casa » POLÍCIA (página 4)

POLÍCIA

Bequimãoense assaltado em São Luís, tem carro recuperado pela polícia

COMPARTILHE
O bequimãoense Rodrigo Martins, que estava na companhia de sua namorada, foi vitima de assalto na noite desta quinta feira (18) nas proximidades do Mac Center, no bairro Cohama em São Luís. Segundo o relato do Grupo Tático Móvel da 4ª Companhia do 8º Batalhão da Polícia Militar do Maranhão, que foi acionado logo após o crime, os marginais cometeram outros roubos após tomarem o carro de Rodrigo.

BE1 BE3

A guarnição comandada pelos soldados Simões, Sampaio, Abreu e Aceliton, fez buscas pela região, e conseguiu encontrar a dupla criminosa, com a ajuda do Sargento Maciel, soldados França, F. Brandão e Martins, na Avenida Litorânea, próximo ao parquinho.

BE4 BE5

Os policiais conseguiram prender os acusados identificados Wanderson Carlos Jesus Costa, de 24 anos e Luís Fernando Nogueira Viegas, todos moradores do bairro São Francisco. Os dois foram apresentados no Plantão do Parque Bom Menino, no Centro da Cidade, onde foram autuados roubo qualificado e porte ilegal de arma de fogo. Os dois jovens foram enquadrados no Artigo – 157. VEJAM O VÍDEO ABAIXO!
ENTENDA O CASO
Por volta das 21:30h desta quinta feira (18) a polícia foi informada via CIOPS que os elementos acima citados tomaram de assalto um veículo UP TAKE de cor vermelha, placas- OXZ 7763, nas proximidades do Mac Center, na Cohama, e logo depois cometeram outro assalto a uma residência no Calhau. Após a polícia receber as informações, o Grupo Tático Móvel (GTM) fez rondas ostensivas pela Avenida dos Holandeses, e avistou o veículo, foi feita a perseguição até a Avenida Litorânea, onde o carro foi interceptado e os dois elementos foram detidos. Com os acusados foram encontrados um revólver Taurus calibre 38, com numeração 1124032, seis tiros, com seis munições intactas e uma pistola Taurus calibre 380 com numeração  KLE 77500, com quatro munições intactas e os pertences das vítimas, sendo: 2 notebooks, 8 celulares, 1 HD externo, 2 cordões de cor amarelada, 1 carteira, 1 carregador de notebook, 1 óculos, 1 rádio AM/FM, 1 bolsa com cartões e documentos pessoais das vítimas.

Idoso saliente é preso acusado de abusar de menina de 8 anos

COMPARTILHE

Após denúncia feita ao Ministério Público e Conselho Tutelar do município de São Bento, informando que a menor J.D.M de apenas 8 anos de idade, teria sido estuprada por Antônio Serra de 86 anos, a Guarnição da Policia Militar, acompanhada de Conselheiros Tutelares, se deslocou até a residência do acusado no Bairro Mutirão, onde efetuou a condução do acusado até a delegacia da cidade.

O Idoso foi interrogado pela polícia. Ao conversar com a menor, ela informou ao Delegado titular que o acusado teria realmente lhe molestado e segundo a menina, o idoso teria lhe obrigado a fazer sexo oral, e em seguida teria introduzido o dedo em seu órgão genital, fato este comprovado após a vítima passar por exames médicos.

Antônio Serra foi apresentado na Delegacia para que sejam tomadas as medidas cabíveis. O idoso deve ser encaminhado para a Regional de Pinheiro, onde irá aguardar a decisão da justiça.

 

Blog do Vandoval Rodrigues

Bandidos que roubaram Quarenta Mil Reais dos Correios de Alcântara foram presos dentro do Ferry Boat

COMPARTILHE

Dois bandidos suspeitos de roubarem R$ 40.000,00 (Quarenta Mil Reais) da agência dos correios de Alcântara na madrugada deste sábado (16) foram presos, por volta das 23h do mesmo dia, quando tentavam atravessar de Cujupe para São Luís via Ferry Boat para escapar da polícia. Só que os ladrões não estavam em dia de sorte, e foram presos dentro do Ferryboat da empresa Internacional Marítima, que fazia a última viagem deste sábado. Um policial que estava apaisana suspeitou da atitude dos acusados e chamou a polícia que presta serviço no terminal de Cujupe.

WhatsApp-Image-20160717 (2) WhatsApp-Image-20160717 (1)

Os suspeitos identificados por Elton Anderson Cantanhede Araújo e André Ferreira dos Santos, foram abordados pela Guarnição composta pelo Sargento Josmael Pereira e Soldado Jota Barros. Além disso, teve o apoio da Guarnição do município de Alcântara composta pelo Tenente Albatênio, Soldado Tácito e Soldado Lisboa, e Guarnição do município de Bequimão composta pelo Sargento De Jesus, Sargento Ramos e Soldado Wanderson.

Com os acusados a polícia encontrou R$24.951,00 (vinte quatro mil, novecentos e cinquenta e um reais) em espécie, 2 pistolas calibre (380 e 9mm), 1 revólver Calibre 38, 3 Celulares (2 Samsung e 1 Motorola), 1 carregador de celular universal, 2 carregadores de pistolas, 17 munições intactas, 2 perfumes (1 Malbec e 1 Essencial).

Jos1jos2

De acordo com o relato da polícia, os dois indivíduos acima citados foram ao terminal de Ferryboat com destino a São Luis agindo em atitude suspeita quando foram abordados pela guarnição de serviço. Ao abordarem os suspeitos, os policiais pediram a identificação, mas os mesmos começaram a mentir, sendo assim, foi efetivada a revista pessoal e encontrada a quantia em dinheiro de quase 25 mil reais, além das armas supra citadas com muita munição.

Os suspeitos foram conduzidos para a Delegacia de Alcântara e confirmaram a participação no assalto aos correios da cidade, que segundo o gerente, foram roubados aproximadamente 40 mil reais.

Segundo o que a polícia informou, no final da tarde desta sexta (15), a agência dos Correios da Cidade de Alcântara foi alvo de bandidos, mas sem êxitos, mas ainda agrediram um funcionário dos Correios, que teve o supercílio quebrado. Só que os ladrões não ficaram conformados com o fracasso e descobriram onde o gerente da agência ficava hospedado.

JosLADRFF

Durante a madrugada deste sábado (16) os bandidos renderam o proprietário da pousada onde o gerente dos Correios estava hospedado, e após amarrarem o mesmo, sacaram o gerente do quarto levando-o até a agência, onde conseguiram consumar o plano de roubo.

Após o crime a polícia foi acionada e além dos que foram presos na noite deste sábado dentro do Ferryboat, outros já foram capturados na manhã de hoje (17). A polícia já identificou outros suspeitos que, segundo a polícia é só uma questão de tempo para também estarem atrás das grades.

Policiais despreparados prendem e agridem Médico que já salvou vidas de inúmeros policiais

COMPARTILHE

O dia São Pedro não foi favorável para um dos maiores profissionais da neurologia do Maranhão. Benedito Sabak Thomé Junior, carinhosamente chamado de Dr. Sabak, um dos médicos que mais já salvou vidas de policiais, quando baleados na cabeça, já que Sabak é Neurocurugião. O médico foi preso e espancado por policiais e ainda teve sua imagem colocada na internet como se fosse bandido. O comando da polícia precisa identificar imediatamente os policiais que por falta de preparo, cometeram uma atrocidade tamanha, contra um homem que faz de sua vida, um instrumento para salvar vidas. Dr. Sabak divulgou nota explicando o acontecido. Os guardas da Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes de São Luís (SMTT) também estão envolvidos no caso.

NOTA DE ESCLARECIMENTO

Venho a público esclarecer o triste episódio que resultou na minha detenção por Policiais Militares deste Estado, pelos quais fui conduzido para o DP do Parque Bom Menino, fato este ocorrido no dia 29/06/16 (quarta-feira). Cumpre esclarecer ao Público em geral, que sou médico neurocirurgião há mais de 15 anos, com atuação reconhecida nesta cidade e no interior do Estado. Fato é que, no dia 29, eu estava de PLANTÃO DE SOBREAVISO junto ao Hospital Carlos Macieira e me dirigia à ACADEMIA DE POLICIA CIVIL, para ministrar uma aula no CURSO DE OPERAÇÕES ESPECIAIS – cujo título seria “AS BASES ANATÔMO FISIOLÓGICAS DO TIRO DE DESCONEXÃO”. Pois bem, por volta das 15h, quando me encontrava na Avenida Beira Mar, à altura do terminal da Integração Praia Grande, ali se realizava a Procissão de São Pedro. O trânsito travou em todos os sentidos. Então avistei uma viatura da SMTT, que estava ao lado do meu carro (FIAT UNO). Desci do meu carro e bati no vidro da viatura para chamar a atenção dos guardas. Aí, me identifiquei como médico, e de plantão, e que estava a caminho para ministrar uma aula. Solicitei a eles que criassem uma passagem pela procissão. O policial retrucou com desdém, dizendo: “Tu não tá vendo que é uma procissão?”. Respondi que sim, mas que ele poderia criar uma passagem, pois, uma cidade de um milhão e duzentos mil habitantes, não poderia ficar refém de uma procissão. Foi o suficiente para que o policial de trânsito retrucasse, perguntando: “Tu estás me desacatando?”. Respondi que não, mas que ele deveria fazer o seu serviço, para o qual ele foi designado, no local. Daí, eles desceram do carro e chamaram três policiais militares, que estavam próximo. Os PMs já chegaram me perguntando se eu estava alterado. Disse que não. E os policiais de trânsito sequer registraram aos Militares, que eu havia me identificado. E estes, sequer me ouviram, para saber às razões e os motivos pelos quais eu havia me dirigido a eles. Um PM chegou mais próximo de mim e me deu um empurrão. Numa ação reflexa, eu o segurei pelo colete e caímos no chão. Pronto. Daí, eles me chutaram no chão, e a policial que estava junto, me pediu que largasse o colete e obedeci. O Policial Mário me algemou, me colocou no camburão, e me conduziram ao DP do Parque Bom Menino. Lá, assim que desci, o policial chamado Mário me deu um chute e eu caí por cima do ombro. Diante dessa agressão, disse a ele que só fez isso porque eu estava algemado. Aí ele perguntou: “Estás me ameaçando?”. Respondi que não, mas que ele era um covarde. Pedi para fazer uma ligação e ele respondeu: “Só com a chegada do Delegado”. Nessa espera, fui relatando aos policiais sobre minha profissão. Quando disse que eu era neurocirurgião, que já havia salvado a vida de muitos policiais baleados, e que estava a caminho da Academia de Polícia Civil, para dar instrução sobre tiro, eles saíram da sala e deixaram meu celular em cima da mesa. Aí, consegui ligar para o Delegado André Gossain, que já havia me ligado várias vezes. Disse a ele que estava algemado na DP do Parque Bom Menino. Esse interregno durou mais de 03 (três) horas algemado, esperando o Delegado. Eles haviam chamado outros policiais, para trazerem o teste do bafômetro, e o Delegado chegou junto com estes. Perguntou-me o Delegado, se queria fazer o teste do bafômetro. Respondi ao delegado, dizendo: “Doutor, estou de Plantão. Estava indo à Academia de Policia Civil, dar aula. Estou algemado aqui, há mais de três horas. Levei dois chutes dos policiais, e, portanto, não vou fazer esse teste”. Dr. André Gossain chegou e passaram a me tratar muito bem, me deram água, pois estava cansado, e, depois de todos os procedimentos, me liberaram após o pagamento de fiança. Colocaram no Boletim de Ocorrência, que eu estava bêbado e que havia desacatado a autoridade. Para minha surpresa, já em casa, recebi ligações de amigos que viram uma foto minha algemado na delegacia. Pois bem. Essa foto foi tirada por um dos policiais, pois não havia na DP, durante todo o período que estive detido, qualquer repórter. Esse foi o episódio ocorrido comigo. Tenha muito cuidado, alguns policiais, realmente, não estão preparados para lidar com o público. Pois estes, aos quais fui pedir ajuda, não souberam sequer distinguir uma simples situação, que exige atenção especial, imagina em situações normais! Em qualquer lugar civilizado e com policiais minimamente preparados, no momento em que me identifiquei como médico a eles deveriam, pelo menos, ouvir sobre a situação em que solicitava ajuda.

*BENEDITO SABAK THOMÉ JUNIOR – CRM/MA- N° 3.439*

PM fecha o cerco pra pegar vagabundos nas cidades de Alcântara, Bequimão e Peri-Mirim

COMPARTILHE

Devido ao período de pagamento de funcionários e abastecimento de dinheiro nas cidades da baixada maranhense, somado a informes recebidos pelo serviço de inteligência da Policia Militar do Maranhão, sobre possíveis assaltos em instituições financeiras da região, foi realizada ações simultâneas nas cidades de Alcântara, Bequimão e Peri-Mirim para inibir bandidos.

PM1 PM2

A operação consistiu na realização de blitz em pontos estratégicos entre as 8h e 10h da manhã, abordagens da área comercial entre 10h e meio dia, rondas blitz entre 15h e 16h, com posteriores rondas nas áreas comerciais. Todos os eventos aconteceram simultaneamente nos três municípios.

Como resultado, nenhum assalto foi constatado nas instituições financeiras.  Além de que 2 motos roubadas foram apreendidas na cidade de Alcântara, sendo uma Biz vermelha do Estado do Pará e uma fan 125 de São Luís.  Essas motos foram abordadas na blitz pela manhã e encaminhadas ao quartel para que fossem verificados os chassis e foi descoberto que as mesmas contém restrição de roubo/furto.

PM2 PM4

As operações contaram com o apoio da Guarda Municipal, foram removidas 5 motocicletas também em Peri-Mirim, 3 em Alcântara  e 6 em Bequimão que só foram liberadas mediante apresentação de documentação.

BLOG DO VANDOVAL

 

Irmão do Vereador Nilson de Alcântara é preso por assalto à mão armada

COMPARTILHE

A polícia militar dos municípios de Alcântara e Bequimão prendeu no último dia 24, o irmão do vereador Nilson Pereira que comandava uma quadrilha de assaltantes na região dos municípios de Alcântara e Bequimão. Com os meliantes a polícia encontrou a arma usada nos crimes e o carro que servia de fuga. Ronildo Pereira que é da comunidade Raimundo Sú, mesmo local onde o irmão mora, foi preso por volta das 6h juntamente com seus comparsas que residem em Oitiua, zona rural de Alcântara.

O material roubado foi recuperado. O Irmão do vereador Nilson é acusado de assaltar vans na MA106 que liga Cujupe a Bequimão. A Guarnição composta pelo Tenente Albatênio, pelos cabos Wellington, Jesus e Ramos, além dos soldados Menezes, Wanderson e Stênio, a Investigadora de Polícia Civil Josianne, conduziu: Ronildo Pereira, Cláudio Araújo Pereira, um menor de idade C.C.N, Marcos do Rosário Pereira, Vitorino da Ascensão Belo Pereira. O Material apreendido foi: 1 capa de celular; 2 relógios; 2 celulares; 1 corsa classic prata com documentos,  1 moto fan com documentos, 1 faca de açougue, 1 cartucheira calibre 32, 3 rodas com pneus 195/55R15 FIAT, 1 par de sandálias vermelho e preta; 8 pares de tênis 1 garrafa de gasolina,  um saco de cartuchos de pólvora e documentos pessoais.

IMG-20160624-WA0206[1] IMG-20160624-WA0208[1]

Segundo a polícia, há 15 dias ocorreu um assalto próximo ao ramal do Cujupe onde três elementos armados com um revólver e faca em um corsa classic assaltaram uma van levando dinheiro, celular e 3 pneus que seriam transportados. já no dia 19/06 três elementos com as mesmas características realizaram vários assaltos entre Bequimão e Cujupe.

De acordo com informações de Populares, vários assaltos foram cometidos na noite do dia 19 no bairro Balandro, em Bequimão, onde transeuntes que trafegavam na Avenida principal do Bairro foram vitimas de bandidos, que podem ser esses presos pela polícia de Alcântara.

IMG-20160624-WA0202[1] IMG-20160624-WA0204[1]

Após denúncia a PM identificou os suspeitos e na manhã do dia 24 /06 foi realizada a operação com as guarnições de Alcântara, Bequimão e apoio da Polícia Civil que imediatamente prendeu os bandidos. A polícia encontrou na casa de Ronildo Pereira, o veículo usado no assalto, 2 celulares e 1 relógio.  Em seguida a PM seguiu para a casa de Cláudio onde foi encontrada uma cartucheira calibre 32 um saco de pólvora e  combustível,  seu pai Marcos do Rosário,  assumiu ser dono da arma e comercializar pólvora e combustível. Além disso  foi encontrada também a faca utilizada no assalto da van, confessado por Cláudio, e um relógio.  A polícia ainda foi à casa de Cleivison onde foi encontrado 1 par de sandálias roubadas no dia 19/06 em Balandro, confessado pelo assaltante, e mais 8 pares de tênis. Na casa de Vitorino que havia comprado os pneus de Cláudio, o mesmo confirmou a compra e entregou os pneus à polícia.  Todos foram conduzidos a delegacia de Alcântara e estão hospedados no Hotel Panorâmico com vista para o Mar.

 

BACURI-MA:Famílias protestam em frente ao TJ em São Luís

COMPARTILHE

Após protestos realizados  na porta do Tribunal de Justiça na manhã desta terça-feira (31), uma comissão formada por pais dos 8 estudantes com idade entre 11 e 18 anos, que morreram em decorrência de acidente ocorrido no dia 29 de abril de 2014, na MA-303, entre as cidades de Bacuri e Apicum-Açu, no litoral norte do Maranhão, foi recebida pelo desembargador José Joaquim Figueiredo dos Anjos, relator do processo criminal de Nº0000547-65.8.10.0000, que tem como foco punir os responsáveis na esfera criminal e, em seguida, pela corregedora geral de Justiça, desembargadora Anildes Chaves Cruz.

José Joaquim se solidarizou com o grupo, enfatizando que vai agilizar o julgamento do processo. A desembargadora Anildes Chaves Cruz também garantiu agilidade no julgamento do  rumoroso processo,  em que o Ministério Público pediu a condenação dos responsáveis, incluindo o prefeito daquela cidade, José Balduíno.

 O grupo reclama da estranha morosidade  no andamento do processo. Alguns deles chegaram a insinuar uma suposta “amizade” entre o prefeito Balduíno e o juiz da comarca, Tadeu de Melo Alves, mas se disseram esperançosos quanto à finalização da peça judicial após os encontros com os desembargadores José Joaquim e Anildes Chaves Cruz.

De imediato, a desembargadora Anildes Cruz manteve contato com o juiz, que ainda estava em São Luís, pedindo que o mesmo comparecesse a sede da Corregedoria, o que aconteceu de pronto. No encontro, assim como ocorrerá em outra oportunidade na sede do juízo no fórum de Bacuri, o juiz ouviu os manifestantes e pediu aos mesmos um pouco mais de paciência.

ba1 ba2

O magistrado pediu aos pais que fosse levado em consideração a quantidade de réus, no caso 10, ocasionado um processo volumoso, bem como reclamou da desconfiança constantemente externada pelos familiares, os quais em alguns momentos colocam em cheque não só a honestidade do julgador, mas, também, a credibilidade da própria justiça. No entanto, após meia hora de conversa, os representantes do Judiciário se comprometeram a proferir sentença, tendo como foco o primado da lei.

Na época da tragédia, o delegado Regional de Pinheiro  – Luiz Claudio Balby declarou que o proprietário do veículo – Rogério Azevedo Rocha, de 39 anos, estaria alcoolizado, razão pela qual o filho, de apenas 15 anos, conduzia o veículo.

CONDENAÇÃO

No parecer, o MP afirma que “houve fraude no procedimento licitatório(pregão presencial de nº 008/2013) de transporte escolar no município, verificando, sem sobra de dúvida que as partes estão ligadas, tendo agido, deliberadamente, com total aversão ao ordenamento jurídico brasileiro, ferindo princípios basilares da administração pública, como a moralidade, legalidade e impessoalidade, sem deixar de frisar que o gestor público faltou com o dever de bem gerir a coisa pública, efetuando a contratação de serviços por meio de processos licitatórios fraudulentos”.

Ainda no parecer ministerial, R$ 1.092.700,00(um milhão, noventa e dois mil e setecentos reais), valor total da licitação, dita pelo Parquet como fraudulenta, muito embora não tenha prestado qualquer serviço, 10%, ou seja, R$ 109.270,00(cento e nove mil e duzentos e setenta reais) ficou com o responsável da empresa vencedora, no caso Conservis Construção Comércio Ltda – ME. Já os outros 90% eram devolvidos aos gestores, mas precisamente ao prefeito Balduíno da Silva Nery e a irmã dele, na época Secretaria de educação – Célia Vitória Neri, atualmente subsecretária do Cerimonial no Executivo Estadual.

Na parte final do parecer, além da condenação do prefeito José Balduíno, da irmã dele, Célia Nery (secretária de Educação), Gersen James Correia Chagas(presidente da CPL), Wagno Setúbal de Oliveira(pregoeiro), Maria José dos Santos Azevedo (membro da CPL), Flavia Regina Assunção de Azevedo(secretaria da CPL), Raimundo Nonato Amorim Costa(integrante de apoio da CPL), Andrew Fabrício Ferreira Santos(sócio proprietário da Conservis) e Conservis Construção Comércio e Serviços Ltda – ME, com base no art. 12 da lei 8429(enriquecimento ilícito), o MP pugnou pela aplicação de multa, perda do cargo, suspensão dos direitos políticos e proibição de contratar com o poder público dos denunciados.

O Parquet Estadual pleiteou, também, o ressarcimento ao erário por parte do prefeito Balduíno, na proporção de 60% do valor do contrato, ou seja, R$ 590.058,00(quinhentos e noventa mil e cinquenta e oito reais), da irmã dele –  Célia Nery em R$393.372,00(trezentos e noventa e três mil e trezentos e setenta e dois reais) e da Conservis em R$109.270,00(cento e nove mil e duzentos e setenta reais).

Já quanto ao décimo denunciado, no caso, Arcyr Fonseca Gomes, o MPE pediu a absolvição por falta de provas.

De acordo com a dona de casa – Silvia Núbia Gatinho Costa, 32 anos, que na tragédia perdeu as duas filhas, Emilly, 16, e Samilly, 14,desde o acidente, o clima na cidade é de guerra. Além da falta de apoio por parte do Executivo municipal, em diversos pontos da cidade, aliados de Balduíno estariam ameaçando familiares.

“Eu mesma já fui ameaçada, via mensagem,  tanto que registrei a ocorrência de nº 2393, não podemos cobrar justiça, mesmo perdendo nossos filhos acredita? Eles dizem que não sabemos com que estamos mexendo. Estou com depressão em razão da dor e revolta que sinto”, disse Núbia.

 

 

 

Polícia Militar prende homem com uma carrada de cartões pronto pra dar o bote

COMPARTILHE

A polícia militar do Maranhão prendeu na tarde desta quinta feira (26), um homem identificado por Antônio Marcos Gonçalves Soares, que se encontrava saindo de uma agência do Banco do Brasil ao lado do Posto Natureza por volta das 17h localizada na Avenida São Luís Rei de França no bairro Turu, em São Luís, portando 12 cartões e R$415,00 em espécie. O rapaz é natural de Fortaleza, capital do Ceará.

ppp1 ppp

Segundo a polícia, a guarnição recebeu a denúncia de uma vítima e a viatura do São Francisco que se encontrava próxima a região fez a abordagem, e encontrou com o acusado 12 cartões de saques, sendo que somente um estava em nome do preso. O restante era de terceiros, mas nenhuma vítima compareceu à delegacia.

Antônio Marcos Gonçalves Soares foi encaminhado para o Plantão Central do Cohatrac onde deu seu depoimento. Durante a presença do acusado na delegacia, uma vítima compareceu, mas não reconheceu o acusado. Antes chegar à delegacia, seu advogado já se deslocava a espera do cliente, o que leva a crer que o acusado de estelionato não vai passar muito tempo na cadeia.

As vítimas desse homem podem procurar o Plantão Central do Cohatrac para fazer o reconhecimento ou procurar seus pertences. Basta levar documento de identificação com foto.

 

 

Traficantes deixam três crianças baleadas na cidade de Rosário

COMPARTILHE

O absurdo em que chegou a violência na cidade de Rosário, região do munim no interior do Maranhão. Três crianças de uma escola de reforço, localizada na rua quatro, bairro Vila Ivar Saldanha, foram baleadas, por traficantes que perseguiam pela localidade um bandido rival.

Segundo informações, o “homem” que vinha sendo perseguido invadiu o prédio da escola, quando dois elementos que estavam em uma motocicleta, dispararam várias vezes.

Três crianças foram baleadas, uma foi trazida em estado grave para São Luís. Mesmo com o tiroteio, o bandido que invadiu o prédio, conseguiu fugir e não teve nada. Os dois atiradores, estão sendo procurados pelas polícias militar e civil. Em Rosário, os moradores reclamam da onda de violência, apesar de ser uma regional tem muita gente reclamando da falta de segurança. A pergunta que fica é: cadê os investimentos em segurança do governo Dino que não consegue conter a violência em uma cidade com menos de 50 mil habitantes?

Fonte: Rosário em foco

 

Folga na delegacia de polícia de Humberto de Campos termina hoje

COMPARTILHE

A cada dia que passa a falta de estrutura do aparelho de segurança pública do Maranhão vai ficando evidente na capital e principalmente no interior do Estado. Na cidade de Humberto de Campos, na região dos Lençóis maranhenses, por falta de efetivo, o delegado da Policia Civil Pedro de Araújo Soares, encaminhou um oficio ao comandante do destacamento da Policia Militar naquele município, José Ribamar Araújo Costa, comunicando que não haveria plantão nesse final de semana  na delegacia por falta de policiais civis.

Isso significa que a segurança recebeu folga e a bandidagem podia tomar conta do município. A situação é tão complicada e ao mesmo tempo ridícula, que para não mostrar a realidade do Maranhão, o delegado que mandou esse ofício ao comandante, pode ser transferido a qualquer momento por expor a fragilidade da segurança. A folga na delegacia de Humberto de Campos termina hoje às 23h:59.

OFICIO PC

De acordo com o documento todas as prisões efetuadas naquela cidade a partir das 18h  desta sexta-feira (22), deveriam ser encaminhadas pelos policiais militares até a cidade de Barrerinhas, onde também a estrutura é precária e nem mesmo a reforma do prédio onde funciona a delegacia, foi concluída.

O certo mesmo, é que o segredo da maquiagem feita por Roseana Sarney em seu governo foi esquecido no Palácio dos Leões e achado por Flávio Dino. Tudo não passa de um engodo.

Responsive WordPress Theme Freetheme wordpress magazine responsive freetheme wordpress news responsive freeWORDPRESS PLUGIN PREMIUM FREEDownload theme free