casa » EDUCAÇÃO (página 16)

EDUCAÇÃO

Vereador solicita no Senado retomada do projeto “Passe Livre Estudantil”

COMPARTILHE

PL

O vereador Pedro Lucas Fernandes (PTB) protocolou, na manhã da quarta-feira (25), na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) do Senado Federal, o pedido de retomada da tramitação do Projeto de Lei (PSL 248/2013) que garante o passe livre estudantil.

“Essa tem sido uma de nossas lutas desde 2013. O senador Vital do Rêgo (PMDB-PB), relator inicial do projeto, deu parecer favorável ao projeto. Mas com a ida dele para o Tribunal de Contas da União, precisamos retomar essa questão que é de extrema importância para os estudantes de nossa cidade, estado e, claro, do país”, afirmou o vereador Pedro Lucas.

No documento protocolado, o vereador Pedro Lucas solicitou à CCJ, que seja designado um novo relator para que a tramitação da matéria seja retomada o mais breve possível. “Entendemos que esse é um projeto que vai beneficiar diretamente uma grande parte da nossa população. Por isso, não podemos deixar de, mais uma vez, pedir o apoio desta Casa [Senado] para assegurar a gratuidade no transporte de nossos estudantes”, garantiu o parlamentar.

Sobre o projeto – O projeto de Lei 248/2013, em tramitação no Senado, assegura a gratuidade no sistema de transporte coletivo para o estudante de ensino fundamental, médio e superior que esteja regularmente matriculado e com frequência comprovada em instituição pública ou privada de ensino.

O custo, estimado em R$ 16 bilhões, ficará a cargo da União e será originário dos royalties do petróleo explorados no pré-sal. O valor a ser repassado aos municípios será com base no número de estudantes beneficiados e o valor da tarifa local.

 

Texto: Igor Almeida

Fotos: Divulgação

 

Seminário sobre Assessoria de Comunicação na Capital

COMPARTILHE

llllllllllllllllllllllll

São Luís poderá ter ainda este semestre um seminário sobre Comunicação Pública. O evento, cuja data e local ainda serão definidos, deve envolver parlamentares, representantes do Poder Executivo, especialistas e pesquisadores para debate sobre o assunto. A ideia de promover o seminário surgiu durante encontro entre assessores de imprensa dos vereadores, realizado na Câmara Municipal de São Luís.

 O evento, sugerido pelo radialista Flavio Chocolate, assessor do vereador Antônio Marcos, o Marquinhos (PRB), tem como objetivo discutir o aperfeiçoamento da legislação do setor, com debates sobre as atividades de assessoramento prestadas aos parlamentares. Outro objetivo do encontro é discutir as funções e os modelos do assessoramento institucional no Parlamento.

 “A realização do seminário é um ato de grande importância para o fortalecimento da atividade de assessoria de comunicação na Câmara, além disso, servirá como treinamento para que todos os assessores aprendam com novas ferramentas e possibilidades de comunicação a divulgar com mais eficiência as atividades dos vereadores”, declarou Chocolate.

 A Diretora de Comunicação da Câmara de São Luís, Itamargarethe Corrêa Lima, abraçou a proposta da realização do seminário e garantiu aos assessores que irá levar a solicitação à presidência da Casa. Ela também ressaltou que o encontro vai servir como diagnóstico para traçar estratégicas de atuação e intervenção para que haja avanços e melhorias nesta atividade profissional e no processo de comunicação da Casa.

“A ideia do seminário é ótima, pois servirá como forma de preparar os novos assessores que chegaram e reciclar o pessoal antigo da Casa. E mesmo diante das dificuldades financeiras, iremos pleitear junto ao presidente autorização para realização do evento, já que a demanda é de suma importância para transformar a imagem do Legislativo Municipal” – declarou Itamargarethe.

 Para a jornalista Dalvana Mendes, integrante da assessoria de comunicação da Câmara, além de valorizar os servidores da Casa, por meio de cursos de capacitação e reciclagem, o seminário serve também como medidas que visam à modernização da atividade legislativa e parlamentar do Poder Legislativo de São Luís.

“Acredito que além de promover o debate sobre a política de comunicação institucional do Legislativo, o seminário também seria uma forma de valorizar os servidores que atuam na cobertura jornalística da Casa, permitindo a capacitação e reciclagem dos profissionais” – disse Dalva.

SAIBA MAIS

A função dos assessores de imprensa é desenvolver o relacionamento do parlamentar junto aos veículos de comunicação (jornal, revista, site, rádio e emissoras de televisão), permitindo que suas atividades e ações [transformadas em matérias ou pautas] sejam vinculadas nos veículos de comunicação.

PÚBLICO-ALVO

O seminário será voltado para os servidores públicos com funções na área de comunicação, vereadores interessados em conhecer o trabalho de seus assessores, além de estudantes de Comunicação Social.

DATA E LOCAL

A programação completa do encontro e divulgação da data e do local pode ser acessada, em breve no endereço eletrônico da Câmara de São Luís em: www.saoluis.ma.leg.br.

 Foto: Flávio Chocolate

Texto: Isaías Rocha/Itamargarethe Corrêa

TV Globo: A verdadeira destruição da família!

COMPARTILHE

BABILÔNIA

RGT

Infelizmente mentes ímpias querem ressuscitar Babilônia! Agora made in Brasil! O nome desta famosa cidade bíblica se refere também à torre de Babel. Em Babilônia havia cinquenta e três templos pagãos onde perdurava o sincretismo. Sob o comando de Nabucodonosor (uma espécie de Hitler da época) Babilônia destruiu a Cidade Santa de Jerusalém em 597 a.C. Falando de grosso modo, pensando no Apocalipse, este título faz referência à prostituição, entendida com seus crimes e pecados cometidos contra Deus e seus filhos. O próprio livro explica o significado secreto de Babilônia: “A grande Babilônia, mãe de todas as prostitutas e de todas as pessoas imorais do mundo”(Ap 17, 5).
O que dizer de duas senhoras de oitenta e seis anos se beijando? Babilônia! Cenas casuais de sexo e assassinato? Babilônia! Golpe do baú e traição? Babilônia! Triângulo amoroso e prostituta de luxo? Babilônia!
Público pronto? Tratar com naturalidade? Espaço para o amor? Romance sério? Noite feliz? Beijo gay de terceira idade? Não! Isto não pode ser amor nem aqui nem no inferno! Felicidade? Jamais! Romance? Decadência! Naturalidade? Monstruosidade! Que público? Espaço? Nos nossos lares? Só quem for conivente e babilônico! Somente daqueles que já transformaram suas igrejas domésticas e santuários da vida em torres de babel! De fato, este é outro golpe baixo do baú do diabo que vem com toda sujeira, corrupção e decadência do mal deste mundo jogando na sala da tua casa, na tua cara e na cara dos teus filhos. Que decadência, católico! Que decadência, evangélico! Que decadência, homem e mulher de boa índole!
Em um momento tão crítico da história deste país, Babilônia e Big Brother não podem nos trazer luz, paz e esperança. Desperta povo! Deus destruiu Babilônia! Não permita que ela seja levantada com o material e mão de obra do Brasil! Não precisamos de Babilônia! Queremos Jerusalém! Queremos ordem e progresso! Queremos Deus e os valores autênticos e imortais! Queremos o amor e a paz! Queremos a segurança, o respeito e a prosperidade completa! Unidos pelo Avivamento da nova Jerusalém e pela destruição da nova Babilônia!
(Pe. Dudu)

Sustentabilidade, a visão do Presente!

COMPARTILHE

JB

Em um domingo (22) chuvoso, silencioso e friorento em São Luís, escolhi para escrever alguma coisa relacionada ao assunto mais discutido nos últimos dias no Brasil. Talvez você pudesse logo imaginar que fosse sobre a Petrobrás ou o PT. Tudo bem que são assuntos pertinentes, mas nada a comparar com a falta do líquido mais precioso do planeta (Àgua). Hoje (22) dia mundial da água, várias campanhas estão sendo feitas no planeta inteiro. O grande erro é visar o futuro, se o nosso presente já está comprometido.

Qualquer campanha é sempre bem vinda, mas convenhamos que não se possa esperar 364 dias para ser defensor de um planeta que morre aos poucos. Alguns itens que vou citá-lo aqui podem ofender algumas pessoas e gerar um Zum-Zum-Zum na mídia, haja vista que os despreocupados para se defenderem, usam logo a força da comunicação manipuladora. A primeira atitude é pegar pesado no bolso dos que não respeitam as leis. Tem alguém com essa coragem pra fazer isso?

Em um país sem ordem, comando, e tudo pode, é fácil intimidar os mais fracos. Filho de um agricultor da zona rural do município de Bequimão, no litoral ocidental maranhense; cresci ouvindo os mais experientes falarem que era proibido roçar nas cabeceiras de rios, desmatar os brejos, derrubar plantas frutíferas, tirar palmito de babaçuzeiras, fazer barragens em rios, fazer queimadas, para não serem denunciados ao Ibama. E isso existe?

Tudo isso era respeitado pelos trabalhadores pobres e honestos, que mesmo sendo corajosos, tinham medo da lei. Mas o que eu olhava, era um povo respeitador e sendo desrespeitado por grandes fazendeiros da região, que faziam tudo ao contrário e ainda ameaçavam quem denunciasse. Hoje não é nada diferente. E mesmo assim, não podemos culpar só o poder público. A lei sendo aplicada, quem serão os punidos?

O poder público, como forma de cabide de emprego, criou um órgão que não serve para nada, a não ser empregar aliados políticos; a secretaria de meio ambiente. Um órgão que não tem olho, não tem poder e muito menos razão para existir. Aliada ao maior órgão de fiscalização, chamado Ibama, faz vista grossa aos maus tratos da natureza e finge ser defensor do planeta.

Na última sexta feira (20), ví uma sena que me pareceu um verdadeiro teatro a céu aberto, ao lado do Rio das Bicas, na área do Bacanga. Dezenas de pessoas, que mesmo tendo um pensamento diferente, faziam ali uma média e mostravam teatralmente seu gesto em favor da natureza e pediam ajuda para salvar o Rio.

Ao passar naquele momento onde vi faixas, e todos de mãos dadas abraçando as margens do rio, me veio na lembrança, como as autoridades são aproveitadoras.

São tantos rios dentro da capital e nenhum tem o que merece; cuidado e tratamento pelo poder público. A nossa riquíssima Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão (Caema) é a primeira em jogar dejetos os principais canais de nascente da Ilha. Empresas que construíam grandes empreendimentos imobiliários na capital usaram os gapós ou brejos, como área de terraplanagem e jogam esgotos para os rios e nenhuma empresa até hoje foi multada. Muito pelo contrário, receberam licença das secretarias de meio ambiente estadual e municipal. No centro de nossa capital, existe uma área de mata virgem, conhecida como Quinta do Diamante e que hoje serve como lixão e esconderijo de marginais. Ta na hora das autoridades copiarem alguma coisa boa de outras cidades e fazerem uma lei que venha punir os jogadores de lixos nas ruas de São Luís. Que não seja como à Rua Paulino de Souza, no Monte Castelo, onde o lixo de uma escola está sendo colocado na calçada e urubus fazendo a festa. Queria muito, que a conscientização começasse pelas autoridades, que na maioria não respeitam a própria pasta que carregam. Que essa campanha seja nos 365 dias e não apenas em um.

São Luís, hoje, já não tem mais Rios, manguezais e muito menos quem defenda esse direito. Os tempos são outros e acabou a época do ôba-ôba, onde fingimos que cuidamos e o povo finge que acredita. A coisa é mais séria do que imaginamos. É inacreditável ver pessoas cavando poços onde eram rios no interior do Estado.

Os responsáveis por cuidar dessa riqueza, são todos nós, mas os responsáveis por cobrar e punir são as autoridades que pouco estão se lixando para o problema. É um verdadeiro faz de conta.

Na semana passada estive em um “Fórum da Baixada” e achei muito válido a iniciativa criada por alguns baixadeiros e abraçado por outros. O caminho é esse, mas há de se convir, que existem alguns políticos se aproveitando da ideia e querendo aparecer, como famosos papagaios de piratas. O primeiro erro já aconteceu no dia da oficialização do Fórum. Homenagear o deputado federal, Valdir Maranhão neste período, não seria uma grande saída. Esse moço já esteve como deputado e nunca se lembrou da baixada Maranhense. Assim como Maranhão, outros políticos vão fazer a mesma coisa. No inverno, todo capim engorda, quero ver esses mesmo papagaios aparecerem no verão da baixada.

Independente de região, seja baixada, chapada, sertão, sul, litoral ou não, o certo mesmo é que os grupos organizados devem pressionar as autoridades e não ficar agradando-a. Na segunda reunião do Fórum, vi um ato desagradável e muito mais deselegante. O prefeito de Viana, Chico Gomes, que chegou por último no encontro, quis que todos escutasse seu discurso furado e foi embora porque tinha compromissos. Mostrou despreparo ao agir daquela forma, assim como o deputado Cabo Campos, que apenas deu entrevista para um repórter desqualificado, que não sabia nem do que se tratava o encontro.

Diante de tudo isso, quero finalizar dizendo que existem muitas pessoas com boa vontade, mas as vezes infelizmente estão na hora errada e em companhias não agradáveis. O escritor Flávio Braga, a quem tenho um grande apreço e sei de sua intelectualidade, se empolgou muito e pode está dando um tiro no pé, se não repensar sua atitude.

Como baixadeiro por natureza, quero que esse projeto dê muito certo, mas que não seja mais um, onde sirva de gaiola para pássaros que precisam de um “Puleiro” na baixada maranhense. Que a baixada, a capital, os lagos, rios e brejos, sejam respeitados e lembrados como fonte de sobrevivência durante o ano inteiro e não só no dia Mundial da Água.

 

Prefeito de São Luís garante reajuste de 13% aos professores

COMPARTILHE

EDI1

O prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Júnior (PTC), garantiu nesta sexta-feira (20) o reajuste de 13,01% para os profissionais do magistério da rede municipal de ensino. O reajuste será retroativo ao mês de fevereiro e será implantado na folha de abril, com previsão de pagamento dos retroativos no mesmo mês.

“Nossa administração tem feito todos os esforços no sentido de assegurar a reposição necessária à categoria do magistério municipal, considerando o caráter essencial do professor no contexto educacional. Nosso gesto é, sobretudo, em respeito aos profissionais e de valorização do servidor para garantir melhor educação dos nossos alunos”, disse o prefeito Edivaldo.

Com a iniciativa, que beneficia mais de cinco mil professores, a Prefeitura repassa integralmente à classe de professores o reajuste divulgado pelo Ministério da Educação (MEC) para a Lei do Piso Nacional dos Professores da Educação Básica e mantém acima do piso os vencimentos dos educadores.

Para o secretário municipal de Educação, Geraldo Castro Sobrinho a medida representa a preocupação do prefeito Edivaldo com a valorização do servidor público e com a área da Educação.

“Agradeço todo o trabalho dos educadores e educadoras da rede municipal em prol das nossas crianças, adolescentes, jovens, adultos e idosos. Que em 2015 tenhamos um ano de tranquilidade e de produtividade, que vai nos permitir dar continuidade ao trabalho de requalificação estrutural das escolas”, disse Geraldo Castro.

O percentual de reajuste, que representa quase o dobro da inflação registrada em 2014, foi concedido após análise da equipe econômica da Prefeitura de São Luís, que realizou estudos de viabilidade visando garantir condições concretas para a implantação do aumento. Desde o início da gestão Edivaldo, a classe do magistério já acumula reajuste de 28,43%.

Ceuma não tem mais Rose Lagosta e é notificado pelo Procon

COMPARTILHE

mmmm

A Universidade Ceuma, uma das instituições de ensino superior no Maranhão, que mais tem se envolvido em escândalos no Estado foi notificada, nesta quinta-feira (12), pela Gerência de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon-MA. A Universidade Ceuma proibiu os alunos contemplados pelo Programa de Financiamento de Ensino Superior (Fies) de realizarem rematrícula. Os estudantes estavam sendo obrigados a pagarem a diferença, assinando um documento. O Procon-MA é vinculado à Secretaria estadual de Direitos Humanos e Participação Popular (Sedihpop). A direção do Ceuma esqueceu que a guarda-costa, que passava a mão na cabeça de quem administra a universidade, agora está fora e ainda sendo investigada pelo esquema da Petrobrás.

A medida foi definida após denúncias de estudantes que foram impedidos de se matricular. De acordo com o diretor do Procon, Duarte Júnior, foi instaurado uma investigação preliminar para apurar as responsabilidades da instituição. O documento, também, exige que os alunos possam realizar a rematrícula imediatamente sem implemento de qualquer imposição, até a resolução do problema.

A instituição terá um prazo de 10 dias para regularizar a situação e apresentar as justificativas relacionadas ao transtorno causado aos beneficiados. “A notificação tem amparo no Código de Defesa do Consumidor e tem o objetivo de proteger os consumidores maranhenses, em acordo com as orientações do governador Flávio Dino” – disse o diretor do Procon.

A Faculdade Maurício de Nassau também foi notificada, no dia 12 de fevereiro, para prestar esclarecimentos e realizar a matrícula dos alunos. A instituição já apresentou as justificativas necessárias e cumpriu todas as determinações do órgão.

Só espero que isso não fique apenas no “Gogó”. Gostaria muito que a Drª Lítia Cavalcante também se manifeste sobre o assunto, afinal estamos falando de CEUMA e não de FMF. Agora o interesse é de uma comunidade estudantil.

 

Texto baseado no Blog Bacabeira em Foco

IBECEC realiza nova turma do Curso de Jornalismo

COMPARTILHE

EEEE

O Instituto Brasileiro de Estatística, Cultura, Educação e Comunicação (IBECEC) deu início neste sábado (07) na cidade de Zé Doca, em mais uma turma do curso de comunicação-social (Jornalismo). As aulas de abertura foram ministradas pelo Repórter da TV Mirante/Globo São Luís, Elbio Carvalho e pela ex- Apresentadora e Repórter da TV Mirante-Santa Inês, Gilciléia Marques que atualmente presta acessoria ao Sebrae e Ifma.

Na capacitação os estudantes terão contato com aulas teóricas e práticas sobre jornal impresso, mídia eletrônica “rádio e televisão” e mídia digital “portal e blog. O objetivo do curso é qualificar os alunos com certificado e  registro profissional de jornalista através do ministério do trabalho.

EEE1 EEE5EEE2

Participaram neste primeiro dia de aula, além dos Blogueiros, Luciano Tavares e Ezequiel Vilar (Município de Newton Bello), Maycon Alves (Zé Doca), Rafael Gonçalves (Bom Jardim), Fernando Nascimento e Renato Costa (Maracaçumé), Fabio Araújo (Presidente Médici).Os Radialistas,Cinegrafistas   e Locutores da Região,  como Tony Barrone (Bom Jardim) , Jonas oliveira, Zé Neuma Lemos (Zé Doca) Jota Soares e Luis Soares (Gov.Nunes Freire) e comunicadores da cidade de Santa Luzia do Párua. A equipe de Jornalistas da TV Turi  (Zé Doca), Equipe de Jornalismo (Geovane Tavares, Jeciane Fernandes e Flávio) da TV Cidade (Zé Doca) e mais alguns alunos que se identificaram com a comunicação e sonham entrar no mercado de trabalho.

EEE1 EEE4 EEEE

O IBECEC vem qualificando dezenas de profissionais que trabalhavam informalmente e agora através do curso conseguiram se igualarem aos outros profissionais. Reconhecido pela DRT (Delegacia Regional do Trabalho) o IBECEC ganhou respeito da classe e principalmente do Sindicato dos Jornalistas do Maranhão.

Do Blog do Luciano Tavares

Ceuma quer obrigar alunos a pagarem diferença do FIES

COMPARTILHE

FFFFFF

A Universidade Ceuma, a primeira em tudo que não presta no Maranhão, divulgou nota em seu site, sobre o aumento das mensalidades, achando que o povo é besta. Com fama de extorquir alunos desde a sua fundação, a direção da Universidade quer aumentar os preços acima do Permitido. Como o FIES só paga o valor com aumento de 6,4%, o Ceuma tenta de todas as formas fazer com que os alunos paguem a diferença.

Agora fica a Pergunta: E agora Drª Lítia Cavalcante, a senhora vai encarar essa ou o peixe é muito grande?  Ta na hora de alguém da justiça, Ministério Público ou até mesmo o MEC, se manifestar sobre o assunto, até por isso não é a primeira vez. Existe aluno que trancou a faculdade porque o Ceuma incluía matérias optativas só para aumentar a mensalidade. Hoje esse mesmo aluno estuda na Universidade Cândido Mendes, no Rio de Janeiro, pagando 1/3 que pagava aqui em Direito. Cada período é uma novidade. Professor que é bom, eles não contratam. Tem turmas em que os alunos que estudam pela manhã estavam sendo obrigados assistir aula de estatística no período da tarde ou noite. São tantas coisas absurdas, que o PROCON precisa saber.

Eu duvido se a Drª Lítia Cavalcante vai ter coragem de investigar tudo isso. Espero que não seja mais uma batalha perdida e que os estudantes de menor poder aquisitivo tenham que trancar a faculdade por esse aumento abusivo.

Além de ser uma Faculdade de péssimo apelo popular e principalmente mal vista no mercado, ainda inventa essas bobagens. No Ceuma o dinheiro é a primeira palavra do alfabeto. Se um aluno faltar aula no dia da entrega da prova, os professores são instruídos a não entregarem para um colega, para que o estudante tenha que protocolar e pagar pelo recebimento. Quero ver quem será o primeiro homem ou mulher da lei, que vai se manifestar sobre o assunto.

O que parece é que o Ceuma pode fazer o que bem quer e ainda divulgar nota como se fosse dono da verdade. Por esses e outros motivos, é que essa porcaria de faculdade não forma mais turma em jornalismo desde 2005. São fraudes, extorsões, abuso de poder e desrespeito a lei do consumidor.  Vejam a nota aqui  NOTA-FIES1 CEUMA

cccccccc

Pedetista destaca ações para educação municipal

COMPARTILHE

sBT

Fazendo uso da tribuna da Câmara Municipal de São Luís, na manha desta terça-feira (10), o vereador Ivaldo Rodrigues, da bancada do PDT, fez um pronunciamento “sobre um assunto de interesse de todos nós aqui, que é a educação, em especial as ações concretizadas pelo prefeito Edivaldo Holanda Junior (PTC) nessa área de grande interesse público”, enfatizou. Durante a sua fala o parlamentar pedetista apresentou vários dados que considera um avanço nesse segmento.
O representante do PDT no legislativo Ludovicense iniciou sua apresentação tratando da educação de jovens e adultos, “por considerar que temos grandes conquistas nesta modalidade de ensino”, para destacar que “no ano passado, São Luís foi a primeira grande cidade brasileira a efetivar o PRONATEC (Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego) na rede municipal”. Completando fez a afirmação de que “este foi um grande ganho obtido pela educação municipal e contemplou inicialmente 350 jovens e adultos, com 10 cursos em 10 meses”.
Prosseguindo, o pedetista falou sobre o PROJOVEM URBANO (Programa Nacional de Inclusão de Jovens), que este ano tem a meta de atender 2.100 jovens de 18 a 29 anos, oferecendo o ensino fundamental e obter qualificação profissional com certificação. Em seguida deu destaque a educação especial, citando a implantação de uma escola bilíngüe Libras/Português, com funcionamento em tempo integral e 227 professores nos cursos de Braille, Libras, Educação Especial em Contexto e Atendimento Educacional Especializado.
“O prefeito Edivaldo Holanda Junior também possibilitou a implantação de 39 novas salas de recurso e esta ação merece ser destacada”, frisou Ivaldo Rodrigues para acrescentar que “atualmente a rede municipal de ensino conta com 116 salas de recurso, espaços que os educadores e educadoras que utilizam para trabalhar com alunos com deficiência de forma individual, para ajudar no seu desenvolvimento”. Para finalizar ele afirma que “todas essas ações que relatei reforça para reiterar o comprometimento do prefeito Edivaldo Holanda Junior com a educação de qualidade visando o seu crescimento e fortalecimento”.

Flávio Dino visita escola estadual e anuncia reforma em Alcântara

COMPARTILHE

ESC1

O governador Flávio Dino anunciou a reforma do Centro de Ensino Médio Dr. João Leitão, no município de Alcântara. O anúncio foi feito durante visita a unidade escolar na quarta-feira (21) quando o governador, juntamente com o ex-vereador e pré candidato a prefeito em 2016, Anderson Wilker (PCdoB), informou que entre outras medidas para melhoria da infraestrutura do prédio, haverá climatização das salas e manutenção da rede elétrica.

A escola integra a lista das 93 unidades que serão reformadas para ter condições de funcionamento no ano letivo de 2015. “Não teremos nesse governo escolas desabando. Vamos cuidar bem das escolas públicas”, assinalou Flávio Dino, ressaltando que a Secretaria de Estado da Educação (Seduc) realizará a manutenção necessária na escola.

ESC2 ESC1

A reforma era uma reivindicação antiga da comunidade escolar e foi contemplada através dos decretos em prol da educação maranhense assinados pelo governador na terça-feira (20). A unidade escolar tem cerca de 700 estudantes matriculados, sendo 300 deles em um anexo da zona rural, no povoado Oitiua, segundo maior colégio eleitoral de Alcântara.

Segundo a secretária de Educação, Áurea Prazeres, os recursos vão garantir a solução de um dos principais problemas do prédio sede, cuja rede elétrica está totalmente comprometida. Em 2010, durante a gestão anterior, a escola deveria receber uma reforma orçada em R$ 342 mil, mas segundo o diretor-geral, Valmir Campelo, os serviços que constavam na planilha orçamentária não foram executados.

“Nossos equipamentos estão todos deteriorados, até os que tínhamos queimaram por causa da instalação elétrica”, relatou o diretor Valmir Campelo.

Na próxima semana será realizada uma reunião entre a secretária Áurea Prazeres e membros da equipe técnica da Seduc com representantes da escola para encaminhamento das reivindicações da comunidade escolar. Além disso, serão discutidas e encaminhadas medidas para resolver questões de âmbito pedagógico como a falta de professores.

 

Responsive WordPress Theme Freetheme wordpress magazine responsive freetheme wordpress news responsive freeWORDPRESS PLUGIN PREMIUM FREEDownload theme free