casa » Archivo de Etiquetas: Sema

Archivo de Etiquetas: Sema

Praias de São Luís e Ribamar estão um verdadeiro “Merdelê”

COMPARTILHE

Todas as praias, de São Luís e São José de Ribamar, analisadas e divulgadas no último dia 28 de março de 2018, pelo Laboratório de Análises Ambientais (LAA) da Secretária de Estado de Meio Ambiente e Recursos Naturais (Sema) foram consideradas impróprias para banho. Com as fortes chuvas que caem na Ilha de São Luís, o mar da capital e da cidade balneária estão um verdadeiro “Merdelê”.

As análises foram feitas entre os dias 25 de fevereiro e 25 de março. Ao todo, foram coletadas amostras de vinte e um pontos. Entre as praias, estão: Ponta D’areia, São Marcos, Calhau, Olho D’Água, praia do Meio e Araçagy. Nenhum dos pontos analisados pela Sema, foram considerados próprios para banho. Quem insistir em tomar banho nas praias da Ilha, pode pegar um picopil.

Com Informações do Blog Isaías Rocha

 

Secretário de Meio Ambiente de Alcântara se reúne com Funasa e Sema

COMPARTILHE

O secretário de Meio Ambiente do município de Alcântara, Eraldo Ribeiro Campelo, participou de reunião com a Fundação Nacional de Saúde (FUNASA) e a Secretaria Estadual de Meio Ambiente (SEMA) para firmar parcerias com os dois órgãos em benefício ao povo alcantarense.

A reunião de Eraldo Campelo na Funasa aconteceu com o coordenador Raimundo Rodrigues Santos Filho, em que vários temas foram debatidos. Durante a reunião ficou acertada uma parceria com a Funasa para avaliar a qualidade das Águas das Fontes alcantarenses, rios e poços a partir do mês de Março deste ano. Um encontro foi agendado com o Prefeito Anderson Wilker (PCdoB) para avaliação e assinatura de um Termo de Cooperação Técnica, Prefeitura/Funasa.

Já na reunião da Secretaria Estadual de Meio Ambiente (SEMA) o encontro foi com Liene Soares Pereira (Secretária Adjunta de Desenvolvimento Sustentável), Conceição Marques (Superintendente de Educação Ambiental), Eudes Cunha (Superintendente de Fiscalização) onde firmamos a parceria na área de fiscalização, em que a equipe estadual vai comparecer em Alcântara todo mês para averiguar as denúncias de agressões ao meio ambiente, isso se dará a partir do mês de março, já que o estado ainda não abriu seu orçamento para Meio Ambiente este ano.

Acompanharam o secretário Eraldo nesse encontro, as funcionárias da secretaria de Alcântara, Tamyles Campos de Araújo (Técnica em Meio Ambiente); Ana Carolina Silva Sena e Camila Rafaella Sousa Pereira (Analistas Ambientais).

 

Praias de São Luís nunca foram despoluídas, diz Adriano Sarney

COMPARTILHE

Site da Sema não publica laudos atualizados desde que as praias tornaram-se impróprias para banho; deputado fez requerimento à Mesa solicitando mais transparência do órgão.

O deputado estadual Adriano Sarney declarou na tribuna da Assembleia Legislativa, nesta segunda-feira (5), que as praias da Ilha não estão despoluídas, contrariando os laudos de balneabilidade divulgados insistentemente pelo Governo do Estado e pelo próprio governador Flávio Dino (PCdoB) em suas redes sociais. Segundo o parlamentar, a Secretaria de Meio Ambiente vem divulgando ao longo das últimas semanas que as praias apresentam 100% de balneabilidade. Mas o último laudo, divulgado no dia 1º deste mês, revelou o engodo. “Bastou cair uma chuva na Ilha para trazer o esgoto e o lixo da cidade para as praias, revelando sete pontos impróprios para banho. Isso não é uma questão de política. Isso é uma questão de saúde pública. Não podemos brincar com isso”, declarou.

O deputado ressaltou que a poluição das praias é consequência do saneamento básico deficiente, ou seja, o tratamento dos esgotos da Ilha precário ou parcial. Esta constatação emergiu de uma audiência pública realizada no dia 19 de outubro deste ano, coordenada pelo parlamentar, que preside a Comissão de Assuntos Municipais e de Desenvolvimento Regional da Assembleia.

adry1

“Somente quando houver 100% do esgoto tratado e os rios da Ilha estiverem totalmente limpos poderemos dizer que as praias estarão despoluídas. E estamos longe disso. A Estação de Tratamento de Esgoto do Vinhais, que iniciou suas obras no governo Roseana, opera com 30% da sua capacidade, segundo informou a Caema”, ressaltou o parlamentar.

Adriano informou ainda que vai ingressar com um requerimento à Mesa Diretora da Assembleia solicitando à Secretaria de Meio Ambiente esclarecimentos sobre a divulgação dos laudos de balneabilidade, pois o site da Sema, até ontem (04), apresentava os laudos até o dia 22 de novembro, o que prejudica a informação para o cidadão, que não encontra na página oficial do órgão ambiental o relatório atualizado.

 

Assessoria de Imprensa

 

Técnicos para operação do Sistema Nacional de Cadastro Ambiental Rural (SICAR) são capacitados

COMPARTILHE

A Secretaria Estadual de Meio Ambiente (SEMA), realizou entre os dias 18 e 20 de agosto na cidade de Viana (MA), o curso de capacitação para operação do Sistema Nacional de Cadastro Ambiental Rural (SICAR). Neste período o Instituto Brasileiro de Administração Municipal (IBAM), promoveu os cursos de Cadastro Ambiental Rural (CAR) e Introdução à Geotecnologia, que fazem parte da plataforma de educação a distância do Programa, para melhor aproveitamento do conteúdo por parte dos participantes.

Durante o curso, que abordou aspectos do novo código Florestal (Lei 12.651/2012) e a demonstração com prática do módulo de inscrição no Sistema Nacional de Cadastro Ambiental Rural, onde foi elaborado um plano de ação para os municípios participantes. Foram capacitados técnicos de diversos municípios da Baixada Maranhense.

O Maranhão possui 287.039 imóveis rurais passíveis de cadastro, abrangendo uma área de aproximadamente 13 milhões de hectares. 90% dos imóveis são propriedades de agricultores familiares. No caso do município de Bequimão, os imóveis rurais com até quatro módulos fiscais (220 hectares), enquadram-se em pequenas propriedades e devem contar com o auxílio do poder público para o seu cadastramento.

CA3CA5

Até o momento, pouco mais da metade dos proprietários maranhenses (52,8%), fizeram o cadastro de seus imóveis dentro do prazo estipulado pelo Governo Federal (maio de 2015). Como a expectativa não foi atingida, o governo fixou um novo prazo, estendendo até maio de 2016 para seja feita a conclusão do programa. O produtor que não concluir seu cadastro até essa data ficará fora das políticas públicas governamentais para o setor, como o crédito rural, linhas de financiamento subsidiado, isenção de impostos para insumos e equipamentos.

A secretária municipal de meio ambiente, Keila Soares, reafirmou o compromisso da prefeitura de Bequimão na regularização das pequenas propriedades. “O CAR constitui-se em instrumento de multifuncionalidades pelas políticas públicas ambientais e contribuirá para o fortalecimento da gestão ambiental e o planejamento municipal, além de garantir segurança jurídica ao produtor no município de Bequimão, dentre outras vantagens”, disse a secretária.

CONHEÇA O “CAR”

CA5 CA6

O Cadastro Ambiental Rural (CAR) é o registro público eletrônico das informações ambientais dos imóveis rurais. O objetivo do CAR é promover a identificação das informações ambientais das propriedades rurais, para que se tenha monitoramento, combate ao desmatamento, possibilitando um planejamento ambiental e que obtenha a regularização ambiental.

Os produtores cadastrados contarão com vantagens, como possibilidade de regularização ambiental de passivos em APP e Reserva Legal, anteriores a 22 de julho de 2008, base de dados para planejamento ambiental do imóvel e sua produção, juros menores no financiamento rural e melhores condições para aquisição de seguro agrícola. O CAR é online e gratuito, e pode ser acessado no endereço eletrônico: www.car.gov.br.

O Cadastramento Ambiental Rural é instalado por meio de gestão compartilhada que envolve órgãos federais, estaduais, municipais, organizações não governamentais, entidades representativas dos produtores rurais e instituições financeiras. Qualquer informação sobre as atividades do CAR podem ser obtidas na Superintendência de Recursos Florestais da Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Naturais (Sema), localizada à Avenida dos Holandeses, Nº 04, Quadra 06, Edifício Manhatan, 2º andar, bairro do Calhau, no horário das 13h às 17h. Telefones: (98) 3194-8900 e (98) 99127-4585 – Ramal 8932 – São Luís – Maranhão.

Em Bequimão maiores informações podem ser obtidas nas secretarias municipais de Meio Ambiente, Agricultura e no Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais (STTR).

 Por: SEMATUR/Bequimão

www.sematurbeq.blogspot.com.br

Responsive WordPress Theme Freetheme wordpress magazine responsive freetheme wordpress news responsive freeWORDPRESS PLUGIN PREMIUM FREEDownload theme free