casa » Archivo de Etiquetas: Ônibus

Archivo de Etiquetas: Ônibus

Vereadora Fátima Araújo solicita e a SMTT anuncia nova linha de ônibus para o bairro João de Deus

COMPARTILHE

A luta foi grande, mas as conquistas são maiores ainda. Faz tempo que a vereadora Fátima Araújo (PCdoB) vem lutando para que a Prefeitura de São Luís, através da Secretaria Municipal de Trânsito e Transporte colocasse uma linha de ônibus no bairro João de Deus. Foram inúmeras solicitações ao secretário Canindé Barros, dezenas de reuniões, até que nesta terça-feira (30), a SMTT anunciou a nova linha que sairá do Aeroporto, passando pelo João de Deus, Avenida Jerônimo de Albuquerque, Renascença, Ponte do São Francisco e Terminal de Integração da Praia Grande.

A população do bairro João de Deus sempre cobrou uma linha de ônibus para a comunidade, mas a SMTT colocava inúmeras desculpas. A luta da vereadora Fátima Araújo foi constante, usou a Tribuna da Câmara Municipal de São Luís para cobrar do secretário, mas agora irá usar a mesma tribuna para agradecer em nome do povo do João de Deus. A vereadora sempre foi assim, cobrou na hora que deveria cobrar, mas elogia na hora que precisa elogiar.

A linha entrará em circulação a partir desta quinta-feira, dia 01 de agosto. O ônibus será do Consórcio Upaon-Açu e fará o itinerário conforme planilha divulgada pela SMTT acima publicada.

 

Canindé garante para Fátima Araújo linha de ônibus para o João de Deus

COMPARTILHE

Água mole, pedra dura, tanto bate até que fura. Assim poder ser considerada a luta da vereadora Fátima Araújo (PCdoB), que após reunião com o secretário municipal de Trânsito e Transporte, Canindé Barros, conseguiu a tão sonhada linha de ônibus João de Deus/Centro da Cidade. Desde que assumiu a cadeira de vereadora, Fátima Araújo vem lutando diariamente para que esse sonho fosse realizado. Na tarde desta terça-feira (27) durante reunião, Canindé anunciou a linha de ônibus e a colocação de faixas de pedestre nas avenidas Tales Neto e Santos Dumont (na entrada do bairro Pirapora) já nesta quinta-feira (29).

A linha nova do ônibus João de Deus/Centro da cidade já funcionará a partir deste sábado, dia 01 de dezembro com ar condicionado. De acordo com o secretário Canindé Barros, a tarifa será a reduzida, já que o coletivo não será integrado. O itinerário do coletivo sairá da Praça do João de Deus, passando pela Avenida Talles Neto, Santos Dumont,  Avenida Casemiro Júnior no bairro Anil, Avenida dos Franceses, e Centro de São Luís.

Em vídeo publicado em sua página na rede social Facebook, Fátima Araújo destaca sua reivindicação ao secretário Canindé Barros através de requerimento aprovado na Câmara Municipal. “A reivindicação é da comunidade, pedindo a volta da linha de ônibus para o bairro João de Deus. Eu fiquei muito feliz com a resposta que o secretário Canindé Barros me deu. Atendeu nossa solicitação e agora vamos poder ver mais um sonho realizado através de nossas lutas”, destacou a Pequena Guerreira.

Já o secretário Canindé Barros, justificou mais essa aquisição para o bairro João de Deus a pedido da vereadora Fátima Araújo. “Dona Fátima através de requerimento tem solicitado e batido bastante nessa tecla com relação a linha de ônibus, não só a linha para o João de Deus, mas também reivindicando algumas faixas de pedestres ao longo da Avenida Talles Neto e Santos Dumont. A partir de quinta-feira (29) vamos dar início ao trabalho, estamos só aguardando a reposição de uma peça de uma máquina, já que vamos pintar com uma tinta que dura aproximadamente 4 anos. Já autorizamos uma linha que vai partir do João de Deus para melhorar a vida dos usuários do transporte coletivo daquela região”, disse.

A comunidade agradece muito por isso. Eu sempre cobrava essa linha de ônibus para a região. Vereador de comunidade é sempre cobrado . Mas nunca deixei de falar da pessoa que você é. É um grande profissional e quero parabenizar o senhor pelo brilhante trabalho que você vem desenvolvendo dentro de São Luís, melhorando a cada dia a vida das pessoas que usam transporte coletivo em nossa capital”, enfatizou Fátima Araújo durante reunião com Canindé Barros. 

Para finalizar, Canindé Barros agradeceu a presença da vereadora Fátima Araújo e reconheceu que a reivindicação é antiga, mas destacou as dificuldades que a prefeitura de São Luís passa, assim com toda gestão no Brasil. “Quero aproveitar este momento e lhe convidar para esta quinta-feira (29) na Praça Maria Aragão, na Beira Mar, às 9h da manhã, onde estaremos entregando mais 10 ônibus com ar condicionado. A frota de ônibus na capital maranhense com ar condicionado vai 275 veículos, o que representa quase 35% da frota”, disse o Secretário da SMTT.

Vereadora Fátima Araújo adquire ônibus e coloca à disposição das comunidades do Complexo de bairros do João de Deus

COMPARTILHE

São poucos os parlamentares que realmente pensam na população. É pensando nisso que a vereadora de São Luís, Fátima Araújo (PCdoB) tem sido destaque na Câmara Municipal. Uma das mais atuantes no parlamento ludovicense, Fátima Araújo se destaca pelo trabalho prestado às comunidades onde mantém suas bases há mais de 25 anos. A compra do ônibus é apenas uma das dezenas de ações já realizadas por Fátima Araújo.

Foi pensando nas comunidades que a Pequena Guerreira conseguiu um ônibus com ajuda de seus filhos, para servir a população nos momentos mais difíceis. Há 1 ano este ônibus vêm ajudando nas demandas das comunidades, nos diversas serviços, de variados seguimentos com Igrejas católicas,  Adventista e Assembleia de Deus, além de ajudar no esporte, nas ações da cultura e velórios. O veículo já foi plotado com a marca da vereadora Fátima Araújo, estampando seu compromisso com a população de São Luís.

Além dessa grande atitude de solidariedade, Fátima Araújo tem buscado junto aos governos do Estado e Municipal, benefícios para suas comunidades, como a reforma da Escola Maria José Vaz, do Posto de Saúde do João de Deus, Reforma e Ampliação do Estádio Gaiolão, e agora a implantação do restaurante popular e reforma da Praça e quadra do João de Deus. São inúmeros projetos sociais que a colocam disparadamente como a parlamentar mais atuante da capital maranhense. E como seu Slogan mesmo diz: “Esta sim, tem trabalho para mostrar”.

 

Vereadora Fátima Araújo adquire ônibus que vai beneficiar moradores do Complexo de bairros do João de Deus

COMPARTILHE

Bastou começar o ano de 2018, a vereadora de São Luís, Fátima Araújo (PCdoB), já começou impactar com uma novidade extraordinária que vai beneficiar a população dos mais de 30 bairros que compõem o Complexo do João de Deus. Com ajuda dos filhos Raimundo & Francisco, a vereadora adquiriu um ônibus que será usado com fins sociais e irá beneficiar Igrejas católicas, evangélicas, agremiações esportivas, estudantes, agremiações culturais e famílias em caso de sepultamento de ente queridos.

Em sua rede social Facebook, a vereadora Fátima Araújo, divulgou a foto do veículo e destacou a importância do ônibus para a comunidade ludovicense. Foi pensando na comunidade que consegui um ônibus com ajuda de meus filhos, para servir a comunidade nos momentos mais difíceis. Este ônibus irá ajudar muito nossa comunidade.  Há 1 ano que este ônibus vêm ajudando nas demanda da comunidade, nos diversos serviços para as igrejas Católica, Adventista, Assembleia de Deus, no esporte, nas ações, na cultura e até em velório”, destacou a Pequena Guerreira.

Em sua publicação os internautas elogiaram à ação da vereadora. Josilene Lisboa, foi categórica em descrever a satisfação em ver o trabalho da parlamentar. “Acho que só temos a agradecer a Deus e Fátima Araújo“, disse. Já Simone Dantas Nascimento, confirmou a satisfação de ser beneficiada. “Verdade, sempre que precisamos, ela disponibiliza para nossos passeios, muito obrigada“, destacou.  E por fim, Cleidiane Silva, parabenizou a vereadora Fátima Araújo pela atitude louvável. Parabéns por está trazendo mais esse benefício para nossa comunidade“, finalizou. Outros internautas também comentaram elogiando a Pequena Guerreira.

 

“O povo não pode ser prejudicado”, diz Chaguinhas sobre possível paralisação dos rodoviários

COMPARTILHE

O Vereador de São Luís, Francisco Chaguinhas (PP) acompanha de perto as movimentações sobre a possível paralisação dos rodoviários que, de acordo com o Sindicato da categoria, acontecerá na manhã desta segunda- feira (23).

Segundo o progressista, essa paralisação irá prejudicar milhares de estudantes e trabalhadores que dependem do transporte coletivo para se deslocarem.

Eu entendo a reivindicação dos trabalhadores do transporte coletivo. É em busca das garantias de seus direitos, mas o nosso povo não pode ser prejudicado por esse ato. Deve haver um entendimento entre os funcionários e patrões, no sentido de resolver esse problema. Mas, claro, sem haver o aumento das passagens”, disse o parlamentar.

Segundo o Presidente do Sindicato dos Rodoviários, Isaías Castelo Branco, os empresários estão forçando um aumento de passagem e por esse motivo estão atrasando o pagamento dos salários dos trabalhadores, que desde setembro estão recebendo em atraso.

 

 

São Luís passa a contar com batalhão exclusivo para combate de assaltos a ônibus

COMPARTILHE

O Batalhão Tiradentes, mais novo grupamento da Polícia Militar do Maranhão (PMMA), iniciou este mês um trabalho especializado no combate aos assaltos a ônibus. Diariamente, 100 policiais atuam na região metropolitana, em áreas mais vulneráveis aos roubos, e direcionam a atenção ao público usuário do transporte coletivo. Em duas semanas de trabalho, o Batalhão Tiradentes já apreendeu 500 armas brancas, quatro armas de fogo, um simulacro e encaminhou 20 pessoas para a delegacia. Além disso, foram apreendidas 30 trouxas de substâncias semelhantes a crack e 47 papelotes de maconha. Mais de 15 mil pessoas foram abordadas.

Segundo o comandante do Policiamento Metropolitano I (Cpam I), coronel Pedro Ribeiro, a Operação Transporte Seguro, realizada por todas as unidades operacionais, está mantida. O Batalhão Tiradentes executa patrulhamento prioritariamente nas paradas de ônibus. A atuação dos policiais nos coletivos é diária, entre 14h e 3h da manhã.

“Com o advento do Batalhão Tiradentes, nós temos o direcionamento primeiro das suas atividades para abordagem de pessoas em coletivos e nas paradas. O diferencial deste trabalho é que os policiais saem nos ônibus e seguem embarcando e desembarcando, em abordagens pela cidade. Desde que começou, o trabalho reduziu em 60% o número de assaltos”, detalhou o comandante do Cpam I.

O coronel Marques Neto, comandante do Batalhão Tiradentes, explica que as guarnições foram distribuídas por regiões, conforme mapeamento prévio. Quinzenalmente há uma reavaliação e, caso necessário, um remanejamento das equipes. Nesta primeira etapa do trabalho, áreas como Monte Castelo, São Francisco, Ipase, Portinho e Turu estão abrangidas na dinâmica da atuação do Batalhão.

Ele comenta ainda que, dentre outras vantagens da ação in loco, estão o acompanhamento e a redução do tempo de viagem em qualquer situação de vulnerabilidade, a aproximação entre polícia e população, a logística facilitada e o fator surpresa. “O próprio assaltante não sabe onde estaremos. Nós descemos e, na próxima parada, há nova revista. Isso utilizando o próprio ônibus como condução”, explicou.

Na rotina de procedimentos, além das abordagens nas paradas, as guarnições realizam sondagens com motoristas e cobradores e os passageiros descem para revistas. “Temos tido um feedback positivo da população. Isso se torna combustível para nós”, completa o coronel Marques Neto.

Para o soldado Alisson Estrela Costa, que entrou na Polícia Militar este ano e integra o Batalhão Tiradentes, a experiência do corpo a corpo com a população tem sido eficaz. “Quando as pessoas veem que tem indivíduos suspeitos dentro do ônibus e nos veem fazer a abordagem, se sentem mais seguras. Já teve ocasião da população aplaudir, pedir para continuarmos trabalhando dessa maneira. Está sendo muito gratificante para nós, policiais, perceber que a população está necessitando e a gente está correspondendo”, disse o soldado Estrela.

O soldado Saint-Clair Aragão Neves Neto detalha que o trabalho móvel do Batalhão já apresenta soluções práticas e melhoria no cotidiano dos usuários de transporte público. “O Batalhão Tiradentes foi criado para dar uma resposta imediata para a sociedade. Nessas operações já apreendemos diversas armas brancas, encontramos pessoas com armas de fogo, e, por isso, essa abordagem está sendo muito eficiente”, citou o soldado Saint-Clair.

BATALHÃO VOLANTE

Ao todo, o Batalhão Tiradentes é composto por 150 homens e conta com estrutura diferenciada: são 42 motocicletas e 16 viaturas. O comandante do CPAM I acrescenta que a criação do Batalhão surgiu a partir da avaliação do Comando Geral da PMMA dos bons resultados das guarnições albatroz, que utilizam motocicletas para o deslocamento, e dos Grupos Táticos Móveis (GTM). Segundo ele, o patrulhamento volante e não atrelado às demandas dos chamados de emergência pelo 190 demonstraram grande efetividade e produção, o que gerou a proposta de potencializar tal mecanismo. “Esse grupamento é tático e de alta prevenção, porque se caracteriza por estar diretamente ligado a abordagens. Ele atua também como reforço no patrulhamento urbano”, disse o coronel Pedro Ribeiro.

FALA, POVO!

Luciane Pereira Silva da Costa

37 anos

Vigilante

Moradora do Bacanga

“Acho muito importante e produtivo. Já fui vítima de tentativa de assalto no ônibus; sou de acordo completamente e, por mim, é para ter todo dia, de manhã e à tarde, principalmente no horário de pico”.

José Ribamar Carvalho

64 anos

Pedreiro

Morador da Vila Embratel

“Acho que o trabalho deles está certo. Para mim, vai inibir um pouco, porque os marginais veem que a polícia está em cima, está trabalhando. Hoje já vemos muitos carros da polícia na rua também”.

Márcia Oliveira

25 anos

Administradora

Vila Esperança

“A iniciativa está sendo ótima, está inibindo, sim. Eu acho que a polícia deve fazer essa ação em outros pontos também, mais nas avenidas e nos terminais, como vi fazendo outro dia”.

Clodomir Ananias Freitas

55 anos

Servidor público

Morador do São Raimundo

“Esse trabalho é muito louvável, nós precisamos muito. Isso ajuda demais a reduzir a violência. Que me desculpe a comunidade, mas tem que passar por esse processo mesmo. Não me incomodo: nem que eu passe por cinco, por dez durante o dia, porque sei que quando eu chegar ao meu destino final, vou chegar seguro”.

Linha Expressa ou Circular?

COMPARTILHE

Os ônibus da segunda Etapa da Linha Expressa Metropolitana, assim batizada pelo governador do Estado Flávio Dino (PCdoB) entregues pelo Governo do Estado juntamente com a Agência Estadual de Transporte e Mobilidade Urbana (MOB), nesta semana, precisam de uma explicação. A pergunta que não quer calar é: Linha Expressa ou Circular? No dia de entrega de ônibus não aparece nenhum empresário. O governador ou prefeito é o gerente das empresas?

Os coletivos que até agora não se sabe quem são os donos, se é o governador Flávio Dino, a MOB ou os empresários que se quer foram licitados. Os ônibus começaram a circular neste sábado (5) na modalidade catraca livre. Mas porque isso? Assim não dar prejuízo para os empresários, ou simplesmente os ônibus não são deles? A ampliação da Linha Expressa de Flávio Dino, vai circular a Ilha de São Luís por quase duas, até chegar ao ponto final, isso se não houver engarrafamento.

A linha Expressa do Maranhão é diferente de todas já implantadas no Brasil agora vai beneficiar os municípios de Paço do Lumiar e Raposa, e tem mais de 1999 paradas, imagina se não fosse expresso. Há sete meses a linha foi testada e atende ao município de São José de Ribamar, sendo que tem quase 100 paradas fixas, sem contar as fora do eixo.

Com a ampliação do serviço, toda a região metropolitana de São Luís passou a ser coberta pelo serviço que oferece ônibus semiurbanos climatizados, com assentos acolchoados e elevadores que garantem acessibilidade aos cadeirantes. Até ai tudo bem. Agora quem disse aos responsáveis pela linha, que ônibus expresso para centenas de vezes no percurso? E os paradores, param milhares de vezes?

 Mas para a MOB a agilidade é o diferencial deste serviço. Segundo eles, a rota trabalha com pontos de parada fixos e as viagens têm redução de tempo em mais meia hora até o centro da cidade. Quem disse isso? Em qual horário foi feita esta pesquisa?

O mais ridículo de tudo é ver e ouvir falar do monitoramento remoto por GPS, onde segundo a MOB os ônibus dessa linha oferecem tecnologia que permitirá ao usuário saber, por meio do aplicativo ‘Meu Ônibus MOB’, em qual horário o ônibus passará por determinado ponto de parada. Qual usuário tem coragem de pegar o celular e ficar cutucando, com ladrões batendo cabeças nos pontos de ônibus? Melhor contar outra.

De acordo com o Itinerário da segunda linha disponibilizado pela MOB, de Expressa não tem nada, está parecendo mais uma linha circular. Haja paciência pra dar tantas voltas na cidade até chegar ao ponto final. Vendo por onde o ônibus vai passar, não seria uma boa opção para quem precisa chegar logo ao seu destino. É bom para quem quer dormir. Demora bastante e com AR condicionado em poltrona acolchoada o sono fica prefeito.

ITINERÁRIO LINHA EXPRESSA II – PAÇO DO LUMIAR

PONTO DE PARTIDA/IDA: Viva Maiobão, Avenida 13, Avenida 03, Avenida 02, Avenida 08, Avenida Contorno Leste, Avenida 01, Vila Epitácio Cafeteira, Vila Marly Abdalla, Avenida do Sindicato, Avenida Doihara, Conjunto Cidade Verde, MA-204, Avenida General Arthur Carvalho, Rua Coronel Eurípedes Bezerra, Rua Celso Paiva, Rua do Aririzal, Avenida Daniel de La Touche, Via Expressa, Avenida Carlos Cunha, Ponte Bandeira Tribuzzi, Avenida Camboa, Avenida Wenceslau Braz, Rua Grande, Rua Silva Maia, Praça Deodoro, Rua Rio Branco, Avenida Beira-Mar, Terminal de Integração da Praia Grande.

VOLTA: Terminal de Integração da Praia Grande, Anel Viário, Rua das Cajazeiras, Rua Senador João Pedro, Avenida Wenceslau Braz, Avenida Camboa, Ponte Bandeira Tribuzzi, Avenida Carlos Cunha, Via Expressa, Avenida Daniel de La Touche, Rua do Aririzal, Rua Celso Paiva, Rua Coronel Eurípedes Bezerra, Avenida General Arthur Carvalho, MA -204, Conjunto Cidade Verde, Avenida Doihara, Avenida do Sindicato, Vila Marly Abdalla, Vila Epitácio Cafeteira, Avenida 01, Avenida Contorno Leste, Avenida 08, Avenida 02, Avenida 03.

ITINERÁRIO LINHA EXPRESSA III – RAPOSA

PONTO DE PARTIDA/IDA: Porto da Raposa, Avenida Principal da Raposa, MA-202, Avenida dos Holandeses, Avenida Colares Moreira, Avenida Castelo Branco, Ponte José Sarney, Avenida Beira-Mar.

VOLTA: Terminal da Praia Grande, Rua das Cajazeiras, Rua Senador João Pedro, Rua Grande, Rua Silva Maia, Praça Deodoro, Rua Rio Branco, Avenida Beira-Mar, Ponte José Sarney, Avenida Castelo Branco, Avenida Colares Moreira, Avenida dos Holandeses, MA-202, Avenida Principal da Raposa, Porto da Raposa.

Câmara diz que oito empresas de ônibus não renovaram frota

COMPARTILHE

FC

O vereador Fábio Câmara (PMDB), presidente da Comissão de Transportes da Câmara Municipal de São Luís, usou a tribuna do Plenário, nesta quarta-feira (1º/04), para dizer que das 24 empresas que operam no sistema de transporte da Região Metropolitana de São Luís, apenas 16 compraram ônibus novos.

Durante pronunciamento, o parlamentar afirmou que protocolou oficio, no Sindicato das Empresas de Transportes de São Luís (SET), solicitando do presidente José Luiz de Oliveira Medeiros, informações sobre a relação das empresas que operam no Sistema Urbano de Transporte e a planilha dos ônibus já apresentados da lista dos 250 novos veículos por empresa e por número de veículo.

“As informações que obtive [junto ao SET] demonstram que o plano para renovar a frota fracassou e, depois de vários prazos para apresentação dos novos ônibus, constatei que das 24 empresas que operam no sistema de transporte, apenas 16 compraram ônibus novos e oito viações ainda não conseguiram viabilizar a troca de veículos em circulação”, declarou o parlamentar.

Fábio disse que desde o mês de fevereiro já vinha alertando sobre o risco de um reajuste nas tarifas do transporte público na Capital. Ele disse ainda que, embora a Prefeitura anuncie a entrega dos ônibus, o Município não arcou com qualquer valor para a compra dos veículos, que foram exigidos pelo Ministério Público, por meio de Termo de Ajustamento de Conduta (TAC).

“Mesmo sem ter comprado um único ônibus, o prefeito Edivaldo Júnior, resolveu fazer festa para entregar 124 novos coletivos comprados com dinheiro dos próprios empresários que mais tarde o povo saberia quem pagaria pela compra dos veículos. Quando o prefeito participava da cerimônia, eu fazia um alerta para o aumento nas tarifas do transporte. Cheguei a desafiar o prefeito a dar garantias à população de que não iria haver alteração nas tarifas. No entanto, o que se comprovou, na prática, o que eu já denunciava há meses na minha rede social: o prefeito [Edivaldo Júnior] está mesmo é do lado dos empresários e contra o povo”, afirmou.

Segundo o peemedebista, da lista de 250, apenas 227 foram adquiridos até o dia 11 de março, restando 23 para que o acordo possa ser cumprido em sua totalidade. A empresa São Benedito que beneficia os usuários do São Francisco e Calhau consta na lista das viações que ainda não colocou nas ruas novos veículos. A empresa possui uma das maiores demandas que são nos fins de semanas por que opera nas praias da Ponta D’Areia e Calhau.

Além da São Benedito, a Viação São Marcos, que atende ao bairro do Funil; Expresso Tapajós, que atua na área da Cidade Operária e BR-135; Transporte Litoral, que atua em municípios da grande São Luís, são algumas das empresas que não foram contempladas com um único veiculo para renovar suas frotas antigas.

“A prefeitura lançou uma propaganda na TV dizendo que sistema melhorou com os novos ônibus. Como melhorou se as empresas que atuam na região das praias da capital não foram contempladas com aquisição dos novos veículos?”, questionou o peemedebista.

 

SAIBA MAIS

Em julho de 2014, durante um acordo que garantiu o fim da greve dos rodoviários, os empresários que atuam no setor se comprometeram em adquirir, até janeiro de 2015, 250 novos coletivos para serem integrados na frota da capital maranhense. No entanto, a meta não foi cumprida pelos empresários e o prazo foi prorrogado para março, porém, até o dia 11 do mês passado, apenas 16 empresas de transporte de passageiros de São Luís haviam comprado ônibus novos. Da lista de 250, 227 já foram adquiridos, restando 23 para que o acordo possa ser cumprido em sua totalidade.

INTERATIVIDADE

Que mudanças você sentiu no sistema de transporte de São Luís com a aquisição dos novos ônibus? Escreva para o presidente da Comissão de Transporte da Câmara de São Luís no email: fabiocamara2010@yahoo.com.br. As cartas selecionadas serão publicadas no site da Câmara e nas redes sociais do parlamentar.

 

Texto: Isaías Rocha

 

 

Rodoviários decidem parar São Luís pela 4ª vez consecutiva

COMPARTILHE
Terminal vazio do jeito que os "Sem Juízo" querem

Terminal vazio do jeito que os “Sem Juízo” querem

Agora me responde uma coisa Percival: até quando vamos ter que suportar essa palhaçada de recolher os coletivos todos os dias às 18hs? O jornalista Abimael Costa, foi feliz quando classificou essa atitude, de “medida autoritária e intransigente” do presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários do Maranhão (Sttrema), Gilson Coimbra. Será que ele já se acha o dono da cidade ou tem poder para enfrentar a própria lei? As faculdades estão há dois dias sem aulas e vão continuar? São milhares de alunos sendo prejudicados, o comércio fechando as portas mais cedo e arcando com incalculáveis prejuízos. Mais de 700 mil pessoas ficaram sem ter como se locomover. Cadê o direito de ir e vir? Cadê a Drª Lítia Cavalcante, que não reage aos ditadores do transporte coletivo de São Luís? Afinal de contas os passageiros são consumidores e estão sendo esculachados e ninguém se manifesta.

Hoje (31) à tarde houve uma assembleia e a categoria decidiu manter a paralisação, mesmo depois de todas as garantias feitas pelo Comando Geral da Polícia Militar, durante reunião entre representantes do (Sttrema) e o Comando Geral da PM. Agora eu te pergunto Percival: quem vai acreditar nessa hipótese? Se existe esse esquema de segurança em São Luís, por que já não havia sido executado? Ah, são 80 policiais, e como é que vão dar conta da segurança de centenas de ruas e avenidas de São Luís? É querer fazer milagre. Mas só Jesus pode fazer isso.

Segundo Gilson Coimbra, a categoria entende que não há segurança suficiente para que os profissionais exerçam suas atividades, já que o efetivo designado pela Polícia Militar é pequeno para garantir a segurança dos rodoviários. Mas será mesmo, que essa paralisação é só por falta de segurança, ou tem cartas brancas por traz de tudo isso? Essa história está me cheirando um questionamento de aumento salarial e uma verdadeira pressão aos gestores municipais para aumentar a passagem.

Uma nova reunião para avaliar o movimento está marcada para esta terça-feira (1º/4) no período da tarde. Essa ladainha já está ensaiada faz tempo e no final vai sobrar justamente para os trabalhadores. Isso é uma falta de respeito com os usuários. Porque não resolvem essa porcaria nos bastidores sem prejudicarem a população?

MEDIDAS:

1ª – Criação de um Serviço de Inteligência exclusivo para apurar e agir sobre os assaltos à ônibus.

2ª – O policiamento ostensivo da “Rotam” nos corredores de transporte será deslocado também para dentro dos bairros em pontos críticos.

3ª – Parceria com a Guarda Municipal dentro dos Terminais de Integração agindo de maneira ostensiva.

4ª –“Polícia Embarcada”, que significa um policial fardado dentro de ônibus em trechos específicos.

Será designado um delegado especial para lidar especificamente com assalto a ônibus e o Sindicato vai trocar informações com a polícia através de um telefone que vai funcionar como uma espécie linha direta.

 

Responsive WordPress Theme Freetheme wordpress magazine responsive freetheme wordpress news responsive freeWORDPRESS PLUGIN PREMIUM FREEDownload theme free