casa » Archivo de Etiquetas: Governo

Archivo de Etiquetas: Governo

Governo participa de encontro de jovens da Baixada Maranhense

COMPARTILHE

A secretária de estado da Juventude, Tatiana Pereira, participa, neste sábado (7), da I Reunião Ampliada do Fórum de Políticas Públicas de Juventude da Baixada Maranhense, que acontece no município de Arari. O objetivo do encontro é discutir propostas para diminuir o avanço da violência nas cidades da região e criar um comitê de discussão permanente com diversas organizações existentes na Baixada.

O evento será realizado na sede do Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais de Arari e reunirá 60 líderes de várias organizações da Baixada Maranhense como fóruns de juventude, grêmios estudantis, conselhos municipais de juventude, secretarias e coordenações de Juventude, Pastoral da Juventude e movimentos evangélicos e outras organizações que trabalham com o setor em municípios da região.

De acordo com a organização do encontro, na oportunidade, os jovens baixadeiros discutirão a criação de uma agenda positiva do Fórum Regional de Juventude, através da realização de uma mesa redonda para discutir a questão da segurança pública, com a participação de diversas organizações da região e convidados.

De acordo com o presidente do Fórum de Políticas Públicas de Juventude da Baixada Maranhense, Jailson Mendes, a intenção é elencar propostas de intervenções na área de segurança nos municípios e levar até a Secretaria de Estado de Segurança Pública e organizar ações conjuntas.

O encontro está sendo organizado pelo Fórum Regional de Juventude, em parceria com a Prefeitura Municipal de Arari e com o Fórum de Juventude do município.

 

Governo sensibiliza doadores de sangue para abastecer Hemonúcleos no interior do estado

COMPARTILHE

A população dos municípios do interior do Maranhão aderiu à campanha de doação de sangue lançada pela Secretaria de Estado da Saúde, por meio do Centro de Hematologia e Hemoterapia do Maranhão (Hemomar). O objetivo da campanha “Folião Solidário… Antes de cair na folia faça sua parte – Doe Sangue” é estimular a doação de sangue para manutenção de estoque adequado ao atendimento da demanda transfusional dos hospitais de todo o estado.

Desde o dia 1º de janeiro, 1.287 bolsas foram coletadas nas cidades de Pinheiro, Pedreiras, Santa Inês, Caxias e Codó. O Hemonúcleo de cada um destes municípios servirá como base de apoio para coletar as doações com funcionamento, sempre das 8h às 18h, com exceção de Pedreiras que funciona até 12h.

Arnaldo Rodrigues fez a parte dele e procurou o Hemonúcleo de Pinheiro. “A doação de sangue é um ato de amor ao próximo e neste período de carnaval a demanda de sangue aumenta e eu sempre faço doação para ajudar a manter o estoque de sangue e ajudar os pacientes que precisam”, afirmou.

Em Pedreiras, Diego Siqueira da Silva compreende a importância do gesto. “É sempre importante ajudarmos. Fico feliz em poder contribuir com um pouco de vida que estou dando para outra uma pessoa”, explicou.
No interior, as ações para doação voluntária e coleta sanguínea estão sendo realizadas nas cidades de Pinheiro, Pedreiras, Santa Inês, Caxias, Codó, Balsas e Imperatriz.

Os profissionais do Hemomar alertam que os voluntários dispostos a fazer a doação e ajudar a salvar vidas precisam seguir regras essenciais. O doador voluntário precisa ter entre 16 e 69 anos de idade, sendo que os menores de 18 precisarão apresentar o consentimento do responsável para realizar o ato.

O doador também precisa estar em boas condições de saúde e ter peso mínimo de 50 kg. Entre uma doação e outra é necessário respeitar o intervalo para reposição de ferro pelo organismo, mulheres devem aguardar 120 dias, nos homens o período compreende 90 dias.

Quem não pode doar

Entre os grupos que não podem doar sangue estão mulheres grávidas, pessoas que tiveram hepatite após os 11 anos de idade, portadores de hepatites B e C, Aids, Doença de Chagas, malária e quem faz uso de drogas ilícitas injetáveis.

Se estiver resfriado, o doador deve esperar 7 dias após o desaparecimento dos sintomas. Quem fez tatuagem, maquiagem definitiva, esteve em região de malária ou fez sexo sem proteção deve aguardar um ano.

 

Mais de R$ 247 milhões foram investidos em infraestrutura na Baixada Maranhense

COMPARTILHE

Durante os três primeiros anos da gestão do governador Flávio Dino, a Baixada Maranhense, formada por 21 municípios, já recebeu mais de R$ 247 milhões em obras. Construções e urbanizações nas áreas da educação, segurança, saúde, espaços públicos, vias urbanas e rodovias fazem parte do maior pacote de investimentos do Governo do Estado da história da região. Para este ano, mais investimentos já foram anunciados.

Educação

Um dos maiores programas do governo Flávio Dino é o Escola Digna, que transforma escolas de taipa e barro em escolas de alvenaria. Na Baixada Maranhense, o governo investe R$ 9.897.866,36 na construção de Escolas Dignas. Uma delas fica na cidade de Monção, no povoado Vila da Paz. Os alunos receberam com muita alegria o prédio novo com duas salas, banheiros, cozinhas e salas administrativas.

“Estávamos contando os dias para que as aulas pudessem começar”, afirmou o professor Mauro Henrique durante o último dia de aula num barracão improvisado.

O Programa Escola Digna também constrói Núcleos de Educação Integral, constrói e reforma escolas regulares e quadras poliesportivas em todas as regiões. Na Baixada, dois núcleos estão em construção e 16 escolas recebem investimentos de mais de R$ 25 milhões. O Centro de Ensino (C.E.) Nina Rodrigues, por exemplo, teve todo o seu prédio reformado. Os serviços de revisão e melhorias no telhado, instalação de forro, recuperação de banheiros, revisão das instalações elétrica e hidráulica, pintura, entre outros serviços, deram novos ares à escola que tem oito salas de aula, laboratório, biblioteca, pátio, além de espaços administrativos.

“É um sentimento de muita gratidão ao Governo do Estado por essa iniciativa de dar mais dignidade aos nossos alunos, professores e demais funcionários. Este momento aqui mostra que o governo está empenhado em transformar a nossa escola em um espaço digno”, destacou a gestora geral em exercício, Ingrid Lituânia.

Outra reforma significativa foi do C.E. José de Anchieta, em Pinheiro. A escola fica localizada no Campinho, um dos maiores bairros da cidade de Pinheiro. É uma das maiores e mais tradicionais escolas públicas da cidade. Com 40 anos de história, tem uma grande relevância no contexto educacional da cidade, mesmo assim, há 13 anos a escola não passava por uma reforma, de fato, estruturante.

A obra realizada pelo Governo beneficia diretamente mais de 900 estudantes, além de professores e funcionários. A reforma incluiu a recuperação do telhado, troca de piso, instalações hidráulicas e elétricas renovadas, pintura das paredes, instalação de aparelhos de ar condicionado, novos quadros, reforma de banheiros, troca de portas, janelas e de luminárias, instalação da subestação de energia elétrica e nova adequação dos espaços de lazer, além da aquisição do novo mobiliário.

Ainda na educação estão em construção três Institutos Estaduais de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (IEMA) nas cidades de Santa Helena, São Vicente Ferrer e Vitória do Mearim e a reforma da Escola Liliosa Cantanhede em Bequimão, que tornou-se uma Unidade Vocacional do IEMA . O IEMA foi criado com o intuito de ampliar a oferta de educação profissional técnica de nível médio no estado.

Saúde

Na área da saúde, o Governo do Maranhão investe R$ 52.099.940,66 na construção, reforma e ampliação de oito prédios. Uma das grandes realizações da Baixada foi a inauguração do Hospital Regional Dr. Jackson Lago, em Pinheiro. O hospital regional possui 122 leitos de internação, sendo 26 de clínica médica, 26 leitos de clínica pediátrica, 26 leitos de clínica ortopédica, 26 leitos de clínica cirúrgica, 12 leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) e seis leitos de Unidade de Cuidados Intermediários (UCI).

O pedreiro Sebastião Ribeiro, de 67 anos, há três anos aguardava pela cirurgia de catarata. Na primeira ação do hospital, um mutirão, foi possível realizar a operação. “A operação da vista foi um sucesso, estou feliz demais”, comemorou Sebastião Ribeiro.

Segurança

Já na segurança, o governo Flávio Dino investe cerca de R$ 4.640.047,10 na reforma, construção e manutenção de prédios na Baixada Maranhense. Em Penalva, está sendo realizada a reforma e ampliação da Delegacia de Polícia Civil. Em Pinheiro, o governo reforma e modernização o 10º Batalhão de Polícia Militar. A delegacia de São Bento também está recebendo intervenções.

Mais Asfalto

O Programa Mais Asfalto é uma ação do Governo que pavimenta e melhora rodovias e requalifica as vias urbanas das cidades. Na Baixada, o investimento do Mais Asfalto supera os R$ 156 milhões. Um dos grandes gargalos da região era a MA-006, entre Pedro do Rosário ao povoado Cocalinho. São 42 quilômetros de extensão que por décadas foram alvos de protestos por parte dos moradores.

“Mais de 49 anos eu esperei por todo tempo o asfalto passar aqui”, relatou a aposentada Maria de Nazaré, de 66 anos, uma das moradoras mais antigas de Pedro do Rosário.

Além dessa rodovia, o Governo está investindo na construção de 16 quilômetros da Estrada do Peixe, que liga Itans a Matinha, e na construção da Ponte Central/Bequimão.

Na MA-106, entre Cujupe e Governador Nunes Freire, as obras de recuperação dos seus 186 quilômetros facilita o deslocamento de maranhenses e paraenses. De Vitória do Mearim até o povoado Três Marias, na MA-014, estão sendo recuperados 151 quilômetros da rodovia. Ainda na MA-014, estão sendo realizados investimentos de Palmeirândia até o entroncamento com a MA-106, em Peri-Mirim.

“O Inferninho pode ser implantado no Anel Viário” – diz comerciante

COMPARTILHE

Investir no esporte é algo digno de aplausos, mas da forma que os comerciantes do Anel Viário receberam a notícia, pode ser digno de tristeza. A região do Anel Viário espera por urbanização há anos e nenhum gestor se importou com a situação de quem trabalha ou passa por ali. A notícia de que na área será implantado uma pista de Skate deixou os donos de barracas apavorados e principalmente os passageiros que passam por ali desde as 5h da manhã até meia noite.

O local já é violento por natureza e só não é pior por causa do movimento de passageiros, comerciantes e vendedores ambulantes que passam a maioria do dia no local. Com a construção da pista os comerciantes devem sair do local, e com isso virar um verdadeiro “inferninho” como existiu por décadas no Portinho, onde era ponto de prostituição e drogas, além de ter sido a parte central mais violenta da capital maranhense.

Para um dos comerciantes que falou com nossa reportagem, o governador pode e deve construir uma pista para os Skatistas, mas deveria ser em outro local ocioso e não no Anel Viário que abriga vários comerciantes e poderia ser transformado em um local boêmio na capital, que o ludovicense já conhece como área de diversão.

“Não fizeram planejamento nenhum, o governador para agradar meia dúzia pode deixar dezenas de famílias sem comida na mesa. Os Skatistas merecem ter seu local de treinos, mas isso se faz em praças, complexos esportivos, não em local que sustenta dezenas de famílias em São Luís. O governador ou o prefeito, sei lá quem vai construir, poderia revitalizar o Parque do Bom Menino que está abandonado e servindo de abrigo para bandidos. Lá sim é o local e não aqui. Isso se chama falta de planejamento e não conhecer a cidade. Para onde o nariz apontar eles vão e fazer uma bobagem” – disparou um comerciante que não quis se identificar.

REUNIÃO COM OS COMERCIANTES

Conforme haviam deliberado em reunião, os vinte (21) comerciantes que têm estabelecimentos na praça do Anel Viário decidiram neste último final de semana fazerem apelar para a Câmara Municipal e pedir socorro para a imprensa, no encontro que terão com subprefeito do Centro Histórico, Fábio Henrique Carvalho, nesta terça-feira (17), a partir das 10 horas, na sede da Blitz Urbana.

O apelo daquelas pessoas aos vereadores e aos órgãos de imprensa, decorre da convocação do auxiliar da Prefeitura de São Luís ter convocado essa reunião para tratar da retirada dos comerciantes da área para a construção de uma pista de skate no local, a mando do governador Flávio Dino, segundo ele mesmo afirmou na noite de sexta-feira, (13), no encontro mantido com os comerciantes.

PREOCUPAÇÃO COM A RETIRADA

Os proprietários das barracas existentes na localidade estão preocupados com a iminência de perderem seus locais de trabalho, e sem ter onde desempenharem suas atividades para prover o pouco sustento que mantêm para o sustento de suas famílias e de suas barracas. “Este é o único local que nós temos para trabalhar, e querem nos retirar para ficarmos desempregados, e sem ter para onde ir”, afirma a comerciante Raimunda Januário.

Já o presidente do Sindicato dos Comerciantes do Anel Viário, Ribinha, tem mantido conversa com os comerciantes que serão prejudicados, além de ter confirmado presença na reunião marcada para a sede da Blitz Urbana nessa terça-feira, reforma o pedido de apelo dos seus colegas de ajuda dos vereadores da Câmara Municipal e da imprensa, para que também se mantenham informados e busquem melhores informações sobre a questão.

“Se o governador está com essa ideia de construir uma pista de skate aqui no local, o que vai implicar em um grande gasto de dinheiro, porque ele não aproveita para executar um projeto de reurbanização da área, o que certamente gastaria muito menos” Indagou a comerciante Maria de Jesus, para dizer, “e não vir com a resposta de que o projeto de reurbanização entregue na prefeitura o subprefeito diz que o governador mudou tudo. É bom que a gente se lembre que esse projeto foi entregue ao prefeito Tadeu Palácio e também na época foi entregue na Câmara Municipal aos vereadores Pereirinha, Marília Mendonça e Rose Sales, e agora a onda foi parar esse projeto?” finaliza ela com essa interrogação.

 

Othelino Neto representa Assembleia Legislativa em ação do Governo do Estado

COMPARTILHE

O deputado Othelino Neto (PC do B) representou a Assembleia, na tarde desta sexta-feira (22), no Palácio Henrique de La Roque, em cerimônia de entrega de 47 viaturas às Polícias Militar e Civil de vários municípios; e a assinatura da ordem de serviço, pelo governador Flávio Dino (PC do B), para a construção do Parque Estadual do Rangedor. O Governo do Estado investiu mais de R$ 18 milhões na aquisição das novas viaturas.

Os deputados estaduais Vinicius Louro (PR), Ana do Gás (PC do B), Levy Pontes (PC do B), Ricardo Rios (SD), Bira do Pindaré (PSB), Zé Inácio (PT), Fábio Braga (SD) e os federais Waldir Maranhão (PP) e Rubens Júnior (PC do B) também prestigiaram o evento e reconheceram os investimentos feitos pelo governador Flávio Dino na área de Segurança. Vários secretários de estado, prefeitos, vereadores e autoridades policiais marcaram presença no evento.

 

Na oportunidade, o deputado Othelino Neto ressaltou as ações do Governo do Estado em relação ao fortalecimento do Sistema de Segurança Pública do Maranhão. “Em menos de três anos de governo, o governador Flávio Dino já entregou 738 viaturas policiais, o que significa uma média de uma ambulância entregue a cada dia. Isto, sim, representa compromisso com a Segurança Pública. É um grande avanço para o setor de segurança tanto na dimensão preventiva quanto repressiva”.

PARQUE ESTADUAL DO RANGEDOR

Antes do ato de entrega das novas viaturas, o governador Flávio Dino assinou a ordem de serviço para a construção do Parque Estadual do Rangedor, importante área de proteção ambiental, que passará a abrigar equipamentos públicos de lazer como, por exemplo, pista de cooper, ciclovia, praça com playground, quadra poliesportiva e de areia. “Estamos oferecendo a São Luís mais uma opção de lazer para a população e, ao mesmo, tempo mais uma ação no campo da segurança pública na dimensão preventiva, pois o lazer, sem dúvida, contribui para atenuar a violência, com a construção do Parque Estadual do Rangedor”, acrescentou.

FALA DO GOVERNADOR

Em sua fala, Flávio Dino disse que não há recursos para tudo e que, por isso, tem que se estabelecer prioridades. “Educação e Segurança são prioridades em nosso governo. Por isso não tem faltado dinheiro para investirmos nessas áreas. Paralelo a isso, temos intensificado as ações de parceria com os municípios. Temos consciência que é preciso fazer mais”, esclareceu o governador.

“Em 2 anos e 8 meses de governo, já entregamos 738 viaturas para as polícias Civil e Militar, isso é um recorde. Estamos fazendo o máximo. Precisamos evitar a crise aguda de segurança vivida pelo Estado do Rio de Janeiro”, destacou Flávio Dino, acrescentando que as ações de seu governo carregam a marca de seriedade e de coragem, que lhe caracterizam como agente político.

MUNICÍPIOS CONTEMPLADOS

Foram contemplados com viaturas os municípios de Açailândia, Alcântara, Alto Parnaíba, Araioses, Bacabal, Balsas, Barra do Corda, Caxias, Chapadinha, Codó, Colinas, Cururupu, Governador Archer, Governador Nunes Freire, Humberto de Campos, Imperatriz, Itapecuru-Mirim, Itaipava do Grajaú, João Lisboa, Matinha, Pedreiras, Presidente Dutra, Rosário, Santa Inês, Santa Luzia do Tide, Santa Quitéria do Maranhão, São Vento, São João do Sóter,  São João dos Patos, São Pedro dos Crentes, Timon, Vargem Grande, Tutóia, Viana e Zé Doca.

AGRADECIMENTO DOS PREFEITOS

A prefeita de Santa Luzia do Tide, França do Macaquinho (PP), agradeceu ao governador Flávio Dino em nome dos demais gestores presentes. “Somos agradecidos ao governador Flávio Dino pelo apoio que têm dado aos municípios e, também, aos nossos munícipes. Reconhecemos o esforço do governador em melhorar cada vez mais a segurança pública de nosso estado”, assinalou.

Othelino Neto destaca entrega de mais 50 viaturas pelo governo do Maranhão

COMPARTILHE

O primeiro vice-presidente da Assembleia Legislativa, deputado estadual Othelino Neto (PCdoB), destacou, na sessão desta quinta-feira (14), na tribuna, a entrega de mais 50 viaturas policiais a diversos municípios maranhenses. Os equipamentos foram distribuídos pelo governador Flávio Dino (PCdoB), em mais uma ação de reforço ao sistema de Segurança Pública do Estado.

Othelino Neto lembrou que ele participou, há cerca de 15 dias, de uma outra solenidade onde foram entregues dezenas de viaturas para  os municípios do Maranhão. Segundo ele, mais uma vez, o governador Flávio Dino entregou mais 52 viaturas para reforçar a estrutura da Polícia Militar e da  Segurança Pública no interior do Estado.

“Isso, por si só, já é um reforço importante, viaturas 4X4, que vão ajudar a Polícia Militar a poder executar, com mais competência ainda, as suas atribuições. Mas isso não é uma ação isolada, é uma das iniciativas com o objetivo de reforçar a estrutura e a eficiência da Segurança Pública no Maranhão, melhorando, reduzindo assim os índices de violência no Estado”, comentou o primeiro vice-presidente da Assembleia Legislativa.

Othelino disse que já foram muitos os policiais contratados e nomeados pelo governo Flávio Dino e disse esperar que, em breve, sejam nomeados novos reforços policiais. “Isso é um compromisso do governador Flávio Dino, pois só se faz Segurança Pública com gente. Quanto mais policiais bem tratados, bem remunerados, mais o nosso sistema vai funcionar. Então, o governo entregou centenas de viaturas, nomeou novos militares, adquiriu armamento, investiu em tecnologias da informação, etc”, afirmou.

Para Othelino Neto, com os avanços, o Maranhão já conseguiu ver os indicadores de violência reduzirem no Estado, em  especial em São Luís, onde os índices eram preocupantes. “Agora, já conseguimos observar, por exemplo, em regiões onde o nível de homicídio era elevado, que essa taxa vem caindo. Evidentemente que os números precisam melhorar. Nós temos que almejar que os crimes contra a vida eles deixem de ocorrer, mas é preciso reconhecer que a redução desses índices é fruto do investimento elevadíssimo em Segurança Pública”, disse.

Othelino lembrou que, no governo anterior, a Secretaria de Segurança era usada como palanque eleitoral do então secretário Aluízio Mendes e que, na atual gestão, o órgão atua, efetivamente, porque as pastas obedecem a uma orientação do governador Flávio Dino, diferente do passado, quando vários auxiliares agiam com seus objetivos específicos e nenhum com a intenção de promover políticas públicas para o Estado. “Basta comparar o Maranhão de hoje com o de ontem e ver o quanto valeu a pena apostar na mudança”, frisou.

Governo e Prefeitura de Alcântara realizam a Caravana do Programa Maranhão Quilombola

COMPARTILHE

O Governo do Estado e a Prefeitura de Alcântara realizam a Caravana do Programa Maranhão Quilombola, no período de 03 a 06 de julho, com ações e serviços para as comunidades rurais quilombolas alcantarenses. O evento decorre de uma articulação das Secretarias de Estado da Igualdade Racial, Saúde, Mulher, Desenvolvimento Social, Agricultura Familiar e Agerp, em parceria com a gestão municipal.

Os atendimentos e palestras ocorrem no âmbito do Programa Maranhão Quilombola (PMQ), que foi criado pelo governador Flávio Dino em 20/11/2015 e que se constitui num importante instrumento de ações articuladas de políticas públicas, destinadas às comunidades quilombolas do Estado, cujas diretrizes, são organizadas a partir das cinco ações norteadoras da Agenda Social Quilombola: acesso à terra; infraestrutura; desenvolvimento local e inclusão produtiva; saúde e educação e cidadania;

A secretária-adjunta Socorro Guterres esclarece a importância da parceria com os municípios para a realização das ações. “A Caravana tem o objetivo de sensibilizar os gestores municipais para a implementação das políticas públicas do PMQ, uma vez que a responsabilização em primeira instância é do Município. Assim, é fundamental a parceria com a gestão municipal para que os dois entes atendam às demandas dessas comunidades quilombolas com ações de saúde, educação, inclusão produtiva, palestras, oficinas, atendimento à mulheres”.

Em Alcântara serão realizados: Mutirão de saúde (SES); Rede de atendimento – Ônibus Lilás (SEMU), Mutirão de emissão de DAP Jurídica e Oficina de PAA (SEIR e AGERP); Oficina de Segurança Alimentar e Oficina de Busca Ativa (SEDES); Serviços de Convivência, recreação e lazer e atendimento do CRAS e CREAS (Prefeitura de Alcântara).

Estas ações e serviços acontecem nas comunidades de Santa Maria (segunda, 03), Peroba de Cima (terça, 04), Itamatatiua (quarta, 05) e na quinta, 6 acontece o Seminário do Programa Maranhão Quilombola: Rede de Atendimento no Auditório do IFMA.

De acordo com o prefeito Anderson Wilker, a Caravana do Maranhão Quilombola potencializa os serviços já oferecidos às comunidades e traz benefícios aos quilombolas. “Este é mais um grande momento da parceria entre a prefeitura de Alcântara e o governo do Estado, que tem sempre nos ajudado em diversas frentes e agora mais ainda com a Caravana do Programa Maranhão Quilombola. Quem ganha com esses serviços é a população, que passa a ter as políticas públicas mais presentes em suas comunidades”.

Claudia Regina Ferreira Costa, liderança quilombola de Itamatatiua, afirma que as comunidades estão mobilizadas para a Caravana. “As mulheres quilombolas estão ansiosas pra receber os atendimentos médicos na própria comunidade, pois isso já facilita nossa vida”. Outro aspecto enfocado por Claudia Regina é a importância das palestras para esclarecer os direitos das mulheres quilombolas. “É importante esclarecer a mulher quilombola sobre a violência doméstica, porque tem muitas que vivem essa realidade em casa e tem medo de denunciar”.

Esta segunda etapa da Caravana do Programa Maranhão Quilombola conta com 13 profissionais do governo estadual e cerca de 70 servidores da Prefeitura de Alcântara com previsão de atender mil pessoas; em sua primeira etapa, ocorrida em comunidades quilombolas de Itapecuru, os profissionais do Estado e da prefeitura municipal realizaram mais de 700 atendimentos.

 

SITE: www.igualdaderacial.ma.gov.br

Alcântara será beneficiado pelo Governo do Maranhão com verba para a saúde

COMPARTILHE

Prejudicado pela gestão da saúde no governo passado, o município de Alcântara, representado pelo seu gestor Anderson Wilker, participou da assinatura do termo de compromisso feita por Flávio Dino nesta terça-feira (20), que vai beneficiar dez municípios para a otimização dos serviços prestados pelos Centros de Atenção Psicossocial (Caps).

Durante a solenidade no Palácio dos Leões, o governador Flávio Dino garantiu o aporte de R$ 2,2 milhões anual para 10 cidades, corrigindo a distorção ocorrida em 2012 e reforçando a ação estadual de fortalecimento da gestão integrada em saúde mental.

A retomada do repasse foi aprovada pela Comissão Intergestora Bipartite (CIB) em maio de 2017. Há cinco anos, o município de Alcântara não recebia esse repasse, que está sendo retomado a partir deste termo de compromisso. O valor global do investimento, somando os dez municípios, será de R$ 2.226.682,88, repassados pelo Ministério da Saúde.

O governador Flávio Dino explicou que “nós estamos implementando saídas necessariamente progressivas e que vão produzindo a correção de rumos em relação aos equívocos cometidos antes. Algumas coisas podem ser reparadas, outras nós vamos levar décadas para corrigir”. Ele enfatizou que não há respostas demagógicas para a temática das drogas. “Questão é social em primeiro lugar, não se resolve apenas com polícia. Por isso que é importante que nós tenhamos essa rede. Juntos nós continuamos a disposição dos municípios”, completou.

A partir do reforço garantido pelo Governo do Estado, o cuidado das pessoas com transtorno mental poderá ser aperfeiçoado e melhor executado. A medida permite a oferta de ações de atenção integral em saúde mental, álcool e outras drogas, a garantia da continuidade da assistência em saúde mental no território do usuário e do fornecimento da medicação necessária aos usuários do serviço.

Para o secretário de Saúde, Carlos Lula, o ato de assinatura desse termo de compromisso rompe com duas inverdades que quem teve a oportunidade e não fez pelo Maranhão tenta impor: que o sistema funciona pior do que antes e que o Governo não ajuda os municípios. “O sistema de saúde hoje não só funciona melhor do que funcionava antes, como ele consegue funcionar com menos recursos do que funcionava antes dando mais serviços à população”, realçou.

O secretário de saúde, Carlos Lula, explicou também que esse aporte garantido pelo governador Flávio Dino corrige um erro cometido em 2012, quando foi pensado para o Maranhão um sistema hipertrofiado, sem planejamento, de costas para o que determina o Ministério da Saúde e que, portanto, teve que tirar os recursos dos municípios.

O prefeito de Alcântara, Anderson Wilker, ressaltou que a reimplantação do Caps do município vai beneficiar mais de mil usuários e é mais um avanço importante. “O Governo Flávio Dino tem colaborado muito com as políticas de saúde dos municípios. A população agradece. A gente tinha um serviço que há mais de dois anos estava bloqueado. E hoje, nesse grande evento, o Governo convoca os prefeitos do Maranhão para reimplantar novamente essa política de atenção psicossocial” –  pontuou.

 Foto: Reprodução

SECOM/MA

Governador anuncia pacote de ações para facilitar acesso à saúde no bairro Vila Luizão

COMPARTILHE

O Governo do Estado expandiu ações para implementar o sistema de acolhimento e atendimento ao paciente no Hospital Dr. Adelson de Sousa Lopes, na Vila Luizão, que prevê o início do agendamento de consultas cinco vezes por semana, a partir desta quarta-feira (26), no turno vespertino, até a implantação do Sistema Nacional de Regulação (SISREG). Dentre as novas ações estão ainda criação de uma força-tarefa de consultas especializadas, de sexta-feira (28) a terça-feira (2) e a implantação de uma Unidade Básica de Saúde (UBS) nesta localidade, em até 60 dias, em parceria com a Prefeitura de São Luís.

Nesta quarta-feira (26), começa o agendamento diário das consultas especializadas no Hospital Dr. Adelson de Sousa Lopes, entre 14h e 18h, cinco vezes por semana, em substituição ao processo realizado anteriormente na unidade.

Em até 15 dias, a Secretaria de Estado da Saúde (SES) vai implantar o Sistema Nacional de Regulação (SISREG). Com funcionamento do Sistema, por exemplo, o usuário, quando necessário, após a consulta com o especialista, sai da unidade com o agendamento dos exames, otimizando o tratamento do paciente, de forma integrada.

“O Sistema Nacional de Regulação, o SISREG, é um projeto piloto que vai unificar as demandas que vão para o Estado e Município. Com o sistema, as demandas serão colocadas na central unificada – todas as consultas e os exames existentes, hoje, na rede do estado, na rede do município de São Luís, além da rede contratada. É um eficiente sistema de regulação ambulatorial”, explicou o assessor especial da Rede de Assistência à Saúde da SES, Mariano de Castro Silva.

Outra ação adotada pelo Governo do Estado é a força-tarefa de Consultas Especializadas no Hospital Dr. Adelson de Sousa Lopes. A ação beneficiará os pacientes da Vila Luizão e região com atendimento já agendados, a partir desta sexta-feira (26), nos turnos matutino e vespertino. A força-tarefa prossegue até terça-feira (2).

“Vamos colocar nos quatro dias de atendimento da força-tarefa mais médicos especializados nas maiores demandas que temos no Hospital Dr. Adelson de Sousa Lopes, realizando as consultas das demandas reprimidas”, disse Mariano de Castro Silva.

No pacote de ações para região da Vila Luizão, O Governo e a Prefeitura de São Luís implantarão, em até 60 dias, uma Unidade Básica de Saúde (UBS). A SES fornecerá os profissionais médicos. Já os insumos e demais recursos humanos serão disponibilizados pelo município. “Estamos reforçando, ainda, a parte de ambulatório Hospital Dr. Adelson de Sousa Lopes, com exames ambulatoriais e de imagem”, disse Mariano de Castro Silva.

Contato para essa pauta: Vanessa Moreira    Telefone: ()     E-mail: vanvanmoreira@gmail.com

Secretaria da Comunicação Social e Assuntos Políticos do Maranhão – Governo MA. Telefone: (98) 2108-6314. E-mail: agencia.secap@secap.ma.gov.br
Veja outras sugestões de pauta. Caso você não queira receber estes releases, clique aqui.

 

Governo elabora projeto para construir novo cais flutuante em Alcântara

COMPARTILHE

Na segunda-feira (10), o presidente da Agência Executiva Metropolitana (Agem), Pedro Lucas Fernandes, entregou a concepção do projeto de novos cais flutuantes para São Luís e Alcântara, ao Capitão-de-Mar-e-Guerra André Luiz Trindade Gomes, comandante da Capitania dos Portos do Maranhão, para aprovação da Marinha do Brasil.

A ideia elaborada pelos técnicos da Agem e da Administração das Hidrovias do Nordeste (Ahinor) foi apresentada anteriormente ao governador Flávio Dino, que aprovou a construção, por entender a necessidade de melhorar a integração entre as cidades e modernizar o atracadouro de Alcântara, um dos principais acessos à Baixada Maranhense.

Após o aval do governador, a Agência Metropolitana tem articulado com os gestores das duas cidades (São Luís e Alcântara) para viabilizar a realização do projeto, por meio de parceria. A expectativa é que a licitação seja realizada o mais breve possível, após a aprovação do projeto de execução.

PROJETO
Serão construídos terminais portuários de pequeno porte, com o objetivo de dar mais estabilidade aos horários de viagens hidroviárias que ocorrem entre São Luís e Alcântara. Quando estiver em funcionamento, esses novos cais flutuantes trarão mais segurança nas operações de embarque e desembarque, nos padrões exigidos pela Marinha do Brasil e possibilitará a travessia a qualquer hora do dia ou da noite – o que pode aumentar o fluxo de turistas.

O projeto faz parte do Plano de Ações da Região Metropolitana da Grande São Luís, desenvolvido pela Agem, que engloba também a mobilidade urbana. “Estamos articulando projetos e programas integrados para o cumprimento de funções públicas de interesse comum e assim melhorar a vida de milhares de maranhenses que vivem na região metropolitana”, pontuou Pedro Lucas, presidente da Agem.

O único cais que existe na cidade está bastante deteriorado e ameaça afundar. A peça serve para desembarcar os moradores, visitantes e até militares que chegam para a base de Lançamento de Foguetes da Força Aérea Brasileira (CLA). A responsabilidade pela manutenção é da prefeitura de Alcântara, mas o governo do estado do Maranhão, através da gestão metropolitana, tomou a iniciativa de resolver este problema que preocupa moradores.

Foto: Divulgação

Por MA.GOV.BR

 

Responsive WordPress Theme Freetheme wordpress magazine responsive freetheme wordpress news responsive freeWORDPRESS PLUGIN PREMIUM FREEDownload theme free