casa » Archivo de Etiquetas: Painel

Archivo de Etiquetas: Painel

Painel realizado pelo Vereador Ivaldo Rodrigues (PDT) sobre Saúde Filantrópica mostra novos caminhos

COMPARTILHE

O vereador de São Luís, Ivaldo Rodrigues (PDT),  realizou nesta terça feira (29), no Plenário SIMÃO ESTÁCIO DA SILVEIRA do palácio PEDRO NEIVA DE SANTANA da Câmara municipal de São Luís, um Painel com o tema: “A ATUAL SITUAÇÃO DA SAÚDE FILANTRÓPICA EM SÃO LUÍS E NO MARANHÃO” que debateu a atual situação da saúde nos hospitais filantrópicos de São Luís.

Durante o debate que contou com a presença de várias autoridades em saúde e inúmeros vereadores, o tema foi discutido e analisado pelos presentes, que explanaram os principais problemas encontrados dentro das instituições de saúde filantrópica.

Para o vice-presidente do Conselho da Fundação Antônio Jorge Dino, mantenedora do Hospital do Câncer Aldenora Belo, Dr. Antônio Dino Tavares, a situação é mais complicada que imaginamos. “A situação dos hospitais filantrópicos está virando uma bola de neve e não está pior graças a pessoas que doam e ajudam nossas instituições. O único hospital do câncer no Maranhão que fazia tratamento gratuito era o Aldenora Belo, mas o Estado inaugurou um ano passado. Parte dos pacientes são crianças e a fundação vai ter que fazer uma UTI pediatra para tratar câncer infantil. A filantropia representa 51% do atendimento no Brasil. Precisamos unir todos, ou a situação vai piorar ainda mais”, destacou o diretor.

De acordo com o Requerimento de autoria do vereador Ivaldo Rodrigues e aprovado por unanimidade na Câmara Municipal de São Luís, o painel trouxe o tema para discutir um melhor caminho para que a saúde Filantrópica de São Luís seja vista e valorizada como ela merece.

O vereador Ivaldo Rodrigues, destacou a importância desses hospitais na vida da população, principalmente em São Luís. “É de suma importância o papel dos hospitais filantrópicos na rede de atenção à saúde, e por isso necessita-se de ações para o fortalecimento e ampliação dos seus atendimentos. A partir de agora vai ser formada uma comissão permanente para que essas instituições sejam vistas como quem ajuda as pessoas”, destacou o vereador pedetista autor do requerimento.

A secretária municipal de Saúde de São Luís, Drª Helena Duailibe, falou do papel do poder público e mostrou as dificuldades encontradas principalmente pelo município, já que a prefeitura paga o atendimento do SUS e o governo federal quando repassa, ainda não cobre o valor. Dessa forma, segundo a secretária, sofre o município e principalmente os hospitais filantrópicos.

Para Abdon Murad, presidente do Conselho Regional de Medicina (CRM) e diretor da Santa Casa de Misericórdia, o grande problema está no repasse do governo federal, apesar, segundo Murad, de que o Sistema Único de Saúde (SUS) é um grande programa. Para Murad, é preciso fazer um estudo e ver a importância dos hospitais filantrópicos em nosso estado, já que metade está fechando as portas por falta de recursos.

Estiveram presentes ao Painel, os vereadores Dr. Gutemberg Araújo (PSDB), José Joaquim (PSDB), Dr. Sebastião Albuquerque (DEM), Eidimar Gomes (PSDB), Ivaldo Rodrigues (Autor do Requerimento), Marlon Garcia (PTdoB), Ricardo Diniz (PHS), Pavão Filho (PDT), Pereirinha (PSL), Marquinhos (DEM), Armando Costa (PSDC), Josué Pinheiro (PSDC), Nato (PRP), Professor Lisboa (PCdoB) e Rose Sales (PV). Também esteve presente o Dr. José Jorge (Diretor de relações Institucionais da Cemar).

 

Vereador Ivaldo Rodrigues (PDT) realizará Painel sobre Saúde Filantrópica

COMPARTILHE

 

SUGESTÃO DE PAUTA

O vereador de São Luís, Ivaldo Rodrigues (PDT), vai realizar nesta terça feira (29), no Plenário SIMÃO ESTÁCIO DA SILVEIRA do palácio PEDRO NEIVA DE SANTANA da Câmara municipal de São Luís, um Painel com o tema: “A ATUAL SITUAÇÃO DA SAÚDE FILANTRÓPICA EM SÃO LUÍS E NO MARANHÃO” para debater a melhor solução.

De acordo com o Requerimento de autoria do vereador Ivaldo Rodrigues e aprovado por unanimidade na Câmara Municipal de São Luís, o painel com esse tema vai discutir um melhor caminho para que a saúde Filantrópica em nossa capital seja vista e valorizada ainda mais.

É de suma importância o papel dos hospitais filantrópicos na rede de atenção à saúde, e por isso necessita-se de ações para o fortalecimento e ampliação dos seus atendimentos”, destacou o vereador pedetista em seu requerimento.

O painel terá presença de autoridades representando a saúde municipal, estadual e federal, além dos conselhos de saúde. As entidades filantrópicas que vão ser representadas por debatedores, são:

  • Hospital Aldenora Belo (Fundação Antônio Jorge Dino)
  • Maternidade Maria do Amparo
  • Santa Casa de Misericórdia
  • Maternidade Nossa Senhora da Penha

O QUE? Painel sobre Saúde Filantrópica em São Luís

QUANDO? Terça Feira (29) às 10h

ONDE? Câmara Municipal de São Luís – Reviver – Centro

 CONTATOS: 98179-3333/98844-6322 (Tony Mota)

 

Prefeitura de São Luís apresenta ações para fomentar o Turismo

COMPARTILHE

O turismo de São Luís esteve em debate nesta quarta-feira (26) na Câmara Municipal de São Luís. A prefeitura da capital expôs suas ações na área para o desenvolvimento da economia ludovicense na Audiência Pública “As perspectivas do Turismo como vetor de desenvolvimento Econômico”, proposta pelo vereador Ivaldo Rodrigues (PDT), vice-líder do governo. O Executivo Municipal apresentou suas ações em parceria com o governo do Estado para potencializar a economia principalmente, o Centro Histórico, principal ponto turístico da cidade.

O secretário municipal de Governo Lula Fylho, que foi secretário de Turismo até novembro do ano passado, destacou a dinâmica da pasta na gestão do prefeito Edivaldo. “Desde o primeiro momento a secretaria tinha foco em fazer uma análise para saber o cenário que estávamos inseridos no Turismo. Em todas as 12 pesquisas que fizemos, vimos que as pessoas vinham a São Luís por causa do Patrimônio Histórico em primeiro lugar, em segundo, pelas praias e em terceiro pela gastronomia. Um fator chamou nossa atenção. A maioria, principalmente estrangeiros, procurava São Luís para ter como destino os Lençóis maranhenses. Então, aproximamos com Barreirinhas para que São Luís não servisse apenas de aeroporto, mas um Plus na viagem e ampliar o número de dias dos turistas aqui”.

O secretário disse que, com base nas informações técnicas, grande parte dos turistas são do interior do estado, e aproveitam o turismo da região metropolitana como um todo. Assim, ampliou a oferta em parceria com as outras cidades da Ilha, aumentando o número de dias de estadia pelo turismo religioso em São José de Ribamar, Aquaviário na Raposa e ecoturismo em Paço do Lumiar. “Os resultados no turismo são a médio e longo prazo. Sabemos que precisa ser feito muita coisa, mas a parceria com o governo do Estado é muito importante para que sacramente o resultado. Grandes centros como Salvador e Fortaleza estão em queda pela crise econômica. Aqui tivemos queda em cadeias produtivas do Turismo, mas a tendência é melhora. Tem que continuar o trabalho e entender a importância da preservação do Patrimônio Histórico para alavancar o turismo na cidade”, analisou.

Ele destacou também a parceria com o governo do Estado e a fundamental medida do governo de reduzir o ICMS do combustível da aviação tornando São Luís mais competitiva. “Tenho certeza que São Luís está no caminho certo do turismo. São Luís tinha o maior ICMS de combustível da aviação do Brasil. Maior do que grandes destinos. A lei que regula o mercado do turismo é a mesma de outras áreas: a oferta e a procura”.

A assessora técnica Aline Vasconcelos, que representou a secretária municipal de Turismo, Socorro Vasconcelos, reforçou as ações técnicas para aprimorar as atrações específicas de São Luís e a tornar ainda mais atraente para o turista. “A secretaria tem muitos desafios e estão sendo superados. A sinalização turística da cidade foi capitalizada junto ao Ministério do Turismo. O recurso já foi licitado e está em execução. Conseguimos a promoção internacional junto à Embratur, levando o Trade para rodada de negócios. São Luís tem atrativos únicos. É o maior conjunto de casarões da América Latina foi fundada pelos franceses. Temos que trabalhar São Luís como um destino único. O nosso maior produto é o Centro Histórico e a Cultura”, pontuou.

O vereador Ivaldo Rodrigues (PDT), afirmou que a discussão é importante para tirar lições e aprimoramentos do Turismo, que na sua visão é um ramo importantíssimo para a economia não só de São Luís, mas de todo o estado, a partir da capital. Por isso, a importância de trazer o governo do estado para a discussão em ações articuladas é tão significativo. “Nosso foco é o turismo como fator de desenvolvimento que gera emprego e renda para a nossa população. E falar em turismo, envolve investimento em mobilidade urbana, em urbanismo. As parcerias que estão acontecendo são fundamentais. A ação de despoluição dos rios que desembocam nas praias ajuda muito para que os turistas sejam atraídos também pela nossa orla”.

A secretária estadual de Turismo, Delma Andrade, falou sobre o investimento no segmento sol e praia e pontuou a importância estratégica da capital no turismo do Estado. “São Luís é o polo prioritário do desenvolvimento turístico do Maranhão. Aqui temos as atividades recreativas, a visitação do Centro Histórico, ecoturismo e a cadeia produtiva do segmento praia”.

Estiveram presentes o secretário municipal de Governo, Lula Fylho, o subprefeito do Centro Histórico, Fábio Henrique Carvalho, a secretária estadual de Turismo, Delma Andrade, e a superintendente do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN), Kátia Bogéa. A secretária municipal de Turismo, Socorro Araújo, está em missão da pasta na cidade de Belém-PA. A assessora técnica da secretaria municipal de Turismo, Aline Vasconcelos, a representou no evento.

Agência São Luís

Painel sobre Turismo debate futuro de São Luís

COMPARTILHE

Um painel sobre Turismo foi realizado nesta quarta feira (26) no plenário Simão Estácio da Silveira da Câmara Municipal de São Luís. Com o tema: “As perspectivas do Turismo como vetor de desenvolvimento econômico de São Luís”, o vereador Ivaldo Rodrigues (PDT) levou para o debate e teve como resposta o apoio de todas as classes e principalmente dos órgãos municipais e estaduais, além dos empresários.

O REQUERIMENTO Nº 297/2015 de autoria do vereador Ivaldo Rodrigues (PDT) tem como visão o planejamento de crescimento de um grande mercado chamado Turismo. O objetivo do painel é trabalhar em favor da valorização do Turismo de São Luís, fortalecendo o setor que é responsável por grande parte da geração de emprego e renda da cidade.

O vereador Ivaldo Rodrigues, autor do requerimento que resultou no Painel, fez uma explanação do grande potencial turístico que a capital maranhense tem. “Temos todos os ingredientes que uma cidade turística precisa ter, com uma pitada a mais. Aqui temos as praias, o centro histórico, a maior diversidade cultural do planeta, a culinária e um povo altamente hospitaleiro”, disse o pedetista.

Durante o debate, a Superintendente do IPHAN, no Maranhão, Kátia Santos Bogéa, mostrou todos os projetos que vão dar uma nova perspectiva para o turismo de São Luís, e principalmente para o estado. Em sua explanação, Kátia Bogéa foi categórica ao falar dos cuidados que a população deve ter com o patrimônio da cidade. “Não basta o município ou o estado investir e o novo povo não dar valor ao nosso patrimônio. Temos que fazer a nossa parte para o turista ver que amamos nossa cidade”, destacou Bogéa.

Estiveram presentes no evento os vereadores Pavão Filho (PDT), Pedro Lucas (PTB), Professor Lisboa (PCdoB), Rose Sales (PP), Eidimar Gomes (PSDB), Manoel Rego (PTdoB), Josué Pinheiro (PSDC), José Joaquim (PSDB), Barbosa Lages (PDT), Pereirinha (PSL), Gutemberg Araújo (PSDB), Ricardo Diniz (PHS) e o autor do requerimento Ivaldo Rodrigues (PDT).

Além dos parlamentares, outras autoridades compareceram, como Lula Filho (Sec. de Governo de São Luís), Drª Kátia Bogéa (Superintendente do Iphan), Drª Delma Santos Andrade (Sec. de Estado de Turismo), Fábio Henrique Farias (Subprefeito do centro), Aline Vasconcelos (Assessora técnica da Sec. Municipal de Turismo), empresários e sociedade civil.

Câmara realiza painel sobre os 70 anos de reinstalação da Justiça Eleitoral

COMPARTILHE

A Câmara Municipal de São Luís deu início a comemoração dos 70 (setenta) anos de reinstalação da Justiça Eleitoral no Brasil e no Maranhão, nesta segunda-feira (17), com a realização de um painel, proposto pelo presidente da Casa, vereador Astro de Ogum. Sobre o ato, ele destacou “a importância da Câmara de Vereadores de São Luís ser escolhida para iniciar a comemoração da reinstalação da Justiça Eleitoral, já que esta Casa tem sempre procurado está presente em atos importantes para a nossa população e para a nossa sociedade”.

O evento teve como painelista o vice-presidente e corregedor eleitoral do TRE (Tribunal Regional Eleitoral), desembargador Lourival Serejo, falando inicialmente sobre a escolha do Legislativo Ludovicense para o início das comemorações.

“Primeiramente se deu por uma justificativa histórica, porque as Câmaras foram os primeiros locais de exercício da cidadania, comporta pelos homens de bem da localidade, hoje elegíveis, e também porque aqui estão estes homens que passaram por ficha limpa e outras exigências para estarem aqui”, disse o magistrado.

Logo a seguir passou um histórico da instalação da Justiça Eleitoral no Maranhão no dia 21 de outubro de 1932, sob a presidência do desembargador Alberto Correia Lima, tendo seu funcionamento interrompido em 1937. A sua reinstalação aconteceu em 06 de junho de 1945, com a presidência do desembargador Costa Fernandes.

O desembargador fez observações acerca dos avanços da Justiça Eleitoral como voto para analfabetos, aos 16 anos, urna eletrônica até a implantação do sistema biométrico. Sobre esse tema destacou a existência de 15 (quinze) municípios já contarem com esse sistema, que será estendido a mais 55 (cinquenta e cinco) para as eleições de 2016.

Finalizando “faço a promessa de oferecer aos assessores dos vereadores curso de direito eleitoral focado em questões de elegibilidade e registro de candidaturas”. Convidado por Astro de Ogum a dirigir uma mensagem a todos os vereadores e câmaras maranhenses, Lourival Serejo conclamou a todos “a se apoderarem dessa importância histórica para se transformarem em ouvidores do povo atentos aos clamores, reclamações e angústias da população”.

MANIFESTAÇÕES DE VEREADORES

Após o painelista se manifestaram os vereadores Francisco Chaguinhas (PSB) afirmando que “a Justiça Eleitoral é a maior protagonista para o fortalecimento da democracia brasileira, e que a comemoração dos seus 70 anos mostra a firmeza ao esbanjar sua credibilidade e prestígio”. Já Ivaldo Rodrigues (PDT) disse que “esse painel é importante para todos nós para termos a obrigação de entender todo esse processo, até com mais profundidade”.

O vereador Pavão Filho (PDT) aproveitou para apresentar proposta para a composição do TRE. “Hoje é composto por 07 (sete) membros, entre juízes, desembargadores e 02 (dois) advogados indicados pelo presidente da República a partir de uma lista elaborada pela OAB. A nossa sugestão é que os advogados sejam eleitos numa eleição direta, e não por indicação do presidente”.

Para finalizar José Joaquim (PSDB) inicialmente procurou homenagear o ex-secretário geral do TRE, Ernane Santos, “cuja nome para o plenário da corte eleitoral partiu por indicação desta Casa”; Milson Coutinho, que foi procurador da Câmara Municipal e presidente do Tribunal de Justiça e do TRE, e o advogado Ítalo Azevedo, procurado desta Casa, que foi membro da Justiça Eleitoral”. Por fim ele traçou um paralelo entre a história da Câmara e a Justiça Eleitoral, “pois vivemos um momento de felicidade para que tenhamos uma Justiça Eleitoral cada vez mais forte” arrematou.     

 

Texto: Alteré Bernardino

 

Câmara municipal discute Importância da Fiema

COMPARTILHE

GTT

A Câmara Municipal de São Luís realizou na manhã desta segunda feira (30), um painel com o tema “A importância da Fiema no desenvolvimento do Estado do Maranhão”. O autor da proposta, vereador Gutemberg araújo (PSDB) garantiu que para enfrentar os desafios contemporâneos  é necessário a participação do Estado.

Na sua abordagem o parlamentar falou sobre a situação geográfica, econômica, história e potencialidades do Maranhão acrescentando ser necessário ter educação e qualificação, desenvolvimento científico e tecnológico, ampliação da infraestrutura econômica e da logística.

Com a Mesa Diretora composta pelos vereadores Francisco Carvalho (PSL), Pedro Lucas (PTB) e José Joaquim Guimarães (PSDB), tendo como convidados o presidente, vice superintendente e diretor da Fiema; respectivamente, Edilson Baldez, Claúdio Azevedo Albertino Leal Filho e Alexandre Ataíde; secretário Municipal de Planejamento e Desenvolvimento, José Cursino Raposo Moreira, representando o prefeito Edivaldo Holanda Junior; diretor do Senai, Marco Moura da Silva, e superintendente do Sesi, Roseli Ramos, o vereador tucano disse acompanhar todas as ações do Sistema Fiema, “cujas ações transitam desde certificação de pessoas profissionais, consultoria empresarial, comércio exterior, educação para a indústria, responsabilidade social, saúde e segurança, tecnologia industrial dentre tantas outras”.

PARTICIPAÇÃO EFETIVA – Ao fazer uso da palavra, diante da Mesa Diretora e dos vereadores Ivaldo Rodrigues (PDT), Basileu Barros (PSDC), Nato (PRP), Antonio Isaias Pereirinha (PSL), Marquinhos (PRB), Bárbara Soeiro (PMN), Josué Pinheiro (PSDC), Professor Lisboa (PCdoB), Eidimar Gomes (PSDC), Barbosa Lages (PDT), Marlon Garcia (PTdoB), Honorato Fernandes (PT), Pavão Filho (PDT), Rose Sales (PCdoB) e Fábio Câmara (PMDB) presentes em plenário,  o presidente da Fiema Edilson Baldez afirmou que os empresários têm o compromisso com o Estado me com a sociedade. “Estamos aqui porque fomos chamados, reafirmando nosso compromisso maior com a sociedade para o desenvolvimento do Estado, e nós queremos nos juntar a vocês para participar de maneira efetiva para o desenvolvimento do Maranhão e de São Luís”, disse.

REQUALIFICAÇÃO DO CENTRO HISTÓRICO – Aproveitando a oportunidade, Edilson Baldez comunicou aos presentes que naquele mesmo momento estava sendo realizado na Fiema um encontro para tratar sobre a requalificação do Centro Histórico de São Luís. Esta iniciativa, segundo ele, teve origem quando participaram de uma reunião com o governador Flávio Dino e o prefeito Edivaldo Holanda Junior ele próprio e o presidente da Câmara Brasileira da Construção, quando foi tratada da necessidade de participação do empresariado na discussão sobre o centro histórico.

Alteré Bernardino

DIRETCOM/CMSL  

Resíduos de construção civil será tema de painel no Legislativo Ludovicense

COMPARTILHE

RISÌDUO

Os resíduos da construção civil descartados irregularmente em terrenos e vias públicas de São Luís foram discutidos na Câmara Municipal. O que motivou o debate foi o requerimento (aprovado por unanimidade) apresentado pelo vereador Roberto Rocha Júnior (PSB), solicitando que a Secretaria Municipal de Meio Ambiente (SEMMAM), aja com mais rigor na fiscalização dos dejetos advindos da construção de novos empreendimentos na capital maranhense.

 Roberto Rocha Júnior chamou a atenção dos demais parlamentares, para o fato de que muitas construtoras desrespeitam as leis de proteção ambiental, e jogam dejetos, lixos e entulhos em locais inadequados, incluindo a isto a afronta à Política Nacional de Resíduos Sólidos que foi recentemente sancionada pela Presidente da República Dilma Roussef. Em seu pronunciamento, ele lembrou o artigo 225 da Constituição Federal que diz que todos têm o direito ao meio ambiente ecologicamente equilibrado, e que é dever do poder público e da coletividade, defendê-lo e preservá-lo para as futuras gerações, constituindo a proteção ao meio ambiente como garantia fundamental ao cidadão brasileiro.

 “Apesar de o crescimento desse setor da construção civil gerar emprego e renda, ele também tem motivado muitas preocupações, pois sabemos que o lixo descartado sem critério na natureza, causa danos à população e ao meio ambiente. Dessa forma, é necessário que a SEMMAM intensifique a fiscalização nesses locais, pois muitas empresas aproveitam para fazer dos terrenos e vias públicas, verdadeiros lixões”, argumentou.

 POLÍTICA DE RESÍDUOS SÓLIDOS:

Aproveitando o debate, o vereador socialista reiterou que a Política Nacional de Resíduos Sólidos (PRNS), já dispõe de recursos garantidos pelo Governo Federal para prevenção e redução de resíduos, tendo como proposta a prática de hábitos de consumo sustentável e um conjunto de instrumentos para propiciar o aumento da reciclagem e da reutilização desses materiais, entre outras medidas. No entanto, para que se faça jus ao recurso, é preciso que o município elabore o plano municipal de resíduos sólidos.

 “Estou, juntamente com o prefeito Edivaldo Holanda Júnior, lutando para que o plano municipal de resíduos sólidos seja concluído o mais breve possível. Entendemos que ele é de extrema importância, para que possamos planejar e executar as ações que promovam a sustentabilidade do meio ambiente e garantir os serviços de saneamento básico em nossa cidade. O plano já foi iniciado, porém é preciso um prazo de, no mínimo, oito meses para ser concluído” – disse.

 

Responsive WordPress Theme Freetheme wordpress magazine responsive freetheme wordpress news responsive freeWORDPRESS PLUGIN PREMIUM FREEDownload theme free