casa » Arquivos do Altor: João Filho (página 330)

Arquivos do Altor: João Filho

Vereador tem requerimento aprovado

COMPARTILHE

RG1

O vereador de São Luís, Manoel Rêgo (PTdoB) teve mais um requerimento aprovado hoje (11) em sessão ordinária da câmara municipal de São Luís. Como um parlamentar atuante em toda Ilha, Manoel Rêgo vem realizando um grande trabalho, principalmente na área do complexo do Coroado e região do Bacanga.

Desde quando assumiu como vereador em janeiro de 2013, Manoel Rêgo, já perdeu as contas de requerimentos aprovados, que beneficiaram dezenas de bairros em São Luís. Em outubro, o complexo do Coroado foi beneficiado com recuperação de várias ruas, através de requerimentos do vereador.

REGO1 REGO3R!@EG12

Hoje o requerimento Nº 586/14 aprovado, pede benefícios aos moradores da área Itaqui-Bacanga, incluindo os bairros Vila Embratel, Anjo da Guarda, Vila Nova, Gancharia, Fumacê e outros. O pedido é para que todas as Praças da região sejam revitalizadas, pintadas e iluminadas o mais breve possível.

Rádio Senado entra no ar em São Luís em 96,9 MHZ

COMPARTILHE

radio antigo e novo frequencia

A Capital do Maranhão é a décima cidade no país a receber sinal da rádio Senado FM.A Rádio Senado São Luís entrou no ar hoje (11) em caráter experimental, às 6 horas, não só na capital do Maranhão, mas também em 19 municípios do estado. A emissora tem a frequência de 96,9 MHz (canal 245) na Classe A4, o que permite a potência ERP – Efetiva Irradiada na Antena, de 5 kW, sobre uma altura de nível médio do terreno, de 150 metros.

A instalação da Rádio Senado em São Luís foi possível graças a um convênio de parceria entre o Senado Federal e a Assembleia Legislativa do Estado do Maranhão, que vai dispor de duas horas diárias para programação integralmente local. O objetivo desta iniciativa é levar a esta parcela do povo do Estado do Maranhão as transmissões, ao vivo, das reuniões de Comissões e sessões do Plenário, sem qualquer tipo de edição, o que permite o conhecimento dos trabalhos do Senado Federal com total transparência. A TV Senado já opera na capital maranhense desde fevereiro deste ano, disponibilizando sinal digital.

O perfil da Rádio Senado é de informação, música brasileira e serviços. A emissora transmite, ao vivo, as sessões do Plenário, de segunda a quinta-feira, a partir das 14h, e às sextas-feiras, a partir das 9h, e as reuniões das Comissões Permanentes, Temporárias e de Inquéritos. Além de diversos programas jornalísticos, produz programas de entrevistas, notas e flashes dos repórteres da emissora, informando e explicando as matérias em discussão no Parlamento. A grade da emissora é composta, ainda, por música popular brasileira, programas dedicados à formação cultural da população e reportagens especiais, que renderam dez premiações nos últimos cinco anos.

O cidadão pode entrar em contato pelo E-mail radio@senado.leg.br, facebook.com/radiosenado, twitter@radiosenado e pelo whatssap (61- 8611-9591). A grade de programação está disponível pelo link:http://www.senado.gov.br/noticias/radio/programacao.asp

COBERTURA EM UM RAIO DE 80 KM:

O transmissor utilizado pela Rádio Senado-São Luís foi fabricado pela empresa STB e tem 10 kW de potência irradiante, com antena de polarização circular de 4 elementos. Este conjunto é capaz de emitir um sinal de qualidade para a cobertura média num raio de 80 km, o que possibilitará atingir as cidades de São Luís e outras 19 localidades: São José de Ribamar, Icatu, Morros, Axixá, Rosário, Presidente Juscelino, Bacabeira, Cachoeira Grande, Santa Rita, Olinda Nova do Maranhão, São João Batista, Cajapió, São Bento, Palmeirândia, Peri Mirim, Central do Maranhão, Pinheiro, Guimarães, Bequimão e Alcântara. Segundo dados do IBGE, aferidos em 2010, a população aproximada destes municípios é de 1.680.000, o que passa a ser nosso público potencial na região.

Com isso, o Maranhão é a décima capital a receber a Rádio Senado. Atualmente, além de Brasília (91,7 MHz) e dos municípios de seu entorno, a emissora está presente, também, em Natal, em 106,9 MHz; Cuiabá, 102,5 MHz; Fortaleza, 103,3 MHz; Rio Branco, em 100,9 MHz; Teresina, 104,5 MHz; Manaus, 106,9 MHz; João Pessoa, 106,5 MHz; e Macapá, 93,9 MHz.

 

 

Troféu The Best Saúde Grego

COMPARTILHE

Fabio 1

Na última sexta feira (07), o Hotel Luzeiros, na Ponta d’ Areia, serviu de palco para um  evento voltado para a área médica realizado no Estado, batizado de “Troféu The Best Saúde Maranhão”, que também pode ser chamado de “The Best Grego”.

Idealizado pela equipe da Revista Saúde News, especializada em divulgar assuntos da área de saúde há 08 anos e com circulação em todo Norte/Nordeste do Brasil, o evento deveria ter o objetivo de evidenciar o reconhecimento do serviço prestado pelos homenageados à sociedade maranhense, mas acaba incentivando maus gestores municipais, como foi o caso do Secretário de Saúde do município de Alcântara, Dr. Raimundo Fernandes Cunha (Raimundo Neto), que recebeu troféu de melhor gestor da saúde e no hospital que ele administra, não existe nem esparadrapo, como mostram as imagens abaixo.

AL4 AL9AL12

Agora fica a pergunta para quem promoveu esse tal “The Best”. Se Raimundo Neto está entre os melhores, onde estão os piores? Na verdade, basta pagar que o atendimento é excelente. Como acreditar em um veículo de comunicação, que faz homenagem ao um cidadão que está “Cagando e Andando” para a saúde publica de Alcântara? Só me faltou uma coisa: Dar o prêmio de melhor prefeito à Domingos Araken.

AL1 AL6AL5

Tá na hora dos diretores dessa revista, olharem para a situação como mensageiros da saúde pública e deixarem de lado a visão do pagou mostrou. Ninguém é mais besta para acreditar nesses papos furados.

 

Que daqui em diante, a Revista Saúde News seja The Best!

Atrasada no Enem ganha bolsa de estudo

COMPARTILHE

ENEM

A estudante Amanda Alli, de 19 anos, fez de tudo para chegar a tempo e fazer as provas do Enem neste sábado no Rio de Janeiro, mas quando ela chegou, os portões já haviam fechados. Ela Pediu até uma carona para um motociclista, mas mesmo assim nada adiantou. Mesmo com todo o esforço, chegou atrasada e adiou seu sonho de conseguir uma boa média para entrar em um curso de jornalismo, como pretendia.

A situação fez com que Amanda entrasse em pânico e chorasse sem parar em frente aos portões da UERJ (Universidade Estadual do Rio de Janeiro) localizada no bairro Maracanã, zona norte da capital carioca.

Assistindo à cena e sensibilizado com o desespero da estudante, o coordenador do curso pré-vestibular Tamandaré, Álvaro Barreto, ofereceu uma bolsa de estudo para Amanda. Álvaro acolheu a jovem em uma barraca do curso Tamandaré montada nas proximidades do local e fez o convite.

“Ficamos sensibilizados com a situação da Amanda. Decidimos oferecer uma bolsa de estudo pra ela não desistir de seu sonho e se sentir mais preparada no ano que vem — ressalta Álvaro Barreto”.

A jovem estudante ficou mais calma e afirmou que vai fazer o curso, precisamente na unidade do Méier, bairro da Zona Norte da cidade do Rio de Janeiro, mais próximo de sua casa. Assim como Amanda, milhares de alunos também chegaram atrasados aos locais de prova.

O maior erro e grande culpa desse atraso estão no deslocamento dos estudantes. A organizadora do vestibular brinca com o caos das grandes cidades e desloca alunos para fazerem provas em bairros distantes, o que poderia ser solucionado com a prova em seu bairro. Acho que seria bom repensar essa estratégia burra de quem se acha inteligente. Sendo de alguém contratado pelo MEC, há de se esperar qualquer burrice desse tamanho. Faça-me um favor, sejam burros assim só no MEC. Usem no mínimo o Google Mapa.

Insegurança total no MA – Cadê os “Direitos dos Manos”?

COMPARTILHE
Dr. Luiz  Alfredo Guterrez

Dr. Luiz Alfredo Guterres

A falta de segurança no Maranhão amedronta todos os moradores do Estado, principalmente quem mora na capital, São Luís. A onda de assalto cresce a cada dia e as pessoas já não sabem o que fazer para se livrarem desse mal. Ontem (08) por volta das 6h da manhã, uma estudante de Administração que morava no bairro Tibiri, foi assassinada no ponto de ônibus quando seguia para seu trabalho, no aeroporto Cunha Machado, no Tirirical.

Hoje (09) pela manhã foi a vez do médico cirurgião, Dr. Luiz Alfredo Guterres, diretor do Hospital Tarquínio Lopes, (Hospital Geral), ser assassinado na porta de sua casa, no bairro Turu, em São Luís. De acordo com as informações, Luiz Alfredo foi morto após reagir a uma tentativa de assalto.

De acordo com a polícia, dois homens em um carro Peugeot de cor cinza, anunciaram o assalto quando o médico chegava à casa localizada na Rua Santa Quitéria, no bairro Turu em São Luís. Neste momento a polícia trabalha na tentativa de prender os bandidos. Segundo o laudo, o médico foi morto com um tiro no pescoço após tentar proteger seu filho que estava na mira dos bandidos.

OPINIÃO:

Prender pra quê? Pra se juntar aos que já tem no presídio e ameaçarem o Estado, como fizeram no mês de Setembro, quando tocaram fogo em carros e só pararam quando conseguiram fazer um acordo com a segurança do Maranhão? Não dar nem pra chama-los de bandidos, afinal os verdadeiros bandidos são aqueles que fazem leis para se beneficiarem, e desacatam a justiça do Brasil. Em um país onde ladrão de dinheiro público ganha liberdade, pistoleiros vivem soltos, mandantes tem mordomias e laranjas pagam o pato, eu prefiro encerrar o texto e dizer…Só estamos assim, por causa de uns canalhas que abraçam os “Direitos dos Manos” e protegem bandidos. Eu duvido que vá alguém na casa da família da jovem no Tibiri ou até mesmo na residência do Dr. Alfredo, que muito salvou vidas, inclusive de pessoas de minha família.

No Brasil, polícia não pode atirar em bandido, mas ladrão pode matar polícia. Se um policial puxar uma arma para um bandido, “Os Direitos dos Manos” vão pra cima do policial com gosto de gás. Mas se um policial for morto, não aparece nenhum canalha dos “Direitos dos Manos”.

O velório de Luiz Alfredo, está acontecendo no Hospital PAM Diamante, localizado na Rua João Luiz S/N Diamante, Centro de São Luís.

Cidade Nova de cara nova

COMPARTILHE

Matéria de Assessoria

AV1

O prefeito de Bequimão, Zé Martins (PMDB) continua o trabalho de reconstrução do município. Quem imaginava que o ritmo acelerado das obras era por conta das eleições, se enganou. A Prefeitura Municipal de Bequimão está com o mesmo fôlego e a mesma vontade de trabalhar. Uma prova disso é o bairro da Cidade Nova, o maior do município, que está recebendo pavimentação asfáltica em diversas ruas.

AV1 AV2

Com o asfalto, o orgulho das pessoas quem moram no bairro também está sendo recuperado. Agora, os moradores sentem-se valorizados, por habitarem um local mais bonito e bem cuidado. A poeira que era levantada quando passava uma moto ou carro foi substituída pela comodidade da pavimentação, que melhora a paisagem e torna o deslocamento mais rápido.

AV3 AV4

“É um progresso para nossa cidade e principalmente para nosso bairro. Já era um benefício muito aguardado por todos nós da rua e fomos atendidos”, disse a moradora Jainara Peixoto, quando viu a Rua Pedro Paixão onde mora desde que nasceu, sendo asfaltada.

AV5 AV6

Essa foi apenas uma das ruas que já recebeu o asfalto, além da rua que dá acesso ao povoado Ariquipá e os mais de 2 km da Avenida do Capinzal. Quem está muito tempo sem ir a Bequimão não vai mais reconhecer. O prefeito Zé Martins está deixando sua marca de prefeito trabalhador. É disso que o povo gosta.

 

Julião Amin é trabalho, sim senhor!

COMPARTILHE

Julião

O governador do Maranhão, eleito em 2014, Flávio Dino, fez mais uma grande escolha na composição de seu secretariado para comandar o Estado a partir de janeiro de 2015. O presidente estadual do Partido Democrático Trabalhista (PDT), Julião Amin, assumirá a Secretaria de Trabalho e Economia Solidária a partir de 1º de janeiro. O anúncio foi feito no fim desta quarta-feira (5) nas redes sociais.

A geração de emprego, renda e oportunidade para a população maranhense foi uma das principais bandeiras da campanha de Flávio Dino (PCdoB), eleito governador do Maranhão em primeiro turno. Julião Amin tem história quando o assunto é trabalho e geração de emprego. Sua experiência como homem do bem, lhe credencia para ser um grande gestor.

A Secretaria terá o importante papel de qualificar os trabalhadores e ampliar as oportunidades de emprego como caminhos para reduzir a desigualdade social. E isso, Julião Amin, sabe fazer como ninguém. Outro objetivo será o de ampliar a atuação do SINE e estimular a economia solidária no Estado. Mais uma tarefa que Dr. Julião conhece muito bem.

PERFIL DO NOVO SECRETÁRIO:

Julião Amin é presidente estadual do PDT e possui vasta experiência na área em que irá atuar. É militante social e sindical. Presidiu o Sindicato dos Bancários, foi diretor administrativo-financeiro do Banco do Estado do Maranhão (Antigo BEM), superintendente do Ministério do Trabalho no Estado e advogado de trabalhadores rurais. Além de contribuir com o crescimento e fortalecimento da pesca no Maranhão.

Além disso, Dr. Julião Amin foi também deputado estadual e federal, tendo sido atuante em todos os cargos por onde passou. Sério e competente, Julião está no caminho certo. Se for trabalho, é com Dr. Julião Amin.

 

Polícia cumpre mandados de prisão em Bequimão

COMPARTILHE

O direito do companheiro começa quando o meu termina.

Uma ação conjunta das Polícias Civil e Militar da cidade de Bequimão, coordenada pelo delegado Vilamar Alves e o sargento Pedro Alcântara Paixão, resultou na prisão de duas pessoas, nesta terça-feira (4).

UM UM1UM3

Odair José Gusmão, conhecido como “Tabaco”, 32 anos, foi preso em decorrência de um mandado de prisão expedido pelo juiz Márcio Aurélio, da comarca de Bequimão, qualificado pelo crime de estupro à vulnerável. Na época, Tabaco foi indiciado por ter estuprado uma criança de 12 anos com deficiência mental. “Tabaco” foi localizado em sua residência no Povoado Boa Vista, onde também praticou o crime.

Em cumprimento a outra ordem judicial, a polícia prendeu Ducivaldo do Espírito Santo Pereira, indiciado pelo crime de homicídio. Segundo informações policiais, o homem assassinou a facadas João dos Anjos Leitão, em fevereiro deste ano. A causa do crime, foi motivado por traição.

Ducivaldo e Odair foram encaminhados para a 5º Delegacia Regional de Pinheiro, onde foram realizados os procedimentos legais. Ambos permanecem na delegacia à disposição da Justiça.

Ecopontos: Um mar de lixos

COMPARTILHE

Rose

A problemática do lixo em São Luís voltou ao debate em uma audiência pública, realizada na última quarta-feira (29) na Câmara Municipal, solicitada pela vereadora Rose Sales (PCdoB), que também é presidente da Comissão de Meio Ambiente e de Regularização Fundiária da Casa.

A temática principal das discussões girou em torno dos Ecopontos, locais que a prefeitura de São Luís tem disponibilizado para receber resíduos de pequenos volumes, mas segundo denúncia da vereadora Rose Sales, tem se configurado em verdadeiros lixões a céu aberto, e consequentemente levado graves problemas a população nos arredores, afetando a saúde pública e a segurança.

“Eu fiz vitorias em dois Ecopontos desses, um na Cidade Operária e outro na avenida dos Africanos, nas proximidades do Bairro de Fátima, e o que eu pude perceber é que lá estão resíduos de todo natureza, muitas vezes até orgânicos, sendo lançados. A população tem reclamado porque é algo que “enfeiúra” a cidade. Além disso afeta o fator saúde pública porque aumenta a proliferação de ratos e baratas e também a questão da segurança, já que nesses locais é comum a presença de usuários de drogas e assim, favorece o aumento do tráfico de entorpecentes nesses locais”, aponta Rose Sales.

Baseada nas visitas realizadas nesses locais, juntamente com entidades representativas, a vereadora Rose também criticou a forma como a prefeitura municipal vem mantendo os Ecopontos fora dos padrões ambientais.

“Eu percebi que existe até uma intencionalidade positiva por parte da Superintendência da limpeza urbana de estabelecer os ecopontos, mas há um distanciamento muito grande porque os Ecopontos ainda não foram assumidos pela gestão municipal com trato de seriedade, rigor e proatividade de fazê-lo acontecer como deve ser dentro dos padrões. Não tem uma previsão dentro da lei ambiental do que deveria ser feito, estão ambientalmente incorretos e falta educação ambiental na cidade e para as comunidades no entorno”, critica a parlamentar.

Durante a Audiência houve denúncias muito graves contra a gestão municipal com relação aos serviços de limpeza pública, onde foi afirmado que a população de São Luís paga altos valores por inúmeros serviços e ações que não acontecem, como: coleta seletiva; construção de galpões e compra de equipamento para reciclagem; construção de Ecopontos; e vários outros agravantes. A empresa SLEA prestou esclarecimentos mais de caráter jurídico, se colocando à disposição para clarificar as questões operacionais, declarando que a Prefeitura como delegatária do contrato fez repactuações dos valores e que a empresa faz a execução dos serviços determinados.

INTEGRARAM A MESA DO DEBATE:

O juiz Douglas de Melo Martins, da Vara de Interesses Difusos e Coletivos; Eurico Fernandes da Silva, chefe da Assessoria técnica do Instituto Municipal da Paisagem Urbana (Impur); Rosirene Martins Lima, Superintendente de Planejamento da Secretaria de Meio Ambiente; Cláudio Pontual Filho, jurídico da São Luís Engenharia Ambiental (SLEA); Claudio Calzavara de Araújo, representante do SINDUSCON-MA; Ronaldo Maia Garcêz, representante da Associação brasileira de Engenharia Sanitária (ABES); Luis Cruvel, presidntre da Associação de Condutores de veículos a tração animal e Maria Célia Lopes Dias, presidente da Associação de catadores de materiais recicláveis. Além de representantes de comunidades afetadas e pessoas interessadas em discutir o assunto.

“O que eu quero, junto com todas as instituições apresentadas, que participaram dessa audiência pública, é que o município revise os equívocos destes espaços que se configuram como verdadeiros lixões instituídos pela Prefeitura em diversos terrenos baldios e não como espaços para captação de resíduos, de forma seletiva, obedecendo a critérios técnicos, dentro de padrões ambientais, paisagísticos e que garantam a saúde pública às comunidades do seu entorno, numa perspectiva sustentável que integre os catadores/recicladores de resíduos, como também, retomar a discussão pública sobre a PPP (Parceria Público-Privada) dos Resíduos Sólidos, que tem como executora a Empresa São Luís Engenharia Ambiental – SLEA, responsável pela limpeza pública da capital”, enfatiza Rose Sales, que garantiu ainda uma apuração às denúncias apresentadas na Audiência.

Ao final da audiência pública foram feitos os seguintes encaminhamentos:

1- Solicitação à Prefeitura Municipal de São Luís do contrato com a SLEA e dos dois termos aditivos que se configuraram em repactuações financeiras e de serviços;

2- Reunião de trabalho dia 20.11.14, às 14h30, no Plenário da Câmara para análise sobre as informações solicitadas ao Executivo Municipal;

3- Traçar estratégias e estabelecer parcerias para revisão da implantação e garantir a estruturação dos ECOPONTOS;

4- Alicerçar o Projeto Piloto de um Ecoponto, com envolvimento de todos os setores pertinentes ( público, privado e da sociedade), a fim de balizar a estruturação dos demais;

5- Apresentação pela SEMMAM do Plano Municipal de Resíduos Sólidos;

6- Apresentação pelo IMPUR do Programa Cidades Jardins;

7- Criar mecanismos de apoio aos recicladores e aos carroceiros, dentre outros.

NOTA DE ASSESSORIA

A hora do Adeus, ou até 2017?

COMPARTILHE

FATIMA

Os suplentes de vereadores que conseguiram ficar no exercício do mandato durante o período eleitoral começam a deixar a Câmara Municipal de São Luís. Dos sete que estavam no cargo, quatro já saíram, um sai esta semana e outros dois ficam até dezembro.

A vereadora Fátima Araújo (PRP) chegou a chorar por conta da falta de quórum e ter seus projetos não aprovados pela Casa. Nesta segunda-feira (3), com quórum, ela teve seus projetos aprovados em seu último dia no mandato. Nesta terça-feira (4), o titular, Nato (PRP), retorna a casa legislativa.

Ela agradeceu pela oportunidade em sua despedida. “Agradeço a oportunidade e a experiência adquirida. Muitas vezes eu fui prejudicada pela falta de quórum. Porque eu sabia que tinha um tempo determinado aqui e cada sessão era importante. Fico feliz pelo que pude fazer e desejo que os que ficam façam o que eu não tive tempo” – disse Fátima Araújo.

Já deixaram o parlamento os suplentes Alencar Gomes (PDT) e Anderson Martins (PRB). Retornaram Ivaldo Rodrigues (PDT) e Bispo Paulo Luiz (PRB). Os dois titulares eram candidatos e não conseguiram a eleição.

Eidimar Gomes (PSDB) também já deixou o mandato. Porém, ela retornará em definitivo a partir de 2015. O titular Sérgio Frota voltou nesta segunda-feira (3), mas foi eleito deputado estadual e deixará a vaga para a suplente.

Rômulo Franco (PRB) deixa o mandato nesta terça-feira (4). Na quarta-feira (5), Marquinhos (PRB) volta a casa legislativa municipal.

Batista Matos (PPS) e Dr. Damasceno (PSL) permanecem por mais tempo. Batista fica até 10 de dezembro no lugar de Estevão Aragão (SD). Dr. Damasceno fica no mandato até 31 de dezembro caso não haja nenhuma mudança nesse período. O titular, Chico Carvalho (PSL), está em tratamento de saúde.