casa » POLÍTICA (página 39)

POLÍTICA

Piada do Ano: Edivaldo Holanda Jr. é eleito um dos 20 melhores prefeitos do Brasil

COMPARTILHE

O prefeito Edivaldo está entre os 20 melhores gestores municipais do Brasil no que tange à adoção de práticas inovadoras e que estimulem o empreendedorismo e o desenvolvimento econômico. O reconhecimento foi divulgado na 9ª edição do Prêmio Prefeito Empreendedor, realizado pelo Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae). A edição nacional da premiação foi realizada esta semana em Brasília e contou com a participação de cerca de 1.800 prefeitos de todas as regiões brasileiras.

O prefeito Edivaldo participou da Premiação na categoria “Pequenos Negócios no Campo”. O projeto “Fomento aos negócios do Campo”, desenvolvido pela Prefeitura de São Luís, está inserido no contexto do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), de iniciativa do governo federal e executado em parceria com estados e municípios. Coordenado pela Secretaria Municipal de Segurança Alimentar (Semsa), o projeto conta com articulações também junto às secretarias de Criança e Assistência Social (Semcas) e Agricultura, Pesca e Abastecimento (Semapa), Planejamento e Desenvolvimento (Seplan), além da Defesa Civil, do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia (IFMA) no abate do plantel de frango; e do Programa “Mesa Brasil” do Sesc. Em março deste ano, o projeto foi o vencedor da etapa estadual da premiação.

Desde a sua implantação, há cerca de nove meses, a iniciativa da Prefeitura de São Luís contabiliza cerca de 300 agricultores cadastrados e mais de 30 mil pessoas beneficiadas. A partir da compra da produção de agricultores locais, o projeto beneficia pessoas em situação de insegurança alimentar com a entrega de cestas de alimentos. Assim, a Prefeitura proporciona tanto o acesso à alimentação saudável e concede dignidade e qualidade de vida para quem mais precisa; quanto aumenta a renda dos produtores do campo, estimulando o pequeno empreendedorismo e, por consequência, a geração de novos postos de trabalho no campo.

RECONHECIMENTO

São Luís é a única capital brasileira com reconhecimento do Sebrae na área dos negócios no campo. Para o prefeito Edivaldo, esse é um fator que reforça o caráter pioneiro e ousado do projeto.

“Trata-se de um projeto ousado. Em tempos marcados pela industrialização, buscamos no pequeno produtor rural um caminho de desenvolvimento da nossa cidade. Por meio deste programa, trabalhamos para levar alimento à mesa de quem mais precisa, promovendo dignidade e melhorando a vida das pessoas, tanto na zona urbana quanto no meio rural. Para nós, é motivo de grande alegria o reconhecimento do Sebrae, que nos colocou entre os vinte primeiros num universo de quase dois mil gestores municipais. É um sinal do sucesso desta iniciativa que foi implantada pela nossa gestão”, disse o prefeito Edivaldo. LEIA MAIS AQUI...

Sindicato dos Radialistas escolhe Astro de Ogum como patrono da classe

COMPARTILHE

O presidente do Sindicato dos Radialistas do Maranhão, Jota Kerly, o diretor financeiro José Santos e o diretor administrativo Herberth Pereira, o Betinho, foram recebidos em audiência na manhã da última quinta-feira (12), com o presidente da Câmara Municipal de São Luis, Astro de Ogum, informando-o que ele foi escolhido pela direção da entidade para ser o patrono da categoria.

O respeito, o apoio e o alinhamento com os comunicadores radiofônicos de São Luis fizeram com que o nosso Sindicato lhe escolhesse como patrono. Isso é em reconhecimento ao respaldo que o senhor vem dando aos radialistas desde que assumiu a presidência desta casa parlamentar”, afirmou José Santos, enfatizando que o vereador se destaca pelo respeito aos comunicadores.

Já o presidente do Sindicato, J. Kerly, frisou que um dos itens que levaram a categoria a escolher Astro de Ogum como patrono, foi a instituição do programa “Câmara em Destaque” , levado ao ar de segunda a sexta-feira, das 10 às 13 horas, pela Rádio Difusora AM e que transmite ao vivo as sessões da Câmara Municipal de São Luis.

“Os radialistas são agradecidos por esta iniciativa, vereador Astro de Ogum, tanto pelo ineditismo como pelo fato do referido programa ter contribuído para a abertura do mercado de trabalho para radialistas e técnicos, numa área que vem reduzindo a oferta da mão de obra. Essa é uma iniciativa louvável”, acrescentou o presidente J. Kerly.

Já o diretor administrativo do Sindicato, Herberth Pereira, que também é presidente do Comitê de Imprensa da Câmara Municipal, ressaltou que os profissionais da comunicação recebem tratamento diferenciado naquele parlamento.

“Posso afirmar que dificilmente um jornalista ou radialista pode reclamar das condições de trabalho na Câmara. O presidente Astro, além da iniciativa do programa “Câmara em Destaque”, melhorou as condições de trabalho no Comitê, disponibilizando novos computadores, além de manter ainda a sala onde funciona a Assessoria de Comunicação, que pode ser utilizada pelos comunicadores que ali desempenham suas funções”, destacou Herberth Pereira.

Por sua vez, o vereador Astro de Ogum afirmou ter sido tomado de uma agradável surpresa pela escolha. Afirmou que sempre teve um bom relacionamento com a imprensa maranhense, por reconhecer que a comunicação é uma das áreas mais importantes no contexto da sociedade.

“A imprensa  é a verdadeira voz da sociedade. É essa imprensa livre que transmite os anseios e as angústias da população. O programa Câmara em Destaque, por exemplo,  foi criado com o objetivo de que o povo pudesse tomar conhecimento das ações dos seus vereadores, e vem cumprindo seu papel a contento e tem a participação popular”, disse o presidente da Câmara.

Ele disse se sentir, além de honrado, muito emocionado com o que ele considera uma grande honraria, enfatizando que a Câmara Municipal de São Luis, sob a sua administração, sempre esteve e sempre estará de portas abertas para o povo e para a imprensa.

 

Texto: Djalma Rodrigues

 

Justiça ainda não puniu responsáveis pela morte de 8 estudantes em Bacuri

COMPARTILHE

Quem não conhece os adágios “acredite se quiser ou até parece brincadeira”? Pois é, ambos podem ser usados, tranquilamente, para evidenciar a morosidade da justiça em punir os responsáveis pelo acidente que vitimou oito(08) adolescentes, com idade entre 11 a 18 anos, ocorrido no dia 29 de abril de 2014, na MA-303, entre as cidades de Bacuri e Apicum-Açu, no litoral norte do Maranhão.

A colisão frontal envolveu um caminhão transportando pedras e uma camionete pau-de-arara que levava cerca de 30 estudantes da sede do município para o povoado Madragoa.

Na época da tragédia, o delegado Regional de Pinheiro  – Luiz Claudio Balby declarou que o proprietário do veículo – Rogério Azevedo Rocha, de 39 anos, estaria alcoolizado, razão pela qual o filho, de apenas 15 anos, conduzia o veículo.

Dois anos após o fatídico, familiares clamam por justiça, mas até o presente, tudo continua como antes no quartel de Abrantes. Visando mudar essa triste realidade, na quarta-feira(18), para cobrar celeridade na Ação por Ato de Improbidade, pela segunda vez, parentes das vítimas estiveram reunidos com o juiz Tadeu de Melo Alves e o promotor Rodrigo Alves Cantanhede.

Para acalmar os ânimos de ambas as partes, após rezar uma oração, sugerida pelo representante ministerial, o magistrado baixou a guarda e explicou o porquê da morosidade no julgamento do feito. Tadeu Alves disse entender à revolta dos familiares, contudo enfatizou que não poderá sentenciar tendo como fundamento tal sentimento, mas, sim, o primado da lei.

O juiz também pediu aos manifestantes que levassem em consideração o número de réus, no caso 10, bem como a ausência de autoridade judicial na cidade, o que acarretou a paralisação do processo por sete(07) meses. Ele ressaltou, ainda, que fora recentemente nomeado, e que movimentou o processo tão logo assumiu o comando da Comarca.

É oportuno ressaltar que, no dia do encontro, digo, 18 do mês passado, estava findando o prazo para a alegação final dos denunciados. Atualmente, o processo está concluso para sentença, podendo a mesma ser prolatada a qualquer momento.

CONDENAÇÃO

No parecer, o MP afirma que “ houve fraude no procedimento licitatório(pregão presencial de nº 008/2013) de transporte escolar no município, verificando, sem sobra de dúvida que as partes estão ligadas, tendo agido, deliberadamente, com total aversão ao ordenamento jurídico brasileiro, ferindo princípios basilares da administração pública, como a moralidade, legalidade e impessoalidade, sem deixar de frisar que o gestor público faltou com o dever de bem gerir a coisa pública, efetuando a contratação de serviços por meio de processos licitatórios fraudulentos”.

Ainda no parecer ministerial, dos R$ 1.092.700,00(um milhão, noventa e dois mil e setecentos reais), valor total da licitação, dita pelo Parquet como fraudulenta, muito embora não tenha prestado qualquer serviço, 10%, ou seja, R$ 109.270,00(cento e nove mil e duzentos e setenta reais) ficou com o responsável da empresa vencedora, no caso Conservis Construção Comércio Ltda – ME. Já os outros 90% eram devolvidos aos gestores, mas precisamente ao prefeito Balduíno da Silva Nery e a irmã dele, na época Secretaria de educação – Célia Vitória Neri, atualmente subsecretária do Cerimonial no Executivo Estadual.

Na parte final do parecer, além da condenação do prefeito José Balduíno, da irmã dele, Célia Nery(secretária de Educação), Gersen James Correia Chagas(presidente da CPL), Wagno Setúbal de Oliveira(pregoeiro), Maria José dos Santos Azevedo( membro da CPL), Flavia Regina Assunção de Azevedo(secretaria da CPL), Raimundo Nonato Amorim Costa(integrante de apoio da CPL), Andrew Fabrício Ferreira Santos(sócio proprietário da Conservis) e Conservis Construção Comércio e Serviços Ltda – ME, com base no art. 12 da lei 8429(enriquecimento ilícito), o MP pugnou pela aplicação de multa, perda do cargo, suspensão dos direitos políticos e proibição de contratar com o poder público dos denunciados.

O Parquet Estadual pleiteou, também, o ressarcimento ao erário por parte do prefeito Balduíno, na proporção de 60% do valor do contrato, ou seja, R$ 590.058,00(quinhentos e noventa mil e cinquenta e oito reais), da irmã dele –  Célia Nery em R$393.372,00(trezentos e noventa e três mil e trezentos e setenta e dois reais) e da Conservis em R$109.270,00(cento e nove mil e duzentos e setenta reais).

Já quanto ao décimo denunciado, no caso, Arcyr Fonseca Gomes, o MPE pediu a absolvição por falta de provas.

ANGÚSTIA DOS FAMILIARES

De acordo com a dona de casa – Silvia Núbia Gatinho Costa, 32 anos, que na tragédia perdeu as duas filhas, Emilly, 16, e Samilly, 14, desde o acidente, o clima na cidade é de guerra. Além da falta de apoio por parte do Executivo municipal, em diversos pontos da cidade, aliados de Balduíno estariam ameaçando familiares.

“Eu mesma já fui ameaçada, via mensagem,  tanto que registrei a ocorrência de nº 2393, não podemos cobrar justiça, mesmo perdendo nossos filhos acredita? Eles dizem que não sabemos com que estamos mexendo. Estou com depressão em razão da dor e revolta que sinto”, disse Núbia.

Pedindo para não ser identificado, outro pai, que também perdeu um filho, foi mais longe. Chorando bastante, o mesmo garante que medidas extremas serão tomadas caso a justiça não faça justiça. “Nós não estamos brincando. Iremos acampar em frente ao fórum local e, em seguida, no TJ, em São Luís. Não aguentamos mais essa angústia. Somos pobres, mas nossos filhos não eram cachorros. E se for como eles(situação) alardeiam aos quatro cantos, terá um derramamento de sangue em Bacuri em dimensões inimagináveis. Iremos atear fogo no fórum e prefeitura, pode esperar”, disse. Só nos resta aguardar.

Revoltada, outra mãe, que temendo represália, também pediu para não ser indetificada, denúncia que no município os comentários dão conta que o prefeito não estaria nem um pouco preocupado com o desfecho da ação. “Você acredita que ele(prefeito) ainda tem coragem de arrotar aos quatro cantos que isso não vai dar em nada? Segundo comentários na cidade, ele estaria sendo apoiado por membros do Tribunal de Justiça, e mesmo que a sentença do juiz de base seja desfavorável, na segunda instância a decisão será desconstituída. Porém, se essa informação for verdadeira, novamente Bacuri será destaque na mídia nacional, tenha certeza”, declarou

Nas últimas 48h, infrutiferamente, o prefeito Balduíno foi procurado para se pronunciar acerca da veracidade das ameaças, o que não foi possível, mas desde já a palavra fica franqueada.

 

 

 

 

Manobra evita posse de “Bijuca” em Presidente Juscelino

COMPARTILHE

Mesmo após a liminar em Mandado de Segurança concedida, no último dia 10, pelo juiz André Bezerra Ewerton Martins, da comarca de Morros, a vice-prefeita do município de Presidente Juscelino – Maria de Jesus Oliveira Costa, a “Bijuca”(PRB), ainda não conseguiu assumir o comando do Executivo Municipal.

No despacho, a condenação do prefeito Afonso Celso por crime de sonegação fiscal, levou o magistrado a determinar, respectivamente, a vacância do cargo de prefeito e a posse da vice-prefeita.

A sentença contra Afonso Celso foi proferida em abril do ano em curso e, desde então, “Bijuca” tenta fazer com que a CM lhe dê posse, o que não tem sido nada fácil, haja vista que o prefeito afastado conta com o apoio de sete(07) dos nove (09) vereadores, sendo necessário o ajuizamento do remédio constitucional.

Sobre o caso em tela, ou seja, em relação ao quórum mínimo exigido para declarar a vacância e empossar novo gestor, o regimento interno silencia, mas com o objetivo de evitar a posse de “Bijuca”, na tarde desta quarta-feira(11), o presidente da CM – Felipe Santos Costa abriu os trabalhos, mas, em seguida, encerrou a sessão por falta de quórum, pois apenas dois vereadores estavam em plenário.

De acordo com os advogados da vice-prefeita, a ideia do presidente, em uma total afronta a lei, é ganhar tempo afim de que o prefeito afastado consiga cassar a liminar no Tribunal de Justiça. Aliados do prefeito cogitavam a possibilidade de ajuizar, no plantão, petição para tentar derrubar a liminar concedida pelo juiz de base.

Vale ressaltar que desde o último dia 09 até o próximo dia 15, a desembargadora Angela Salazar, conhecida pelo seu posicionamento rígido e pautado na legalidade, estará respondendo pelo plantão. Uma sessão extraordinária foi marcada para empossar “Bijuca” às 17:00hs de hoje, no plenário da CM. Vamos aguardar!

 

 

Homenagem emociona mães anajatubenses

COMPARTILHE

Em um fato inédito, com o apoio do Executivo, através da Secretaria Municipal de Educação, durante todo o final de semana, as 45 escolas municipais de Anajatuba puderam realizar festa em homenagem ao Dia das Mães.

Seguindo orientação do Executivo, o secretário Wellighton Jorge Sousa Oliveira dispensou um tratamento igualitário a todas as escolas. No bairro São Benedito, por exemplo, o Clube Social serviu de palco para a festa organizada pelos diretores das escolas Chapeuzinho Vermelho, Maria Cirena Verde e Maria Rabelo Bogéa.

ANA1 ANA2

Centenas de mães lotaram o clube para acompanhar a homenagem dos seus respectivos filhos, fazendo com que muitas não conseguissem conter as lágrimas. As professoras, mães em sua totalidade, abrilhantassem a festa com a apresentação de poemas.

Artistas do município também participaram da festa, que além de mensagens  emocionantes proferidas pelo secretário, professores e algumas homenageadas, findou-se com o tradicional corte do bolo e entrega de brindes.

Na Unidade Integrada Marcos Dutra Mendonça, na localidade Bacabalzinho, o evento não foi diferente. Com o apoio do corpo docente, uma belíssima festa foi organizada pela diretora Josília Brito Viegas. Além de várias apresentações musicais, as mães de todos os alunos, em um total de 500, foram presenteadas com uma taça de cristal, adquirida através da doação das professoras e funcionárias da escola.

ANA4 ANA5

“Juntamente com o Natal, o Dia das Mães é a data comemorativa mais importante no nosso calendário, e mesmo com as inúmeras dificuldades, em razão das mudanças políticas na cidade, não podíamos deixar de homenagear as mães dos nossos alunos, as quais são peças de suma importância nesse processo ensino X aprendizagem”, disse Josilia.

De maneira geral, antes da entrega dos brindes e corte do bolo, as mães escolhidas para proferir rápidas palavras, evidenciaram a  importância da data e a importância do processo de valorização implementado no município nos últimos meses, onde o bem estar da população tem sido o carro chefe.

 

Conferência das Cidades, em Bequimão, elabora propostas para levar à etapa Estadual

COMPARTILHE

A 3ª Conferência Municipal das Cidades em Bequimão foi realizada no último sábado (07), no Auditório do Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais (STTR). Com o tema “A Função Social da Cidade e da Propriedade” e como lema “Cidades Inclusivas, Participativas e Socialmente Justas”, o evento cumpre a etapa municipal do processo. Desta fase, saíram propostas para a 6ª Conferência Estadual das Cidades, que, por sua vez, apresentará contribuições para a etapa Nacional, marcada para junho de 2017, em Brasília-DF.

“Propiciamos a participação popular de diversos segmentos da sociedade, considerando as diferenças, para a formulação de proposições e realização de avaliações sobre a função social da cidade e da propriedade, e sobre as formas de execução da Política Nacional, Estadual e Municipal de Desenvolvimento Urbano e suas áreas estratégicas”, comentou Keila Soares, Secretária de Meio Ambiente e Turismo e uma das componentes da Comissão Preparatória da conferência.

Na oportunidade, foram discutidas e aprovadas propostas de emendas, que serão encaminhadas para a Conferência Estadual. Lá, os delegados eleitos defenderão a inclusão dessas demandas no Orçamento do Estado e da União, para o exercício de 2017.

A Conferência contou com a participação de vários segmentos da sociedade. Estiveram na conferência, representando o poder público municipal, Keila Soares e Edmilson Pinheiro (SEMATUR), Dinha Pinheiro (Cultura e Igualdade Racial), Ademar Costa (Indústria e Comércio), Cassiano Pereira (Segurança), José Raimundo (Pesca e Aquicultura), Rodrigo Martins e Wanda Pereira (Agentes Municipais de Desenvolvimento), entre outros presentes. Contou com assessoria e palestra ministrada pelo Professor Nonato Moraes, graduado em Geografia pela UEMA, pós-graduado em Gestão Ambiental pelo IESF e em Gestão Pública pela UFMA, Conselheiro Estadual das Cidades e Membro da Comissão Intersetorial de Educação Ambiental (CIEA).

Dentre as propostas prioritárias elaboradas pelos participantes da conferência, em Bequimão, são:

DE ÂMBITO MUNICIPAL:

Criar a Lei de Mobilidade Urbana em acordo com as legislações superiores, e garantir dotação orçamentária para a adaptação dos instrumentos e equipamentos públicos existentes no município; Criar e implantar programa de regularização fundiária municipal; Elaborar, aprovar e implantar, de forma participativa, o Plano Diretor do Município; Sugerir ao Gestor Municipal que busque articulações para a implantação de uma agência bancária de fomento no município.

DE ÂMBITO ESTADUAL:

Execução do projeto de construção da ponte Bequimão/Cedral sobre o Rio Pericumã, ligando municípios do litoral maranhense; Garantir e Implementar políticas de serviços públicos e privados (comunicação, saúde, segurança, serviços bancários, organização espacial das atividades econômicas) no Porto do Cujupe/Alcântara/MA; Fortalecimento da política de regulamentação dos limites territoriais dos municípios.

NO ÂMBITO NACIONAL:

 Garantir no orçamento da União recursos para Asfaltamento da BR 308-Transoceânica que liga Cujupe (Alcântara) a Capanema (Pará); Liberação e execução dos projetos do “Minha Casa Minha Vida” Urbano e Rural já aprovados, e garantir maior fiscalização na aplicação desse programa; Financiamento para construção de aterro sanitário; Garantir orçamento da união para construção de uma estrada (MA 016) partindo do povoado Alegre (São Bento/MA), passando pela Ilha do Carmo até Salina/Bacurituba, complementando a construção de uma Ponte sobre a Baía de São Marcos ligando com a localidade do bairro Quebra Pote no município de São Luís/MA.

Delegados eleitos na 3ª Conferência Municipal das Cidades em Bequimão:

PODER PÚBLICO:

Ademar dos Santos Costa (Titular)

Edmilson Carlos Pereira de Abreu Pinheiro (Suplente)

MOVIMENTOS SOCIAIS:

Wanderléa Iglesia Cantanhede Pereira (Titular)

Maurunilson Amorim (Suplente)

Noleto diz que Assembleia do Maranhão tem aproximadamente 40 funcionários ‘fantasmas’

COMPARTILHE

Presidente do Sindicato dos Servidores da Assembleia Legislativa do Maranhão (SindSalem), Luiz Carlos Noleto, conversou com o repórter da Mirante AM, João Ricardo e denunciou sobre “funcionários fantasmas” na Assembleia Legislativa do Maranhão.

 A entrevista aconteceu nessa quinta-feira (12) e reprisada na manhã desta sexta (13) no programa Acorda Maranhão, apresentado pelo Radialista e Jornalista João Ricardo. Para o sindicalista, deputados, Ministério Público e até o judiciário não fazem nada quanto a esta reclamação antiga sobre pessoas que são pagas pela folha da Assembleia Legislativa e não dão expedientes. CLIQUE AQUI PARA OUVIR A ENTREVISTA EXCLUSIVA DA MIRANTE AM.

Após ser descoberta pela Folha de São Paulo que o filho de Waldir Maranhão recebia sem trabalhar no TCE, a imprensa local desceu o malho em Edmar Cutrim. E agora por que todos estão calados sobre essa denúncia na assembleia legislativa? Tem nome da imprensa pendurado na folha fantasma?

O Portal www.joaofilho.com se coloca à disposição dos citados para que as defesas sejam apresentadas. Email: sistemajb10@gmail.com

DO BLOG SIGAJOAORICARDO (Com Edição)

Portal Joaofilho.com deixa pré-candidatos a prefeito de Peri-Mirim à flor da pele

COMPARTILHE

Uma análise feita pelo Portal www.joaofilho.com sobre a união de forças entre os pré-candidatos a prefeitura de Peri-Mirim Charles Antoine e Heliezer Soares (PCdoB), e deixou muita gente à flor da pele após publicação. A frase que não tem experiência no ramo” foi interpretada pelo pré-candidato Charles como uma desqualificação profissional. Basta ler o texto até o final, que ninguém vai ter essa impressão, já que não foi à intenção do editor do Portal.

Outro equívoco do pré-candidato foi colocar na rede social Facebook, que o prefeito de Peri-Mirim mandou fazer essa análise do atual momento político do município de Peri-Mirim. Em hipótese algum, o prefeito João Felipe (PT) mandou escrever alguma análise, até porque o Portal tem linha editorial e precisa ser respeitada. Aqui neste portal todo texto escrito pelo Editor é de responsabilidade do Site. Já os textos de terceiros, são colocados seus créditos, de acordo com a legislação.

É bom ficar claro, que todo e qualquer homem ou mulher público precisa absorver uma crítica, o que não foi o caso do texto anterior. A análise foi baseada na postagem do Blog Portal Maranhense, mas que houve uma repaginada no texto, sem aval de terceiros, como pensam os concorrentes do prefeito João Felipe. Um texto analítico também faz o eleitor pensar sobre os nomes que estão no jogo.

Pré-candidato a prefeito de Peri-Mirim Charles Antoine pode fechar uma chapa com Heliezer (PCdoB)

COMPARTILHE

O pré-candidato a prefeito de Peri-Mirim, Charles Antoine que não tem experiência no ramo, pode fechar uma chapa com o atual vice-prefeito do município, Heliezer (PCdoB), que em minha opinião está dando um passo maior que a perna. Segundo amigos dos dois, as conversas já estão bastante adiantadas entre os dois pretensos. Charles Antoine sairia como candidato à vice e Heliezer que hoje já ocupa o cargo de vice na atual gestão, sairia como candidato a prefeito nas eleições de outubro deste ano.

Os dois pré-candidatos já estão se articulando a bastante tempo, e há quem diga que a decisão já foi tomada, mas nada confirmado pelos dois políticos. Heliezer vem de uma família tradicional na política do município, mas não tem grupo formado. O que dificulta sua caminhada.
É claro que essa soma aliada a uma possível união de Charles & Heliezer, já favorece o atual prefeito João Felipe (PT) que aumenta suas chances de vitória, já que o outro candidato (Geraldo Amorim) está inelegível. É uma disputa que enquanto mais candidatos a prefeito, melhor.

BlogPortalMaranhense (Com Edição)

Governador Flávio Dino inaugura nova unidade do Viva

COMPARTILHE

A nova unidade central do Viva, localizada na Av. Beira Mar, em São Luís, foi inaugurada nesta quarta-feira (11) pelo governador Flávio Dino. Agora instalada no prédio que abrigava o antigo Casino Maranhense, a unidade garante a expansão e descentralização do órgão, com mais qualidade, conforto, segurança e acessibilidade para usuários e servidores.

Com capacidade para mais 5 mil atendimentos diários, em 120 guichês disponíveis, o novo espaço oferecerá diversos serviços com dignidade aos cidadãos e agregará os serviços que eram oferecidos nas unidades da Praia Grande e Jaracati, representando uma economia de 44,20% nos gastos.

“É uma alegria poder estar aqui entregando esse equipamento de grande qualidade, dobrando os pontos de atendimentos e os serviços oferecidos, é uma continuidade do nosso compromisso de atender bem ao cidadão, de ter um Governo de portas abertas, sempre voltado para aqueles que mais precisam”, destacou o governador Flávio Dino, apontando a importância de oferecer ao cidadão uma infinidade de serviços necessários à cidadania num prédio imponente e antes abandonado.

O presidente do Viva, Duarte Júnior, ressaltou o esforço que a gestão tem feito para oferecer mais pontos de atendimento, em regiões descentralizadas para que possa atender com comodidade mais pessoas. “É um dia de muita alegria, em que a gente pode entregar essa unidade que é uma preocupação do governador Flávio Dino, de atender a quem mais precisa. Atender não só bem a população, o cidadão, mas permitir que o servidor do estado do Maranhão tenha um local amplo, um local com qualidade para desenvolver suas atividades”, pontuou Duarte.

MAIS SERVIÇOS

O governador lembrou que o Governo do Estado tem, na verdade, reconstituindo toda a rede de atendimento do Viva. O número de instituições parceiras dentro do órgão subiu de 16 para 30, que passará a oferecer serviços como atendimento da Cemar, Caixa Econômica Federal, bem como a realização de exames do Detran.

Também estão sendo abertas unidades no interior do Maranhão, outras unidades na ilha, com postos nos shoppings visando realizar atendimento no período da noite. No total, com as três novas unidades fixas – Beira-Mar, Shopping da Ilha e Pátio Norte –, o total de guichês que era de 133 nas três unidades anteriores será elevado para 259 com as novas instalações.

Para o secretário de Estado de Direitos Humanos, Francisco Gonçalves, o Viva, do modo que foi estruturado garante que a população possa realizar com dignidade serviços simples, como a emissão de carteira de identidade e de trabalho, serviços que darão acesso a diretos básicos. “O que estamos fazendo aqui hoje é assegurando as condições de direito, mas lembramos que não basta garantir direitos, tem que garantir direito com respeito, e não pode existir respeito sem qualidade no atendimento”, defendeu o secretário.

ESTRUTURA

A nova unidade foi aprovada por quem precisou utilizar os serviços no dia da inauguração. O microempresário Emanuel Batalha foi buscar o documento do carro, acompanhado do filho e elogiou as novas instalações. “A estrutura é excelente, um prédio antigo, que estava desvalorizado e abandonado e aí, fizeram um importante trabalho de revitalização e melhoramento do atendimento. Isso sim é trabalhar para o cidadão”, opinou.

O novo Viva possui 3.601 m² de área útil, e 1.875 m² de área construída. O andar térreo abrigará todos os postos de atendimento, divididos em três corredores e identificados por cor, para facilitar a localização do serviço desejado. Também no térreo estarão localizados os bancos (Banco do Brasil e Caixa Econômica Federal) e o correspondente bancário (Pague Fácil); uma lanchonete onde os cidadãos e servidores poderão fazer refeições rápidas; e também um espaço dedicado a apresentações culturais, intervenções artísticas, saraus e exposições.

No andar superior ficarão os setores administrativos. Na área externa haverá estacionamento com vagas disponíveis para os usuários dos serviços, 10% delas reservadas para pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida.

Esteve presente na solenidade de abertura o vice-governador Carlos Brandão, o secretário de Estado de Infraestrutura, Clayton Noleto, os deputados estaduais Bira do Pindaré e Levi Pontes, o secretário municipal de Governo, Lula Fylho e os vereadores Lisboa e Rômulo Franco.

 

 

Responsive WordPress Theme Freetheme wordpress magazine responsive freetheme wordpress news responsive freeWORDPRESS PLUGIN PREMIUM FREEDownload theme free