casa » POLÍTICA (página 70)

POLÍTICA

Othelino destaca gestão de Edivaldo Holanda Júnior

COMPARTILHE

OTHE

O deputado estadual Othelino Neto (PCdoB) destacou, na sessão desta quarta-feira (27), avanços alcançados pela gestão do prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Jr (PTC). Segundo o parlamentar, o chefe do Executivo, pelas circunstâncias políticas em que se elegeu, foi, de forma radical, perseguido e sabotado durante dois anos pelo grupo Sarney.

“Foi sabotado no aspecto do governo do Estado não fazer nem aquilo que era a sua obrigação, em retaliação ao prefeito por ser de uma corrente política diferente. Quando falo de sabotagem é impedir e atrapalhar, inclusive, transferências federais para o município de São Luís. E quando falo de perseguição, refiro-me a uma campanha orquestrada por um sistema de comunicação, que tenta desqualificar a imagem de prefeito”, comentou Othelino.

O deputado disse que toda essa estratégia adotada contra o prefeito, na verdade, era para tentar desqualificar a mudança. Segundo Othelino, agora a Prefeitura de São Luís e a população contam, objetivamente, com a parceria do governo do Estado, que ajuda a cidade e que vai, não só através de convênios já realizados, mas de intervenções em parceria com a Prefeitura, realizar as obras que a cidade de São Luís precisa e merece.

Durante o pronunciamento, Othelino citou o trabalho que vem sendo realizado na Saúde, iniciado pelo Hospital da Mulher, que realizou 70 mil atendimentos só em 2014 e comparando-se com o ano de 2012, mais do que dobrou a sua demanda com qualidade. Ele destacou que o HM tem a primeira unidade de referência em neurocirurgia, além da garantia dos serviços de mastologia e também da atenção e prevenção do câncer de mama, da ampliação do número de leitos de internação e da UTI. No ano passado, foram 536 cirurgias naquela unidade.

HOSPITAL DA CRIANÇA E SOCORRÃO I & II

O deputado fez ainda referência ao Hospital da Criança que passa por uma reforma, em que já estão sendo construídos 25 novos leitos de enfermaria e, em breve, estarão prontas mais quatro salas para centro cirúrgico. Segundo ele, um dado que merece destaque é a UTI pediátrica com 11 novos leitos. “Só para termos uma ideia, na rede privada de São Luís, no Maranhão, não existe UTI pediátrica. E na rede pública há poucos leitos. Com essa nova estrutura do Hospital da Criança, vamos começando a reduzir esse déficit grande no Maranhão e, em específico, na cidade de São Luís”, afirmou.

Othelino destacou, na tribuna, ainda as intervenções realizadas nos Socorrões I e II. Segundo o deputado, o primeiro está em reforma e, em breve, contará com mais dez leitos de UTI instalados e prontos para atender a população, além dos serviços voltados para a humanização. “O objetivo é humanizar mais o atendimento nos hospitais de maneira que não só os pacientes, que são o foco principal, sejam mais bem atendidos e com mais rapidez, mas também que os familiares tenham um ambiente mais favorável dentro daquelas unidades”, frisou.

O deputado disse também que o Socorrão II passa pela primeira grande intervenção desde que foi colocado em funcionamento, em 1998. Segundo Othelino, o hospital ganhará mais 76 novos leitos para atender a população e será construído, em breve, um anexo à UTI, acrescentando 11 novos leitos.

Othelino destacou também uma série de obras de infraestrutura que estão sendo realizadas na capital maranhense em ruas e avenidas dos bairros, a exemplo do que acontece no Aririzal, no Turu, na Vicente Fialho, etc.

APARTES

Os deputados Edivaldo Holanda (PTC) e Graça Paz (PSL) se manifestaram, por meio de apartes, durante o pronunciamento de Othelino Neto. O primeiro parabenizou o colega e acrescentou que

o Hospital da Mulher, que hoje é um Centro de Referência no Estado do Maranhão, conta hoje com os melhores médicos em neurocirurgia, operando diariamente a população carente.

Segundo Edivaldo, os dois Socorrões são mantidos com investimentos de cerca R$ 16 milhões, funcionando para todo o Maranhão. O deputado disse que o prefeito Edivaldo Júnior investe 11% acima da obrigação constitucional, na área da Saúde, retirando da infraestrutura, por exemplo, da cidade para atender àqueles que sofrem e que recorrem aos hospitais municipais.

“A crise que o país enfrenta beira à recessão, e os municípios, sobretudo, as capitais brasileiras também. Mas mesmo assim, o prefeito, em um esforço hercúleo, tem desenvolvido um trabalho brilhante nos bairros desta cidade, nas avenidas e está aí o seu trabalho para ser conferido pela população”, reforçou Edivaldo.

Já a deputada Graça Paz destacou a atuação da primeira-dama do Município, Camila Braga, nos bairros de São Luís, vendo as necessidades das crianças, dos jovens, dos idosos e levando essas demandas para que o prefeito possa estar tomando providências. “Sabemos da sensibilidade da mulher, como é que ela age, e a primeira-dama está agindo muito com o coração, com o sentimento”, afirmou.

Astro anuncia slogan da campanha rumo a Prefeitura em 2016

COMPARTILHE

ASTRO!

Ao que tudo indica, a disputa eleitoral pela Prefeitura de São Luís será bastante acirrada. Vários nomes já despontam como pré-candidatos a prefeito da capital. Na semana passada, o presidente da Câmara Municipal de São Luís e vice-prefeito, vereador Astro de Ogum, manifestou sua disposição em participar da corrida rumo à sucessão municipal.

Este anúncio foi feito pelo presidente durante saudação a vereadora Rose Sales, sobre sua filiação ao Partido Progressista (PP) e o lançamento de sua pré-candidatura a sucessão do prefeito Edivaldo Holanda Junior (PTC).

“Parabéns a Vossa Excelência. Sua festa de filiação foi muito bonita. Gostaria de ter sido convidado, mas espero que na minha filiação a senhora marque presença. Ouvi seu slogan ‘São Luís é 11’ e agora lhe digo que ‘São Luís é Astro’. Também quero anunciar minha candidatura à Prefeitura de São Luís, enfatizando que gostaria muito de chegar a reta final com a senhora. Irmos para um debate nós dois, frente a frente”, disse Astro de Ogum.

Com discurso descontraído, o presidente chegou a anunciar até um rimado slogan de campanha: “São Luís e sua população merecem respeito. E só tem jeito com Astro prefeito”. Atualmente, o presidente encabeça um grupo coeso dentro do parlamento municipal, chegando ser o único capaz de conter o bombardeio da oposição direcionado ao Executivo.

FILIAÇÂO –

Até então, o presidente continua nas fileiras do PMN, partido que o acolheu por uma década, mas conforme anunciou, está aguardando, apenas, a liberação para desfiliação e, consequente, ingressar em outra sigla partidária, visando o pleito de 2016.

O destino de Astro de Ogum deverá ser o Partido Republicano (PR), partido de faixa intermediária, que conta em seus quadros com cinco senadores e 34 deputados federais, o que é uma considerável força no Congresso Nacional.

No Maranhão, além do deputado estadual mais votado na última eleição, Josimar de Maranhãozinho, que obteve quase 100  mil votos, o partido conta com 14 prefeitos e dezenas de vereadores.

Após a articulação do ex-deputado estadual Hélio Soares, o convite para filiação partiu do presidente nacional da legenda, Alfredo Nascimento.  “Uma coisa posso falar com toda a certeza: O PR está pronto para a disputa. É uma sigla de considerável musculatura eleitoral, tanto a nível federal como estadual. Se o Congresso decidir que não haverá mais coligações majoritárias ou proporcionais, temos condições de lançar candidatura própria para o Executivo, e temos um bom quadro para disputar vagas na Câmara Municipal”, revelou Hélio Soares.

Sobre a filiação de Astro de Ogum, Hélio Soares foi bastante enfático: “Quer queiram quer não queiram, o Astro de Ogum é uma liderança política comprovada. É um dos únicos vereadores da capital remanescente do pleito do ano 2000 e sua trajetória é interessante, já que, além de líder espiritual e político, tem um grande trabalho social e na área da cultura popular. Ele vem fortalecer os quadros do PR, com toda certeza”, frisou o ex-deputado Hélio Soares.

O partido está organizando uma festa política para receber Astro de Ogum, com as presenças do seu presidente nacional, o senador Alfredo Nascimento e diversos deputados federais. O  objetivo,  afirma Hélio Soares é mostrar a força do Partido Republicano, numa grande festa democrática.

 

Câmara aprova troca de nome de Secretaria

COMPARTILHE

CMM

A Câmara Municipal de São Luís (CMSL) aprovou, nesta segunda-feira (16), a Mensagem 13 de autoria do Poder Executivo, que dispõe sobre a mudança de nomenclatura da Secretaria Extraordinária Municipal do Orçamento Participativo (SEMOP) para Secretaria Municipal Extraordinária de Governança Solidária e Orçamento Participativo (SEMGOP). Para que a proposta fosse votada ontem, o vereador Isaías Pereirinha (PSL) apresentou um pedido de urgência com dispensa de pareceres e interstício. A solicitação foi aprovada por unanimidade.

A rigor, a pasta, que foi criada em maio de 1998, pelo ex-prefeito Jackson Lago (PDT) com o objetivo de coordenar uma gestão democrática com participação popular, ganhará novas metodologias, novos conceitos e novas práticas.

Assinado pelo prefeito Edivaldo de Holanda Júnior (PTC), o Projeto de Lei 060/2015 que trata da alteração da nomenclatura da pasta, tem seis artigos e explicita como deve ser feita a política de governança solidária, em observância aos princípios norteados na Lei de nº 3.707/1998, que criou o órgão municipal.

Conforme a mensagem que alterou o nome da secretaria, a pasta será responsável por, além de conduzir as ações da Administração Municipal de São Luís, voltadas à democratização da gestão pública, “garantir a participação popular na elaboração e avaliação dos serviços públicos municipais a todos os cidadãos”.

O vereador Isaías Pereirinha, que apresentou o pedido de urgência para que a matéria fosse apreciada pelo Plenário da Casa, afirmou que a alteração se fazia necessária para que houvesse uma adequação às exigências da democratização da gestão pública municipal.

“Como a Lei já havia sido criada desde a gestão do ex-prefeito Jackson Lago, havia apenas a necessidade de mudança da nomenclatura, o que foi aprovado por unanimidade pelos parlamentares”, declarou.

A SEMOP – agora SEMGOP – é comandada desde janeiro deste ano pelo secretário Olímpio Araújo, ex-titular da Secretaria de Desporto e Lazer.

Texto: Isaías Rocha

 

Othelino Neto rebate oposição

COMPARTILHE

othelino-neto

O deputado estadual Othelino Neto (PCdoB) esclareceu a oposição, na sessão desta segunda-feira (18), sobre o aluguel, no valor de R$ 135 mil, de um prédio na Avenida dos Holandeses, feito pela Secretaria de Estado da Saúde (SES), para oferecer diversos serviços à população. Essas instalações, segundo o parlamentar, irão substituir e economizar os gastos com quatro edificações.

Funcionarão ali, a Secretaria Adjunta de Atenção Primária, a Vigilância Sanitária, a Vigilância Epidemiológica, o Comando da Central de Regulação e Transporte Médico, além da Empresa Maranhense de Serviços Hospitalares.

“Esses serviços todos serão naquele prédio e, diga-se passagem, não é para fazer favor a nenhum aliado do governador Flávio Dino, como foi no governo Roseana Sarney, o contrato de uma clínica fantasma, no Turu, de propriedade do candidato derrotado nas ultimas eleições, Edinho Lobão”, esclareceu Othelino Neto ao enumerar as diferenças entre esse aluguel e o acordo comercial feito com o suplente de senador para locação de instalações que permaneceram fechadas por muito tempo.

Sobre a clínica fantasma, que foi alugada pelo governo Roseana Sarney, Othelino disse que, na época, a então oposição “não foi ao local para brincar”, ao contrário, o objetivo, segundo o deputado, era fiscalizar, cumprir o dever de parlamentar.

“Achamos um prédio fantasma, fechado, com estruturas inadequadas para funcionar uma clínica, que só abriu depois que fomos lá e não nos deixaram entrar. Quatro parlamentares ficaram barrados para que a sociedade não visse, com imagens e fotos, a vergonha que era pagar um prédio para um aliado que estava fechado”, lembrou.

Durante o pronunciamento, Othelino rebateu críticas da oposição e reiterou que não foi o governo Flávio Dino que transformou o Maranhão em manchete nacional negativa e sim o grupo Sarney.

Para o deputado, foi o clã, o responsável pelo Maranhão ser conhecido no país como o campeão de notícias negativas, como o mais pobre da Federação, competindo com Alagoas, como o segundo índice maior de mortalidade infantil, e como o Estado com mais de 30 municípios entre os mais pobres do país.

TRANSPARÊNCIA

Othelino citou também mazelas como os escândalos dos precatórios no governo do grupo Sarney. “Acho interessante como vocês querem esquecer o passado. Claro, convém. Esquecendo o passado, talvez consigam perder esse troféu invertido, que não podem negar, que foi receber um Estado com grandes potenciais, há 50 anos, e entregá-lo empobrecido. Inclusive, esta colocação ainda inadequada no quesito transparência é sim fruto do governo anterior”, disse.

O deputado lembrou ainda que, fez dezenas de pedidos de informação, entre eles, dois foram respondidos pela metade e um foi respondido por ordem judicial. “Então, não queiram apagar o passado, porque não é possível passar uma borracha e apagar como se tivesse escrito a lápis. Ele foi escrito à caneta vermelha do sofrimento do povo do Maranhão. E vocês são responsáveis por isso”, afirmou.

 

 

Vereadora lança pré-candidatura à prefeitura de São Luís

COMPARTILHE

RS1

A vereadora de São Luis, Rose Sales, assinou, neste sábado (16), a ficha de filiação no Partido Progressista (PP). Após se desligar do Partido Comunista do Brasil (PCdoB), ligado ao governador Flávio Dino, por onde foi eleita vereadora em 2008 e 2012, Rose Sales que sempre foi uma política independente e livre, buscou nova sigla e a partir de agora passa a vestir a camisa 11 para defender as cores da capital maranhense.

O evento lotou o Casino Maranhense, na Avenida Beira Mar, no centro de São Luís, e reuniu lideranças políticas expressivas como o presidente estadual do Partido Trabalhista Brasileiro (PTB), deputado federal, Pedro Fernandes, que também é coordenador da bancada maranhense na Câmara Federal, em Brasília; os deputados estaduais Wellington do Curso (PPS) e Adriano Sarney (PV), vereador Manoel Rego (PTdoB), ex-vereador de São Luís, Vieira Lima (PRTB), entre outras lideranças do Maranhão.

FUTURA PREFEITA

Rose Sales foi apresentada pelo comando do Partido Progressista (PP) como pré-candidata a prefeita de São Luís, nas eleições de 2016. A vereadora que foi eleita pela primeira vez em 2008, com quase três mil votos, dobrou sua votação em 2012, quando somou quase oito mil votos em sua reeleição. Em 2014, Rose Sales se lançou candidata a deputada federal pelo antigo partido e mesmo sem apoio, obteve nas urnas mais de 34 mil votos livres e que o credenciou como uma potência na política maranhense.

Durante o seu pronunciamento, o presidente do (PP), deputado federal, Waldir Maranhão, afirmou ter conquistado uma companheira séria em mais uma aliança duradoura.

Tenho grande convicção de que hoje (16) estamos selando uma aliança duradoura e de ouro. Aqui é a pedra fundamental, um lançamento de uma pré-candidatura a prefeitura de São Luis” – disse o deputado Waldir Maranhão.

Ao fazer seu primeiro discurso como progressista, a vereadora Rose Sales agradeceu as palavras do presidente Waldir Maranhão, a presença das lideranças políticas e comunitárias, além, claro, da população no evento. Em seguida, a vereadora falou sobre sua filiação ao PP.

“Sou uma mulher livre, que não possuo amarras e não estou presa a ninguém. Sai do partido onde está o poder, e o governo do Estado. Eu não estou em busca de poder, não tenho sede por poder, sou política e quero fazer do exercício do poder um servir para o povo” – disse Rose Sales em suas primeiras palavras como progressista.

Vereador participa de debate sobre a maioridade penal

COMPARTILHE

HF

Na manhã desta sexta-feira (15), no auditório do Hotel Abbeville, a população ludovicense teve a oportunidade de debater com o deputado federal Luiz Couto (PT-PB), um dos assuntos de maior relevância dos últimos dias: a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 171, que propõe a redução da maioridade penal.

O debate foi uma iniciativa do vereador Honorato Fernandes (PT), como parte das atividades do projeto de participação popular Fala São Luís.  O prefeito Edivaldo Holanda Júnior, a secretária municipal da criança e do adolescente Andreia Lauande, o promotor do Ministério Público do Maranhão, Márcio Tadeus, o presidente do PT-MA, Raimundo Nonato, o deputado Zé Carlos (PT), além de estudantes e representantes de entidades socais e sindicais, como a presidente da CUT-MA, Adriana Oliveira estiveram presentes no evento.

Na oportunidade, o deputado federal Luiz Couto – que hoje integra a CPI Jovem da Câmara Federal, responsável pela investigação de casos de violência contra jovens negros e pobres do país – ministrou a palestra Redução da Maioridade Penal : O Atual Contexto dos Direitos Humanos no Brasil. A defesa da Manutenção dos Direitos.

Logo no início da palestra, o parlamentar, que se posiciona contra a PEC, destacou a necessidade de debater o tema, tendo em vista a maciça adesão popular à proposta de redução da maioridade penal. Segundo ele, as primeiras pesquisas direcionadas a esta temática revelavam que 95% da população brasileira era favorável à redução.

No entanto, hoje, embora ainda alto, pode-se constatar uma redução deste índice, que chega a 82%. “Esta redução se dá graças a iniciativas como esta, de debate acerca da temática”, afirmou o parlamentar.

Durante a palestra, o deputado apresentou dados referentes a casos de adolescentes em conflito com a lei, de acordo com as regiões brasileiras e justificou o não apoio a PEC, na incompatibilidade da proposta com a Doutrina de Proteção Integral da Criança e com o Sistema Nacional Socioeducativo (SINASE).

Integrando a mesa do evento, o prefeito Edivaldo Holanda Júnior parabenizou o vereador Honorato Fernandes pela iniciativa, ressaltando a importância de se debater com a sociedade assuntos relevantes como este da redução da maioridade penal.

O deputado estadual Zé Inácio (PT), que também elogiou a iniciativa, destacou os trabalhos da Comissão de Direitos Humanos da Assembleia Legislativa e pontuou que o grupo já protocolou o pedido de instalação da CPI Jovem,  a fim de investigar os crimes de violência contra jovens negros no estado do Maranhão.

Representando o Ministério Público, o promotor Márcio Tadeu, bastante aclamado durante sua fala, afirmou que o tema da maioridade penal vem sido tratado de forma bastante deturpada pela opinião pública. Por isso, discussões como esta são de fundamental importância para reverter o quadro de adesão maciça a esta proposta, que além de inconstitucional e ilegítima, fere os princípios dos direitos humanos.

 

Texto: Karina Lindoso.

Bárbara Soeiro pede recuperação de ruas

COMPARTILHE

BBR

A vereadora Bárbara Soeiro (PMN), pediu através de requerimento, que a Mesa Diretora da Câmara Municipal de São Luís encaminhe ofício ao prefeito Edivaldo Holanda Júnior, solicitando providências junto à Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicos – SEMOSP -, no sentido de que seja efetivada a completa recuperação asfáltica das ruas São Luís (Zélia Campos), 14 do Engenho e, do Engenho, no bairro São Cristóvão.

Ao justificar a sua proposição, Bárbara Soeiro, afirmou que os buracos e perigosas crateras – repletas de lama – colocam em risco a vida dos moradores daquelas artérias, bem como dos alunos da Unidade Integrada Aluísio de Azevêdo que, diariamente, fazem o trajeto. A vereadora também afirmou que vários trechos estão interditados.

“Com a chegada das chuvas, essas vias ficaram seriamente comprometidas, devido os buracos e as imensas crateras em toda extensão. Por isso, peço ao prefeito que adote as providências necessárias para amenizar o sofrimento dos moradores e condutores de veículos”, acentuou Bárbara Soeiro.

 

Texto: Nice Moraes

Audiência pública sobre Regularização Fundiária entra pra história da Câmara

COMPARTILHE

IV5

Em um dia que podia ser de mais uma audiência realizada no Plenário Simão Estácio da Silveira, na Câmara Municipal de São Luís, acabou se tornando em um evento histórico na casa do legislativo ludovicense. A audiência Pública sobre Regularização Fundiária Urbana, de autoria do vereador Ivaldo Rodrigues (PDT), reuniu as maiores autoridades do Estado do Maranhão.  Com uma visão aprofundada, os debatedores deram uma aula sobre regularização fundiária.

Na abertura dos trabalhos, o autor da proposição, vereador Ivaldo Rodrigues, deixou claro sua preocupação para com os moradores de São Luís que vivem em áreas irregulares.

IV1 IV5 IV6

“É preciso que o poder público veja com carinho a situação dessas pessoas que moram em áreas irregulares e não possuem título de posse de seus imóveis. São mais de 60% dos moradores que se quer tem um documento que comprove a regularização. Acredito que o prefeito Edivaldo Holanda Junior, juntamente com o governador Flávio Dino, revejam essa situação e ajudem esse povo ter mais dignidade. São áreas com Itaqui Bacanga, Vila Luizão, Cidade Olímpica e outras, que precisam ser regularizadas o mais rápido possível. É um momento histórico no Maranhão e tenho certeza que vamos avançar bastante no que diz respeito regularização fundiária” – disse o vereador pedetista.

Durante a explanação do tema, a Drª Oriana Gomes (Juíza Corregedora do Tribunal de Justiça do Maranhão – TJ), mostrou os verdadeiros caminhos para que a regularização fundiária seja feita em São Luís e seguir ao interior do Maranhão.

IV1 IV2 IV8

“Como magistrada, mesmo sendo ludovicense legítima, quero dizer que trabalhei no interior do Estado como juíza e promotora e lá tive que lutar dia e noite por várias causas, onde fui ameaçada de morte, mas nunca desisti dos meus compromissos. A regularização fundiária, é bem mais complexa do que muita gente imagina. Se esse processo começasse na zona rural, não teríamos problemas na área urbana. Quando o poder público deixa de regularizar e dar o título de posse aos proprietários dos imóveis, o Estado e município deixam de arrecadar com o IPTU. O tribunal tem avançado e nós temos a certeza de que estamos fazendo a coisa na mais transparência possível” – disse a magistrada, que ainda foi categórica em falar de sua trajetória de vida e de luta desde muito jovem.

IV7IV1IV6

Já a Drª Luzia Madeiro Nepomuceno (Juíza da 1ª vara da Fazenda), deu uma verdadeira aula sobre deveres e obrigações. Durante seu discurso, ela mostrou várias maneiras para que evite conflitos e busque a regularização sem haja briga.

“As leis são claras e basta segui-las que tudo será resolvido. É com a união dos poderes legislativo, executivo e judiciário, que todos os conflitos serão sanados. São com diálogos que procuramos resolver os problemas. Coloco-me a disposição tanto da câmara, quanto de outros órgãos para o que for possível está contribuindo. Está é uma ação que envolve vários fatores e ai vêm as invasões que dominam grande parte de São Luís” – finalizou a juíza, que ainda deixou bem claro, que vem de uma família muito rica. Rica de caráter e honestidade.

Estiveram presentes ainda na Audiência, o Secretário Municipal de Habitação e Urbanismo – SEMURH (Diogo Lima), o Secretário Municipal de Esportes e Laser, Júlio França, o diretor do Iterma, Francisco Silva Freitas, o Superintendente do Patrimônio da União, Jorge Luiz Pinto, Clemilson Souza Mora ( Tabelião do 1º ofícil extrajudicial de São José de Ribamar, Igor Almeida (Secretário Adjunto de Estado de direitos humanos e participação popular), Vereadores Francisco Carvalho (PSL), Professor Lisboa (PCdoB), Fábio Câmara (PMDB), Honorato Fernandes (PT), Rose Sales (PP), Manoel Rêgo (PTdoB), Francisco Chaguinhas (PSB), Basileu Barros (PSDC), Josué Pinheiro (PSDC), Marquinhos (PRB), Bárbara Soeiro (PMN), Astro de Ogum (PMN), Beto Castro (PRÓS), Pavão Filho (PDT), Barbosa Lages (PDT), José Joaquim (PSDB), Pereirinha (PSL), Ricardo Diniz (PHS), Marlon Garcia (PTdoB), Gutemberg Araújo (PSDB),  deputado estadual, Zé Inácio (PT), além de ouras autoridades e lideranças comunitárias.

A audiência durou cerca de seis horas e o tema foi discutido baseado nas leis que regem a regularização fundiária. O público ficou até o final. O vereador Ivaldo foi elogiado por todos que se fizeram presentes, onde batizaram o evento como um marco histórico pela grandeza do debate.

 

 

Audiência Pública sobre regularização fundiária na Câmara

COMPARTILHE

IVAROD

Uma audiência pública sobre regularização fundiária urbana, de autoria do vereador Ivaldo Rodrigues (PDT), será realizada nesta segunda feira (11) às 10h da manhã, no plenário Simão Estácio da Silveira, da câmara municipal de São Luís, localizada na Rua da Estrela, em frente ao Teatro João do Vale, Centro da Capital maranhense.

O evento terá presença de representantes das esferas estadual, municipal e federal, além de líderes da sociedade civil. A mesa será composta pela Drª Oriona Gomes (Juíza Corregedora do Tribunal de Justiça-TJ), Drª Luzia Medeiros Nepomuceno (Juíza da Primeira Vara), Drº Diogo Lima (Secretário Municipal de Habitação e Urbanismo), Drª Flávia Alexandrina (Secretária estadual de Cidades) e outros representantes estaduais e municipais.

A Juíza Corregedora do TJ, Drª Oriona Gomes, falou da importância de uma audiência pública dessa natureza ao receber do convite das mãos do vereador Ivaldo Rodrigues, autor da preposição.

“O tribunal de justiça tem avançado com relação esse caso; não apenas com apoio, mas sim com ações que venham beneficiar milhares de famílias em São Luís. Essas ações são concretas e buscam justamente isso; a regularização fundiária na capital e região metropolitana” – disse a magistrada.

Já o vereador Ivaldo Rodrigues, tem defendido em todas as suas falas, a regularização fundiária em São Luís e todo Estado.

“São Luís é uma capital que cresce desordenadamente e todo esse crescimento provem de invasões. Grande parte de nossa capital está nessa situação. Temos como exemplo a Vila Luizão, Cidade Olímpica, área do Itaqui Bacanga e tantos outros bairros e isso vai beneficiar milhares de famílias. Essas pessoas precisam ter um documento que comprove seu imóvel. Isso vai facilitar e tudo. Não basta ter um endereço, tem que ter o título de posse” – disse o vereador Ivaldo.

FORAM CONVIDADOS TAMBÉM:

Drº Haroldo Paiva de Brito (Promotor Fundiário)

Drº Humberto Coutinho (Presidente da Assembleia)

Drº Marcelo Tavres (Secretário da Casa Civl)

Drº Lula Fylho (Secretário Municipal de Governo)

Drº Edivaldo Holanda Júnior (Prefeito de São Luís)

Drº Flávio Dino (Governador do Maranhão)

Drª Regina Lúcia de Almeida Rocha (Procuradora Geral)

Drª Mariana Albano de Almeida (Defensora Geral)

Drº Natalino Salgado (Reitor da UFMA)

Drº Gustavo Costa (Reitor da UEMA)

Drº Carlos Brandão (Vice Governador)

Drº Márcio Jerry (Secretário Estadual de Articulação Política)

Drº Adilson Baldez (Presidente da FIEMA)

 

 

CONTATOS:

991299185

Email: sistemajb10.news@gmail.com

Zé Martins ganha reforço visando 2016

COMPARTILHE

PRETA1

Tomou posse, nesta segunda-feira (05), a suplente de vereador, Luceni Rodrigues Pereira (Preta PDT), assumindo a vaga do vereador Doutor (PDT), que se licenciou para assumir a Secretaria Municipal de Articulação Política, a convite do prefeito Zé Martins. A solenidade foi conduzida pelo presidente da Câmara Municipal de Bequimão, vereador Jorge Filho (PP).

A nova vereadora prestou juramento regimental, prometendo dedicar-se a fazer um bom trabalho em sua vereança. “Agradeço ao vereador Doutor, meu companheiro de partido, por me permitir exercer o cargo de vereadora deste município. Prometo honrar com a oportunidade a mim confiada, na defesa e no compromisso com povo da minha região, que é o povoado Mojó e de todo o município de Bequimão”, disse a vereadora empossada.

PRETA1 PRETA2 PRETA3

Preta é esposa do ex-vereador Vadico Barbosa, que compôs durante vários mandatos o grupo do prefeito Zé Martins. “Fico feliz com o retorno deles ao nosso grupo, para fazer parte da nossa base política e nos ajudar a trabalhar ainda mais pelo nosso município e pelos povoados da região de Mojó”, afirmou o prefeito Zé Martins (PMDB), que participou da solenidade na Câmara.

Também prestigiaram a posse o vice-prefeito, Pedro Acará; os secretários municipais Ademar Costa (Comércio), Nhô da Colônia (Pesca e Aquicultura), Kell Pereira (Juventude e Esportes), Cassiano Pereira (Segurança), César Paixão (Adjunto Assistência Social), Ricardo Lemos (Diretor de Transportes); e os vereadores Amarildo Paixão (PHS), França (PV), Robson Cheira (PTN), Doutor (PDT), Raquel Paixão (PTC) e Nestor (PSB).

ARTICULAÇÃO POLÍTICA

O vereador Doutor deixa o cargo para assumir a Secretaria de Articulação Política. Segundo o prefeito Zé Martins, o convite foi motivado pela habilidade do político para transitar entre os agentes importantes na tomada de decisões em Bequimão. “Doutor será um grande colaborador na articulação com a classe política, os secretários municipais e a sociedade de Bequimão, para que possamos aprovar com mais celeridade alguns programas que temos para a melhoria do município” – garantiu o prefeito.

Matéria de Assessoria

 

Responsive WordPress Theme Freetheme wordpress magazine responsive freetheme wordpress news responsive freeWORDPRESS PLUGIN PREMIUM FREEDownload theme free