casa » Arquivos do Altor: João Filho (página 6)

Arquivos do Altor: João Filho

Deputado Dr. Leonardo Sá pede recuperação da MA-006

COMPARTILHE

O deputado estadual, Leonardo Sá (PR), protocolou uma indicação que solicita ao governo do Maranhão, a recuperação da MA-006, que liga o município de Pinheiro a Pedro do Rosário, se estendendo até Zé Doca.

Uma pavimentação asfáltica já havia sido feita no trecho entre Pedro do Rosário até a saída da BR-316, mais de 42 quilômetros de asfalto, programa do Governo Estadual em parceria com a Secretária de Estado e Infraestrutura – SINFRA.

O deputado Leonardo Sá falou dos benefícios que a pavimentação e a manutenção das estradas trazem para a região. “A pavimentação asfáltica traz inúmeros benefícios, contribui diretamente na economia regional e estadual, melhora a trafegabilidade, tem benefício direto na produção e exportação de produtos e mão de obra da região, reduz acidentes, aumentando o conforto e a segurança no transporte rodoviário de cargas e passageiros, contribuindo diretamente para o desenvolvimento sócio, político e econômico das cidades que são ligadas por essa rodovia”, disse.

Zé Inácio destaca prisão de suspeitos de envolvimento no assassinato da vereadora Marielle Franco

COMPARTILHE

O deputado Zé Inácio (PT) usou a tribuna da Assembleia Legislativa, na terça-feira (12), para dar destaque à prisão de dois suspeitos de envolvimento no assassinato da vereadora do Rio de Janeiro, Marielle Franco, e do motorista Anderson Gomes. O crime completará um ano no dia 14 deste mês.

O deputado destacou a relação do caso com a milícia do Rio de Janeiro e a estreita proximidade dos suspeitos com a família Bolsonaro. “Esse crime tem uma relação muito estreita com as milícias do Rio de Janeiro. E eu faço questão de relatar, também, que o ex-policial militar Élcio Queiroz ostenta em seu perfil no Facebook uma foto sorridente ao lado do atual presidente Jair Bolsonaro, o que pode não significar nada, mas que revela o motivo da lentidão nas investigações, para que esse crime não interferisse no processo eleitoral do ano passado”, disse o parlamentar.

Zé Inácio também destacou o fato de um dos acusados ser vizinho do atual presidente em um condomínio de luxo na Barra da Tijuca. “Quanto ao policial militar reformado Ronier Lessa, apontado como autor dos 13 disparos que mataram Marielle e Anderson, ele mora no mesmo condomínio de Jair Bolsonaro. Isto é, as digitais do crime estão no quintal do atual presidente”, afirmou Zé Inácio.

O parlamentar finalizou seu discurso ressaltando a importância dessas prisões e afirmando que, apesar da lentidão nas investigações, algumas respostas começam a ser dadas. “É preciso ir além, resolver o caso, dar resposta não só àqueles que assassinaram,  apertaram o gatinho, conduziram o veículo e se empreenderam em fuga, mas identificar quem são os mandantes do crime, porque não se trata apenas de um assassinato de uma vereadora, mas, sim, de uma tentativa de calar a voz de uma parlamentar negra, defensora das minorias, que era a voz das periferias. Portanto, um atentado contra o Estado Democrático de Direito”, disse.

Zé Inácio também exigiu que a investigação vá além da prisão dos suspeitos do assassinato, identificando quem é ou quem são os mandantes deste brutal crime político. “Exijo, como deputado e cidadão brasileiro, que essa investigação vá além dos executores, que cheguem aos mandantes, porque é inadmissível que no Brasil convivamos com a possibilidade de ter ainda lideranças políticas, parlamentares, defensores dos direitos humanos assassinados ou exilados em outro país por defenderem seus ideais”, concluiu.

“Contrapartidas precisam ser reais”, diz Pastor Gildenemyr sobre acordo entre Brasil e EUA para uso da base de Alcântara

COMPARTILHE

Depois de quase duas décadas, o Brasil concluiu as negociações com os Estados Unidos quanto ao Acordo de Salvaguardas Tecnológicas (AST) para liberar o uso comercial do Centro de Lançamentos de Alcântara (CLA), situado no município de Alcântara, na região metropolitana de São Luís.

O tema começou a ser debatido entre as nações no ano 2000, quando o então presidente Fernando Henrique Cardoso assinou o acordo, que foi rejeitado pelo Congresso Nacional. O documento está sendo revisado e deverá ser anunciado na visita de Jair Bolsonaro ao presidente Donald Trump, que ocorrerá na próxima terça-feira (19), nos EUA.

Depois que as negociações foram concluídas, deputados federais e senadores do Maranhão, foram procurados pela imprensa para se manifestar sobre o assunto. Em entrevista à imprensa, o deputado federal Pastor Gildenemyr (PMN), disse que precisa aguardar o texto final que está sendo revisado para poder avaliar e compreender quais serão os benefícios concretos desse acordo para o nosso Estado do Maranhão.

“Precisamos aguardar o texto final que está sendo revisado para poder avaliar e compreender quais serão os benefícios concretos desse acordo para o nosso Estado do Maranhão; pois as contrapartidas precisam ser reais para os cidadãos de Alcântara. Mas pelo que foi divulgado pela imprensa, o acordo deve permitir uma troca de conhecimento entre os países. Vamos analisar e, claro, buscar o melhor para o nosso país”, destacou o parlamentar.

O novo acordo prevê a proteção de conteúdos com tecnologia norte-americana usada no lançamento de foguetes e mísseis a partir da base brasileira, sendo que, atualmente, 80% do mercado espacial usa tecnologias estadunidenses. Sendo assim, a ausência de um acordo de proteção acabava limitando o uso da base de Alcântara, com o novo acordo abrindo portas para uma série de parcerias empresariais no setor, colocando o Brasil em uma posição melhor no debate internacional sobre cooperação espacial.

Presidente Othelino Neto recebe visita institucional do secretário de Saúde, Carlos Lula

COMPARTILHE

O presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, deputado estadual Othelino Neto (PCdoB), recebeu, nesta segunda-feira (11), a visita institucional do secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula. Na ocasião, ele convidou o parlamentar, bem como a Comissão de Saúde da Casa, para conferir o andamento das obras do bunker de radioterapia do Hospital do Câncer do Maranhão, que já estão em estágio avançado.

Othelino agradeceu a visita de Carlos Lula e destacou que a Assembleia Legislativa está sempre atenta às demandas do Estado, em especial na área da saúde. Ele também ressaltou a importância de investimentos, a exemplo da construção do bunker de radioterapia, para garantir o atendimento ágil e eficaz aos pacientes de câncer no Maranhão.

“Os projetos de lei que vêm para cá, de interesse da saúde pública, são apreciados com a devida agilidade. Agradeço a visita do secretário Lula, que nos traz a boa notícia das obras, já em estágio avançado, do bunker de radioterapia, uma demanda antiga da população. Nós ficamos felizes em ver esses avanços e que os serviços de saúde pública estão chegando, cada vez mais, à população, que tanto precisa”, afirmou o presidente da Alema.

O secretário Carlos Lula também colocou a SES à disposição do Parlamento estadual, convidando os deputados a visitarem as obras do bunker, que está sendo construído atrás do Centro de Saúde Dr. Genésio Rego, na Vila Palmeira. Lula ressaltou, ainda, que, após concluídas as obras, a expectativa é diminuir o tempo de espera nas filas para tratamento, que, hoje, está em torno de seis meses.

“Convidamos o presidente Othelino e a Comissão de Saúde para visitar as obras do bunker de radioterapia, onde 40% já foram concluídas e esperamos, ainda este ano, fazer a entrega desse novo aparelho para o Maranhão. Essa é uma conquista histórica. O estado do Maranhão nunca teve, ele mesmo, um aparelho de radioterapia. Sabemos que, para quem recebe o diagnóstico de câncer, ficar seis meses esperando em uma fila é duplamente punitivo. A nossa expectativa é diminuir pela metade esse tempo de espera”, assinalou o secretário de Saúde, completando que, em Imperatriz, que possui um bunker administrado pela SES, o tempo de espera é de apenas um dia para início do tratamento.

“Ou seja, em 24 horas, a pessoa já tem acesso ao serviço de radioterapia e trazemos essa novidade, em parceria com o Ministério da Saúde, onde esperamos entregar, nos próximos meses, esse aparelho para toda a população”, concluiu.

Prefeito Anderson viabiliza verba para construção da praça do Largo do Cemitério em Alcântara-MA

COMPARTILHE

O prefeito de Alcântara, Anderson Wilker (PCdoB), esteve reunido nesta terça-feira (12), com o secretário de estado das cidades, Rubens Júnior, para tratar de novas obras para o município de Alcântara. Durante a reunião, Anderson apresentou ao Secretário várias prioridades para a cidade e zona rural do município.

Ao analisar os pedidos feitos pelo prefeito Anderson Wilker, Rubens Júnior de imediato se comprometeu viabilizar a verba para a construção da praça do Largo do Cemitério, no centro histórico da cidade de Alcântara. O projeto da obra já havia sido apresentado em 2018 ao governador Flávio Dino e teve apoio dos deputados Márcio Jerry (federal) e Othelino Neto (estadual).

Orçada em R$900 mil reais, essa obra será mais uma importante aquisição na gestão do prefeito Anderson Wilker. A nova praça do Largo do Cemitério contará com área de vivência, lazer e recreação. O novo espaço será mais uma importante atração turística na cidade de Alcântara.

Para o prefeito Anderson Wilker, a luta é árdua, mas a obra é muito importante para o município de Alcântara. “Estamos lutando sempre pelo bem estar da população de Alcântara. Essa obra da nova praça do Largo do Cemitério sempre foi um sonho dos alcantarenses e de nossa gestão. Graças ao governador Flávio Dino e o apoio dos deputados Othelino Neto e Márcio Jerry, o secretário Rubens Júnior autorizou a construção. É uma obra importante para nós alcantarenses e também para ajudar a fomentar o turismo local, sendo um novo atrativo para quem visita nossa cidade. Com muito trabalho vamos reconstruindo nosso município”, destacou o prefeito.

Indicação da vereadora Fátima Araújo solicita ao governo do Estado construção de creche no Pirapora

COMPARTILHE

Em sessão ordinária realizada nesta segunda-feira (11), no Plenário Simão Estácio da Silveira, da Câmara Municipal de São Luís, uma Indicação de autoria da vereadora Fátima Araújo (PCdoB) foi aprovada por unanimidade solicitando ao governador Flávio Dino (PCdoB) e ao secretário de estado da educação, Felipe Camarão, que seja aproveitado um terreno onde já existiu a Escola Janaína Cafeteira na avenida São Carmelo, no bairro Pirapora,  seja utilizado na construção de uma creche no local que beneficiará milhares de famílias.

Segundo a vereadora Fátima Araújo, a região do João de Deus/Pirapora é formada por um Complexo de Bairros com 31 comunidades e necessita muito de uma obra desse porte. “A região é carente, principalmente no que se refere à educação infantil. Não há existência de creches na área e acaba dificultando aos pais a execução de algumas atividades, já que muitas famílias não tem onde deixar seus filhos. Por ser uma região carente, 50% da população com complexo de comunidades vivem de 1/3 de um salário mínimo ou são beneficiário do programa Bolsa Família”, destacou a vereadora Fátima Araújo.

Para a vereadora Fátima Araújo, sua maior preocupação quanto a educação é garantir a construção de uma creche para a região, onde as crianças possam ser melhor assistidas e as famílias possam trabalhar com tranquilidade. Em fevereiro de 2013 a vereadora já havia encaminhado um abaixo assinado à Prefeitura de São Luís com 12 mil assinaturas solicitando a construção de uma creche para o local.

 

Deputado Fábio Macedo pede desculpas aos maranhenses

COMPARTILHE

Após se envolver em uma grande confusão em Teresina e terminar preso por agressão a um músico e a um policial, o deputado estadual Fábio Macedo (PDT), usou sua página pessoal para prestar esclarecimentos sobre o ocorrido, pedindo desculpas e admitindo o alcoolismo.

Confira a carta:

Aos maranhenses que me elegeram e confiaram como seu representante, peço as mais sinceras desculpas por meu descontrole emocional na última madrugada, onde após o consumo de bebidas alcoólicas, associadas ao uso de medicações para tratamento de saúde, me envolvi em uma confusão em um bar na cidade de Teresina. Há anos enfrento problemas de depressão e alcoolismo e no momento da confusão estava sem o controle de minhas faculdades mentais e em estado total de embriaguez. Sei que nada justifica minhas atitudes e como homem que sou, assumirei todas as responsabilidade legais e morais. Também peço desculpas à Corporação da Polícia de Teresina, a quem muito respeito e admiro o trabalho.

Chegar a este momento é muito difícil e até doloroso, mas a verdade deve ser dita, não para me justificar ou fugir das responsabilidades, mas para que possam entender o que tenho passado nos últimos anos. Depois da realização de uma cirurgia bariátrica, a qual fui submetido para a retirada de um balão gástrico, que estava me causando várias complicações de saúde, tive novamente uma recaída na depressão, algo com que convivi parte da minha vida e que pensei ter sido superado por completo. Além da depressão, passei a ter problemas com alcoolismo, meu organismo não consegue mais processar o consumo de bebidas corretamente, qualquer quantidade faz com que logo eu perca a razão e o controle emocional, algo que trouxe um peso enorme para minha vida, assim como meus pais, irmãos, esposa e filhos, que todo este tempo tem lutado ao meu lado, me dando forças para continuar seguindo. Infelizmente nos últimos dias tive sucessivas recaídas, algo que não me orgulho. O alcoolismo, assim como a depressão, infelizmente, são doenças graves, desta forma me comprometo em continuar com o tratamento de saúde para superar essa condição.

Fábio Macedo – Deputado estadual

Lava pratos de carnaval do Movimento Solidariedade & Ação reúne grande público no bairro Vila Lobão

COMPARTILHE

Para fechar a festa momesca com chave de ouro, a vereadora de São Luís, Fátima Araújo (PCdoB) em parceria com o Movimento Solidariedade & Ação, realizou neste sábado (09) no bairro Vila Lobão, o Lava Pratos de Carnaval 2019. O evento reuniu um grande público e levou para o palco 4 atrações que fizeram sucesso no período carnavalesco em outra vila, a Vila Conceição. O bom desempenho dos cantores levou o público a pedir os artistas para o lava pratos, pedido atendido plenamente pela Pequena Guerreira.

Este ano foram 8 dias de folia no Complexo de bairros do João de Deus, tudo com o apoio da vereadora Fátima Araújo, maior incentivadora da cultura popular na região. Foram 2 dias de pré-carnaval na Praça do João de Deus. No período momesco foram 5 dias no Espaço Cultural na Vila Conceição, além do lava pratos neste sábado (09) na Vila Lobão. Foram mais de 20 atrações nesses 8 dias de folia.

Para a vereadora Fátima Araújo, o evento traz além de alegria, diversão e lazer para os moradores das comunidades, gera renda para muitos vendedores. “Nossa meta foi alcançada em mais um evento realizado pelo Movimento Solidariedade & Ação em nossas comunidades. Além de diversão e lazer, proporcionamos também geração de renda aos moradores. As pessoas vendem de tudo (comida e bebida), isso gera uma renda a mais para famílias carentes de nossos bairros. Não cobramos nada, tudo é mantido por mim, com o apoio de parceiros como Comercial, Supermercado Vanessa, Maranhão Motos, Governo do Maranhão, Deputado Márcio Jerry e Prefeitura de São Luís. Fico feliz ao ver as pessoas ganhando sua grana vendendo mingau de milho, batata frita, churrasco, bolo, entre outros produtos. A alegria é importante para muitos, mas para outros, uma renda a mais faz toda diferença”, destacou a Pequena Guerreira.

 

No Dia Internacional da Mulher é hora de falar sobre futebol

COMPARTILHE

GRANDE ILHA – Durante muito tempo os conceitos enraizados pelo senso comum, estabeleceram como predominante a perspectiva masculina para falar sobre futebol. Felizmente esse cenário tem se mostrado adepto a mudanças. Apresentadoras em veículos massivos de comunicação abrem portas para alterações no cenário, com a presença de Mylena Ciribelli, Glenda Kozlowski, Renata Fan, Fernanda Gentil e tantas outras, que são a prova a respeito das mudanças cabíveis e aceitas na atual sociedade.

É nesse quesito que a jornalista e apresentadora do Bate Papo Futebol Clube Quécia Carvalho tem buscado seu espaço. A youtuber de apenas 20 anos vem alcançando desde crianças a adultos, por meio de uma linguagem simples e objetiva temas centrais do canal. Esse é um momento que não pode passar despercebido. É preciso observar a representatividade feminina e jovem por trás de um veículo massivo de comunicação com grande poder de difusão.

O interesse pela área esportiva acompanha Quecia Carvalho desde a infância. “Pode parecer clichê, você falar que brasileiro já nasce em contato com o futebol, mas a verdade é que foi isso. Eu cresci assistindo jogos, os principais campeonatos e a copa do mundo. Não entendia nada de futebol na época, também não lembro um dia exato em que tudo começou. Não consigo lembrar, não tem um dia exato que eu passei a torcer para tal time. Eu sei que isso sempre fez parte da minha infância, e eu sempre acompanhei”, comenta a jornalista.

Jornalista maranhense apresenta programa na plataforma digital YouTube e mostra que mulheres têm propriedade para falar sobre a paixão nacional.

O projeto para o canal Bate Papo Futebol Clube foi a primeira experiência de imersão da apresentadora neste segmento. “Eu era uma torcedora apenas, e com o programa eu pude realmente conhecer o futebol, perceber que o futebol não é só o que a gente vê ali na TV ou ouve no rádio. O futebol tem tática, tem técnica, tem uma série de coisas. Então esse conjunto que forma a festa que é o futebol. E o programa me permite isso, me proporciona conhecimento do que é o futebol”, revela Quecia Carvalho.

DE BATE PAPO COM O FUTEBOL

Exibido semanalmente no Youtube com a finalidade de apresentar o mundo do futebol, jogadores, os profissionais envolvidos, entusiastas das “quatro linhas”, O BPFC é produzido pela BELLL audio.visual, e tem contado com alguns colaboradores, caso da Glória Confecções (responsável pelo figurino da apresentadora), do Blog BNC Notícias e da ABRAÇO (Associação Brasileira de Radiodifusão Comunitária – Secção Maranhão).

Para o idealizador do canal Marcos Belfort, a abordagem por trás da elaboração do projeto “é buscar uma maneira de falar sobre futebol e o universo envolvente que esse esporte proporciona. Para isso, a linguagem é a mais popular possível. Inclusive o nome do programa se baseou nessa questão, trocar uma ideia, conversar, levar um lero, bater um papo”.

Através de feedbacks dos inscritos muitas alterações foram realizadas desde o programa piloto “é na prática que você ver o que dá certo e deve manter, e o que não é tão legal assim. Por isso, a gente sempre conversa sobre essas ideias, o que dá pra melhorar. É através dessa interatividade  que a construção do programa acontece cada vez melhor”, comenta Quecia Carvalho.

O trajeto que o Bate Papo Futebol Clube vem percorrendo tem sido promissor principalmente na questão empoderamento. Considerada por muitos, a temática futebol ainda é ligada ao gênero masculino. “É um ambiente muito dominado por homens em que você vê poucas mulheres. E as poucas que falam são muito criticadas, através de haters pelo fato de ser mulher; por isso se você quiser conquistar um público, você tem que dar o dobro do que um homem teria que dar se tivesse no seu lugar. Tem toda essa cobrança por trás, e deparar com situações como essas são muito comuns, infelizmente. O segredo é acreditar no seu potencial; A partir do momento que você passa a focar no seu trabalho e esquece um pouquinho a ‘aprovação popular’ percebe que não é preciso convencer ou agradar ninguém. O reconhecimento vem com o tempo e esforço”, esclarece a Jornalista.

DE OLHO NA TELINHA DO YOUTUBE

Com os avanços tecnológicos é impossível questionar a velocidade na propagação de conteúdos pelas plataformas no cyberpaço. As mídias digitais vieram para alterar a forma como as pessoas se comunicam, se relacionam, como se divertem e também como apreciam informações.

YouTube não é uma exceção quando se aborda o assunto. Fundado oficialmente em 14 de fevereiro de 2005, o site de compartilhamento foi criado por Chad Hurley, Steve Chen e Jawed Karim e um ano depois a empreitada alcançou maiores proporções com a compra da página da Internet pela empresa Google. Desde então tem diversificado e distribuído seu conteúdo, o compartilhamento e obtido feedbacks dos produtos veiculados.

A possibilidade de um novo segmento no mercado com conteúdo reproduzido alterou os modos de consumo de mídia. O compartilhamento, produção e elaboração de vídeos acabou aceito na sociedade como profissão. Os youtubers surgem como uma reação ao consumo de conteúdo onlinecom possibilidade de rentabilidade.

Com uma grande gama de modalidades esportivas, o espaço destinado ao segmento esportivo nos meios tradicionais não consegue abranger a totalidade. Por meio das novas plataformas e das mídias sociais atuantes a comunicação como toda é um importante fator de interatividade com o público. Uma comunicação full-time, não só rápida, mas acima de tudo de fácil acesso, com uso das novas tecnologias.

Na visão de profissionais da comunicação, o YouTube é aceito como veículo destinado ao conteúdo esportivo. Sobre o programa BPFC, o publicitário Gutemberg Silva destaca os diferenciais propostos pela plataforma como “um mercado muito grande, com uma lacuna a ser explorado pelas mulheres com todo seu profissionalismo, pois sabemos que este ainda é um nicho dominado pela gênero masculino, eu não falo de machismo, mas sim, que a cobertura do trabalho esportivo em todo mundo, ainda não possui uma equidade de gêneros no meio. Fico feliz em ver uma bancada de debate esportivo, dividida por homens e mulheres, falando do mesmo assunto com suas propriedades particulares e havendo o respeito mútuo. Bom, é louvável, ideias como essas tornarem-se exitosas, pois afinal sempre estamos buscando por novos canais de comunicação, com uma nova linguagem e também um novo olhar”.

A pesquisa recentemente divulgada pelo site Sportsvalue, empresa voltada em marketing esportivo, aponta o Brasil como um dos maiores consumidores de conteúdos associados ao futebol entre os países emergentes. Na capital maranhense a ferramenta ainda possui pouca visibilidade como propagadora de conteúdo.  Nesse contexto que o radialista Marcos Belfort observou essa possibilidade de mercado e idealizou o canal Bate Papo Futebol Clube veiculado pelo YouTube.

ESTICANDO A REDE

O Brasil é conhecido como país do futebol, mas a programação disposta na tv aberta não contempla fielmente a paixão nacional. Para o idealizador do canal, “nas tvs tradicionais abertas, o espaço é muito restrito. A verdade é que o futebol está entre as temáticas mais debatidas na cultura brasileira. Essa foi a intenção ao abordar um tema tão enraizado na cultura nacional e popular”, comenta Belfort.

Lançado no dia 21 de junho de 2018, o Bate Papo Futebol Clubeé um modo divertido de se manter atualizado através de conversas em torno de torneios, ligas, curiosidades e atualidades da paixão nacional brasileira. O conteúdo é produzido em vídeos com duração média de 5-10 minutos e recebe convidados para comentar em torno das temáticas atuais do futebol.

Independente da área no mercado, muitos são os desafios enfrentados. Ser mulher não é sinônimo de vulnerabilidade ou incapacidade. O futebol é uma paixão nacional e aproveitar os novos meios de difusão de conteúdo para veicular a temática é uma excelente jogada. Pode parecer uma pequena partida amistosa, mas ninguém se torna um grande jogador de futebol sem entrar em campo.

Por Rafaella Rodrigues

CREAS de Bequimão conversa sobre Lei Maria da Penha no Dia Internacional da Mulher

COMPARTILHE

Dia 08 de março é comemorado o Dia Internacional da Mulher e para lembrar esta data, o CREAS de Bequimão realizou Roda de Conversa com o objetivo de informar e conscientizar as mulheres, de seus direitos garantidos na Lei 11.340/2006, conhecida como Lei Maria da Penha, que visa garantir proteção contra a violência doméstica e familiar.

O Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS) esteve reunido com moradores do Povoado Centrinho de Buritizeira, zona rural do município de Bequimão.

A ação contou com a articulação das secretarias de Educação e Assistência Social que mobilizaram as comunidades de Centrinho de Buritizeira, Coelho e Jeniparana na divulgação da Lei, seus objetivos e meios de acesso ao Sistema de Garantia de Direitos (SGD).

A facilitação da roda de conversa ficou por conta do psicólogo Wanderson Farias Privado, técnico de referência do CREAS/Bequimão, que acompanha 52 mulheres vítimas de violência doméstica e familiar. Uma garantia de proteção tipificado nos direitos socioassistenciais.

A agente administrativa Rose Pinheiro, graduada em Serviço Social, discorreu sobre a origem do Dia Internacional da Mulher e a luta da mulher contemporânea por direitos humanos, respeito e dignidade.

As discussões giraram em torno dos tipos de violência descritos na Lei, como violência física, psicológica, sexual, moral e patrimonial. Estendeu-se, também à Lei 13.104/2016, conhecida como Lei do Feminicídio e destaque para as Medidas Protetivas de Urgência.

A organização do espaço de discussão ficou por conta do gestor da Escola Municipal do povoado Mojó, Professor Magno.

As funcionárias do CREAS, Joana Pereira, Analice Martins e Rose Pinheiro, além da coordenadora Maria da Natividade (Sinole), distribuíram rosas e sortearam um presente para a mulher com mais idade.

Conhecer, aprender e denunciar é um processo que auxilia no rompimento do ciclo de violência doméstica e familiar. A prefeitura de Bequimão apoia essa ideia, promovendo ações de conscientização na Sede e nos Povoados, oferecendo serviço de proteção social de média complexidade para as mulheres vítimas de violência domestica e familiar por meio do PAEFI (Serviço de Proteção e Atendimento Especializado à Famílias e Indivíduos), serviço desenvolvido pelo CREAS/Bequimão.

Por Wanderson Farias Privado