casa » TRABALHO (página 3)

TRABALHO

No Dia da Liberdade de Imprensa, repórter da Mirante é expulso de Terminal na Cohab

COMPARTILHE

*Por João Ricardo*

Nesta terça-feira (03/05) “comemora-se” o Dia Mundial da Liberdade Imprensa. Em São Luís, aconteceu uma “homenagem” em um espaço público, administrado pela Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (SMTT), órgão vinculado à Prefeitura de São Luís.

O repórter da rádio Mirante AM, Danilo Quixaba, resolveu fazer uma enquete ao vivo para saber a opinião dos ludovicenses em relação ao bloqueio do WhatsApp por decisão da Justiça de Sergipe. Então, escolheu o Terminal de Integração da Cohab. Poderia escolher qualquer lugar, inclusive um terminal de integração justamente para aproveitar o grande fluxo de pessoas logo cedo.

E quando fazia a pergunta sobre o bloqueio do aplicativo, dois servidores do local, com aquela educação peculiar, resolveram expulsar o repórter. O detalhe é que ele pagou a passagem para ter acesso ao terminal e apenas entrevistava pessoas normalmente, sem causar nenhum tipo de tumulto (única explicação que deveria ter para uma atitude dessas).

Logo abaixo, o texto que o repórter divulgou em sua conta no Facebook relata com mais detalhes o episódio, justamente no Dia Mundial da Liberdade Imprensa. Mais uma ação da Prefeitura de São Luís que merece os “parabéns”.

ABAIXO, O TEXTO DE DANILO QUIXABA:

Hoje, fui cumprir minha rotina normal. Acordei 5h e fui rodar esta cidade atrás de situações e confusões. Tive uma ideia antes de chegar à unidade móvel. “Que tal fazer um fala povo com o pessoal sobre esse bloqueio do Whatsapp?”. Pagando minha passagem, entrei no Terminal de Integração da Cohab para cumprir minha rotineira atividade de cara de pau com esta pauta absolutamente neutra, que não traria pra mim problema algum. Me enganei. No ar, ao vivo, começo a indagar passageiros que mexiam avidamente em seus celulares, apenas pelo hábito. Na terceira entrevista rápida feita, dois brutamontes tentam me parar. Sem jeito, pergunto ao vivo ainda se havia acontecido algo. Da maneira mais indelicada possível ao vivo me dizem que não poderia de jeito nenhum gravar matérias por lá. E que, mesmo pagando minha passagem, um Terminal de Integração não seria um ambiente público e de livre circulação. Vale a pena repetir: tudo isso, ao vivo. Fui expulso de um lugar do qual paguei para entrar. Que, até onde sei, pertence ao poder PÚBLICO municipal. Depois, ainda fui seguido por um fiscal após ter saído pela catraca dos fundos. Mesmo fazendo uma matéria que não tinha teor de denúncia – por mais que o sistema de transportes mereça isto diariamente. Fora a grosseria, me surpreende o anacronismo absurdo da gestão pública com relação aos direitos mínimos da autonomia do cidadão, que vem, principalmente, de ordens burocráticas aleatórias e inexplicáveis das maiores instâncias. Enfim, prometi a mim que não levaria isto adiante para evitar qualquer tipo de exposição desnecessária, afinal, a vida de um repórter se faz de rejeições, de todos os gêneros. Porém, não poderia deixar de fazer este registro. Logo hoje, dia 3 de maio. Um solene DIA DA MUNDIAL DA LIBERDADE DE IMPRENSA. Grato pelo presente.

 SIGAJOÃORICARDO.COM

Prefeito Zé Martins autoriza pagamento dos salários do mês de abril

COMPARTILHE

O pagamento dos servidores efetivos e contratados da Prefeitura Municipal de Bequimão, referente ao mês de abril será realizado nesta terça-feira, dia 03 de maio.

O prefeito Zé Martins (PMDB) autorizou nesta segunda-feira (2) o depósito dos vencimentos referentes ao mês de abril. Mais uma vez os salários dos funcionários municipais serão pagos em dia, como já se tornou marca da administração de Zé Martins.

Com isso, a economia do município de Bequimão ganha novos ares e o comércio da cidade aumenta seu faturamento em tempos de crise.

Observação: Vale lembrar que no pagamento referente ao mês de abril é descontado a taxa de contribuição sindical, equivalente ao valor de um dia de trabalho. Esse desconto é realizado apenas uma vez por ano de acordo com os ARTIGOS 578 e 579 da CLT (Consolidação das Leis do Trabalho). VEJA AQUI

Prefeito Zé Martins divulga homenagem aos trabalhadores de Bequimão no Dia do Trabalho

COMPARTILHE

“Meu Pai trabalha sempre, e eu também trabalho” (Jo 5,17). Quero neste dia, que comemoramos o dia dos trabalhadores, manifestar nossa solidariedade aos homens e mulheres, do campo e da cidade, particularmente as mulheres que, pelo seu trabalho vem construindo suas próprias vidas e suas famílias. Que possamos fazer muito mais para que não tenhamos retrocesso. Que Deus proteja todos os trabalhadores e trabalhadoras, em especial aos do nosso município, Bequimão. (Prefeito Zé Martins).

TRAB

Texto: Donária Rodrigues

Depois de Ricardo Santos, Linhares e Robert Lobato, JP censura o Jornalista Raimundo Garrone.

COMPARTILHE

Como já é de costumes no Jornal Pequeno (JP), jornalistas serem censurados por causa de opiniões contrárias a políticos do Maranhão, agora a vítima foi o veterano Raimundo Garrone que depois de oito anos escrevendo no Online do JP teve que se despedir da página do Zé Pequeno. Uma afronta à liberdade de imprensa.

Antes do Jornalista Garrone, outros profissionais foram vítima da mesma façanha. Ricardo Santos, Linhares e Robert Lobato já foram vitimas do JP, por ter perfis diferentes de uma balela chamada linha editorial do Jornal que já nasceu pequeno até no nome.

Em seu último Post publicado em forma de despedida, Garrone quis amenizar a situação, mas foi rebatido pelo JP em sua edição impressa no dia seguinte. Uma falta de respeito com o profissional que tem história no jornalismo maranhense.

E como todo mundo sabe, a perseguição do JP ao Jornalista Raimundo Garrone aconteceu após um texto crítico sobre o deputado federal Zé Reinado Tavares (PSB), que pela opinião de Garrone e da população do Maranhão traiu a confiança do governador Flávio Dino (PCdoB) ao votar à favor do Impeachment da presidente Dilma (PT). De acordo com pessoas que trabalham na redação do JP, o texto foi publicado duas vezes por Garrone, mas foi excluído pela cúpula do JP que pouco respeitou a opinião do veterano Jornalista.

ABAIXO O TEXTO COMPLETO DE DESPEDIDA DE GARRONE DO JP:

Depois de 8 anos com o blog hospedado no portal do Jornal do Pequeno, resolvi criar uma página independente de qualquer empresa jornalística.

Iniciei no jornalismo em 1985, passei por vários jornais no Maranhão e fiz correspondências para O Globo e a agência Reuters, sempre respeitando as particularidades de cada veículo, ciente de que a atividade jornalística obedece aos interesses dos donos, que disfarçadamente chamamos de linha editorial.

Ressalto que no JP esse limite foi muito mais amplo do que em O Imparcial, O Estado do Maranhão, O Debate, e O Globo, jornais que trabalhei.

Com o advento das redes sociais não vejo mais sentido em continuar dependente das empresas de comunicação para exercer o meu trabalho.

Por mais liberdade que elas possam permitir, sempre haverá um limite determinado por seus interesses econômicos e políticos, o que não condeno; mas as vezes não coincidem com os nossos e provocam conflitos, comuns entre o jornalista e a empresa que trabalha.

A internet nos permite demarcar nosso trabalho e nossa liberdade de acordo com nossos próprios interesses e consciência e não pelos de terceiros.

O mais importante é nos conceder o livre-arbítrio, direito de tomarmos decisões, pensar e escrever por conta própria

Agradeço o apoio da família Bogéa, em especial a Lourival Bogéa.

Deixo o JP, não rompo com o JP.

A partir da outra semana estarei com um novo blog no ar no endereço: www.blogdogarrone.com.br

O Portal www.joaofilho.com, deseja sorte ao Garrone, porque competência ele tem de sobras e muita experiência no jornalismo nacional. Apesar de ter sido ético ao tentar amenizar a situação, mas foi desrespeitado pelo JP. A pergunta que fica é: Será que Zé Reinaldo Tavares pediu a “Demi$$ão” do jornalista?

 

 

Prefeitura de Bequimão participa da entrega de kits para criação de sururu de estacas em Paricatiua

COMPARTILHE

Com o apoio da Prefeitura Municipal de Bequimão, representada pelo secretário de Administração, Transporte e Infraestrutura, José Orlando Ferreira, foram entregues, nesta terça feira (19), os kits do projeto Módulo Experimental de Cultivo de Sururu em Estacas, que será desenvolvido na comunidade de Paricatíua.

O projeto é coordenado pela bióloga Isabela Neiva Moreira, que é mestre em Biodiversidade e Conservação, e visa a promover pesquisas para o desenvolvimento desse tipo de atividade no Maranhão. Como forma de experimento, foi escolhido o Rio Itapetininga, inicialmente no Paricatíua. Duas turmas de capacitação em Cultivo de Moluscos, envolvendo 30 pessoas, em cada, já foram realizadas.

Os treinamentos foram feitos pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (SENAR). A partir daí, foram escolhidas 10 famílias para aprender toda a metodologia de cultivo, com acompanhamento de pesquisadores da Universidade Estadual do Maranhão (UEMA) e Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (IFMA) – Campus Maracanã.

Os kits entregues foram doados pelo Governo do Estado, por meio da SAGRIMA, representada no ato pelo secretário adjunto Fortunato Macedo. Os pescadores receberam chapéus com protetor de nuca, botas, luvas, redes para cultivo, caixas de isopor, caixas de monobloco, cordas e canos.

Também participaram da entrega o deputado estadual Zé Inácio (PT), além de lideranças da comunidade e incentivadores do cultivo, como o presidente do Sindicato dos Pescadores de Bequimão (SINDPESCA), Odoriel de Paricatíua.

DO TRIBUNA DE BEQUIMÃO

 

Nova Praça da Matriz deve ser inaugurada no mês de aniversário de Bequimão

COMPARTILHE

Os serviços para construção da Praça da Matriz, em Bequimão, estão a todo vapor. Antigo sonho da população bequimãoense, a reforma da praça começou a se tornar realidade em 2015, na administração do prefeito Zé Martins. O local, que estava em condições precárias, passou a se transformar em um espaço público que vai ficar bonito e adequado para passeios, lazer e promoção de eventos.

A reforma da praça onde fica a Igreja Matriz da Paróquia Santo Antônio e Almas é uma das obras que demonstram o compromisso do prefeito Zé Martins em tornar Bequimão um município melhor para viver. Em termos de infraestrutura urbana, destaca-se, ainda, o asfaltamento de ruas do Centro, da Cidade Nova e do Ferro de Engomar.

Também é exemplar o trabalho permanente de iluminação pública. Quem não lembra como era a situação das ruas de Bequimão à noite? A escuridão deu lugar a vias bem iluminadas, inclusive com implantação de novos postes nos canteiros centrais das avenidas Bandeirantes, Vivaldo Lemos (antiga Santos Dumont) e em frente à Unidade Escolar Manuel Beckman.

“Desde o primeiro momento da nossa administração, estou buscando recursos que viabilizem as obras tão necessárias ao desenvolvimento de Bequimão. Conseguimos muitos avanços. A construção de uma nova Praça da Matriz é uma dessas conquistas que me alegra muito”, afirmou o prefeito Zé Martins.

A obra está orçada em R$ 432 mil, com recursos do Governo Federal, por meio da Caixa Econômica Federal. A expectativa é inaugurar a Praça da Matriz no mês do aniversário do município, em junho.

FOTO: Rodrigo Martins

TRIBUNA DE BEQUIMÃO

Audiência pública discute saneamento básico em Bequimão

COMPARTILHE

A Igreja Católica em Bequimão promoveu, na quarta-feira (13), uma audiência pública para discutir saneamento básico no município. A ação faz parte da Campanha da Fraternidade Ecumênica 2016, que tem como tema “Casa Comum, Nossa Responsabilidade” e o lema Quero ver o direito brotar como fonte e correr a justiça qual riacho que não seca”. Gestores municipais, líderes religiosos, membros do Fórum Municipal de Cidadania e a comunidade em geral participaram da audiência.

O prefeito Zé Martins, durante a audiência pública, destacou obras e ações realizadas em sua gestão visando à melhoria do saneamento básico e, consequentemente, da qualidade de vida dos bequimãoenses. “Avançamos nos serviços de saúde básica e também no abastecimento de água em grande parte da zona rural”, enfatizou o prefeito.

No final de 2015, a Prefeitura de Bequimão firmou dois convênios com a Fundação Nacional de Saúde (Funasa) para a construção de melhorias sanitárias domiciliares. Mas, pelo contingenciamento dos recursos federais, ainda não foi feito o repasse da verba ao município.

Outro ponto ressaltado pelo prefeito foram as discussões no Consórcio Conguarás sobre estudos para construção de aterros sanitários que possam beneficiar os municípios consorciados no litoral norte do Maranhão. Esses aterros diminuiriam os impactos ambientais com a destinação adequada dos resíduos sólidos. Atualmente, Bequimão conta com de agentes de limpeza pública, dois veículos (caçamba e um caminhão) que coletam os resíduos de forma escalonada, atendendo toda a zona urbana do município.

PLANO MUNICIPAL DE SANEAMENTO BÁSICO

O prefeito Zé Martins comentou a parceria de cooperação técnica entre a Prefeitura de Bequimão, a FUNASA e a Universidade Federal Fluminense (UFF) para a elaboração do Plano Municipal de Saneamento Básico (PMSB) e de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos, que prevê o estudo de alternativas e soluções específicas para o município. “Nesse plano, serão estabelecidas metas de investimentos necessários para acessibilidade e universalização dos serviços sanitários, como instrumento de desenvolvimento sustentável e inclusão social”, apontou o prefeito.

ZEE2ZEE1

Para a secretária municipal de Meio Ambiente e Turismo, Keila Soares, o PMSB será um marco no planejamento do município para tratar de questões como o abastecimento de água potável, o esgoto sanitário, a limpeza urbana, o manejo de resíduos sólidos, o controle de meios transmissores de doenças e a drenagem de águas pluviais. “São medidas necessárias para que todas as pessoas possam ter saúde e vida digna”, afirmou.

Keila pediu a colaboração da comunidade com as equipes de limpeza e coleta armazenando adequadamente o lixo doméstico e comercial, principalmente para que não joguem os resíduos na via pública após a passagem dos veículos de coleta de lixo. Ela ainda convocou a população para participar da II Conferência Municipal das Cidades, marcada para o dia no dia 07 de maio.

PARTICIPAÇÃO POPULAR

O padre Domingos e o diácono Carlos Rezende, da Paróquia Santo Antônio e Almas, em Bequimão, ressaltaram a importância de a população bequimãoense se engajar nessas discussões. Segundo os religiosos, todos são importantes na construção de uma cidade melhor, devendo ter em mente que a justiça ambiental é parte integrante da justiça social.

Participaram da audiência pública os secretários municipais Ademar Costa (Indústria e Comércio), Dinha Pinheiro (Cultura e Promoção da Igualdade Racial), Cassiano Pereira (Segurança), Kell Pereira (Esporte e Juventude) e Tonho Martins (Obras), a vereadora Preta, o presidente do Sindicato das Trabalhadoras e Trabalhadores Rurais (STTR), Agnaldo Macedo Rodrigues, e os agentes de desenvolvimento Rodrigo Martins e Edmilson Pinheiro.

Fotos: Rodrigo Martins

 

Rádio Capital AM permanece com a energia elétrica cortada por falta de pagamento

COMPARTILHE

Mal amanheceu nesta quinta feira (14) a equipe da Cemar chegou ao Marcus Center e desceu o alicate na corrente elétrica da Rádio Capital AM 1.180 KHZ.  Os ouvintes da Rádio Capital acordaram sem poder escutar as palavras dos locutores André Martins ou Ivison Lima, tudo porque o senador Roberto Rocha dono da emissora não pagou a conta de luz cobrada pela Cemar. E isso não é a primeira vez.

E como todo mundo sabe depois de três contas vencidas a prestadora de energia do Maranhão faz o corte, inclusive a empresa manda um aviso antes. Só que a situação está incontrolável há muito tempo. Já foram inúmeras vezes que os ouvinte ficaram sem o som da Rádio, que tem como Slogan: A Informação além Notícia.

O pior é que a situação não é inédita, somente neste ano, esta já é a segunda vez que a Rádio Capital sai do ar por falta de energia. Alguns arrendatários de programas estão indignados com a situação já que eles perdem dinheiro e afastam patrocinadores. Até os funcionários da emissora estão urrando sem grana há quase três meses, mas ainda há quem defenda o patrão, como o áudio abaixo vai mostrar.

O senador Roberto Rocha que vende uma imagem de político conectado, preparado, com ideias novas não tem conseguido administrar uma rádio, imagina um Estado como é o seu desejo. Taxado como mal pagador Roberto Rocha pode aparecer no Guinness Book (O livro dos recordes).

Até o início da noite desta quinta feira (14) o sinal da Rádio ainda não tinha sido restabelecido, imagina-se que a conta ainda não foi paga e assim os ouvintes mais uma vez ficam prejudicados. Pior para os empresários que compraram espaços para anúncios e não vã ter suas marcas publicizadas.

DO BLOG DO MARRAPA (Com Edição)

MEI pode usar casa como sede do negócio

COMPARTILHE

Brasília – O Microempreendedor Individual (MEI), figura jurídica que pode faturar até R$ 60 mil por ano, poderá utilizar sua residência como endereço comercial. O Senado aprovou, por unanimidade, o Projeto de Lei da Câmara dos Deputados (PLC 167/2015) que concede esse novo direito ao MEI, desde que ele não exerça atividade que exija local específico. O projeto já foi publicado no Diário Oficial do Senado e vai direto para sanção.

A aprovação reforça a atualização da Lei Geral da Micro e Pequena Empresa (artigo 7, parágrafo único da LC 147/2014) que já previa a possibilidade dos estados e municípios de identificarem como pessoa jurídica o endereço residencial utilizado para a atividade comercial do MEI.

“A combinação dos dois dispositivos legais cria um biombo protetor contra a sanha arrecadadora de agentes públicos e privados”, afirma o presidente do Sebrae, Guilherme Afif Domingos.

De acordo com Afif, essa aprovação vem em um momento em que o Brasil precisa investir no empreendedorismo. Ele destaca que o aumento do desemprego tem promovido um incremento no número de pessoas que têm procurado montar o seu próprio negócio. “Quanto mais facilidades e menos burocracia para se formalizar, melhor para o empreendedor, para a economia e para o Brasil”.

Apenas nos três primeiros meses de ano, cerca de 260 mil pessoas se formalizaram como MEI. Desde que essa figura jurídica foi criada, em julho de 2009, já são aproximadamente 6 milhões de empresários. Ao se tornar MEI, a pessoa ganha cidadania empresarial com o Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ) e, com isso, pode emitir nota fiscal, participar de licitações públicas, tem acesso mais fácil a empréstimos e se torna um segurado da Previdência Social.

Mais informações:
Assessoria de Imprensa Sebrae
(61) 3243-7851
(61) 3243-7852
(61) 2104-2770
imprensa@sebrae.com.br

 

Esta matéria foi excluída por ordem Judicial

COMPARTILHE

PROCESSO400-07.2016.8.10.0064 (4032016)

Responsive WordPress Theme Freetheme wordpress magazine responsive freetheme wordpress news responsive freeWORDPRESS PLUGIN PREMIUM FREEDownload theme free