casa » Arquivos do Altor: João Filho (página 50)

Arquivos do Altor: João Filho

Chef Dantas faz aula-show de comidas típicas no Ateliê Don’Anna

COMPARTILHE

Quando chega o mês de junho São Luís se transforma em um imenso arraial, com uma profusão de cores, brilho, manifestações culturais e, claro, as comidas típicas da época. O milho é a grande estrela dessa parte da festa, já que é a obra-prima das receitas que compõem as mesas no São João. Além dele, outros ingredientes como a mandioca e o amendoim fazem parte das refeições feitas durante esse período festivo. Para garantir a alegria de santos e foliões, o Ateliê Don’Anna promove, no dia dedicado a Santo Antônio, uma aula-show de comidas típicas com o chef Dantas, conhecido pela sua culinária nordestina de muita qualidade.

Todas as características da culinária típica dos festejos juninos foram introduzidas no Brasil por meio da miscigenação dos povos que habitaram o território no período colonial, como os índios, africanos e europeus. “Aqui no Nordeste os pratos à base de milho já fazem parte do dia-a-dia, mas é no período junino que as pessoas buscam com mais intensidade essa identificação com suas raízes através da culinária”, justifica o chef Luciano Rosa, idealizador do Ateliê.

A culinária é um dos traços mais fortes do povo maranhense e, além de delícias como bolos, mingaus, canjicas e pamonhas, tem ainda o arroz de cuxá, as tortas de camarão e caranguejo, sururu, vatapá e arroz de Maria-Isabel. “A cozinha maranhense vive um novo momento e temos uma rica culinária e essa oportunidade de troca, de aprendizado, vai com certeza melhorar nossa gastronomia”, destaca Dantas.

A origem

Assim como alguns ingredientes usados na culinária, a celebração aos três santos católicos também foi introduzida na cultura brasileira pelos portugueses, que tinham como religião o catolicismo. Em Portugal, os meses de junho, julho e agosto eram dedicados às festividades relacionadas à religião e à colheita do trigo, feita uma vez ao ano durante o verão. Ao chegarem no Brasil, os portugueses precisaram adaptar os festejos ao clima dos trópicos, onde tem o inverno como estação nesse período do ano.

Desta maneira, a plantação que crescia em épocas de chuva era a de milho. Unindo os conhecimentos culinários dos indígenas, africanos e portugueses surgem as comidas típicas desse período junino, feitas especialmente de milho, como os bolos, canjica, pamonhas, mungunzá e até mesmo o próprio milho, servido assado na brasa ou cozido.

Serviço:

O que: Aula-Show de comidas típicas juninas

Onde: Ateliê Don’Anna

Hora: 15h às 18h

Quando: Quarta-feira, 13 de junho

Investimento: R$ 100,00

Texto: Andréa Brito

 

Latrocínio na MA106 no município de Bequimão na tarde deste domingo (10)

COMPARTILHE

A violência corre solta na MA106 que liga o Porto de Cujupe ao município de Pinheiro, na Baixada Maranhense. O perigo está por todos os lados, mas nas proximidades do município de Bequimão a situação está crítica, o medo tomou conta de quem passa por aquele local. Na tarde deste domingo (10), por volta das 16h30 na altura do povoado Vila Nova, a 6 quilômetros da sede do município, um rapaz foi baleado e levado para o Hospital Lídia Martins, na cidade de Bequimão, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

A vítima fatal foi identificada por Carlos da Silva Santos, de 32 Anos, que residia no município de Cururupu, no Litoral Ocidental Maranhense. As demais vítimas foram identificadas por  Luís Marcos Silva Corrêa, de 32 Anos, residente no município Mirinzal-MA e Enedson Monteiro de Jesus, de 35 Anos, residente no município Porto Rico-MA.

Segundo a polícia, Carlos e Marcos informaram que estavam sendo seguidos por dois indivíduos, desde a cidade de Pinheiro, ambos de capacete, e bala clava, numa moto não identificada. De acordo com as vítimas que sobreviveram ao assalto, na altura do povoado Vila Nova, eles foram interceptados pelos motoqueiros, que anunciaram o assalto levando das vitimas, aproximadamente R$ 5.600,00 em espécies.

De acordo com relato das vítimas, os assaltantes efetuaram 3 disparos, em que 2 atingiram a cabeça de Carlos da Silva Santos  e outro tiro acertou o caminhão. Após a polícia ser informada do latrocínio, os policiais fizeram buscas na região, mas sem êxito, já que as vítimas não souberam dizer com precisão o modelo da moto e nem as características dos assaltantes. As vitimas foram orientadas a registrar Boletim de Ocorrência.

Por G7

Restaurante Cuore oferece menu especial para o Dia dos Namorados

COMPARTILHE

Programação inclui ainda atração musical com sax e piano

O jantar do dia dos namorados é a ocasião perfeita para encerrar o dia a dois de maneira especial, com um clima agradável e muito romantismo, claro. E o Restaurante Cuore vai colocar o romance à mesa, nesta terça-feira, a partir das 20h, com o Jantar dos Namorados.

Para garantir a perfeição da noite, o menu especial fica sob a responsabilidade do chef executivo do Grupo Mateus, Luciano Rosa. “Preparamos um jantar especial e leve, já que a data cai no meio da semana e as pessoas precisam retomar suas atividades no dia seguinte”, adianta o chef.

Risoto de pato, bacalhau a lagareiro e ragu de cordeiro são as apostas do Restaurante Cuore para atrair os namorados. Para dar um clima ainda mais especial à ocasião, a renovação dos votos será embalada ao som de sax e piano.

Dia dos Namorados

Nos Estados Unidos e na Europa comemora-se todo dia 14 de fevereiro o Dia de São Valentim. Ele era um bispo da Igreja Católica que foi executado depois de ter se apaixonado pela filha do carcereiro, no século II. Ele escrevia para ela muitas cartas de amor e assinava sempre: do seu namorado, do seu Valentim. Por isso, o costume de enviar cartas para amigos e namorados neste dia.

No Brasil, a data foi criada para incrementar o comércio, sendo comemorada no dia 12 de junho, véspera do dia dedicado a Santo Antônio, santo português com tradição de casamenteiro. A ideia se expandiu pelo Brasil, amparada pela correlação com o Dia de São Valentim e é utilizada para incentivar a troca de presentes entre casais apaixonados.

Menu Dia dos Namorados

R$ 200,00/casal

WELCOME DRINK

Espumante (Dadiva, Brut e Moscatel)

PRIMEIRA ENTRADA

Bruschetta de Caponata, Jamon e Pistache

MESA DE ENTRADA

Queijos Especiais

Embutidos Especiais

Ceviche e robalo com limão siciliano

Pães Especiais (pasta de sardela, gorgonzola, tomate seco e manjericão)

Salada Caprese

Salada Marroquina

Salada Tropical

Caponata de Berinjela

Marinado de Sardinha

ENTRADAS QUENTES

Costela de Tambaqui crocante com pirão de cuxá

Calamares à Dorê no coco com molho Thay

Carne de sol com banana grelhada, queijo coalho e melaço de cana

PRATOS PRINCIPAIS

Risoto de pato sobre lâminas de panceta com chips de bacon

Bacalhau a Lagareiro marinado com azeite de ervas e batata ao murro

Ragu de Cordeiro e cogumelos frescos sobre purê de batata doce e especiarias

SOBREMESAS

Parfait de chocolate com crocantes de amêndoas

Tiramisu

Como Agendar o Benefício do Seguro-Desemprego

COMPARTILHE

Para agendar o seguro-desemprego a solicitação pode ser feita nas Delegacias Regionais do Trabalho (DRT), no SINE estadual ou municipal de sua cidade e nas agências credenciadas da Caixa Econômica Federal.

Existe também o agendamento online no portal do Ministério do Trabalho onde o trabalhador faz o pedido pela internet já preenchendo o formulário do SINE.

Os passos para a solicitação via Portal Emprega Brasil são os seguintes:

  • Entre no site: https://empregabrasil.mte.gov.br
  • Faça o cadastro no portal;
  • inserir os dados do requerimento do seguro;
  • inserir informações de contato do requerente;
  • inserir informações de formação ou qualificação profissional,
  • inserir experiência profissional;
  • inserir pretensão profissional, cargos que deseja procurar ou vagas de estágio;
  • selecionar vagas que deseja participar no processo seletivo do programa;
  • faça a solicitação do seguro desemprego e imprima uma carta de encaminhamento para curso de qualificação de sua escolha;
  • confirme a solicitação do benefício.

Após a confirmação da solicitação, passa a contar o prazo de 30 dias para o recebimento. O trabalhador ainda deverá comparecer a uma agência do SINE pessoalmente, procedimento exigido para evitar fraudes.

Quem pode receber ?

Conforme regula a Lei do Programa do Seguro Desemprego, podem receber esta assistência financeira temporária:

  • O trabalhador formal ou doméstico dispensado sem justa causa;
  • O trabalhador comprovadamente resgatado de regime de trabalho forçado ou condição análoga à de escravo;
  • O trabalhador que se afastar para qualificação

O benefício será concedido por um período variável de 3 a 5 meses, conforme deliberação do Codefat.

Quando Requerer o Seguro Desemprego

Poderá requerer o seguro após a demissão sem justa causa, e o trabalhador formal ou empregado doméstico terão um prazo para dar entrada no pedido de recebimento, que começa a contar no 7º dia depois da demissão e vai até o 120º dia para o trabalhador formal e do 7º ao 90º para o empregado doméstico.

O segurado especial pescador artesanal tem até 120 dias depois da proibição no período do defeso.

O trabalhador resgatado de condição de escravidão ou análoga tem até o 90º dia depois do resgate.

O empregado que se afastar para qualificação terá prazo durante a suspensão do contrato.

O requerimento do seguro desemprego é preenchido pelo empregador e entregue em duas vias ao trabalhador dispensado.

O procedimento junto ao posto do Ministério do Trabalho normalmente é feito em companhia de funcionário do RH da empresa, que fica responsável também por reunir toda a documentação necessária ao processo.

As duas vias do requerimento são entregues após estes procedimentos, e então o trabalhador poderá fazer a solicitação do benefício.

Você pode saber mais em: http://advogadosativistas.com/saamtegovbr-guia/

O que é o Seguro Desemprego?

O seguro desemprego é um benefício da Seguridade Social, garantido pela Constituição Federal e disponível ao trabalhador dispensado sem justa causa.

Seu objetivo é prover assistência ao cidadão durante um período de tempo que possa garantir sua subsistência financeira até que consiga voltar ao mercado de trabalho, com novo emprego ou readmissão.

A quantidade máxima de parcelas deste benefício não corresponde à realidade econômica do Brasil quanto ao possível período de tempo até que um demitido volte ao mercado de trabalho com nova admissão, mas dá ao trabalhador uma tranqüilidade para que possa reagir contra o choque da perda de sua renda mensal.

Por Ana Thayssa Ulisses

Prefeitura de Bequimão inicia coleta de dados do projeto de pesquisa que estuda as condições de vida e saúde dos idosos Quilombolas

COMPARTILHE

A prefeitura de Bequimão, através das secretarias de Cultura e Promoção da Igualdade Racial e Saúde, em parceria com profissionais da saúde da Universidade Federal do Maranhão (UFMA), iniciou a primeira coleta de dados do projeto de pesquisa que estuda as condições de vida e saúde dos idosos Quilombolas bequimãoenses.

O objetivo do estudo através de uma metodologia eficaz, é analisar as condições de vida desse publico alvo através de um processo de coleta de dados e informações detalhadas de cada paciente remanescente no Quilombo. Na ocasião são feitas dentre diversas atividades, exames, avaliação física, mental, nutricional, consultas clínicas e especificas, entre outros.

Desta forma, o povoado Conceição, comunidade certificada foi contemplado como os pioneiros no processo, os atendimentos foram feitos na UBS do povoado vizinho de Paricatíua. Desde que assumiu a administração do do município de Bequimão, o prefeito Zé Martins sempre apoia iniciativas dessa grandeza. E a Secretaria de Saúde, sempre trabalhando em parceria com as demais e órgãos.

Para o Secretário de Saúde de Bequimão, Sidney Bouéres, é mais um grande avanço que o município está dando na saúde pública. “É sempre gratificante disponibilizar o poder público local para apoiar e incentivar esse tipo de iniciativa, pois através dessa integração, que podemos aproximar mais ainda a população das politicas públicas, e sempre com o apoio, aval e dedicação do prefeito Zé Martins”, destacou o secretário.

Feira Cultural e Ambiental traz o tema dos Recursos Hídricos para a Escola e Comunidade Bequimãoense

COMPARTILHE

Preservar o Meio Ambiente tornou-se uma meta no município de Bequimão, desde 2013. Durante a Semana Municipal de Meio Ambiente de 2018, várias atividades e ações foram realizadas pelo poder público municipal e a comunidade bequimãoense. Baseado nesse contexto programático, a I Feira Cultural e Ambiental da Escola Protázia Rodrigues Soares, localizada na comunidade Barroso, colocou em cena a discussão sobre o tema dos recursos hídricos, dando ênfase a questão dos impactos ambientais e da revitalização do Rio Verde ou Rio do Barroso, como é conhecido na região.

Organizada a partir de uma parceria entre a Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Turismo (SEMATUR) e a Escola Municipal Protázia Rodrigues Soares, a ação envolveu técnicos, diretores, professores, alunos e comunidade. O resultado foi a satisfação de ver todo mundo envolvido com o tema.

Com o Lema “Revitalização do Rio Verde: a Escola abraça essa causa”, a I Feira Cultural e Ambiental movimentou a Escola fundamental do Barroso, trazendo para a sala de aula a questão da água, dos rios, nascentes e demais fontes de água. Trabalhada na programação de forma lúdica (dramatizações, paródias), através de documentários em vídeo e exposições fotográficas que contavam e demonstravam a importância do Rio do Barroso para várias gerações, inclusive a atual.

Maquetes e miniaturas que contavam a história do rio no seu auge, e os impactos atuais, e a exposição de plantas nativas que formam a mata ciliar do rio, transformou a sala de aula numa “pequena floresta”. Tudo isto, seguido das explicações dos alunos aos visitantes da Feira.

Na programação também foi realizada a entrega dos prêmios aos primeiros colocados do I Concurso de Redação  que teve como tema:“Degradação do Rio Verde: Como combate-la e contribuir com a revitalização do rio”, que ocorreu no último dia 20 de maio, com a participação massiva dos alunos.

A vencedora no segmento (3º ao 5º ano), foi Ana Luíza Pereira Pinheiro. Já do (6º ao 9º ano) foi Brenda Rafaela Pereira Boaes, que receberam os tablets oferecidos pela Secretaria de Meio Ambiente  com muita emoção, seguido de agradecimentos a escola e as famílias.

No Encerramento a cultura popular aflorou o espaço educativo, e o som ecoou com tambor de crioula que alegrou a todos nos cantos e nas danças, que resgatam a cultura Afro e seu respeito ao meio ambiente.

Para a  Secretaria de Meio Ambiente e Turismo, Keila Soares, o evento mostrou a importância de educar para revitalizar. “É importante o Programa municipal de revitalização dos recursos hídricos, pois trata de um recurso imprescindível ao bem estar e a vida da população. Quero agradecer a parceria da Escola na realização de várias ações e também, aos esforços de nossa equipe de trabalho (José Manoel, Rosiney Góes e Edmilson Pinheiro) que trabalharam incansavelmente para realização do concurso e da feira”, destacou.

Participaram representando o poder público municipal, os secretários Aristides França (Educação), Sidney Bouéres (Sáude), Josmael Castro (Assistência Social), Ana Cleia (coordenação municipal de educação no campo), Wanderson Farias (psicólogo do CREAS), os vereadores Jorge Filho e Professor Zeca, e diretores do Sindicato de Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais, Agricultores Familiares e Membros do Conselho Municipal de Meio Ambiente (COMMAM).

Texto: Edimilson Pinheiro

VEJA MAIS FOTOS CLICANDO (AQUI…)

Faculdade Estácio promove Festa Junina em celebração à diversidade

COMPARTILHE

Arraial da Uni-diversidade quer incentivar o respeito pelas diferenças e a busca pela igualdade social

No dia de um dos santos juninos mais festejados no Brasil e no mundo, estudantes e colaboradores da Faculdade Estácio, em São Luís, vão homenagear Santo Antônio em uma grande festa típica, montada no verdadeiro “terreiro junino” em que vai se transformar a quadra da instituição.

O “Arraial da Uni-diversidade” foi pensado pela Estácio como forma de proporcionar o engajamento e a responsabilidade social, em um dos períodos mais festivos do ano, na capital maranhense. A ideia da celebração é promover o respeito pelas diferenças, além de incentivar a comunidade a buscar mais igualdade social de direitos e oportunidades.

Atrações

No dia 13 de junho, a partir das 18h30, além das brincadeiras e barracas de doces e de comidas típicas, o Arraial da Uni-diversidade vai contar com apresentações de cinco artistas locais e grupos folclóricos. Haverá, ainda, recitação de cordel – poemas populares muito difundidos no Nordeste.

Abaixo, a programação completa:

18h30 – Abertura com recitação de Cordel

18h45 – Música ao vivo com o cantor Zé Paulo

19h15 – Grupo de dança Street Master

19h30 – Zé Paulo / Sorteio da rifa

20h30 – Quadrilha Império Nordestino

21h00 – Quadrilha Sonho Junino

SERVIÇO

O QUE: Arraial da Uni-diversidade

ONDE: Quadra da Faculdade Estácio São Luís – Rua Oswaldo Cruz, Centro

QUANDO: Quarta-feira, 13 de junho, a partir das 18h30

Texto: Dalva Rêgo

Assembleia realizará ‘Arraiá do Povo’ nos dias 14, 15 e 16 de junho

COMPARTILHE

Comodidade, segurança e variadas atrações juninas do São João do Maranhão. Assim será o ‘Arraiá do Povo’, a ser realizado pela Assembleia Legislativa do Maranhão, por meio do Grupo de Esposas de Deputados do Estado do Maranhão (Gedema), nos dias 14, 15 e 16 de junho. A festança, aberta ao público, acontecerá no estacionamento.

A montagem da estrutura está quase finalizada. No espaço, haverá quatro barracas para a venda de comida típica, mesas e cadeiras, playground para a criançada e um grande palco, onde se apresentarão os grupos folclóricos maranhenses. Amplo estacionamento e estrutura de segurança também estão garantidos.

Segundo Antino Noleto, diretor administrativo da Casa, tudo foi pensado para proporcionar comodidade, conforto e segurança ao público. “Tudo está sendo preparado com muito carinho, dedicação e esforço. Recebemos a determinação, do nosso presidente para dar todo o apoio ao Gedema. Afinal de contas, é um arraial da Assembleia para os servidores da Casa e, também, para toda a população do Maranhão que quiser participar da festa”, afirmou.

Noleto adiantou algumas das atrações que deverão animar o arraial. Entre elas, Boi de Nina Rodrigues, Boi de Axixá, Boi de Morros, Quadrilhas, Cacuriá de Dona Teté, Boi Pirilampo, Companhia Barrica e Boi da Maioba. Os alunos da Creche-Escola Sementinha e do Projeto Sol Nascente também devem se apresentar na festa.

“É com muita satisfação que divulgamos para a população esse arraial da Assembleia. Um arraial do povo, para o qual estão todos convidados. É a festa da cultura maranhense”, completou o diretor.

Os três dias de festança do ‘Arraiá do Povo’ serão transmitidos, ao vivo, pela TV Assembleia (canal aberto 51.2 / 17 TVN). “A TV Assembleia terá uma cabine própria para a transmissão, com equipes de reportagem no arraial, mostrando toda a festa, ao vivo. Estamos com uma equipe afinada e pronta para levar ao nosso telespectador o melhor do São João do Maranhão”, completou Edwin Jinkings, diretor de Comunicação da AL.

Othelino Neto garante apoio à celebração dos 65 anos do Colégio Pinheirense

COMPARTILHE

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Othelino Neto (PCdoB), recebeu, nesta quinta-feira (7), a visita de uma comissão do Colégio Pinheirense, localizado no município de Pinheiro. O objetivo foi pedir o apoio do parlamentar para a realização da festa em celebração aos 65 anos de fundação da unidade de ensino, pioneira na Baixada Maranhense.
Na reunião, Othelino Neto comprometeu-se em colaborar com a organização da festa, colocando-se à disposição, inclusive, para a mobilização de novos parceiros, que possam contribuir para a realização de uma bela festa em homenagem ao Colégio Pinheirense.

“O Colégio Pinheirense é muito marcante na história de várias gerações de Pinheiro e entorno. Agora, completa 65 anos e recebi a comissão, com o objetivo de somar esforços e, assim, fazer uma bela festa, prestando serviços à comunidade de Pinheiro”, afirmou.

O padre Benedito Pereira Estrela destacou que o Colégio Pinheirense foi a primeira escola a chegar à Baixada Maranhense e já formou inúmeras pessoas, que alçaram sucesso profissional e, até hoje, contribui com os três pilares da educação – a ética, a moral e a religião. Participaram também da reunião Ana Paula Lobato, presidente do Grupo de Esposas de Deputados do Estado do Maranhão (Gedema); a diretora pedagógica do Colégio Pinheirense, Célia Serrão; o professor Gilmar Soares; e o vereador Valter Soares.

“Nós viemos apresentar uma proposta de parceria com o Colégio Pinheirense, que completa 65 anos de existência. Para fazer essa comemoração, pedimos um apoio na organização da festa, já que são muitos os alunos que passaram por aquela escola e, hoje, queremos fazer com que essas pessoas, que já são formadas, retornem para comemorar esses 65 anos de existência em prol da educação da Baixada Maranhense”, completou.

 

Duarte Jr pode pegar em “fio pelado” ao usar foto do cantor Roberto Carlos sem autorização

COMPARTILHE

Pré-candidato a deputado estadual, afilhado forte de Flávio Dino, o ex-presidente do PROCON- MA, Duarte Jr , pode pegar em “fio pelado” ao usar imagem do cantor Roberto Carlos em autorização do artista. Além de cometer um crime por uso impróprio da imagem do cantor, Duarte ainda usou a foto em referência a campanha política, tentando passar a impressão de ter o apoio do cantor Roberto Carlos. O que parece é que o homem que dar palestra sobre direito, não conhece a legislação do direito de imagem.

O pré-candidato aproveitou que o cantor Roberto Carlos irá fazer um show na capital maranhense no dia 12 de junho, para pegar uma carona na mídia, mas a onda pode terminar em mais um processo, já que Duarte Jr ou sua assessoria não teria pedido a autorização prévia para utilizar a imagem do cantor nas redes socais.

A equipe de redação do Blog Jamys Gualhardo entrou em contato com a produção do cantor , que, por diversas vezes processou os “espertinhos”, e parece que não será diferente desta vez, pois a assessoria de comunicação de Roberto Carlos afirmou que irá acionar o corpo jurídico do artista para verificar esse vacilo de Duarte.

Querendo aparecer de qualquer forma, não se espante nas próximas postagens de Duarte Jr, que é louco por mídia, como se fosse um alimento diário para fortalecer seu ego. O resultado pode ser um processo e desgaste de sua pré-candidatura que pode cair antes de decolar.

A postagem, excluída nesta terça-feira (5), e fazia referência a um suposto apoio do cantor Roberto Carlos à pré-candidatura do comunista. Em resposta ao jornalista Gilberto Leda, Duarte Jr respondeu negando qualquer pressão. “Apaguei essa foto porque eu quis, assim como faço semanalmente nas minhas redes sociais. Da mesma forma que posto, às vezes apago. Não houve qualquer ação me obrigando a deletar. Caso queira, posto de novo”, declarou.

O Maranhão está pagando para ver Duarte publicar a mesma foto em sua rede social.