casa » Archivo de Etiquetas: saúde

Archivo de Etiquetas: saúde

Prefeitura de Anajatuba-MA se destaca no combate ao Covid-19

COMPARTILHE

O boletim epidemiológico do Covid-19, divulgado na quinta-feira (09) pela Secretaria de Saúde, evidencia que Anajatuba se destaca entre as cidades da região, mantendo o mesmo porte no combate a pandemia do Covid-19. Para uma população de 26.214 habitantes, foram realizados 770 testes, dos quais apenas 259 deram positivos, 98 permanecem ativos, 155 já recuperam e seis pessoas foram a óbito.

Desde o início da pandemia, os protocolos, as normas estabelecidas pela Organização Mundial de Saúde – OMS e autoridades sanitárias, além das medidas adotadas pelo Executivo Municipal, foram fatores determinantes para os índices registrados.

“Os dados são reflexo do árduo trabalho desenvolvido  e da rigidez nos nossos protocolos. Para restringir o acesso de pessoas às unidades de saúde locais, instalamos tendas e colocamos equipes médicas para fazer o monitoramento e testagem das pessoas, distribuímos milhares de máscaras e álcool em gel”, disse o prefeito Sydnei Pereira.

Ainda segundo o gestor, além da desinfecção das vias e logradouros públicos, foi realizada a instalação de tendas próximo à casa lotérica objetivando assegurar o distanciamento dos usuários. A montagem de um hospital para atender exclusivamente os casos suspeitos de Covid-19 com equipe multidisciplinar e os insumos necessários também foi importante medida implantada.

“Nós anajatubenses tivemos dias muitos difíceis, mas, hoje, muito embora ainda não tenhamos uma vida normal, estamos vivendo um clima de maior tranquilidade do que o de outrora”, finalizou o prefeito.

Bequimão encerra campanha com 107,65% do público alvo imunizado contra Influenza

COMPARTILHE

A Campanha de Imunização contra a Influenza e seus subtipos foi encerrada no último dia 30, em todo o país. O município de Bequimão ultrapassou a meta nacional de vacinação, fixada em 90% pelo Ministério da Saúde (MS). A cobertura vacinal no município chegou a 107,65% do público alvo.

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde (Semus), 6.246 pessoas receberam as doses da vacina, em pouco mais de três meses de campanha. O público alvo, no município, foi estimado em 5.802 pessoas. A vacina foi disponibilizada em todas as Unidades Básicas de Saúde (UBS’s), na zona rural, bem como no Centro de Saúde Santo Antônio, na sede.

A primeira fase da campanha começou no dia 23 de março. Nela, foram vacinados idosos a partir de 60 anos e trabalhadores da saúde. Na segunda fase, iniciada no dia 16 de abril, foi a vez dos membros das forças de segurança e salvamento, pessoas com doenças crônicas ou condições clínicas especiais, caminhoneiros, profissionais de transporte coletivo e portuários, povos indígenas, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas, população privada de liberdade e funcionários do sistema prisional. Já na terceira fase, iniciada no dia 9 de maio, foram imunizadas pessoas com deficiência, professores, crianças de 6 meses a menores de 6 anos, gestantes, mães no pós-parto até 45 dias e pessoas de 55 a 59 anos.

Antes do fim da campanha, no dia 30 de junho, Bequimão já havia ultrapassado a meta nacional de vacinação. Segundo informou a Semus no dia 24 de junho, 97,31% do público alvo já haviam sido imunizados nesta data. Mesmo, com o fim da campanha, a vacinação ainda continua no município. Isso porque, apesar do sucesso da mobilização, ainda restaram 300 doses da vacina.

Conforme a coordenação de imunização, essas doses estão sendo disponibilizadas em todos os postos previamente divulgados pela Prefeitura de Bequimão. Quem tiver interesse em se imunizar contra influenza deve procurar a unidade de saúde mais próxima de sua casa, das 7h30 às 12h e das 14h às 17h.

Ao sair de casa para tomar a vacina, é obrigatório o uso da máscara e a manutenção do distanciamento social de pelo menos dois metros na chegada aos postos. É ainda indispensável a apresentação de RG, CPF, caderneta de vacinação e cartão do SUS. Por fim, a Semus informa à população que a vacina não previne a Covid-19, mas pode auxiliar os profissionais de saúde na exclusão do diagnóstico para a doença, uma vez que os sintomas são semelhantes aos da gripe.

Prefeitura de Bequimão disponibiliza novo ponto de testagem para casos suspeitos de Covid-19

COMPARTILHE

Nesta semana, a Prefeitura de Bequimão disponibilizou mais um ponto de testagem para Covid-19 no município. Agora, além do Hospital Lídia Martins, os testes também estão sendo realizados no Centro de Saúde Santo Antônio, no Centro da cidade.

O atendimento é feito três vezes por semana: segunda, quarta e sexta. Pela manhã, sempre das 7hh30 às 12h, e à tarde, das 14h às 17h. Inicialmente, a testagem é voltada apenas para pacientes que apresentam falta de ar aguda, principal sintoma da Covid-19.

Duas enfermeiras são responsáveis pela realização dos testes nesse novo ponto. Após a coleta do material, o resultado é disponibilizado para o paciente num prazo de 24 horas, também no Centro de Saúde.

A abertura do novo ponto de testagem foi possível com a aquisição de uma nova remessa de testes pela Prefeitura Municipal de Bequimão, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semus). A limitação do público segue a estratégia nacional para driblar a escassez do testes no mercado.

Se confirmada a suspeita da Covid-19, os casos mais graves serão estabilizados e encaminhados para o Hospital Lídia Martins.

Prefeitura intensifica fiscalização ao comércio essencial em Bequimão-MA

COMPARTILHE

A Prefeitura de Bequimão, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semus), continua com a fiscalização aos serviços essenciais, como forma de garantir o cumprimento dos decretos municipais que restringiram a circulação de pessoas sem máscaras no município.

Nesta terça-feira (2), foi a vez dos fiscais da Vigilância Sanitária verificarem o cumprimento das medidas de prevenção ao novo coronavírus em comércios, farmácias e no posto de autoatendimento bancário, na sede do município de Bequimão.

Durante a ação, também foram fixadas placas nas partes interna e externa dos estabelecimentos. O objetivo é reforçar as orientações de segurança sanitária a serem seguidas por funcionários e clientes, no horário de funcionamento das lojas.

Prefeitura de Bequimão continua realizando pulverização e desinfecção de espaços públicos

COMPARTILHE

Na guerra contra o novo Coronavírus, a Prefeitura de Bequimão, através da Secretaria Municipal de Saúde e Vigilância Sanitária está realizando a desinfecção através da higienização e pulverização de espaços públicos como: praças, ruas, avenidas e até em locais privados de grande circulação de pessoas, como comércios com maior fluxo e correios.

Para o secretário de Saúde, Sidney Bouéres, a luta é grande, mas o esforço da gestão é bem maior. “A cada ação da equipe de saúde em Bequimão, reforça mais ainda a luta contra a proliferação da Covid-19 em nossa cidade. É um trabalho constante, dia e noite, sem descanso, já que precisamos proteger nosso povo. Mas é preciso que a população também faça sua parte, use máscaras, evite aglomerações e respeite as medidas de prevenção”, disse o secretário.

O secretário afirmou ainda, que a guerra conta a Covid-19 vai continuar com as barreiras sanitárias, agora em dois postos, além da entrada principal da cidade, uma outra barreira está sendo instalada na entrada do povoado Barroso,  já que existe essa avenida que liga a cidade.

Na última quinta-feira (23), a equipe de profissionais da Secretaria Municipal de Saúde realizou novamente uma vistoria sanitária na obra da construção da ponte Bequimão/Central, averiguando a situação sanitária e prestando as devidas orientações aos operários da obra e caminhoneiros que entregam materiais.

Secretaria de Saúde de Bequimão realiza ação de combate a proliferação da Covid-19

COMPARTILHE

A Secretaria Municipal de Saúde de Bequimão, realizou na última quarta-feira (08), mais uma atividade com os profissionais da saúde no combate a proliferação do Novo Coronavírus (Covid-19) no Mercado Municipal, na Avenida Antônio Dino. Além de conscientizar a população quanto a importância de ficar em casa e evitar aglomerações, a secretaria fez doação de máscaras de proteção para os feirantes.

Acompanhados do secretário Sidney Bouéres, os profissionais de saúde passaram também pelos comércios da cidade, onde era identificada uma maior aglomeração, além das abordagens nas ruas. O trabalho educativo está sendo realizado na sede e zona rural do município para evitar o avanço da pandemia no Maranhão.

“Visitamos vários estabelecimentos comerciais da cidade e passamos também pela agência bancária, bem como nos locais onde funcionam bancos postais na cidade. Nossa preocupação é evitar um colapso na rede pública de saúde do município e do Estado”, descreveu o secretário Sidney Bouéres.

A ação com os profissionais de saúde tem o objetivo de chamar a atenção para esse enfrentamento, além de fizer a conscientização direta e individual. A equipe entregou panfletos e fez a higienização das mãos das pessoas com álcool  em gel adequado.

O secretário Sidney Bouéres reforça a importância de todos ficarem em casa obedecendo todas as orientações devidas das autoridades sanitárias.

Coronavírus: Prefeitura de Bequimão adquire kits de proteção para profissionais do Hospital Lídia Martins

COMPARTILHE

A Prefeitura de Bequimão, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, adquiriu kits de proteção, para que os profissionais do Hospital Lídia Martins possam trabalhar com mais segurança, em caso de suspeita ou confirmação de pacientes infectados pelo coronavírus. Os paramentos foram entregues nesta quinta-feira (02).

Dentre os equipamentos de proteção individual (EPI’s), estão: macacão impermeável, óculos de proteção individual,
máscara N95, toucas e luvas de procedimentos.

Por determinação do prefeito Zé Martins, o município já adotou outras medidas para conter o avanço da doença, como a edição de decretos suspendendo as aulas, eventos e atividades não essenciais. Também foram feitas abordagens de conscientização da população sobre a necessidade do distanciamento social.

Parceria entre Prefeitura e UNDB cria ação em saúde em Bequimão-MA

COMPARTILHE

Moradores do município de Bequimão poderão fazer consultas, gratuitamente, nas clínicas de Odontologia, Fisioterapia, Psicologia e Nutrição, além de terem acesso a serviços de Biomedicina e Farmácia, do Centro Universitário Dom Bosco (UNDB). O termo de convênio foi firmado, nesta sexta-feira (06), pelo prefeito bequimãoense Zé Martins e pela reitora Maria Ceres Rodrigues Murad. A cooperação também prevê atividades conjuntas de ensino, pesquisa, extensão e a implantação de residências médicas no município, pelo prazo de 20 anos.

As consultas deverão ser agendadas previamente e, depois, ocorrerão em laboratórios modernos e com equipamentos sofisticados, utilizados para a formação dos estudantes dos cursos da área da Saúde. “A intenção é favorecer a melhoria da saúde da população do nosso Estado, visando essa relação ensino/assistência. Os alunos terão acesso a esses pacientes, para o aprendizado, e a população terá uma assistência de qualidade”, explicou a coordenadora de implementação da área da Saúde na UNDB, Edna Coutinho.

No termo de convênio, foram apontados como objetivos da parceria com a Prefeitura Municipal de Bequimão o desenvolvimento de ações e políticas públicas e privadas convergentes, voltadas à criação das condições necessárias e suficientes para os cursos de saúde; o intercâmbio de conhecimentos técnicos, científicos e culturais; a cessão mútua de recursos laboratoriais; a cooperação para uma gestão ativa do Sistema Único de Saúde (SUS); e o desenvolvimento conjunto de projetos específicos voltados para instalação de programas de residência médica.

Isso significa que, daqui a alguns anos, quando for instalado o curso de Medicina na UNDB, o município de Bequimão poderá receber turmas de residência médica, em áreas altamente especializadas e de referência. Leitos do Hospital Lídia Martins poderão ser utilizados para atividades acadêmicas, nos moldes de um hospital universitário.

O prefeito Zé Martins conheceu as instalações da Clínica da Odontologia, acompanhado do coordenador do curso, Pedro Almeida. A estrutura serve para a prática dos futuros odontólogos, com supervisão dos professores. “Estou muito honrado com mais essa parceria com uma instituição universitária de referência, como é a UNDB, cujo objetivo é dar melhor qualidade de vida para o povo de Bequimão. Nossa gestão sempre teve como prioridade a questão da saúde. Todo esse trabalho vai servir para que a gente possa cumprir nosso exercício social com os bequimãoenses”, garantiu o prefeito.

Ainda serão divulgados os canais para marcação das consultas. Neste mês de março, será feito um evento de lançamento do projeto, que também contemplará outros municípios do Maranhão.

Fotos: Ascom/Bequimão

Bequimão terá Dia D de combate ao sarampo, nesta quinta-feira (5)

COMPARTILHE

A Campanha de Imunização contra o Sarampo será intensificada a partir desta quinta-feira (5), no município. A Prefeitura de Bequimão, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semus), realizará o Dia D de combate à doença, a fim de proteger e também alertar a população bequimãoense acerca dos riscos de exposição ao Measles morbillivirus. A programação acontece no Centro de Saúde Santo Antônio, das 8h às 17h, com orientações e aplicação de vacina.

Altamente transmissível, o vírus que causa o Sarampo é capaz de infectar até 90% das pessoas sem imunidade, que compartilham do mesmo espaço com pessoas contaminadas. A doença é transmitida pelo contato com gotículas do nariz, da boca ou da garganta da pessoa infectada. Os sintomas se manifestam em até 14 dias e incluem coriza, tosse, infecção nos olhos, erupção cutânea e febre alta.

De acordo com o secretário municipal de Saúde, Sidney Bouéres, há quase oito anos Bequimão não tem registros de casos de Sarampo. A situação confortável, segundo ele, se deve às diretrizes de saúde implantadas no município desde 2013, quando Zé Martins assumiu a administração do município.

Por determinação do prefeito, as doses da vacina que previnem a doença passaram a ser permanentes nos postos de saúde espalhados por Bequimão. “O serviço de imunização é oferecido de forma contínua. Os agentes de saúde fazem o mapeamento completo das condições de saúde dos moradores nas comunidades. As equipes da Estratégia Saúde da Família, por sua vez, vão até esses locais e prestam toda a assistência de saúde, incluindo a aplicação de vacinas”, explica o secretário Sidney Bouéres.

Vacinas de rotina
Entre as vacinas oferecidas pela Prefeitura de Bequimão, continuamente, estão a BCG (tuberculose), Hepatite B, Rotavírus, Sabin VOP (Poliomielite), Tetravalente, Pneumocócica (VPC10), Meningocócica C (Meningite), Tríplice viral, Tetravalente bacteriana (DTP), Dupla adulto e Pneumocócica Polissacarídica 23V.

Para manter a caderneta de vacinas atualizada, os usuários do sistema público de saúde podem se dirigir, das 8h às 17h, ao Centro de Saúde Santo Antônio, na sede de Bequimão, e às Unidades Básicas de Saúde (UBS’s), localizadas nos povoados Bebedouro, Macajubal, Pontal, Jacioca, Mojó, Quindiua, Paricatiua e Santana.

Aprovados projetos do Executivo que beneficiam setores da saúde, agricultura, meio ambiente e cultura

COMPARTILHE

O Plenário da Assembleia Legislativa do Maranhão (Alema) aprovou, em segundo turno, na sessão desta segunda-feira (21), cinco projetos de lei de iniciativa do Governo do Estado. Entre eles está o de n° 369/2019 que disciplina os procedimentos de profissionais de saúde vinculados ao Sistema Único de Saúde (SUS), para prescrição de medicamentos e solicitação de exames, procedimentos de saúde e internações compulsórias prestados pela Secretaria de Estado da Saúde (SES)A sessão foi conduzida pelo presidente da Alema, deputado Othelino Neto (PCdoB).

Os projetos agora vão à sansão do governador Flávio Dino (PCdoB), tendo como relator o deputado Antônio Pereira (DEM), na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ), e na Comissão de Administração Pública, Seguridade Social e Relações do Trabalho, o deputado Adelmo Soares (PCdoB), todos com pareceres favoráveis.

O artigo primeiro do projeto de lei n° 369 estabelece que “os profissionais de saúde vinculados à Secretaria de Estado da Saúde (SES), aos seus serviços credenciados ou conveniados e às Secretarias Municipais de Saúde devem prescrever medicamentos ou fórmulas nutricionais, solicitar exames e procedimentos de saúde nos termos das políticas públicas, das listas padronizadas e dos Protocolos Clínicos e Diretrizes Terapêuticas (PCDT) estabelecidos pelo Sistema Único de Saúde (SUS)”.

O segundo projeto aprovado em última votação foi o de nº 368/2019, que dispõe sobre a criação do Sistema Unificado Estadual de Sanidade Agroindustrial, Familiar, Artesanal e de Pequeno porte (Susaf/Ma), tendo como relator na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania o deputado Rafael Leitoa (PDT), e na Comissão de Administração Pública, Seguridade Social e Relações do Trabalho, o deputado Fernando Pessoa (SD).

De acordo com a mensagem enviada pelo governador, o Sistema Unificado Estadual de Sanidade Agroindustrial Familiar, Artesanal e de Pequeno Porte terá por objetivo promover a equivalência do Serviço de Inspeção Municipal (SIM) com o Serviço de Inspeção Estadual (SIE), por meio da padronização dos procedimentos de inspeção e fiscalização, visando à garantia da inocuidade, integridade e a qualidade do produto final, assim como o compartilhamento de responsabilidades no que tange à saúde pública.

Também foi aprovado o projeto de lei do Executivo de nº 372/2019, que altera a lei nº 6.107, de 27 de julho de 1994, que dispõe sobre Estatuto dos Servidores Públicos Civis do Estado do Maranhão, com pareceres favoráveis da CCJ, aqui tendo como relator Rafael Leitoa, e na Comissão de Administração Pública, Seguridade Social e Relações do Trabalho, Adelmo Soares.

De autoria do Poder Executivo, passou ainda o projeto de lei nº 378/2019, que altera a lei nº 10.509, de 16 de setembro de 2016, que institui o Programa Estadual de Proteção e Promoção dos Mestres e Mestras da Cultura Popular do Maranhão, com parecer favorável da Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania e da Comissão de Administração Pública, Seguridade Social e Relações do Trabalho.

O quinto projeto do executivo também aprovado em o Plenário, nesta segunda-feira (21), foi o de nº 459/2019, que altera a lei nº 10.595, de 24 de maio de 2017, que institui o Programa Maranhão Verde, destinado a fomentar e desenvolver projetos voltados para apoio à conservação e recuperação ambiental. A matéria teve pareceres favoráveis da CCJ e da Comissão de Segurança Pública.

Responsive WordPress Theme Freetheme wordpress magazine responsive freetheme wordpress news responsive freeWORDPRESS PLUGIN PREMIUM FREEDownload theme free