casa » Archivo de Etiquetas: São Luis (página 5)

Archivo de Etiquetas: São Luis

A Feirinha Linda da Praça Benedito Leite e os feirões sujos de São Luís

COMPARTILHE

Esta semana o professor universitário Ed Wilson Araújo abordou um tema em seu Blogue que precisa ser visto por autoridades federais, estaduais e principalmente pelas autoridades municipais, principais responsáveis pelo caos que já toma conta na capital maranhense e prejudica a saúde pública de São Luís. O assunto a famosa Feirinha da Praça Benedito Leite, que se tornou uma princesa linda, rica, educada e muito solidária, mas que tem irmãs pobres, doentes e abandonadas. Não se pode deixar de lembrar que o PDT já comanda a prefeitura da capital há 29 anos, tempo suficiente para reformar ou construir novas feiras.

Desde que surgiu a “Onda da Feirinha”, que tem música ao vivo, valoriza a cultura popular e só reúne consumidores do mais alto poder aquisitivo, algo me chamou atenção. As inúmeras feiras abandonadas em bairros da capital, estão sujas, cheias de ratos, baratas e sem estrutura, com telhado quebrado e falta de higiene total, foram abandonadas pela prefeitura. Hoje a Semapa tem um secretário competente, mas trabalha com as mãos atadas.

Texto de Ed Wilson na íntegra abaixo

Já escrevi mais de uma vez de forma elogiosa sobre a iniciativa da Prefeitura de São Luís quando criou a feirinha da praça Benedito Leite.

É um equipamento que dá vida ao Centro Histórico aos domingos, proporciona ambiente de encontro entre as pessoas e constitui importante espaço para a geração de renda aos pequenos negócios que se instalam no local, além de ser um atrativo turístico da maior importância.

A feira, no entanto, chega a ser um acinte diante da situação de todos os mercados da cidade, que se mantêm aos trancos e barrancos, ameaçando desabar sobre os comerciantes e consumidores.

As feiras de São Luís, no geral, não cumprem as regras mínimas de higiene. São ambientes sujos, degradados e colocam em risco a segurança dos frequentadores.

O exemplo mais gritante é o Mercado Central (imagem acima), no coração da cidade, transformado em um monstrengo que ameaça cair em pedaços a qualquer momento.

Neste ano de 2018, na metade do segundo mandato do prefeito Edivaldo Holanda Junior (PDT), o grupo que controla o cofre da Prefeitura de São Luís completa 29 anos de domínio na máquina administrativa da capital do Maranhão.

Já que não conserta nem os buracos da cidade, a Prefeitura deveria, pelo menos, colocar umas escoras na marquise do Mercado Central, que pode desabar ainda neste inverno.

Por Ed Wilson Araújo

Fotos: TV Mirante

Câmara Municipal de São Luís deve ser o fiel da balança nas eleições para governador de 2018

COMPARTILHE

Esta semana a Câmara Municipal mostrou que qualquer candidato ao Governo do Estado ou ao Senado da República, precisa está alinhado aos integrantes do Legislativo Ludovicense. Composta por 31 vereadores, a Câmara Municipal detém nas 31 cadeiras mais de 170 mil votos capitalizados em São Luís, o que pode triplicar caso seja levado para o interior do Estado.

Em discursos quentes, alguns vereadores usaram a tribuna da Câmara Municipal para mostrar suas insatisfações com relação a gestão do governo Flávio Dino em relação a saúde, infraestrutura, segurança e saneamento básico. O vereador Marquinhos foi categórico ao afirmar que Flávio Dino está brincando de administração e que estaria passando de levar a sério o povo do Maranhão.

Nesse discurso que mexeu com outros parlamentares, Genival Alves também aproveito para mostrar sua indignação tanto com a gestão de Flávio Dino, quanto com a Edivaldo Holanda Júnior. Em sua fala, Genival questionou sobre a parceria entre prefeitura e governo, e se mostrou bastante indignado.

No final de todo discurso, ficou um recado bem dado ao prefeito Edivaldo Holanda Júnior. Caso o prefeito da capital não se aproxime da Câmara Municipal, seu principal aliado, Flávio Dino, pode está cada vez mais longe dos vereadores de São Luís. O recado já foi dado, resta Edivaldo Holanda entender e transmitir imediatamente ao governador Flávio Dino, que já começou perder suas noites de sono.

 

Prefeitura de São Luís reforça ações na área da saúde da mulher com mutirão de cirurgias ginecológicas

COMPARTILHE

Neste domingo o prefeito Edivaldo esteve no Hospital da Mulher acompanhando os primeiros resultados do mutirão que já contabiliza 25 procedimentos realizados nos dois primeiros dias.

Reforçando a assistência voltada para as mulheres na área da saúde, especialmente durante o mês de março, em que se comemora o Dia Internacional da Mulher, a Prefeitura de São Luís está promovendo um mutirão de cirurgias ginecológicas. A ação que teve início neste fim de semana – sábado e domingo – já realizou 25 procedimentos no Hospital da Mulher. Na manhã deste domingo (4), o prefeito Edivaldo esteve na unidade de saúde para avaliar os primeiros resultados da ação e conversar com equipe médica e pacientes. A meta do mutirão é promover 600 cirurgias até o mês de junho, o que diminuirá a fila de espera em cerca de 90%.

Na visita, o prefeito Edivaldo reforçou o significado do mutirão para reduzir a espera e garantir a saúde das pacientes. “A redução da demanda que a rede de assistência à mulher possuía vai ser muito significativa a partir das atividades durante o mutirão. Estamos garantindo a estas mulheres uma maior qualidade de vida. Esta é uma unidade de referência, que se consolida com esta ação. Todos os esforços estão reunidos para que o atendimento seja prestado com maior agilidade”, enfatizou.

No conjunto de cirurgias que estão sendo realizadas no mutirão está procedimentos como histerectomia, laqueadura, miomectomia, herniorrafia, colpoperíneoplastia e outros. A equipe é formada por médicos anestesistas, cirurgiões, ginecologistas e equipe de apoio composta por nutricionistas, enfermeiros, terapeutas ocupacionais e de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) que estão atuando em regime de plantão 24 horas.

O mutirão é mais uma ação prioritária do governo Edivaldo, integrando a política em favor da mulher. A iniciativa do mutirão de cirurgias vem para diminuir a fila de espera, reforça a primeira-dama Camila Holanda, que acompanhou a visita à unidade de saúde. “É uma grande vitória para a gestão e mostra o olhar sensível à política voltada para a mulher, priorizando, dando esse enfoque a um dia tão importante que é o Dia Internacional da Mulher. Nada mais justo dar essa atenção àquela que cuida da casa, dos filhos, trabalha e se divide em mil para dar conta de toda essa demanda que lhe compete”, enfatizou a primeira-dama.

O secretário municipal de Saúde, Lula Fylho, pontuou os resultados diretos da iniciativa da Prefeitura. “O prefeito Edivaldo foi extremamente sensível à situação destas mulheres, ao determinar uma ação tão resolutiva como o mutirão. Essa ação reduzirá em mais de 90% a fila de espera por esses procedimentos. Então, é de grande resultado para estas pacientes”, destacou. Serão realizadas cerca de 25 cirurgias nos fins de semana de mutirão, até o mês de junho. Nos dias úteis, a média é de 12 procedimentos.

As contempladas são pacientes que já consultam na unidade e estavam em tratamento. A serviços gerais Nerivalda Rocha, 42 anos, é uma das atendidas no mutirão. Ela aguardava há um ano e seis meses por uma cirurgia para retirada de miomas e, com o mutirão, foi contemplada. “Estou muito satisfeita. Fiquei surpresa quando me ligaram e me disseram que eu ia operar. Fui muito bem tratada, foi tudo rápido e já estou me sentindo muito bem”, disse.

“O mutirão é um esforço da Prefeitura e das equipes médicas para que estas pacientes possam ter seu problema resolvido e para que possamos atender a nossa demanda sem gargalos e no menor tempo possível”, reforça a diretora administrativa do hospital, Francisca Duarte. A iniciativa do mutirão é a primeira realizada na unidade e os procedimentos vão ocorrer sempre aos sábados e domingos, até o mês de junho.

 

Campeonato Brasileiro de Sinuca pela primeira vez no Golden Shopping

COMPARTILHE

O Campeonato Brasileiro de Snooker Six Red (CBSK6R 2018) acontecerá de 29 de março a 01 de abril/18 na área da Praça de Alimentação do Golden Shopping Calhau, em São Luís/MA. Aberto ao público, o evento reunirá 64 atletas sêniores profissionais, filiados a Confederação Brasileira de Bilhar e Sinuca (CBBS), inscritos por meio de suas respectivas federações. Os jogos serão disputados na regra do snooker six red (seis bolas vermelhas).

Com patrocínio do Mateus, por meio da Lei Estadual de Incentivo aos Esportes do Governo do Maranhão, o CBSK6R 2018 é uma realização da Federação Maranhense de Bilhar e Sinuca (FMBS) e Golden Shopping Calhau com supervisão da CBBS. Tem apoio do Jornal Pequeno, Sinucas Jocari, Mar Doce, Net, Itaipava, Polícia Militar, Sistema Fiema, Praia Mar Hotel, Bus Transportes, Servbus, Óticas Diniz, Pontestur, Polícia Militar e Sistema Fiema.

O presidente da FMBS, Lourival Marques Bogéa, destacou que “os jogos do CBSK6R serão disputados na modalidade snooker six red exclusivo à categoria sênior, atletas federados, acima de 55 anos completados até 31.12.2017”. Segundo o presidente, as partidas serão realizadas em mesas oficiais revestidas com pano inglês strachan 6811, aprovados pela CBBS. Serão usados conjuntos de bolas belgas do modelo Aramith Tournament Champion, do esporte da sinuca e da CBBS, com aproximadamente 52,5mm.

A premiação total será de R$ 22 mil reais, outorgados até o 16º lugar. “O campeão do CBSK6R 2018 receberá prêmio de R$ 7 mil reais”, disse Bogéa. O CBSKR6 2018 será o primeiro campeonato brasileiro realizado no Golden Shopping Calhau e o quarto sediado em São Luís. Pra quem gosta de jogar bilhar em bares e clubes, vale lembrar que durante o evento estarão a venda mesas, tacos, bolas, giz e todo o material para jogar bilhar e sinuca.

A solenidade de abertura contará com a participação de convidados do Ministério dos Esportes, Governo do Maranhão, Prefeitura de São Luís, Golden Shopping, FMBS e CBBS. Em novembro do ano passado, o Golden Shopping sediou a 2ª Copa Nordeste de Snooker Six Red. Na ocasião, a competição incrementou aumento de mais de 20% nas vendas dos empreendimentos instalados na área da Praça de Alimentação do Golden Shopping.

 

Vereadora Fátima Araújo adquire ônibus e coloca à disposição das comunidades do Complexo de bairros do João de Deus

COMPARTILHE

São poucos os parlamentares que realmente pensam na população. É pensando nisso que a vereadora de São Luís, Fátima Araújo (PCdoB) tem sido destaque na Câmara Municipal. Uma das mais atuantes no parlamento ludovicense, Fátima Araújo se destaca pelo trabalho prestado às comunidades onde mantém suas bases há mais de 25 anos. A compra do ônibus é apenas uma das dezenas de ações já realizadas por Fátima Araújo.

Foi pensando nas comunidades que a Pequena Guerreira conseguiu um ônibus com ajuda de seus filhos, para servir a população nos momentos mais difíceis. Há 1 ano este ônibus vêm ajudando nas demandas das comunidades, nos diversas serviços, de variados seguimentos com Igrejas católicas,  Adventista e Assembleia de Deus, além de ajudar no esporte, nas ações da cultura e velórios. O veículo já foi plotado com a marca da vereadora Fátima Araújo, estampando seu compromisso com a população de São Luís.

Além dessa grande atitude de solidariedade, Fátima Araújo tem buscado junto aos governos do Estado e Municipal, benefícios para suas comunidades, como a reforma da Escola Maria José Vaz, do Posto de Saúde do João de Deus, Reforma e Ampliação do Estádio Gaiolão, e agora a implantação do restaurante popular e reforma da Praça e quadra do João de Deus. São inúmeros projetos sociais que a colocam disparadamente como a parlamentar mais atuante da capital maranhense. E como seu Slogan mesmo diz: “Esta sim, tem trabalho para mostrar”.

 

Recadastramento de servidores da Câmara de São Luís começa nesta segunda-feira (5)

COMPARTILHE

Terá início, nesta segunda-feira (5), e se estenderá até o dia 6 de março, o recadastramento dos servidores da Câmara Municipal de São Luís, de acordo com o que foi anunciado no dia 19 do  mês  passado, pelo presidente daquela casa parlamentar, Astro de Ogum.

 O recadastramento é fruto de  acordo firmado com o juiz titular da Vara de Interesses Difusos e Coletivos da capital, Douglas de Melo Martins, que estabeleceu ainda a instalação de ponto eletrônico e adequação do Portal da Transparência.

 A decisão assinada pelo magistrado homologou acordo firmado em Ação Civil Pública proposta pelo Ministério Público Estadual (MP) contra o Município de São Luís.

 CALENDÁRIO

 Os servidores não estáveis terão o prazo de 5 a 9 de fevereiro para serem recadastrados e deverão apresentar os seguintes documentos em original e a Xerox: CPF, PIS\PASEP, comprovante de residência, termo de posse e de lotação e comprovante de escolaridade.

 Os funcionários estáveis serão recadastrados entre os dias 15 e 19 deste mês e terão de apresentar  em original e a Xerox: CPF, PIS\PASEP, comprovante de residência, termo de posse e de lotação e comprovante de escolaridade.

 Para os aposentados e pensionistas, o recadastramento será de 20 a 23 deste mês e eles terão de apresentar, também em original e Xerox, CPF, títulos de proventos, comprovante de residência, PIS\PASEP\NIT. Já os pensionistas deverão exibir a certidão de óbito do servidor que deu origem à pensão.

Os enquadrados na categoria ISO/Comissionados,  serão recadastrados entre os dias 26 a 28 deste mês, também apresentando documentação como portaria de nomeação, lotação, comprovante de residência e CPF, enquanto os enquadrados na Verba de Gabinete, terão os dias primeiro até 6 de março para o recadastramento, com a mesma documentação.

O recadastramento acontecerá entre as 8h30m às 12h30 m, no corredor do Bradesco, no anexo da Câmara Municipal.  O diretor geral da Câmara Municipal, Itamilson Correa Lima asseverou que essa medida visa adequar distorções e dinamizar os trabalhos  do Legislativo Municipal.

“O presidente Astro de Ogum sempre se preocupou em estabelecer metas que possibilitem direcionar a Câmara a um sistema de modernização  em suas ações. O recadastramento se faz necessário, até porque reordena todo o  trabalho de recursos humanos”, asseverou.

Texto: DretCom/CMSL

 

Empresários do transporte público de São Luís desafiam a justiça e rodoviários podem entrar em greve na próxima semana

COMPARTILHE

Aqui no Maranhão parece que aqueles que detém o poder aquisitivo podem fazer e acontecer. Em São Luís os empresários do transporte público desafiam a justiça e fazem o que querem com os funcionários e usuários do transporte. Sem medo da justiça, os donos do transporte público da Região Metropolitana atrasam salários de funcionários, tiram os coletivos novos das ruas e colocam os velhos e nada acontece.

A choradeira de prejuízo já dura mais de 30 anos, mas nenhum empresário quer largar o osso. Mesmo tendo o aumento da passagem, os salários continuam atrasados, sem contar com o décimo terceiro salário que muitos rodoviários sequer receberam. Além disso, o Sindicato dos Rodoviários é não é o mesmo de 2014, quando tudo virava greve e manifestação.

Nesta quinta-feira, dia 01 de fevereiro, o Sindicato dos Rodoviários do Maranhão realizou uma nova Assembleia Geral, que foi conduzida em dois turnos. A categoria retomou as discussões relacionadas aos atrasos de salários, além do não pagamento ou não fornecimento de outros direitos, entre eles, o ticket alimentação, planos de saúde e odontológico.

Após discussões sobre os tópicos, ficou acordado que os rodoviários irão aguardar até o 5º dia útil do mês de fevereiro, que será ‪na próxima quarta-feira‬ (7), como prazo final para que os empresários realizem todos os pagamentos devidos. Caso contrário, no dia seguinte será decretada greve no sistema de transporte público de São Luís, por tempo indeterminado.

A pergunta que se ouve dentro dos coletivos é: onde estão o prefeito Edivaldo Holanda Jr e o secretário municipal de trânsito e transportes, Canindé Barros? São os principais pela licitação que manteve todas empresas em atividade na capital maranhense. Será que dentro da licitação não foi criada nenhuma cláusula que beneficie os trabalhadores e puna os empresários? Ou quem manda mesmo em tudo são os donos das empresas de transportes? Com a palavra Canindé Barros e Edivaldo Holanda Jr. Tá na hora do prefeito ou o secretário se vestir de macho e dar um basta nisso. A população paga e precisa ser respeitada. Onde está o Procon que não se manifesta? Ou usuário de transporte coletivo não é consumidor? A sociedade precisa de uma resposta.

Crianças assistidas pelo Serviço Social da Prefeitura de São Luís participam de oficina de máscara carnavalesca

COMPARTILHE

Uma oficina de criação de máscaras carnavalescas beneficiou crianças e adolescentes da Vila Luizão atendidos pelo Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV). O serviço é executado pela Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal da Criança e Assistência Social (Semcas), e, na região, as atividades acontecem no Centro de Convivência do bairro. A iniciativa foi realizada em parceria com o grupo Potiguar e é mais uma das ações desenvolvidas com o objetivo de favorecer as crianças atendidas pelo serviço.

“A atividade, além de ser inovadora, promove a sustentabilidade e a valorização dessa arte ludovicense produzida durante o Carnaval e incentiva as crianças a conhecerem e respeitarem a nossa cultura local. O trabalho desenvolveu, ainda, a criatividade, fazendo com que cada um personalizasse sua máscara”, disse Selmira Lisboa Silva, diretora do Centro de Convivência da Vila Luizão.

A oficina faz parte do projeto Arte e Sustentabilidade – Criando Possibilidades. Durante as atividades, membros da comunidade confeccionaram máscaras de fofão, personagem tradicional das festas carnavalescas. Para a produção, foram utilizados materiais recicláveis como papelão, jornais, revistas e encartes, visando à sustentabilidade.

Representando o Marketing das lojas do grupo Potiguar, Camila Brasil, explicou a proposta da parceria e do projeto. “A oficina de máscaras conta com o apoio de uma artesã e teve o objetivo de fortalecer o vínculo com a comunidade. Utilizamos materiais de divulgação que não seriam mais utilizados em nossas lojas, possibilitando uma nova destinação a esse material, favorecendo também a sustentabilidade”, ressaltou.

As crianças e os adolescentes atendidos pelo Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV) na Vila Luizão avaliaram positivamente a realização da oficina. “Eu gostaria de agradecer pela oportunidade de participar dessa oficina”, disse Micaely da Silva Andrade, 10 anos, que também é beneficiada com outras atividades que são oferecidas pelo serviço. “Aqui participo de outras atividades como capoeira, música e dança. Gosto muito de estar aqui”, contou.

SERVIÇO DE CONVIVÊNCIA

Na Vila Luizão, o Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV) atende cerca de 120 crianças e adolescente, de 7 a 17 anos. Em São Luís, mais de cinco mil pessoas são atendidas pelo trabalho que tem o objetivo de fortalecer as relações familiares e comunitárias, promovendo a integração e a troca de experiências entre os participantes. As atividades, desenvolvidas em 60 bairros da cidade, possuem um caráter preventivo e são sempre pautadas na defesa e afirmação dos direitos, como forma de enfrentamento para a vulnerabilidade social.

 

Escola ganha reforma e quadra poliesportiva após reivindicação de vereador Marquinhos

COMPARTILHE

Após encaminhar solicitação ao governador Flávio Dino (PCdoB), com cópias aos secretários de Estado da Educação, Felipe Camarão, e de Infraestrutura, Clayton Noleto, o vereador Antônio Marcos Silva, o Marquinhos (DEM), foi atendido pelo governo e comemora a reforma do Centro de Ensino Estefânia Rosa da Silva, localizada no Habitacional Turu.

A unidade de ensino que antes funcionava com o nome de Roseana Sarney, foi desativada em 2014, pela gestão anterior e estava completamente abandonada, praticamente em ruínas, servindo de ponto de venda e consumo de drogas, enquanto os alunos estudam em um prédio alugado.

Para ser devolvida à comunidade escolar de mais de 700 alunos, a escola precisou ser praticamente reconstruída. Assim, toda a estrutura de telhado, piso e sistemas elétrico e hidráulico, assim como algumas paredes precisaram ser refeitas e estão recebendo revestimento.

Os investimentos para reconstrução da escola foram cerca de R$ 1,5 milhões oriundos de convênio com o BNDES. Para dar mais celeridade à obra, 32 operários trabalham para deixar tudo pronto, agora que o período chuvoso está terminando.

De acordo com o vereador Marquinhos, essa reforma demonstra o compromisso e a preocupação do governo com a qualidade do ensino no Maranhão.

“É uma grande felicidade ver essa reforma. Nós sabemos da necessidade da comunidade em ter esse espaço reformado, requalificado e digno para seus filhos”, disse o vereador Marquinhos.

Quando for entregue à comunidade escolar, o C.E. Estefânia Rosa, que fica em uma área de 1.500 m², terá uma estrutura de 11 salas de aula, laboratórios, auditório, anfiteatro, salas de professores, secretaria, biblioteca, todos os espaços forrados e climatizados, além de um anfiteatro destinado às vivências culturais dos alunos e professores, mudanças que gerarão um forte impacto nas condições de ensino.

 

Creche comunitária pede ajuda para continuar funcionando em São Luís

COMPARTILHE

A Escolinha & Creche Nossa Senhora da Conceição está precisando de ajuda para continuar suas atividades com as crianças do bairro Vila Embratel. A creche funciona apenas com ajuda e doações de algumas famílias que participam do projeto de educar as crianças mais carentes da comunidade.

Com mais de vinte anos de funcionamento desde sua fundação, a instituição se mantém sobrevivendo de doações da comunidade, e o projeto inicial da creche surgiu para acolher as crianças das mães carentes que não tinham com quem deixar filhos e no contra-período de sua vida escolar, prevaleceu à solidariedade, auxiliando, assim, os pais e as mães que precisavam ficar o dia todo fora por conta do trabalho.  A Escolinha também tem como objetivo de oferecer um ensino que vai além da subsistência para 120 crianças cadastradas, mas funciona de forma precária.

Em 2015, a Escolinha chegou  a receber melhorias, e entregue aos moradores do bairro da Vila Embratel, fruto de uma parceria do saudoso vereador Edmílson Jansen e lideranças locais, que atenderam aos apelos dos moradores.

O medo e a aflição de ter que fechar a creche por falta de apoio, toma conta de muitas mães de família, que fazem um apelo às autoridades e colaboradores. A Creche Escola fica localizada na Rua da União, no bairro da Vila Embratel , em São Luís. Contatos para doações e ajuda. (98) 987160405.

 

Por Mauro Garcia

Responsive WordPress Theme Freetheme wordpress magazine responsive freetheme wordpress news responsive freeWORDPRESS PLUGIN PREMIUM FREEDownload theme free