casa » Arquivos do Altor: João Filho (página 32)

Arquivos do Altor: João Filho

Fátima Araújo recebe diretor do Aldenora Bello em seu gabinete

COMPARTILHE

A vereadora de São Luís, Fátima Araújo (PCdoB), recebeu na manhã desta terça-feira (17) em seu gabinete na Câmara Municipal, a visita do diretor do hospital Aldenora Belo, Antônio Dino Tavares. A razão da visita do presidente da Fundação Antônio Dino foi para agradecer uma emenda parlamentar no valor de R$ 100 mil reais destinada pela vereadora a instituição mantenedora do hospital Aldenora Bello, em São Luís.

O hospital Aldenora Bello é pioneiro no tratamento de câncer no Maranhão. A Unidade de Saúde conta com 175 leitos de internação, divididos em enfermarias clínica, cirúrgica, pediatria, UTI e apartamentos. Por ano, segundo dados do hospital são diagnosticados mais de 3.500 novos casos de câncer, onde são realizadas mais de 56.756 consultas, 896 cirurgias, 30.141 quimioterapias e 6.025 radioterapias.

“Destinamos uma emenda parlamentar no valor de R$ 100 mil reais que poderá ser aplicada na compra de material hospitalar para essa Unidade de Saúde que é referência no combate e tratamento do câncer no Maranhão. Somos 31 vereadores e se cada um vereador destinasse R$100 mil, não resolveria o problema, mas amenizaria muito a situação financeira que o hospital se encontra”, destacou Fátima Araújo.

Para o presidente da Fundação Antônio Dino, Antônio Dino Tavares, a emenda ajudará bastante na manutenção dos compromissos. “Vereadora, estou aqui hoje para agradecer seu gesto pela destinação da emenda, vai ajudar muitos pacientes portadoras de câncer . Quero agradecer o apoio que a senhora está dando a esta causa, pedindo que os demais vereadores destinem emendas para 2020 para a Fundação Antônio Dino. Fiz questão de vir pessoalmente lhe agradecer, já que sua emenda foi a primeira que chegou este ano. Nós da fundação e pacientes só temos que agradecer esse gesto nobre”, enfatizou o diretor do Aldenora Bello.

Ricardo Diniz entrega título de cidadão ao advogado Brandão

COMPARTILHE

Rodrigo Brandão Maia, mais conhecido como Brandão, é formado em Direito, pela Universidade Católica de Salvador (UCSAL), localizada na capital baiana. Embora tenha concluído o ensino superior em junho de 2008, o advogado continuou se especializando na área jurídica, realizando vários cursos de extensão e aperfeiçoamento, tais como: Direito Internacional do Trabalho; Direito Constitucional; MONOPUC- Simulado das Nações Unidas, entre outros.

Em São Luís, Brandão assumiu a chefia do gabinete da SEMGOV- Secretaria Municipal de Governo, do Executivo Municipal, entre 2013 e 2017, desempenhando suas funções de forma eficiente. Por esse motivo, posteriormente assumiu a chefia do gabinete da SEMUS- Secretaria Municipal de Saúde, do município ludovicense, exercendo serviços relevantes até hoje.

Segundo Diniz, esta homenagem a Rodrigo Brandão Maia representa uma singela retribuição a uma ilustre personalidade, em reconhecimento às diversas ações e aos relevantes serviços prestados à cidade.
“Brandão é um ser humano que de fato se envolve com os problemas da comunidade, buscando o que está ao seu alcance para resolver as demandas que surgem. Ele não mede esforços para atender à população, cumpre horários e sempre está a disposição para trabalhar e dar o melhor de si”, afirmou o vereador.

Vereadora Fátima Araújo entrega títulos de cidadão ludovicense a três autoridades

COMPARTILHE

A Câmara Municipal de São Luís entregou na tarde desta sexta-feira (13), três títulos de cidadão de São Luís para a juíza da 3ª Vara da Família Joseane de Jesus Corrêa Bezerra, natural do município de Pirapemas-MA, o secretário de Estado de Trabalho e Economia Solidária, Jowberth Frank Alves da Silva, natural de São Bernardo do Maranhão e para o coordenador da equipe de assessoria do governo do Estado, André Luiz Vitral Costa, natural de Santos-SP.

As homenagens foram propostas pela vereadora Fátima Araújo (PCdoB) e aprovadas por unanimidade no Plenário da Câmara Municipal. O evento foi presidido pelo vereador Ricardo Diniz e teve a vereadora Fátima Araújo, autora da proposição como primeira secretária e Cezar Bombeiro (PSD) como segundo secretário. A solenidade contou com a participação de representantes do judiciário maranhense, convidados, representante do executivo municipal e sociedade civil.

Autora dos Decretos Legislativos Nº 048/2019, Nº 038/2019 e Nº 047/2019, que originou nas proposições, a vereadora de São Luís, Fátima Araújo destacou sua felicidade em homenagear as três autoridades estaduais que prestam um serviço de excelência aos maranhenses. “Estou muito feliz em estar homenageando três grandes figuras importantes para São Luís. A Drª Joseane merece por realizar um brilhante trabalho. Ela se dedica em tudo que faz e mais importante ainda é justamente por pensar no “nós” e não somente no “eu”. André Vitral é um jovem, mas muito competente. Conheço o trabalho desse homem. A comunidade do João de Deus é grata por realizar um sonho de muitos jovens ajudando na reforma da Praça da Juventude e por isso está recebendo merecidamente o título de cidadão ludovicense, assim como o secretário Jowberth Frank que tem realizado um grande trabalho para os maranhenses. Sei de sua trajetória e reconheço a importância de seu trabalho no governo do Estado. Todos tem uma história de luta. Estou feliz em poder homenagear estes guerreiros”, destacou a vereadora.

A juíza de direito da 3ª Vara da Família, Joseane de Jesus Corrêa Bezerra, destacou a satisfação em receber o título de cidadão de São Luís. “Quero agradecer a Deus e aos meus amigos e amigas que vieram aqui me prestigiar. Quero agradecer aos meus amados filhos e ao desembargador Jorge Rachid, idealizador do projeto Casamentos Comunitários. Eu sei que esse título de cidadã de São Luís decorreu após eu realizar algumas edições nas comunidades onde a vereadora Fátima Araújo mora. Quero aqui dar um testemunho do quanto essa mulher é querida e devotada em sua comunidade. Ela é a mãe daquele lugar. Nós temos o prazer de estrar com você pelo trabalho fenomenal que a senhora realiza em sua comunidade. Este é um dia muito especial, ao receber este título concedido por esta casa. Eu quero consagrar este título a Deus, mas que dedicar este título a minha mãe, minha heroína”, destacou bastante emocionada.

O secretário de Estado do Trabalho e da Economia Solidária, Jowberth Frank Alves da Silva, foi categórico ao descrever a felicidade em receber o título de cidadão ludovicense. “Primeiramente agradecer por este título de cidadão ludovicense, pra mim é uma honra muito grande e ainda mais ser indicado por uma mulher, uma vereadora, uma guerreira. Eu fico muito feliz e principalmente por ser reconhecido por uma mulher como Fátima Araújo. Eu fico mais confiante naquilo que tenho feito”, disse o secretário de Flávio Dino.

André Luiz Vitral Costa, chefe interino da equipe de Assessoria do Governo Flávio Dino falou da satisfação em ser reconhecido como cidadão de São Luís. “Sou um testemunha do trabalho e liderança que a amiga e companheira Fátima Araújo exerce naquelas comunidades da Vila Conceição e João de Deus. Para mim é uma honra muito grande em receber esta homenagem, sabendo da grande responsabilidade por ser uma pequena engrenagem em um projeto muito grande. Quero agradecer a minha esposa Renata e aos meus filhos José e Pedro. Agradecer aos colegas servidores das secretarias que trabalho. Sou paulistano, mas agora sou cidadão ludovicense graças a Deus e a vereadora Fátima Araújo”, finalizou André Vitral.

Estiveram presentes durante a sessão solene, o deputado federal, Zé Carlos (PT), o secretário municipal de Relações Parlamentares, Nonato Chocolate (representando o prefeito Edivaldo Holanda Júnior), Genilson Alves (subsecretário de estado do Trabalho), Mirella Freitas (juíza da 2ª da Comarca de Itapecuru-Mirim), Glaucia Maia (juíza vara criminal de Bacabal-MA), Edite Lopes Lima (mãe da vereadora Fátima Araújo), Terezinha de Jesus (mãe da juíza Joseane de Jesus Corrêa), desembargador Jorge Rachid, Fabíola Almeida (titular da 3ª Vara da Família na capital), autoridades municipais e estaduais, além de convidados dos homenageados e da vereadora Fátima Araújo.

Prefeitura de Alcântara vai criar o Conselho e Fundo Municipal de Direitos do Idoso

COMPARTILHE

A Prefeitura de Alcântara vai criar o Conselho Municipal de Direitos da Pessoa Idosa e o Fundo Municipal de Direitos da Pessoa Idosa. Os projetos Lei Nº 07 e 08/2019 foram encaminhados à Câmara Municipal de Vereadores pelo executivo municipal para aprovação no plenário.

Para que os vereadores entendam o objetivo e importância da aprovação dos projetos de lei, a secretária municipal de Desenvolvimento Social, da Mulher e da Igualdade Racial, Maria do Nascimento França Pinho (Menca Pinho), acompanhada da assessora técnica da secretaria, Vanessa de Oliveira, apresentou e fundamentou os dois projetos durante reunião no gabinete do presidente Ivan Ferreira, e garantiu que serão de grande importância para a população alcantarense.

De acordo com a secretaria Menca Pinho, os projetos existentes estão desatualizados e precisam com urgência uma atualização. O projeto de lei Nº 07, que cria o Conselho Municipal de Direitos da Pessoa Idosa e o Fundo Municipal de Direitos da Pessoa Idosa, vai melhorar a vida de uma comunidade que cresce a cada ano em Alcântara.

Já o projeto de lei N° 08, vai reestruturar a Política Municipal de Atendimento dos Direitos da Criança e do Adolescente e o Conselho Tutela do Município de Alcântara, para garantir o fortalecimento das políticas públicas voltadas para área da Infância e da Terceira Idade.

Segundo o vereador Guterres Filho, se depender de seu voto os projetos de lei serão aprovados na Câmara Municipal. “Destacamos a importância do projeto, e que estarei dando meu voto favorável para o bem do povo alcantarense”, descreveu o vereador em sua página na rede social Facebook.

Fizeram parte da reunião os vereadores Nilson Pereira, Vandeco França, Nhoré, Mário, Pontaense, Guterres Filho, Antônio Rosa, Ribinha e Ivan Ferreira (Presidente da Câmara), além da secretária Menca Pinho e da assessora técnica Vanessa de Oliveira.

Após solicitação da vereadora Fátima Araújo, prefeito Edivaldo inicia asfaltamento no Parque Universitário e Planalto Pingão

COMPARTILHE

Após solicitação da vereadora Fátima Araújo (PCdoB) através de requerimento aprovado na Câmara Municipal de São Luís, o  prefeito Edivaldo Holanda Júnior deu início nesta sexta-feira (6), aos serviços de pavimentação asfáltica do Parque Universitário e Planalto Pingão, na região do bairro João de Deus.

O trabalho começou pela Avenida Odylo Costa Filho, no Parque Universitário, entre a Praça da Juventude a avenida Guajajara, fruto da luta constante da vereadora, que solicitou o programa São Luís em Obras. Os dois novos bairros beneficiados, receberão cerca de 5 km de ruas com nova pavimentação, melhorando assim a infraestrutura, a mobilidade na região e a vida dos moradores da área. Durante visita ao bairro, o prefeito Edivaldo Holanda Júnior esteve acompanhado da maior liderança da região, a vereadora Fátima Araújo.

“É uma luta constante. Sei que a situação financeira do Brasil não está boa, e em São Luís não é diferente, mas o prefeito Edivaldo Holanda Júnior tem atendido nossas solicitações. O programa São Luís em Obras veio para mudar a vida das pessoas e por isso ele está aqui em nossa região. Aquilo que estiver ao meu alcance como vereadora farei o possível para ajudar nossas comunidades. É claro que é o prefeito é quem executa as obras, mas como vereadora de São Luís vou solicitar os serviços sempre”, destacou Fátima Araújo.

Consolidado como o maior programa de infraestrutura executado em São Luís nas últimas décadas, o São Luís em Obras foi idealizado pelo prefeito Edivaldo com o objetivo de ampliar a infraestrutura urbana da cidade. “Temos avançado com o São Luís em Obras por toda a cidade. Chegamos hoje na região do João de Deus que receberá cerca de 5 km de asfalto, dando continuidade a mais esta frente de serviços. Já estamos com ações do programa em várias regiões da cidade e vamos avançar ainda mais com obras como as de drenagem e pavimentação do Santa Bárbara”, disse o prefeito Edivaldo.

O secretário municipal de Obras e Serviços Públicos, Antônio Araújo, destaca que o programa tem melhorado a qualidade de vida da população e a mobilidade nos bairros. “A pavimentação tem favorecido a economia nos bairros, fortalecendo os estabelecimentos comerciais e a mobilidade. Aqui no Planalto, o trabalho vai melhorar o acesso dos moradores à Avenida Guajajaras, uma importante via da cidade que também já foi contemplada com o programa São Luís em Obras. O trabalho avança para outras áreas, melhorando cada vez mais a infraestrutura de São Luís”, ressaltou o titular da Semosp.

Para Washington Luís Santos, que há 10 anos tem um comércio na Avenida Odylo Costa Filho, no Parque Universitário, os serviços já eram esperados pelos clientes. “O acesso vai ser facilitado e não vai ter mais tanta poeira como tinha antes. Os clientes, que reclamavam demais, vão gostar da novidade. Os moradores também estavam esperando há muito tempo por esta obra”, disse o comerciante. “O prefeito Edivaldo está de parabéns. Entrava prefeito e saia prefeito e a gente não via serviço. Agora a gente consegue ver o trabalho não só aqui como em vários locais da cidade”, completou a moradora Marcélia Sousa.

O morador do Planalto Pingão, Ricardo Teles, comemora a chegada dos serviços. “Moro há 34 anos no Pingão e a gente vê a necessidade desse trabalho. Vai ser muito bom pra gente, que bom que está se realizando e a gente vê que o trabalho realmente vai ser feito”, afirmou o funcionário público.

VEJA AS FOTOS DA PAVIMENTAÇÃO CLICANDO AQUI…

Fotos: Maurício Alexandre

Ricardo Diniz promove Festival de Escolinha de Futebol

COMPARTILHE

O vereador Ricardo Diniz (PRTB) promove o Festival de Escolinha de Futebol. A proposta visa incentivar a prática do esporte na cidade, além de promover a participação de jovens das comunidades menos favorecidas da cidade.

O evento aconteceu pelas localidades da Nova República, na área do Distrito Industrial, realizado na terça-feira (12); Cidade Operária, onde ocorreu dia 18; e São Raimundo, na área Itaqui Bacanga, cujo torneio foi um dia depois (19).

Somam-se 16 times, distribuídos igualmente entre os dois gêneros. A semifinal foi disputada no sábado (24), enquanto a final aconteceu na semana seguinte (30).

“O objetivo principal é a inclusão social através do esporte, dando mais oportunidades a jovens de comunidades carentes da nossa cidade. Eu percebi de perto o companheirismo desses garotos e garotas, com seus treinadores, colegas e seus oponentes. A lição que fica: O esporte transforma e precisa ser mais incentivado em São Luís”, afirmou o vereador.

Por ASCOM/RD

VII Semana do Bebê Quilombola será aberta nesta segunda-feira (25)

COMPARTILHE

A Semana do Bebê Quilombola chega à sua sétima edição nesta segunda-feira (25), com o tema “Todos Pela Primeira Infância”. A abertura oficial acontecerá a partir das 8h, na Comunidade Quilombola Juraraitá, em Bequimão. A programação segue até o dia 30 de novembro e será desenvolvida simultaneamente nas onze comunidades quilombolas do município.

O evento é uma iniciativa da Prefeitura de Bequimão, para garantir os direitos das crianças de até seis anos nascidas nas comunidades remanescentes de quilombo. A primeira infância é uma fase determinante para o desenvolvimento da capacidade cognitiva e social de um indivíduo. É nessa etapa da vida que o cérebro absorve todas as informações de forma mais duradoura.

Ao longo de sete dias, serão desenvolvidas ações voltadas para a educação, esporte, saúde e cultura, com oficinas sobre contação de histórias, cuidados na primeira infância, diálogos sobre cultura, cinema nas comunidades, amamentação e alimentação na primeira infância, dicas de prevenção à gravidez e a acidentes na primeira infância, imunização, vacinação, atividades envolvendo crianças e adultos, torneio de futebol infantil, rodas de conversas e outras atividades com foco na preservação da cultura quilombola.

Ação
Inspirada na Semana do Bebê, realizada pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF), a Semana do Bebê Quilombola é um novo formato de atenção à primeira infância. A mobilização social foi instituída pelo prefeito Zé Martins, por meio da Lei nº 08/2013, considerando a identidade e as necessidades próprias das comunidades quilombolas.

Bequimão assinou o termo de adesão ao Selo Unicef, iniciativa que pretende incentivar os municípios da Amazônia Legal a implementar ações para garantir direitos e melhorar a qualidade de vida de crianças e adolescentes.

Comunidades alcançadas
Atualmente, Bequimão possui onze comunidades oficialmente reconhecidas pela Fundação Cultural Palmares como remanescentes de quilombos: Ramal de Quindiua, Santa Rita, Mafra, Ariquipá, Rio Grande, Sibéria, Marajá, Pericumã, Sassuí, Juraraitá e Conceição. Além destas, estão em processo de certificação mais oito comunidades: Pontal, Monte Alegre, Monte Palma, Frexal, Águas Belas, Santa Tereza, Boa Vista e Iriritíua. Hoje, cerca de 1500 famílias quilombolas residem na zona rural do município, que tem quase 70% de sua população formada por pessoas negras.

III Marcha Quilombola marca Dia da Consciência Negra em Bequimão

COMPARTILHE

Os bequimãoenses celebraram o Dia da Consciência Negra com uma grande marcha pelas principais ruas e avenidas da cidade, nesta quarta-feira (20). O ato foi promovido pelo Movimento Quilombola de Bequimão (MoqBeq) , com o apoio do prefeito Zé Martins, tendo como objetivo dar visibilidade à luta da população negra. O presidente do Fórum da Baixada Maranhense, João Martins, participou do ato.

A Marcha Quilombola iniciou no Bairro de Fátima e seguiu até a Praça da Matriz, no Centro, onde a programação foi encerrada com tambor de crioula, concurso de beleza afro e apresentação da cantora Regiane Araújo. A terceira edição da marcha teve como lema: “Quilombo, direito, soberania e liberdade: construindo o bem viver”.

Foram debatidos o processo de reconhecimento das comunidades quilombolas de Bequimão, os preparativos para a VII Semana do Bebê Quilombola e os impactos da expansão do Centro de Lançamento de Alcântara (CLA), prevista no Acordo de Salvaguardas Tecnológicas firmado entre Brasil e Estados Unidos.

“A Marcha Quilombola é um importante instrumento de luta, reivindicação, de resistência do povo quilombola de Bequimão. Assim como os atos realizados em várias cidades do país, nós também buscamos dar visibilidade às nossas pautas, tanto no âmbito local quanto nacional”, declarou Fábio Costa, membro da coordenação executiva do MoqBeq.

O secretário municipal de Cultura e Promoção da Igualdade Racial, Rodrigo Martins, ressaltou o compromisso da gestão Zé Martins com projetos e atividades que envolvem as comunidades remanescentes de quilombo do município.

“Só com o respeito às comunidades tradicionais podemos assegurar direitos do ponto de vista étnico e cultural, como determina a Lei. E é exatamente isso que estamos fazendo, seguindo a determinação do prefeito Zé Martins, que tem mobilizado toda a estrutura da administração municipal em prol das demandas das comunidades quilombolas do nosso município”, afirmou o secretário.

 

Ainda segundo Rodrigo, a assistência em Bequimão por parte do Poder Público Municipal, é integral e inclui desde a primeiríssima infância até a terceira idade das 11 comunidades quilombolas.

“Firmamos uma importante parceria com a Universidade Federal do Maranhão, ampliando a cobertura de saúde aos idosos quilombolas e utilizando pesquisas desenvolvidas aqui para melhorar a qualidade de vida do povo negro”, acrescentou.

A atenção da gestão Zé Martins ao processo de reconhecimento das comunidades quilombolas também foi pontuada durante a Marcha.

“Não temos dúvidas de que a certificação junto à Fundação Cultural Palmares vai contribuir com a nossa gestão e ajudar a construir um futuro digno para os quilombolas, livres da opressão e da desigualdade. Uma iniciativa que propiciará a implantação de uma série de projetos sociais, contribuindo significativamente com as famílias que vivem nas comunidades remanescentes de quilombo”, completou Rodrigo.

Também participaram da III Marcha Quilombola o vice-prefeito de Bequimão, Sidney Pereira; o presidente do Fórum em Defesa da Baixada Maranhense, João Martins; equipe JUVA; representantes do Sindicato dos Trabalhadores Rurais (STTR); Movimento Sem Terra (MST); estudantes; comunidades quilombolas; além dos secretários Sidney Bouéres (Saúde), Josmael Castro (Assistência Social) e Edmilson Pinheiro (Adjunto de Meio Ambiente).

Fotos: Reprodução

Prefeito Zé Martins vistoria obra de recuperação da Barragem do Félis, no Areal

COMPARTILHE

O prefeito de Bequimão, Zé Martins, vistoriou a obra de recuperação da Barragem do Félis, na região do Areal. Na visita, realizada no domingo (17), ele estava acompanhado do presidente do Fórum em Defesa da Baixada Maranhense, João Martins; do secretário municipal de Obras e Infraestrutura, Tonho Martins; do vereador Vadico do Areal; e do líder comunitário Joãozinho. A barragem tem mais de 3 km de extensão, com capacidade para garantir segurança hídrica às comunidades do entorno.

A construção de barragens, tapagens, canais e açudes permite que os produtores rurais possam fazer seus planejamentos e, assim, aproveitar a água que chega aos campos inundáveis no período das chuvas. Essa reserva assegura a disponibilidade de água durante todo o ano, resultando em fartura de peixes nativos e ambiente favorável à criação de patos.

Para a administração do prefeito Zé Martins, a recuperação das barragens tornou-se uma de suas prioridades, pela importância desse tipo de obra no sustento de centenas de famílias do município. “Com a água em abundância, os moradores dessas comunidades podem produzir, desfrutar das riquezas que vêm dos campos e, assim, conseguem ter segurança alimentar para toda a família e ainda vendem parte da produção”, destacou o prefeito.

O presidente do Fórum em Defesa da Baixada Maranhense, João Martins, considera que o trabalho realizado pelo prefeito Zé Martins mostra o compromisso da gestão com os produtores da região. “Isso que o prefeito Zé Martins está fazendo se encaixa no programa dos Diques da Baixada, que é uma luta do Fórum da Baixada, para a nossa região. Isso permite, durante o período de seca, que sejam feitas reservas de água, garantindo alimentos e criação de animais, o que resulta numa qualidade de vida melhor para quem mora nessas áreas”, enfatizou.

A vistoria da obra foi acompanhada pela Comissão Comunitária de Fiscalização, composta por lideranças dos povoados de Areal, Sibéria e Santa Tereza, bem como por representantes do Movimento Quilombola de Bequimão (MoqBeq).

Segurança hídrica

Além das barragens, o prefeito Zé Martins também já escavou canais de 200m x 2,5m nos povoados de Marajatiua, Buritirana, Baixo Escuro, Santa Flor, São João, Muricizal e Bem Costa. Esses canais são garantia de lâmina d’água perene, possibilitando a pesca artesanal e a criação de animais mesmo durante a estiagem.

Fotos: Reprodução

Oito comunidades de Alcântara serão beneficiadas com kits de irrigação

COMPARTILHE

O prefeito de Alcântara, Anderson Wilker, acompanhado do secretário municipal de Agricultura, Erinaldo Pereira (Tivico) e do vereador Ribinha, recebeu das mãos do secretário de estado de Igualdade Racial, Gerson Pinheiro, 08 kits de irrigação que serão entregues para os agricultores familiares das comunidades quilombolas de Itamatatiua, Oitiua, Pavão, Novo Belém, Baixa Grande, Mamuna, Marudá e Santa Maria. Cada kit de irrigação tem mil metros de extensão e vai beneficiar dezenas de familias.

Para o secretário de estado de Igualdade Racial, Gerson Pinheiro, os kits chegam para melhorar a vida de agricultores familiares de comunidades quilombolas do Maranhão. “A grande maioria dos agricultores familiares quilombolas do Maranhão ainda trabalham em roça de toco, o que dificulta uma produção agrícola maior. Nossa preocupação é essa, ajudar nossos agricultores a produzirem mais e com qualidade, através de equipamentos que podem mudar a vida de nossos quilombolas. Além da irrigação, o governo do Estado está levando orientações técnicas para produção e acompanhamento tecnológico através da Agerp. Vamos trabalhar a inclusão dos produtos no mercado local e externo através do Selo Quilombos do Maranhão, que dará mais credibilidade e mostrará a procedência da produção”, destacou Gerson Pinheiro.

O prefeito Anderson Wilker destacou a importância da parceria governo do Maranhão e Prefeitura de Alcântara em todos os seguimentos de sua gestão. “Mais uma vez a parceria governo do Estado e prefeitura de Alcântara tem dado resultado satisfatório para os moradores que mais precisam. A gente já tem vários projetos na área da agricultura familiar e com mais esses equipamentos vamos fortalecer ainda mais um trabalho muito bom iniciado pela equipe técnica da Secretaria Municipal de Agricultura. Temos uma Patrulha Mecanizada fazendo o trabalho de arado nos campos agrícolas nas comunidades e agora com esses kits de implementos vamos melhorar ainda mais a produção e fortalecer a agricultura familiar, melhorando ainda mais a vida de nossos quilombolas”, finalizou o prefeito Anderson.

Para o secretário municipal de Agricultura de alcântara, Erinaldo Pereira, os kits vão ampliar ainda mais a produção agrícola no município. “Esses kits vão chegar numa boa hora, já que a Prefeitura de Alcântara já vem implantando um projeto agrícola na comunidade Perú e agora vamos ampliar para outras comunidades quilombolas do município. Estamos vivendo um momento em que a agricultura familiar está cada vez mais forte em Alcântara, principalmente na gestão do prefeito Anderson Wilker, que tem investido forte na agricultura familiar e eu acredito que em 2020 a produção seja infinitamente maior”, disse Tivico.

O vereador Ribinha, morador do povoado Itamatatiua, uma das comunidades beneficiadas, destacou a importância da aquisição dos kits para os quilombos. “Esse kit de irrigação que será destinado para a comunidade quilombola de Itamatatiua vai melhorar ainda mais a vida de nossos agricultores familiares, contemplando aproximadamente 20 famílias de forma direta, através da agricultura mecanizada. Só quem tem a ganhar com essa aquisição é a Associação de Mulheres da comunidade”, disse o parlamentar.