casa » Archivo de Etiquetas: Hospital

Archivo de Etiquetas: Hospital

Othelino Neto participa da entrega de novos leitos para o Hospital Infantil Dr. Juvêncio Mattos

COMPARTILHE

O presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, deputado Othelino Neto (PCdoB), participou, nesta quarta-feira (15), da entrega de dez novos leitos para a Unidade de Cuidado Intermediário Neonatal Convencional (UCINCo) do Hospital Infantil Dr. Juvêncio Mattos, pelo Governo do Estado. O deputado Dr. Yglésio (PDT), vice-presidente da Comissão de Saúde da Alema, também participou da entrega dos equipamentos, que vão atender crianças que precisam de cuidados especiais, depois de passarem pela UTI Neonatal, além de ampliar a capacidade de atendimento do hospital.

Os parlamentares visitaram as novas unidades ao lado do secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula. Do total de 40 leitos do Hospital Juvêncio Mattos, 22 são da UTI Neonatal, sendo 18, incluindo os dez novos leitos, da UCINCo, e cinco leitos pertencem à Unidade de Cuidado Neonatal do Método Canguru, que tem contribuído para a diminuição da mortalidade de bebês recém-nascidos.

“É muito gratificante participar desse momento e saber que, agora, mais dez leitos de UTI Neonatal estão sendo disponibilizados para todo o Maranhão. Saber que mais dez crianças poderão ter suas vidas salvas me deixa muito feliz, além de ver que os serviços hospitalares do nosso estado estão sendo ampliados para que, cada vez mais, as famílias tenham acesso à saúde pública”, afirmou Othelino Neto, destacando que, apesar das dificuldades, os serviços públicos estão sendo ampliados no estado.

O deputado Dr. Yglésio, que também é médico, pontuou que o atual sistema de saúde tem, hoje, um déficit de leitos tanto de UTI pediátrica, quanto neonatal. Ele também explicou que a unidade de cuidados intermediários atende àquelas crianças que não correm risco de morte, mas que também não podem ficar na enfermaria, pois carecem de um cuidado mais profundo.

“A partir do momento que você tem uma criança, que tem a condição de sair do cuidado de UTI, mas não pode ir para a enfermaria, e você não tinha esse leito, que hoje inaugura, você aumenta o tempo de permanência da criança dentro da Unidade de Terapia Intensiva plena. A partir de agora, quando você libera para esse tipo de leito, as crianças que realmente precisam estar dentro das UTIs têm essa oportunidade. Então, você está garantindo possibilidades maiores de crianças, com problemas graves no nascimento, sobreviverem e terem uma vida mais próspera, posteriormente”, assinalou.

Ampliação do atendimento

Hoje, em torno de 70% das crianças em atendimento nas UTIs do Hospital Juvêncio Mattos vem do interior do estado. Por isso, a necessidade de novos leitos. O secretário Carlos Lula frisou que, agora, a capacidade da UTI Neonatal da unidade de saúde será ampliada em 25%.

“Sabemos que ele é uma referência e, com isso, ampliamos a capacidade de continuarmos salvando vidas. Sabemos que é um momento de dificuldade, momento de crise, mas fazemos isso sabendo que, muito maior do que a crise, é a necessidade da nossa população. Então, damos o melhor cuidado possível. Esses dez leitos vão permitir uma capacidade muito maior do hospital”, garantiu.

Vereadora Fátima Araújo tem projeto de Lei importante aprovado na Câmara

COMPARTILHE

Pensando no bem estar da população de São Luís, a vereadora Fátima Araújo (PCdoB), elaborou um projeto de lei importante que foi acatado e aprovado na Câmara Municipal de São Luís nesta quarta-feira (19). O Projeto de Lei Nº 007/2018 solicita ao poder executivo a criação e implantação de um Hospital Municipal de Internação e Tratamento de Idosos na capital maranhense.

De acordo com o projeto, o município de São Luís precisa fazer parcerias com o Ministério da Saúde para construir e manter em funcionamento. Esse projeto é um sonho da vereadora Fátima Araújo que tem defendido a classe da terceira idade (Idosos) no Plenário da Câmara Municipal de São Luís.

Segundo Fátima Araújo, o Poder Executivo Municipal precisa fazer parcerias com os governos do Estado e Federal e manter o hospital com recursos do Sistema Único de Saúde (SUS). Além de parcerias com Universidades públicas e privadas e Instituições filantrópicas.

Só nesta quarta-feira (19) a vereadora teve dois projetos aprovados relacionados com saúde. Mas um direcionado para a educação municipal. O segundo projeto trata-se da importância do profissional psicólogo nas escolas da rede pública municipal. Na próxima você vai conhecer esse grande projeto.

O prefeito Anderson Wilker viabiliza a tão esperada reforma do Hospital Municipal de Alcântara

COMPARTILHE

A espera da população alcantarense pela reforma da Unidade Mista de Alcântara já dura décadas. Preocupado com a saúde da população alcantarense, o prefeito Anderson Wilker conquistou um feito importante para o município, a tão esperada reforma do Hospital Municipal Dr. Neto Guterres.

A reforma do hospital irá proporcionar melhores condições de trabalho e atendimento ao público. Além disso, a reestruturação irá disponibilizar equipadas instalações ambulatoriais e de emergência para atender a população de todo o município. Juntamente com a entrega do laboratório de análises clínicas e o novo centro cirúrgico.

“Mais um compromisso do nosso plano de governo que está prestes a ser concretizado, uma importante conquista para população que a anos aguarda melhorias na estrutura do nosso hospital. Já entregamos duas ambulâncias e vamos entregar também o novo centro cirúrgico e o laboratório que estão desativados há muitos anos.

Serão quase R$ 2 milhões de reais para reformar e equipar o Hospital, que terá uma estrutura digna para o povo alcantarense, e todos os leitos terão ar condicionado. Toda a estrutura do hospital será modificada e colocada de acordo com as normas do Ministério da Saúde.

 

Othelino Neto vistoria obras do Hospital Frei Alberto Beretta em Sítio Novo-MA

COMPARTILHE

O presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, deputado Othelino Neto (PCdoB), vistoriou, na sexta-feira (25), as obras de reforma do Hospital Municipal Frei Alberto Beretta, em Sítio Novo, região central do Maranhão. O parlamentar destinou emendas, no valor de R$ 400 mil, para a saúde do município, valor que será investido na conclusão das melhorias na unidade de saúde e aquisição de equipamentos.

Acompanhado da esposa, enfermeira Ana Paula Lobato, presidente do Grupo de Esposas de Deputados do Estado Maranhão (Gedema), Othelino Neto foi recepcionado pelo prefeito do município, João Piquiá (PRB), e também por vereadores e lideranças políticas.

 Ao chegar à cidade, reuniu-se com a população na Câmara de Vereadores. Em seguida, visitou as instalações do Hospital Municipal Frei Alberto Beretta, que está em reforma. Othelino Neto parabenizou o prefeito João Piquiá por ter construído o hospital com recursos próprios e afirmou estar feliz por poder contribuir com as melhorias, para benefício da população de Sítio Novo.

 “Vemos que é um hospital bem estruturado e grande. É um prazer ver a unidade de saúde bem estruturada e, agora, poder ajudar com uma emenda minha para que possa funcionar ainda melhor”, disse o parlamentar.

O prefeito João Piquiá agradeceu a visita e lembrou que, há alguns meses, esteve na capital maranhense em reunião com o deputado Othelino Neto, que prontamente ouviu as demandas do município e trabalhou para que elas fossem atendidas. “Nós estivemos em São Luís há alguns meses, onde ele mostrou interesse em trabalhar com a população de Sítio Novo. Fizemos algumas reivindicações e ele, prontamente, destinou essas emendas para a saúde de Sítio Novo”, afirmou o prefeito.

 O presidente da Câmara Municipal, vereador Salomão Macedo (PTB), declarou que a população de Sítio Novo reconhece o compromisso do deputado Othelino Neto com o município. “É um orgulho o recebermos e tenho certeza de que a população também o recebe de braços abertos, pois ele demonstra que tem compromisso com o povo. Antes mesmo de vir ao município, o deputado Othelino colocou essa emenda, que só vem a somar com a saúde do nosso município”, finalizou.

 

Dia Mundial de Combate ao Câncer: diagnóstico precoce pode levar à cura

COMPARTILHE
Novos tratamentos e equipamentos para detecção da doença aumentam sobrevida dos pacientes e estão disponíveis no Hospital Sírio-Libanês

O Dia Mundial de Combate ao Câncer, celebrado em 4 de fevereiro, tem por objetivo conscientizar a população sobre os vários tipos de câncer, seus fatores de risco e a importância do diagnóstico precoce, considerado um dos caminhos para a cura. No Brasil, a cada ano, são registrados, em média, 590 mil novos casos da doença, de acordo com o Instituto Nacional de Câncer (INCA). A boa notícia é que, nos últimos anos, os tratamentos estão sendo mais eficientes. Além da prevenção e do diagnóstico precoce, há avanços também no tratamento. Como resultado, as chances de cura vêm crescendo nos últimos anos. De acordo com o oncologista Dr. Rodrigo Munhoz, do Hospital Sírio-Libanês, “estudos feitos no Reino Unido mostram que as chances de cura do câncer aumentaram de forma importante nos últimos 40 anos”. Ele completa: “Nos EUA, a mortalidade por câncer caiu mais de 10% somente na última década”.

As chances de cura, porém, não são uniformes – elas dependem do tipo de câncer, do momento do diagnóstico e do tratamento aplicado, alerta o médico. Elas são maiores em fases iniciais da doença e quando o tratamento é realizado de forma adequada e oportuna. Daí a importância dos avanços na prevenção. Iniciativas que buscam a conscientização e mudança de comportamento, como políticas antitabagismo e campanhas de cuidado com a exposição à luz solar, são muito bem-vindas. Da mesma forma, a incorporação de vacinação contra o HPV é uma medida fundamental na luta contra um câncer de colo uterino e que pode ter também um impacto na redução de outros tipos de tumor.

Entretanto, ainda que o diagnóstico seja feito em fases mais avançadas, novos tratamentos vêm mudando o dia a dia de médicos e pacientes. Um exemplo disso é a incorporação da imunoterapia: uma forma de tratamento que sofreu grandes melhorias nos últimos anos e agora representa uma nova arma contra diversos tipos de tumores, incluindo melanoma, pulmão e renal.

No caso específico do melanoma, esses avanços se traduziram não somente em melhores resultados e controle, como também em mais qualidade de vida. “Tanto com o uso da imunoterapia quanto com a terapia-alvo, as chances de os pacientes estarem vivos após mais de 5 anos vem aumentando progressivamente e, muitas vezes, com efeitos colaterais mais brandos do que aqueles que antes víamos com a quimioterapia”, explica o médico.

PET/CT Digital: avanço diagnóstico

A forma de avaliar e detectar o câncer também vem sofrendo modificações. O PET/CT Digital, por exemplo, disponível no Hospital Sírio-Libanês, pioneiro em oferecer este equipamento na América Latina, é um forte aliado para a descoberta de tumores malignos, além de auxiliar na detecção de doenças neurológicas, como Alzheimer. “Esse equipamento é uma grande evolução no uso do PET/CT como ferramenta de diagnóstico”, diz Carlos Buchpiguel, coordenador médico da Medicina Nuclear do Hospital Sírio-Libanês. Este aparelho faz uso da tecnologia de diagnóstico por imagem molecular. Essa modalidade, relativamente nova na área de saúde, envolve uma série de reações entre os elementos de imagem e moléculas-alvo, como enzimas, que quando presentes permitem o diagnóstico mais preciso e, muitas vezes, precoce. Essa conquista faz parte da busca pela inovação constante do Sírio-Libanês, contribuindo para aprimorar o sistema médico-hospitalar e a oferta de assistência à saúde.

Sobre o Sírio-Libanês
A Sociedade Beneficente de Senhoras Hospital Sírio-Libanês, instituição filantrópica fundada em 1921, trabalha diariamente para oferecer uma assistência médico-hospitalar de excelência, sempre com um olhar humanizado e individualizado, em mais de 60 especialidades. Em uma busca constante, o hospital desenvolve atividades de ensino, integradas ao trabalho de compromisso social. Com o olhar sempre voltado para a tecnologia e inovação na atenção à saúde, o Sírio-Libanês Ensino e Pesquisa promove estudos e compartilha conhecimento. Por meio de uma parceria com o Ministério da Saúde, desenvolve programas de apoio ao Sistema Único de Saúde (SUS) e contribui para a disseminação de conhecimento e boas práticas para mais de 8 mil gestores de saúde em todo o país, como parte do Programa de Apoio e Desenvolvimento Institucional do Sistema Único de Saúde (Proadi-SUS). A instituição também é responsável pela gestão de cinco unidades públicas estaduais e municipais de saúde como parte do trabalho do Sírio-Libanês Responsabilidade Social, além de manter um ambulatório filantrópico para atendimento a pacientes com câncer de mama em São Paulo.

Samaritano Botafogo é o primeiro hospital do Rio de Janeiro a contar com o robô da Vinci Xi

COMPARTILHE

Rio de Janeiro, RJ  O Samaritano Botafogo é o primeiro hospital do Rio de Janeiro a contar com a mais moderna versão do robô da Vinci – a Xi -, que proporciona maior mobilidade e melhor definição de imagens para os médicos durante os procedimentos cirúrgicos. Em 2012, a instituição também foi a primeira do setor privado na cidade a adotar essa tecnologia e, desde então, já realizou 757 cirurgias robóticas. O novo equipamento será utilizado em procedimentos cardiológicos, urológicos, endocrinológicos, digestivos, ginecológicos, torácicos e de cabeça e pescoço.

Além de possibilitar que o médico realize as cirurgias com mais precisão – mesmo em áreas muito próximas, graças à rotação em 360 graus de garras mecânicas e câmera HD –, os principais diferenciais do da Vinci Xi são um grampeador cirúrgico, utilizado nos procedimentos bariátricos, e a movimentação do robô em diferentes ângulos, sem necessidade de mudar o paciente de posição nas cirurgias de tórax ou da região colorretal.  

A mais nova tecnologia usada nos centros cirúrgicos do Hospital Samaritano de Botafogo no Rio de Janeiro – RJ

Ricardo Periard, diretor do Hospital Samaritano Botafogo, ressalta que a cirurgia robótica vem sendo reconhecida como um dos mais importantes avanços da medicina nas últimas décadas. “O uso do robô permite cirurgias menos invasivas e mais assertivas e, no pós-operatório, uma recuperação mais rápida para os pacientes”, explica o executivo.

Sobre o Hospital Samaritano Botafogo:

Inaugurado em 1949, na Zona Sul do Rio de Janeiro, o Hospital Samaritano Botafogo é um dos mais modernos centros de prevenção, diagnóstico e tratamento do país. A instituição conta com tecnologia de ponta em todos os setores e possui uma equipe médica de alto nível, em diversas especialidades. Em 2014, o Samaritano inaugurou a sua segunda unidade no complexo Americas Medical City, na Barra da Tijuca. O Hospital Samaritano Botafogo integra o Americas Serviços Médicos, grupo médico – hospitalar que reúne a experiência de instituições renomadas e de referência, localizadas em cinco estados e no Distrito Federal. Para mais informações, acesse www.hsamaritano.com.br.

 

Mais informações:

Relações com a Imprensa – Hospital Samaritano Botafogo

Andresa Feijó – afeijo@imprensahospitais.com.br

+ 55 (21) 3805-1202 | (21) 97271-6387

 

Sebrae e Prefeitura de Alcântara articulam implantação do programa Hospital Inteligente

COMPARTILHE

Uma articulação institucional da superintendência do Sebrae no Maranhão, está resultando em um trabalho inédito na região do litoral ocidental maranhense. A cidade histórica de Alcântara será a pioneira na implantação de um sistema de gestão especializada em sua rede municipal de saúde.

A reunião realizada recentemente no município, serviu para apresentar o programa “Hospital Inteligente” para o prefeito de Alcântara, Anderson Wilker, seus secretários municipais, diretores e coordenadores ligados diretamente a área da saúde de Alcântara.

 “Um planejamento estratégico é fundamental para qualquer administração e quando ele é bem executado dentro da gestão pública traz ganhos exponenciais em todas as áreas e essa é uma preocupação que nós temos percebido por parte de alguns prefeitos maranhenses. Por isso o Sebrae está aqui, e estará onde for solicitado, para ajudar esses gestores em todos os segmentos das políticas públicas”, afirmou o Diretor Superintendente do Sebrae Maranhão, João Martins.

A principal característica que será trabalhada durante a implantação do programa “Hospital Inteligente” será a humanização no atendimento. Os funcionários receberão capacitações voltadas para o tratamento especial que deverão ter com os pacientes que chegarem em busca de atendimento nos estabelecimentos de saúde. Esse acompanhamento será feito por uma equipe multidisciplinar de consultores especializados, que inclui psicólogos, especialistas em tecnologia da informação, gestão hospitalar e de saúde, além de consultores em atendimento.

“O bom atendimento e a gestão eficiente na área da saúde é algo que estamos priorizando na nossa gestão, poder contar com a ajuda do Sebrae para o aprimoramento dos nossos serviços é muito importante. Eu acredito nos benefícios que a implantação do programa “Hospital Inteligente” proporcionará para o município de Alcântara e no final, todos ganharão. A população receberá um atendimento ainda melhor, os nossos funcionários estarão sendo capacitados e a administração estará cumprindo com louvor o seu papel”, declarou o prefeito de Alcântara, Anderson Wilker.

ETAPAS

O programa “Hospital Inteligente”, contemplará todas as unidades de saúde do município, terá duração de um ano e será dividido em três etapas.

Na primeira, que levará três meses, será feito um diagnóstico onde serão levantadas as informações sobre o funcionamento dos estabelecimentos de saúde de Alcântara em relação ao atendimento, processo, administração e competências. As dificuldades que impedem o bom funcionamento do sistema serão convertidas em um plano de ações que tratará especificamente de cada problema.

Na segunda e mais extensa etapa do programa, acontecerá de fato a implantação do “Hospital Inteligente”, reestruturando o atual sistema de saúde, propondo uma redefinição das instalações físicas e implementando ao longo de seis meses ferramentas que irão garantir uma maior eficiência nos processos, impactando diretamente na produtividade, com o aumento do número de atendimentos, redução drástica dos custos e ampliação da qualidade dos serviços prestados aos pacientes.

A terceira etapa do programa consiste em realizar um monitoramento sistemático que será finalizado com a elaboração de um cronograma de ações que deverão ser executadas nos próximos doze meses pela equipe de saúde do município.

O calendário de implantação do programa já está sendo elaborado, uma equipe da secretaria municipal de saúde e da unidade regional do Sebrae em Pinheiro, estão definindo o cronograma e a data de início da primeira etapa que deve acontecer ainda este mês de novembro.

“A implantação do programa é uma prioridade para nós, assim como o acompanhamento detalhado do seu andamento e dos progressos alcançados. Será um trabalho desafiador, mas que com certeza servirá de referência para toda a região do litoral ocidental maranhense”, afirmou Graça Fernandes, gerente regional do Sebrae em Pinheiro, responsável pelo atendimento do município.

“Hospital de Traumatologia e Ortopedia é fruto de luta”, diz Flávio Dino

COMPARTILHE

O governador Flávio Dino entregou nesta terça-feira (09), em São Luís, o Hospital de Traumatologia e Ortopedia (HTO), uma unidade inédita no Estado capaz de atender casos de alta complexidade. Com o novo prédio, a rede pública estadual na capital passa das atuais 80 cirurgias por mês para 400. Ou seja, a capacidade é multiplicada por cinco, o que vai desafogar a fila por cirurgias. Em 2014, eram apenas 30 cirurgias por mês.

O novo hospital fica no Jardim Eldorado. Ele vai atender pacientes tanto da Grande Ilha como de outros municípios. Flávio Dino lembrou que a inauguração do hospital representa um marco para a Saúde maranhense. E que foi preciso vencer resistências para que o HTO fosse entregue à população.

“Não perdemos nunca a alegria de fazer o bem. Esse é o milagre desse governo, o milagre da multiplicação das oportunidades, da luta obstinada pela igualdade, de não ter medo de nada e nem de ninguém”, disse o governador durante a entrega do hospital.

“Não importa quem foi poderoso ontem ou se esse alguém se acha dono da riqueza e do poder. Aqui não temos medo.”

O governador ressaltou que “temos que lutar sempre, e lutando as coisas têm outro sabor”. Ao afirmar que já foram concluídas mais de 500 obras desde 2015, Flávio Dino acrescentou que “poucas inaugurações me emocionaram tanto quanto esta, porque é fruto de luta”.

Governador Flávio Dino entregou o novo Hospital de Traumatologia e Ortopedia, em São Luís. Foto: Handson Chagas/Secap

Tecnologia e redução da fila
O secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula, disse que o hospital era um pedido antigo dos médicos no estado. Ele previu que, em um ano, a fila de espera por cirurgias vai estar consideravelmente menor. Hoje, são cerca de 2 mil pessoas no aguardo.

O HTO tem capacidade para 4,8 mil cirurgias por ano, mas “a fila vai ganhando novos componentes a cada dia”, principalmente por causa dos acidentes de moto, frisou o secretário.

De acordo com o diretor clínico do HTO, Newton Gripp, a unidade está pronta e completamente equipada para atender todos os casos complexos: “Temos 100% de capacidade aqui. Ninguém mais precisa sair do Maranhão para tratar qualquer doença ortopédica”.

O médico Damião Guedes, especialista em reconstrução e alongamento ósseo, diz que o HTO também vai formar e qualificar profissionais. “É uma unidade de referência para pacientes e profissionais. Aqui ficou como uma ilha de excelência, quem está dentro está festejando e quem está fora está querendo entrar”, diz.

Flávio Dino ressaltou que os mais de 300 profissionais do novo hospital são os verdadeiros responsáveis pela importância da unidade. “Mãos e coração: disso é feito um bom hospital. E eu tenho certeza que o HTO será um excelente hospital porque está nas excelentes mãos desses profissionais.”

Consultas
Carlos Lula ressaltou que o Hospital de Traumatologia e Ortopedia vai receber casos encaminhados de outras unidades, como as UPAs e o Socorrão. Ou seja, o paciente não deve buscar atendimento diretamente no HTO, e sim ser encaminhado para lá.

“Eu sou a primeira paciente do hospital novo! Cheguei aqui foi cedo”, contou a lavradora Raimunda Vaz Cardoso, 54 anos, que vai constantemente de Miranda do Norte a São Luís para consultar os dois joelhos, que precisam ser operados.

“A cirurgia é R$ 30 mil na rede particular. Eu disse ‘doutor, não tenho condição de pagar essa cirurgia’. Aí a assistente social me encaminhou para o Hospital Geral, onde me consultei com o doutor Newton Gripp, que me trouxe para cá [HTO].”

“Minha expectativa é não precisar mais esperar esse tempo todo e fazer minha cirurgia sem custo nenhum, porque eu não tenho condição. Se eu tivesse condição, eu já tinha feito essa cirurgia há muito tempo”, acrescentou Raimunda, que sente dores nos joelhos há cinco anos.

Fotos: Handson Chagas/Secap

 

Secretaria de Saúde de Bequimão divulga nota sobre ocorrido nesta segunda-feira (12)

COMPARTILHE
A Secretaria Municipal de Saúde de Bequimão, por meio da Diretoria do Hospital Municipal “Lídia Martins”, divulgou nota sobre a situação ocorrida com a paciente Paula Gomes, que chegou a falecer na manhã desta segunda-feira (12), na UPA do Bacanga, em São Luís.
CONFIRA A NOTA ABAIXO NA ÍNTEGRA
A Secretaria Municipal de Saúde de Bequimão, por meio da Diretoria do Hospital Municipal “Lídia Martins”, informa que apurou, imediatamente, a situação ocorrida com a paciente Paula Gomes, que chegou a falecer na manhã desta segunda-feira (12), na UPA do Bacanga, em São Luís. Ela deu entrada por volta das 6:20h, no referido hospital, recebendo os cuidados necessários de emergência, de acordo com o protocolo para o estado da paciente. Quando seus parâmetros já estavam estabilizados, foi providenciada, com agilidade, sua transferência para a capital, visto que se tratava de um quadro com histórico de cardiopatia de alto grau.  Expressamos profunda solidariedade à família de dona Paula Gomes.
Secretaria Municipal de Saúde de Bequimão- MA

Alcântara sendo organizada e limpa através de mutirão

COMPARTILHE

O município de Alcântara está em total reconstrução. Após assumir o comando da gestão, o prefeito Anderson Wilker (PCdoB), delegou um mutirão de limpeza envolvendo integrantes do secretariado, a começar de imediato pelo Hospital Dr. Neto Guterres, que por 4 anos ficou totalmente abandonado.

 

A equipe fez uma verdadeira limpeza tanto na parte interna, quanto na área externa, onde acumulava lixo de vários anos. Após a limpeza bruta, os integrantes do mutirão lavaram o hospital com sabão, o que deixou o ambiente com outro visual.

A nova gestão não encontrou sequer uma ambulância funcionando, mas o prefeito Anderson já colocou a primeira pra atender o povo alcantarense que passou 4 anos carente de saúde pública no município. Para o prefeito Anderson, o trabalho não vai dar trégua durante sua gestão, e nos primeiros 100 dias vão ser para colocar o município em funcionamento os principais pilares (Saúde e Educação).

Após limpeza do hospital, o próximo prédio a ganhar uma faxina geral foi na Escola Presidente John Kennedy, que estava entregue a sujeira há meses. A equipe de limpeza deixou a escola pronta para abrigar alunos no início das aulas.

Enquanto a limpeza era feita nos prédios públicos da cidade, o secretário de limpeza publica de Alcântara, juntamente com seus auxiliares, tentava obstruir a sujeira que tomava conta da cidade. O centro histórico do município está ganhando novo visual, o que vai atrair os turistas que visitarem a cidade a partir de agora.

Responsive WordPress Theme Freetheme wordpress magazine responsive freetheme wordpress news responsive freeWORDPRESS PLUGIN PREMIUM FREEDownload theme free