casa » Archivo de Etiquetas: Procon

Archivo de Etiquetas: Procon

Vereadora Fátima Araújo realizará neste sábado (25) uma Ação Social no Anexo do Cintra do Anil

COMPARTILHE

Com um trabalho diferenciado, focado na realidade das comunidades ludovicense e buscando melhorar as condições de vida de cada habitante, a vereadora de São Luís, Fátima Araújo (PCdoB) tem lutado incansavelmente dia e noite buscando parcerias que possam possibilitar ações que beneficiem moradores de bairros da região do João de Deus e adjacência. Conhecedora das dificuldades que os moradores enfrentam, a Pequena Guerreira realiza ações sociais em cada bairro facilitando a locomoção dos habitantes.

Em mais uma grande parceria bem sucedida com o Governo do Estado, por meio do Procon Móvel, a vereadora Fátima Araújo traz mais uma ação social do Viva Cidadão que vai emitir CPF e RG, além de outras certidões, inteiramente grátis.

A ação vai acontecer neste sábado, dia 25 de novembro, a partir das 8h da manhã, encerrando-se ás 5h da tarde, no Anexo do Cintra, no bairro Anil. Esta Ação Social é mais uma solicitação da Vereadora Fátima Araújo por meio de indicação aprovada em março de 2017 na Câmara Municipal de São Luís e encaminhada ao Governo do Estado. Esta sim, tem trabalho para mostrar! Toda equipe de Assessores da vereadora Fátima Araújo estará presente na ação acompanhando a Pequena Guerreira.

Compareça, leve sua família, convide seus amigos, vizinhos, parentes e aproveite essa grande oportunidade!

Fátima Araújo vai realizar mais uma Ação Social neste sábado (4)

COMPARTILHE

Uma das marcas da vereadora de São Luís, Fátima Araújo (PCdoB) é sempre investir no serviço social. Pensando na comodidade dos moradores do João de Deus e bairros vizinhos, a Pequena Guerreira tem realizado inúmeras ações sociais em parceria com a Prefeitura de São Luís e Governo do Estado, através do Procon.

Para ampliar o leque de pessoas beneficiadas a vereadora vai realizar mais uma ação social neste sábado, dia 4 de novembro, no bairro Jardim Conceição, com retirada de Carteira de Identidade (RG) e CPF inteiramente grátis, em mais uma parceria bem sucedida entre a vereadora Fátima Araújo, Governo do Estado e PROCON Móvel (viva cidadão).

Os moradores do João de Deus e bairros vizinhos que ainda precisam tirar seus documentos, a oportunidade será neste sábado a partir das 8h da manhã na Igreja Assembleia de Deus, localizada na Rua 1, ao lado da Vila Lobão. O ponto de referência para você localizar essa ação, basta entrar na Pedrina, que fica na Avenida Santos Dumont, depois a primeira rua à esquerda.

E para descontrair a criançada, a vereadora Fátima Araújo vai disponibilizar um Pula-pula. Quem conhece as ações sociais da vereadora, sabe, “Essa tem trabalho para mostrar”.

Fátima Araújo realiza Ação Social no bairro João de Deus

COMPARTILHE

A vereadora de São Luís, Fátima Araújo (PCdoB), também carinhosamente chamada de Pequena Guerreira, realizou nesta quinta-feira (12), dia de Nossa Senhora Aparecida, uma grande Ação Social em parceria com o governo do estado, por meio do Procon Maranhão em comemoração ao Dia das Crianças. A ação aconteceu na Escola Chapeuzinho Vermelho localizada na Avenida Tales Neto, bairro João de Deus, que contou com a emissão de Carteira de Identidade (RG), CPF e demais documentos e vai até sábado, dia 14.

A equipe do Procon-Maranhão capitaneada pelo presidente do órgão, Duarte Júnior, esteve presente na ação, que juntamente com a vereadora Fátima Araújo distribuíram brinquedos para as crianças do projeto “Educar para vencer”. Foram 220 brinquedos distribuídos que fizeram a alegria dos estudantes.

Para a vereadora, a Ação Social é uma indicação sua ao governo e atendida pelo presidente do Procon, Duarte Júnior. “Quero agradecer toda equipe do Procon, em especial ao Duarte Jr, que trouxe 120 brinquedos para nossas crianças do projeto Educar para vencer. Essa é a minha missão, trabalhar pelo povo de minhas comunidades” – destacou Fátima Araújo.

 

FOTOS: Fátima Araújo

 

Ferryboat é fiscalizado pela milésima vez e nada melhorou até agora

COMPARTILHE

A situação dos ferryboats, que transportam passageiros do terminal Ponta da Espera/Cujupe/Ponta da Espera é cada vez pior. Desde que foi criada a Agência de Mobilidade Urbana (MOB) como órgão fiscalizador do transporte público do Maranhão, o Procon já fiscalizou os ferryboats aproximadamente 1.999 vezes e nada melhorou.

Nesta terça-feira (26), o deputado estadual Júnior Verde (PRB), e a Comissão de Assuntos Municipais e Desenvolvimento Regional da Assembleia Legislativa, da qual o parlamentar é membro, querendo aparecer na mídia, inventou mais uma fiscalização para verificar as condições de funcionamento dos ferry-boats, que o Brasil todo já sabe como funcionam.

Os deputados Bira do Pindaré (PSB), Wellington do Curso (PP), Cabo Campos (DEM) e Zé Inácio (PT) também estiveram no Terminal da Ponta da Espera. Eles foram detectar, in loco, as necessidades dos usuários, bem como observar os problemas mais urgentes, principalmente no que diz respeito às embarcações. Entre os deputados que foram fiscalizar os ferryboats, Zé Inácio é o único que conhece as deficiências das embarcações e a humilhação aos passageiros, já que o parlamentar é baixadeiro por natureza.

Ao chegarem, os parlamentares foram recebidos pelo diretor de Operações da Empresa Maranhense de Administração Portuária (EMAP), José Antônio Magalhães, que os conduziu a somente a dois ferry-boats, o que mostra que essa operação mais parece um passeio náutico, do que uma fiscalização. O tour pelas embarcações ocorreu na presença do presidente do PROCON-MA, Duarte Júnior, que já fez essa “operação” 1.999 vezes e nenhum resultado positivo já foi obtido até agora.

Os deputados entraram nos ferry-boats Cidade de Tutóia (operado pela empresa Serviporto) e Cidade de Alcântara (gerenciado pela Internacional Marítima) e constataram uma série de necessidades, principalmente no primeiro. Eles conversaram com passageiros e ouviram reclamações, inclusive em relação à carestia dos produtos vendidos nas lanchonetes, lentidão das embarcações e até ao sistema de venda de passagens. E se fiscalizarem as outras embarcações, podem provar do mesmo “veneno” que milhares de baixadeiros degustam todos os dias na baía de São Marcos.

Os passageiros acompanharam toda a movimentação. O funcionário público Jean Reis foi um dos que se pronunciou. “Nós queremos mais dinamismo, mais conforto nas cadeiras e mais segurança. As embarcações são lentas e o ar condicionado só funciona em alguns. Esperamos que o Governo do Estado providencie a licitação que prometeu”, reclamou.

Segundo José Roberto Francisconi, diretor administrativo da Internacional Marítima, as embarcações da empresa seguem os itens de segurança e utilizam uma quantidade de coletes superior ao exigido pela legislação. “Nossa capacidade é para 900 passageiros, mas nunca navegamos com essa quantidade, sempre menos. E recebemos a inspeção da Marinha. Além disso, temos balsas de salvamento dentro do padrão exigido”, informou o diretor, que acha que conforto é ter coletes de sobra na embarcação.

A Comissão produzirá relatório com todos os pontos negativos elencados. O documento será encaminhado ao PROCON-MA e à Agência de Mobilidade Urbana (MOB). Só que em nenhum lugar do mundo, pode-se fazer relatório de fiscalização, se apenas 25% das embarcações foram fiscalizadas. É bom lembrar, que milhares de vidas estão em risco diariamente nessa travessia. É necessário fiscalizar todos os Ferryboats para ter um diagnóstico completo, ouvindo depoimentos de passageiros.

 

Promoção Exclusiva: Na compra de uma passagem de Ferry Boat o passageiro ganha um bronzeamento no estacionamento na Ponta da Espera

COMPARTILHE

Se a ideia das autoridades é melhorar a qualidade do transporte quando o assunto é ferry-boat, até agora nada mudou, ou melhor, mudou para pior. Na semana passada fiscais do Procon e da Agência de Mobilidade Urbana estiveram, segundo eles, fiscalizando as embarcações, e de acordo com os passageiros, só estão atrapalhando os serviços das empresas e principalmente a vida dos passageiros.

Hoje (19) por volta do meio dia, a redação do Portal de Notícias recebeu uma denúncia que vale ser avaliada por órgãos competentes como MOB, PROCON e Marinha, sobre a venda das passagens que ao invés de serem dentro do terminal, segundo os funcionários da Empresa Serv Porto que foram questionados pelo passageiro que fez a denúncia, a mudança é uma ordem do governo do estado e segundo eles, se não for cumprida a empresa será multada pelo Procon. [Entendeu?]

Desde mil novecentos e cachorra parida, a compra do bilhete de passagem na Ponta da Espera acontecia na cabine próxima da portaria de entrada e saída, o que facilitava a vida de todos, principalmente grávidas, idosos e pessoas com mobilidade reduzidas. De acordo com a denúncia, os passageiros desembarcam no terminal e voltam a pé no sol escaldante para compra seu bilhete em uma cabine montada próxima da barreira da PM no estacionamento.

A redação do Portal entrou em contado com o presidente do Procon Duarte Jr via mensagem de Whtasapp, desde as 12h55  desta segunda-feira (19), mas até este momento [22h55] nenhuma nota de explicação foi enviada para a redação. Esperamos que seja tomada uma providência com urgência, já que o caso atinge milhares de pessoas, diferente de um aparelho de AR condicionado que “pifou” no cinema e o Procon chegou primeiro que o técnico de manutenção.

Também entramos em contato com a MOB e a empresa Serv Porto, mas infelizmente não obtivemos resposta, principalmente quando a denúncia é feita por este Portal, já que o editor é passageiro frequente dos ferryboats, e conhece cada abuso, e principalmente as humilhações.

O espaço está aberto aos citados para qualquer resposta aos usuários do Ferry boat que precisam ser respeitados…

Alô Procon-MA: Sistema de bilhetagem eletrônica dos coletivos de São Luís apresenta desconfiança aos usuários

COMPARTILHE

Muitos usuários do sistema de transporte coletivo da Região Metropolitana da capital estão desconfiados com o sistema de bilhetagem dos ônibus urbanos e semi-urbanos que rodam nos municípios de São Luís, São José de Ribamar, Raposa e Paço do Lumiar. De acordo com vários usuários, as empresas tiram do visor o valor descontado em cada passagem e o passageiro não sabe quanto está pagando para viajar, principalmente estudantes que pagam meia passagem.

Segundo denunciantes, onde deveria aparecer o valor descontado na tela, principalmente quando o cartão é estudantil, fica fixo no visor apenas #111 que não representa nada e está ali apenas para confundir a cabeça dos passageiros. Como forma de constatar a veracidade da denúncia, o editor deste Portal de Notícias percorreu grande parte da capital de ônibus coletivo e constatou que a denuncia tem veracidade. Nos ônibus da Requinte, Maranhense e Taguatur que fazem linha para região do Maiobão, estão sem mostrar o valor descontado e muitos virados para os cobradores, onde o passageiro não tem acesso ao visor do aparelho. Nos demais ônibus para outras regiões poucos estão aparecendo o valor descontado.

O Editor questionou alguns cobradores, mas as respostas foram unânimes: “Não sei de nada, aqui apenas cumpro ordem. Ha mais ou menos um mês que isto foi virado, mas não sei o motivo. Muitos passageiros já me questionaram, mas eu sinceramente não sei explicar” – destacou um cobrador de ônibus.

Nossa equipe tentou entrar em contato com o SET, mas devido o horário e por ser um sábado ninguém atendeu as ligações. O mesmo aconteceu com a SMTT. Mas o espaço fica aberto para quem queira se manifestar, a favor ou contrário sobre o assunto.

Para finalizar, gostaríamos que o presidente do Procon-Maranhão, Duarte Júnior, que em feito bom trabalho, precisa urgentemente fiscalizar e se for comprovado essa denúncia, chamar a polícia, já que além de lesar o consumidor, estariam cometendo um crime grave.

 

 

Ação Social de Fátima Araújo em parceria com o Procon beneficia dezenas de pessoas no Lago Azul

COMPARTILHE

Uma marca que consagrou a vereadora Fátima Araújo (PCdoB) como a Pequena Guerreira na capital maranhense, continua fazendo a diferença e a coloca como a parlamentar que mais realiza ações sociais em São Luís.

Esta semana a vereadora realizou uma Ação Social em parceria com o Procon que beneficiou dezenas de moradores do bairro Lago Azul, região do Conjunto São Raimundo em São Luís. O evento serviu para retirar RG e CPF para todas as idades. Foram três dias de Ação (12,13 e 14), e foi realizada, na Associação Rural de Lago Azul, localizada na Avenida Cleber Verde.

Só este ano, em 8 meses de parlamento, a vereadora Fátima Araújo tem realizado grandes ações em parcerias com os governos municipal e estadual. Foram centenas de pessoas beneficiadas, que vai de documentos a consultas e exames.

De acordo com a vereadora, sua maior vontade é melhorar a vida das pessoas. “Não entrei na política por outro objetivo, a não ser ajudar às pessoas. É por isso que fui eleita e isso me deixa feliz. Quando não posso ajudar, me sinto mal. Graças a Deus tenho conseguido vários benefícios para nosso povo” – disse Fátima Araújo.

Indicação de Fátima Araújo leva atendimento do Procon/Viva para comunidades

COMPARTILHE

Após aprovação de indicação da vereadora Fátima Araújo na Câmara Municipal de São Luís, em que ela pediu ao governador do estado, Flávio Dino (PCdoB), a comunidade de Vila Lobão, recebeu ações do Procon/Viva cidadão, no último dia 04, com atendimento em média de 100 à 120 pessoas por dia.

Os moradores das comunidades já beneficiadas receberam os serviços de emissão de Carteira de Identidade, CPF, antecedentes criminais, e registros de reclamações de problemas na relação de consumo. Os atendimentos já beneficiaram população de três bairros, somando centenas de atendimentos e serviços prestados. As próximas ações já têm datas marcadas (dia 05 de agosto na Vila Conceição/João de Deus e Lago Azul e João Paulo, dias 12,13 e 14 de setembro e fecha dia 04 de novembro no Jardim Conceição).

Durante os dias de atendimento, a vereadora Fátima Araújo esteve presente acompanhando da ação de perto. Como autora da indicação, a Pequena Guerreira, se sente bem estando no meio do povo e fiscalizando todo trabalho, ouvindo cada cidadão atendido e novas demandas da população.

 

Texto: ASCOM/FÁTIMAARAÚJO

 

Indicações de Fátima Araújo beneficiam comunidades da Região do João de Deus

COMPARTILHE

A vereadora Fátima Araújo (PCdoB), teve indicações aprovadas pela Câmara Municipal de São Luís que vão beneficiar milhares de moradores de bairros como João de Deus, Pirapora, Vila Lobão, João Alberto, Vila Conceição/João de Deus, Jardim Conceição e Logo Azul. A ideia visa aproximar o poder público dos moradores com serviços sociais essenciais.

As indicações foram direcionadas ao Procon/Viva, levando serviços através de atendimento móvel aos moradores dos bairros indicados pela Pequena Guerreira. Após aprovação e encaminhado ao governador Flávio Dino, os serviços já foram realizados no João de Deus, Pirapora e na próxima semana será a vez da Vila Lobão.

Outros moradores serão beneficiados, como a população do João Paulo, que terá os serviços de 12 à 14 de setembro, Vila Lobão (que será de 04 a 07 de julho). Já a Vila Conceição João de Deus receberá os serviços dia 05 de agosto. Outra localidade que será beneficiada é Lago Azul, terá ação de 12 á 14 de setembro. No Jardim Conceição, a população vai receber os serviços no dia 04 de novembro.

A Indicação da vereadora Fátima para o Governo do Estado, solicitando atendimento móvel do PROCON e VIVA, serviços como emissão de Registro Geral (RG), CPF, antecedentes criminais, além de registro de reclamações de problemas na relação de consumo, faz com que a população da região tenha serviços dessa natureza perto de sua casa.

Mesmo antes de assumir a cadeira de vereadora, a Pequena Guerreira, como foi batizada pelos moradores, já vinha trabalhando em prol de seu povo. Inúmeros requerimentos e indicações já foram aprovados e estão sendo atendidos pelo governador Flávio Dino e o prefeito Edivaldo Holanda Júnior.

Procon/MA multa SET e Dataprom por falhas no sistema de recarga de meia-passagem

COMPARTILHE

O Instituto de Promoção e Defesa do Cidadão e Consumidor (Procon/MA) multou, nesta segunda-feira (8), a empresa Dataprom, responsável pelo sistema de bilhetagem eletrônica de São Luís, em R$ 466.666,66 por reincidir em falhas na prestação do serviço. A mesma multa também foi aplicada ao Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros de São Luís.

Entre os dias 17 e 25 de março, o sistema de recarga de cartões de passagem ficou totalmente fora do ar, impossibilitando a recarga das carteiras, e obrigando os usuários a pagar o valor integral da passagem em dinheiro, ainda que apresentassem o cartão estudantil. O problema voltou a ocorrer no dia 17 de abril, sendo providenciada a venda de passes escolares nos terminais de integração e na central de atendimento no bairro do Monte Castelo, a fim de não prejudicar o acesso ao benefício da meia-passagem. Nos dias 24/03 e 19/04, o Procon/MA chegou a notificar tanto o SET quanto a Dataprom para solucionar o problema em até 24h e justificar o ocorrido.

Durante reunião no último dia 28 com a presença da Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes de São Luís, após o retorno do funcionamento do sistema, o SET chegou a afirmar que já estava fazendo as adequações necessárias a evitar novas quedas e que, inclusive, iria disponibilizar a venda de passagens off-line. Contudo, na manhã do dia 2 de maio, o sistema online voltou a cair, gerando longas filas e espera.

Segundo o presidente do Procon/MA, Duarte Júnior, as sanções foram aplicadas como forma de prevenir que as irregularidades continuem acontecendo. “Buscamos, através do diálogo em várias reuniões, resolver o caso. Lamentavelmente, as expectativas dos estudantes foram frustradas. Por essa razão, aplicamos essa sanção de modo a garantir que o direito à meia-passagem não seja mais violado”, afirmou o presidente.

Vale lembrar que o acesso à meia-passagem é um benefício assegurado pela Lei Municipal n° 4.305/2004 (artigo 1°). É importante ainda ressaltar que o artigo 55 parágrafo 4° do Código de Defesa do Consumidor assegura aos órgãos de defesa do consumidor, como é o caso do Procon/MA, o direito de solicitar informações aos fornecedores por meio de notificações que devem ser respondidas, sob pena de crime de desobediência. A recusa a prestar informações e o descumprimento de determinação do órgão competente também sujeita o fornecedor às sanções administrativas previstas na legislação. Além disso, o artigo 14 do mesmo Código afirma ser o fornecedor responsável pela reparação dos danos causados aos consumidores por defeitos relativos à prestação dos serviços, independentemente da existência de culpa, e o artigo 39, inciso XII, veda ao fornecedor deixar de estipular prazo para o cumprimento de sua obrigação.

O SET e a Dataprom têm até 10 dias para pagar a multa ou recorrer administrativamente da decisão. Caso não seja registrado pagamento, a operadora poderá ser inscrita na dívida ativa do Estado, com subsequente cobrança executiva. Caso os consumidores percebam que os serviços permanecem com falhas, as denúncias devem ser feitas por meio do aplicativo, site, ou em qualquer unidade física do Procon/MA.

Responsive WordPress Theme Freetheme wordpress magazine responsive freetheme wordpress news responsive freeWORDPRESS PLUGIN PREMIUM FREEDownload theme free