, está prevista a construção de um calçadão, com canteiros para palmeiras, bancos e serviço de iluminação. A mureta antiga será substituída por parapeitos de madeira.

     Ilustração da obra de urbanização do Cais do Porto na cidade de Bequimão-MA

“Esta é uma das áreas mais importantes da nossa história e sempre foi um dos espaços de lazer preferidos das pessoas de Bequimão, mas fazia tempo que precisava de mais cuidados. Agora, vamos fazer o que chamei de primeira etapa de urbanização do Cais do Porto. Nosso projeto é ampliar esse trabalho”, garantiu o prefeito Zé Martins.

A obra será feita com recursos de uma emenda do então deputado federal Sarney Filho, agora ministro do Meio Ambiente.