casa » Arquivos do Altor: João Filho (página 5)

Arquivos do Altor: João Filho

Prefeitura de Alcântara fecha parceria com Cemar para o Programa Tarifa Social de Energia Elétrica

COMPARTILHE

O programa Tarifa Social de Energia Elétrica, criado pelo Governo Federal, objetiva ajudar pessoas em situação de pobreza, ou extrema pobreza através das necessidades básicas da vida, com descontos nas contas de energia elétrica. Com esse programa, centenas de famílias no município de Alcântara serão beneficiadas através da parceria entre Prefeitura de Alcântara e Cemar.

Responsável pelo cadastramento de famílias que se encaixam no perfil do programa elaborado pelo Governo Federal, a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social de Alcântara já iniciou o trabalho de visitas domiciliares e realização de reuniões nas comunidades alcantarenses.

Desde o início da gestão do prefeito Anderson Wilker, a Prefeitura e Cemar têm realizado grandes parcerias, tanto no âmbito cultural, quanto turístico. Desta vez a nova parceria se fortaleceu através da Secretaria Municipal de Assistência Social, da Mulher e da Igualdade Racial no âmbito social, onde famílias serão beneficiadas na sede e zona rural de Alcântara.

Na última quarta-feira (21), foi realizada uma reunião de alinhamento para o desenvolvimento das ações continuadas, com a presença do representante da CEMAR Jucinaldo Gomes, da secretária de Desenvolvimento Social, Maria do Nascimento França Pinho e do prefeito de Alcântara, Anderson Wilker. O encontro aconteceu no gabinete do prefeito.

Quem tem direito ao Programa Tarifa Social de Energia?

  • Famílias com CadÚnico atualizado;
  • Famílias com renda per capita menor que metade de um salário mínimo que recebem Bolsa Família;
  • Famílias inscritas no CadÚnico que tenham uma pessoa portadora de doença cujo tratamento precise do uso contínuo de equipamentos ligados à energia;
  • Famílias que possuam uma renda mensal menor que 3 salários mínimos;
  • Pessoas beneficiadas pelo BPC – Benefício de Prestação Continuada, que são idosos ou deficientes de renda familiar de até ¼ do salário mínimo;
  • Povos indígenas ou quilombolas.
  • Para receber até 100% de desconto as famílias não devem consumam mais que 50 kwh/mês.

Prefeitura de Alcântara realiza I Intercâmbio Cultural e Esportivo

COMPARTILHE

O Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV) no município de Alcântara, desenvolvido pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, atende crianças, adolescentes e idosos através da promoção de encontros com os grupos e realização de oficinas (ballet, música, dança e capoeira), que consistem na realização de atividades de esporte, lazer, arte e cultura.

Para que o programa seja ainda mais eficaz, a Prefeitura de Alcântara participa de encontros. Como resultado da articulação intersetorial e intermunicipal podemos destacar o 1º Intercâmbio Cultural e Esportivo em que Alcântara recebeu crianças e adolescentes do Município de Mirinzal.

As oficinas de esporte, lazer, arte e cultura são desenvolvidas como estratégia para se alcançar os objetivos específicos do serviço, buscando ampliar as oportunidades para a sua inclusão social.

O 1º Intercâmbio Cultural e Esportivo recebeu uma programação elaborada pelas Coordenações do SCFV, Selo Unicef e CMDCA, a mesma contou com passeio cultural e atividades esportivas e de lazer realizadas na Quadra do IFMA e no Centro de Convivência.

Othelino Neto participa do tradicional Festejo de São Raimundo Nonato dos Mulundus

COMPARTILHE

O presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, deputado Othelino Neto (PCdoB), prestigiou, nesta quinta-feira (22), a procissão de abertura do Festejo de São Raimundo Nonato dos Mulundus, em Vargem Grande. É o quarto ano consecutivo que o parlamentar participa da festa religiosa, que acontece há quase 200 anos e reúne milhares de devotos da região. Os deputados Wendell Lages (PMN) e Zito Rolim (PDT) também participaram do festejo.

Ainda no alvorecer, a fé e a devoção fizeram com que milhares de pessoas percorressem o trajeto de 8 km, iniciado na Igreja Matriz de São Sebastião, na sede da cidade, até a comunidade Paulica, onde foi realizada a missa campal, marcada por muita emoção. Vaqueiros, devotos e pagadores de promessas seguiram em procissão rendendo graças ao santo vaqueiro e agradecendo pelas bênçãos alcançadas.

“Para mim, já é uma tradição vir ao Festejo de São Raimundo Nonato dos Mulundus. Venho há alguns anos seguidos e tenho tido a oportunidade de ajudar o evento, a pedido do prefeito Carlinhos Barros e da Paróquia da cidade, com emenda parlamentar. E é bom ver o festejo, a cada ano, crescendo e atraindo turistas do Maranhão todo e do Brasil, fazendo com que a bela e querida cidade de Vargem Grande seja cada dia mais conhecida e prestigiada”, destacou Othelino Neto, que, durante a procissão, foi cumprimentado pela população em agradecimento ao apoio dado a um dos maiores festejos religiosos do país.

O presidente da Alema ressaltou, ainda, a importância do estímulo ao turismo religioso no Maranhão, garantindo que seguirá apoiando não só o Festejo de São Raimundo Nonato dos Mulundus, mas, também, todas as ações em prol da melhoria da qualidade de vida da população de Vargem Grande.

“Nós devemos estimular o turismo religioso no Maranhão, que, além de atrair turistas e gerar emprego e renda na cidade, é um momento importante de renovação espiritual”, completou Othelino.

“O nosso povo recebe o deputado e presidente da Assembleia, Othelino Neto, que tem nos ajudado muito a incrementar a grandeza desse festejo religioso. Vargem Grande está de braços abertos para receber todo o Maranhão e o Brasil, e isso nos dá uma responsabilidade muito grande de acolher e dar o melhor possível”, afirmou o prefeito Carlinhos Barros.

O deputado Wendell Lages, que é de Itapecuru-Mirim, cidade próxima a Vargem Grande, pontuou a felicidade em prestigiar o festejo. “Acompanhado do presidente da Assembleia e do prefeito Carlinhos Barros, estamos tendo a oportunidade de prestigiar, apoiar e demonstrar a vontade e a valorização da cultura, do turismo religioso, aqui, em Vargem Grande”, disse.

Demonstração de fé

O deputado Zito Rolim, que também acompanha a procissão há alguns anos, disse que o festejo é uma demonstração de fé e, a cada ano, tem atraído mais fiéis. “Todos os anos participo dessa procissão e da missa e vemos uma crescente na questão da fé, porque quem está participando de um evento religioso como esse é porque tem fé. Desde que a gente tenha fé, tudo é possível conseguir. São Raimundo Nonato reúne romeiros de toda a região, que vêm participar dessa grande festa”.

O Festejo de São Raimundo Nonato dos Mulundus segue até o dia 31 de agosto, com vasta programação religiosa. Dom Sebastião Ribeiro, bispo da Diocese de Coroatá, foi quem presidiu a missa campal. Ele externou o seu desejo de que o festejo cresça e continue se consolidando como uma das maiores festas religiosas do Brasil.

“Cada vez mais encanta o nosso coração com a festa de São Raimundo Nonato dos Mulundus. O povo participa, comete sacrifícios e esperamos que, como igreja e sociedade, nós possamos fazer um festejo não só como um momento religioso, mas um momento cultural para o desenvolvimento da nossa região”, assinalou.

Projeto cultural itinerante leva conscientização sobre biodiversidade a quatro estados

COMPARTILHE

A importância de proteção da biodiversidade é a mensagem chave da quinta edição do Conexão Sustentável Alcoa, projeto cultural itinerante que em 2019 será dividido em duas etapas e terá cinco meses de atividades. O Palco Móvel ocorre de agosto a setembro, com apresentações teatrais, oficinas de reciclagem e sessões de cinema. Já o Sala Brasil inicia em outubro e segue até dezembro, com teatro e cinema. Os participantes, na maioria crianças e adolescentes, também vão receber uma cartilha educativa sobre o tema ao final de todas atividades.

O Palco Móvel, estrutura com palco e arena capaz de receber até 250 pessoas sentadas, fica em São José de Ribamar (MA) entre 27 e 30 de agosto, e em São Luís, entre 3 e 6 de setembro. Após o Maranhão, o projeto segue para Juruti (PA). As apresentações teatrais ficam por conta de duas companhias.

O Circo Fool apresenta o espetáculo “O Menino Passarinho e a Estrela Encantada” que conta a jornada de um garoto e de seu boizinho através de rios e igarapés até encontrar, na floresta Amazônica, seres encantados do imaginário caboclo que vão lhe apresentar ideias ecológicas em defesa das águas, do ar, e das florestas.

Já a companhia Casa do Bispo Atelier apresenta “A Hora é Agora”. No espetáculo, dois amigos decidem unir forças para construir uma máquina fantástica que ajudaria as pessoas a preservar a biodiversidade. Os personagens: Inventiva e Sabe Tudo, passam por divertidas e emocionantes aventuras e contam com a ajuda da plateia para que tudo dê certo no final.

A segunda etapa do projeto começa em outubro com a Sala Brasil. Itinerante, com capacidade para 30 pessoas e espaço para cadeirantes, a sala é climatizada e tem estrutura de som e luz para receber sessões de cinema e apresentações do espetáculo “Quiz Intergalático”. Criado pela companhia Trip Teatro, a montagem inédita traz dois palhaços-cientistas, Marga e Tutúlio, que querem ganhar uma viagem ao espaço. Para isso, terão que entender como funciona nosso planeta e quanto nossas atitudes impactam no meio ambiente e também no nosso entorno. A primeira parada será em Poços de Caldas (MG). Depois a viagem segue por Divinolândia (MG), São Luis (MA), Santarém (PA), Juruti (PA) e Óbidos (PA).

 “Com o Projeto Conexão Sustentável, buscamos nos conectar com as comunidades locais. Demonstramos que conceitos de sustentabilidade e inovação andam juntos, gerando valor”, diz a Diretora de Relações Governamentais e Comunicação da Alcoa, Michelle Sayo.

“O Conexão Sustentável é uma oportunidade única. Com ele podemos percorrer milhares de quilômetros pelo País, em estradas e até rios, para levar teatro e cinema a públicos que tem poucas oportunidades de acesso a bens culturais”, diz Jefferson Bevilacqua, da Magma Cultura. “Esse torna-se um trabalho importante de criação de plateias e disseminação da cultura”.

Realizado pelo Ministério da Cidadania e Magma Cultura o Conexão Sustentável Alcoa tem patrocínio da Alcoa e apoio das prefeituras municipais.

Sobre a Alcoa
Líder mundial em produtos de bauxita, alumina e alumínio, a Alcoa foi construída sobre uma base de valores sólidos e excelência operacional, operando com inovação desde a revolucionária descoberta que fez do alumínio uma parte vital e acessível da vida moderna, há 130 anos. Desde o desenvolvimento da indústria do alumínio, e ao longo da nossa história, nossos talentosos Alcoanos e Alcoanas seguiram adiante com inovações e melhores práticas que resultaram em eficiência, segurança, sustentabilidade e comunidades mais fortes onde quer que operemos. A Companhia segue impulsionada pelos seus valores “Agir com Integridade”, “Trabalhar com Excelência” e “Cuidar das Pessoas”. No Brasil, a Alcoapossui três unidades produtivas, em Poços de Caldas (MG), São Luís (MA) e Juruti (PA), escritórios em São Paulo (SP), Poços de Caldas (MG) e Brasília (DF), além de participação acionária na Mineração Rio do Norte (MRN) e em quatro usinas hidrelétricas: Machadinho, Barra Grande, Serra do Facão e Estreito. Saiba mais sobre a Alcoa acessandowww.alcoa.com.br.

PROGRAMAÇÃO

Palco Móvel

27 a 30/08 – São José de Ribamar – Local: Praça Caminho de São José, Rua Major Pirola, Centro.

03 a 06/09 – São Luís (MA) – Local: Posto Milena, Av Eng Emiliano Macieira, 25, Pedrinhas.

17 a 20/09 – Juruti (PA) – Tribódromo

Sala Brasil

14 a 18/10 – Poços de Caldas (MG)

21 a 25/10 – Divinolândia (SP)

29/10 a 02/11 – São Luís (MA)

06 a 09/11 – Santarém (PA)

11 a 29/11 – Juruti (PA)

02 a 06/12 – Óbidos (PA)

Prefeitura de Bequimão realiza ação para estimular a amamentação

COMPARTILHE

O direito à amamentação e a importância de sua exclusividade até o sexto mês de vida foram reforçados, nesta quinta-feira (22), em ação do “Agosto Dourado”, realizada pela Prefeitura de Bequimão, por meio da Secretaria de Saúde, na Estratégia de Saúde da Família (ESF) do povoado Santana. O Dia D da campanha também contou com o apoio da Secretaria de Assistência Social, com sua equipe técnica do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas) e pela assessoria da Comissão Intersetorial do Selo Unicef.

A enfermeira Soraya Amorim, que atua na ESF do Santana, falou sobre o pré-natal, destacando os exames de rotina, orientações sobre os sinais e sintomas indicativos da hora do parto, cuidados com o bebê, hora do banho, limpeza do umbigo e a função da amamentação para a saúde do bebê. Depois, foi aberta uma roda de conversa para discutir a depressão pós-parto e as formas de superação, com o psicólogo do CREAS, Wanderson Farias. Já a nutricionista Karoline Mourany comentou os benefícios nutricionais da amamentação e seu impacto no desenvolvimento do bebê.

As gestantes e as puérperas (mulheres que estão no período do pós-parto) tiraram dúvidas e contaram suas experiências e as angústias da maternidade. O evento foi encerrado com uma confraternização e distribuição de brindes.

Agosto Dourado

A campanha Agosto Dourado foi lançada oficialmente em 2017, pela Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP), com base na Semana do Aleitamento Materno, que acontece de 1 a 7 de agosto. A proposta da campanha é mostrar que todos os dias deverão ser dedicados a incentivar e estimular a amamentação.

Bequimão expõe potencialidades no II Seminário de Turismo Floresta dos Guarás

COMPARTILHE

Potencialidades das manifestações culturais e dos artesanatos bequimãoenses foram apresentadas no II Seminário de Turismo Floresta dos Guarás, que aconteceu entre terça (20) e quinta-feira (22), em Mirinzal. A Prefeitura de Bequimão montou um estande para exposição de produtos locais, que podem ser levados para fora ou mesmo atrair visitantes ao município.

Da riqueza cultural, foram destacados o bumba-meu-boi Estrela de Bequimão, o tambor de crioula e o Festejo do Divino Espírito Santo (Carnaubal e Pontal). A produção artesanal estava representada pelas redes, miniaturas de redes, tapetes, centro de mesa, jogos americanos e socó, do Centro dos Câmaras; cestos, jogos americanos e chaveiros feitos da fibra ou palha de tucum, do Quindíua; e utensílios de pesca/malhadeira, do Carnaubal. Também houve espaço para o queijo do Pontal e para as plantas da região.

“O que está acontecendo aqui é um intercâmbio entre os municípios que compõem o polo turístico da Floresta dos Guarás. Trouxemos uma amostra de algumas atrações de Bequimão”, comentou o secretário-adjunto de Meio Ambiente e Turismo de Bequimão, Edmilson Pinheiro.

A cultura de um lugar também tem forte apelo no desenvolvimento da atividade turística. “Quando alguém visita uma cidade, a experiência desse turista vai acontecer por meio da comida, da contemplação das manifestações culturais e das belezas daquele local. Bequimão tem muito a oferecer aos seus visitantes”, defende o secretário de Cultura e Promoção da Igualdade Racial, Rodrigo Martins, que é turismólogo e presidente do Conselho Municipal de Turismo de Bequimão.

No seminário, a equipe da Prefeitura de Bequimão aproveitou para articular uma parceria com o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (IFMA) – Campus Alcântara, para a produção do inventário da oferta turística do município. Esse levantamento é essencial para subsidiar a elaboração de planejamentos e também para a captação de recursos voltados ao fomento do turismo.

O seminário

Nos três dias de evento, está sendo discutido o desenvolvimento da atividade turística na região, apresentando alternativas para qualificar e promover o Polo Turístico Floresta dos Guarás. Foram realizadas palestras, como a que foi ministrada pelo representante da Costa do Delta e secretário de Turismo de Ilha Grande/PI, Adilson Castro. Ele contou a experiência de sucesso do município onde atua. Aconteceram, ainda, mesas redondas, painéis, exposições de artesanato, cultura e gastronomia.

Na quarta (21), foi realizada visita técnica em Guimarães, com city tour pelo Centro Histórico e visita à praia de Araoca. No último dia, destacaram-se estratégias e ferramentas digitais, no Guarás Digital Day.

A equipe de Bequimão contou com a participação do vice-prefeito Sidney Nogueira (Magal), do vereador Vadico do Areal, da secretária-adjunta de Cultura e Promoção da Igualdade Racial, Luana Telene, além de conselheiros municipais de turismo e artesãos.

 

Fotos: Rodrigo Martins

Fátima Araújo solicita construção de calçadas e meio fio para o bairro Santo Antônio

COMPARTILHE

A vereadora de São Luís, Fátima Araújo (PCdoB), solicitou através do requerimento Nº 372/2019 ao prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT) e ao secretário municipal de Obras e Serviços, Antônio Araújo, a construção de calçadas e meio fio e recuperação asfáltica da Estrada da Vitória, localizada no bairro Santo Antônio, na capital maranhense.

Em sua justificativa, a parlamentar alegou dificuldades de mobilidade às pessoas e veículos. Segundo Fátima Araújo, os moradores e transeuntes precisam andar no meio da rua por falta de calçadas e meio, correndo risco de atropelamento, principalmente crianças e idosos.

“Eu sei que nosso prefeito tem dificuldades financeiras, mas precisamos encontrar uma solução. O que não pode é ficar como está. A rua está intrafegável, sem calçadas e meio fio, o que dificulta a mobilidade dos moradores, que as vezes são obrigados andarem no meio dos veículo”, destacou Fátima Araújo.

Prefeitura de Alcântara entrega alimentos para famílias carentes

COMPARTILHE

A Prefeitura de Alcântara, através da Secretaria Municipal de Agricultura, Pesca e Abastecimento, entregou nesta segunda (19) e terça-feira (20), produtos alimentícios para famílias carentes de bairros da cidade e povoados na zona rural do município.

A entrega foi uma solicitação feita através da secretaria municipal de Assistência Social, que beneficiou famílias carentes atendidas pelo CRAS. Na sede as famílias beneficiadas moram nos bairros Cocó da Ema, Mangueiral, Vila Muricí e Trajano.  Aproximadamente 72 famílias foram beneficiadas com a distribuição de peixe, farinha feijão, tanja, coco d’água, coco seco, entre outros produtos cultivados em Alcântara.

Nesta terça-feira foi a vez das famílias da zona rural receberem os produtos. As comunidades beneficiadas foram São Benedito (10 famílias), Curuca (11 famílias), Burdão (4 famílias), Santa Rita (7 famílias), Chã (5 famílias), Barreiro (4 famílias), Boa Vista e o povoado Remédio (17 famílias). Na zona rural as comunidades as famílias receberam somente peixe.

Todos esses produtos são do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), recebidos dos agricultores familiares do município de Alcântara. Só de pescado foram entregues 320 quilos. Somados aos demais produtos, a Prefeitura de Alcântara entregou mais de um tonelada em alimentos para famílias carentes.

Pesquisadores da UFMA avaliam condições de vida e saúde de idosos quilombolas de Bequimão-MA

COMPARTILHE

As condições de vida e saúde de 208 idosos das comunidades quilombolas de Bequimão estão sendo estudadas por pesquisadores da Universidade Federal do Maranhão (UFMA) – Campus Pinheiro. Na primeira fase da pesquisa, realizada em 2018, foram levantadas informações a partir de questionários aplicados aos moradores com mais de 60 anos de idade. Na última quarta (14) e quinta-feira (15), a equipe formada por investigadores dos cursos de Medicina e Enfermagem voltou às comunidades, desta vez para coleta de sangue e urina, que serão analisados em laboratório. A Prefeitura de Bequimão, parceira do projeto, pretende usar os dados gerados pela pesquisa para melhorar o planejamento das políticas de saúde voltadas a essa população.

Os agentes comunitários de saúde, que acompanham periodicamente as famílias do município, ajudaram a fazer o primeiro levantamento, identificando as pessoas idosas. Depois, os pesquisadores foram de casa em casa, nas comunidades de Ariquipá, Suassuí, Sibéria, Pericumã, Juraraitá, Mafra, Santa Rita, Conceição, Ramal do Quidiua, Rio Grande e Marajá. Eles procuravam saber as condições socioeconômicas, demográficas, sanitárias, os comportamentos de saúde e as doenças que mais afetam os idosos de comunidades quilombolas.

A hipertensão arterial apareceu como a doença com maior incidência entre as pessoas com mais de 60 anos. Do total de idosos entrevistados, 57,2% sofrem de pressão alta. As outras enfermidades mais relatadas foram os problemas de coluna, glaucoma/catarata e diabetes, principalmente entre as mulheres. As entrevistas ocorreram entre os meses de junho e setembro do ano passado. Além desses dados, a equipe de pesquisa estava interessada em entender fatores sociais e econômicos que influenciam na dinâmica de vida nos remanescentes de quilombos.

“Observamos que as desigualdades no envelhecimento populacional refletem características do processo histórico, social, regional e cultural. Quando pensamos na situação da população negra, percebemos um acúmulo de desvantagens ao longo de cada ciclo de vida e gerações até a fase idosa. A situação de vida, saúde e doença dessas pessoas revela as marcas históricas dos níveis sociais”, destacou o coordenador da pesquisa, Bruno de Oliveira, que é professor do Curso de Medicina e doutor em Saúde Coletiva, pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).

Essas informações servirão de base para a etapa iniciada na segunda semana de agosto. Desde o início, a equipe recebeu apoio técnico e logístico da Secretaria de Estado de Articulação das Políticas Públicas do Maranhão, Secretaria Municipal de Assistência Social de Bequimão, Secretaria de Cultura e Promoção da Igualdade Racial, Secretaria Municipal de Saúde, equipes da Estratégia de Saúde da Família e das lideranças comunitárias locais. Conta também com financiamento público da FAPEMA e do CNPq.

Nova fase de coletas

Os pesquisadores da UFMA retornaram às comunidades para um novo encontro com os idosos e as idosas que haviam participado da primeira etapa do estudo. Agora, eles coletaram amostras de sangue e de urina, que serão examinados em laboratório. Para conhecer melhor a saúde dos quilombolas a partir dos 60 anos, serão avaliados o hemograma completo, glicemia de jejum, lipidograma completo, PSA (somente homens) ácido úrico, ureia, creatinina, TGO, TGP, EAS (sumário de urina). Depois de seis meses, a coleta será repetida. “Com as informações obtidas, o projeto tem o compromisso de dá um retorno à comunidade, com ações que proporcionem uma transformação social, política e de saúde”, garantiu o professor Bruno.

As coletas dessa nova fase foram acompanhadas pelo secretário municipal de Cultura e Promoção da Igualdade Racial, Rodrigo Martins, que ressaltou o conjunto de ações desenvolvidas pela administração municipal, desde 2013, para melhorar as condições de vida dos moradores das 11 comunidades quilombolas de Bequimão. “Sabemos o quanto a população negra foi negligenciada, historicamente. Por isso, nosso esforço é para criar projetos que efetivamente transformem a vida dos quilombolas do nosso município, com cuidados que vão desde a primeira infância até a velhice”, enfatizou o secretário.

Remanescentes de quilombos

Os quilombos surgiram como territórios de resistência à escravidão no Brasil. Ao longo da história do país, muitas dessas comunidades permaneceram no mesmo lugar de luta dos ancestrais. O Maranhão é o estado do país com a segunda maior concentração das chamadas comunidades remanescentes de quilombos, com 27,7%, ficando atrás apenas da Bahia, que registra 30%, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), no censo de 2010.

Em Bequimão, a estimativa é que 1.286 famílias vivam nas 11 comunidades já reconhecidas pela Fundação Cultural Palmares e pelo Ministério da Cultura.

 

Arenhengaua empata com Caravelas em Alcântara-MA na abertura do Campeonato Principal

COMPARTILHE

Na abertura do Campeonato Principal de Alcântara realizada no último sábado (17) no estádio municipal Facurão, o Siena de Arenhengaua, atual campeão da temporada 2018, empatou com o Caravelas em 1 a 1. O jogo foi bastante acirrado do início ao final do jogo. O juiz da partida para manter o controle do jogo mandou 1 jogador de cada time mais cedo para o vestiário.

Logo no início da partida, aos 5 minutos, Dedê abriu o placar para o Siena de Arenhengaua. Após cobrança de falta, o goleiro Breu rebateu para o meio da área e jogador do Siena meteu o sapato na pelota, abrindo o marcador.

No segundo tempo, mesmo com um jogador a menos, o caravelas dominou grande parte do jogo. O Siena tentava na velocidade e por três vezes teve a chance de ampliar o placar. No final do segundo tempo, aos 42 minutos, após cobrança de escanteio, a bola sobrou para Jhoninho empatar para o Caravelas e colocar números finais na partida.

O campeonato de 2019 conta com 10 times, divididos em duas chaves de 5 clubes. Classificam os dois melhores de cada grupo para as semifinais. A premiação será de R$ 5 mil para o campeão e R$ 2.500 para o vice-campeão.

A realização do Campeonato Principal de Futebol é da Liga de Desportos de Alcântara, com o apoio da Secretaria Municipal de Esporte e Juventude.