casa » POLÍTICA (página 22)

POLÍTICA

Conheça a trajetória do Prefeito Anderson (PCdoB) de Alcântara-MA

COMPARTILHE

QUEM É ANDERSON WILKER DE ABREU ARAÚJO?

Nascido na cidade de Alcântara, no dia 17 de setembro de 1983, Anderson, como é carinhosamente chamado pelo povo alcantarense, tem 33 anos e uma boa experiência na política local.

Em 2004, com apenas 21 anos de idade, Anderson ainda estudante, concorreu sua primeira eleição para o cargo de vereador, mas acabou ficando apenas na suplência com apenas 208 votos, pelo Partido Social Cristão (PSC). Em 2008, o jovem foi em busca de seu objetivo e disputou novamente uma cadeira na Câmara Municipal de Alcântara, sendo o mais votado naquela eleição, com apenas 25 anos de idade e uma aceitação de 776 votos, na época pelo DEM.

Em 2012, Anderson que poderia se reeleger fácil como vereador, tentou buscar voos mais altos, encarando uma disputa para a Prefeitura de Alcântara, e mesmo sem grandes apoios, ficou em segundo lugar na disputa, a frente do prefeito na época, Dr. Soares (DEM), com 2.506 votos pelo PTB.

A crescente e a boa aceitação de Anderson na política alcantarense consagram o que o povo já esperava há muito tempo. Com 8.518 votos, o Jovem empresário do ramo varejista, foi eleito prefeito de Alcântara e ainda entrou para história do município como o mais votado em quase 368 anos de história.

Hoje, casado com Rayssa Araújo, Anderson tem três filho (Almiro Davi, Ana Sophya e Alycia), e por isso tem se mostrado incansável durante dia e noite em busca de apoios para reconstruir a cidade de Alcântara.

Filho dos Empresários Almiro Araújo (ex-vereador e vice-prefeito de Bequimão) e Adelina Araújo, Anderson tem se empenhado de todas as formas em busca de parcerias sejam elas públicas ou privadas. A saúde e Educação são prioridades de uma gestão, e em Alcântara, não será diferente, já que as duas pastas estão sucateadas.

Filiado ao Partido Comunista do Brasil (PCdoB), Anderson sempre foi um político independente e os resultados mostram o quanto ele é querido em Alcântara por ter um perfil povão. A credibilidade que tem com a população alcantarense, o fez ser o mais votado na história do município, saindo de 208 votos em 2004 para 8.518 em 2016 (em apenas 4 eleições disputadas).

“Gestão de Edivaldo destruiu sonhos e amputou direitos” – dispara vereador Chaguinhas

COMPARTILHE

Durante a reinauguração do comitê central do candidato a prefeito Eduardo Braide (PMN), o vereador Chaguinhas (PP) teceu várias críticas ao atual prefeito e candidato à reeleição, Edivaldo de Holanda Júnior (PDT). Ao fazer o uso da palavra, Chaguinhas disse que Edivaldo Jr. foi o prefeito que mais maltratou o povo e que o chefe do executivo foi uma bomba atômica que caiu em São Luis.

“A gestão de Edivaldo foi uma bomba atômica que caiu em São Luis, matou sonhos e amputou direitos. Nossa cidade não merece mais ficar com um gestor incompetente”, disse o progressista.

Dando continuidade, Chaguinhas disse que Eduardo (PMN-33) está preparado para administrar São Luis, pois sempre foi um parlamentar atuante e com grande destaque na Assembleia Legislativa, em defesa dos maranhenses, especialmente dos ludovicenses.

“O Eduardo é humano, sabe das necessidades do nosso povo, e tenho certeza de que na prefeitura ele vai fazer a verdadeira transformação que a nossa cidade tanto precisa. A nossa São Luís tem jeito com Eduardo Prefeito”, concluiu o vereador, eleito pela terceira vez em São Luís.

Eleições 2016: Guimarães vai comemorar vitória de Margarete Ribeiro na próxima terça-feira (11)

COMPARTILHE

Após 4 anos de sofrimento, a população de Guimarães voltou a sorrir ao eleger Margarete Ribeiro (PV) no último domingo dia 02, prefeita do município com 3.314 votos (44,35%), uma diferença de 1.032 votos para o segundo colocado, numa verdadeira resposta do povo ao gestor atual, que abandonou o município em todos os setores.

Para comemorar a vitória do povo de Guimarães, a prefeita eleita, Margarete Ribeiro, juntamente com seu vice Osvaldo Gomes (PDT) que tem história de serviços prestados na cidade, como vereador do município, vai realizar nesta terça feira (11) uma grande festa na Praça Luís Domingues, a partir das 9h da noite, com várias atrações.

O evento que será aberto ao público onde toda população Vimarense está convidada. A prefeita eleita, Margarete Ribeiro, teve apoio maciço do Padre William, uma das maiores lideranças de Guimarães, inclusive com grande gestão como prefeito.

Zé Genésio “Escatitou” pra cima de Flávio Dino na Rádio Capital AM

COMPARTILHE

O ex-prefeito de Pinheiro e ex-deputado estadual, José Genésio, “Escatitou” com o governador do estado, Flávio Dino, Márcio Jerry e outros integrantes do grupo comunista. O desabafo aconteceu na manhã desta segunda feira (7), no programa “Manhã Capital” apresentado pelo radialista e jornalista, Osvaldo Maya.

Durante a entrevista, Zé Genésio não mediu palavras para fazer críticas e acusações contra o governador do Maranhão Flávio Dino (PCdoB), que segundo suas palavras, usou à Polícia Militar do Maranhão para perseguir adversários (gente que não ler a cartilha do comunista).

Em meio à entrevista, Genésio afirmou que Flávio Dino tentou por várias vezes tirar a eleição de seu filho Luciano (PP), para colocar Leonardo Sá (PCdoB), que não tem mais que 6.000 votos na cidade de Pinheiro. “Até reunião fizeram para tentar convencer meu filho de desistir da campanha. Na véspera da eleição, Flávio Dino distribuiu 100 mil panfletos com dizeres que Luciano desistia da campanha, mas de nada adiantou” – disparou Genésio.

Segundo Genésio, a polícia de Flávio Dino esteve em Pinheiro e tentou matar seu filho, o único a derrotar Filuca Mendes (PMDB). O áudio abaixo mostra toda decepção de Zé Genésio com os “Leões” em entrevista na rádio capital. São 20 minutos de áudio comprometedores a Flávio Dino. O difícil é explicar o inexplicável.

Mais um “Factoide” criado por Robson Paz & Elanderson

COMPARTILHE

POR TRIBUNA DE BEQUIMÃO – Pouco menos de uma semana após as eleições em Bequimão, a dupla derrotada, Robson Paz e Elanderson, começou a plantar a semente da mentira já pensando em 2020. Em descrédito na política bequimãoense, os irmãos já começam a distribuir mentiras nos quatro cantos do município. Desde 2015, um jornal foi lançado por eles para distribuir mentiras e calúnias contra o atual prefeito de Bequimão, Zé Martins (PMDB), reeleito no último dia 02. O resultado das eleições no último domingo (02) mostrou que em Bequimão eles estão ficando cada vez bem longe.

Antes das eleições, foram inúmeras mentiras espalhadas na cidade e zona rural, que para a grande maioria só serviram para desmoralizar ainda mais os pupilos de Flávio Dino e Márcio Jerry. Uma das mentiras mais cabeludas distribuídas pelos irmãos “Jacioquinos”, foi à criação do IEMA em Bequimão, inclusive com reunião para escolhas de cursos e data para inauguração da Unidade.

Nesta sexta feira (7), o Blogue Bequimão Agora (B.A), editado pelo Subsecretário, Robson Paz, amanheceu com a primeira mentira após as eleições. De acordo com um texto “Montado”, o Blogue B.A tenta implantar o tal atraso de salários em Bequimão, justificando o injustificável. A prefeitura de Bequimão enviou nota antecipada explicando sobre o caso, mesmo assim os irmãos tentam a qualquer custo crescer politicamente implantando mentiras. De acordo com Artigo 459 do Decreto Lei nº 5.452 de 01 de Maio de 1943, o município tem até o quinto dia últil de cada mês para efetuar o pagamento de seus servidores. (Redação dada pela Lei nº 7.855, de 24.10.1989). Neste caso, a prefeitura de Bequimão está dentro do prazo, e só não efetuou todos os pagamentos pelos motivos citados em nota (VEJA AQUI).

Se os irmãos “Jacioquinos” gostassem da verdade, poderiam explicar os atrasos de salários de funcionários na secretaria de saúde do estado, que vão entrar em greve como foi divulgado em todos os veículos de comunicação do Maranhão nesta sexta feira. Mas, verdade na boca deles causa “Aftas”.

Os Médicos que trabalham no Hospital Infantil Juvêncio Matos e no Hospital Tarquínio Lopes Filho (Hospital Geral), também chamado de Hospital do Câncer podem parar suas atividades nos próximos dias. Mais uma vez, a questão é salarial, e isso seu Robson Paz não fala.

Os profissionais que atuam nessas unidades estão há dois meses sem receber pelos serviços prestados. O salário de agosto, que deveria ser pago em setembro, nunca saiu. Isso é que se chama “Atraso” nobre Robson Paz.

No Centro de Referência em Neurodesenvolvimento – o chamado “Ninar” -, unidade que abriga o serviço de exames para diagnóstico de microcefalia, a situação é a mesma. Por lá, já houve suspensão do atendimento.

Unidades de Pronto Atendimento (UPAS)

Na UPA do Parque Vitória, os médicos anunciaram paralisação. Eles não recebem salários há dois meses. O caos fez com que eles emitissem um comunicado à Secretaria de Estado da Saúde (SES), à EMSERH e à direção da UPA informando da decisão (veja abaixo).

Serão suspensos parcialmente os atendimentos clínicos e pediátricos prestados pelos médicos e sócios das empresas Alerta Servi Hospitalares e Uni Serviços Hospitalares na UPA do Parque Vitória.

A interrupção da prestação do serviço só será encerrada após o pagamento dos salários atrasados. Mesmo assim, Robson Paz e Elanderson trancaram suas bocas e não falam nada. Sem contar que os repasses para o Hospital Municipal Lídia Martins, em Bequimão ainda estão atrasados pelo governo do estado.

A verdade sempre prevalece!

 

Vereadores declaram apoio a Eduardo Braide

COMPARTILHE

Os vereadores Chaguinhas (PP), Marlon Garcia (PT do B), Armando Costa (PSDC) e Manoel Rego (PP), declararam nesta quinta-feira (6), apoio ao candidato a prefeito de São Luís, Eduardo Braide.

O vereador Chaguinhas destacou o motivo do apoio. “Pelo bem de São Luís, decidimos apoiar o candidato Eduardo Braide neste segundo turno. O Eduardo chega como uma grande boa esperança, para dar qualidade de vida e bem estar ao povo de São Luís”, afirmou o candidato reeleito.

Para Eduardo Braide, o apoio dos vereadores reforça o compromisso de trabalhar por uma São Luís muito melhor.

“Foi com entusiasmo que recebi o apoio dos quatro vereadores, que entenderam o nosso projeto para a cidade. A vinda deles representa a melhor escolha, neste segundo turno, no trabalho de fazermos de São Luís, uma cidade muito melhor de se viver”, disse o candidato.

Adriano barra votação atropelada de projeto do Governo

COMPARTILHE

O deputado estadual Adriano Sarney (PV) pediu vistas do requerimento que tramita em regime de urgência na Assembleia, referente ao projeto de lei número 177/2016, que visa autorizar o Governo do Estado a contrair um empréstimo estrangeiro de risco desconhecido.

A estratégia de Adriano anulou uma manobra da ala governista, que tentou a todo custo votar e aprovar a matéria na sessão de ontem (5). Uma nova batalha parlamentar deve ser travada na próxima sessão, marcada para hoje (dia 6).

O problema é que esse empréstimo, ao Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola (FIDA), está cotado em 14,3 milhões de Direitos Especiais de Saque, um indexador do FMI baseado em cinco moedas internacionais, portanto, sujeito à volatilidade do mercado.

O deputado Adriano Sarney e outros membros da oposição, querem que o Governo explique detalhadamente o projeto e suas finalidades, passando pelos trâmites normais das comissões da Assembleia e não em votação de urgência injustificada.

O Fundo Internacional para Desenvolvimento Agrícola (FIDA ou IFAD, da sigla em inglês) é uma agência especializada das Nações Unidas para financiar projetos de produção de alimentos nos países em desenvolvimento. Quanto aos Direitos Especiais de Saque (DES) ou Special Drawing Rights (SDR), trata-se de um instrumento criado pelo Fundo Monetário Internacional (FMI), em 1969, composto por uma cesta de moedas que inclui dólar, euro, libra, iene e yuan, isto é, uma espécie de moeda sujeita à variação cambial internacional.

Gabinete do deputado Adriano Sarney (PV)

Assessoria de Imprensa

Jornalista Cezar Scanssette

98-98139-0307 (WhatsApp)

Mais informações e contatos:

(98) 3269-3763 / 3269-3764 / 3269-3439

 

Vitória de Sydnei representa derrocada do coronelismo em Anajatuba

COMPARTILHE

Há quase 20 anos, em uma prática muito comum nos municípios nordestinos, à política em Anajatuba vinha sendo comandada por duas das mais tradicionais famílias, os Aragão e os Castelo Branco. No entanto, a vitória de Sydnei Pereira, no último dia 02, acabou por enterrar essa prática dos anais daquele município.

Homem de hábitos simples, oriundo de família humilde, Sydnei assumiu o comando do município há exatos 11 meses, em uma situação administrativa um tanto complicada, pois além de um desvio de quase R$15 milhões de reais, fato que ocasionou o afastamento e prisão do então prefeito, Helder Aragão e de alguns secretários, a crise política e financeira no País provocou, inevitavelmente, uma queda no repasse municipal, mas, apesar das intemperes, muito foi feito em um curto interregno de tempo, e o resultado nas urnas não podia ser diferente.

Com mais de 6.100 votos, logo após a divulgação do resultado, mais de 4 mil pessoas invadiram as ruas da cidade para comemorar a vitória de Sydnei. Desde então, o atual prefeito, reeleito pelos seus conterrâneos, vem sendo considerado um fenômeno na politica local.

O engraçado é que nem mesmo todas as armações orquestradas pelos adversários conseguiram alterar o resultado do pleito, o que era uma prática comum em outras épocas. Para termos ideia da polícia baixa e inconsequente dos adversários, em uma demonstração clara de desespero, o candidato Eduardo Castelo Branco mandou destruiu seu próprio carro, um pick up Hilux.

Certo de que esse episódio poderia mudar o resultado do pleito, fazendo-se de coitado, o candidato derrotado atribuiu tal anarquia aos aliados do candidato vitorioso. No entanto, tal fato serviu, apenas, para Eduardo Castelo Branco amargar mais um prejuízo, contudo, se ele usar um pouquinho de todo o recurso desviado de quando exerceu o cargo de secretário no município de Paço do Lumiar, conforme as dezenas de ações que responde por Improbidade naquela comarca, certamente, ele vai consertar o carro e, ainda, vai sobrar algumas centenas de milhares de reais.

Sydnei foi uma das dezenas de prefeito eleito que compõe a base do governador Flávio Dino.

 

 

Zé Martins terá a maior bancada na Câmara Municipal a partir de 2017

COMPARTILHE

O prefeito de Bequimão, Zé Martins (PMDB), eleito no último domingo (2) para mais 4 anos de mandato, conseguiu fazer a maior bancada na Câmara Municipal, elegendo 7 vereadores. Com a façanha, Martins vai poder trabalhar mais tranquilo durante seu segundo mandato, que iniciará dia 01 de janeiro de 2017.

Com uma coligação composta por 9 partidos, Zé Martins conseguiu colocar em prática seu planejamento de campanha e elegeu a maioria no legislativo municipal. Entre os eleitos da base do prefeito, três novatos vão está legislando.

whatsapp-image-2016-10-03-at-18-58-23 whatsapp-image-2016-10-03-at-18-58-25-1

Entre os novatos, Estão o professor Zeca (PRB), Vadico do Areal (PV) e Valdenor do Pontal (PMDB). Os outros quatro já são vereadores e se reelegeram como é o caso de Amarildo Paixão (PSD), Jorge Filho (PP), Valmir Costa (PP) e Irmão Vetinho (PMDB).

ABAIXO A LISTA DOS VEREADORES DA BASE DO PREFEITO:

1º – Irmão Vetinho (PMDB) ——–745 votos

2º – Jorge Filho (PP)—————–607 votos

3º – Valdenor do Pontal (PMDB)—-478 votos

4º – Amarildo Paixão (PSD)——— 447 votos

5º – Valmir Costa (PP)—————447 votos

6º – Professor Zeca (PRB)———341 votos

7º – Vadico do Areal (PV)———-334 votos

A oposição elegeu apenas quatro vereadores, dois velhos conhecidos do eleitorado e dois novatos. Os eleitos foram: Raquel Paixão (PSDB), Fredson Pereira (PCdoB), Danilo (PDT) e Thiago Almeida (PRTB). Sem maioria no parlamento, a oposição vai apenas cumprir tabela, já que sua força ficará reduzida no plenário.

Presidente do PCdoB de Belágua “Luiz Augusto” traiu Drª Thaís Rodrigues, mas o povo rejeitou o candidato do governo Adriano da Colônia que ficou em terceiro lugar apenas

COMPARTILHE

Carta aberta

Por Drª Thaís Rodrigues – Em 2015 iniciamos um projeto de crescimento e fortalecimento do Partido Comunista do Brasil PCdoB em Belágua. E com muita alegria aceitei o desafio de candidatar-me à Prefeita do município por acreditar em nossa capacidade de construir uma cidade digna e moderna. Uma Belágua com água e bela para fazer jus ao nome sugestivo dado a ela. No caminho muitos foram os obstáculos: Primeiro, o presidente do partido Luís Augusto manifestou interesse em se lançar candidato à prefeito. Depois passou a apoiar o candidato do PSDB na tentativa de conseguir uma vaga de vice, não conseguindo acabou fechando compromisso com o candidato do PMDB em função da sua busca aventureira pela vaga de vice-prefeito. Vale lembrar, que o primeiro desejo de Luíz Augusto foi o de entregar a legenda do partido ao candidato do PTN, mas fora impedido pelos colegas do partido. O vereador do PCdoB fez até mesmo alterações no livro de ata para conseguir maioria da comissão Política. Pasme! O PCdoB acabou sendo objeto de negociação por parte deste Presidente que teve a façanha de passar por todos os grupos políticos da cidade. Minhas Lideranças, meus eleitores, meus amigos, minha família e em memória meu grande incentivador Tio Gerardinho, que perdemos há pouco tempo. Como é sabido, não se registra uma candidatura sem a decisão partidária favorável e por este motivo, não participei das disputas políticas deste ano. Lutamos até o ultimo momento com a altivez de quem não cede á pressões político-partidárias e se indigna com a importância dada a mandatos nebulosos como a de Luiz Augusto que sequer fora reeleito. Minha eterna gratidão aos milhares de Belaguenses que caminharam conosco, bem como os 13 pré- candidatos à vereadores do PCdoB que preferiram ter suas candidaturas abortadas a ter que coligar com o PSDB. Confesso que fiquei satisfeita com o nosso desempenho nas pesquisas de intenção de votos ainda na pré-campanha, afinal, nosso projeto começou em 2015 e os adversários estão na empreitada há décadas. Interessante que dentre os 4 candidatos à prefeito , 3 tiveram suas candidaturas impugnadas, duas delas pelo Ministério Publico Estadual (MPE) e uma delas por uma coligação adversária. Reconhecemos que a única representante mulher destas eleições na cidade mais Dilmista do Brasil sofreu o golpe da indecência e indignidade humana. Movidos pela ambição vimos Deputados da mesma agremiação partidária percorrer a cidade, afim de, abocanhar uma parte do eleitorado compactuando com o que há de mais covarde e pequeno no ser humano: a traição. Nossa candidatura incomodava a velha política de coronéis que muito cedo perceberam que não contariam comigo para estabelecer alianças vergonhosas. Cometeu-se injustiça com nossa gente! Que o meu Estado do Maranhão não cale a voz das mulheres e que os homens de nossa terra não escrevam na lápide de suas consciências histórias de covardia. Lembro agora da frase de Barbosa Lima Sobrinho: “No Brasil existem dois partidos o de Tiradentes e o de Silvério dos Reis. Eu pertenço ao primeiro”. Meu povo querido, o choro de vocês não foi em vão porque hoje a amiga de vocês está muito mais fortalecida. Obrigada Papai do céu por tua providência divina.

Thais Rodrigues

Belágua-Ma, 03 de Outubro de 2016.

Responsive WordPress Theme Freetheme wordpress magazine responsive freetheme wordpress news responsive freeWORDPRESS PLUGIN PREMIUM FREEDownload theme free