casa » EDUCAÇÃO (página 17)

EDUCAÇÃO

Bequimão ganha 6 escolas de 2 salas para a zona rural

COMPARTILHE

Matéria de assessoria

ESCOLA2

O prefeito de Bequimão, Zé Martins, conseguiu subsídios do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), órgão ligado ao Ministério da Educação (MEC), para a construção de seis escolas de duas salas. As escolas serão construídas nos povoados Balandro, Vila Nova, Boa Vista, Frechal, Santa Tereza e Rio Grande. Cada uma das salas terá capacidade para 36 alunos, em cada turno, seguindo o padrão do Projeto Espaço Educativo Rural de 02 Salas de Aula. Isso garante um total de 720 alunos que poderão ser atendidos nas seis novas escolas do município. No projeto, há previsão de áreas de administração, pátio coberto, banheiros masculino e feminino e cozinha.

ESCOLA1 ESCOLA2

A Prefeitura Municipal de Bequimão cumpriu todos os requisitos do programa, construindo o Plano de Ações Articuladas (PAR), que previu a necessidade dessas escolas. Antes disso, foi realizado um estudo de demanda, para identificação dos locais com mais carência de infraestrutura para a educação.

Os terrenos onde serão construídas as escolas já foram escolhidos e demarcados, medindo 35m de largura por 25m de profundidade. “Estamos assegurando melhores condições para que as nossas crianças possam estudar perto de onde moram. Os professores da Rede Municipal também terão um espaço mais adequado para trabalhar. Com essa estrutura, somada às formações continuadas que estamos oferecendo, vamos conseguir melhores indicadores para a educação de Bequimão” – garantiu o prefeito Zé Martins (PMDB).

 

 

Inscrições para contratação temporária de mil professores abrem dia 26/01

COMPARTILHE

professor

O Governo do Estado do Maranhão abre a partir de segunda-feira (26) as inscrições do processo seletivo simplificado para contratação temporária de mil professores. As inscrições são gratuitas e deverão ser feitas pelo site www.educacao.ma.gov.br até às 23h59 da próxima quinta-feira (29). Todas as informações estão disponíveis no site e no Diário Oficial do Estado.

A abertura do seletivo foi determinada pelo governador Flávio Dino durante a assinatura de seis decretos na terça-feira (20). De acordo com a secretária de Estado da Educação, Áurea Prazeres, a gestão estadual está empenhando todos os esforços para melhoria da rede estadual de ensino.

“É prioridade do governador Flávio Dino, iniciar o ano letivo, com professores em sala de aula e estudantes atendidos em todos os componentes curriculares. Além disso, o governador reajustou em 15% o salário dos professores contratados, valorizando assim, o trabalho docente,” declarou a secretária.

O processo seletivo será composto pela avaliação curricular de títulos e avaliação da experiência profissional na área de docência. Os interessados devem fazer a entrega de títulos (acompanhados da ficha de inscrição gerada na internet pelo próprio candidato) na Unidade Regional de Ensino (URE), correspondente à localidade escolhida para disputa de vaga.

Com base na demanda do último seletivo, o recebimento de títulos em São Luís ocorrerá no Centro de Convenções da Universidade Federal do Maranhão (UFMA), no Campus do Bacanga. “Escolhemos o Centro de Convenções da UFMA por ser um espaço amplo e que pode receber os docentes dignamente. A categoria precisa ser tratada com respeito”, explicou o responsável pela Unidade Gestora de Atividades Meio (Ugam) da Seduc, Domingos Ferreira.

O seletivo visa atender as modalidades Ensino Médio Regular, EJA, Programa de Educação de Jovens e Adultos (Proeja) e Ensino Médio Integrado a Educação Profissional (Emiep). O regime de trabalho será de 20 horas semanais. Do número total de vagas oferecidas, 20% destinam-se às escolas de São Luís e as outras 80% serão distribuídas para o interior do estado, de acordo com as necessidades regionais. As disciplinas com maiores demandas são, respectivamente, Física, Química, Biologia e Matemática.

De acordo com o cronograma, o resultado do seletivo deverá ser divulgado no início de março, uma vez que o ano letivo de 2015 começará a partir do dia 9 de março na rede estadual de ensino.

Cronograma do seletivo:

23/01/2015 Publicação do Edital
8h do dia 26/01 às 23h59 do dia 29/01/2015 Inscrições no Processo Seletivo – via internet (www.educacao.ma.gov.br)
13h do dia 27/01 às 18h do dia 30/01/2015 Entrega de Títulos acompanhados da Ficha de Inscrição gerada na Internet pelo candidato.

Local: Unidades Regionais de Educação (URE’s), exceto São Luís. Candidatos da capital devem entregar a documentação no Centro de Convenções da UFMA, no Campus do Bacanga.

13/02/2015 Divulgação das inscrições indeferidas
04/03/2015 Homologação do Processo Seletivo e Divulgação do Resultado Final

 

 

Escolas serão construídas na zona rural de Bequimão

COMPARTILHE

Matéria de assessoria

ESCOLAS

O ano de 2015 começou com boa notícia para a educação de Bequimão. A prefeitura de Bequimão já concluiu o processo de licitação para construir duas escolas de quatro salas, uma no povoado Marinho e outra no Monte Alegre. Os recursos foram adquiridos junto ao Ministério da Educação, por meio do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE).

As escolas serão construídas no padrão do “Projeto Espaço Educativo Urbano e Rural com 04 Salas de Aula”, com capacidade para atender até 240 alunos, em dois turnos (matutino e vespertino). Pelo FNDE, a Prefeitura Municipal de Bequimão está recebendo assistência financeira, com caráter suplementar, objetivando a construção e o aparelhamento destas escolas.

“Estamos criando oportunidades para que nossas crianças e jovens possam estudar mais perto de casa. Em breve, não será mais preciso que se desloquem até a sede de Bequimão para ter acesso a boas escolas. Isso é um avanço na educação do nosso município”, frisou o prefeito Zé Martins (PMDB).

Secretária vistoria escolas e conversa com professores

COMPARTILHE

Aurea

Com objetivo de levantar a real situação das escolas, encaminhar medidas emergenciais e garantir as condições adequadas para o início do ano letivo na rede pública estadual de ensino, a secretária de Estado de Educação (Seduc), Áurea Prazeres, iniciou uma série de vistorias às escolas estaduais, localizadas em São Luís. A proposta da gestora é manter uma agenda semanal de visitas às escolas da rede estadual.

Nesta segunda (5), a secretária e parte da equipe de suporte e engenharia da secretaria estiveram na escola Vinícius de Moraes (bairro Divinea) e vistoriou um prédio localizado nas proximidades, que abriga, provisoriamente, outras duas escolas (Roseana Sarney e João Paulo II), que passam por reforma.

Em conversa com professores, eles relataram que o prédio não possui condições mínimas adequadas para atendimento do aluno, além da falta de segurança no local.

Após ouvi-los, a gestora informou que o setor de engenharia realizará um levantamento do andamento das obras nos prédios de origem das escolas, ambos localizados no bairro Turu, com a finalidade de encaminhar respostas rápidas à comunidade escolar. “Temos que trabalhar para garantir melhores condições para os nossos alunos e professores porque isso influenciará diretamente no processo ensino-aprendizagem”, enfatizou a secretária.

Sobre a segurança, a secretária informou já haver uma conversa com o novo comando da Polícia Militar do Maranhão para o desenvolvimento de ações efetivas para a segurança nas escolas com medidas socioeducativas e preventivas no ambiente escolar.

No domingo (4), Áurea Prazeres também vistoriou as escolas Maria José Aragão e Santa Tereza, ambas no bairro Cidade Operária.

 

Uema forma mais 140 em Bequimão

COMPARTILHE

UEMA9

Bequimão tem agora mais 140 profissionais formados no próprio município, por meio de cursos oferecidos pelo programa Darcy Ribeiro, da Universidade Estadual do Maranhão (UEMA). Na última segunda-feira (17), foi realizada a cerimônia de colação de grau dos cursos de Letras, História, Química, Física, Biologia e Matemática, com participação da pró-reitora de Extensão e Assuntos Estudantis, Vânia Martins, que representou o reitor José Augusto Oliveira, e o prefeito de Bequimão, Zé Martins, patrono das turmas.

euma1 UEMA

Ao representar seus colegas como orador da turma, o recém-graduado Diego Valloni relembrou as dificuldades na rotina de um curso superior, cheia de trabalhos, provas e relatórios. Mas também destacou a importância das relações que foram construídos nos anos de estudos. “Que as experiências compartilhadas no percurso até aqui sejam a alavanca para alcançarmos a alegria de chegar ao destino projetado”, disse, em seu discurso.

UEMA3UEMA10

O prefeito Zé Martins disse ter orgulho pela vitória de cada bequimãoense que se formava naquela noite e ressaltou as oportunidades que a UEMA tem aberto nas parcerias com Bequimão. Durante muito tempo, segundo o prefeito, quem quisesse fazer um curso superior precisava sair de sua terra e ficar longe da família. “Quero aproveitar este momento para dizer que essa parceria com UEMA vai continuar. Reafirmo à população meu compromisso em manter o programa. Por isso, já repactuamos o convênio e só estamos aguardando as definições do novo governo estadual, para que possam ser abertos novos cursos”, garantiu Zé Martins.

UEMA5 UEMA6

Para a pró-reitora de Extensão e Assuntos Estudantis, Vânia Martins, que é bequimãoense, falou do sentimento especial por dirigir uma solenidade de colação de grau no lugar onde nasceu. Ela considera que é pelo conhecimento que se alcança a verdadeira riqueza. “Hoje temos a certeza que a cidade nunca mais será a mesma, considerando que estes novos professores multiplicaram seus conhecimentos entre crianças, jovens e adultos. Hoje a UEMA escreve mais uma página da sua história nos municípios de Bequimão, Peri Mirim e Alcântara”, enfatizou.

UEMA7 UEMA8

A formanda Camila Rodrigues Pereira conduziu o juramento. Em seguida, a pró-reitora outorgou o grau aos formandos. Participaram da cerimônia o Coordenador de TCC do Darcy Ribeiro, Jackson Ronnie Sá da Silva; representando a coordenadora geral do Programa Darcy Ribeiro, Andrea Gomes Azevedo Cutrim; a Coordenadora do Polo de Bequimão, Ana Cléa Góis Rodrigues; o secretário de Educação de Bequimão, Aristides Amorim; e os vereadores Valmir, Vetinho e Amarildo.

UEMA11 UEMA12

TAC determina contratação imediata de 200 educadores

COMPARTILHE

Matéria de Davi Max

ROSy

O município de São Luís terá que nomear em caráter de urgência 200 educadores concursados que eram apenas contratados, para atuar de forma efetiva em sua rede de educação. A decisão ocorreu nesta quinta-feira (13) em audiência no Ministério Público Estadual (MPE) em que participaram representantes da prefeitura de São Luís, de educadores contratados do Município e da promotoria da Educação e faz parte do TAC (Termo de Ajustamento de Conduta) ajustado entrado entre as partes para garantir melhorias a educação municipal. Na oportunidade, foi assinada a ata em que o Município, oficialmente reconhece o direito dos trabalhadores e cria mecanismos para que de forma imediata seja feita a efetivação da nomeação daqueles que já têm sentença julgada procedente.

O TAC fluiu a partir da provocação da vereadora Rose Sales (PCdoB) à Promotoria da Educação, como o objetivo de alcançar encaminhamentos resolutivos favoráveis pela efetivação dos educadores, contratados aprovados em concurso público em 2002, que segundo a parlamentar, “durante muito tempo foram espoliados pelo município por meio de contrato precário e na gestão anterior foram demitidos, os quais já têm causas ganhas em Varas da Fazenda Pública pela obrigação do município em nomeá-los”.

ROSY1ROSy

O assunto vem sendo defendido por Rose Sales desde 2009, em seu primeiro mandato, e teve sua aceleração neste ano, no período  em que os educadores da rede municipal realizaram uma paralisação de quase 100 dias, reivindicando direitos ao trabalho. Depois de vários estudos e reuniões intermediados pela parlamentar, foi assinada na promotoria da Educação, na presença da promotora Luciane Belo, a ata em que o município se compromete em cumprir os dispositivos no TAC.

“Depois de toda uma luta renhida, assinamos ata em que oficialmente, o município reconhece o direito desses trabalhadores e de forma rápida será efetivada a nomeação daqueles que já têm sentença julgada procedente. Quanto aos que têm causa julgada improcedente ou ainda no aguardo de ser sentenciada, nós marcharemos numa nova luta no sentido de convencer o judiciário a decidir favoravelmente pelos demais educadores com base na nomeação, que ora conquistamos. Esta é uma oportunidade ímpar de estabelecer a moralidade e a reparação de direito no tocante à falta do município para com esses educadores e educadoras “, explica Sales, que durante o processo de negociação em prol do TAC, foi instituída pelo MPE presidente da Comissão de Estudo pela Nomeação dos Educadores Contratados criada pelo órgão.

Entre os presentes na audiência conclusiva: a promotora da Educação Dra. Luciane Belo; o Procurador Geral do Município, Dr. Marcos Braid, o Secretário Municipal de Educação, Prof. Geraldo Castro, Dr. Eduardo Pereira e representação de professores.

Atrasada no Enem ganha bolsa de estudo

COMPARTILHE

ENEM

A estudante Amanda Alli, de 19 anos, fez de tudo para chegar a tempo e fazer as provas do Enem neste sábado no Rio de Janeiro, mas quando ela chegou, os portões já haviam fechados. Ela Pediu até uma carona para um motociclista, mas mesmo assim nada adiantou. Mesmo com todo o esforço, chegou atrasada e adiou seu sonho de conseguir uma boa média para entrar em um curso de jornalismo, como pretendia.

A situação fez com que Amanda entrasse em pânico e chorasse sem parar em frente aos portões da UERJ (Universidade Estadual do Rio de Janeiro) localizada no bairro Maracanã, zona norte da capital carioca.

Assistindo à cena e sensibilizado com o desespero da estudante, o coordenador do curso pré-vestibular Tamandaré, Álvaro Barreto, ofereceu uma bolsa de estudo para Amanda. Álvaro acolheu a jovem em uma barraca do curso Tamandaré montada nas proximidades do local e fez o convite.

“Ficamos sensibilizados com a situação da Amanda. Decidimos oferecer uma bolsa de estudo pra ela não desistir de seu sonho e se sentir mais preparada no ano que vem — ressalta Álvaro Barreto”.

A jovem estudante ficou mais calma e afirmou que vai fazer o curso, precisamente na unidade do Méier, bairro da Zona Norte da cidade do Rio de Janeiro, mais próximo de sua casa. Assim como Amanda, milhares de alunos também chegaram atrasados aos locais de prova.

O maior erro e grande culpa desse atraso estão no deslocamento dos estudantes. A organizadora do vestibular brinca com o caos das grandes cidades e desloca alunos para fazerem provas em bairros distantes, o que poderia ser solucionado com a prova em seu bairro. Acho que seria bom repensar essa estratégia burra de quem se acha inteligente. Sendo de alguém contratado pelo MEC, há de se esperar qualquer burrice desse tamanho. Faça-me um favor, sejam burros assim só no MEC. Usem no mínimo o Google Mapa.

Professores participaram de curso de formação continuada

COMPARTILHE

#Matéria de Assessoria#

PROF2

Bequimão – Professores da Unidade Integrada Domingos Bouéres e da Unidade Escolar Aniceto Cantanhede, participaram nesta terça-feira (21), de atividades de formação continuada no Instituto Federal do Maranhão (IFMA) – Campus Maracanã. Nessas duas escolas, o instituto mantém o projeto “Hortas Escolares como Salas de Aula ao Ar Livre”, por meio do Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência (PIBID) e em parceria com a Prefeitura Municipal de Bequimão.

Desde o início deste ano, quando prefeito Zé Martins assinou o convênio e o IFMA foi contemplado no edital, já aconteceram diversas visitas da coordenação do projeto e dos alunos bolsistas a Bequimão. Nessa fase preparatória, está sendo levantada a maneira como será possível abordar conteúdos das diversas disciplinas nas hortas escolares.

PROF1PROF3

Com a ida dos professores ao Campus Maracanã, eles tiveram a oportunidade de formação, assistindo palestras sobre educação do campo, violência na escola, gestão escolar (reuniões produtivas) e plano em ação (planejamento escolar). Essa programação faz parte da Semana de Educação, Ciência e Tecnologia e do Encontro de Cursos Superiores que a instituição realiza anualmente.

HORTAS ESCOLARES

PROF4PROF5Pelo projeto, as hortas escolares servirão como salas de aula ao ar livre. Os alunos podem, por exemplo, aprender Matemática ao calcularem a área dos canteiros; ou mesmo História, descobrindo a origem de cada espécie cultivada.

As atividades terão duração de quatro anos, envolvendo 20 bolsistas da Licenciatura em Ciências Agrárias, que trabalharão em parceria com os professores de Bequimão. A ideia é tornar as aulas mais dinâmicas e, com isso, conseguir melhorar indicadores educacionais dessas escolas.

Além de servir para as aulas, a produção das hortas escolares deverá ser utilizada na merenda escolar, melhorando ou desenvolvendo hábitos alimentares saudáveis entre os alunos. “Esse projeto é uma grande possibilidade de se fazer extensão verdadeira e continuada, porque tem um prazo largo de duração. Não é aquela coisa pontual, que cria expectativa e não tem acompanhamento. Aqui, tem início, meio e fim”, ressaltou o professor Elias Rodrigues, coordenador do projeto.

Sindicato promove Curso de jornalismo digital

COMPARTILHE

Jornalismo

Texto de Assessoria

O Sindicato dos Jornalistas do Maranhão promove o “Curso de jornalismo na esfera digital”, dias 26 e 27 deste mês, no auditório do Jornal O Imparcial, no bairro do Renascença II, em São Luís.

As inscrições estão abertas, a partir desta segunda-feira (15), na Livraria Poeme-se, no centro histórico da capital; e no Sindicato dos Jornalistas, no bairro do Calhau.

O palestrante principal será o jornalista e professor do Curso de Comunicação Social da Universidade Federal do Maranhão (Ufma), Carlos Agostinho Almeida de Macedo Couto. Ele é mestre e doutor em Políticas Publica, com atuação focada em meios de comunicação, política, controle social e assessoria de comunicação.

O curso tem como foco principal estudantes e profissionais das áreas de Comunicação Social e Letras.

Na sexta-feira (26), os participantes terão uma visão de “Fundamentos do jornalismo”, “Transcurso do jornalismo romântico ao digital”, “Formas jornalísticas: gêneros, valores notícia e fait divers” e “Funções da Linguagem e Jornalismo”.

No sábado (27), das 8h às 10h, os temas práticos serão: “Narrativa jornalística: equívocos comuns á todos os tempos” e “Fundamentos do webjornalismo”, das 10h às 12h. No período da tarde, das 14h às 18h, o tema será “Webjornalismo aplicado”.

 

Greve dos Professores é encerrada em São Luís

COMPARTILHE

Greve3

Há quatro dias do aniversário de 402 anos da capital maranhense, o sindicato dos professores da rede municipal de ensino de São Luís, decidiu na noite desta quinta-feira (4), encerrar o movimento de greve que começou desde o dia 22 de maio e já durava mais de 100 dias. Após muitas reuniões, negociações, passeatas, acampamentos, protestos e os professores até se acorrentaram, para conseguirem metade do que exigiam no aumento de seus salários. É claro que ainda é pouco esses 5,92% de aumento, já que os professores são as maiores potências de um país que pensa crescer educacionalmente. No início, houve apenas aumento de 3% aprovado pelos vereadores na Câmara Municipal de São Luís.

Greve 1Greve4

Em nova Assembleia, os educadores optaram pela suspensão do movimento e aceitaram a proposta do prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Junior (PTC), que prevê um reajuste salarial de 2,92% além dos 3% aprovados pelos vereadores, melhorias nas escolas e a reposição de aulas. A decisão será oficializada na manhã desta sexta-feira (5), às 9h, na sede do Ministério Público Estadual.

Greve5GREVE DOS PROFESSORES

O certo mesmo, é que houve um entendimento entre a gestão municipal e o sindicato dos trabalhadores da educação de São Luís. Quem ganha com isso, são os alunos, a sociedade, a educação e os incansáveis professores, que ainda são mal remunerados em todo Brasil.

Responsive WordPress Theme Freetheme wordpress magazine responsive freetheme wordpress news responsive freeWORDPRESS PLUGIN PREMIUM FREEDownload theme free