casa » Archivo de Etiquetas: Moto Club

Archivo de Etiquetas: Moto Club

Moto Club tem o quarto melhor público da Primeira Fase da Série D de 2018

COMPARTILHE

No Brasil inteiro tem se questionado, e muito, a presença, ou pior, a ausência dos torcedores nos estádios de futebol, e sempre vários fatores são levantados: transmissões da TV, para o local dos jogos, crise financeira, e também a falta de elencos com grande capacidade técnica.

A discussão é válida e pertinente, entretanto, deveria partir para o campo da ciência, através de uma quantificação de público-alvo (target), por conseguinte, com pesquisas de mercado, enfim, um trabalho sério e eficiente de marketing – coisa que, infelizmente não temos!

Mas, é importante frisar que, aqui no Maranhão não perdemos completamente o potencial de público – pois dentro da realidade atual do futebol brasileiro, em todas as pesquisas e estatísitcas, feitas lá fora, o futebol maranhense aparece, na medida do possível bem.

Observem abaixo, um levantamento sobre a primeira fase do Campeonato Brasileiro da Série D de 2018, onde o Moto Club,com uma série de problemas financeiros/administrativos está com o quarto melhor público com 4.159.

CONFIRA OS DEZ MAIORES PÚBLICOS DO PRIMEIRO TURNO DA PRIMEIRA FASE

4.658 Itumbiara-GO 2×2 Macaé-RJ
4.468 Treze 1×0 Itabaiana-SE
4.164 Sergipe-SE 2×1 Jacuipense-BA
4.159 Moto Club-MA 1×0 Sparta-TO
3.353 Itabaiana 2×1 V. Conquista-BA
3.227 Treze 4×0 Santa Rita-AL
2.170 Campinense 1×0 Fluminense de Feira -BA
2.126 Tubarão-SC 1×0 Ferroviária-SP
2.102 Tubarão-SC 1×0 Cianorte-PR
2.068 Linense-SP 2×0 Caldense-MG

É bem verdade, que a Nação Rubro-Negra não se resume a 4.159 torcedores, nunca, porém, torcedores de clubes, como:  Moto, Sampaio, MAC e Imperatriz estão adormecidos, e fundamentalmente necessitam serem melhor entendidos e compreendidos. E, isso só pode ser diagnosticado com um trabalho científico, e não no pragmatismo do achismo.

 

Por Juraci Filho

Moto Club de São Luís vai fazer pré-temporada na cidade de Pinheiro-MA

COMPARTILHE

Após anunciar oficialmente fornecedora de material esportivo e alguns jogadores, o Moto Club já fechou todo o planejamento da pré-temporada do grupo de jogadores que vai disputar a temporada 2018. E ao estilo dos grandes clubes do país, o Papão vai ficar concentrado no Hotel Resort Enzo Park na cidade de Pinheiro na Baixada Maranhense.

A diretoria do Papão do Norte fechou parceria com o Enzo Park, a Prefeitura de Pinheiro, e a Academia Bem Estar, onde a comissão técnica e atletas vão ficar durante 17 dias realizando trabalhos de condicionamento físico e técnico.  A pré-temporada será finalizada no Centro de Treinamento Pereira dos Santos, no Paranã, em São José de Ribamar, onde o grupo se apresenta no dia 19 de dezembro.

O treinador Marcinho Guerreiro terá mais de duas semanas para conhecer bem todos os atletas, assim como o próprio grupo se conhecer. “Esse tempo é fundamental para o grupo no início do trabalho, pois todos vão se conhecer e criar um vínculo entre os atletas e comissão técnica. Esse tipo de trabalho é fundamental para que haja união dentro do grupo e essa união seja passada para dentro de campo, onde cada jogador será um elo de uma forte corrente que o Moto Club”, revelou o diretor de futebol, Daniel Menezes. Os trabalhos físicos serão realizados na Academia Bem Estar, que também fechou parceria com o Papão do Norte, onde os atletas vão fazer reforço muscular e exercícios específicos para atletas de alto rendimento.

A parceria fechada com o Enzo Park e a Prefeitura de Pinheiro foi uma negociação de valorização da marca Moto Club e sua estadualização. O presidente Celio Sergio e o vice-presidente Natanael Jr. conduziram as conversas diretamente com os novos parceiros.

O Enzo Park ofereceu toda estrutura de hotel, campo para treinamento e outros, assim como a Prefeitura de Pinheiro, que auxiliará suporte necessário na cidade que o Moto Club precisar. “O Moto Club só tem a ganhar com essa parceria, pois estamos trabalhando para tornar o Moto maior do que ele é! O Moto Club já de São Luís, agora será do Maranhão e vamos torná-lo do Brasil”, disse Celio Sergio, presidente do Papão.

Todas as diretorias do Moto Club trabalham em conjunto para o planejamento 2018. Foi lançado um cronograma de atividades do clube para os próximos dias, onde a apresentação do lançamento do planejamento para o próximo ano, apresentação de jogadores, material esportivo será no dia 17, às 19h, na Fanzine Rock Bar, na Beira-Mar, Centro Histórico. “Contamos com a presença da torcida junto ao clube, aos jogadores, comissão técnica, pois o Moto Club é forte, é grande e com o apoio de todos vamos conquistar títulos e alegrias para essa imensa torcida. O trabalho é árduo, mas tenho a certeza que no fim vamos conquistar o nosso objetivo”, finalizou Natanael Jr., vice-presidente do Moto Club.

Cidade de Pinheiro

‎Fundado no dia 3 de setembro de 1856, o município de Pinheiro fica localizado na microrregião da Baixada Maranhense, possui uma população de 81.924 habitantes e área de 1.559 km². A economia do município é baseada na agricultura e na pecuária. A cultura é vasta e abriga um dos melhores carnavais do estado, período que a cidade quadruplica o número de turistas.

HANS NINA: MEUS AGRADECIMENTOS

COMPARTILHE

As decisões que tomamos na vida nem sempre são agradáveis. Ponho nas mãos de Deus aquilo que Ele entender melhor. Em junho de 2015 assumi a presidência do Moto Club de São Luís. Naquele momento, cercado de desconfiança pela falta de recursos, e de surpresa por parte dos amigos. “Estás louco?”, foi a pergunta que mais ouvi.

Com muito trabalho, esforço, dedicação, apoio familiar, dos patrocinadores e torcida; conseguimos alcançar cinco grandes objetivos em campo: o título de Campeão Maranhense, uma das quatro vagas de acesso da série D para a série C do Campeonato Brasileiro, vaga para Copa do Nordeste, vaga para Copa do Brasil e a revelação de grandes promessas para o futebol maranhense.

Fora de campo, iniciamos a organização administrativa do clube; adesão ao Programa de Recuperação Fiscal, com o parcelamento de débitos; fechamento e cumprimento de acordo trabalhistas; pagamento em dia de salários; pagamento de premiações; melhorias no CT com o apoio do MOTIM; reforma do estatuto; venda direta de produtos licenciados; quitação de parcelamento de conta de energia do CT etc.

Muito ainda precisa ser feito pelo Moto Club. Muito mesmo!!! Meu projeto pessoal era levá-lo à Série A em 2020. Infelizmente, neste momento, a saúde não permite, a mim, a dedicação que o clube precisa.

Em fevereiro deste ano, ainda no início do Estadual, sofri um infarto, então com 39 anos. A partir dali, passei a empregar um sofrimento à minha família. Dentre contratações, pagamentos e providências tomadas ainda na uti do hospital, falei que ficaria na presidência até o fim do Estadual. Fomos campeões! Veio o Brasileiro! Como sair assim?

Depois de muita conversa, falei que ficaria até o fim do Brasileiro. Conquistamos o acesso! Aí vem a Série C!

O conflito familiar instalou-se. Alguns dos meus sonhos, ser presidente do clube, ser campeão, subir de divisões do Brasileiro…não poderia largar.

Relutei. Argumentei. Enfim, cedi. Os sonhos e conquistas só valem a pena se partilhados com felicidade por aqueles que amamos. E minha família não estava feliz.

Por outro lado, não poderia ser ingrato com o Moto. “A alegria que esse clube me proporcionou nos últimos meses, preciso retribuir”. E a melhor forma de fazer isso é permitir que outro motense dê continuidade a essa belíssima história que o Moto construiu ao longo de décadas.

Um clube de futebol exige de qualquer presidente dedicação integral. 24 horas por dia. 7 dias da semana. Com 4 competições ao longo de 10 meses, nem se cogita outra conduta. E isso, nesse momento, minha saúde não permite. Não posso insistir e prejudicar o clube e essa maravilhosa e apaixonada torcida. Tentar ficar e sair durante uma competição não é justo.

Há 17 meses ninguém imaginava que estaríamos nesse cenário tão positivo. Quem chegar encontrará parte de cota da Copa do Brasil e a cota da Copa do Nordeste a receber; débitos parcelados; negociações iniciadas; 2 meses para contratar; 1 mês para treinar antes do Estadual e o interesse de vários jogadores em virem para o Papão.

Meu agradecimento eterno por todo apoio recebido ao longo desse período: ao Governo do Estado do Maranhão, na pessoa do governador Flávio Dino; à Secretaria de Esportes do Estado, na pessoa do secretárioMarcio JardimJoslea RodriguesLeonardo CordeiroJefferson BarbosaMaxwell Guerra e todos que apoiaram o Moto Club; à Secretaria de Fazenda do Estado, na pessoa do secretário Marcellus; à Cemar, nas pessoas de Hubert, Luiz Carlos e Jeane Pires; ao Supermercado Mateus; Hospital Aldenora Belo; Hotel Bristol, Planotopo, JeováBarbosa Engenharia, na pessoa de Neto Oliveira; Superclínica, Safemed e clínica DOM, nas pessoas de Henrique Almeida, Gustavo Almeida, Gustavo Vinhas ; Gelo da Ilha, na pessoa de Jorge Mesquita; Água You Happy; D+ Academia, na pessoa de Luciana ArguellesLuart Malharia e Eggos Malharia São Francisco; a DataClick, na pessoa de Mauro Pereira; ao deputado Glalbert Cutrim; à Federação Maranhense de Futebol e toda sua equipe; à SuperBolla; DCTR Eirele; Dani E Antônio Marão; Edson Araújo; Luiz Carlos e Adriana Vieira, contadores; Neto Dragões e toda família Hely Carlos Cláudio; equipe da UFMA, nas pessoas dos professores Mário Sevilio Junior e Emerson Silami.

Também terei gratidão eterna por quem ombreou conosco nessa luta, Waldemir RosaJose Alexandre RochaAdolfo Testi, Dra Julia AminGilberto CamaraCelio Sergio, Anderson Lima, Flávia Bitencourt Jose Rui Aires Jr.Epifanio Souza, Cláudio, Ithamar Sousa Ferreira, Seu Dico. A quem me fez ingressar na diretoria, Edmar Cutrim, Roberto Júnior e Roberto Fernandes.

A todos que trabalharam direta e indiretamente, funcionários e quem honrou a camisa rubro negra.

Ao MOTIM: (Wender SilvaIsabela CastroVitor PfluegerElyson ViníciusEvandro Cleane Figueiredo) que apoiou inclusive financeiramente no momento que precisamos. A todos os torcedores que incentivaram e apoiaram, nas vitórias e derrotas (somente 4). À imprensa que trabalha de forma séria e comprometida com a verdade.

Aos clubes e dirigentes adversários pela dedicação ao futebol; em especial ao Sérgio Frota, que deixou a rivalidade de lado, colaborando com empréstimo de atleta no campeonato Brasileiro.

E, principalmente, quem permitiu que eu chegasse até aqui: Deus, sem Ele nada acontece; minha mãe Socorro e minha esposa Patricia Rocha.

Enfim, se me esqueci de algum nome por puro lapso, deixo meu muito obrigado!

A unanimidade nunca vai existir. Tive falhas. Muitas. Sempre querendo acertar. Quem virá, certeza que logrará mais êxitos. Estarei torcendo e colaborando da forma que for possível.

Qualquer situação dita, além disso, não passa de devaneio.

Com lágrimas e tristeza escrevo essas palavras. Em breve, as transformarei em alegria pelas conquistas que o Moto continuará alcançando pela próxima gestão.

Até breve!

Hans Nina

 

Hans Nina renuncia presidência do Moto Club por problemas de saúde

COMPARTILHE

O presidente do Moto Club de São Luís, Hans Nina, aproveitou a assembleia de conselheiros na noite desta terça-feira (01) para anunciar sua saída do comando do time motorizado. O encontro foi no auditório do Tribunal de Justiça Desportiva do Maranhão (TJD-MA), no Palácio dos Esportes, no Centro de São Luís e pegou os torcedores de surpresas.
O dirigente alegou problemas de saúde, e pressão familiar. “Com o apoio de todos, conseguimos o título estadual e o acesso para Série C de 2017, mas minha família me cobra por conta da minha saúde e este ano, todos sabem, fui parar no hospital durante o Estadual” – destacou o presidente rubronegro.

O presidente se colocou à disposição da próxima diretoria e informou que vai organizar e pagar as contas de outubro. Na oportunidade, o clube elegeu ainda o conselho fiscal e adiantou situações de jogadores para 2017, que não foram reveladas à imprensa. Este assunto foi tratado com a imprensa fora da sala.

Em 2017, o Moto vai disputar o Campeonato Maranhense, Copa do Brasil, Copa do Nordeste e Série C do Campeonato Brasileiro.

Hans Nina deixa um clube organizado, e com um calendário cheio para a nova temporada. O Portal de Notícias www.joaofilho.com, deseja saúde ao vitorioso presidente, que mesmo desacreditado por muitos, mostrou que gestão é diferente de paixão. Só sabe o valor da saúde, que já perdeu ou está perdendo. Boa Sorte, Hans Nina!

GE/MA

HAJA CORAÇÃO: Moto vence Atlético-AC e está de volta a Série-C

COMPARTILHE

POR JORGE ARAGÃOFoi emocionante, mas valeu à pena. Depois de empatar em casa por 2×2, jogando muito mal, o Moto Club precisava vencer o Atlético do Acre fora de casa para garantir o retorno a Série-C do Campeonato Brasileiro em 2017.

O início do jogo foi bastante tenso. O time maranhense chegou a abrir o placar, mas a arbitragem anulou marcando impedimento. Melhor em campo, o Moto seguiu pressionando e conseguiu fazer 1×0, com o atacante Cris.

A torcida do Moto ainda comemorava o gol quando a arbitragem marcou penalidade para o Atlético do Acre. O jogador Eduardo bateu, mas o goleiro Márcio Arantes fez a defesa e garantiu a vitória rubro-negra no primeiro tempo.

No segundo tempo de jogo a pressão aumentou e o Atlético do Acre buscou o gol de empate que lhe garantia a classificação para a Série-C. Já o Moto Club explorava o contra-ataque para tentar ampliar o placar e ter mais tranquilidade.

Foi justamente num contra-ataque que o Moto conseguiu ampliar o marcador e praticamente assegurar a classificação. Numa boa jogada, o meia Valderrana fez o segundo gol do rubro-negro maranhense. O Atlético ainda diminuiu o placar aos 35 minutos do segundo tempo. O Moto precisou segurar a pressão para comemorar a vitória e a volta para a Série-C, após 9 anos.

Com a vitória o Moto Club está classificado para a semifinal da competição e ainda pode sagrar-se campeão da Série-D. Entretanto, o título é consequência, afinal o principal objetivo da equipe foi alcançado e o Moto está de volta a Série-C do Campeonato Brasileiro.

Além do Moto Club, garantiram o acesso a terceira divisão em 2017: Volta Redonda-RJ, São Bento de Sorocaba-SP e CSA-AL. Os confrontos das semifinais serão: Moto-MA x Volta Redonda-RJ e CSA-AL x São Bento-SP.

A semana começa mais alegre para a nação rubro-negra, afinal o Papão parece definitivamente ter voltado aos seus melhores dias.

 

Zagueiro Luís Fernando está de volta ao Moto Club de São Luís

COMPARTILHE

Por João Ricardo/GE

O zagueiro Luís Fernando está de volta ao Moto Club. O contrato foi assinado na noite dessa quinta-feira, na sede administrativa do clube, no Palácio dos Esportes. O jogador estava no Anapolina-GO e é o primeiro reforço para a Série D do Campeonato Brasileiro, que começa no dia 12 de junho.

O atleta estava no Anapolina e jogou as 14 partidas pelo time, que não escapou do rebaixamento com seus 11 pontos. Contudo, a imagem que o torcedor motense tem do atleta é diferente de um jogador vindo de uma equipe rebaixada. Aplaudido pela torcida, Luís Fernando sabe que seu retorno, agora mais experiente, será cercado de maior cobrança.

“Estou voltando ao Moto com uma grande responsabilidade, pois sei a expectativa do torcedor. Muitos estavam me perguntando pelas redes sociais quando eu voltaria. Graças a Deus deu tudo certo. Espero continuar fazendo minha parte agora com esse bom time, que já conseguiu o título do primeiro turno e tenho certeza que vai conseguir o do segundo também” – disse o jogador.

O Além de Luís Fernando, a diretoria resolveu não fazer mistérios sobre alguns nomes conhecidos do torcedor. O presidente do Moto, Hans Nina, revelou que jogadores que estão no Campeonato Maranhense devem receber propostas como Helton e Gileard, do MAC, e Ulisses, do Cordino.

“Já começamos a negociar a renovação de contrato com os jogadores que estão no time. Depois, vamos partir para contratar destaques do Estadual de outras equipes. No terceiro momento, vamos contratar jogadores que já estamos sondando que virão de outros estados” – disse o presidente motense Hans Nina.

Entre os revelados pelo presidente, o atacante Gileard deve ser o mais difícil neste momento por estar envolvido em uma negociação com o Anderlecht, da Bélgica.

Ainda no pensamento para à Série D do Brasileiro, o Moto também confirmou o nome do atual treinador para disputar nacional. A confirmação foi feita pelo diretor de futebol do clube, Waldermir Rosa (o Dadá).

“O técnico Ruy Scarpino já veio para o Moto sabendo de um projeto que vai da briga pelo título do Campeonato Maranhense e de umas das quatro vagas para a série C. A sua permanecia já está certa tanto que já começamos o planejamento para Série D” – afirmou.

Enquanto isso, o Moto joga a semifinal do segundo turno do Campeonato Maranhense, sendo o primeiro jogo contra o Corindo, às 16h deste sábado, no Leandrão, em Barra do Corda.

 

Moto Club inaugura espaço no Site para valorizar sua torcida feminina!

COMPARTILHE

MOTO CLUB –  O espaço “Gatas da Torcida” vai trazer ensaios fotográficos de torcedoras Motenses e seu perfil. Principalmente aquelas que acompanham os jogos do papão do norte no castelão.

A escolhida desta semana foi a torcedora Carla Mariano, que vai mostrar suas curvas rubro negras aqui no Site para todo Universo. A direção do Moto agradece à D+ Academia pela cessão do espaço para realização das fotos da Gata Motense.

Nome: Carla Mariano

Aonde mora? São Luís

Profissão? Contadora

Medidas? 1,71m; 62kg

Como está o coração? Namorando

BATE PAGO MOTORIZADO:

Site: Quando foi a primeira vez que você foi ao estádio assistir o jogo do Papão?

Carla: No Campeonato Maranhense de 2013, no Nhozinho Santos, desde então, me apaixonei pela energia da arquibancada e pela torcida fiel e não deixei mais de apoiar o time.

Site: E o momento mais marcantes até aqui?  

Carla: Sem dúvidas a final do Maranhense de 2014, contra nosso maior adversário, na qual ganhamos a partida e, apesar de perdermos o título, a festa que nossa torcida fez foi tão grande e contagiante que chegamos a constranger o adversário. Ali eu percebi que não se tratava de uma disputa qualquer de esporte, mas de amor pelo Moto Club, que não se perde por quaisquer circunstâncias.

Site: Quem você considera o melhor jogador que já viu vestir nossa camisa?

Carla: Dos que vi jogar no estádio, o Kleber Pereira. Sua dedicação pelo Moto Club me faz escolher ele para este título.

Site: Quais são suas expectativas para este ano?

Carla: Conquistar o Estadual e partir pra série D com sonhos de ver o time cada vez mais firme.

Site: Para encerrar, o que você achou desse projeto Gatas da Torcida? Como foi a sessão de fotos?

Carla: Adorei a ideia! Conheço muitas mulheres que frequentam o estádio e são apaixonadas pelo time, na minha visão elas dão maior identidade ao Moto nos trabalhos e campanhas. Me diverti muito com a sessão de fotos e pra mim foi muito prazeroso fazer este trabalho pro Papão!

Fotos: Ribeiro Jr.

Presidente do Moto Club solicitará alterações na tabela do Estadual

COMPARTILHE

Após a divulgação da tabela do Campeonato Maranhense de 2016, nesta semana, em reunião na Federação Maranhense de Futebol (FMF), muitos dirigentes de clubes questionaram alguns pontos importantes da tabela e até confrontos, principalmente aqueles times que vão fazer mais viagens, como Imperatriz e Maranhão.

Pregando o consenso, o presidente do Moto Club, Hans Nina, concedeu entrevista ao programa Show da Noite, apresentado pelo radialista Tércio Dominici comentando o assunto. Nina revelou que a tabela deve sim sofrer algumas alterações, mas não pode acontecer isso para beneficiar time A ou B, deve haver uma igualdade entre os participantes sem benefícios para qualquer parte. “Os clubes receberam a tabela e têm dez dias para sugerir alterações. Para o Moto, precisamos rever algumas coisas. O primeiro turno acaba praticamente em uma semana. Além disso, os clubes que não classificarem vão passar mais de 30 dias sem jogar”, afirmou.

Apesar de evitar críticas, o presidente rubro-negro acredita que os times que irão disputar duas competições ao mesmo tempo do Campeonato Maranhense, como é o caso de Sampaio Corrêa e Imperatriz, tem que se planejarem para competir sem prejudicar os outros. “São oito clubes na competição. Desses, dois estão em outras duas competições, uma nacional e outra regional. Mas isso não pode prejudicar os outros seis. Quem quer participar de três competições tem que se preparar para isso”, afirmou.

Hans lembrou que o Moto disputou o Estadual, a Copa do Nordeste e a Copa do Brasil em 2015 e em nenhum momento reclamou da tabela do Campeonato Maranhense. “O Moto jogou as três competições neste ao e não houve mudança na tabela para nos ajudar. Vamos sugerir algumas alterações e creio que a FMF terá a sensibilidade de mudar, para que o campeonato seja bem interessante e atrativo”, encerrou.

SITE MOTO CLUB

 

Moto Club começa arrumar a casa para a temporada de 2016

COMPARTILHE

O Moto Club de São Luís realiza, amanhã (5), às 10h, no teatro do jornal O Imparcial, uma coletiva para o lançamento do projeto de 2016 do clube com a presença do presidente Hans Nina bem como de todo corpo diretor do clube.

O evento, que será aberto à imprensa e convidados, irá tratar das diretrizes do “Projeto Moto 2016”, tais como a captação de recursos e os planos de valorização da marca para o exercício, que já vem sendo posto em prática pela diretoria desde que assumiu o Moto.

Outra novidade que deverá ser apresentada pelo presidente é o novo plano de sócio torcedor do Moto Club, que deverá ter uma amplitude maior que o anterior, e há uma expectativa de adesão ainda maior do torcedor rubro-negro.

Os novos moldes de parceria de fornecimento de uniformes com a empresa Super Bolla devem ser detalhados pela diretoria, que pretende anunciar também a camisa oficial do Moto que será utilizada na temporada de 2016.

Apesar de não ter sido revelado mais detalhes pela diretoria, a expectativa é que seja apresentado o nome do novo treinador, detalhes da montagem de elenco, bem como o cronograma de treinamentos visando o Campeonato Maranhense de 2016.

O Imparcial

 

Moto lançará franquia de Escolinha de futebol

COMPARTILHE

Nos próximos dias, o Moto Club de São Luís fará o lançamento do seu sistema de franquia para escolinhas de futebol em todo Maranhão.

O projeto que levará o nome de Escolinha do Papão será disponibilizado para os interessados que queiram implantar escolas de Futebol de Campo, Futsal, Futebol 7 Society ou Beach Soccer, de acordo com a área que dispõe para a instalação.

O objetivo do clube é expandir a marca do Moto, tanto na capital quanto no interior do Estado. Quem já trabalha com escolinhas, pode oficializar usando a marca do Moto Club.

“Com a Escolinha do Papão queremos que o Moto Club atinja diversas cidades do Maranhão. O custo para adquirir a franquia será bem acessível, até porque nosso objetivo maior não é o financeiro. Os parceiros que instalarem uma franquia Escolinha do Papão terão a possibilidade de descobrir talentos para o futebol e, inclusive, ver um garoto jogando pelo time profissional. Aquele que revelar, terá participação em futuras negociações. Estamos fechando com uma empresa para a administração desse sistema de franquia e em poucos dias iremos divulgar”, declarou o presidente Hans Nina.

Além de pessoas físicas, a Escolinha do Papão também poderá ser adquirida por prefeituras, associações e entidades que queiram ser parceiras do Moto Club.

Os interessados já podem enviar seu contato para o email escolinhas@motocluboficial.com.br. Após o recebimento dos E-mails, a direção do Moto vai entrar em contato com cada interessado. É bom colocar no email, telefones, e endereço de onde pretende instalar a escolinha.

Site do Moto

Responsive WordPress Theme Freetheme wordpress magazine responsive freetheme wordpress news responsive freeWORDPRESS PLUGIN PREMIUM FREEDownload theme free