casa » POLÍTICA (página 60)

POLÍTICA

Assim é fácil trabalhar ou melhor, atrapalhar!

COMPARTILHE
Um vídeo que circula nas redes sociais há uma semana, onde aparece um suposto funcionário de uma prestadora de serviço da Companhia Energética do Maranhão (CEMAR), emitindo fatura sem pelo menos visitar as residências dos consumidores, causando indignação aos consumidores após verem o vídeo da denúncia. O suposto funcionário que estaria emitindo faturas das contas de energia sem sequer entrar no condomínio, já foi identificado segundo a Cemar.
O denunciante que gravou acena, disse que o vídeo já conta com quase 30 mil visualizações. Para o cinegrafista amador que postou o absurdo em sua página do Facebook, o Brasil não tem jeito. Em seu perfil ele escreve a seguinte frase: “Flagrei hoje à tarde na frente do condomínio Girassol (São Luís-Ma) onde possuo um apartamento o funcionário da CEMAR emitindo faturas da conta de energia sem ao menos entrar ao condomínio. Será que ele conhece tão bem os moradores para saber o consumo e assim não olhar os medidores? Brincadeira“, disse o morador indiguinado.
A Cemar já se manifestou sobre o caso e divulgou nota imediatamente. Mas onde fica a credibilidade da Empresa agora. Porque a Cemar contrata terceiros, paga mais e não consegue manter um quadro funcional da Companhia? E porque quando um consumidor reclama do preço da conta ninguém dar ouvido ao usuário? Essa não será a primeira vez e nem será o último. Coitado de Luís Carlos, que se vira nos trinta e tem que fazer milagres.

DENUNCIA GRAVE

Se esse funcionário terceirizado foi flagrado e não punido, outros devem ser investigados. No município de Bequimão, por exemplo, os colaboradores da Cemar, não fazem o mesmo, mas fazem tudo errado. Os entregadores de conta pegam os números do medidor quase um mês antes e antes da data de medição a conta já está gerada e mesmo se o usuário consumir menos, paga o mesmo valor anterior. Moradores do Povoado Floresta, Zona Rural de Bequimão, estão reclamando do absurdo que está acontecendo, onde quem tem dois bicos de luz e comprou a casa, está pagando o mesmo valor do morador antigo. O caso é sério. Com a palavra Luís Carlos da Cemar.

 

NOTA DIVULGADA PELA CEMAR SOBRE O VÍDEO PUBLICADO

Sobre esta situação a Cemar esclarece que:

1- A leitura dos medidores do Condomínio Girassol foi feita por um leiturista no dia 15 de setembro. Algumas contas foram entregues no mesmo dia da leitura por faturamento imediato, já outras não puderam ser impressas no mesmo dia por apresentarem variação de consumo (consumo diferente do histórico do cliente) e nestes casos a Companhia realiza o procedimento padrão de análise de cada situação antes de emitir a conta.

A pessoa que aparece no vídeo (trata-se de um entregador de contas que atua em situações como estas) estava com as informações das contas que não foram entregues, em seu equipamento, para serem impressas, conforme a leitura realizada no dia 15 de setembro e análise posterior feita pela Cemar- Isto não representa emissão de conta de forma aleatória;

2- Quando as contas são entregues em condomínio, em mãos para o porteiro, é necessário manter o sigilo das informações, e por este motivo o entregador imprime e lacra as contas antes de entregar;

3- O motivo do entregador estar sentado em frente ao condomínio realizando a impressão das contas, deve-se ao fato do mesmo ter buscado abrigo do sol, naquele momento.

Por fim, a Cemar esclarece que o entregador de contas em questão já foi reorientado, para que em situações como estas, as contas sejam impressas e entregues na presença do porteiro do condomínio.


Assessoria de Imprensa da Cemar

 

A nota acima fala tudo, mas não explica nada. Porque esse trabalho não foi feito dentro da empresa, já que devem ser lacradas as contas? A quem confiar diante desse absurdo? O espaço está aberto Sr. Luís Carlos para devidas explicações aos consumidores do Maranhão e principalmente de Bequimão.

Primeira Hora Online (VÍDEO AQUI)

 

 

Mutirão de documentação para Trabalhadora Rural bate recorde em atendimento em Bequimão

COMPARTILHE

A população trabalhadora rural do Município de Bequimão (Homens & Mulheres) teve acesso gratuito a documentos civis e trabalhistas, no Mutirão da Documentação realizado nesta segunda feira (28) na sede do Sindicato dos Trabalhadores Rurais no centro da cidade. A ação do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) teve o apoio exclusivo da Prefeitura Municipal de Bequimão. O coordenador do evento foi o advogado Sidney Bouéres que também é Secretário de Articulações Institucionais na gestão do prefeito Zé Martins (PMDB).

_DSC0325 _DSC0338

O foco do Programa era as mulheres, mas homens, jovens e adolescentes puderam ser atendidos durante a ação. Centenas de pessoas compareceram ao Sindicato dos Trabalhadores e puderam adquirir seus documentos gratuitos. Além disso, o programa teve emissão de Carteira de Identidade 1ª via (a partir de 13 anos); CPF 1ª via (a partir de 13 anos); Carteira de Trabalho 1ª e 2ª vias (a partir de 16 anos). Durante as ações, também foram feitas inscrição no INSS e no Cadastro Único para participar de programas sociais do Governo Federal, como o Bolsa Família.

_DSC0252 _DSC0342

De acordo com relatório enviado pelo MDA, o Mutirão atendeu 56 mulheres para retirada do CPF (Cadastro de Pessoas Físicas) e 68 homens. Para a emissão do RG (Registro Geral), foram atendidos 103 mulheres e 119 homens. Já na emissão da Carteira de Trabalho, 123 mulheres e 118 homens obtiveram o documento. Já o CCIR (Certificado de Cadastro de Imóvel Rural) apenas 7 pessoas (Homens) procuraram o serviço. Totalizando 594 atendimentos para retirada de documentos. Outros atendimentos foram feitos para 265 oram mulheres e 257 homens, totalizando 522 atendimentos. Na soma geral, foram 547 mulheres e 569 homens beneficiados, totalizando um público de 1.116 atendidos. Veja o relatório abaixo.

_DSC0408RELATÒRIO MDA

Segundo o Coordenador PNDTR (Programa Nacional de Documentação da Trabalhadora Rural) e representante do MDA Mutirão em Bequimão, Marco Aurélio Dutra, o primeiro passo para o exercício da cidadania começa a partir de agora. Com a documentação, as pessoas podem ter acesso a diferentes políticas públicas, tais como os direitos à cidadania, aposentadoria e auxílio maternidade, e, também,  políticas que auxiliam suas atividades produtivas no meio rural.

_DSC0353_DSC0431

Este é um programa que foi conquistado através dos movimentos sociais, e esta é a terceira vez que estamos na cidade de Bequimão, onde temos uma parceria muito boa com a prefeitura local e o apoio do Sindicato dos Trabalhadores Rurais que nos cedeu o espaço. O MDA é o órgão gestor do programa, mas temos apoio do Estado e principalmente a parceria com a prefeitura de Bequimão, que nos dar todo suporte. Este programa já existe há 10 anos, desde 2005, milhares de pessoas estão sendo beneficiadas. Com este programa, as pessoas evitam deslocamento e gastos para adquirirem documentos em outras cidades. Aqui a documentação é totalmente gratuita e em outros centros os gastos seriam de passagens, alimentação e para a emissão do documento. Aqui não se pago nada, até a foto é de graça”, destacou Aurélio.

_DSC0382 _DSC0412

Para o prefeito de Bequimão, Zé Martins (PMDB), é a grande oportunidade para os trabalhadores rurais do município, em especial as trabalhadoras, que às vezes encontram um processo burocrático para emissão de documentos. “Estamos sempre buscando essa parceria com o MDA, já que eles têm uma boa estrutura e em breve estaremos inaugurando um posto avançado para que possamos emitir esses documentos aqui em Bequimão. Esse é um de nossos compromissos e assim dar condições aos nossos munípes à oportunidade para tirarem seus documentos sem sair daqui”, destacou Martins.

_DSC0384 _DSC0401

O Programa “Documentação para Trabalhadora Rural” reúne vários órgãos do Governo Federal, tais como: MDA; INCRA; INSS; MTE; RECEITA FEDERAL e ainda o Instituto de Identificação do Maranhão, órgão da estrutura da Secretaria de Segurança Pública do Estado, sempre em parceria com a prefeitura onde acontece a ação.

Para o Coordenador do Mutirão da Documentação em Bequimão, Advogado Sidney Bouéres, também Secretário de Articulações Institucionais, o programa veio na hora certa. “Estamos satisfeitos com a boa aceitação do Mutirão e por isso decidimos ampliar para toda população em geral com o aval do prefeito Zé Martins, que também entendeu e se preocupa com a população de Bequimão. Sabemos da grande demanda e por isso a grande aceitação”, disse o advogado.

_DSC0260 _DSC0330

Já para a trabalhadora rural, Antônia das Neves Pereira, moradora da comunidade Areal, essa foi à oportunidade de colocar em dia sua documentação. “Se não fosse assim, eu não iria conseguir tirar meus documentos. Sou mãe de três filhos e não tenho condições de sair para outra cidade, principalmente financeira. Graças a Deus o prefeito Zé Martins fez isso para nós e eu fico muito feliz e grata por tudo”, finalizou a trabalhadora.

FOTOS: Rodrigo Martins

 

Astro de Ogum destaca ações de governo no Programa Mais Asfalto II

COMPARTILHE

Ao participar da solenidade do Programa Mais Asfalto 2, na manhã desta quarta-feira, 30, no Teatro João do Vale (Praia Grande), o presidente da Câmara Municipal de São Luís, vereador Astro de Ogum, fez questão de destacar as ações desenvolvidas entre o governo do Estado e as prefeituras maranhenses. “Podemos afirmar, sem sombra de dúvida, que este momento tem um significado muito importante no avanço do que poderá ser feito conjuntamente governo do Estado e as prefeituras maranhenses”.

Astro de Ogum deixou bem claro que essa iniciativa vem realizada em São Luís visa beneficiar visa beneficiar dezessete bairros, com um investimento de 20,6 milhões, numa ação do governo estadual em parceria com a Prefeitura de São Luís. “Já se tornou bastante comum vermos a presença dos governos estadual e municipal nos bairros de nossa cidade, proporcionando a melhoria da qualidade de vida da população, oferecendo melhores condições de trafegabilidade e mobilidade”, enfatiza Astro de Ogum.

Por fim, o presidente da Câmara Municipal enalteceu os serviços realizados em benefício dos ludovicenses, “o que nos deixa bastante satisfeitos, ao presenciar também a satisfação das comunidades beneficiadas”, encerrou Astro de Ogum.     

Texto: Alteré Bernardino

 

Sebrae realiza Fomenta em Bacabal até esta quarta-feira

COMPARTILHE

Desde a manhã desta terça feira (29), o Sebrae está com sua equipe de técnicos e consultores em Bacabal, na região do Médio Mearim, para realizar na cidade a segunda edição do Encontro de Oportunidades para a MPE– Fomenta. Nas atividades do primeiro dia do evento, que acontece no Centro Franciscano de Animação Missionária (Cefram), participaram mais de 360 pessoas, interessadas em aprender a vender para o poder público e ficar mais informadas sobre os benefícios que a Lei Geral da Micro e Pequena Empresa concede aos pequenos negócios nas licitações.

O mercado das compras públicas movimenta anualmente no Brasil mais de R$ 600 bilhões, sendo apenas 20% aproveitado pelos pequenos negócios. “Microempresas, empresas de pequeno porte e microempreendedores individuais têm prioridades nas licitações de até R$ 80 mil, além de poder serem subcontratados pelas médias e grandes empresas que forem vencedoras dos certames”, aponta a gerente da Unidade de Políticas Públicas do Sebrae no Maranhão, Cristiane Corrêa Silva.

Os benefícios concedidos aos pequenos negócios nas licitações advêm de uma política pública que cria ambiência favorável aos pequenos negócios e, que no país, foi sancionada desde 2006: a Lei Geral da MPE e EPP – Lei Complementar 123/2006 e suas modificações, as Leis Complementares 128/2008 e 147/2014.

“É papel do Sebrae ajudar os pequenos negócios a conhecerem e usufruírem desses benefícios, que ajudam no fortalecimento, crescimento e sustentabilidade dos pequenos negócios. Por isso, criamos e promovemos eventos desta natureza para ensinar os empreendedores a comprar do poder público e capacitar os setores de licitação dos órgãos governamentais a darem prioridade aos preceitos da Lei Geral, quando esta estiver regulamentada em seu respectivo município”, ressaltou o diretor superintendente do Sebrae no Maranhão, João Martins, que esteve em Bacabal para a solenidade de abertura do Fomenta.

Martins comentou que, além da Lei Geral e do Fomenta, o Sebrae tem mais três frentes de trabalho na área de Políticas Públicas este ano: a implantação da Rede Nacional para a Simplificação do Registro e Legalização de Empresas e Negócios – a RedeSim, que já acontece em 21 municípios maranhenses; o Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor, que tem prazo final de inscrição dos projetos no dia 10 de janeiro de 2016 e o Movimento Compre do Pequeno Negócio, uma mobilização nacional do Sebrae que terá sua culminância no próximo dia 5 de outubro.

“São mostras do quanto o Sebrae está empenhado em criar uma ambiência favorável aos pequenos negócios no nosso país, passando pelos estados e municípios. O Sebrae no Maranhão, por meio de sua Unidade de Políticas Públicas e suas unidades regionais e Núcleos Empresariais de Atendimento, está à disposição dos empreendedores e do  poder público para, continuamente, idealizarmos ações que fortaleçam os pequenos negócios e o desenvolvimento local, para que os municípios possam ser um lugar melhor de se viver, trabalhar e melhorar a renda das famílias”, apontou o diretor superintendente da instituição.

O prefeito da cidade, José Alberto Veloso, por sua vez, destacou o quanto eventos como o Fomenta ajudam no desenvolvimento dos municípios. “Se as empresas locais estiverem preparadas para fornecerem à Administração Municipal será muito melhor e promoveremos mais desenvolvimento para Bacabal, comprando desses pequenos negócios e fortalecendo a nossa economia”.

Prefeito empreendedor

Convidado para falar no evento sobre sua experiência como gestor público, que o levou a ser um dos Prefeitos Empreendedores do Brasil, Laurez da Rocha Moreira, prefeito do município tocantinense de Gurupi, enfatizou aos presentes o quanto atentar aos pequenos negócios locais traz resultados.

“Eles acabam reforçando o setor produtivo local e despertam novas potencialidades que reforçam a economia do município. No caso de Gurupi, somos a terceira maior cidade do Tocantins e nos tornamos um polo de desenvolvimento da região sul do estado, tendo como tripé a forte atuação governamental, das universidades e das empresas – que sustentam a nossa vocação agroindustrial. Somando a isso, buscamos destacar as potencialidades naturais e culturais da cidade para agregar valor ao nosso turismo”, informou o prefeito.

No segundo dia de programação do Fomenta Bacabal, o público poderá participar das oficinas “Saiba como o agricultor familiar pode conseguir melhorar sua renda fornecendo para o governo” e “Como montar uma proposta para participar de licitações” – que acontecem das 8h00 ao meio dia, além das palestras “Registro de polpas e frutas”, “Procedimentos para requerer alvará sanitário das agroindústrias de produtos de origem vegetal” e “Procedimentos para registro da agroindústria familiar de pequeno porte e artesanal”, marcadas para acontecer às 14h, 15h às 16h, respectivamente.

Foto & Texto /Divulgação:SEBRAE-MA

 

Zé Martins participa da inauguração do Hospital e do Campus da UFMA em Pinheiro

COMPARTILHE

O prefeito de Bequimão Zé Martins (PMDB) participou de duas solenidades que aconteceram ontem (28) na cidade de Pinheiro. A inauguração do Hospital Macrorregional da Baixada e do Campus V da UFMA em Pinheiro.

De acordo com Zé Martins, são duas obras importantes para a Região na área de saúde e da educação. As duas obras são para mudar a realidade da região da Baixada. Ainda segundo o prefeito Zé Martins, o novo Hospital vai acabar com um sofrimento secular da falta de atendimento e o desespero de ter que levar para São Luis os doentes do município e da Região. Além disso, tínhamos que rezar para que o Ferry Boat esteja atracado, para que o paciente possa chegar a tempo de ser salvo na capital. Espero que finalmente esse “Sufoco” acabe e que o novo hospital Regional de alta complexidade venha trazer novos ares ao povo da baixa.

Ze PI1 Ze PI2

Já sobre o Campus da Universidade em Pinheiro, Zé Martins lembrou que é um sonho dos jovens da Baixada, que como Ele, tive que sair para estudar fora de sua cidade. “O campus da Universidade Federal do Maranhão em Pinheiro já é uma realidade e vai servir para atender todos os jovens da nossa região. Não se terá desculpas, para não cursar uma Universidade”, destacou o prefeito de Bequimão.

Não podemos esquecer a luta do presidente Sarney, da Governadora Roseana Sarney, do deputado federal Sarney Filho, do prefeito Filuca Mendes e do deputado Victor Mendes que foram atores importantes e responsáveis por essa grande realização que presenciamos hoje (28) na cidade de Pinheiro. Parabéns aos jovens da nossa Baixada que finalmente tem assegurada essa oportunidade.

Do Blog de Paulinho Castro (Edição)

 

João Martins recebe homenagem da Codevasf no MA

COMPARTILHE

Primeiro gestor da 8ª Superintendência Regional da Codevasf no Maranhão, João Martins – que hoje é diretor superintendente do Sebrae no estado, recebeu uma homenagem da equipe da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e Parnaíba. Na última semana, a autarquia federal completou três anos de atuação no Maranhão, onde atua em 154 municípios, incluindo os banhados pelas bacias hidrográficas do Itapecuru e Mearim.

Em singela reunião, na sede da superintendência regional, em São Luís, o atual superintendente da Codevasf, Celso Dias, ressaltou o trabalho de Martins na implantação e nos dois anos subsequentes que ficou à frente dos projetos e programas da autarquia federal no estado. Na solenidade, esteve presente, ainda, o deputado federal Aluísio Mendes, responsável pela indicação de Dias ao comando da 8ª SR da Companhia.

Emocionado com a homenagem da equipe da Codevasf, Martins – que é baixadeiro de Bequimão, destacou o quanto a sua permanência na Companhia o ajudou a desenvolver suas habilidades gerenciais que o capacitam, hoje, a estar na diretoria estadual do Sebrae, instituição especialista em pequenos negócios no país.

“A Codevasf foi uma grande escola, um lugar de muito aprendizado e que sempre terei como referência e orgulho por ter feito parte de sua história aqui no Maranhão, onde a Companhia atua em mais de 150 municípios dos vales do Parnaíba, Itapecuru e Mearim, executando ações de revitalização, desenvolvimento territorial – com arranjos produtivos locais, recursos pesqueiros e aquicultura e desenvolvimento florestal e ambiental, além de irrigação e construção de barragens”, destacou João Martins.

 

Prefeito Zé Martins realiza sonho da água encanada no bairro Estiva

COMPARTILHE

O prefeito de Bequimão, Zé Martins (PMDB), cumpriu neste domingo (27), mais uma meta de campanha, realizando o sonho de centenas de moradores do bairro Estiva, em receber água encanada em suas casas. O programa água para todos em Bequimão, idealizado por Zé Martins, já beneficiou milhares de pessoas em todo município e agora chegou para os moradores do bairro Estiva que já esperavam há muito tempo.

_DSC0071 _DSC0087

Durante o trabalho de encanação pela equipe da prefeitura, os moradores do bairro Estiva, “arregaçaram as mangas” e formaram um “Mutirão” que logo foi batizado pela comunidade, de “Mutirão da Água”, onde homens, jovens e até mulheres, caíram em campo para ajudarem os trabalhadores da Prefeitura a concretizarem o sonho mais rápido.

_DSC0048 _DSC0122

O prefeito Zé Martins, esteve acompanhando de perto todo trabalho juntamente com os secretários: Tonho Martins (Infraestrutura), Creuber Pereira (Agricultura), Nhô da Colônia (Pesca) e Zé Orlando (Administração). Durante a vistoria, dezenas de moradores fizeram questão de acompanhar o prefeito, que andou por todas as ruas do bairro.

_DSC0168 _DSC0183

Para os moradores do bairro Estiva, o que era sonho agora virou realidade. “Parecia distante esse sonho, mas agora vamos ficar mais tranquilo porque temos água em grande quantidade em nossa casa e isso vai facilitar bastante a nossa vida”, destacou a moradora Maria de Nazaré Alves.

_DSC9957 _DSC9962

Já o diretor do SAAE (Serviço Autônomo de Água e Esgoto de Bequimão), Nonato Lopes, garantiu que o abastecimento vai acontecer diariamente e em dois expedientes (Manhã e Tarde). Lopes ainda destacou que foram feitos 5.500 metros de rede de encanação para o bairro, onde tudo já está em pleno funcionamento desde domingo (27) quando o serviço começou a ser feito.

_DSC0190 _DSC0212

O secretário municipal de administração, Zé Orlando, que esteve acompanhando o prefeito Zé Martins, destacou a importância de mais uma meta cumprida pela gestão. “A Estiva era o último bairro a ter água encanada na região central de Bequimão e isso se concretizou agora, já que era um compromisso de campanha e foi cumprido pelo prefeito Zé Martins, que não mediu esforços para realizar mais esse sonho da população deste município. A mobilização foi muito grande no bairro, onde as pessoas cavavam valas, carregavam canos e isso deixou o prefeito muito feliz”, destacou Orlando, lembrando que a próxima comunidade a ser beneficiada será Bacabal.

_DSC9936 _DSC9942

FOTOS: Rodrigo Martins

Vejam mais FOTOS  AQUI no Facebook

PCdoB de Alcântara ganha adesão do PMN

COMPARTILHE

Uma reunião realizada neste domingo (27), na cidade de Alcântara, entre o Pré-candidato a prefeito do município, Anderson Wilker e o presidente do PMN (Partido da Mobilização Nacional) de Alcântara e Pré-candidato a vereador do município, Ricardo Castro, definiu a aliança para as eleições de 2016.

Durante o encontro, várias lideranças do município de Alcântara, assinaram suas filiações ao PMN e estão aptos a concorrerem a uma cadeira na Câmara Municipal de Vereadores no ano que vem. Os líderes comunitários Ivaldo Rodrigues (Cujupe), Antônio (Santa Maria), Irmão Eldes (Mamuna), além de Costa e Bigu (Itaau), outros nomes também vão fortalecer o PMN que hoje ganha força em Alcântara.

ricardo3 ricardo6

Nesse mesmo encontro, o Partido Democrático Trabalhista (PDT), fez a filiação do vereador e presidente da Câmara, Ivan Ferreira, que antes estava no PP (Partido Progressista), mas agora se junta ao outro vereador pedetista, Biné Barbosa.

A reunião com Anderson e todo grupo junto, discutiu as estratégias para lutar e buscar a vitória junto com o povo de Alcântara pra que a democracia e a liberdade de expressão volte à reinar na cidade, já que ultimamente em Alcântara, a lei do silêncio vem imperando, onde quem fala é punido (funcionários públicos).

ricardo4 ricardo5

Para o pré-candidato a vereador e presidente do PMN em Alcântara, Ricardo Castro, a luta vai ser árdua, mas a vitória será do povo. “Não comprei essa briga por acaso. Estou emprenhado e vou dar meu sangue para que a história de Alcântara seja de felicidade e nunca mais de tristeza. Conheço este município como a palma de minha mão e sei das necessidades. A aliança do PMN com o PCdoB aqui em Alcântara vai ser um marco na história da política desde município”, destacou o jovem político.

Seminário de Rádios Comunitárias se encerra com avaliação positiva de radialistas

COMPARTILHE

A participação efetiva de radialistas de vários municípios maranhenses marcou o ‘Seminário de Rádios Comunitárias’, realizado pelo Governo do Estado, na sexta-feira (25) e no sábado (26). Avaliado como um momento de avanço para a consolidação de uma comunicação mais democrática, o Seminário garantiu, aos participantes, orientações e informações para subsidiar a disputa dos editais de concessão no novo Plano Nacional de Outorgas (PNO).

Durante dois dias, o Seminário contou com mesas de debates e palestras ministradas por técnicos do Ministério das Comunicações e profissionais maranhenses da área, além do painel de abertura ‘Caminhos para uma Comunicação Democrática no Maranhão’, ministrado pelo governador Flávio Dino e o secretário Nacional de Comunicação Eletrônica do Ministério das Comunicações, Emiliano José.
O governador explicou que a realização do evento foi importante para fortalecer a radiodifusão comunitária no Maranhão, dando possibilidade de que rádios que já atuam, quebrando o monopólio midiático, possam adquirir as concessões e serem reconhecidas legalmente. “A democratização dos meios de comunicação é necessária, e o evento ajuda para que os profissionais tenham acesso à informação, meios e caminhos para essa democratização”, destacou o governador.

O Seminário foi realizado pelas Secretarias de Assuntos Políticos e Federativos (Seap) e de Comunicação Social (Secom), em parceria com o Ministério das Comunicações e a Associação Brasileira de Rádios Comunitárias (Abraço). No centro do debate, o tema ‘Orientações para Novas Outorgas’ envolveu comunicadores populares de 29 municípios maranhenses contemplados no PNO e de mais 11 municípios de integram o Plano de Ação Mais IDH.

RD3RD2

O professor de Comunicação Social da Universidade Federal do Maranhão, Ed Wilson Araujo, que é coordenador de formação da Abraço, avalia que o cenário das rádios comunitárias, que durante anos sofreram perseguições, começa a avançar, tendo o diálogo direto – e inédito – com o Governo do Estado e Ministério das Comunicações.
“O cenário das rádios comunitárias no Maranhão, de 1998 para cá, desde a fundação da Abraço, já passou por uma série de momentos. Momento de muita repressão, quando muitas rádios comunitárias eram fechadas pela Polícia Federal e eram objeto de fiscalização da Anatel. Este momento da repressão abrandou um pouco. Estamos vivendo um novo momento de reconstrução, de abertura de parcerias com o Governo do Estado. Pela primeira vez temos aqui executivos do Ministério das Comunicações dialogando com o movimento de rádios comunitárias, para explicar esse momento novo, da redução da burocracia. Todo esse processo é fruto de muita luta”, explicou o militante e estudioso do tema.

Atuando em rádios comunitárias há 15 anos, o radialista Neuton César, coordenador de relações institucionais da Abraço, defende que a principal marca deixada pelo Seminário é a possibilidade de diálogo. “O momento é importante porque, primeiro, a gente sai do anonimato e passa a entrar na mesa de diálogo. E, segundo, porque a gente consegue fazer isso sem intermediário e agora dialogamos diretamente com o Governo do Estado e Ministério das Comunicações. Assim, há a quebra das amarras com o coronelismo midiático, e isso é democratização”, defendeu o radialista.

Vindo de Maracaçumé, cidade que disputa concessão no PNO, o radialista José de Ribamar Sampaio, o Zequinha Sampaio, relatou que levará todo o conhecimento apreendido e a esperança de dias melhores para as rádios comunitárias locais. “É um momento muito importante, porque aqueles que já não acreditam mais passam a acreditar, ficamos mais otimistas de que esse diálogo vai se concretizar. É uma oportunidade de trabalhar na legalidade”, apontou Zequinha.

Representando os profissionais de uma das 11 cidades do Plano de Ações Mais IDH a participar do evento, o radialista Plácido Nascimento, de Pedro do Rosário, relata que é muito frágil a situação da comunicação no município, que enfrenta uma dura realidade. “O nosso objetivo ao participar desse momento é para que as rádios da cidade cumpram seu papel de rádio comunitária, nós queremos fazer a diferença para a população da nossa cidade”, destacou Plácido.

PNO

O Ministério das Comunicações lançou, durante o Seminário, um novo Plano Nacional de Outorgas para emissoras comunitárias e educativas. A intenção é desburocratizar o processo de concessões e aumentar o número de emissoras para garantir que a população tenha maior acesso à comunicação pública.

Ao todo, 761 municípios serão contemplados com rádios comunitárias. Atualmente, as rádios comunitárias estão presentes em 3.781 municípios. O objetivo do plano é ampliar o serviço para 4.277 cidades, o que representa 77% dos municípios brasileiros. Quanto às rádios e TVs educativas, 235 cidades serão beneficiadas – 205 novas outorgas para rádios FM e 30 para TVs com fins exclusivamente educativos.

 

A esquerda e os “Veadinhos” de Furtado

COMPARTILHE

POR ABDON MARINHO (ADVOGADO).

Alguém já disse que  brincando  revelamos o que verdadeiramente  pensamos sobre as coisas. Este mesmo dito tem um correspondente chulo sobre o qual me omitirei.

O deputado Estadual Fernando Furtado (PC do B), ao atacar a política indigenista nacional, a Justiça Federal, o INCRA e seus dirigentes, ao chamar os índios de vagabundos, disse, publicamente o que é o seu pensamento privado. Aquilo que no dizer do clássico musical, nem as paredes se deviam confessar.

Além da vulgaridade de suas palavras – o que o destacou no cenário nacional –, chamou a atenção o fato do deputado comunista ter ligado o “Veadômetro” para reconhecer, de longe, ao que parece, a opção sexual de alguns silvícolas. Incomodado com suas roupas, seus adornos culturais,  sentenciou: veado, veado, veado.

Demonstrando um excessivo conhecimento do assunto – algo suspeito para quem está ido nos anos – asseverou não possuir qualquer dúvida sobre o que dizia, demonstrando estranhamente ao fato de haver índios homossexuais, nas suas palavras, boiotas, veados, veadinhos.

Como de isso, o incomodasse em particular.

O parlamentar, cobrado pelo partido, por entidades de defesa dos direitos humanos e de algumas minorias, emitiu nota oficial onde pede desculpas a todos os atingidos pelos ataques (exceto ao juiz federal e aos integrantes do PT) asseverando que não teve a intenção de atacar ninguém, sendo suas palavras fruto do “calor do momento”.

O nobre representante do povo deve sentir muito calor, uma vez que tendo proferido os ataques, segundo soube, ainda em julho, só agora, no beirar de outubro, se dá conta da gravidade da fé professada.

Como hoje tudo acontece aos olhos do mundo, ao tomar conhecimento do discurso calorento do deputado maranhense, uma jornalista reconhecida nacionalmente, estranhou  que tal discurso tenha sido proferido por um parlamentar “esquerdista” e, citando o ex-ministro Delfim Neto, estaria se convencendo que os conceitos de esquerda e direita, no Brasil, seria apenas para delimitar o trânsito.

Confesso estranhar o estranhamento da colunista.

No Brasil e em diversos outros países do mundo a perseguição a homossexuais (indígenas ou não) nunca respeitou bandeiras ideológicas. Aqui mesmo no Brasil somos testemunhas disso. Os homossexuais sempre foram usados por muitos partidos políticos, sobretudo os que se dizem de “esquerda”,  por conveniência, assim como diversas outras minorias, negros, mulheres, etc.

Se o cidadão é homossexual, mas, reza a cartilha do partido está tudo bem, se não, não passa de um veadinho, como disse o deputado Furtado.

Assim é com todos os outros que discordam deles.

Se fazem de bonzinhos, mas em privado e até publicamente, como se deu no caso do deputado,  revelam o que, efetivamente, pensam.

A tola imprensa brasileira sempre embarcou na ideia de uma esquerda que apoia e abomina os preconceitos de gênero, de raça, de situação sexual, apesar de todos os exemplos que temos mostrando o contrário.

Passou em brancas nuvens, por exemplo, a piada infame de Lula, que candidato à presidência da República, sugeriu ao correligionário, prefeito de Pelotas, a construção de uma rodovia ligando aquela cidade gaúcha à paulista Campinas. Segundo ele a rodovia deveria chamar-se  transviadônica, se não me falha a memória.

Este fato é antigo, dirão. Ainda assim, infame, idiota.

Tem mais. Não faz muito tempo, a então candidata a prefeita pelo Partido dos Trabalhadores – PT, Marta Suplicy, indagou, num programa eleitoral, sobre a família do oponente Gilberto Kassab (hoje ministro do governo deste partido), insinuando que o mesmo não teria esposa, filhos, em resumo, insinuava que o mesmo seria homossexual, por conseguinte, não estaria apto a administrar uma cidade.

Ora, Marta não era apenas integrante de um partido que se dizia de esquerda, era alguém que se firmou na vida pública como sexóloga e defensora das causas das minorias. Aí, no interesse eleitoral, esquece tudo que pregou a vida inteira.

A esquerda brasileira – talvez haja uma exceção ou outra –, nunca se dignou a fazer uma critica as chamadas ditaduras do proletariado, regimes que sempre reprimiram com “mão de ferro” as liberdades de suas populações, sobretudo, as liberdades que dizem respeito a situação sexual do indivíduo.

Alguém tem dúvida que a ditadura dos Castro em Cuba reprimiu – e ainda reprime – os homossexuais e quaisquer outros cidadãos que ousem pensar diferente dos seus dogmas?

Na semi-ditadura venezuelana um dos motes do senhor Nicolás Maduro era chamar o seu  principal adversário na última campanha de “viadão”. Fez isso na presença do ex-presidente Lula,  que foi a lá ajudar na sua campanha, e de tantos outros ditos esquerdistas brasileiros, os mesmos que levam a vida a pagar p.. a ele e outros ditadores.

Outro por quem os esquerdistas brasileiros parecem ter fetiche é pelo regime autoritário e repressor da Rússia. Tão repressor que não permite, sequer, a realização paradas gays ou de outros movimentos ligados à diversidade sexual.

E agem pior, as autoridades fazem vistas grossas e/ou aquiescem com os criminosos que torturam e até matam gays naquele país. Alguém ignora o tratamento dispensado aos homossexuais na Rússia?

Nem se fale no alinhamento que os esquerdistas comunistas fazem ao regime norte-coreano onde o ditador de plantão manda matar e expurgar qualquer adversário a troco de nada, até pelo fato de cochilar durante um evento.

O governo brasileiro e os cidadãos que se dizem de esquerda defendem dialogo até com o Estado Islâmico, aquele grupo que mata e estupra cristãos e quaisquer outros que não professam sua fé e dispensa um tratamento todo especial aos que suspeitam serem homossexuais, dentre os quais, atirá-los do alto de edifícios.

Não faz um ano, em plena a Assembléia Geral da ONU, a própria presidente da República defendeu que se dialogasse com eles. Talvez repita a façanha nos próximos dias.

As palavras do deputado maranhense, indefensáveis sob qualquer aspecto, não soam mais grave que o silêncio dispensado por seus colegas de partido e aliados preferenciais dispensa aos homossexuais e outras minorias ao redor do mundo.

O silêncio da vergonha.

A indignação em relação os termos do deputado, por parte de muitos esquerdistas, soam mais como uma despropositada hipocrisia.

Responsive WordPress Theme Freetheme wordpress magazine responsive freetheme wordpress news responsive freeWORDPRESS PLUGIN PREMIUM FREEDownload theme free