casa » Arquivos do Altor: João Filho (página 377)

Arquivos do Altor: João Filho

Superintendência do Incra no Maranhão assina contratos do programa Minha Casa, Minha Vida Rural

COMPARTILHE
Zé Inácio assinando contrato do Minha Casa, Minha Vida Rural

Zé Inácio assinando contrato do Minha Casa, Minha Vida Rural

O Superintendente do Incra no Maranhão, José Inácio Rodrigues, participou no último sábado (22) da solenidade de assinaturas de 68 contratos do programa “Minha Casa Minha Vida Rural” no assentamento Santo Antônio Sefans Carema, situado no município de Santa Rita, distante 85 km  de São Luis.

Participaram da solenidade o prefeito de Santa Rita, Tim Ribeiro e lideranças do município. Na oportunidade, o Superintendente do Incra no Maranhão, Zé Inácio, falou sobre a importância de programas como o Minha Casa Minha Vida Rural que garantem a melhoria da qualidade de vida dos assentados da Reforma Agrária.

O programa Minha Casa, Minha Vida Rural é um dos instrumentos do governo federal para assegurar a construção de moradias aos assentados da Reforma Agrária. O Banco do Brasil e a Caixa Econômica Federal são as instituições financeiras responsáveis pela análise, aprovação e liberação de recursos para financiamento das construções e reformas de unidades habitacionais nos assentamentos. 

Os projetos habitacionais podem ser organizados pelo poder público, cooperativas, associações e sindicatos, que serão responsáveis pela execução das obras e mobilização das famílias selecionadas. O Incra é responsável pela seleção das famílias de acordo com as regras do programa e a indicação dos beneficiários para as instituições financeiras.

Em 2013, a Superintendência Regional do Incra no Maranhão viabilizou a assinatura de 287 contratos do Programa Minha Casa, Minha Vida Rural, totalizando um investimento de R$ 8,1 milhões. Somente no ano de 2014 já foram assinados um total de 411 contratos de programas totalizando um investimento na de R$ 11,7 milhões.

 

Governadora Roseana preside formatura de 800 policiais no Comando Geral da PM

COMPARTILHE

Texto do Jornalista Evandro Jr.

Roseana Sarney ao lado do secretário de Segurança e do Coronel

Roseana Sarney ao lado do secretário de Segurança e do Coronel

A governadora Roseana Sarney presidiu, na noite desta quinta-feira (20), a solenidade de formatura dos novos 800 policiais militares, de um total de 1.800 aprovados no mais recente concurso público realizado pelo Governo do Estado do Maranhão. A formatura, realizada no Comando Geral da Polícia Militar (Calhau), representou a inserção do maior quantitativo de toda a história da corporação. O efetivo formado, e que atuará na capital, vai para as ruas já na próxima semana, reforçando o policiamento que trabalhará durante o Carnaval em São Luís.

A governadora parabenizou os formandos pela vitória no concurso público e ressaltou que os novos PMs se juntarão aos 380 policiais civis e 120 bombeiros, também já formados, e a uma turma de 40 delegados que ainda se formará em março. E frisou a missão e responsabilidade dos formandos, que irão para as ruas fazer valer a lei, com respeito aos direitos humanos, à dignidade, à vida e à integridade física dos cidadãos.

 “Apesar das dificuldades financeiras que nós enfrentamos ao longo dos últimos quatro anos, conseguimos investir recursos substanciais no sistema de segurança pública do estado. Nós temos um modelo vitorioso e já implantado, que é a Unidade de Segurança Comunitária instalada na Vila Luizão. Já estamos construindo uma unidade na Cidade Olímpica e iremos implantar mais 11 na capital e no interior. Estamos fortalecendo o controle e a repressão à violência e à criminalidade. Começamos com o reaparelhamento da Polícia Militar e compramos mais de mil viaturas, um moderno helicóptero, armamento e material de segurança pessoal”, destacou a governadora.

Governadora assistindo ao desfile dos PMs

Governadora assistindo ao desfile dos PMs

Roseana Sarney também destacou a homenagem feita no nome da turma de formandos 2014 ao policial Francinaldo Souza Pereira, morto ano passado no exercício da profissão. A governadora ressaltou, ainda, o reforço e a construção de delegacias e batalhões da polícia do corpo de bombeiros na capital e no interior do estado. Salientou que tais investimentos beneficiam todos os maranhenses e os brasileiros que escolheram o Maranhão para viver e trabalhar.

Também participaram da solenidade, secretários de Estado, como o de Segurança Pública, Aluísio Azevedo; de Gestão e Previdência, Fábio Gondim; de Administração Penitenciária, Sebastião Uchoa; e o chefe da Casa Civil, João Abreu;  o comandante geral da Polícia Militar, coronel Zanoni Porto, e demais autoridades.

O secretário Aluísio Mendes afirmou que haverá investimento em tecnologia, em estrutura, em treinamento e capacitação tem sido uma das prioridades da Secretaria de Segurança Pública (SSP). “No entanto, jamais perdemos de vista que a principal ferramenta da segurança pública na evolução do combate ao crime é, sem dúvida, o material humano”, frisou o secretário.

Novos PMs formados e qualificados

Novos PMs formados e qualificados

Aluísio Mendes citou alguns dos projetos idealizados e consolidados na gestão da governadora Roseana Sarney, a exemplo do Sistema de Vídeo-Monitoramento na região metropolitana, que é um dos mais modernos do país, e também a criação e implantação das Unidades de Segurança Comunitária que, segundo a Secretaria Nacional de Segurança Pública, é o projeto que mais reduziu a criminalidade no Brasil.

“São mais de 70% de redução dos índices de violência em menos de um ano. Para se ter uma ideia, as UPPs cariocas obtiveram uma redução de 50% da criminalidade, isso após 8 anos de sua implantação. Isso mostra a qualidade dos profissionais do nosso estado que, dispondo dos meios necessários, exercem um dos melhores trabalhos policiais do país”, comparou.

Coronel Zanoni Porto adiantou que os policiais formados irão para as ruas e trabalharão já no período de pré-Carnaval e no oficial. “Eles serão importantes para o reforço policial nessas festas, não somente na Região Metropolitana, mas também nos demais municípios do interior do estado”- revelou.

Ao final da solenidade, a governadora Roseana recebeu uma placa do Comando Geral da Polícia Militar das mãos do coronel Zanoni Porto e do secretário Aluísio Mendes pelos investimentos e pelo incremento do efetivo.

 Emoção…

A emoção dos formandos marcou a solenidade do início ao término. A policial Jackeliane Serra Brandão, de 22 anos, foi a primeira colocada no curso de formação. “Eu fico muito honrada em poder representar a Polícia Militar do Maranhão e, a partir de agora, poder trabalhar pela ordem pública, repressão ao combate de delitos e de drogas, e tudo o que aflige a sociedade. Sinto-me honrada também por estar representando as mulheres”, agradeceu. 

Os demais participam de formaturas em outras cidades do interior do Maranhão, como: Viana, Açailândia, Codó, Pindaré-Mirim, São João dos Patos, Colinas, Zé Doca, Chapadinha, Itapecuru-Mirim, Pedreiras, Pinheiro, Presidente Dutra, Bacabal, Estreito, Imperatriz, Timon, Caxias, Barra do Corda, Balsas e Rosário.

 

 

TV Guará estreia o programa “Ronda 23” nesta quinta feira

COMPARTILHE
Ivan Lima estreia em seu novo programa

Ivan Lima estreia em seu novo programa

A televisão do Maranhão vai ganhar um novo programa policial. A TV Guará, canal 23, uma das emissoras que mais cresce no estado, estreia hoje (20), o Ronda 23 na sua grade de programação de 2014. O novo Programa da emissora do Renascença será apresentado pelo  experiente jornalista da área de polícia e segurança pública, Ivan Lima.

O Ronda 23 vai ao ar de segunda a sexta-feira, às 18h com as principais notícias atualizadas do mundo policial. O programa vai fazer uma abordagem abrangente, coerente e sem medo da realidade cotidiana das ações policiais e de segurança, da capital maranhense e do estado.

Estaremos juntos, no rastro das notícias policiais, para enriquecer ainda mais o jornalismo do Maranhão, da TV Guará, acompanhados pela lente do experiente cinegrafista “Moicano”.

Ivan Lima que já esteve como repórter policial de programas como: Qual é a Bronca da TV cidade canal 6, hoje busca vôos mais altos e logos em sua carreira profissional. Considerado um dos repórteres mais autênticos do jornalismo policial no Maranhão.

Seu estilo diferente de abordar a notícia, fez com que Ivan Lima ganhasse a confiança do mercado da comunicação do Estado. Com uma linguagem popular e a caráter do convívio policial, Ivan Lima sempre respeitou e é respeitados pelos Artistas do dia da polícia, “Os delinqüentes”.

 

 

Superintendência do Incra no Maranhão investe mais de R$ 37 milhões em assistência técnica para assentados

COMPARTILHE
Zé Inácio assinando convênios de investimentos

Zé Inácio assinando convênios de investimentos

Foram assinados na última segunda-feira dia 10 de fevereiro, na sede da Superintendência Regional do Incra no Maranhão os contratos com as seis entidades vencedoras da Chamada Pública de Assistência Técnica e Extensão Rural (Ater), lançada no dia 25 de outubro de 2013 e que teve o resultado publicado no Diário Oficial da União no dia 13 de dezembro do mesmo ano.

Agora com a assinatura dos contratos, eles devem ser divulgados no Diário Oficial da União e em seguida será emitida uma Ordem de Serviço autorizando o início dos trabalhos que devem beneficiar 17.510 famílias em 166 assentamentos. O total de recursos aplicados na “Ater” alcança a cifra de R$ 37.643.631,51 milhões e os contratos assinados terão a duração de um ano e os trabalhos desenvolvidos pela “ATER” vão atingir um total de 34 municípios.

As entidades que assinaram os contratos e os territórios onde irão atuar são os seguintes: Cooperativa dos Trabalhadores Prestadores de Serviços em área de Reforma Agrária (COOPERA), território do Cerrado Amazônico e Vale do Itapecuru; Planeja Consultoria e Assessoria de Desenvolvimento Sustentável, Território do Vale do Itapecuru e Lençóis /Munin; Cooperativa de Serviços, Pesquisa e Assessoria Técnica (COOSPAT)  Território do Vale do Itapecuru. Cooperativa de Serviços Técnicos (COOSERT), territórios de Campos e Lagos e Baixada Ocidental, Cocais Agrofort Serviços Agropecuários; território dos Cocais a Associação Educação e Meio Ambiente (EMA), território do Alto Turi – Gurupi.

José Inácio Rodrigues, superintendente do Incra no Maranhão considera a assinatura de contratos da Ater mais uma etapa importante no compromisso do Incra e também do governo da presidenta Dilma Roussef em levar qualidade de vida para os assentados da Reforma Agrária.

Ele ressalta que o Incra no Maranhão bateu recorde de assentamentos em 2013 A autarquia criou 28 assentamentos no ano, com a incorporação de 2.702 famílias ao Programa Nacional de Reforma Agrária e a ações da Ater vão qualificar ainda mais o trabalho da autarquia no ano de 2014.

Laurilene Muniz, coordenadora do Núcleo da Ater no Maranhão, ressalta que o trabalho desenvolvido pelas entidades que vão atuar neste tipo de serviço conta com um total de 290 profissionais das diversas áreas, como agrônomos, assistentes sociais etc.. O que implicar em um caráter multidisciplinar nas ações da Ater.

 

 

Bandidos metem o terror no município de Pinheiro

COMPARTILHE
Viatura queimada em frente à delegacia de Pinheiro

Viatura queimada em frente à delegacia de Pinheiro

Dois homens ainda não identificados invadiram na noite de  domingo (16) por volta das 23hs, o 1° Distrito Policial da cidade de Pinheiro e atearam fogo na viatura da Polícia Civil. Segundo a policia que investiga  o crime, o atentado pode ser por retaliação contra a morte de um bandido conhecido como Klismam. De acordo com as primeiras investigações, já existem suspeitos e a policia prometeu apresentar os acusados nas próximas horas.

A polícia acredita que a motivação teria sido por causa da morte de dois bandidos perigosos. O primeiro bandido morreu por volta das 15 horas, em um confronto com policiais do GOE em uma kitinet no bairro quinta da Boa Vista. O segundo morreu depois de ser atingido por disparo de arma de fogo na cabeça, na porta do Balneário Prainha por volta das 23 horas. 

Vítima de bala em frente ao Balneário Prainha

Vítima de bala em frente ao Balneário Prainha

Segundo informações da PM, na  semana passada por volta das 23hs, Klisman teria assaltado a esposa de um policial, submetendo-a constrangimentos durante o delito, levando todos os pertences da vitima que o reconheceu e comunicou ao seu marido. 

Já por volta das 23 horas outro elemento foi morto vítima de um disparo de arma de fogo disparado por uma gangue adversária em frente ao Balneário Prainha. O disparo atingiu o rosto de um jovem identificado por Jackson Ribeiro que morreu na hora. A polícia ainda não tem pista do atirador, mas sabe que era concorrente no mundo do trafico.

O Coronel Ramos da polícia militar em Pinheiro confirmou que os dois bandidos mortos eram perigosos e estavam na lista da polícia; por tráfico, assalto, porte ilegal de arma, e crimes cometidos em Pinheiro. O Coronel também confirmou que policiais e o próprio comandante estão recebendo ameaças de bandidos da cidade de Pinheiro.

 

 

Ladrão é morto na zona rural do município de Bequimão

COMPARTILHE
Foto retirada da Internet

Foto retirada da Internet

Um homem identificado como Carlos Alexandre Alves, de 22 anos, conhecido como Cará, foi morto ontem (16) com um tiro de espingarda na estrada que liga os povoados de Benfica e Bacurizeiro, na zona rural do município de Bequimão. Segundo a polícia, a vítima havia roubado um botijão de gás em uma residência na comunidade denominada como Benfica.

De acordo com a polícia, Carlos Alexandre tinha uma vasta ficha criminal na delegacia de Bequimão, por furto, roubo e porte ilegal de arma de fogo. Com tantos inimigos na região onde morava com sua mãe, Cará pode ter sido morto por vingança.

Cará também era usuário de drogas e roubava para manter o vício maldito. Na última vez que Carlos Alexandre foi preso em Bequimão, ele acabou roubando um ventilador da própria delegacia onde estava custodiado.

A polícia vai investigar para descobrir o autor do disparo que matou Cará. Como a vítima tinha muitas queixas por roubos e furtos, a polícia vai montar um quebra cabeça para tentar descobrir quem cometeu o homicídio.

Segundo populares, a vítima pode ter sido morta por um mototaxista que era dono do botijão roubado por Cará. De acordo com os moradores da comunidade Benfica, o suposto criminoso não se encontra no povoado desde o momento do crime.

A vítima era um ladrão conhecido na cidade por seus atos ilícitos. Com isso, ficou complicado para a polícia descobrir o autor do tiro que matou Carlos Alexandre Alves. Acostumado a ser preso, Cará roubava em qualquer lugar e a qualquer hora do dia ou da noite. 

Já pensou se a moda pega? Haja cemitério na cidade!!!

Sedihc e Alumar firmam parceria para capacitar jovens do bairro Fonte do Bispo

COMPARTILHE
Lançamento do Projeto Marcenaria Escola

Lançamento do Projeto Marcenaria Escola

Cerca de 40 jovens e adolescentes em cumprimento de medidas socioeducativas, egressos e da comunidade do entorno da área da Fonte do Bispo serão capacitados pelo Projeto Marcenaria Escola desenvolvido pela Fundação da Criança e do Adolescente (Funac), órgão vinculado à Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Assistência Social e Cidadania (Sedihc), em parceria com a Fundação Alcoa.

O Projeto Marcenaria Escola foi lançado nesta quarta-feira (12), no auditório da Funac. Participaram da cerimônia, secretária Luiza Oliveira (Sedihc); a presidente da Funac, Anaílde Everton; Andréa Lauande (Semcas); Dulcimar Soares, gerente de Sistema de Gestão, Meio Ambiente e Segurança do Trabalho e Relações Institucionais da Alumar.

Na ocasião foram apresentados os objetivos e etapas do projeto que tem como público-alvo, jovens de 16 a 21 anos. Um dos intuitos do curso é ampliar o acesso ao processo de profissionalização e ao mercado de trabalho, como explicou a presidente da Funac, Anaílde Everton. “Esse projeto, resgata a auto estima dos adolescentes. O curso vem dar um impulso para que o jovem veja que ele ainda tem oportunidades. Assim como a Funac, a Fundação Alcoa, nossa parceira; vê nos nossos jovens e adolescentes, a possibilidade de transformação, investindo para que eles possam ser os agentes de sua própria história”, destacou.

Auditório da Func no Centro de São Luis

Auditório da Func no Centro de São Luis

A secretária de Estado de Direitos Humanos, Luiza Oliveira ressaltou a importância da capacitação dos adolescentes e das ações desenvolvidas em prol dos jovens que cumprem medidas socioeducativas. “A formação profissional e ações de Ressocialização desses adolescentes são de extrema importância para que a vida desses jovens seja recuperada. Estamos fazendo projetos na área de escolaridade e também fazendo projetos voltados para a saúde integral, vamos aperfeiçoar a equipe da saúde na atenção a esses adolescentes. Isso é importante para o rendimento e recuperação desses jovens”, afirmou.

A gerente de Sistema de Gestão, Meio Ambiente e Segurança do Trabalho e Relações Institucionais da Alumar, Dulcimar Soares; ressaltou o investimento de cerca de R$ 100 mil. “A Alumar é altamente comprometida com a questão social da nossa cidade. Por isso, nós estamos focando e investindo em capacitação, nós queremos dar oportunidade para os jovens terem melhores condições de vida, dar oportunidade de crescimento e profissionalizar essas pessoas”.

“Nós estamos investindo nesse projeto mais de 100 mil reais, onde será trabalhada a capacitação de marcenaria para pelo menos 40 jovens. Isso é uma oportunidade para fazer a diferença na vida dessas pessoas”, enfatizou.

 

Marcenaria Escola:

O curso terá duração de três meses, serão 200 horas/aulas nos turnos: matutino e vespertino de segunda à sexta-feira. Participarão do curso 24 jovens em cumprimento de medidas socioeducativas, oito jovens egressos da instituição e oito da comunidade local.

Os móveis fabricados pelos adolescentes irão para as unidades da Funac, como armários, camas etc. A Funac conta com 117 adolescentes em São Luís e Imperatriz.

 

TEXTO DA JORNALISTA Mayara Moraes

 

Faculdade promoverá debate sobre sistema prisional na Associação Comercial

COMPARTILHE
Foto da Internet

Foto da Internet

O tema relativo ao sistema prisional no Brasil vai chegar ao universo acadêmico com a realização no próximo dia 19 de fevereiro, do I Painel Jurídico Florence, uma iniciativa do Instituto Florence de Ensino Superior. Com o tema: Sistema Penitenciário Maranhense: crise dos direitos e garantias fundamentais, o evento acontecerá no auditório da Associação Comercial do Maranhão (Centro), às 17h, como parte do projeto de extensão Painéis Jurídicos Florence.

Os presidentes das Associações dos Magistrados do Estado, do Ministério Público Estadual, dos Defensores Públicos do Estado, Comissão de Direitos Humanos da OAB/MA e do Sindicato dos Agentes de Polícia participarão dos debates.

Segundo a coordenadora do curso, Ana Maria Marques, o Painel tem como objetivo central fomentar o debate, no âmbito da comunidade acadêmica, acerca de temas atuais e relevantes da seara jurídica que dialoguem com a realidade social brasileira e maranhense, o que se constitui de fundamental importância para o profissional da área de Direito. As inscrições são realizadas na Secretaria Acadêmica da instituição.

“As recentes rebeliões no Maranhão, por exemplo, em vários estudos apenas deixaram este problema social mais latente e foi necessário desnudar o problema e enfrentá-lo, acionando os atores sociais envolvidos para resolver o problema”, destacou Ana Maria Marques.

A coordenadora mencionou a importância de levar as instituições para discutir a problemática na academia é dar uma nova visão científica ao problema. “Por isso, convidamos para este painel todos os atores sociais da área jurídica envolvidos, de forma que cada um dentro da sua área, com suas possibilidades e limitações, possam debater, analisar e refletir sobre as perspectivas existentes para o sistema penitenciário”, frisou.

TEXTO DO JORNALISTA Evandro Jr.

Homem estupra a filha de 8 anos de idade no interior de Presidente Sarney

COMPARTILHE
Domingos Isidoro após a prisão na Regional de Pinheiro

Domingos Isidoro após a prisão na Regional de Pinheiro

Um homem identificado por Domingos Isidoro Dourado Martins de 49 anos, foi preso pela polícia militar da 10ª Companhia da cidade de Pinheiro na baixada maranhense, acusado de violentar a filha de 8 anos de idade no povoado de Jandiá, zona rural do município de Presidente Sarney.

Domingos foi preso depois que a mãe e uma tia da garota, levaram a menina para o hospital e prestaram queixa contra o pai. Na delegacia ele confirmou que não reagiu a prisão e que está com medo com o que venha lhe acontecer daqui pra frente dentro do presídio. Em depoimento o acusado disse que abusou da filha na sua própria cama e que ela não teria gritado nem reagido; fato que o delegado Felipe, diz não acreditar. Segundo Domingos, ele não se lembra porque havia feito isso contra a própria filha e afirmou que era alguma coisa do Capeta que havia tomado conta dele para que cometesse esse crime.

A polícia disse que Isidoro foi ouvido, e no primeiro momento negou as acusações. Porém, os exames de conjunção carnal comprovaram que a criança sofreu violência sexual, e vítima relatou o abuso ao delegado.

Outras duas filhas de Domingos serão submetidas ao exame de conjunção, a fim de comprovar se elas também foram vítimas do suspeito. A polícia acredita que as investigações devem apontar desde quando o autor vinha cometendo os abusos contra a menina.

Domingos Isidoro foi autuado por estupro de vulnerável e permanece detido na Regional de Pinheiro aguardando decisão judicial.

 

 

 

Zé Inácio é o nome mais forte do PT para ser vice de Luis Fernando

COMPARTILHE
Zé Inácio em uma de suas ações pelo Maranhão

Zé Inácio em uma de suas ações pelo Maranhão

O superintendente regional do Incra no Maranhão, Zé Inácio Rodrigues, vem sendo o nome mais cotado do PT para fazer parte da chapa do pré-candidato ao Governo do Estado, o atual secretário de Infraestrutura, Luis Fernando Silva (PMDB).

O nome de Zé Inácio é defendido pela grande maioria dos filiados, principalmente por aqueles que fazem parte da baixada maranhense. Por ter um bom relacionamento com o governo do Estado, Zé Inácio vem sendo o mais cotado para ser o vice de Luis Fernando.

O principal projeto do superintendente do Incra no Maranhão, é  ser eleito deputado estadual. Para isso, o petista vem realizando um grande trabalho no comando do órgão. Com mais de 20 anos à frente do Partido dos Trabalhadores (PT) na cidade de Bequimão, Zequinha como é conhecido pelos amigos na baixada maranhense, vem se destacando como grande administrador público.

Formado em Direito pela Universidade Federal do Maranhão (UFMA), José Inácio Rodrigues sempre esteve ao lado do povo nas comunidades do município de Bequimão. No comando da Superintendência do Incra no Maranhão, Zé Inácio trabalha dia e noite, o que deixou o Maranhão em primeiro lugar, entre todas as representações da autarquia, em número de assentamentos em 2013 no Brasil.

Com um bom relacionamento entre líderes comunitários e presidentes de associações, Zé Inácio ganhou o respeito do povo da baixada e hoje é o nome mais forte ao cargo de deputado estadual nas eleições deste ano. Nos corredores da Assembleia Legislativa comentam-se que a candidatura de Zé Inácio ao cargo de deputado estadual  está consolidada, diante da  boa administração à frente do Incra no Maranhão.

CONHEÇA QUEM È ZÈ INÀCIO

Zé Inácio em seu gabinete

Zé Inácio em seu gabinete

José Inácio Rodrigues nasceu na cidade de Bequimão e formou-se em Direito pela UFMA, onde iniciou sua militância política, atuando no movimento estudantil. Como advogado atuou em defesa dos direitos humanos, dos trabalhadores e trabalhadoras rurais e da população negra nas seguintes instituições: Sociedade Maranhense de Direitos Humanos, Federação dos Trabalhadores (as) Rurais do Maranhão (FETAEMA), Comissão Pastoral da Terra (CPT) e  Centro de Cultura Negra (CCN).

 Na Justiça Global Zé Inácio atuou junto a Comissão Interamericana de Direitos Humanos (OEA) tendo como destaque os seguintes processos: deslocamentos compulsórios das famílias quilombolas de Alcântara na baixada Ocidental Maranhense e o caso dos meninos emasculados. Atuou como membro da Comissão de Direitos Humanos da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-MA) e foi Delegado do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) no Maranhão, de 2005 a 2010.

Sua origem humilde demarca a opção profissional e política em defesa da população menos favorecida. Traz consigo uma forte identidade pelas questões do campo e da cidade. Sua atuação no MDA foi voltada para a implantação dos programas do governo LULA, tais como: os Territórios Rurais, o Programa Territórios da Cidadania, os Colegiados Territoriais, os Projetos de investimento para os Municípios rurais (casas familiar rural, agroindústrias, centros de comercialização), Crédito para Agricultura Familiar, através do PRONAF, criação e apoio aos assentamentos rurais e outras ações de infraestrutura sócio-econômica e produtiva.

 Filiado ao Partido dos Trabalhadores desde 1990, Zé Inácio é militante dedicado à organização e construção do Partido que elegeu o Presidente Lula. Um dos dirigentes políticos mais jovens e um dos mais influentes na defesa do Desenvolvimento Sustentável e da Agricultura Familiar no atual cenário maranhense, Zé Inácio consagrou seu nome com muito trabalho. Sua trajetória é marcada pela luta, redução das desigualdades e da pobreza no Maranhão, defesa da melhoria da qualidade de vida do homem e da mulher do campo por meio do acesso as políticas públicas de qualidade, principalmente na educação, saúde, esporte, cultura e lazer.