casa » ESPORTE (página 10)

ESPORTE

Presidente do Moto Club solicitará alterações na tabela do Estadual

COMPARTILHE

Após a divulgação da tabela do Campeonato Maranhense de 2016, nesta semana, em reunião na Federação Maranhense de Futebol (FMF), muitos dirigentes de clubes questionaram alguns pontos importantes da tabela e até confrontos, principalmente aqueles times que vão fazer mais viagens, como Imperatriz e Maranhão.

Pregando o consenso, o presidente do Moto Club, Hans Nina, concedeu entrevista ao programa Show da Noite, apresentado pelo radialista Tércio Dominici comentando o assunto. Nina revelou que a tabela deve sim sofrer algumas alterações, mas não pode acontecer isso para beneficiar time A ou B, deve haver uma igualdade entre os participantes sem benefícios para qualquer parte. “Os clubes receberam a tabela e têm dez dias para sugerir alterações. Para o Moto, precisamos rever algumas coisas. O primeiro turno acaba praticamente em uma semana. Além disso, os clubes que não classificarem vão passar mais de 30 dias sem jogar”, afirmou.

Apesar de evitar críticas, o presidente rubro-negro acredita que os times que irão disputar duas competições ao mesmo tempo do Campeonato Maranhense, como é o caso de Sampaio Corrêa e Imperatriz, tem que se planejarem para competir sem prejudicar os outros. “São oito clubes na competição. Desses, dois estão em outras duas competições, uma nacional e outra regional. Mas isso não pode prejudicar os outros seis. Quem quer participar de três competições tem que se preparar para isso”, afirmou.

Hans lembrou que o Moto disputou o Estadual, a Copa do Nordeste e a Copa do Brasil em 2015 e em nenhum momento reclamou da tabela do Campeonato Maranhense. “O Moto jogou as três competições neste ao e não houve mudança na tabela para nos ajudar. Vamos sugerir algumas alterações e creio que a FMF terá a sensibilidade de mudar, para que o campeonato seja bem interessante e atrativo”, encerrou.

SITE MOTO CLUB

 

Tentativa de assalto em VAN de Bequimão deixa um bandido na horizontal

COMPARTILHE

Uma tentativa de assalto em um micro-ônibus que faz a linha Bequimão/São Luís/Bequimão, na tarde desta quarta feira (25), na BR 135 (Avenida dos Portugueses) na altura do bairro Fumacê, deixou um ladrão morto. Segundo informações da polícia, o micro-ônibus saiu do Anel Viário por volta das 14h com destino a cidade de Bequimão, via Ferryboat, e estava lotado de passageiros, entre idosos e crianças. Só que entre os passageiros estavam dois bandidos que entraram no veículo lá no anel viário.

De acordo com o proprietário do micro-ônibus, que terá sua identidade preservada, os bandidos anunciaram o assalto em frente ao depósito do Gás Butano, na área do Anjo da Guarda, mas um dos passageiros do veículo que pertence a Marinha Mercante reagiu ao assalto e conseguiu dominar um dos ladrões, que estava com o revolver.  Após a tentativa mal sucedida, os ladrões abriram fuga ao lado do muro da empresa de Gás, mas foram surpreendidos por uma viatura da PM que passava pelo local e um dos policias, testou sua pontaria e acertou a cabeça de um dos bandidos, morrendo no hospital.

IMG-20151125-WA0153[1]IMG-20151125-WA0152[1]

Os ladrões foram identificados por Clésio Ricardo dos Santos, de 21 anos, morador da Avenida Paquistão, Quadra 15, casa 19, bairro Anjo da Guarda, em São Luís. O outro bandido é conhecido pela polícia como Joel, vulgo (Cebola), que morreu no confronto com a polícia. De acordo com o delegado Walter Wanderlei, o terceiro elemento conseguiu se evadir do local.

Um revolver e uma faca foram apreendidos com os bandidos. Os passageiros do micro-ônibus e os tripulantes não foram subtraídos. Segundo a polícia, uma quadrilha está agindo nessa linha do Anel Viário até a Ponta da Espera. Além disso, o ponto estratégico para cometer o roubo foi escolhido pelos bandidos e fica logo após o Gás Butano.

 

Aluísio Chulapa: O presente de natal do MAC

COMPARTILHE

A principal contratação do MAC para a temporada de 2016, Aloísio Chulapa, já tem data marcada para sua apresentação. O evento deve acontecer no dia 17 de dezembro, a partir das 19 horas, no Mac Center, Cohama. A festa de apresentação será realizada pelo grupo de torcedores que está bancando a vinda do atacante para o Quadricolor. O grupo promete uma grande festa para apresentação do jogador. Carreata, presença de personalidades importantes do clube e uma grande mobilização de torcedores estão nos planos.

MAIS NOVIDADES

O mesmo grupo de torcedores, garantem mais uma novidade para o clube que deve ser divulgada na próxima sexta-feira. A expectativa é para o anúncio de mais uma contratação importante para a temporada de 2016. Além de Aloísio Chulapa, o grupo já havia confirmado mais um reforço e que faltavam detalhes para a divulgação oficial

GRUPO DE TORCEDORES

A contratação do atacante Aloísio Chulapa só foi possível devido a um grupo de torcedores que se organizaram para ajudar o clube. O grupo estipulou valores que devem ser depositados mensalmente em uma conta bancária. Várias campanhas são realizadas para divulgar e garantir mais colaboradores. Além de contratações, o grupo tem pensado em um plano de marketing e estratégias para aquisição de recursos para o time. Porém, o presidente do clube, França Dias, em entrevista a Rádio Capital, afirmou dificuldades para a próxima temporada. Ele garantiu que só continuará no cargo, caso exista investidores para ajudar o Bode.

TEXTO: Rodrigo Barbosa

 

BOLSA ATLETA: Ivaldo Rodrigues aprova requerimento na Câmara

COMPARTILHE

O vereador de São Luís, Ivaldo Rodrigues (PDT), teve o requerimento Nº 596/15 aprovado por unanimidade na Câmara Municipal, pedindo ao prefeito Edivaldo Holanda Junior (PDT) e também ao secretário de Esporte e Lazer de São Luís, Júlio França, a implantação do Programa Bolsa Atleta Municipal. De acordo com o requerimento do vereador pedetista, o programa prevê treinamento de centenas de jovens que hoje vivem desprovidos de incentivo, prejudicando assim, seus desempenhos em competições locais, regionais, nacionais e internacionais.

Segundo o vereador Ivaldo Rodrigues, investir no esporte, é a garantia de uma formação de homens e mulheres de caráter, além de contribuir na prática da boa saúde, afastando assim, os jovens das drogas e da violência urbana.

“É um programa que vai ajudar no desenvolvimento da educação e mais que isso, vai formar homens e mulheres de bem para a sociedade. Como sou um homem voltado para a educação, o esporte também faz parte do contexto e se Deus quiser, vamos ter um grande crescimento e melhorias nas vidas desses jovens que precisam”, destacou o vereador.

COMO FUNCIONA O PROGRAMA BOLSA ATLETA FEDERAL

Criado pela Lei Nº 10.891, de 9 de julho de 2004, e regulamentado pelo Decreto Nº 5.342, de 14 de janeiro de 2005, o Bolsa-Atleta é o maior programa de patrocínio individual de esportistas do planeta. De 2005 até 2013, o programa investiu R$ 439,9 milhões no pagamento dos benefícios.

Nesse período, o número de atletas contemplados foi multiplicado por sete. No primeiro ano, o programa beneficiou 924 esportistas. Em 2013, foram 6.557.

PÚBLICO ALVO DO BOLSA ATLETA FEDERAL

O público-alvo são atletas que obtêm boas performances em competições, locais, regiomnais, nacionais e internacionais, da base ao alto rendimento. São cinco categorias: Base, Estudantil, Nacional, Internacional e Olímpica-Paraolímpica.

Em 2012, amparados pela Lei 12.395/11, os contemplados com o programa Bolsa-Atleta passaram a ter direito de, além do benefício, contar com outros patrocínios pessoais. Com isso, os atletas ampliaram as fontes de recursos para suas atividades e passaram a ter mais estrutura para os treinamentos e custeio de despesas.

COMO SERÀ O BOLSA ATLETA EM SÃO LUÍS

De acordo com o requerimento do vereador Ivaldo Rodrigues, os atletas beneficiados serão homens e mulheres, mas com o intuito de fortalecer a educação e angariar boas notas e formar bons jovens. Para participar do Bolsa Atleta Municipal, é preciso comprovar alguns requisitos. O valor da bolsa ainda será discutido e dependerá da LOA e LDO para 2016.

 

Sampaio se acanha e não vence o Oeste-SP

COMPARTILHE

O Sampaio Corrêa desperdiçou uma ótima chance de fechar a 34ª rodada do Brasileirão Série B, na zona de acesso para a Série A de 2016. Diante de um dos candidatos ao rebaixamento, o time maranhense apenas empatou com o Oeste da pequena cidade de Itápolis, interior de São Paulo por 1 a 1, na noite deste sábado (7), e frustrou os pouco mais de 14 mil torcedores que pagaram ingressos no Estádio Castelão.

Com o tropeço em casa, o Sampaio chegou aos 54 pontos e ocupa a sétima posição na tabela de classificação. Assim, tem um ponto a menos do que o Santa Cruz, o quarto colocado. Já o Oeste volta para casa com um bom resultado, mas ainda está ameaçado de queda. Os paulistas somam 42 pontos e ocupam a 14ª colocação; contra 38 pontos do Macaé, o primeiro na zona de descenso.

O JOGO

O Sampaio saiu na frente aos 30 minutos do primeiro tempo. O zagueiro Plínio aproveitou uma sobra na área, e mandou a bola, de canhota, para o fundo do gol. O Oeste conseguiu chegar ao empate aos seis minutos da segunda etapa. Depois de um bate-rebate, o atacante Rafael Martins dividiu com a marcação antes de balançar as redes.

Na próxima terça-feira (10), às 20h30, o Sampaio Corrêa volta a campo para enfrentar o Atlético Goianiense, novamente no Castelão. Enquanto isso, o Oeste tem a dura missão de enfrentar o Santa Cruz, no mesmo dia e horário, no Estádio do Arruda, na cidade de Recife-PE. O Sampaio inda tem dois jogos em casa, contra Atlético-GO e Paraná Clube. Mas joga duas vezes fora; contra Bragantino-SP, que entrou na briga pelo acesso e CRB-AL que corre da zona do rebaixamento.

FICHA TÉCNICA:

SAMPAIO CORRÊA 1 X 1 OESTE

SAMPAIO CORRÊA – Rodrigo; Daniel Damião, Plínio, Luís Otávio e Raí; Léo Salino (Alex Maranhão), Diones, Nádson (Douglas Oliveira) e Válber (Henrique); Edgar e Jheimy. Técnico: Léo Condé.

OESTE-SP – Leandro Santos; Flávio Meneses (Renato Xavier), Daniel Gigante, Ligger e Fernandinho; Betinho, Renan Mota e Mazinho; Wagninho (Júnior Lopes), Rodriguinho (Rafael Martins) e Patrick Silva. Técnico: Renan Freitas.

GOLS – Plínio, aos 30 minutos do primeiro tempo (Sampaio) e Rafael Martins, aos 6 minutos do segundo tempo (Oeste).

ÁRBITRO – Paulo Schleich Vollkopf (MS)

CARTÕES AMARELOS – Flávio Meneses e Wagninho (Oeste)

RENDA R$ 345.000,00

PÚBLICO – 14.276 pagantes (17.337 torcedores)

LOCAL – Estádio Castelão

Blog do Juraci Filho

Começa a I Copa Quilombola – Troféu Negro Cosme em Bequimão

COMPARTILHE

FOTOS: Rodrigo MartinsVejam as fotos no Clube da foto.

Bequimão realiza a I Copa Quilombola de Futebol – Troféu Negro Cosme. A abertura da copa aconteceu neste domingo (1) e contou com a presença do Prefeito, Zé Martins (PMDB), que se mostrou muito contente com mais essa realização, já que o município promove os campeonatos de futebol masculino e feminino.

Logo na abertura da Copa, que teve a execução do hino municipal e os pronunciamentos dos Secretários, Kell Pereira (Esporte) e Dinha Pinheiro (Igualdade Racial), além dos representantes do Estado, Eduardo Filho (Assessor da SEIR) e Iracema de Jesus (Assessora da SEIR), com finalização do prefeito Zé Martins. Logo em seguida foram realizados dois jogos no Estádio Vivaldo Lemos Paixão (Vivaldão). Na preliminar, o time da comunidade Juraraitá não tomou conhecimento da vizinha Suassuí e venceu por 2×0. Na partida de volta, Juraraitá que fará o jogo em seu campo, pode até perder por 1×0, que mesmo assim garantirá vaga na segunda fase do torneio. Já no clássico da BR, Santa Rita e Ramal de Quindiua não saíram do 0x0. No jogo de volta, quem vencer avança no torneio.

_DSC1158 _DSC1162

A Copa Quilombola é uma realização do governo do estado, em parceria com a prefeitura de Bequimão. Além de Bequimão, os municípios de Alcântara, Matinha, Anajatuba, Icatu, Bacurituba, Cajapió, Itapecuru, Santa Rita, Santa Helena, Serrano Do Maranhão e Monção, também estão realizando esse evento futebolístico. Com organização da Secretaria de Estado de Igualdade Racial (Seir), a copa visa integrar as comunidades quilombolas do Maranhão.

_DSC1146 _DSC1226

Bequimão participa da competição com 11 equipes, mas alguns municípios tem 12, com exceção de Serrano e Icatu, que terão 16 equipes cada uma composta por 18 atletas, com uniformes ofertados pela organização do torneio.

REGULAMENTO DA COPA

Cada município vai classificar um time para disputar o troféu estadual. O período de classificação nos municípios vai até 12 de Dezembro. A fase final acontecerá em São Luis de 15 a 20 de Dezembro. O campeonato tem 168 equipes participantes e serão 287 jogos na fase de classificação e 16 na fase final, totalizando 303 partidas. A expectativa é envolver 4.536 atletas e dirigentes em todo Estado.

_DSC1028 _DSC1316

Para participar, os atletas devem morar em quilombos das cidades que sediarão o evento. Para o prefeito Zé Martins, o esporte envolve todas as classes e principalmente na zona Rural. “A realização dessa Copa Quilombola é feita na perspectiva de valorizar e integrar o povo negro das comunidades nos diversos municípios que sediarão o torneio. O esporte aproxima as pessoas, resgata valores, fortalece vínculos e eleva a autoestima de qualquer povo”, destacou o prefeito.

_DSC1279 _DSC1312

O assessor institucional da Seir (Secretaria de Estado da Igualdade Racial), Eduardo Filho, disse que o foco é a inclusão e a construção da cidadania por meio do esporte, promovendo valores como a boa convivência, a cooperação e o companheirismo. “O esporte promove a integração social, contribuindo na formação da cidadania e na inclusão social”, finalizou Eduardo.

Para a secretária Municipal de Cultura e Igualdade Racial, Dinha Pinheiro, o evento traz nova visão aos atletas e principalmente aos Quilombos. “Estamos trabalhando para realizar um grande evento e este mês, entramos também na semana do bebê Quilombola, e isso nos deu mais entusiasmo”, destacou a secretária.

_DSC1215 _DSC1220

Com um bom público presente, o estádio Vivaldão viu sua primeira Copa Quilombola e com jogos bem disputados. A torcida fez a festa do começo ao fim. O prefeito Zé Martins assistiu as duas partidas no meio das torcidas.

 

CLUBES PARTiCIPANTES DA COPA

  • Juraraitá
  • Suassuí
  • Santa Rita
  • Ramal de Quindiua
  • Pericumã
  • Rio Grande
  • Marajá
  • Sibéria
  • Conceição
  • Mafra
  • Ariquipá

Moto Club começa arrumar a casa para a temporada de 2016

COMPARTILHE

O Moto Club de São Luís realiza, amanhã (5), às 10h, no teatro do jornal O Imparcial, uma coletiva para o lançamento do projeto de 2016 do clube com a presença do presidente Hans Nina bem como de todo corpo diretor do clube.

O evento, que será aberto à imprensa e convidados, irá tratar das diretrizes do “Projeto Moto 2016”, tais como a captação de recursos e os planos de valorização da marca para o exercício, que já vem sendo posto em prática pela diretoria desde que assumiu o Moto.

Outra novidade que deverá ser apresentada pelo presidente é o novo plano de sócio torcedor do Moto Club, que deverá ter uma amplitude maior que o anterior, e há uma expectativa de adesão ainda maior do torcedor rubro-negro.

Os novos moldes de parceria de fornecimento de uniformes com a empresa Super Bolla devem ser detalhados pela diretoria, que pretende anunciar também a camisa oficial do Moto que será utilizada na temporada de 2016.

Apesar de não ter sido revelado mais detalhes pela diretoria, a expectativa é que seja apresentado o nome do novo treinador, detalhes da montagem de elenco, bem como o cronograma de treinamentos visando o Campeonato Maranhense de 2016.

O Imparcial

 

Vereador Ivaldo Rodrigues pede a criação do programa bolsa atleta

COMPARTILHE

O vereador de São Luís, Ivaldo Rodrigues (PDT), deu entrada na Câmara Municipal de Vereadores, com o Requerimento 596/15, que pede ao prefeito Edivaldo Holanda Junior (PDT) e também ao secretário de Esporte e Lazer de São Luís, Júlio França, que seja implantado com maior brevidade, o Programa Bolsa Atleta Municipal. Segundo o requerimento do vereador pedetista, o programa prevê treinamento de centenas de jovens que hoje vivem desprovidos de incentivo, prejudicando assim, seus desempenhos em competições regionais, nacionais e internacionais.

De acordo com o vereador Ivaldo Rodrigues, investir no esporte, é a garantia de uma formação de homens e mulheres de caráter, além de contribuir na prática da boa saúde, afastando os jovens das drogas e da violência.

“É um programa que vai ajudar no desenvolvimento da educação e mais que isso, vai formar homens e mulheres de bem para a sociedade. Como sou um homem voltado para a educação, o esporte também faz parte do contexto e se Deus quiser, vamos ter um grande crescimento e melhorias nas vidas desses jovens que precisam”, destacou o vereador pedetista.

COMO FUNCIONA O PROGRAMA BOLSA ATLETA FEDERAL

Criado pela Lei Nº 10.891, de 9 de julho de 2004, e regulamentado pelo Decreto Nº 5.342, de 14 de janeiro de 2005, o Bolsa-Atleta é o maior programa de patrocínio individual de esportistas do planeta. De 2005 até 2013, o programa investiu R$ 439,9 milhões no pagamento dos benefícios.

Nesse período, o número de atletas contemplados foi multiplicado por sete. No primeiro ano, o programa beneficiou 924 esportistas. Em 2013, foram 6.557.

PÚBLICO ALVO DO BOLSA ATLETA FEDERAL

O público-alvo são atletas que obtêm boas performances em competições nacionais e internacionais, da base ao alto rendimento. São cinco categorias: Base, Estudantil, Nacional, Internacional e Olímpica-Paraolímpica. Os valores variam entre R$ 370 e R$ 3.100, e os contemplados recebem o benefício pelo período de um ano. O dinheiro é depositado em conta específica do atleta na Caixa Econômica Federal.

Em 2012, amparados pela Lei 12.395/11, os contemplados com o programa Bolsa-Atleta passaram a ter direito de, além do benefício, contar com outros patrocínios pessoais. Com isso, os atletas ampliaram as fontes de recursos para suas atividades e passaram a ter mais estrutura para os treinamentos e custeio de despesas.

Em 2013, o governo federal decidiu pagar parcelas de duas bolsas aos beneficiados: uma que seria normalmente quitada em 2013 e outra que seria paga no decorrer de 2014 e teve o início do pagamento antecipado. Isso porque, no fim de 2012, o Ministério do Esporte tomou a decisão de eliminar o espaço de tempo que havia entre a obtenção do resultado esportivo qualificatório para a Bolsa-Atleta e o efetivo recebimento por parte dos bolsistas. Para isso, foi reservado pelo governo um orçamento de R$ 183 milhões em 2013, um valor jamais aportado antes ao programa. Esse montante foi utilizado para pagar as bolsas relativas a dois exercícios: 2012 (que normalmente seriam pagas no decorrer de 2013) e 2013 (que seriam pagas em 2014 e foram antecipadas).

COMO SERIA O BOLSA ATLETA EM SÃO LUÍS

De acordo com o requerimento do vereador Ivaldo Rodrigues, os atletas beneficiados serão homens e mulheres, mas com o intuito de fortalecer a educação e angariar boas notas e formar bons jovens. O valor da bolsa ainda será discutido.

Nhozinho Santos será reformado e terá Memorial

COMPARTILHE

Um requerimento de autoria do vereador Ivaldo Rodrigues (PDT), aprovado por unanimidade nesta terça feira (13), na Câmara Municipal de São Luís, pede ao prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Junior (PDT) e ao Secretário de Esporte e Lazer, Júlio França, a reforma geral do Estádio Municipal Nhozinho Santos, além de implantar um espaço que seja batizado como Memorial, onde a população possa ter acesso à história dessa importante praça esportiva da capital.

De acordo com o requerimento do vereador Ivaldo Rodrigues, o Estádio Nhozinho Santos, nunca teve uma reforma geral em sua história e precisa ser reconhecido como uma praça esportiva importante para nossa capital. “É uma das praças esportivas mais importantes da história do Maranhão e onde o futebol de nosso Estado fez e faz história. São mais de meio século de existência e precisamos fazer dessa praça esportiva um ponto de lazer para os ludovicenses”, destacou o vereador pedetista que foi categórico ao lembrar da grande paixão da torcida maranhense pelo “Gigante da Vila Passos”, como é carinhosamente chamado o Nhozinho Santos pelos torcedores e crônica esportiva do Maranhão.

 

ESTÁDIO NHOZINHO SANTOS

Inaugurado em 01 de outubro de 1950, com capacidade de 16.500 torcedores, o Gigante da Vila Passos, hoje tem 65 anos de muita história. O primeiro jogo no Estádio Nhozinho Santos foi entre Sampaio 2×1 Paysandu-PA. O primeiro gol marcado no Gigante da Vila Passos, foi por intermédio de Hélio (Paysandu). O maior público já registrado no Nhozinho Santos foi 24.865 torcedores no jogo entre MAC 0x0 Vasco da Gama-RJ. Após a colocação das cadeiras, a capacidade passou para 12.891 pessoas. O Estádio é uma homenagem a Joaquim Moreira Alves dos Santos, o homem que deu início a atividade futebolística no Maranhão.

 

 

Zé Doca conquista o Copão BR de Seleções 2015

COMPARTILHE

A seleção de Zé Doca conquistou no último sábado (12), o título do Copão BR de Seleções, competição que movimentou as principais cidades do interior Maranhense. Na decisão da competição realizada no estádio Procopão, na cidade de Maranhãozinho, a equipe derrotou Pindaré Mirim pelo placar de 1×0.

O gol do título da seleção de Zé Doca foi marcado aos 3 minutos do primeiro tempo pelo jogador Neném. No final da partida, a seleção de Zé Doca foi premiada com R$ 16 mil e a equipe de Pindaré Mirim recebeu R$ 8 mil. Além destas premiações em dinheiro, as equipes vencedoras foram premiadas com troféus e medalhas.

O Copão da BR  de Seleções de 2015, contou com a participação das Seleções dos municípios de Alto Alegre do Pindaré, Amapá do Maranhão, Araguanã, Bela Vista do Maranhão, Boa Vista do Gurupi, Bom Jardim, Buriticupu, Cândido Mendes, Carutapera, Centro do Guilherme, Centro Novo do Maranhão, Godofredo Viana, Governador  Newton Bello, Governador Nunes Freire, Igarapé do Meio, Lago Açu, Lago Verde, Maracaçumé, Maranhãozinho, Monção, Olho D’água das Cunhãs, Pio XII, Pindaré Mirim, Presidente Médici, Santa Inês, Santa Luzia do Paruá, Santa Luzia do Tide, Satubinha, Tufilândia, Turilândia, Vitoria do Mearim e Zé Doca.

REGULAMENTO: O Copão BR de Seleções de 2015 foi disputado em Turno único e as Equipes foram divididas em 04 (Quatro) Chaves, denominadas “A”, “B” “C” e D”, cada chave contará com 08 (Oito) equipes. Na primeira fase as Equipes das Chaves “A”, “B”, “C” e “D”, jogarão dentro da própria chave, classificando-se o 1º, 2º, 3º e 4º Colocados de cada chave para segunda fase.

 

TEXTO: Igor Leonardo

Responsive WordPress Theme Freetheme wordpress magazine responsive freetheme wordpress news responsive freeWORDPRESS PLUGIN PREMIUM FREEDownload theme free