casa » Archivo de Etiquetas: Festa Junina

Archivo de Etiquetas: Festa Junina

Fátima Araújo reúne com moradores do residencial João Alberto para definir sobre o Arraial 2019

COMPARTILHE

Uma das incentivadoras da cultura popular, a vereadora de São Luís, Fátima Araújo (PCdoB), reuniu na noite desta sexta-feira, dia 17 de maio, com moradores do bairro Residencial João Alberto para definir sobre o Arraial do Movimento Solidariedade & Ação que será realizado na comunidade.

E como o mês de Junho se aproxima, com ele o tradicional São João recheado de brincadeiras folclóricas movimentam a cultura maranhense nos quatro cantos do estado. Em São Luís não é diferente e se falando da região do João de Deus/Pirapora e Santo Antônio, a cultura é bastante valorizada.

Para começar logo os planejamentos visando o festejo junino 2019, a vereadora Fátima Araújo começou a reunir com moradores de comunidades da região. Residencial João Alberto foi o primeiro. “Nós já estamos com os preparativos para o Arraial do Movimento Solidariedade & Ação à todo vapor. Na noite desta sexta-feira (17) reuni com os moradores da rua Bacabal, no Residencial João Alberto, e confirmei que serão 3 dias de Arraial na comunidade. Fiquem ligados que em breve divulgaremos as datas e atrações”, destacou a Pequena Guerreira em sua página na rede social facebook.

Nos últimos 2 anos a vereadora Fátima Araújo tem mostrado sua garra na organização do Arraial do Movimento Solidariedade e reunido inúmeras brincadeiras e movimentado milhares de pessoas. O Arraial do Movimento Solidariedade & Ação ajuda muitas famílias abrindo espaço para venda de bebidas e comidas no festejo.

Câmara festejo São João com arraial na Sede do Legislativo

COMPARTILHE

Para buscar sair do ambiente de formalidade diuturna do parlamento, o presidente da Câmara Municipal de São Luís, vereador Astro de Ogum (PR), decidiu promover uma tarde de comemoração dos festejos juninos na terça-feira, (26), com a realização de um arraial montado no pátio do Legislativo Ludovicense com a participação de servidores, vereadores e convidados.

A movimentação toda teve a coordenação do Cerimonial da Casa, sob a coordenação da chefa do setor Soraia Carvalho, buscando tornar o ambiente agradável a todos os participantes, com detalhes desde a decoração as comidas típicas e atrações que foram convidadas para fazer a animação do festejo na casa legislativa.

O público que se fez presente teve a satisfação de curtir músicas desta temporada, além de vibrar e dançar ao ritmo das apresentações de atrações como o Boi Pirilampo e Boi Encanto do Olho D’Água, que animaram a todos os participantes da tarde de arraial no Legislativo da capital maranhense.

Também vale destacar o bufet oferecido que mantendo a tradição junina foi servido o cardápio de comidas típicas como torta de camarão, arroz de cuxá, arroz de toucinho, carangueijo, vatapá, mingau de milho e outras iguarias regionais.

“Estou satisfeito com essa maravilhosa tarde oferecida pela direção da Casa, para que tenhamos um pouco de alegria e sair do clima de tensão que vivemos no dia a dia. E esse momento de festa ao ritmo junino só é o que há de bom para nos agora”, ressaltou a funcionária Leda Maria Santos. Compartilhando com o mesmo sentimento, todos os servidores procuraram desfrutar daquele momento de descontração e lazer que tomou conta da Câmara Municipal na tarde de terça-feira.

Texto: DiretCom/CMSL

Faculdade Estácio promove Festa Junina em celebração à diversidade

COMPARTILHE

Arraial da Uni-diversidade quer incentivar o respeito pelas diferenças e a busca pela igualdade social

No dia de um dos santos juninos mais festejados no Brasil e no mundo, estudantes e colaboradores da Faculdade Estácio, em São Luís, vão homenagear Santo Antônio em uma grande festa típica, montada no verdadeiro “terreiro junino” em que vai se transformar a quadra da instituição.

O “Arraial da Uni-diversidade” foi pensado pela Estácio como forma de proporcionar o engajamento e a responsabilidade social, em um dos períodos mais festivos do ano, na capital maranhense. A ideia da celebração é promover o respeito pelas diferenças, além de incentivar a comunidade a buscar mais igualdade social de direitos e oportunidades.

Atrações

No dia 13 de junho, a partir das 18h30, além das brincadeiras e barracas de doces e de comidas típicas, o Arraial da Uni-diversidade vai contar com apresentações de cinco artistas locais e grupos folclóricos. Haverá, ainda, recitação de cordel – poemas populares muito difundidos no Nordeste.

Abaixo, a programação completa:

18h30 – Abertura com recitação de Cordel

18h45 – Música ao vivo com o cantor Zé Paulo

19h15 – Grupo de dança Street Master

19h30 – Zé Paulo / Sorteio da rifa

20h30 – Quadrilha Império Nordestino

21h00 – Quadrilha Sonho Junino

SERVIÇO

O QUE: Arraial da Uni-diversidade

ONDE: Quadra da Faculdade Estácio São Luís – Rua Oswaldo Cruz, Centro

QUANDO: Quarta-feira, 13 de junho, a partir das 18h30

Texto: Dalva Rêgo

Fátima Araújo promete realizar o maior São João de todos os tempos na área do João de Deus

COMPARTILHE

Amante da cultura popular maranhense, a vereadora Fátima Araújo (PCdoB) promete realizar o maior festejo junino de todos os tempos na região do João de Deus. O Arraial do Movimento Solidariedade & Ação 2018, promete ser mais uma edição de muito sucesso. Com o apoio da vereadora Fátima Araújo, a festa este ano será realizada durante 15 dias.

Apenas duas semanas separam os brincantes da maior festa da região do Complexo de bairro do João de Deus. Previsto para começar no dia 16 (sábado), o Arraial que terá início na Praça do João de Deus, percorrerá mais 5 bairros de São Luís, chegará à sua sexta edição.

“A mesma tradição será mantida, com a presença das mais tradicionais atrações do São João do Maranhão. A novidade ficará por conta do novo local que o evento será realizado na Vila Conceição. Esse ano, a festança será realizada no Espaço Cultural – localizado entre as ruas Riachuelo, José Luís Bernal e Dr. Machado. O Local que receberá um palco gigantesco e mais 20 barracas, é amplo e acessível para um evento de tamanha expressão. As edições anteriores eram realizadas no Canto da Cultura, entretanto, como o evento ganhou proporções gigantescas, passaremos a realizá-lo no Espaço Cultural da Vila Conceição“, destacou a vereadora Fátima Araújo.

As atrações como Boi de Sonhos e o cantor Bruno Shinoda já estão confirmadas para o evento: “Já temos 70% das danças, Bumba Boi, bandas e cantores confirmados para os mais de 15 dias de festa. Além disso, os artistas locais serão valorizados pela vereadora Fátima Araújo, uma das mais autênticas incentivadoras da cultura maranhense.

O Arraial do Movimento Solidariedade & Ação terá início no dia 16 de junho, na Praça Poliesportiva do bairro João de Deus, e se estenderá até o final do mês de junho. No espaço de mais de 15 dias a festa atingirá aproximadamente 30 mil moradores.

A programação completa será divulgada na próxima semana aqui neste site e na página oficial da vereadora no Facebook.

Por Maxsuel Bruno

 

Festejo Junino de Alcântara atrai público local e turistas

COMPARTILHE

Após o sucesso do carnaval e o festejo do Divino, o São João de Alcântara atrai grande público na abertura do Arraial na Praça da Matriz, no Centro histórico da cidade, que começou no último final de semana. A abertura oficial aconteceu no sábado (24) e contou com várias atrações folclóricas, como Balé Junino de infância do Cras, Cacuriá da Vila Airton (composto por crianças e adolescentes), Boizinho Felicidade do Cras (composto por crianças, jovens, adultos e terceira idade), Quadrilha RIR Quem Quer, Dança do Boiadeiro Alegria de Alcântara, Dança Portuguesa Sonho de Portugal e o show de Forró com o cantor Romim Mata, encerrando a primeira noite de Festa Junina.

O festejo junino de Alcântara é realizado pela Secretaria de Cultura e Turismo, com o patrocínio exclusivo da Prefeitura e apoio do Governo do Estado, em parceria com o deputado Othelino Neto. O São João de Todos, na cidade histórica terá seis dias e dezenas de brincadeiras folclóricas locais e da região.

O evento cultural tem atraído tanto o público local, quanto turistas que frequentam a cidade histórica. Para a professora paraense, de 33 anos, a cidade é aconchegante e prazerosa de visitar. “Estou aqui pela oitava vez, sempre trago alguém diferente, este ano trouxe amigos do mestrado da Argentina. Sempre venho no final do ano, este ano vim no período junino e estou adorando. Já estou aqui há três dias e vou passar cinco dias dos meus quinze que me restam. A cidade está limpa, e vi uma diferença em comparação aos anos anteriores” – destacou Maria Tereza Souza Alencar.

Desde sábado (24) a Praça da Matriz tem recebido grande público e inúmeros grupos folclóricos que animam a plateia presente. Além das brincadeiras e danças juninas, a secretaria está preparando para o encerramento, nesta quinta-feira (29), uma programação recheada de atrações; incluído um show de forró, com a banda Farra da Gordinha.

Para a secretária de Cultura e Turismo, toda programação foi montada de acordo a disponibilidade das atrações, mas pensando no gosto dos alcantarenses. “Este arraial 2017 está sendo um São João diferenciado, já que Alcântara tem bandas no festejo junino. Estamos valorizando os grupos culturais de nosso município. O compromisso do prefeito Anderson, em parceria com a secretaria de cultura, é promover alegria e valorizar a cultura alcantarense, gerando renda através do turismo. Esse é o nosso compromisso, e estamos cumprindo passo a passo” – destacou Marcelina Serrão.

Para o prefeito de Alcântara, a cultura do município voltou a ser revitalizada. “Nossos eventos culturais movimentam o turismo local, geram renda e emprego, tanto para empresários de hotelaria e pousadas, quanto para donos de restaurantes e transportes. Só este ano já realizamos três eventos culturais (Carnaval, Festejo do Divino e São João), mostrando nosso compromisso com a cultura local. Além da cultura, estamos trabalhando na saúde, educação, infraestrutura e esporte. Nossa meta é melhorar a vida de nosso povo, e isso estamos fazendo. Este festejo junino é diferente de todos os outros já realizados em Alcântara. Este ano temos bandas, tanto na abertura do arraial, quanto no encerramento” – destacou Anderson Wilker.

 ASCOM/Prefeitura

Fátima Araújo apoia Arraiais em Comunidades de São Luís

COMPARTILHE

Investir na cultura popular maranhense é coisa para quem ama seu povo e respeita seus costumes. Esse é o gesto da vereadora Fátima Araújo (PCdoB), que valoriza a cultura popular há décadas na capital maranhense. Mesmo antes de ser vereadora, a Pequena Guerreira, como foi batizada pela população da capital, sempre apoiou projetos relacionados com a cultura.

Este ano Fátima Araújo arregaçou as magas e ajudou na organização dos arraiais nos bairros João de Deus, Vila Lobão, Vila Conceição e bairro João Alberto. A parlamentar teve o apoio da prefeitura de São Luís e governo do Estado, mas a luta da Pequena Guerreira foi incansável na organização do festejo junino.

O primeiro arraial a ser Inaugurado foi o do Movimento Solidariedade e Ação, no bairro João de Deus. A festança junina começou no dia 17 de junho e se estendeu até dia 21. O público prestigiou o evento durante a temporada, que contou com brincadeiras, danças e grupos folclóricos. Já o Arraial do Movimento Solidariedade e Ação, do mesmo projeto, localizado na Rua São Raimundo, no bairro Vila Lobão. O evento foi inaugurado dia 21 e encerrou dia 25 de junho.

Já o arraial da Vila Conceição, do mesmo projeto, inaugurou no di 23, última sexta-feira. Enquanto isso o arraial do Movimento Solidariedade e Ação no bairro João Alberto foi realizado nos dias 21, 22 e 23 de junho.

O projeto cultural da vereadora chamou atenção de várias autoridades da capital, que compareceram aos arraiais, como foi o caso do Presidente do Procon, Duarte Jr, que visitou os arraiais da região.

Para Fátima Araújo, o projeto vai beneficiar muita gente. “Há anos criei o Arraial do Movimento Solidariedade e Ação nos bairros João de Deus, João Alberto e Vila Lobão. Movimento este, com mais de 5.000 pessoas envolvidas. Os arraiais receberam uma programação diversificada com atrações locais, durante o período de 17.06 a 21.06. Brincadeiras de bumba meu boi, cantores maranhenses, grupos folclóricos, tudo para que a comunidade não esqueça nossas tradições. Assim, deixo uma reflexão para que todos valorizem ainda mais a nossa cultura popular” – destacou a vereadora.

ASCOM/VEREADORAFÁTIMA

Arraial da Cidade promete ser o melhor da temporada 2015.

COMPARTILHE

ARRaia1

Simplesmente um sucesso. Assim podemos definir o Arraial da Cidade, idealizado e realizando pelo vereador Astro de Ogum (PMN), com o apoio do senador Roberto Rocha e o prefeito de São Luís – Edvaldo Holanda Júnior. A temporada junina do arraial, que está funcionando ao lado da Casa de Eventos Batuque Brasil, na Avenida Daniel de La Touche – na Cohama, começou na sexta-feira (12) e se estenderá até o dia 04 de julho.

Com mais de 20 mil metros quadrados, em um interregno de 15 dias, o enorme matagal de propriedade da Associação dos Moradores da Cohama, cedeu espaço ao arraial que promete ser o mais bonito e bem frequentado da temporada junina de 2015. “Agradeço o apoio e a confiança dos nossos parceiros, em especial o senador Roberto Rocha e o prefeito Edvaldo Holanda, sem os quais, certamente, esse sonho não teria se transformado em realidade”, pontuou o vereador Astro de Ogum.

Desde o primeiro mandato, o social e a cultura popular funcionam como pilares na trajetória política do parlamentar. “Não seria o imbróglio envolvendo o Parque da Vila Palmeira que afastaria a paixão que tenho pela cultura maranhense. Ao solicitar o Parque o governador Flávio Dino fez o que achou melhor, decisão que precisa ser respeitada. Neste momento estou muito feliz, pois conseguir transformar meu sonho em realidade, e do fundo coração, desejo ao governador e sua equipe que consigam, na temporada junina de 2015, alcançar o mesmo sucesso que conquistei com o Arraial da Cidade”, evidenciou Astro de Ogum.

ARRaia1 ARRaia2 ARRAia3

Em apenas dois dias, centenas de milhares de pessoas já visitaram o espaço, e com unanimidade, surpreenderam-se com a decoração – assinada pelo matemático Itamilson Lima e a mega estrutura de som, palco e iluminação, cedida pelo senador.

“Nossa brincadeira já viajou o país inteiro, e em nenhum outro lugar encontrei estrutura parecida. Quando estive aqui pela primeira vez, não acreditei que o sonho do presidente pudesse se transformar em realidade, chegando, inclusive, a duvidar da sanidade mental do mesmo. Hoje, neste momento, estou convencido que só alguém muito determinado e aguerrido para transformar, em apenas 15 dias, o que vi e o que estou vendo”, disse o presidente do boi Pirilampo, o ex-vereador Renato Dionísio durante a apresentação da brincadeira, na madrugada deste domingo (14).

A engenheira Maria Clara Mota, que levou o pequeno Arthur, de apenas três anos para olhar a movimentação se surpreendeu com o que viu. “Eu não conheço o vereador Astro de Ogum, mas assim que tiver o prazer vou fazer questão de parabenizá-lo. Aqui dispomos de comodidade e segurança. Enquanto meu filho brinca no parque de diversão eu acompanho as apresentações. Parabéns”, disse.

 

Bequimão/MA: “Tem Estrela que brilha desde 1984”

COMPARTILHE

ESTRELA1

Um registro do que há de mais autêntico no sotaque de orquestra: os metais solam em todas as toadas, mostrando a sonoridade registrada nas décadas de 1980 e 1990. Essa é a essência do álbum “31 anos de tradição”, o oitavo registro fonográfico do bumba meu boi Estrela de Bequimão, grupo do município homônimo, que fica a 54 km de São Luís.

O grupo, que gravou três LPs e está no quinto CD, traz neste álbum a participação especial do cantor Alê Muniz. “Já tenho uma relação legal com o boi de Bequimão, a família da Luciana (Simões, cantora e esposa de Alê), é de lá e é muito envolvida com as coisas do boi. Então, me senti em casa e fiquei muito feliz com o convite porque gosto de cultura popular, sou envolvido, participo”, diz Alê Muniz, que foi convidado para cantar a toada “Joia Rara”, do compositor bequimãoense Nonatinho.

Para Tonho Lemos Martins, um dos diretores do Boi Estrela de Bequimão, o CD é uma reafirmação da identidade do grupo. “Temos o cuidado de nos policiar, pelo que vem acontecendo com outras brincadeiras, que muitas vezes, sem perceber, acabam perdendo a sua identidade”, ressalta Tonho Martins.

A resistência do grupo para se manter próximo ao seu estilo original também se reflete na manutenção do cordão de fitas, cada vez menos presente nos bois de orquestra, e em indumentárias sem muito luxo para índias e vaqueiros – sem comprometer a beleza e a criatividade dos brincantes, que se transformam em artesãos para bordar suas próprias roupas.

“Para muitos grupos (de bumba meu boi do sotaque de orquestra), estas mudanças nada mais são que a modernização da brincadeira e eles até desejam acompanhar estas mudanças, mas vejo isso com muita tristeza, pois gosto do tradicional”, diz Alê Muniz.

ESTRELA ESTRELA1 ESTRELA2

TOADAS

O boi de Bequimão traz nas letras das toadas as temáticas da fé religiosa, o amor, a cultura do seu povo e a própria lenda que deu origem ao auto do boi. No CD “31 anos de tradição”, os compositores e cantadores Germano, Lucas Gomes, Luís, Germaninho, Dico e Nonatinho se dividem em 12 faixas inéditas, entre elas “Chegou Boi”, “Lindos Canários”, “Proteção Divina” e “Melhor da Baixada”, única que já foi executada nos arraiais.

Os músicos experientes precisaram de três finais de semana seguidos de ensaio para entrar em estúdio e gravar o CD em apenas dois dias. O cantor Alê Muniz se juntou ao batalhão, aceitando prontamente o convite da direção da brincadeira. “Nós recebemos um presente do Alê Muniz, que fez uma participação especial, interpretando a toada ‘Joia Rara’, do compositor bequimãoense Nonatinho”, relembra Tonho.

O ensaio dos músicos durou três semanas, mas para índias e vaqueiros campeadores a preparação começou bem antes, ainda no mês de fevereiro. É o tempo necessário para que as coreografias estejam bem sincronizadas para a principal festa da cultura maranhense. “Por já ter 31 anos, o Boi Estrela de Bequimão se inseriu no folclore maranhense como um dos pilares do bumba meu boi de orquestra tradicional. Da Baixada e Litoral Ocidental, foi o primeiro”, garante, orgulhoso, o diretor da brincadeira.

TEMPORADA

Para a temporada junina de 2015, o grupo vem com cerca de 80 componentes, entre músicos, índias, vaqueiros, caboclos de fita e os personagens do auto do boi (miolo do boi, pai Francisco e Catirina). Com tantos brincantes, o Boi Estrela enfrenta dificuldades comuns a outros grupos, pelo alto custo com transporte, alimentação e cachê de músicos. “A despesa é muito grande. Bumba boi é pra quem gosta. A gente não tem retorno financeiro, pelo contrário. É pra quem gosta”, reforça Tonho Martins. Outra dificuldade apontada pelo diretor é a desvalorização dos grupos que se mantêm mais autênticos ao sotaque de orquestra. Ele considera que, principalmente em São Luís, essas brincadeiras têm perdido espaço.

Mas para quem quiser prestigiar o bumba meu boi Estrela de Bequimão nos arraiais da Ilha, o diretor avisa que o grupo fará apresentações entre os dias 26 e 29 de junho, em locais ainda a serem definidos pela Fundação Municipal de Cultura (Func).

HISTÓRIA

Fundado em 1984, o bumba meu boi Estrela de Bequimão foi pioneiro na Baixada e Litoral Ocidental maranhense no sotaque de orquestra. O pai do atual diretor, Tonho Martins, chamou para uma reunião os amigos Lucas Gomes, Paulo Campos, Valber Almeida (Vadico), João Almeida (Joca Mucura), Denilson Martins, Antonio Inácio Rodrigues e Raimundo João Macedo. Era um grupo que já montava nos carnavais o bloco tradicional “Estrela do Samba”.

A ideia, então, era criar uma brincadeira para o período junino, que sempre foi marcado por festejos animados no município de Bequimão. No início, eram reaproveitadas as fantasias do Carnaval. As melhorias foram surgindo da maneira como acontece até hoje, segundo os organizadores, com a ajuda da comunidade, de alguns parceiros e com a proteção divina.

SAIBA MAIS

– O Boi Estrela de Bequimão tem 80 componentes, dentre os quais 90% são radicados e naturais do município de Bequimão.

– O município de Bequimão tem uma Escola de Música, onde são formados músicos que compõem a orquestra do boi.

– Todas as toadas são compostas e interpretadas pelos artistas da terra.

-A orquestra do bumba meu boi Estrela de Bequimão é composta por banjo, trompetes, trombones, tambor-onça, zabumba, tamborim e agogô. Personagens como vaqueiros, índias, cordão com grinaldas (chapéus de fitas), miolos, burrinha, Pai Francisco, Catirina e Pajé compõem o boi.

DISCOGRAFIA

– 3 LPs (1991; 1992; 1993)

– 5 CDs (2000 “Coletânea”; 2004; 2005; 2006; 2008; 2015)

OESTADO/MA

 

Companhia Marizés preparada para temporada 2015

COMPARTILHE

BEQ1

A companhia de artes e cultura popular Marizés, da cidade de Bequimão, na baixada ocidental maranhense, está pronta para a temporada de apresentações em 2015. O grupo é composto por 54 brincantes, na maioria jovem, entre o corpo de baile, orquestra e personagens típicas do alto do boi, como Pai Francisco, Catirina, Caboclo de pena, Cazumbás e miolo do boi.

Mesclada de ritmos, a companhia Marizés se apresenta mostrando as inúmeras manifestações culturais do Maranhão. No ano passado, o grupo agradou as plateias por onde passou com o repertório de fortes influências do sotaque do bumbtea-meu-boi (Orquestra, Matraca, Zabumba, Pandeirão e Pindaré), tambor de crioula e forró de caixa.

Este ano a companhia Marizés promete sacudir e balançar os palcos juninos da cidade e principalmente do Maranhão. Foram dezenas de ensaios, em busca da melhor apresentação. A criatividade e a inovação são os principais requisitos da companhia, aliada a vontade de valorizar a cultura da região.

“Através da música e da dança, o grupo pretende trazer a tona o lado mais prosaico da cultura popular, a capacidade do homem festejar sua alegria e mostrá-la através do ritmo e poesia” – destacou o presidente da companhia, Herbeth Gomes Júnior, que já promete novidades para esta temporada que só está começando.

 Herbeth ainda destaca que em um grupo formado por jovens, há também um aspecto social no trabalho que a Marizés vem desenvolvendo. Segundo o presidente, existe um processo de criação que segue os preparativos da companhia, envolvendo anualmente diversos jovens, que gostam de dança e música, ingressando na arte como meio expressão de ideias.

De acordo o presidente, a companhia criou em Bequimão, uma nova possibilidade de lazer e entretenimento, ganhando o espaço que poderia ser usado para as drogas, ou pela violência. Além disso, a juventude local tem a oportunidade de conhecer melhor e valorizar as manifestações culturais e sua região. Esses vínculos criados são fundamentais para preservação da identidade e da cultura popular.

Responsive WordPress Theme Freetheme wordpress magazine responsive freetheme wordpress news responsive freeWORDPRESS PLUGIN PREMIUM FREEDownload theme free