casa » BEQUIMÃO (página 36)

BEQUIMÃO

Polícia Civil prende fugitivo da delegacia de Peri-Mirim na cidade de Bequimão

COMPARTILHE

A polícia civil da cidade de Bequimão com o apoio dos policiais militares prendeu na manhã desta quarta feira (22), um individuo identificado por Haleilton Lopes Ferreira, de 21 anos que estava dormindo na casa de sua avó, no bairro Cidade Nova, próximo ao centro da cidade.

Haleilton, que segundo a polícia, havia sido preso no dia 09 de janeiro de 2017, em cumprimento ao mandado de prisão da Comarca de Bequimão, já que ele havia cometido um homicídio contra um homem conhecido por Francines Rodrigues Soares, que foi morto a pauladas no final do ano passado.

O acusado quando preso pela primeira vez, foi levado para a delegacia de Peri-Mirim, onde ficaria preso a disposição da justiça, porém na manhã do dia 10 de janeiro, Haleilton conseguiu abrir um buraco na parede de sua cela  e fugiu. Os policiais tinham informações de que Haleilton dormia em diversas casas em Bequimão com o intuito de dificultar a sua prisão.

Após a confirmação de que o acusado estava dormindo na casa de sua avó conhecida no bairro por Dona Maria, os policiais saíram imediatamente para o local e fizeram o cerco na residência, logrando êxito na busca. Haleilton não resistiu à prisão e foi levado para a delegacia da cidade para que fossem feitos os procedimentos cabíveis e posteriormente foi encaminhado para a Delegacia Regional de Pinheiro onde ficará a disposição da justiça.

Prefeito Zé Martins identifica intervenções necessárias para acesso à nova ponte do Balandro

COMPARTILHE

O prefeito de Bequimão Zé Martins (PMDB) e a equipe de engenharia da Prefeitura Municipal fizeram uma visita técnica à obra da Ponte do Balandro, na orla marítima da cidade. A proposta era identificar como pode ser aperfeiçoado o acesso, já que os recursos do BNDES contemplam somente a construção da ponte.

De acordo com os engenheiros, será preciso fazer uma amplitude do nivelamento da barragem e um aterro nas proximidades do manguezal. A construção da ponte ficou a cargo do Governo do Estado, com financiamento do BNDES, no valor de R$ 2.369.531,81. Como contrapartida, a Prefeitura de Bequimão construirá as cabeças da ponte, que darão acesso ao Centro e ao bairro do Balandro.

“Esse acabamento se juntará ao que estamos chamando de primeira etapa de urbanização do Cais. É um antigo sonho dos bequimãoenses que, a cada dia, fica mais próximo de se realizar”, destacou o prefeito Zé Martins.

A ponte terá 62 metros de comprimento, 12m de largura, com duas faixas e passarelas. Quando entregue à população de Bequimão, a obra terá um impacto direto em 19 localidades do município.

PMs do 10º BPM penderam 4 envolvidos com drogas em Bequimão

COMPARTILHE

Os policiais militares do 10º Batalhão de Polícia Militar (BPM) estavam fazendo uma ronda de rotina pela cidade, quando a guarnição avistou um veículo com 4 elementos em atitudes suspeitas, próximo ao  Cais do Porto, na Orla Marítima da cidade de Bequimão, no litoral ocidental maranhense.

Após aproximação e abordagem, os PMs constataram que se tratava de 4 elementos que já tinham várias passagem pela polícia por tráfico de drogas e roubo. Entre os 4 suspeitos, dois são menores de idade.

Depois de revista pessoal e veicular foi encontrado uma quantia de 55 papelotes de uma substância semelhante ao crack e uma pequena quantia de uma substância semelhante à maconha.

Entre os suspeitos estavam F. P de 16 anos, vulgo “Peixinho”, Santana Costa Boas, de 18 anos, vulgo “Junior Babu”, Benielson Alves Brito, de 36 anos e P.J.R.B, de 17 anos, vulgo “Débora”. Todos foram conduzidos e apresentados na Regional de Pinheiro, sem lesões corporais, onde vão aguardar a decisão judicial.

Por Vandoval Rodrigues

Polícia Civil prende homem foragido acusado de matar o cunhado em Bequimão

COMPARTILHE

A Polícia civil do município de Bequimão, equipe da 5ª Regional de Pinheiro, prendeu na tarde desta quarta feira (15), um homem identificado por Isaías Rodrigues, de 46 anos, que estava foragido após matar seu cunhado na zona rural de Bequimão.

Em cumprimento ao mandado de prisão expedido pela Comarca de Bequimão, Isaías é acusado de ter praticado o crime de homicídio no município de Bequimão no dia 25/08/2016. Segundo relato da polícia, o autor após ter praticado o homicídio contra o seu cunhado, identificado por Fabio Castro, ficou escondido alguns dias no matagal e posteriormente fugiu para São Luís. O crime aconteceu simplesmente porque Fábio registrou um B.O na delegacia de Bequimão, após o criminoso agredir sua irmã que era casada com Isaías. Como Isaías tomou conhecimento que Fábio fora até a aludida delegacia ficou de tocaia no povoado chega e vira, zona rural de Bequimão, esperando Fábio retornar da delegacia. Quando Fábio passou de moto pelo referido povoado Isaías deferiu dois tiros de espingarda nas costas de Fábio que infelizmente morreu.

Foram coletadas informações de que o autor estaria residindo na casa de sua irmã no bairro da Vila Ryod, região da Cidade Operária. A equipe de investigadores da Delegacia de Polícia de Bequimão, com o apoio de dois IPC’S do GRT fizeram o levantamento do local, onde possivelmente o autor Isaías poderia estar escondido e ficaram de campana desde às 04:30hs da madrugada desta quarta feira (15) até que o mesmo aparecesse na rua, o que só ocorreu às 15:30hs.

Após a prisão o rapaz foi encaminhado para a SEIC onde foram lavrados os procedimentos e posteriormente foi encaminhado para a penitenciária de Pedrinhas.

Isaias é acusado de atirar no pai do cunhado dele, onde o idoso encontra internado em São Luís, com chumbo pelo corpo e parte de um braço paralisado. Segundo informações de populares, Isaías é muito frio, calculista e perigoso. A família da vítima teme morar na mesma comunidade onde aconteceu o homicídio, e supostamente onde Isaías teria atirado com uma espingarda em seu ex-sogro.

Cultivo de sururu avança em Bequimão como módulo experimental

COMPARTILHE

O módulo experimental de cultivo de sururu implantado pela Secretaria de Agricultura, Pecuária e Pesca (Sagrima) em Bequimão, vem apresentado resultados promissores e já mostra ser um bom exemplo a ser aplicado em outros municípios do estado.O projeto vem sendo acompanhado pela equipe da Sagrima e pesquisadores da Universidade Estadual do Maranhão (UEMA) e Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (IFMA).

De acordo com a coordenadora de Apoio à Aquicultura da Sagrima, Isabela Neiva Moreira, o projeto tem tudo para ser um sucesso. “O marisco está se adaptando com rapidez às estruturas de cultivo adquiridas pela secretaria e promete ser um sucesso! A equipe está elaborando mais projetos experimentais pra serem implantados no Litoral Ocidental”, explica.
O primeiro povoamento foi feito em novembro, na comunidade praiana de Paricatiua. Mais de 30 habitantes do povoado já foram capacitados no manejo e cultivo de moluscos e agora tem na atividade mais uma fonte de renda. Para o presidente do Sindicato dos Pescadores Profissionais Artesanais, Aquicultores, Marisqueiros e Trabalhadores na Pesca do município de Bequimão-MA, Odoriel Barata, o suporte da Sagrima e dos parceiros do projeto está sendo fundamental. “O trabalho está indo muito bem, a comunidade está se dedicando e se interessando muito, porque é uma atividade nova, que a gente não tinha muita experiência e agora com a assistência, vamos ter um resultado muito bom”, explicou.

O sistema aplicado é o longline (linha longa), onde uma corda sustenta o sururu em cultivo. No projeto de Bequimão, o longline possui em torno de 70 metros e produzirá cerca de 100 kg de sururu por ciclo, onde cada ciclo tem duração de quatro meses. Magal, vice-prefeito de Bequimão, reforçou a importância da parceria entre instituições para o sucesso da produção.

“Estamos desde o ano passado nessa parceria com a Sagrima, para a implantação desse projeto pioneiro. Nossa cidade tem um potencial enorme para essas culturas, tanto sururu quando ostra. O prefeito Zé Martins continuará dando todo o apoio necessário para que esse projeto alcance seu objetivo final, que é gerar mais renda para nossas comunidades ribeirinhas” – destacou Magal.

O objetivo do projeto é já ter produção em escala comercial, como o que já acontece com o cultivo de ostras em Humberto de Campos, cujos produtos chegaram aos supermercados pela primeira vez em 2016. Esse projeto, por sua vez, será ampliado para Icatu e Primeira Cruz ainda este ano.

Para o secretário da Sagrima, Márcio Honaiser, o cultivo de sururu no estado tem grande potencial de crescimento. “Esse projeto será um importante complemento à renda de marisqueiros e pescadores do estado, dando a eles inclusive a possibilidade de inserção num mercado formal, abrangendo não somente o mercado maranhense, como outras regiões do país, já que é alta a demanda por esses mariscos”, explica.

 

Prefeito Zé Martins apresenta novo Secretário de Saúde de Bequimão

COMPARTILHE

O prefeito de Bequimão, Zé Martins (PMDB), apresentou nesta quinta-feira (9) o novo secretário de Saúde do município. Sidney Bouéres, que é advogado e ocupava a pasta de Articulação Institucional, assume a incumbência de conduzir as políticas municipais de saúde, principal marco da gestão de Martins.

Na reunião realizada na Prefeitura Municipal de Bequimão, o prefeito aproveitou para destacar projetos e metas da área da saúde em 2017, como a implantação do Centro de Atenção Psicossocial (Caps) e de mais seis equipes de saúde bucal, além da aquisição de equipamentos para a Academia de Saúde do Município (ASM).

Também ressaltou a importância dos mutirões de saúde dos olhos, que voltaram a ser feitos e devem ser incrementados no novo mandato. Centenas de bequimãoenses já se beneficiaram nessas ações, principalmente com o tratamento de glaucoma, pterígio e catarata. Para o secretário Sidney Bouéres, as iniciativas que deram certo devem ser fortalecidas e outras demandas da população serão incorporadas em sua gestão.

“Primeiro, quero agradecer a confiança depositada pelo prefeito Zé Martins, tendo em vista a importância que a pasta representa para o nosso município. Quero firmar o compromisso em dar continuidade ao grande trabalho iniciado pelo companheiro Bastico Moraes, que, enquanto esteve à frente da secretaria, colocou Bequimão num patamar de um dos cinco municípios com melhor gestão em saúde no estado”, destacou Sidney Bouéres.

Para incrementar os trabalhos em saúde, o secretário propõe fortalecer o trabalho em equipe. “Já iniciamos um levantamento de todos os seguimentos da área, para podermos identificar pontos estratégicos que entendemos necessários para avançar ainda mais. Já visitamos o Centro de Saúde Santo Antônio, no Centro, e a FUNASA, onde pretendemos dar um salto no setor. Temos também programado uma visita em todos os postos de saúde, que, a nosso ver, precisamos ter um olhar especial, no sentido de priorizarmos os atendimentos básicos, intensificando a política de prevenção”, enfatizou.

Participaram da reunião José Orlando Ferreira (Administração), o presidente da Câmara Municipal, vereador Amarildo Paixão, a coordenadora da Estratégia Saúde da Família, Karine Moraes, as servidoras da Secretaria de Saúde, Ramone Araújo e Astrid Patrícia, e o agente de Desenvolvimento, Rodrigo Martins.

Avança articulação de Prefeitos para a Gestão Consorciada do Tratamento Fora de Domicílio

COMPARTILHE

Está avançando a articulação para implantar a gestão consorciada do Tratamento Fora de Domicílio nos municípios que compõem o Consórcio Intermunicipal de Desenvolvimento Regional da Baixada Ocidental e Floresta dos Guarás (Conguarás). Nesta segunda-feira (6), o prefeito de Bequimão, Zé Martins, e outros prefeitos consorciados participaram de uma reunião na sede da Secretaria de Estado da Saúde (SES), em São Luís.

Regulamentar o Tratamento Fora de Domicílio é importante para pessoas com necessidade de assistência de alta e média complexidade em saúde, recebam auxílio, já que o tratamento, geralmente, ocorre longe de casa (no caso dos moradores dos municípios do interior que se tratam na capital maranhense).

“O secretário Carlos Lula aprovou integralmente a iniciativa do Conguarás, já colocando uma equipe técnica à disposição, além da logística, para que os trabalhos tenham início no que se refere à competência do estado. O Estado acredita ser esse um dos caminhos para regularizar a questão do Tratamento Fora do Domicílio no Maranhão”, ressaltou o representante da SES, Mariano Castro.

A coordenadora do projeto do TFD Consorciado, Magda Gonçalves, detalhou as ações previstas no projeto acordado com o Governo do Estado. Entre as ações previstas, está a aquisição de ônibus adaptados que atendam à demanda da região para o transporte sanitário de pacientes. A proposta trata ainda da reestruturação do programa de ação em saúde, utilizando o sistema de Regulação de Vagas (SISREG), do Ministério da Saúde, e estabelecendo a regulação entre os municípios do Conguarás, com a prefeitura de São Luís e o Governo do Estado.

“Nós, prefeitos do consórcio, estipulamos que trabalharíamos sempre com os temas de extrema importância para o litoral norte. O primeiro foi o TFD, problema que perdura por todos os quatro cantos do Maranhão. Apresentamos uma proposta ao Ministro da Saúde, em Brasília, e ao Governo do Estado, que foi muito bem aceita”, avaliou o prefeito de Apicum-Açu e presidente do Conguarás, Cláudio Cunha.

Para o secretário-geral da Federação Maranhense de Consórcios Intermunicipais (Femaci), Ronald Damasceno, este é um projeto-piloto para a construção de uma nova política pública para a saúde no Estado. “O Conguarás dá início a um novo momento para a saúde no Maranhão. A gente acredita que essa vontade política dos prefeitos vai realmente trazer resultados palpáveis com relação a este que é um dos principais gargalos da saúde, pois a população precisa ser assistida”, frisou.

Participaram da discussão com o assessor técnico da Secretaria de Saúde do Estado os prefeitos de Apicum-Açu (Cláudio Cunha), de Guimarães (Margarete Ribeiro), de Cururupu (Profª Rosinha), de Bacuri (Dr. Whashington), e de Porto Rico (Tatyana Mendes). Também estavam na reunião as secretárias de Saúde Helena Duailibe (São Luís) e Ramone Araújo (Alcântara), além da secretária da Comissão Intergestores Regional de Pinheiro, Rosiane Araújo Marinho, e vários secretários municipais.

Também participaram os prefeitos Ronildo Campos, de Penalva, e Linielda de Eldo, de Matinha, que representaram o Conlagos (Consórcio Intermunicipal dos Lagos Maranhenses), próximo território a viabilizar a implantação do projeto TFD consorciado.

Por BLOG do Marco D’Eça

Sebrae leva capacitação a empreendedores do campo e da cidade em Bequimão

COMPARTILHE

O balanço de ações do Sebrae no Maranhão em Bequimão, na Baixada Maranhense, fechou o ano de 2016 com um saldo afirmativo que correspondeu às estratégias traçadas conjuntamente entre a instituição e a prefeitura municipal, por meio de sua Sala do Empreendedor, buscando fortalecer o desenvolvimento local com o fomento ao empreendedorismo e reforçando a aposta de gerar renda no próprio município – fazendo esta renda circular e consolidando a economia local e regional.

Além do programa de qualificação dos empresários bequimãoenses e de suas equipes, o Sebrae trabalhou firmemente na inclusão produtiva rural; na capacitação técnica de Agentes de Desenvolvimento (ADs) nomeados pela prefeitura; no apoio a eventos realizados por empreendedores locais, como a Expocapril; e na implantação da Rede Simples – a Rede Nacional para Simplificação do Registro e Legalização de Empresas e Negócios, num trabalho em parceria com a Junta Comercial do Estado (Jucema), objetivando facilitar a abertura, alteração e baixa de empresas.

Ao atuar na melhoria dos empreendimentos que funcionam na cidade, o Sebrae ofereceu cursos e consultorias individuais para cada participante, com foco em gestão contábil e financeira, gestão de pessoas e equipes, vendas, marketing e modelagem de negócios. Aos empreendedores ligados ao segmento de moda, uma parceria com o Senai levou ao município o 6º Ciclo do Inova Moda – programa nacional realizado pelo Sebrae e pelo Senai que trabalha para aumentar a competitividade das pequenas indústrias de confecção.

Sucesso no campo – O esforço para a melhoria das iniciativas empreendedoras no campo também foram intensas: as comunidades quilombolas Juraraitá e Ramal do Quindiua receberam diversos cursos e consultorias para implantação de tecnologias sociais que induzam ao aumento da produtividade das lavouras, fortalecendo a mandiocultura e a horticultura. A qualidade do que é produzido na zona rural de Bequimão também foi foco do Sebrae, com trabalhos voltados para as boas práticas na manipulação de alimentos como a farinha de puba – muito produzida no município.

O pequeno produtor Cleuton Miranda, da comunidade quilombola de Jurarataí, destaca a diferença que os treinamentos do Sebrae fizeram para sua produção. “Eu achava que sabia produzir farinha, mas percebi que ainda tinha muita coisa para aprender”, lembra o jovem empreendedor. Após passar por cursos de técnicas de vendas, também do Sebrae, Miranda conta que até as estratégias para alcançar o cliente reforçaram a renda de sua família. “Hoje posso afirmar que a farinha da nossa comunidade é a melhor de Bequimão”, declara.

“O trabalho do Sebrae em Bequimão foi muito intenso, contabilizando 12 cursos, 200 horas de consultorias e mais de 200 empreendedores atendidos nas diversas ações. Este resultado mostra como pode ser produtiva uma parceria firmada entre a instituição e a prefeitura municipal”, reflete Rosa Amélia Borges, gerente da Unidade Regional do Sebrae em Pinheiro, que atende à cidade de Bequimão.

Apoio aos empreendedores e ao poder público – A 9ª edição da Exposição de Ovinos e Caprinos de Bequimão – Expocapril recebeu, mais uma vez, o apoio do Sebrae para sua realização, consolidando a parceria existente há diversas edições do maior evento da cadeia da ovinocaprinocultura da Baixada. A instituição esteve presente com o Bode Móvel, realizando exames de sanidade animal, manejo sanitário e orientações para acesso ao mercado.

Ainda em apoio ao desenvolvimento local, a cidade foi incluída no mapeamento dos festejos religiosos da Baixada e Litoral Ocidental Maranhense, com vistas a estruturar roteiros e produtos turísticos nas duas regiões e o propósito de ampliar oportunidades aos pequenos negócios nestas duas regiões, numa pesquisa comandada pelo Observatório Sebrae.

A instituição ainda estudou os impactos socioeconômicos da construção de uma ponte sobre o Rio Itapetininga, ligando o município ao povoado de Balandro, para os pequenos negócios já estabelecidos ou a se instalar na localidade. Dezoito comunidades estão se beneficiando com a obra – com previsão de conclusão para o próximo mês – onde vivem cerca de nove mil pessoas. O levantamento constatou produção de milho, feijão e arroz, ligado à agricultura familiar, pesca artesanal, piscicultura e identificadas potencialidades para a horticultura, turismo e ecoturismo, hotelaria, gastronomia e comércio.

Parceiro dos municípios – O diretor superintendente do Sebrae no Maranhão, João Martins, esclarece que a instituição trabalhou em 2016 para reforçar o papel do Sebrae no apoio ao desenvolvimento  local através das ações de melhoria dos pequenos negócios nos municípios e vai atuar para estender o trabalho para as gestões municipais interessadas em melhorar o ambiente legal para os pequenos negócios.

“A instituição quer caminhar lado a lado com os municípios, pensando estratégias para gerar riquezas e políticas públicas, como forma de apoiar os pequenos negócios, também através do suporte às prefeituras no sentido de implantarem as políticas públicas para as micro e pequenas empresas nos municípios, seguindo os preceitos da Lei Geral“, destaca Martins.

O prefeito do município, Zé Martins, reeleito para mais um mandato no comando da cidade, afirmou que a parceria com a instituição vai continuar. “Queremos construir um município de empreendedores, com um povo protagonista de sua história e de suas conquistas. Por isso, já estamos renovando as ações em parceria com o Sebrae, e intensificando a atuação de nossos agentes de desenvolvimento local e da Sala do Empreendedor”, garantiu o gestor público.

 

Zé Martins lança nota de pesar pela morte do prefeito de Central Epitácio Flor

COMPARTILHE

O prefeito de Bequimão, Zé Martins, divulgou nota de pesar lamentando a morte precoce do prefeito de Central do Maranhão, Epitácio Azevedo Flor (PSB), de 37 anos. Ele faleceu na madrugada deste sábado, vítima de um infarto fulminante.

Epitácio estava em casa quando começou a se sentir mal. O prefeito chegou a ser socorrido, mas não resistiu. Este era seu primeiro mandato, para o qual foi eleito no ano passado pela coligação ‘Juntos Pelo Povo de Central’ (PSB, PRB, PT, PSDB e PCdoB) com 3.094 votos (59,22%).

Em nota, o prefeito Zé Martins destacou que Epitácio já estava engajado na articulação com outros prefeitos em busca de melhorias para a região. “Ele já estava integrado aos trabalhos do Consórcio Conguarás, no qual dividíamos sonhos e esforços pelo desenvolvimento da nossa região”, destacou o prefeito bequimãoense.

NOTA DE PESAR

Lamento, profundamente, a morte precoce e repentina do prefeito do município de Central do Maranhão, vizinho a Bequimão, Epitácio Azevedo Flor (PSB), de apenas 37 anos. Ele já estava integrado aos trabalhos do Consórcio Conguarás, no qual dividíamos sonhos e esforços pelo desenvolvimento da nossa região. Apresento aos familiares, amigos e à população de Central meus sentimentos.

 

Confira os melhores momentos do Carnaval 2017 em Bequimão-MA, na reportagem de Paulo de Castro Neto

COMPARTILHE

Vendo as imagens do carnaval 2017 em Bequimão, você pode se ver na lente do Cinegrafista Wellington Cardoso, e na reportagem de Paulinho Castro, que esteve na passarela do samba e acompanhou de perto cada momento da maior festa popular do mundo.

As imagens mostradas no vídeo confirmam a felicidade dos foliões que mesmo debaixo de muita chuva na Praça da Matriz, fizeram a festa de Momo ficar ainda mais grandiosa na cidade de Bequimão.

Responsive WordPress Theme Freetheme wordpress magazine responsive freetheme wordpress news responsive freeWORDPRESS PLUGIN PREMIUM FREEDownload theme free