casa » Archivo de Etiquetas: Oposição

Archivo de Etiquetas: Oposição

Secretaria Municipal de Segurança de Bequimão emite Nota de Esclarecimento

COMPARTILHE

A mentira mostra o desespero da oposição pelo trabalho realizado pelo prefeito Zé Martins na cidade de Bequimão. Ao invés de contribuir com o desenvolvimento de Bequimão, a oposição prefere optar pelo “quanto pior melhor”. Mesmo sendo bequimãoense, o ex-vereador sabe que a cidade faz aniversário em 19 de junho e a programação permite que ruas e avenidas sejam fechadas para desfiles das escolas municipais e atividades esportivas, mas preferiu criar uma grande mentira, como se a população de Bequimão fosse acreditar nele. O povo de Bequimão já está vacinado contra essas mentiras, que infelizmente nascem de quem deveria falar a verdade, já que trabalha em um órgão judicial. Após essa Fake News, a Guarda Municipal emitiu Nota de Esclarecimento em respeito aos bequimãoenses. Segue a Nota Abaixo na Íntegra.

NOTA DE ESCLARECIMENTO

Em pleno aniversário de 83 anos de Bequimão, as mentiras maldosas criadas pela oposição não deixaram de aparecer nos blogues alinhados ao Governo do Estado. A matéria criminosa partiu do ex-vereador Elanderson Pereira, irmão de Robson Paz, atualmente diretor da Rádio Timbira, que acusou o prefeito Zé Martins e a Guarda Municipal injustamente, diante de uma versão distorcida e mentirosa. Por tudo isso, a Secretaria Municipal de Segurança emite Nota:

1 – Ao contrário da matéria que foi publicada no blogue, a cidade teve as avenidas Capitão José Castro, Rio Branco, Itapetininga, Antônio Dino e parte das ruas Presidente Vargas e Vitorino Freire, interditadas para a realização do desfile das escolas municipais, maratonas masculina e feminina, além da corrida ciclística e cavalgada como parte das comemorações dos 83 anos de Bequimão.

 2 – Em hipótese alguma o prefeito Zé Martins proibiu a entrada das carretas na cidade, muito pelo contrário, o vereador Fredson Pereira e seu irmão Elanderson Pereira, haviam combinado com o Comandante da Guarda Municipal, Carlos Lopes, para que as ruas da cidade fossem liberadas para passagem das carretas às 7h horas da manhã, entretanto os representantes do Estado não cumpriram com o acordo.

3 – Além de chegarem 1h atrasados no local combinado com a Guarda Municipal, Elanderson queria que as carretas desfilassem pelas ruas de Bequimão no mesmo horário e circuito das escolas e atletas, e como se isso não bastasse, queriam ainda, subir na contramão da rua Rio Branco, infringindo o Código Brasileiro Trânsito. Mesmo assim, a Guarda Municipal garantiu a passagem das carretas pela Rio Branco antes das 8h ou após as 10h, o que foi recusado pelo ex-vereador.

4 – Mesmo conversando com o Comandante da Guarda Municipal, Carlos Lopes, que se prontificou liberar as ruas do circuito às 10h, logo após o desfile e maratonas, para a passagem das carretas, Elanderson insistia passar na hora do desfile.

5 – A Guarda Municipal liberou a rua Eupídio Couto com saída na avenida Antônio Dino, ligando a MA -211, via de acesso à Ponte Bequimão/Central. E foi por essa via que as carretas passaram com os Guardas Municipais dando todo apoio, diferente do que foi divulgado.

6 – As carretas citadas pelo blogueiro, que inclusive ficaram a noite inteira estacionadas na entrada da cidade, poderiam pegar a avenida Gedeon Araújo e seguirem viagem, mas tentaram denegrir a imagem do prefeito, que tem sido o melhor gestor da Baixada Maranhense.

7 – O Comandante da Guarda Municipal afirmou que não poderia parar a solenidade de aniversário, já que havia outras vias de acesso a MA-211. Em cada rua fechada havia um Guarda Municipal para dar segurança ao evento e evitar qualquer tipo de acidente durante a solenidade.

8 – O ex-vereador Elanderson Pereira faltou com a verdade e ainda tentou denegrir a imagem da Guarda Municipal, simplesmente por questões políticas. A Guarda Municipal trabalha para melhorar o trânsito e facilitar a vida dos bequimãoenses.

Atenciosamente;

          Otoniel Gusmão

Secretario Municipal de Segurança

          Carlos Lopes

Comandante da Guarda Municipal

Zé Martins divulga nota oficial contra agressões verbais da oposição

COMPARTILHE

O prefeito de Bequimão, Zé Martins (PMDB), divulgou nota oficial nesta sexta feira (6), esclarecendo a verdade dos fatos, distorcida por pessoas que torcem contra o desenvolvimento de Bequimão. Zé Martins, diante dos ataques mentirosos e irresponsáveis daqueles que, derrotados nas urnas, insistem em querer antecipar o debate eleitoral, e em respeito à opinião pública, vem prestar os seguintes esclarecimentos:

  • 1 – Diferente do que afirmam os opositores – que o Mercado Municipal de Bequimão encontra-se concluído e que o prefeito não o entrega porque não quer, – trata-se de uma mentira. Conforme podemos comprovar com o estrato da Caixa Econômica Federal (CEF), as obras estão apenas 85% concluídas, razão pela qual ainda não foi entregue.
  • 2 – O Mercado Municipal foi conseguido com o esforço do atual prefeito, quando ainda era assessor prefeito Juca Martins, através, de emenda do Deputado Federal Sarney Filho, tendo os recursos sido disponibilizados durante o mandato do ex-gestor que não concluiu a obra em quatro anos e deixou o problema para o atual prefeito que tem se desdobrado com a empresa licitada pelo ex-gestor para que conclua a obra.
  • 3 – O prefeito Zé Martins (PMDB), é o maior interessado na entrega desta obra a população, mas não pode, diferente do ex-gestor, que não concluiu a obra em quatro anos e ainda simulou uma inauguração com o serviço inacabado, entregando a obra sem que a mesma esteja 100% pronta e em condições de funcionamento.
  • 4 – O prefeito Zé Martins, notificará o Ministério Público (MP) e tomará as medidas cabíveis contra aqueles que nada tendo feito quando tiveram a oportunidade e se corroem de inveja diante de suas inúmeras realizações.

Bequimão, 06 de Novembro de 2015

 

Zé Martins (PMDB)

______________________________________

Prefeito de Bequimão-MA

EXTRATO DA CAIXA ECONÔMICA FEDERAL

Nota3

Nota1

Prefeito Zé Martins divulga nota oficial sobre agressões verbais da oposição

COMPARTILHE

O prefeito de Bequimão, Zé Martins (PMDB), divulgou nota oficial nesta sexta feira (6), esclarecendo a verdade dos fatos, distorcida por pessoas que torcem contra o desenvolvimento de Bequimão. Zé Martins, diante dos ataques mentirosos e irresponsáveis daqueles que, derrotados nas urnas, insistem em querer antecipar o debate eleitoral, e em respeito a opinião pública, vem prestar os seguintes esclarecimentos:

  • 1 – Diferente do que afirmam os opositores – que agora querem aparecer como “Pais” da Ponte do Balandro – a licitação da Ponte Nova, com duas pistas, foi feita em fevereiro e o contrato da referida Ponte foi assinado em maio de 2014, em atenção a uma reivindicação do Prefeito Zé Martins.
  • 2 – Durante todo o ano de 2014, os opositores, pensando só nos seus interesses políticos, fizeram todo tipo de denúncia para impedir a realização da obra, que já devia está atendendo a população do município.
  • 3 – Embora tenham conseguido, momentaneamente, a suspensão da obra da ponte, o prefeito Zé Martins não se intimidou e continuou sua luta para a conclusão da obra que foi reiniciada pelo governador Flávio Dino, que comunicou o fato no último encontro dos gestores municipais da baixada, ocorrido nos dias 29 e 30 de outubro.
  • 4 – Oportunistas são aqueles que, com denúncia, trabalharam contra a construção da Ponte, inclusive tentando, já neste ano de 2015, que o governado destramasse a construção da obra, com a empresa que já estava trabalhando, e agora querem aparecer.
  • 5 – O prefeito Zé Martins, ao contrário, foi atrás do governo para a conclusão da obra, indiferente ao fato das disputas políticas, pois trabalha buscando o melhor para a população de Bequimão.

 

Bequimão, 06 de Novembro de 2015

Zé Martins (PMDB)

______________________________________

Prefeito de Bequimão-MA

Nota2

Após as agressões verbais  ao prefeito Zé Martins, foi registrado um B.O (Boletim de Ocorrência) na Delegacia de Polícia Civil de Bequimão

Nota4

Othelino abre o verbo sobre escolha do diretor do Hospital de Pinheiro

COMPARTILHE

O deputado estadual Othelino Neto (PCdoB) rebateu críticas do grupo de oposição, na Assembleia Legislativa, quanto à escolha do médico Leonardo Sá (PCdoB) para dirigir o Hospital Regional “Jackson Lago” na cidade de Pinheiro. O parlamentar deixou claro que o governador Flávio Dino (PCdoB) tem a prerrogativa de nomear aquele que achar adequado e preparado para a função. Segundo Othelino Neto, Dr. Leonardo tem gabarito e por isso foi escolhido.

“E o governador não escolheu para o Hospital de Pinheiro qualquer um. E sim um médico, pediatra, funcionário de carreira do INSS (Instituto Nacional de Seguro Social), vereador licenciado, que trabalhou no município, por diversos anos, nos hospitais públicos da cidade. Só não atua mais hoje, na rede municipal, pelo fato do prefeito Filuca Mendes ser adversário político nosso”, afirmou Othelino Neto ao descartar qualquer possibilidade de uso político da unidade de Saúde.

Segundo o deputado, Leonardo Sá que é pré-candidato a prefeito de Pinheiro, é conceituado na cidade como bom médico com experiência e, portanto, prestará um excelente serviço naquele hospital. Othelino disse ter certeza que a unidade de Saúde irá funcionar bem, porque, apesar das dívidas milionárias que o governo atual encontrou na área, a atual gestão enfrenta, de fato, muitas dificuldades.

Na tribuna, Othelino criticou a gestão passada da Saúde por ter construído diversos hospitais sem condições, sequer, de inaugurar com o desejo de transferir para os municípios as unidades sem qualquer estrutura. “Construir um hospital é fácil. Difícil é mantê-lo funcionando. Quem conhece os médicos que aqui estão; os profissionais de saúde, enfermeiros e outros profissionais da área sabem o quanto é caro sustentar a operação de um hospital. Então, aquele modelo tinha tudo para dar errado, como deu”, disse o deputado comunista.

Othelino lembrou que o governo passado não conseguiu, sequer, inaugurar todos os hospitais que construiu. Segundo ele, entregou muitos deles fechados, citando o caso do município de Zé Doca. “Inaugurou, fez a foto, depois fechou. Levou equipamentos para outro hospital, onde tudo se repetiu. O de Zé Doca, que foi inaugurado, festivamente, ficou só o mato na porta. Eu mesmo passei lá e fiz uma foto do meu celular”, disse.

O vice-presidente da Assembleia Legislativa afirmou que o atual governo trata a Saúde Pública de forma responsável e que o prefeito Filuca Mendes não pode ter a pretensão de indicar  o diretor do hospital, porque sabe que não é prerrogativa dele e nem do deputado Victor Mendes. “O governador tem a responsabilidade de escolher as pessoas certas para as funções certas. E mais, tem também autoridade para, quando achar que alguém não está funcionando bem em uma determinada função, fazer a modificação”, comentou Othelino.

 

 

Othelino Neto rebate oposição

COMPARTILHE

othelino-neto

O deputado estadual Othelino Neto (PCdoB) esclareceu a oposição, na sessão desta segunda-feira (18), sobre o aluguel, no valor de R$ 135 mil, de um prédio na Avenida dos Holandeses, feito pela Secretaria de Estado da Saúde (SES), para oferecer diversos serviços à população. Essas instalações, segundo o parlamentar, irão substituir e economizar os gastos com quatro edificações.

Funcionarão ali, a Secretaria Adjunta de Atenção Primária, a Vigilância Sanitária, a Vigilância Epidemiológica, o Comando da Central de Regulação e Transporte Médico, além da Empresa Maranhense de Serviços Hospitalares.

“Esses serviços todos serão naquele prédio e, diga-se passagem, não é para fazer favor a nenhum aliado do governador Flávio Dino, como foi no governo Roseana Sarney, o contrato de uma clínica fantasma, no Turu, de propriedade do candidato derrotado nas ultimas eleições, Edinho Lobão”, esclareceu Othelino Neto ao enumerar as diferenças entre esse aluguel e o acordo comercial feito com o suplente de senador para locação de instalações que permaneceram fechadas por muito tempo.

Sobre a clínica fantasma, que foi alugada pelo governo Roseana Sarney, Othelino disse que, na época, a então oposição “não foi ao local para brincar”, ao contrário, o objetivo, segundo o deputado, era fiscalizar, cumprir o dever de parlamentar.

“Achamos um prédio fantasma, fechado, com estruturas inadequadas para funcionar uma clínica, que só abriu depois que fomos lá e não nos deixaram entrar. Quatro parlamentares ficaram barrados para que a sociedade não visse, com imagens e fotos, a vergonha que era pagar um prédio para um aliado que estava fechado”, lembrou.

Durante o pronunciamento, Othelino rebateu críticas da oposição e reiterou que não foi o governo Flávio Dino que transformou o Maranhão em manchete nacional negativa e sim o grupo Sarney.

Para o deputado, foi o clã, o responsável pelo Maranhão ser conhecido no país como o campeão de notícias negativas, como o mais pobre da Federação, competindo com Alagoas, como o segundo índice maior de mortalidade infantil, e como o Estado com mais de 30 municípios entre os mais pobres do país.

TRANSPARÊNCIA

Othelino citou também mazelas como os escândalos dos precatórios no governo do grupo Sarney. “Acho interessante como vocês querem esquecer o passado. Claro, convém. Esquecendo o passado, talvez consigam perder esse troféu invertido, que não podem negar, que foi receber um Estado com grandes potenciais, há 50 anos, e entregá-lo empobrecido. Inclusive, esta colocação ainda inadequada no quesito transparência é sim fruto do governo anterior”, disse.

O deputado lembrou ainda que, fez dezenas de pedidos de informação, entre eles, dois foram respondidos pela metade e um foi respondido por ordem judicial. “Então, não queiram apagar o passado, porque não é possível passar uma borracha e apagar como se tivesse escrito a lápis. Ele foi escrito à caneta vermelha do sofrimento do povo do Maranhão. E vocês são responsáveis por isso”, afirmou.

 

 

Responsive WordPress Theme Freetheme wordpress magazine responsive freetheme wordpress news responsive freeWORDPRESS PLUGIN PREMIUM FREEDownload theme free