casa » Archivo de Etiquetas: Estácio

Archivo de Etiquetas: Estácio

Ainda tem vagas! Estácio oferece curso gratuito para radialistas de emissoras comunitárias

COMPARTILHE

Começa no próximo sábado, 14 de abril, a quinta turma do curso de extensão oferecido pela faculdade Estácio, destinado aos comunicadores que atuam nas rádios comunitárias vinculadas à Associação Brasileira de Rádios Comunitárias no Maranhão (Abraço-MA).

As inscrições estão abertas até sexta-feira 13 de abril.

O Curso de Capacitação para radialistas de emissoras comunitárias é gratuito, as aulas acontecem aos sábados, das 8h às 12h, na sede da Estácio, no Canto da Fabril, em São Luís, no 2º piso.

Nesta quinta turma são oferecidas 20 vagas. Para se inscrever basta enviar mensagem para o WhatsApp (98) 98708 5509 ou no email blogdoedwilson@gmail.com e repassar as seguintes informações:

– nome completo

– emissora

– município

– número da carteira de identidade

– email

– fone celular/WhatsApp

Ao final do curso os participantes receberão certificados. As aulas são ministradas pelo radialista/professor da Estácio Paulo Pellegrini. A Abraço é parceira do projeto, que tem o objetivo de oferecer capacitação para melhorar o desempenho dos radialistas de emissoras comunitárias.

A carga horária é de 30 horas/aula. Ao longo do curso serão ministrados os seguintes conteúdos:

– Breve histórico do rádio / Noções de como funciona o rádio / Modulações / Tipos de rádio / Legislação radiofônica / Funções e atribuições da rádio comunitária / Técnicas de texto radiofônico / Técnicas de locução / Técnicas de entrada ao vivo / Organização de uma emissora / Organização de cobertura radiofônica / Radiojornalismo / Produção de boletins e matérias / Produção de entrevista e postura do entrevistador / Produção de campanhas para rádio / Produtos radiofônicos.

Até agora estão inscritos Manoel Michel João Pinheiro, Janio Pinto de Jesus Vieira e Elismaira Soares Matos, Dorian Isabel Santos Azevedo, Jakson Sousa Trindade, James Azevedo Cunha, Genesio Pereira de Sousa, Henrique Carlos Chaves, João Batista Ericeira Silva, Pantaleão Antônio de Azevedo Filho, Alione Pinheiro de Moura Ferreira, Manoel Rodrigues de Sousa e Andrea Cardoso neves Santana.

 Por Blogue Ed Wilson Araújo

Estácio demite 1,2 mil professores após novas regras trabalhistas entrarem em vigor

COMPARTILHE
Quase um mês após a entrada em vigor das novas regras trabalhistas, o grupo de ensino superior Estácio comunicou nesta terça-feira (5) a demissão de 1.200 professores. A instituição possui hoje cerca de 10 mil docentes.

Novos profissionais serão recontratados para substitui-los sob o modelo trabalhista renovado. A empresa diz que lançou “um cadastro reserva de docentes para atender possíveis demandas nos próximos semestres, de acordo com as evoluções curriculares”. A informação foi antecipada pelo jornal “O Globo”.

De acordo com nota da assessoria de imprensa da companhia, “todos os profissionais que vierem a integrar o quadro da Estácio serão contratados pelo regime CLT, conforme é padrão no grupo”.

A nova lei trabalhista formalizou o trabalho intermitente, permitindo que as empresas criem um banco de funcionários que podem ser acionados quando houver demanda. O pagamento é proporcional ao tempo dedicado.

“A reorganização tem como objetivo manter a sustentabilidade da instituição e foi realizada dentro dos princípios do órgão regulatório”, diz o comunicado da empresa.

Um professor demitido na manhã desta terça-feira (5), que pediu para não ter sua identidade divulgada, afirma que a demissão em massa não havia sido sinalizada e surpreendeu a todos. Segundo ele, existia uma desconfiança por parte dos professores quando a reforma trabalhista entrou em vigor, mas não se esperava que aconteceria tão cedo e com tamanha dimensão.

Questionada pela reportagem, a empresa não informou que critérios usará para selecionar o novos professores que cobrirão o rombo. A nova CLT determina um intervalo de 18 meses para que os mesmos profissionais sejam recontratados pelo regime intermitente.

Por Folha de São Paulo

Faculdade Estácio e Abraço Maranhão oferecem Curso para Radialistas Comunitários

COMPARTILHE

Será iniciada dia 25 de março deste ano, a terceira turma do Projeto de Extensão “Capacitação para Radialistas Comunitários”, realizado pela Faculdade Estácio, em parceria com a Associação Brasileira de Rádios Comunitárias no Maranhão (Abraço-MA). A capacitação tem o objetivo de aperfeiçoar o conhecimento teórico e prático dos radialistas que atuam nas emissoras comunitárias.

As aulas serão realizadas todos os sábados, das 9h às 12h, na Faculdade Estácio, localizada no Canto da Fabril, em São Luís, em frente à Igreja Universal do Reino de Deus.

O projeto da Faculdade Estácio foi bem recebido pela Abraço-MA, que parabenizou a iniciativa da instituição ao desenvolver um projeto de extensão voltado para o segmento da comunicação comunitária, gerando oportunidade para dezenas de radialistas.

O projeto é gratuito, tem carga horária de 30 horas/aula, aos sábados, no total de 10 encontros. Ao final, os participantes recebem certificado.

INSCRIÇÕES

Apenas 20 vagas são oferecidas para o curso.

Os radialistas comunitários interessados(as) em participar do projeto devem fazer sua inscrição junto à Abraço Maranhão, através do email: abracomaranhao@gmail.com, com as seguintes informações:

Nome completo

Data de nascimento

RG

Nome da rádio

Cidade

CONTEÚDO DO CURSO

Ao longo do curso haverá tópicos sobre história do rádio; noções de como funciona o rádio; modulações; tipos de rádio; legislação radiofônica; funções e atribuições da rádio comunitária; técnicas de texto radiofônico; técnicas de locução; técnicas de entrada ao vivo; organização de uma emissora; organização de cobertura radiofônica; radiojornalismo; produção de boletins e matérias; produção de entrevista e postura do entrevistador; produção de campanhas para rádio; produtos radiofônicos.

 

Por Ed Wilson

Faculdade Estácio aceita oferta da Kroton, e fusão deve criar gigante Universidade

COMPARTILHE

POR G1 – A Kroton melhorou sua oferta, e o Conselho de Administração da Estácio aceitou os novos termos para ser comprada pela rival direta, em uma operação avaliada em cerca de R$ 5,5 bilhões. O negócio criará uma gigante faculdade no setor universitário brasileiro, unindo a líder e a vice-líder do segmento.

“O Conselho de Administração da Estácio, em reunião realizada ontem [quinta-feira], manifestou que está de acordo com os termos econômicos da nova proposta da Kroton, desde que os demais termos da operação sejam estabelecidos de forma satisfatória”, afirmou a Estácio em comunicado ao mercado nesta sexta-feira (1º).

A Kroton, maior empresa de educação superior privada do país, encerrou março com 1,01 milhão de alunos, enquanto a Estácio, segunda maior do setor, tinha base total de 588 mil estudantes. A Kroton tem operações de ensino presencial mais concentradas, nas regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste do país, enquanto a Estácio possui campi em todos os Estados do Nordeste e em alguns da região Norte.

Entre as instituições que integram a rede Kroton estão Universidade Norte do Paraná (Unopar), Faculdades Pitágoras, Unic (Universidade de Cuiabá), Unime (Universidade Metropolitana de Educação e Cultura) e a rede Anhanguera.

A PROPOSTA
A nova oferta da Kroton envolve relação de troca de 1,281 ação de sua emissão por cada papel da Estácio e também distribuição de dividendos (parcelas de lucro) aos acionistas da Estácio de R$ 170 milhões, o que representa cerca de R$ 0,55 por papel da companhia. A ação da Kroton encerrou na véspera cotada a R$ 13,60. Nesta sexta, por volta das 11h30, os papéis subiam cerca de 5%.

A proposta anterior da Kroton contemplava relação de troca de 1,25 ação de sua emissão para cada ação da Estácio, sem pagamento de dividendo.

A Estácio informou ainda que seu Conselho vai se reunir em 8 de julho para avaliar todas as condições da proposta da Kroton, antes de convocar assembleia de acionistas da companhia.

A conclusão da fusão entre Kroton e Estácio depende tanto da aprovação dos acionistas de ambas as empresas como também do aval das autoridades regulatórias.

DISPUTA COM SER EDUCACIONAL
A nova oferta da Kroton veio pouco depois da rival de menor porte Ser Educacional ter elevado sua proposta na quarta-feira (27) para pagamento de R$ 1 bilhão em dividendos extraordinários aos acionistas da Estácio, ante oferta anterior de distribuição de R$ 590 milhões, e ter dado como prazo para ela o dia de 8 de julho.

Os planos da Kroton ocorrem em meio à redução das verbas federais para o financiamento do ensino superior privado por meio do Fies e à recessão no Brasil, que trouxeram dificuldades ao setor de ensino superior privado na captação e na retenção de alunos.

FUSÃO É QUESTIONADA
fusão entre Kroton e Estácio foi questionada por entidades do setor de educação, que veem risco de que o negócio possa criar um grupo com amplo poder de mercado e que concentra parcela significativa de fundos de incentivo à educação.

A Ordem dos Advogados do Brasil do Rio de Janeiro (OABRJ) entrou com uma medida no Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) contra o interesse da Kroton em adquirir a Estácio, em meados de junho. A Ordem alega que a operação trará concentração econômica ilegal ao mercado, de mais de 30%, diante de um limite estabelecido pelo Cade de 20%.

Estácio esclarece em nota sobre denúncia de aluno do Fies

COMPARTILHE

“A Faculdade Estácio de São Luís esclarece que para o aluno manter seu contrato ativo/renovado junto ao  FIES,  é necessário a obtenção de aproveitamento acadêmico em pelo menos 75% das disciplinas cursadas a cada semestre. Vale destacar que a CPSA (Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento), que é a responsável pela validação das informações prestadas pelo estudante no ato da inscrição, bem como dar início ao processo de aditamento de renovação dos contratos de financiamento, poderá excepcionalizar até 02 semestres com baixo rendimento (mediante análise da justificativa de cada aluno), conforme previsto na Portaria Normativa nº23 de 20/11/2013.

Destaca-se que esta regra e condições do FIES constam expressamente no contrato educacional da IES,  assim como na DRM (Documento de Regularidade de matrícula). Lembrando que em todos os casos onde o aditamento não foi possível, os alunos ficaram com aproveitamento insuficiente por 03 semestres, não sendo possível o aditamento do contrato.

Por fim, a direção da instituição reuniu os alunos para ratificar todas as etapas do processo de aditamento. A instituição lamenta profundamente o fato, pois está sempre empenhada na missão de manter os alunos firmes nos seus projetos de vida, mas precisa obedecer as regras estabelecidas pelo FNDE (Fundo Nacional Desenvolvimento da Educação).”

 

ENADE: Estácio tem quase 100% dos cursos avaliados com nota igual ou superior a 3

COMPARTILHE

Começo de ano chegou a hora de transformar aquele sonho em realidade, cumprir as metas e promessas de ano novo. Muita gente sonha em fazer um curso superior melhorar e aprimorar os conhecimentos, exercer aquela profissão tão sonhada. A hora de começar é agora, o primeiro passo é escolher uma boa instituição de ensino, que tenha condições de contribuir na realização de seus sonhos.

resultado do Enade (Exame Nacional de Desempenho de Estudantes, divulgado pelo Ministério da Educação (MEC) onde foram avaliadas instituições de ensino públicas e privadas de todo o país e um grupo específico de cursos superiores (engenharias, TI e licenciaturas) serve como parâmetro para a escolha de uma boa instituição de ensino superior, na hora da escolha é sempre bom consultar a avaliação do Ministério da Educação (MEC). A Estácio, presente em São Luís, através da Faculdade Estácio São Luís, se destacou com quase 100% dos cursos avaliados com nota igual ou superior a 3.

Estácio, uma das maiores e mais respeitadas organizações educacionais do Brasil teve avaliados 163 cursos em diferentes municípios do país, sendo que 97% deles (ou 158 cursos) tiveram nota igual ou superior a 3 (escala de 1 a 5). A instituição completa este ano 45 anos de atuação no segmento de ensino superior. Fundada em 1970 no Rio de Janeiro, a Estácio está, hoje em dia, presente em 22 estados e no Distrito Federal, contando com mais de 536 mil alunos matriculados e uma estrutura de cinco mil colaboradores e nove mil professores.

ESTAC1 ESTAC2

Estácio oferece cursos reconhecidos pelo MEC, com elevados conceitos de qualidade, nas modalidades presencial e a distância, de Graduação (Tradicional e Tecnológica) e Licenciatura, nas áreas de Ciências Exatas, Biológicas e Humanas e, também, cursos de pós-graduação lato sensu. Os cinco cursos de Mestrado e três de Doutorado (Direito, Odontologia e Educação) oferecidos pela instituição, são avaliados com elevados conceitos de qualidade pelo MEC (CAPES). São, também, desenvolvidos e ofertados pela instituição cursos técnicos de preparação (PRONATEC), soluções de educação para empresas e cursos de extensão.

Cada vez mais comprometida com sua missão de “Educar para Transformar”, a Estácio mantém seus currículos totalmente alinhados com as necessidades do mercado de trabalho e a evolução profissional dos nossos alunos e aposta na tecnologia e na inovação como diferenciais para aprimorar o aprendizado. Respeitadas as regionalidades e a contribuição individual de cada professor, o modelo de ensino da Estácio é nacionalizado e os conteúdos padronizados. Todos os alunos recebem material didático gratuito, de alto nível, em uma cadeia totalmente sustentável.

Este ciclo avaliativo do Enade tem uma representatividade grande para a Estácio porque 116 cursos, ou 70% dos cursos avaliados, são do novo modelo acadêmico da Estácio, que começou a ser desenvolvido em 2009. “Quando este modelo acadêmico foi criado, fruto da construção de milhares de professores da Estácio em todo o país, foi possível definir currículos comuns aos cursos, permitindo a realização de provas integradas através de um banco de questões de 400 mil perguntas, e a consequente geração de dados e tendências que nos permitem avançar no modelo de avaliar e ensinar, controlando os processos e, portanto, a qualidade dos nossos programas. Sabíamos que este modelo era um projeto sem precedentes e, com medição e trabalho incessante, avançamos muito em qualidade acadêmica. Nos últimos ciclos sentimos, à medida que os alunos formandos iam fazendo o Enade, que os resultados acadêmicos seriam muito relevantes. E, agora, com a divulgação do Enade 2014, temos a confirmação de que a Estácio caminha para uma excelência acadêmica incontestável”, afirma Rogério Melzi, presidente da Estácio.

“O ensino superior brasileiro, seja público ou privado, historicamente, é reconhecido por oferecer educação de qualidade para poucos, em geral para uma elite. O desafio que a Estácio assumiu para si é oferecer ensino de qualidade para muitos. Só assim – oferecendo qualidade com escala – o país vai dar o salto educacional de que tanto precisa”, completa Ronaldo Mota, reitor da Universidade Estácio de Sá, no Rio de Janeiro.

Além dos CPCs, também foram divulgados os IGCs (Índice Geral de Cursos), que refletem a consolidação dos CPCs de uma determinada instituição, cujas notas também variam de 1 a 5. As instituições do Grupo Estácio tiveram apenas 2 IGCs nota 2; 36 IGCs com nota 3 e 2 IGCs com nota 4. Os IGCs nota 2 são: a Faculdade de Medicina Estácio de Juazeiro do Norte, cuja nota não se alterou neste ano pelo fato da instituição só oferecer cursos da área de saúde; e a Faculdade Estácio de Natal (RN), que obteve um acréscimo no seu IGC contínuo, chegando muito próximo da mudança para a faixa 3, mesmo sem a sua principal base de cursos realizando o exame em 2014, o que traz uma alta expectativa de reversão com os resultados do ciclo de 2015, que será divulgado no ano que vem.

Dos 163 cursos da Estácio avaliados, três receberam nota máxima, ou seja Conceito Preliminar de Curso (CPC) igual a 5.

São eles:

Rede de Computadores em Juiz de Fora, em Minas Gerais;

Análise e Desenvolvimento de Sistemas em Friburgo, na Região Serrana do Rio;

Análise e Desenvolvimento de Sistemas em João Pessoa, capital da Paraíba.

Com CPC 4, ficaram 59 cursos; com CPC 3, outros 96 cursos; e apenas 5 cursos com CPC igual a 2.

Analisando o Enade que é o principal componente do CPC e, altamente influenciado pelo desempenho dos alunos, vale destacar que 5 cursos tiveram conceito máximo (nota 5) no exame.

SÃO ELES:

Análise e Desenvolvimento de Sistemas em Friburgo, na Região Serrana do Rio;

Rede de Computadores em Fortaleza, capital do Ceará;

Rede de Computadores em Juiz de Fora, em Minas Gerais;

Análise e Desenvolvimento de Sistemas em João Pessoa, capital da Paraíba;

Pedagogia em Petrópolis, na Região Serrana do Rio.

NOTAS DO ENADE 

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) publicou no dia 22 de dezembro no Diário Oficial da União as notas dos cursos superiores no Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade) 2014.

Acesse aqui a lista com as notas do Enade 2014, publicada no Diário Oficial da União.

DO BLOG ABIMAEL COSTA

Seminário sobre Assessoria de Comunicação na Capital

COMPARTILHE

llllllllllllllllllllllll

São Luís poderá ter ainda este semestre um seminário sobre Comunicação Pública. O evento, cuja data e local ainda serão definidos, deve envolver parlamentares, representantes do Poder Executivo, especialistas e pesquisadores para debate sobre o assunto. A ideia de promover o seminário surgiu durante encontro entre assessores de imprensa dos vereadores, realizado na Câmara Municipal de São Luís.

 O evento, sugerido pelo radialista Flavio Chocolate, assessor do vereador Antônio Marcos, o Marquinhos (PRB), tem como objetivo discutir o aperfeiçoamento da legislação do setor, com debates sobre as atividades de assessoramento prestadas aos parlamentares. Outro objetivo do encontro é discutir as funções e os modelos do assessoramento institucional no Parlamento.

 “A realização do seminário é um ato de grande importância para o fortalecimento da atividade de assessoria de comunicação na Câmara, além disso, servirá como treinamento para que todos os assessores aprendam com novas ferramentas e possibilidades de comunicação a divulgar com mais eficiência as atividades dos vereadores”, declarou Chocolate.

 A Diretora de Comunicação da Câmara de São Luís, Itamargarethe Corrêa Lima, abraçou a proposta da realização do seminário e garantiu aos assessores que irá levar a solicitação à presidência da Casa. Ela também ressaltou que o encontro vai servir como diagnóstico para traçar estratégicas de atuação e intervenção para que haja avanços e melhorias nesta atividade profissional e no processo de comunicação da Casa.

“A ideia do seminário é ótima, pois servirá como forma de preparar os novos assessores que chegaram e reciclar o pessoal antigo da Casa. E mesmo diante das dificuldades financeiras, iremos pleitear junto ao presidente autorização para realização do evento, já que a demanda é de suma importância para transformar a imagem do Legislativo Municipal” – declarou Itamargarethe.

 Para a jornalista Dalvana Mendes, integrante da assessoria de comunicação da Câmara, além de valorizar os servidores da Casa, por meio de cursos de capacitação e reciclagem, o seminário serve também como medidas que visam à modernização da atividade legislativa e parlamentar do Poder Legislativo de São Luís.

“Acredito que além de promover o debate sobre a política de comunicação institucional do Legislativo, o seminário também seria uma forma de valorizar os servidores que atuam na cobertura jornalística da Casa, permitindo a capacitação e reciclagem dos profissionais” – disse Dalva.

SAIBA MAIS

A função dos assessores de imprensa é desenvolver o relacionamento do parlamentar junto aos veículos de comunicação (jornal, revista, site, rádio e emissoras de televisão), permitindo que suas atividades e ações [transformadas em matérias ou pautas] sejam vinculadas nos veículos de comunicação.

PÚBLICO-ALVO

O seminário será voltado para os servidores públicos com funções na área de comunicação, vereadores interessados em conhecer o trabalho de seus assessores, além de estudantes de Comunicação Social.

DATA E LOCAL

A programação completa do encontro e divulgação da data e do local pode ser acessada, em breve no endereço eletrônico da Câmara de São Luís em: www.saoluis.ma.leg.br.

 Foto: Flávio Chocolate

Texto: Isaías Rocha/Itamargarethe Corrêa

Responsive WordPress Theme Freetheme wordpress magazine responsive freetheme wordpress news responsive freeWORDPRESS PLUGIN PREMIUM FREEDownload theme free