casa » POLÍCIA (página 9)

POLÍCIA

Mototaxista é morto a tiros no município de Bequimão

COMPARTILHE
Imagem retirada da Internet

Imagem retirada da Internet

Um homem conhecido como Paulino, que trabalhava de Mototaxista na cidade de Bequimão, na baixada ocidental maranhense, foi morto a tiros no início da tarde desta quarta feira (16) na MA-106, que dá acesso ao centro da cidade. Segundo testemunhas, um homem ainda não identificado havia contratado o mototáxi no centro de Bequimão e seguido com destino a MA-106.

Ao chegar a um determinado local da rodovia, dois homens em uma moto CB300, estavam esperando o mototáxi e disparam vários tiros na vitima que morreu antes de ser socorrida. Testemunhas que viram o homicídio, disseram que o suposto passageiro da vitima, também fugiu com os assassinos.

A polícia vai trabalhar com a hipótese de acerto de contas, haja vista que o filho da vitima, também foi morto a pouco menos de dois meses na zona rural de Bequimão. De acordo com informações não oficiais, o filho da vitima era amante de uma mulher casada e foi morto pelo marido traído.

Por outro lado, as rodas de conversas, giram em torno de vingança, já que a vitima havia cometido um homicídio há 15 anos, no interior do município de Alcântara. E como nenhum morto pode se defender, os boatos que circulam após a morte do Mototaxista, são que a vitima estava traficando e pode ter sido morta por posse ou dívida de drogas.

O que a polícia sabe, é que Paulino tinha muitos inimigos e não brincava em serviço. Ele tinha uma perna com deficiência, após um confronto com a polícia, a  anos atrás. Vamos aguardar para saber os rumos das investigações que a polícia vai seguir.

Repórter é preso e carros de emissoras de televisão são depredados no Rio de Janeiro

COMPARTILHE
Só no Brasil existe essa falta de respeito

Só no Brasil existe essa falta de respeito

O repórter Bruno Amorim, do jornal O Globo, foi preso e agredido enquanto cobria a operação da Polícia Militar para a reintegração de posse de uma área da empresa de telefonia Oi, na cidade do Rio de Janeiro, nesta sexta-feira, 11.
Amorim registrava imagens com um celular quando foi imobilizado por policiais militares, com uma chave de braço, e teve os óculos arrancados por um PM sem identificação.

O repórter foi levado a uma delegacia e teve o telefone apreendido por mais de uma hora. A polícia ainda ameaçou de prisão outros jornalistas que acompanhavam a operação desde a madrugada. O repórter Leonardo Barros, também do jornal O Globo, foi ameaçado por PMs que o mandaram correr para não ser preso. Ele se negou e eles ordenaram que ele se afastasse para não ser preso por desacato, segundo seu relato.
A Abert, em nota, repudiou a prisão do repórter e o ataque aos carros das emissoras de televisão. Afirmou que a atitude dos policiais representa flagrante desrespeito à liberdade de imprensa e solicitou às autoridades a apuração sobre os excessos praticados pelos policiais.

“É extremamente preocupante o uso de métodos violentos empregados tanto pela Polícia Militar como por cidadãos civis, com o objetivo de impedir o trabalho jornalístico e privar a sociedade do acesso à informação”, disse a entidade. 

Com a morte do cinegrafista Santiago Ilídio Andrade, da TV Bandeirantes, atingido na cabeça por um rojão lançado por um manifestante, no dia 10 de fevereiro, no Rio de Janeiro, a Abert defendeu a adoção de um novo protocolo para atuação das polícias durante manifestações. “Esperamos providências que garantam a segurança dos profissionais de comunicação e também dos manifestantes”, disse, à época, Daniel Slaviero

No dia seguinte à morte do profissional. Em audiência com representantes da Abert e de entidades como: a Associação Nacional dos Jornais (ANJ) e Associação Nacional de Editores de Revista (Aner), o ministro da Justiça José Eduardo Cardozo afirmou que levaria aos secretários estaduais de Segurança Pública uma proposta de manual de conduta policial com o objetivo de evitar abusos e práticas ilegais durante os protestos.

Além da orientação às polícias estaduais, o Ministério elaborou um projeto de lei com medidas para coibir atos de vandalismo e crimes durante protestos e criou um GT para discutir treinamento para jornalistas.    

Centro Histórico terá policiamento em tempo integral

COMPARTILHE
Fotos/Handson Chagas

Fotos/Handson Chagas

A segurança pública está sendo reforçada na área do Centro Histórico de São Luís. O Comando de Policiamento Metropolitano (CPM) apresentou, nesta quinta-feira (10), o Plano Operacional de Segurança, que será executado pela Companhia de Policiamento Independente de Turismo (CpTur Ind), com a finalidade de prevenir e combater delitos num dos pontos turísticos mais visitados em São Luís.

“Esperamos garantir uma maior fluidez de visitantes nessa área com uma segurança mais intensa, trabalhando para evitar os assaltos, arrombamentos a veículos e outras ocorrências”, declarou o Comandante do CPM, tenente-coronel Marco Antonio Alves.

Ele revelou que, na área do Centro Histórico, têm sido constantes as reclamações, principalmente dos comerciantes, de que o local tem sido invadido por usuários de drogas. “Em breve, será lançado o programa “Crack, é possível vencer”, do Governo Federal, em parceria com órgãos municipais e o apoio da Polícia Militar”, anunciou. O programa vai contar com reforço de câmeras de videomonitoramento, um ônibus e ações para evitar a proliferação das drogas e garantir atendimentos em centros de reabilitação e oportunidades de ressocialização.

O comandante da CpTur Ind, major José Roberto Moreira Filho, explicou que o efetivo empregado na área do Centro Histórico contará com duas motocicletas com três policiais, que atuarão no horário de 6h às 11h; duas motocicletas com 3 homens, no horário de 18h às 23h. Além disso, a unidade vai reforçar o patrulhamento a pé nos horários das 7h30 às 19h30, além de viaturas circulando 24 horas pela área.

“Ao todo serão 45 policiais militares fazendo diariamente a ronda na área a pé ou com o apoio de motos e dois veículos. Além disso, fazemos o controle da área através do sistema de videomonitoramento, que possui 22 câmeras em funcionamento”, revelou o major Roberto. Ele disse, ainda, que a CPTur possui um efetivo de 125 policiais militares – 17 recém incorporados do último concurso – responsáveis pela segurança do Centro Histórico, Lagoa da Jansen e Ponta D’Areia.

O major Roberto apresentou um levantamento das principais ocorrências registradas no Centro Histórico. Os casos mais comuns são roubo, 22 casos desde janeiro; em segundo lugar, os furtos, total de 18; e lesão corporal que também já chegam a 18 casos. “A maioria dos casos não atinge os turistas. Geralmente as vítimas são pessoas da área, um problema causado pelo tráfico de drogas. Estamos concluindo um mapeamento sobre essa situação, mas esperamos parceria de outros órgãos para que atuem na área e mudem a situação”, destacou.

Para os comerciantes, a iniciativa de reforçar o policiamento na área é bem-vinda. Eles esperam que o Plano Operacional supere as necessidades deixadas com a retirada do trailer da PM, um ponto que servia de apoio estratégico no local. “As pessoas estão deixando de circular no Centro Histórico com medo de serem assaltadas”, declarou o comerciante Felipe Vasconcelos. Ele disse ainda, que os arrombamentos a casas comercias têm sido constantes e as câmeras não inibem a ação dos marginais.

Para a vice-presidente da Feira da Praia Grande, Aradiane Pacheco, o policiamento reforçado é uma alternativa para que a segurança evite a abordagem dos visitantes pelos mendigos da área. “Infelizmente, o que estamos enfrentando aqui não envolve apenas a falta de segurança, pois a polícia está agindo, mas hoje enfrentamos um problema social”, destacou.

*Nota da Secom*

Tragédia deixa a cidade de Bequimão abalada

COMPARTILHE
Motoqueiro assassino

Motoqueiro que atropelou D. Sônia Lopes

O que falar agora de mais uma tragédia cometida por um motoqueiro em alta velocidade? Se toda vez que acontecer uma tragédia dessa natureza e só o motoqueiro irresponsável morrer, eu não estaria aqui neste momento, escrevendo este artigo. A grande verdade, é que uma vida foi ceifada por um cara irresponsável e sem noção.

Ontem (24), poderia ser um dia completo e feliz para as famílias Lopes & Paixão. Mas não foi como tudo estava planejado. No final do dia, a senhora Sônia Paixão Lopes, que é Mãe de três grandes amigos (Leonardo, Junior e Rogério) foi atropelada e morta, por um motoqueiro “Encapetado”, identificado por “JOAZ” que reside no povoado Centrinho, na zona rural de Bequimão. O jovem que já tem passagem na polícia transitava pela rua capitão José Castro, no centro da cidade, em alta velocidade e o pior; sem capacete e habilitação.

A vítima foi atropelada, não resistiu aos ferimentos e morreu antes de dar entrada ao hospital. Isso se chama homicídio. Ou vão me dizer que um cara que anda em alta velocidade, sem habilitação e capacete, não tinha a intenção de matar? O pior é que o play boy, mau criado e sem futuro, não respeita as leis, e ainda foi levado para a cidade de pinheiro, onde está internado no hospital Antenor Abreu. Deveria está algemado na maca e sair de lá direto para o presídio. Lá sim, é lugar de delinquente.

Em dezembro do ano passado, este Blog fez uma matéria exclusiva sobre o trafego de motocicletas no município de Bequimão. O alerta foi feito, mas as autoridades do município não levaram a sério o grande problema. No último domingo (23), uma moto com vários ocupantes e pilotada por uma garota sem habilitação bateu no carro do ex- vereador Ribinha de Filuca, na entrada da cidade, onde deixou o veículo destruído. A sorte é que as delinquentes ainda sobreviveram. Hoje (25) no início da tarde, houve outro atropelamento em frente o Quartel da Guarda municipal. Um louco entrou na contra mão e bateu em uma senhora que passava pelo local. Tudo isso me revolta.

Em respeito a família, colocamos uma tarja no rosto de Dona Sônia

Em respeito à família, colocamos uma tarja no rosto de Dona Sônia

Até quando esse tipo de crime vai acontecer em Bequimão? O que está faltando nessa cidade, Ordem ou Coragem pra agir? O certo mesmo é que a cidade virou um depósito de motos suspeitas de roubo, uma escola de delinquentes e as autoridades não veem isso. Cadê o secretário municipal de segurança de Bequimão? Ah! deve está descansando, afinal o senhor Cassiano, é um Coronel aposentado do corpo de bombeiros. Acorda pra Jesus meu querido! Você é o maior responsável por essa bagunça que existe nas ruas e avenidas de Bequimão. Pra que serve a guarda municipal mesmo? ah! esqueci de uma coisa. Não adianta prender as motos irregulares, tem quem solte!. É o verdadeiro jeitinho brasileiro.

Será preciso morrer mais outros inocentes pra se tomar uma atitude?  Ou o secretário de segurança é Cego, Mudo e Surdo? Com todo respeito aos deficientes, que não merecem ser comparados ao um parasita desse tipo.  Acabou a paciência, está na hora dos vereadores dessa cidade arregaçar as mangas e criarem uma lei municipal com urgência. Chega de ver tanta impunidade nessa cidade, que um dia foi chamada de pacata.

 

Bandidos metem o terror no município de Pinheiro

COMPARTILHE
Viatura queimada em frente à delegacia de Pinheiro

Viatura queimada em frente à delegacia de Pinheiro

Dois homens ainda não identificados invadiram na noite de  domingo (16) por volta das 23hs, o 1° Distrito Policial da cidade de Pinheiro e atearam fogo na viatura da Polícia Civil. Segundo a policia que investiga  o crime, o atentado pode ser por retaliação contra a morte de um bandido conhecido como Klismam. De acordo com as primeiras investigações, já existem suspeitos e a policia prometeu apresentar os acusados nas próximas horas.

A polícia acredita que a motivação teria sido por causa da morte de dois bandidos perigosos. O primeiro bandido morreu por volta das 15 horas, em um confronto com policiais do GOE em uma kitinet no bairro quinta da Boa Vista. O segundo morreu depois de ser atingido por disparo de arma de fogo na cabeça, na porta do Balneário Prainha por volta das 23 horas. 

Vítima de bala em frente ao Balneário Prainha

Vítima de bala em frente ao Balneário Prainha

Segundo informações da PM, na  semana passada por volta das 23hs, Klisman teria assaltado a esposa de um policial, submetendo-a constrangimentos durante o delito, levando todos os pertences da vitima que o reconheceu e comunicou ao seu marido. 

Já por volta das 23 horas outro elemento foi morto vítima de um disparo de arma de fogo disparado por uma gangue adversária em frente ao Balneário Prainha. O disparo atingiu o rosto de um jovem identificado por Jackson Ribeiro que morreu na hora. A polícia ainda não tem pista do atirador, mas sabe que era concorrente no mundo do trafico.

O Coronel Ramos da polícia militar em Pinheiro confirmou que os dois bandidos mortos eram perigosos e estavam na lista da polícia; por tráfico, assalto, porte ilegal de arma, e crimes cometidos em Pinheiro. O Coronel também confirmou que policiais e o próprio comandante estão recebendo ameaças de bandidos da cidade de Pinheiro.

 

 

Ladrão é morto na zona rural do município de Bequimão

COMPARTILHE
Foto retirada da Internet

Foto retirada da Internet

Um homem identificado como Carlos Alexandre Alves, de 22 anos, conhecido como Cará, foi morto ontem (16) com um tiro de espingarda na estrada que liga os povoados de Benfica e Bacurizeiro, na zona rural do município de Bequimão. Segundo a polícia, a vítima havia roubado um botijão de gás em uma residência na comunidade denominada como Benfica.

De acordo com a polícia, Carlos Alexandre tinha uma vasta ficha criminal na delegacia de Bequimão, por furto, roubo e porte ilegal de arma de fogo. Com tantos inimigos na região onde morava com sua mãe, Cará pode ter sido morto por vingança.

Cará também era usuário de drogas e roubava para manter o vício maldito. Na última vez que Carlos Alexandre foi preso em Bequimão, ele acabou roubando um ventilador da própria delegacia onde estava custodiado.

A polícia vai investigar para descobrir o autor do disparo que matou Cará. Como a vítima tinha muitas queixas por roubos e furtos, a polícia vai montar um quebra cabeça para tentar descobrir quem cometeu o homicídio.

Segundo populares, a vítima pode ter sido morta por um mototaxista que era dono do botijão roubado por Cará. De acordo com os moradores da comunidade Benfica, o suposto criminoso não se encontra no povoado desde o momento do crime.

A vítima era um ladrão conhecido na cidade por seus atos ilícitos. Com isso, ficou complicado para a polícia descobrir o autor do tiro que matou Carlos Alexandre Alves. Acostumado a ser preso, Cará roubava em qualquer lugar e a qualquer hora do dia ou da noite. 

Já pensou se a moda pega? Haja cemitério na cidade!!!

Homem estupra a filha de 8 anos de idade no interior de Presidente Sarney

COMPARTILHE
Domingos Isidoro após a prisão na Regional de Pinheiro

Domingos Isidoro após a prisão na Regional de Pinheiro

Um homem identificado por Domingos Isidoro Dourado Martins de 49 anos, foi preso pela polícia militar da 10ª Companhia da cidade de Pinheiro na baixada maranhense, acusado de violentar a filha de 8 anos de idade no povoado de Jandiá, zona rural do município de Presidente Sarney.

Domingos foi preso depois que a mãe e uma tia da garota, levaram a menina para o hospital e prestaram queixa contra o pai. Na delegacia ele confirmou que não reagiu a prisão e que está com medo com o que venha lhe acontecer daqui pra frente dentro do presídio. Em depoimento o acusado disse que abusou da filha na sua própria cama e que ela não teria gritado nem reagido; fato que o delegado Felipe, diz não acreditar. Segundo Domingos, ele não se lembra porque havia feito isso contra a própria filha e afirmou que era alguma coisa do Capeta que havia tomado conta dele para que cometesse esse crime.

A polícia disse que Isidoro foi ouvido, e no primeiro momento negou as acusações. Porém, os exames de conjunção carnal comprovaram que a criança sofreu violência sexual, e vítima relatou o abuso ao delegado.

Outras duas filhas de Domingos serão submetidas ao exame de conjunção, a fim de comprovar se elas também foram vítimas do suspeito. A polícia acredita que as investigações devem apontar desde quando o autor vinha cometendo os abusos contra a menina.

Domingos Isidoro foi autuado por estupro de vulnerável e permanece detido na Regional de Pinheiro aguardando decisão judicial.

 

 

 

Delegacia de Defraudações consegue mandados de prisão temporária para sócios do Sudbook

COMPARTILHE
A rede mais odiada do Brasil

A rede mais odiada do Brasil

Atendendo a solicitação da Delegacia de Defraudações, foi expedido, na última quarta-feira (29), pelo Juiz José Gonçalo de Sousa Filho, da 1ª Vara Criminal da Capital, os mandados de prisão temporária dos sócios proprietários da Empresa de relacionamento Social Sudbook – Serviços On line do Brasil Ltda. – EPP.

Os pedidos foram feitos após conclusão do inquérito policial que investigou o golpe aplicado em São Luis, e em outros estados. Na decisão do Poder Judiciário constam outras medidas cautelares de caráter sigiloso, frutos de investigações policiais.

Os trabalhos da Polícia Judiciária constaram que a empresa possuía pelo menos três proprietários. O principal autor do crime foi identificado como Anacleuton Holanda Dias, 28 anos, conhecido por “Feinho”, natural de Imperatriz. Os mandados de prisão também foram expedidos para mais dois integrantes da quadrilha.

O delegado Paulo Aguiar, titular da Delegacia de Defraudações, disse que o crime chega a mais de R$ 20 milhões. “Até o momento temos mais de 300 ocorrências registradas de pessoas que foram vítimas dessa quadrilha de estelionatários. A empresa ludibriava as vítimas a investirem, por meio da rede social, na bolsa de valores, prometendo dobrar o valor investido depois de determinado tempo, o que não ocorreu.

Segundo o delegado, no levantamento inicial, os autores conseguiram arrecadar, com investidores de São Luis e outros estados, cerca de R$ 20 milhões e fugiram da cidade. Paulo Aguiar destacou que as investigações tiveram início logo que começaram a aparecer às denúncias de que eles haviam fugido depois de darem o golpe em pessoas que haviam investido no negócio. “Eles passaram uns 8 meses promovendo palestras e encontros, de modo a ludibriarem as pessoas a entrarem no falso negócio, alegando que a Sudbook Serviços On Line eram uma organização mundial”.

Durante as negociações, eles convenciam os cidadãos de que a rede de relacionamento possuía milhares de usuários, estando à maioria situada na China, afirmando, ainda que a empresa internacional Dell, era proprietária de 3% das ações da empresa. Segundo as vítimas, o lucro mensal prometido era de 40% a 80% de acordo com o valor e o tempo de investimento.

Como o golpe era aplicado:

A rede social dos picaretas

A rede social dos picaretas

O golpe foi detectado no dia 9 de janeiro, depois que um grupo de investidores invadiu a sede e constatou que o imóvel estava vazio. Desde então, eles não conseguiram mais contato com os responsáveis pelo negócio.

Os investigados ofereciam às pessoas físicas parte de ações de uma empresa denominada Sudbook Serviços On Line do Brasil Ltda. – EPP. A princípio, eles se apresentavam aos clientes como uma rede social semelhante ao mundialmente conhecido Facebook. Antes da legalização da empresa, ocorrida em 13 de novembro de 2013, os indiciados usavam a Empresa Ancleuton Holanda Dias – ME portadora do CNPJ 11.603.814/0001-37, domiciliada em Bréu Branco, no Pará.

As investigações detectaram que, em nome desta empresa, diversos cheques sem provisão de fundos foram entregues às vítimas, como forma de pagamento aos supostos investimentos feitos pela Sudbook.

O bando promovia palestras, as quais eles denominavam de “confraternizações”, em que convenciam suas vítimas, intituladas “investidores”, a entregar valores que variavam de R$ 3 mil a R$ 210 mil, com a promessa de que esse dinheiro seria investido na Bolsa de Valores e que gerariam lucros significativos aos aplicadores.

“É um golpe que se caracteriza como um crime contra a economia popular”, explicou Paulo Aguiar, informando que os envolvidos ainda estão foragidos e podem ter decretadas sua prisões preventivas, se não forem presos ou se apresentarem nas próximas horas.

Equipes da Polícia Civil estão diligenciando para cumprir a decisão judicial. As informações sobre o paradeiros dos golpistas podem ser repassadas para (98) 3214 8661 (Delegacia de Defraudações) e também ao Disque Denúncia pelos números (98) 3223 5800 (capital) e 0300 313 5800 (interior).

 

 

Assaltantes dos Correios em Santa Helena são presos na cidade de Pinheiro

COMPARTILHE
Ladrões dos correios em Santa Helena-Ma

Ladrões dos correios em Santa Helena-Ma

Após uma denuncia anônima, a Policia Militar do município de Pinheiro, interceptou e prendeu um veiculo Fiat com três homens armados dentro,  pertencente à Welison Pereira, de 21 anos, Natural de São Luis, capital do estado do Maranhão. Os bandidos foram detidos em um posto de combustível na MA 106, saída de Pinheiro.

Uma denuncia dava conta de que os homens acabavam de assalta a agencia dos correios da cidade de Santa Helena, na baixada maranhense. A Polícia encontrou os três elementos, vistoriou o carro, e descobriu uma grande quantidade de material levado da agencia dos Correios de Santa Helena, onde havia sido assaltada. Além da grana, cerca de R$ 20.000,00 (vinte mil reais), dois revolveres calibre 38 municiados, equipamentos eletrônicos, celulares, roupas e crachás dos funcionários foram encontrados com os bandidos.

Na delegacia Regional de Pinheiro a polícia identificou os ladrões como; Francisco Tarcísio Fontenelle, 38 anos natural do estado do Piauí; que já estava com uma passagem comprada para Capanema no Pará. Ele já tem ficha na policia acusado de homicídio.

Antônio Silva, 23 anos natural do povoado Santa Sofia, município de Pinheiro e morador da Vila Embratel em São Luis, foi o segundo homem a ser preso pela PM. Ele teria afirmado que uma das armas apreendida seria dele.

Já Welison Souza Pereira que no início disse ser menor, e que teria apenas alugado o carro para os outros companheiros, também fez parte do assalto na cidade de Santa Helena. As investigações da policia civil de Pinheiro descobriram que ele tem 21 anos, e já foi preso acusado de assaltos em São Luis.

Testemunhas reconheceram os acusados pelo Assalto em Santa Helena, e agora a Policia Civil de Pinheiro vai investiga se há participação de funcionários dos Correios ou da cidade de Santa Helena no Assalto, disse o Coronel Ramos.

O delegado Felipe, responsável pela prisão dos ladrões confirmou que os três elementos foram ouvidos, e logo em seguida foi lavrado o flagrante pelo delegado Claudio Barros aos três bandidos; que foram encaminhados para a Policia Federal de São Luis, visto que nos Correios, os crimes e as investigações são de responsabilidade da Polícia Federal.

Do Blog do Paulinho Castro

 

Polícia Civil desce o braço em traficantes na cidade de Bequimão

COMPARTILHE
Polícia Civil na cidade de Bequimão

Polícia Civil na cidade de Bequimão

A Superintendência de Polícia Civil do Interior (SPCI) deflagrou na manhã da última sexta feira (10), uma mega operação no município de Bequimão na baixada ocidental maranhense, com o intuito de coibir o tráfico de drogas e venda de munições naquela região.

Participaram da ação, policiais da SPCI, da 5ª e 6ª delegacias regionais, de Pinheiro e do município de Viana respectivamente, da Delegacia de Costumes da capital e do Grupo Tático Aéreo (GTA) do Maranhão.

A operação cumpriu oito mandados de busca e apreensão, expedidos no mês de dezembro de 2013, pelo juiz Marcelo Frazão Pereira, da Comarca do município de Bequimão, após investigações da SPCI, em conjunto com a 5ª Delegacia Regional em Pinheiro.

Os mandados foram cumpridos nos bairros Cidade Nova, Ferro de Engomar e na localidade conhecida como Invasão; nas ruas Capinzal, Jacinto Martins e Miguel Lemos. Na ação, a polícia prendeu Clodomir Nogueira, 51 anos, conhecido como “Kadô”; Carlos André Oliveira, 22 anos, vulgo  “Nininha”; Carlos Alberto Rodrigues, 33 anos, o “Buteco”; Danielton Figueiredo Álvares, 24 anos; Elias Almeida Bitencourt, 40 anos, identificado como “Canhoto”; Olímpio Costa, 73 anos, o “Limpóca”; e o empresário Maciel Soares Gusmão, de 33 anos.

Polícia civil prende empresário

Polícia civil prende empresário

Maciel Gusmão é filho de um empresário muito conhecido na baixada maranhense, como João de Libânia, de 54 anos, morto com dez tiros dentro de seu estabelecimento no dia 11 de Maio de 2013 na avenida Antônio Dino, no centro da cidade de Bequimão. A morte do pai de Maciel, continua sendo um mistério para a polícia do Maranhão.

Na operação a polícia apreendeu drogas e cerca de R$ 10 mil em dinheiro. Todos os presos foram encaminhados à 5ª Delegacia Regional e autuados em flagrante delito pelos delegados César Carlos da Costa Veloso, da SPCI e Sindonis de Sousa Cruz, titular da Delegacia da cidade de Bequimão.

Clodomir Nogueira, Carlos André, Carlos Alberto, Danielton Figueiredo e Olímpio Costa, foram autuados em flagrante delito por tráfico de drogas. Já o empresário Maciel Soares foi autuado por porte ilegal de arma de fogo e munição.

No comércio do empresário Maciel Gusmão, foram apreendidas 115 munições, sendo 31 de pistola 380, 67 de revolver calibre 22, 8 de calibre 38 e 9 de calibre 6.35; Um revólver da marca Taurus calibre 38 com 5 munições intactas; 20 cartuchos; sendo 12 de calibre 16, 6 de calibre 20 e 2 de calibre 36;  e mais três litros pet contendo vários tipos de chumbo; 250 tubos de pólvora e 9 caixas de fogos de artifício. Com os traficantes, a polícia apreendeu 9 celulares; 22 pedras de crack prontos para a venda; 26 papelotes de maconha; um pacote com cerca de 60 gramas de maconha e ainda duas motocicletas (uma Honda Titan e uma Honda Fan).

As investigações policiais apontam que Maciel Gusmão vendia munições de arma de fogo há muito tempo em seu comércio. Durante os trabalhos, o investigador Renato Tavares, lotado na 5ª Delegacia Regional acabou sendo alvejado no braço, com um tiro de espingarda disparado pelo traficante Olimpio Costa, mas não corre risco de morte. Ele foi trazido para São Luís pelo GTA e submetido a procedimentos médicos.

Todos os presos estão custodiados provisoriamente na Delegacia Regional de Pinheiro à disposição da justiça.

 

 

Responsive WordPress Theme Freetheme wordpress magazine responsive freetheme wordpress news responsive freeWORDPRESS PLUGIN PREMIUM FREEDownload theme free