casa » Archivo de Etiquetas: Projeto

Archivo de Etiquetas: Projeto

Vereador Osmar Filho garante que até a tarde desta terça-feira (8) será divulgada os integrantes de sua chapa para a eleição de amanhã

COMPARTILHE

Primeiro parlamentar em declarar que seria candidato a Presidente da Câmara Municipal de São Luís, o vereador Osmar Filho (PDT), garantiu em entrevista nesta segunda-feira (7), a chapa ainda não está definida, mas que até a tarde desta terça-feira (8) será divulgada a formação da chapa que concorrerá a mesa diretora para o biênio 2019/2020.

Prestes a completar 32 anos, Osmar Filho vai entrar para a história da Câmara Municipal de São Luís, como o presidente mais novo a comandar a Casa Legislativa Ludovicense. Osmar Gomes dos Santos Filhos, nasceu em 25 de novembro de 1986, é ludovicense e está no seu terceiro mandato de vereador. Casado, Osmar é advogado e se mostra preparado para encarar o comando de uma das Câmaras mais antigas do Brasil.

Eleito em 2016 como o vereador mais votado da capital maranhense, somando 9.809 votos, Osmar Filho encarou as urnas pela primeira vez em 2008 pelo Partido Trabalhista Cristão (PTC), quando foi eleito com 6.923 votos conquistando seu primeiro mandato. Em 2012 já pelo antigo PMDB, Osmar Filho conseguiu 6.825, mas acabou ficando na suplência, assumindo a cadeira após a titular da vaga, Helena Duailibe, assumir a Secretaria Municipal de Saúde. Experiência como parlamentar não será problema para administrar a Câmara.

De acordo com o vereador Osmar Filho, até no final da tarde desta terça-feira, a chapa estará consolidada e será publicada para a população da capital maranhense fique sabendo. Além disso, o futuro presidente falou do planejamento que está sendo feito para comandar a casa durante os próximos dois anos. “Estamos construindo com os colegas parlamentares o melhor para a câmara. Tenho acompanhado de perto a gestão do atual presidente, e podemos observar que houveram avanços na área de transparência, comunicação, já que hoje o cidadão do Maranhão e do Brasil acompanhar as sessões. Vamos fazer um mandato de forma compartilhada, mas será uma gestão voltada para a cidade, aos interesses da população, aproximando cada vez mais os cidadãos do parlamento, para que ele possa participar da construção da Câmara em favor da cidade, sempre valorizando o servidor da Câmara, e esperamos que a gente logre êxitos nesse projeto”, destacou Osmar Filho.

 

 

“Só em 2017 atendemos 10 mil famílias, e realizamos 31 mil procedimentos”, destacou o vereador Genival Alves sobre o Projeto Saúde na Comunidade

COMPARTILHE

Diferente de muitos políticos, o vereador de São Luís, Genival Alves (PRTB) tem mostrado ao Executivo Municipal que é possível fazer quando existe vontade, determinação e compromisso. Autor de apenas três propostas em sua campanha em 2016, o parlamentar já cumpriu com as três em apenas 15 meses de mandato. Categórico ao falar de seus projetos, o vereador destaca suas ações como prioridade ao povo ludovicense. Genival Alves é daqueles que enfrenta as dificuldades com planejamento e mostra por que foi eleito vereador da capital maranhense.

“Das três propostas que criamos na campanha, já transformamos em projetos para as comunidades e estão sendo executados, como o Instituto de Recessão para Dependentes Químicos, que funciona no bairro Cidade Olímpica,  o Gabinete Externo, para atender a população nas comunidades e não no gabinete, onde já existem dois e serão inaugurados mais dois. O outro projeto é o Saúde na Comunidade, onde nós transformamos a Escola Municipal em um hospital por um dia, levando todos os exames da saúde básica da família, do preventivo a diversos outros exames, e ainda transformamos uma das salas da escola em farmácia popular, e todas as pessoas que são consultadas, da criança ao idoso, recebem o medicamentos de graça, além da consulta e exames que são gratuitos. Tudo isso bancado com o meu salário. Eu pego meu salário e transformo ele ações, em saúde e levo para quem precisa”, destacou o vereador.

Genival Alves ainda enfatizou que não pode fazer este tipo de ação em todos os bairros ao mesmo tempo. De acordo com o parlamentar, a cada mês sua equipe escolhe uma comunidade, levando o projeto com consultas, exames e medicamentos gratuitos. Segundo o vereador, só em 2017 o projeto Saúde na Comunidade atendeu 10 mil famílias e realizou 31 procedimentos. Genival Alves ainda destacou que todas ações ficarão ainda melhor, já que em abril ele entregará às comunidades a Carreta Saúde da Comunidade equipada para atender quem não tem plano de saúde.

“A liderança de qualquer comunidade que sabe e conhece a problemática da saúde de seu bairro pode nos procurar. Esqueça partido, que eu não estou preocupado com partido ou em quem você votou. Nossa  preocupação é com a saúde da sua comunidade e de sua família. Vestimos a camisa em defesa da saúde, da família e das pessoas de São Luís”, destacou o vereador, lembrando que a partir de abril não será mais necessário ocupar Escolas, Igrejas ou Associações, já que a Carreta da Saúde da Comunidade está chegando.

Começaram as inscrições para o projeto Viva Mais Saúde nos bairros João de Deus e Pirapora

COMPARTILHE

Estão abertas as inscrições para quem deseja participar do Projeto Viva Mais Saúde, criado pela vereadora Fátima Araújo. O projeto envolve aulas de Ginástica Aeróbica, popularmente conhecida por Zumba. Os interessados deverão ir até um dos polos do Projeto. O polo I funciona na antiga Proab no bairro João de Deus, às 18h, as segundas, quartas e sextas-feiras, e o polo II fica localizado no Centro Caquético no bairro Santo Antônio – rua do Êxodo, S/N – e funciona todas as terças, quintas e sextas-feiras, a partir das 17h30.

O Projeto é totalmente gratuito, e participante só precisa ter vontade de fazer as aulas. Os documentos necessários para fazer a inscrição, são cópias do CPF e RG. Apresentando os documentos, o aluno preenche uma ficha. O projeto envolve jovens e adultos, mas as crianças acompanhadas dos pais também participam.

Atualmente com 2 polos em funcionamento, o Projeto Viva Mais Saúde  já conta com aproximadamente 1.200 alunos participando ativamente  de segunda a sexta-feira. Com grandes profissionais, o projeto conta com 4 professores que são responsáveis pelos polos do João de Deus e Pirapora. O Viva Mais Saúde é mais um dos projetos de autoria da vereadora Fátima Araújo.

Como forma de ajudar no condicionamento físico e melhorar a saúde da população, a vereadora Fátima Araújo pretende investir ainda mais nesse projeto que já é de grande valia. Pensando nisso, a Pequena Guerreira solicitou através de requerimento e indicação ao poder executivo municipal e estadual uma academia ao ar live para que as pessoas possam se exercitarem na hora que quiserem e puderem.

Por Maxsuel Bruno

Alunos do Projeto Educar para Vencer voltam às aulas nos polos I, II e III

COMPARTILHE

Após o período de férias, o Projeto Educar para Vencer retornou nesta segunda-feira (19) e devido a programação de aulas por Polos, somente o Polo I da Vila Conceição funcionou nesta segunda-feira. Está marcado para esta terça-feira (20) o início dos Polos II – João de Deus e III – Pirapora. Única apoiadora do Projeto, a vereadora Fátima Araújo, falou a nossa reportagem sobre o retorno das aulas do Projeto.

“Após o período de férias, o Projeto está de volta a todo vapor. Hoje teve início no Polo I na Vila Conceição e manhã (20) será a vez dos Polos II e III nos bairros do João de Deus e Pirapora. Sem dúvidas, meu coração está muito feliz em ver essas lindas crianças na sala de aula sendo educadas com muito amor e carinho, e como o nome do Projeto já diz, Educadas para Vencer. Sempre foi vontade do meu coração colocar em prática essa ideia do Projeto. Era um sonho pra mim, e hoje está sendo realizado com sucesso graças a Deus”, destacou a parlamentar.

Criado com o intuito de dar uma melhor educação para as crianças das comunidades do eixo João de Deus, o Projeto além de beneficiar os alunos, também contribui economicamente para os pais dos alunos, que economizam o dinheiro que pagariam para que seus filhos tivessem aulas de reforço.

Além de ser gratuito, o Projeto também disponibiliza fardas e lanches de qualidade aos alunos. De autoria da vereadora Fátima Araújo, o Projeto teve início no dia 04 de outubro de 2017, e hoje conta com a aproximadamente 200 alunos matriculados nos 3 polos.  10 profissionais da educação são responsáveis pelas aulas nos 3 polos.

Por Maxsuel Bruno

Projeto Turismo na Escola leva alunos da rede pública de ensino ao CLA e pontos turísticos de Alcântara

COMPARTILHE

O Projeto Turismo na Escola criado pelas secretarias de Cultura, Turismo e Juventude, em parceria com a secretaria de educação, leva alunos da rede pública de ensino para conhecer o Centro de Lançamento de Alcântara (CLA) e pontos turísticos da cidade histórica.

Nesta sexta-feira (27), os diretores Alim Pereira (turismo) e Maurício Cesar (juventude), idealizadores do Projeto, levaram 39 alunos e professores das Escolas Municipais Vereador Júlio Monteiro e Marechal Castelo Branco, localizadas nas comunidades Japeú e Raimundo Sú, respectivamente, que foram os pólos educacionais que englobam as comunidades (Mocajituba, Itamatatiua, Jacaré, Macaco, São Pedro, Primirim e Japeú) para conhecerem o CLA. A tarde o passeio aconteceu no centro histórico, casas históricas, museu histórico e trilha beirada de Alcântara, que teve a participação do professor Reginaldo filho Corvelo.

O principal objetivo da visita é apresentar à comunidade estudantil as atividades desempenhadas pela organização militar da Força Aérea Brasileira, responsável pelo lançamento e rastreio de engenhos aeroespaciais, localizada no município do interior maranhense. Além disso, os estudantes puderam conhecer um pouco da história da cidade que compõe o maior acervo arquitetônico do Maranhão e que faz parte da vida dos alcantarenses.

Ao chegarem à cidade de Alcântara os visitantes puderam conhecer a área construída do CLA por meio de uma maquete, instalada na entrada do Prédio do Centro Técnico, onde está localizada parte dos setores administrativos e operacionais e a Direção do Centro. Em apresentação institucional, alunos e professores puderam compreender o contexto que envolve um programa espacial, histórico das atividades espaciais no país, meios disponíveis e avanços que foram implementados no CLA nos últimos anos, operações realizadas em Alcântara e no exterior, bem como as principais formas de ingresso à FAB, seja via alistamento militar, concursos ou seleções públicas.

A aluna da Escola Estadual Marechal Castelo Branco, Maria Alice, de 15 anos, gostou do que aprendeu com a visita ao CLA. “É a primeira vez que eu visito o CLA e eu agradeço muito essa oportunidade. Gostei bastante e aprendi coisas que nem imaginava que existiam, não sabia que existiam mais de 1.500 satélites ativos. Hoje vou levar conhecimentos para pessoas que nunca tiveram a possibilidade de conhecer o Centro”, afirmou a estudante moradora da comunidade Itamatatiua.

Após a apresentação, os visitantes puderam conhecer as instalações operacionais do CLA, iniciando pelo Centro de Controle, onde é feita a coordenação das operações realizadas em Alcântara, e as estações de Meteorologia (previsão meteorológica), de Telemedidas (antenas para coleta de dados em voo via telemetria) e Radar Adour (radar de rastreio de trajetória em voo), ambos localizados na parte central do CLA, no Setor de Comando e Controle (SCC).

A visita ao CLA foi encerrada no Setor de Preparação e Lançamento (SPL), com alunos e professores conhecendo a Torre Móvel de Integração (TMI), a plataforma de operação e lançamento do Veículo Lançador de Microssatélites (VLM), foguete em desenvolvimento pelo Brasil em parceria com a Alemanha, que visa colocar em órbita a partir de Alcântara microssatélites.

“É extremamente importante recebermos alunos no Centro, ainda mais em se tratando de alunos do município de Alcântara, para que possamos demonstrar as atividades que desenvolvemos. Por outro lado, com projetos como esse, esperamos levar conhecimentos e incentivar a comunidade local em relação às carreiras ligadas à ciência e tecnologia, especialmente aquelas voltadas para o setor aeroespacial”, explica o Coronel Engenheiro Luciano Valentim Rechiuti, Diretor do CLA.

PROJETO TURISMO NA ESCOLA

Essa foi a terceira visita ao CLA dentro do Projeto “Turismo na Escola”,  idealizado pela Secretaria Municipal de Juventude, Esporte e Lazer e Secretaria Municipal de Cultura e Turismo da Prefeitura de Alcântara.

O objetivo do projeto é propiciar aos estudantes da zona rural, acesso aos espaços culturais, históricos, artísticos, turísticos, tecnológicos e ambientais do município, através de visitações in loco, contribuindo para a formação dos estudantes, através da vivência e troca de conhecimento. Além da promoção de atividades pedagógicas que incentivem e fomentem a preservação do patrimônio material e imaterial, através de palestras, rodas educativas, e ações de mobilização.

“A gente vê com grande importância a participação do Centro de Lançamento de Alcântara, que entra nesse roteiro do projeto como um dos principais locais de visitação. É uma grande satisfação visitar o CLA com nossos alunos do nono ano que irão para o ensino médio levando esse conhecimento e uma ideia adequada do que realmente é o Centro”, explicou o Sargento Leitão, ex-militar do CLA, e atualmente vice-prefeito de Alcântara que também participou da visita.

Estiveram presentes o secretário Hermison Martins (Juventude, Esporte e Lazer), o vice-prefeito Sargento Leitão, os diretores Alim Pereira (turismo) e Maurício Cesar (juventude), além do Tenente Huxley Bruno (CLA) e Soldados George e Kelson (palestrantes).

Por ASCOM DO CLA 

 

Bairro Ferro de Engomar recebe atividades do projeto Saúde, Esporte, Lazer e Cidadania

COMPARTILHE

O Ferro de Engomar, um dos bairros mais populosos de Bequimão, recebeu no início de julho o projeto Saúde, Esporte, Lazer e Cidadania, idealizado para atender comunidades quilombolas, e de vulnerabilidade social. O trabalho é desenvolvido por professores do Departamento de Educação Física da Universidade Federal do Maranhão (UFMA) e, no município, teve apoio da Prefeitura Municipal de Bequimão e do Gabinete do Deputado Estadual Zé Inácio.

A atividade foi realizada no campo de futebol “Binezão”, que fica na estrada do Quindíua, com participação de 260 crianças e adolescentes entre as idades de 8 a 17 anos, além de 50 pais e responsáveis. Envolveram-se na ação 25 acadêmicos de Educação Física da UFMA, duas professoras da instituição e uma professora de Educação Física colaboradora, sob coordenação da professora Juciléa Neres Ferreira, que é doutora em Enfermagem em Saúde Pública.

Foram mobilizados alunos das escolinhas de futebol de Bequimão e Alcântara, bem como estudantes da Unidade Escolar Manuel Beckman. As práticas de esporte e lazer também serviram como mote para orientações sobre prevenção de doenças crônicas, como a hipertensão, diabetes e obesidade.

“A prática esportiva efetivada nesta ação se propôs a capacitar os estudantes a lidar com suas necessidades e expectativas, desenvolvendo suas competências técnicas, sociais e comunicativas, essenciais ao processo de desenvolvimento individual e social. O esporte desenvolve a experiência em grupo, potencializa os mecanismos individuais de autocontrole e valoriza a estruturação das relações interpessoais, contribuindo, ainda, para a superação da resistência à frustração, aceitação de normas e tarefas de seu grupo social”, explicou a professora de Educação Física, Maria Lúcia Sodré.

Fotos: Rodrigo Martins

Prefeito de Bequimão assina termo de adesão ao Polo Turístico Floresta dos Guarás

COMPARTILHE
O Prefeito de Bequimão, Zé Martins (PMDB), e a secretária municipal de Meio Ambiente e Turismo, Keila Soares, assinaram o Termo de Adesão ao Programa de Regionalização do Turismo, do Ministério do Turismo, ratificando o interesse do município em integrar a Região Turística Floresta dos Guarás.
O prefeito Zé Martins enfatizou a importância do programa para o desenvolvimento socioeconômico do município, que tem uma diversidade de atrações culturais e naturais para visitantes e moradores. “Com essa adesão poderemos pleitear ações e receber recursos orçamentários para os projetos de turismo local, além de reforçar o apoio para o desenvolvimento do turismo regional em cooperação com os demais municípios de nossa região turística, que também estão unidos pelo consórcio Conguarás”, explicou o gestor.

“A administração do prefeito Zé Martins tem atuado bem, oferecendo infraestrutura e suporte técnico e administrativo para o desenvolvimento dos atrativos turísticos em Bequimão, por meio de ações contínuas e parcerias eficazes, como é o caso do Sebrae e o empresariado local”, ressaltou a secretária de Meio Ambiente e Turismo, Keila Soares.
PROGRAMA DE REGIONALIZAÇÃO DO TURISMO E O MAPA DO TURISMO BRASILEIRO
A Política Nacional de Turismo, estabelecida pela lei 11.771/2008, tem dentre os seus princípios a regionalização do turismo. Mesmo um município que não possua clara vocação para o turismo – ou seja, que não recebe o turista em seu território – pode dele se beneficiar. Para isso, o município precisa desempenhar um papel de provedor ou fornecedor de mão-de-obra ou de produtos destinados a atender o turista. O trabalho regionalizado permite ganhos não só para o município que recebe o visitante, mas para toda a região.

 

Embasando-se em recomendações da Organização Mundial de Turismo, o Ministério do Turismo adotou em 2004 essa política focada no desenvolvimento regional, dando maior protagonismo às Unidades da Federação. O Programa de Regionalização do Turismo trabalha a convergência e a interação de todas as ações desempenhadas pelo ministério com estados, regiões e municípios brasileiros. Seu objetivo principal é o de apoiar a estruturação dos destinos, a gestão e a promoção do turismo no País.
O Mapa do Turismo Brasileiro é um instrumento de orientação para a atuação do Ministério do Turismo no desenvolvimento de políticas públicas, tendo como foco a gestão, estruturação e promoção do turismo, de forma regionalizada e descentralizada. Sua construção é feita em conjunto com os órgãos oficiais de Turismo dos estados brasileiros.
Mais informações sobre a Floresta dos Guarás ACESSE AQUI

Governo elabora projeto para construir novo cais flutuante em Alcântara

COMPARTILHE

Na segunda-feira (10), o presidente da Agência Executiva Metropolitana (Agem), Pedro Lucas Fernandes, entregou a concepção do projeto de novos cais flutuantes para São Luís e Alcântara, ao Capitão-de-Mar-e-Guerra André Luiz Trindade Gomes, comandante da Capitania dos Portos do Maranhão, para aprovação da Marinha do Brasil.

A ideia elaborada pelos técnicos da Agem e da Administração das Hidrovias do Nordeste (Ahinor) foi apresentada anteriormente ao governador Flávio Dino, que aprovou a construção, por entender a necessidade de melhorar a integração entre as cidades e modernizar o atracadouro de Alcântara, um dos principais acessos à Baixada Maranhense.

Após o aval do governador, a Agência Metropolitana tem articulado com os gestores das duas cidades (São Luís e Alcântara) para viabilizar a realização do projeto, por meio de parceria. A expectativa é que a licitação seja realizada o mais breve possível, após a aprovação do projeto de execução.

PROJETO
Serão construídos terminais portuários de pequeno porte, com o objetivo de dar mais estabilidade aos horários de viagens hidroviárias que ocorrem entre São Luís e Alcântara. Quando estiver em funcionamento, esses novos cais flutuantes trarão mais segurança nas operações de embarque e desembarque, nos padrões exigidos pela Marinha do Brasil e possibilitará a travessia a qualquer hora do dia ou da noite – o que pode aumentar o fluxo de turistas.

O projeto faz parte do Plano de Ações da Região Metropolitana da Grande São Luís, desenvolvido pela Agem, que engloba também a mobilidade urbana. “Estamos articulando projetos e programas integrados para o cumprimento de funções públicas de interesse comum e assim melhorar a vida de milhares de maranhenses que vivem na região metropolitana”, pontuou Pedro Lucas, presidente da Agem.

O único cais que existe na cidade está bastante deteriorado e ameaça afundar. A peça serve para desembarcar os moradores, visitantes e até militares que chegam para a base de Lançamento de Foguetes da Força Aérea Brasileira (CLA). A responsabilidade pela manutenção é da prefeitura de Alcântara, mas o governo do estado do Maranhão, através da gestão metropolitana, tomou a iniciativa de resolver este problema que preocupa moradores.

Foto: Divulgação

Por MA.GOV.BR

 

Com o apoio da Vereadora Fátima Araújo, projeto “Viva Mais Saúde”, promove a alegria na comunidade

COMPARTILHE

Iniciado há quase 2 meses, o projeto “Viva Mais Saúde”, já faz sucesso entre as famílias das comunidades dos bairros João de Deus, Vila Conceição, Pirapora, Santo Antônio e São Cristóvão. Contando com auxílio das professoras Talyta, Valéria e Marleide, as aulas são realizadas todas as segundas, quartas e sextas-feiras, sempre das 18h30 às 19h30. Os interessados a participarem terão que passar pela avaliação de um fisioterapeuta e um nutricionista; a inscrição custa somente um quilo de alimento não perecível, que será doado às famílias carentes da comunidade em que o projeto é realizado.

O Projeto “Viva Mais Saúde”, oferece 3 modalidades diferentes, em dias alternados, sendo eles: Ginástica, Ritmos e Zumba. Com o objetivo maior de promover bem-estar físico e emocional dentro da comunidade.

Batizado como “Viva Mais Saúde”, o projeto conta com o apoio exclusivo da Vereadora Fátima Araújo (PCdoB), que atendendo ao pedido da comunidade (que queria que a mesma estivesse à frente do projeto), mantêm as atividades com seus próprios recursos e esforços.

O projeto funciona na antiga Proab do bairro João de Deus, na rua Gardênia Ribeiro Gonçalves, próximo ao Posto de Saúde do João de Deus. Dentro desse projeto, outras atividades serão implantadas.

POR Maxsuel Bruno

Projeto de Gutemberg Araújo prevê condições de repouso a enfermeiros

COMPARTILHE

Por meio de um projeto de lei, o vereador Gutemberg Araújo (PSDB) está apresentando uma proposta para “instituições de saúde, públicas e privadas, ofertarem aos profissionais de enfermagem as condições adequadas de repouso, durante todo o horário de trabalho”. Na sua proposição, ele quer estabelecer que o intervalo para repouso dos profissionais de enfermagem será de uma hora para aqueles que atuam em período de plantão, diurno e noturno, com duração igual ou superior a doze horas.

Tendo como argumento que o Conselho Federal de Enfermagem, em parceria com a Fundação Oswaldo Cruz, realizou pesquisa sobre o perfil da enfermagem no Brasil, o vereador enfatiza que durante as várias conclusões do citado estudo, uma chama a atenção: a inexistência de locais adequados para o repouso dos profissionais.

Ele aponta para a ausência de condições adequadas para o descanso dos enfermeiros, além de prejudicar a saúde desses obreiros, coloca em risco o bem estar dos pacientes por eles atendidos.

FIBROMIALGIA

Também está tramitando nas comissões técnicas da Câmara Municipal uma proposição de Gutemberg Araújo que institui no município o Dia de Conscientização e Enfrentamento à Fibromialgia, a ser comemorado anualmente no dia 12 de maio. Aproveitando, ele pede que essa data passe a integrar o calendário oficial de eventos do município.

No seu projeto, o tucano diz que o projeto tem como objetivos “conscientizar a população ludovicense sobre a importância de aprender sobre a doença e estimular ações educativas e sociais realizadas pela administração pública direta e indireta, entidades privadas e a sociedade civil com o intuito de difundir conhecimentos, facilitando com isso o diagnóstico precoce da fribomialgia”.

Gutemberg Araújo esclarece ainda em sua proposta que poderá o Poder Executivo Municipal celebrar convênios, acordos, parcerias e outros instrumentos de cooperação com órgãos públicos ou privados, que tenham objetivos semelhantes aos elencados no seu projeto.

 

Texto: Alteré Bernardino

Responsive WordPress Theme Freetheme wordpress magazine responsive freetheme wordpress news responsive freeWORDPRESS PLUGIN PREMIUM FREEDownload theme free