casa » POLÍTICA (página 92)

POLÍTICA

Quem será o Vice ou o Senador?

COMPARTILHE

Reprodução do Blog do Kenard

O quarteto Fantastico

O quinteto Fantástico da oposição

Ontem (22) houve novo encontro da oposição em Imperatriz e o ex-prefeito de São Luís João Castelo (PSDB) compareceu e se apresentou como candidato ao Senado Federal. Até ontem (22) Roberto Rocha (PSB) atual vice-prefeito de São Luís, era dado como o único candidato ao Senado na coligação de Flávio Dino (PCdoB) pré-candidato ao governo do Estado.

Já hoje, segundo fontes fidedignas dentro do PSDB, a história é outra e todos os presidentes de partidos da coligação de Dino se reuniram para debaterem sobre o último capitulo da novela “Quem será o Vice ou o Senador”. De acordo com as informações repassadas, ficou acertado que o PSDB não pode abocanhar tudo, ou seja, indicar o vice de Flávio Dino e ainda ter a vaga ao Senado.

Acontece que o deputado federal Carlos Brandão (PSDB) estava com a garantia de ser o vice. Mas primeiro, há uma novidade: Roberto Rocha já admite ser vice de Dino e deixar a vaga ao Senado para João Castelo. O certo mesmo, é que essa “Novela” vai ter alguns capítulos. E como ficaria Carlos Brandão? Tentaria a reeleição de deputado federal?

A solução provável seria: Carlos Brandão não tentaria a reeleição, para não prejudicar o acordo com o PPS, que tem como pré-candidata Eliziane Gama na disputa pela vaga na Câmara dos Deputados e seria uma grande pedra no sapato de José Reinaldo Tavares (PSB), que também herdará prefeitos de Brandão.

A solução correta seria esta: Brandão se candidataria a deputado estadual com a promessa de vir a ser o presidente da Assembleia do Maranhão. Bom, falta agora o PSDB se reunir para decidir se quer a vaga de vice ou uma cadeira no Senado.

 

Vereadores aprovam construção de maternidade na Cidade Operária

COMPARTILHE
Pe Manoel Oliveira e Ivaldo Rodrigues

Pe Manoel Oliveira e Ivaldo Rodrigues

A Câmara de Vereadores aprovou em redação final na manhã desta quarta-feira (21), o Projeto de Lei Nº 033/2014 de autoria do Executivo Municipal, que autoriza a desafetação da área verde na Cidade Operária, onde será construída a primeira maternidade pública de grande porte de São Luís. O terreno possui 16 mil metros quadrados e está localizado no bairro Cidade Operário. No restante da área, ainda serão construídas uma praça e uma igreja católica.

Todos os parlamentares presentes na sessão elogiaram o projeto de construção da maternidade. O vereador Ivaldo Rodrigues foi o primeiro a parabenizar a mediação construída pelo vereador Roberto Rocha Júnior entre a Câmara Municipal e a comunidade. “O vereador Roberto Júnior tem se esforçado muito para que este projeto seja efetivado. Portanto, quero reafirmar o meu apoio, pois São Luís necessita de equipamentos sociais que possam garantir os direitos dos cidadãos que muitas vezes são esquecidos pelas políticas públicas”, enfatizou Ivaldo Rodrigues.

O vereador Roberto Rocha Júnior (PSB), maior defensor do projeto na Câmara, foi quem protocolou requerimento pedindo urgência na votação. Em seu pronunciamento ele destacou o comprometimento que a Câmara Municipal vem tendo com as questões sociais do município, e agradeceu o empenho de todos que lutaram para que esse objetivo fosse alcançado. “A aprovação deste projeto hoje, só vem nos assegurar de que estamos no caminho certo, pois todos estão cumprindo a obrigação e a responsabilidade que nos foi dada por meio de nossos mandatos, que é a de zelar pelos interesses da população. Essa luta não foi só minha, foi uma luta desta casa, dos secretários Diogo Lima, Antônio Araújo, da vereadora Helena Duailibe e do prefeito Edivaldo Holanda Júnior, que também foi ao bairro Cidade Operária observar o terreno e ouvir os anseios da população”, disse Roberto Rocha Júnior que aproveitou também apara agradecer todas as lideranças católicas e o Conselho Comunitário da Cidade Operária e Adjacências.

COMUNIDADE – Vários representantes de igrejas, associações e conselhos comunitários da Cidade Operária e bairros circunvizinhos acompanharam a sessão para demonstrar apoio à aprovação do projeto. Entre eles, o Padre Manuel Oliveira, pároco da igreja católica da Cidade Operária Mãe da Divina Providência, disse que é muito gratificante ver que todos os vereadores compreenderam a importância que essa maternidade fará na vida de todas as pessoas, sobretudo, das que residem naquela região. “Estamos todos muito felizes com essa conquista, pois esta é uma obra inovadora, que vai beneficiar muitas mulheres que poderão ter seus filhos com mais dignidade. Toda a comunidade católica do bairro Cidade Operária também está em festa, visto que esta obra também contemplará a construção da sede da nossa igreja”, disse o Padre. O projeto agora segue para a sanção do prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PTC), para que as obras possam ser iniciadas.

 

Cartão Amigo da Cidade será discutido na Câmara

COMPARTILHE
Ivaldo Rodrigues, Pavão e Alencar

Ivaldo Rodrigues, Pavão e Alencar

Na próxima terça-feira, (27), às 14h30, a Câmara Municipal de São Luís estará promovendo um debate sobre o “Cartão Amigo da Cidade”, por iniciativa da vereadora Rose Sales (PCdoB), com objetivo de fazer uma ampla discussão sobre  a situação das comunidades das áreas de risco. “Nós estaremos com a proposta de fazer um grande pacto dos amigos da cidade, envolvendo os segmentos políticos, empresariais e toda a sociedade chamando a todos para a responsabilidade com este caos que está afligindo as famílias que se encontram nas áreas de risco, decorrente das fortes chuvas neste período e já há algum tempo”, afirma a vereadora.

A proposta para o debate sobre o “Cartão Amigo da Cidade” surgiu a partir da Audiência pública na primeira quinzena deste mês solicitada por Rose Sales para abordar a situação, onde foi deliberada a criação de mecanismo de amplo envolvimento social com a problemática das áreas de risco.

Também ficou estabelecido como encaminhamento: Grupo de trabalho pela superação das áreas de risco envolvendo os governos municipal, estadual e federal, organismos não-governamentais e o setor privado. Ainda foi colocado como encaminhamento municipalizar as leis federais com destaque à interdição das áreas de risco; requerer que o governo do Estado assuma parte do aluguel social; focar os recursos e ações dos parceiros nas áreas de alagamento e deslizamento; aumentar o efetivo da Defesa Civil em parceria com outros órgãos e instituições e ativar o Conselho Municipal da Defesa Civil.

POLÍTICA DE SAÚDE – Com objetivo de discutir Política de Saúde do Município de São Luís: Desafios e avanços, a vereadora Rose Sales realizou esta semana um painel tendo como finalidade expor a atual situação da saúde pública municipal, suas problemáticas e ações efetivas para melhorias do sistema, buscando garantir uma prestação de serviço mais eficaz e de maior qualidade ao povo que se encontra vulnerável a uma política de saúde com sérias debilidades. Construíram esse painel: Dra. Helena Dualibe – Secretária Municipal de Saúde; Virgínia Bezerra Barbosa,  diretora do Hospital da Criança; Ademar Bandeira,  diretor do Socorrão I e II,  Marcelo Rosa, Vice-presidente do Conselho Municipal de Saúde; Lindomar Gomes da Silva, o Presidente da Associação dos Servidores do Samu; representantes dos profissionais de saúde, movimentos sociais e comunidade em geral.

“Na oportunidade socializei os encaminhamentos que meu mandato provocou com representação que fiz ao MP – Ministério Público Estadual (MPE), que após várias audiências públicas da saúde no MP assinamos no dia 13 de maio deste ano um TAC (Termo de Ajustamento de Conduta) em favor da garantia da política da saúde à população, sendo estabelecido compromisso pelo município no que tange: à valorização dos profissionais da saúde; regulamentação de carga horária; reforma das unidades de saúde, no prazo de 01(um) ano; garantia de medicamentos, insumos, materiais médico-hospitalares, no prazo de 120 dias; regularização do funcionamento dos CAPS AD” – enfatizou Rose Sales.

Ela disse também que  “destaquei ainda, as ações de fiscalização no: Posto do Anil; Posto do São Bernardo; Posto Comunitário do João de Deus; Posto do Tibiri e CTA do Anil que tenho feito nas unidades de saúde, contando com o apoio da SEMUS. No ato fiz interlocução de vários questionamentos efetuados por instituições e sociedade civil, e questionamentos próprios sobre segmentos, e especialidades que não são devidamente assistidos”.

Rose Sales complementou, dizendo que, este momento, também representa um desdobramento de uma audiência pública de nossa autoria, realizada em dezembro de 2013, focando a política de saúde. E este painel é um espaço que estamos disponibilizando à “Semus”, para que apresente os avanços e desafios no Sistema de Saúde de São Luís.

A secretária municipal de saúde, Helena Duailibe expôs com publicidade e transparência as dificuldades, melhorias e avanços na pasta da saúde, correspondendo ao objetivo de nossa solicitação. Sendo efetuados encaminhamentos importantes.

Quero registrar a importância do rigor e a competência que teve o MP, especificamente a Promotoria da Saúde, em todo esse processo que construímos até fecharmos o TAC da Saúde chamando à responsabilidade o município de São Luís, propondo e contribuindo com a construção dessa política municipal com base no asseguramento do direito fundamental à população.

“Não estou vindo aqui, hoje, para cumprir a lei”, disse a secretária, referindo-se à Lei Complementar nº 141/2012, que determina que o gestor do SUS apresente, até o final de maio, em audiência pública na Casa Legislativa, o relatório detalhado das despesas com saúde, alusivo ao primeiro quadrimestre do ano.

“Na verdade, meu maior sentimento, nessa manhã, é fazer com que nós nos empenhemos cada vez mais para melhorar, acertar, fazer com que aquele comunitário que nos procura, tenha, realmente, seu atendimento garantido, de forma organizada e com qualidade”, complementou a gestora da Semus.

“Os governos Federal e Estadual, tem sido nossos grandes parceiros. Sem essas duas instituições, nós não conseguiríamos fazermos absolutamente nada. Os ganhos que obtivemos, até agora, resultaram do apoio que tivemos do governo federal, governo estadual e, também, da sociedade civil”, observou Helena Duailibe.

Ivaldo Rodrigues participa de coletiva com o prefeito de São Luís

COMPARTILHE
Ivaldo Rodrigues com Edivaldo Holanda Jr

Ivaldo Rodrigues com Edivaldo Holanda Jr

O vereador Ivaldo Rodrigues (PDT) esteve hoje (21) com o prefeito Edivaldo Holanda Junior (PTC) em coletiva de imprensa, onde o gestor do município explicou que com o apoio de vereadores vai buscar parcerias institucionais com a presidenta Dilma Rousseff (PT) e a governadora Roseana Sarney (PMDB) para potencializar as ações na melhoria da área de infraestrutura, diante dos problemas causados pelos alagamentos ocorridos nas últimas semanas na cidade.

 A iniciativa foi anunciada durante pronunciamento à imprensa nesta quarta-feira (21), na sede da Prefeitura de São Luís, acompanhado pelo secretariado municipal, pelo vereador Ivaldo Rodrigues e demais vereadores da base, além de deputados estaduais.

Este é o momento que a nossa cidade precisa da solidariedade de todos”, enfatizou o prefeito Edivaldo após relatar o conjunto de ações do Programa Avança São Luís e o enorme esforço para enfrentar e vencer as dificuldades de ordem financeira que atinge essa administração municipal.

No pronunciamento, o prefeito detalhou as medidas adotadas, em caráter emergencial, para enfrentar os problemas ocasionados pelas chuvas desde o início do mês. Segundo o Núcleo de Meteorologia da Universidade Estadual do Maranhão (UEMA), em dois dias choveu em São Luís o volume esperado para o mês de maio inteiro. Não é todo dia que chove essa quantidade aqui em São Luís.

Ivaldo é aplaudido de pé na Câmara.

COMPARTILHE
Ivaldo Rodrigues na Tribuna da Câmara

Ivaldo Rodrigues na Tribuna da Câmara

O vereador e pré-candidato a deputado estadual, Ivaldo Rodrigues (PDT) foi aplaudido de Pé pelo grande número de pessoas que estavam presente na galeria da Câmara Municipal de São Luís. O motivo dos aplausos foi simples. Ivaldo foi o primeiro vereador adentrar no plenário da Câmara hoje (21) pela Manhã. Os representantes do bairro da Cidade Operária, que lotaram a galeria, aplaudiram o gesto do Vereador de chegar cedo ao trabalho, como faz constantemente.

O carinho do da Cidade Operária aumentou ainda mais, quando Ivaldo Rodrigues que é presidente da Comissão Urbanismo da Câmara Municipal, votou em favor da criação de uma Maternidade, Praça e Matriz que será construída naquele bairro. O projeto de lei é do prefeito Edivaldo Holanda Jr e que vai beneficiar toda região da Cidade Operária.

Em seu Discurso na Tribuna da Câmara, Ivaldo agradeceu o carinho do povo da Cidade Operária e disse que por ser um ex-seminarista e católico ferrenho, a população tem que se unir e buscar seus objetivos, independentemente de religião. A população pode contar com este humilde vereador para o que der e vier. Estarei sempre à disposição do povo, sem distinção de bairro, cidade ou região – disse Ivaldo Rodrigues.

Além disso, Ivaldo ainda teve o requerimento de Nº 221/14 aprovado por unanimidade na Câmara. Também foi encaminhado á Comissão de Justiça e Urbanismo da Casa, o projeto de lei Nº 008/14 de autoria do vereador Ivaldo Rodrigues (PDT) uma homenagem a menina Ana Clara, morta no atentado ao coletivo em janeiro, que segundo o projeto, terá seu nome como homenagem no Parquinho da Litorânea.

Ivaldo Rodrigues participa de evento em Chapadinha

COMPARTILHE
Ivaldo Rodrigues & Nonato Baleco

Ivaldo Rodrigues & Nonato Baleco em Chapadinha

O vereador e pré-candidato a deputado estadual, Ivaldo Rodrigues (PDT), participou hoje (17) de um evento denominado “1° encontro de partidos da oposição” realizado na Câmara Municipal de Chapadinha, na região do baixo Parnaíba. O evento contou com dezenas de lideranças dos municípios da região, e Ivaldo Rodrigues foi o único representante do Partido Democrático Trabalhista (PDT) de São Luís.

Além da presença do vereador Ivaldo Rodrigues; estiveram no evento, Ednaldo Neves que representou o pré-candidato ao governo do Maranhão, Flávio Dino, Dr. Levi Pontes, o presidente da Câmara de vereadores de Chapadinha, Vereador Nonato Baleco, Fernanda Moraes (PCdoB) de Afonso Cunha, Padre Fábio Rondon, entre outras lideranças da região. 

Entre os dirigentes partidários locais que marcaram presença no evento, e fizeram parte da mesa, estavam: O presidente do PC do B (Gilney Baggio), a vereadora Missicley Araújo representando o PR, Louro do Mundô em nome do PP, Irmão Gomes representando o PSB e Zé Baleco se pronunciou em nome do PDT. A imprensa local fez a cobertura total, o Interligado e o Blog do Alexandre.

Tendo em pauta a organização da campanha de Flávio Dino em Chapadinha, seis partidos marcaram presença no encontro, entre eles; o PC do B, PDT, SDD, PSB, PR e PP. “O Maranhão está se unindo em prol do estado, é o povo quem quer e por isso coloquei meu nome ao cargo de deputado estadual e quero ajudar esse povo que tanto precisa e sofre há quase cinquenta anos. Tomaram o governo das mãos do Dr. Jackson Lago na marra, mas agora temos a oportunidade de devolver o Maranhão ao povo – disse Ivaldo Rodrigues”. Veja o vídeo do discurso de Ivaldo Rodrigues, na cidade de Chapadinha. Para ver o vídeo, você precisa está conectado ao facebook.

Cidade do Maranhão está totalmente abandonada

COMPARTILHE

CASA 1

A cidade de Fortaleza dos Nogueiras, à 93 km de Balsas, no sul do Maranhão, distante 631 km da capital maranhense, vive um verdadeiro pesadelo com as obras inacabadas. Fundada em dezembro de 1961, o município hoje conta com uma população de pouco mais de 12 mil habitantes. O prefeito do município, conhecido como Nogueira (PR) que foi eleito com 3.800, cerca de 48,73% do votos válidos, vem faltando com respeito aos eleitores do município, principalmente aqueles que o elegeram.

Considerada uma cidade rica, Fortaleza dos Nogueiras está totalmente abandonada, desde a ultima administração, quando foram iniciadas várias obras no município, que continuam jogadas ao tempo. O Farol da Educação que deveria está funcionando como uma biblioteca e fortalecendo os estudantes do município, está servindo de moradia para morcegos. Com um povo trabalhador, religioso e sofrido, Fortaleza tem belezas naturais como cachoeiras e turismo religioso. 

Conhecida como a terra das fazendas, plantação de milho, soja e arroz, hoje impera uma verdadeira pobreza nos quatro cantos da cidade. Além do patrimônio público está sendo depredado pelo próprio prefeito, o povo ainda mora em casas de taipa e pau-a-pique. É uma verdadeira pobreza a céu aberto e olho nu. Mas isso o prefeito Nogueira não consegue enxergar. São ruas intrafegáveis, escolas abandonadas, creches inacabadas, praças no meio do mato e pessoas em condições de calamidade pública.

Veja neste Vídeo, que mostra a situação de Fortaleza dos Nogueiras e dê sua opinião. A matéria é triste e ao mesmo tempo revoltante. Agora veja abaixo estas imagens da cidade. Cadê o prefeito?

CASA2CASA3CASA4Casa5

Contratos duvidosos da prefeitura de Santa Helena deixou população revoltada

COMPARTILHE
Dr. Lobato e sua farsa

Dr. Lobato e sua farsa em Santa Helena

Depois das publicações no Diário Oficial, onde estão estampados os valores altíssimos para reformas de creches e postos de saúde, a população helenense resolveu denunciar uma verdadeira formação de quadrilha no município. Extratos de contratos publicados no Diário Oficial no dia 14 de Janeiro deste ano (Veja aqui) dão conta de que mais de 200 mil reais foram destinados a reforma de postos de saúde de Santa Helena. Um verdadeiro superfaturamento explícito.  Assim como as creches, os postos de saúde do município foram apenas pintados nas cores da administração do prefeito Lobato somente para mostrar em propagandas da prefeitura de Santa Helena.

A empresa D. de J Sampaio-ME recebeu quase meio milhão de reais para fazer reformas, que se fossem inspecionadas, não seria gasto nem 20% do valor pago. Moradores denunciam que o prefeito Lobato está usando esses contratos para desviar dinheiro. No contrato, o responsável pela empresa é o coordenador de sua campanha política em 2012, Daniel Sampaio, que também já foi sub-secretário de esporte no município. Segundo informações, a empresa de engenharia de Daniel Sampaio existe apenas no papel e sequer tem um engenheiro ou ferramentas para a execução de obras desse porte. Na verdade, as obras são executadas por funcionários já contratados que usam ferramentas, máquinas e veículos da própria prefeitura.

EXT1EXT2

Moradores denunciam que essa é uma forma que o prefeito encontrou de retribuir o empenho de muitos coordenadores de sua campanha. Daniel Sampaio seria apenas um dos que já foram beneficiados com contratos milionários. Seria uma atitude nobre se não fosse uma prática criminosa. Embora os contratos sejam altos e até pareça que Lobato esteja ajudando alguém, dizem que o prefeito fica com 80% dos ganhos. Os donos das empresas usadas para estes atos criminosos são obrigados a aceitar por que a lei em Santa Helena é “ruim com esse, pior sem esse”.

São muitas as denúncias de desvio de dinheiro, crimes e escândalos na prefeitura de Santa Helena. Apesar de tudo, nenhuma providência é tomada. Nem o Ministério Público e muito menos a câmara de vereadores, os fiscais do povo, se preocupam em agir contra os desmandos e trapalhadas da administração atual.

Dizem até que existe um acordo rolando no ar para que todos comam na mesma panelinha. E não é de se duvidar, já que alguns vereadores voltaram atrás, de uma hora para outra, e resolveram votar em projetos cheios de segundas intenções em sessão extraordinária da Câmara municipal.

Joãozinho do PT esclarece polêmica em matéria jornalística

COMPARTILHE
Um coração já bastante ferido

Um coração já bastante ferido

O ex-presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Caxias, João Batista da Cruz Rios, o “Joãozinho do PT” enviou nota a este Blog, esclarecendo a polêmica que acabou se espalhando através de uma matéria que foi publicada no Jornal Pequeno, no Domingo (04) e foi replicada por este blog. E como este site sempre trabalha para seu público, irá ceder o direito de resposta, mesmo não sendo citado na nota. Leia abaixo a nota de Joãozinho do PT.

NOTA DE ESCLARECIMENTO:

Venho por meio desta, informar que ha um equivoco na matéria denominada Agente vazou operação da PF para lideranças petistas do Maranhão”, e subtítulo “violação de sigilo funcional”,  publicada no Jornal Pequeno edição de domingo 04 de maio de 2014 de autoria do Jornalista OSWALDO VIVIANI e no blog de propriedade do Sr. JOHN CUTRIM, porém, matéria esta de responsabilidade do Jornal Pequeno e, por conseguinte, do citado blog, devo dizer que o jornalista deve ter sido induzido a erro.

Pois, eu nunca fui alvo daquela e nem de outra operação da Policia Federal, nunca teve e nem tem motivo para isso. Nunca fui sequer investigado, muito menos tive minha casa objeto de busca e apreensão como afirma levianamente a dita matéria.

Nesse sentido, venho a público esclarecer e afirmar que o meu nome foi citado indevidamente pelo Jornalista OSWALDO VIVIANI na referida matéria veiculada no jornal Pequeno e no blog do JOHN CUTRIM, contrariando assim, os princípios do bom jornalismo, que entre outros, deve tomar o cuidado de apurar a realidade dos fatos antes de publicar qualquer matéria para não cometer erro e ou crime de imprensa preconizado na Lei 5.250 de fevereiro de 1967 art. 20.

Assim sendo, não admito ter meu nome veiculado em matéria jornalística ou em qualquer outro veículo de comunicação, sendo acusado de forma caluniosa e leviana, como sendo fraudador e ou tendo desviado recursos públicos, pois, o conteúdo da matéria no que diz respeito ao meu nome, caracteriza crime de calunia conforme preceitua o art. 134 – CP.

Portanto, conforme acima esclarecido e com fulcro nos artigos 29 e 30 da Lei 5.250 de fevereiro de 1967, solicito os responsáveis pela divulgação da matéria supracitada, a publicação da presente nota.

 

São Luís 04 de maio de 2014

  João Batista da Cruz Rios    

Agricultor/Consultor Agrário                                                                          

 

O bicho pegou hoje na Câmara municipal de São Luís

COMPARTILHE
Vereadores Marquinhos X Fábio Câmara

Vereador Marquinhos X Fábio Câmara

Enquanto São Luís pegava fogo na manhã de hoje (12), dois vereadores da capital maranhense perdiam as estribeiras na Câmara municipal. Os dois parlamentares foram contidos pela turma do deixa-disso. A cena lamentável foi protagonizada pelos vereadores Marquinhos (PRB) e Fábio Câmara (PMDB) que discutiam sobre a ida do secretário de trânsito e transporte, Canindé Barros, amanhã a câmara.

O vereador Marquinhos acabou falando que muitas denúncias da Câmara contra o transporte eram sopradas pelo próprio Canindé. Fábio Câmara não gostou da atitude do colega e disse que ele teria que provar as acusações e se iniciou uma discussão entre os dois. No bate boca entre os dois vereadores, Marquinhos insinuou que Fábio não era “macho” para negar esses fatos.

Foi quando o peemedebista falou que “Marquinhos” têm um passado duvidoso na política. O vereador do PRB saiu de sua mesa e foi até a bancada de Fábio: “fala na minha cara agora se tu és homem”.

Após o tumulto o presidente da casa, Isaías Pereirinha, resolveu encerrar a sessão por falta de decoro parlamentar. A partir daí, o peemedebista partiu com tudo para brigar com Marquinhos. No segundo round, Marquinhos ficou na dele. Já Fábio Câmara se empolgou ao ver o irmão dentro do plenário. Novamente muita gente teve que segurar os brigões e a sessão foi encerrada após o vereador Nato, que faz parte da comissão de ética da Câmara, pedir o encerramento.

Com o mau exemplo dos parlamentares, o clima de confusão contagiou até a galeria da Casa. Os membros da Comissão de Ética vão analisar os fatos. Veja o vídeo da confusão.

Responsive WordPress Theme Freetheme wordpress magazine responsive freetheme wordpress news responsive freeWORDPRESS PLUGIN PREMIUM FREEDownload theme free