casa » Archivo de Etiquetas: Educação (página 4)

Archivo de Etiquetas: Educação

Terceira etapa da formação para alfabetização na idade certa é realizada em Bequimão

COMPARTILHE

A Prefeitura Municipal de Bequimão, por meio da Secretaria Municipal de Educação, realizou o 3ª ciclo de formação de professores do Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa (PNAIC). Nos dias 1º e 2 de abril, todos os educadores do município que atuam na Educação Básica participaram da capacitação, que teve como tema “Alfabetização em Língua Portuguesa”.

A formação do PNAIC é executada pela Universidade Federal do Maranhão (UFMA), que recebe os recursos do Ministério da Educação (MEC). Nas duas etapas anteriores, foram abordados os temas “Alfabetização em Matemática”, em 2014, e “Interdisciplinaridade”, em 2015. Em Bequimão, 75 professores de sala de aula, quatro orientadores de estudo e o coordenador do pacto no município fizeram a formação.

“As especificidades das escolas do campo foram incorporadas nos conteúdos da formação. Também foram desenvolvidos cadernos de estudos para os professores das turmas multiseriadas e multietapas”, ressaltou o secretário municipal de Educação, Aristides Amorim.

ALFABETIZAÇÃO NA IDADE CERTA

O município de Bequimão aderiu ao Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa (PNAIC) em 2013, na gestão do prefeito Zé Martins. Esse pacto constitui um compromisso ente os entes federados (Governo Federal, Estadual e Municipal), visando assegurar que todas as crianças estejam alfabetizadas até os oito anos de idade, ao final do 3º ano do Ensino Fundamental, quando se completa o chamado ciclo da alfabetização.

“Garantimos a formação de todos os professores que trabalham com estudantes do 1º ao 3º ano, na Rede Municipal de Educação. Estamos investindo na melhoria significativa da educação em Bequimão, oferecendo formação continuada aos educadores e também aprimorando a infraestrutura das escolas”, afirmou o prefeito Zé Martins.

Recentemente, professores receberam formação sobre a metodologia de livros destinados especificamente a alunos da zona rural. A Prefeitura Municipal de Bequimão comprou material didático que leva em consideração a realidade das escolas do campo. A atual administração do município também distribuiu fardamento escolar para todos os estudantes da rede municipal e renovou o mobiliário das escolas, adquirindo quase dois mil kits para alunos e professores (carteiras, cadeiras e mesas), inclusive com mesas adaptadas para pessoas em cadeira de rodas.

Além disso, a Prefeitura Municipal de Bequimão está finalizando a construção de uma escola de seis salas, no bairro Ferro de Engomar, e estão em construção duas escolas de quatro salas no Monte Alegre e Marinho, e mais seis escolas de duas salas no Balandro, Vila Nova, Boa Vista, Frechal, Santa Tereza e Rio Grande.

 

Esta matéria foi excluída por ordem Judicial

COMPARTILHE

PROCESSO400-07.2016.8.10.0064 (4032016)

Sujeira toma conta das ruas da cidade de Alcântara

COMPARTILHE

Literalmente a sujeira tomou conta das Ruas da cidade de Alcântara, principalmente por parte da gestão municipal. Nesta segunda feira (15) os moradores da Rua da Quinta, no bairro Caravelas, revoltados pela falta de coleta do lixo há dias, acabaram tocando fogo no resíduo acumulado e fedorento.

O caso chamou atenção da população da cidade que ameaça fazer o mesmo em vários pontos da cidade histórica. Sem coleta do lixo, insetos como ratos, baratas, mosca e mosquitos estão tomando conta da cidade, que pode causar uma epidemia de doenças no município. Os moradores se queixam que insetos já estão invadindo as casas e colocando a saúde crianças e idosos em risco.

Sem condições de atender os moradores da cidade de Alcântara, o Hospital Dr. Neto Guterres está sem material até para fazer um curativo, principalmente agora, já que o repasse do governo federal foi suspenso por falta de prestação de contas. O município de Alcântara teve a transferência de incentivos financeiros suspensos referentes ao número de equipes de saúde da família e bucal. A suspensão decorre da ausência de alimentação do Sistema de Informação da Atenção Básica (SIAB) e do Sistema de Informação em Saúde para a Atenção Básica (SISAB).

MocajitubaMocajituba

Além disso, na educação a coisa está cada vez mais preta. A escola municipal localizada no povoado Mocajituba, na MA106 que liga o município de Bequimão, está com o muro caído e a Secretaria de Educação de Alcântara, por intermédio do Padre Daniel, não tomou nenhuma medida. Com isso, a escola está sem segurança e o local está sendo invadido por animais.

 

Prefeito João Felipe recebe Presidente e vice do Sindicato dos Servidores

COMPARTILHE

O prefeito de Peri-Mirim, João Felipe (PT), recebeu em seu gabinete o presidente e vice do Sindicato dos Servidores municipais. Em conversa com as autoridades de classe, o prefeito João Felipe recebeu das mãos do presidente algumas reivindicações em prol dos servidores.

No encontro, o presidente do Sindicato aproveitou para agradecer o prefeito João Felipe por ter honrado o compromisso em pagar os professores já com o aumento nacional de 11,36%.

Mesmo com uma crise instalada no país, João Felipe tem driblado todas as dificuldades e realizado obras de contenção com recursos próprios e também em parceria com os governos estadual e federal.

ESTRADA1 ESTRADA2

Como é o caso da recuperação da Barragem no povoado Santa Maria que vai da casa de Coló até a residência pra quem gosta. Outra obra realizada foi à recuperação de estrada que vai da casa de Bacu taxa passando pela Cooperativa de Mel até a comunidade Juçaral.

Em breve obras serão inauguradas e entregues a população de Peri-Mirim. Prefeitura de Peri-Mirim, trabalhar para mudar!

V Jornada de Formação de Docentes da UEMA discutiu a pedagogia dos multiletramentos

COMPARTILHE

Pedagogia dos Multiletramentos: Diversidade Cultural e Linguagens em Contextos Educativos. Esse foi o tema da V Jornada de Formação de Docentes da Universidade Estadual do Maranhão. Uma organização do curso de licenciatura em Pedagogia, modalidade a distância. A jornada buscou refletir sobre as práticas pedagógicas em construção, considerando as novas interações sociais perante uma sociedade multicultural globalizada.

“Essa foi a quinta edição da Jornada e é um orgulho proporcionar momentos tão ricos como este para nossos alunos. Estamos aqui com o objetivo de trazer para o centro das reflexões sempre temas relevantes, atuais e inovadores”, disse a Coordenadora do Curso de Pedagogia a distância,Profa. Heloisa Varão.

A Coordenadora do UEMAnet, Profa. Ilka Serra, ressaltou a importância do evento e parabenizou todos os educadores e estudantes presentes. “Parabenizo cada um e agradeço por contribuíremcom as discussões, cujas temáticas são da maior relevância tanto para o processo de formação de docentes quanto para o exercício da profissão”, destacou ela.

Durante três dias foram realizadas atividades diversas como palestras, mini-cursos, oficinas, mesas redondas e apresentação de trabalhos científicos. Dias de discussão sobre mídia e educação, educação sexual, gênero e educação, o pedagogo enquanto agente de letramento, literácia digital, entre outros assuntos.

A palestra de encerramento teve o tema Didática: a pedagogia aplicada na sala de aula, ministrada pelo Prof. Dr. Casemiro Campos, da Universidade Federal do Ceará – UFCE. Durante a palestra ele destacou que a ação didática do professor deve ser alicerçada na pedagogia. “É preciso que o professor, como sujeito epistêmico, saiba o que ensina, domine o conteúdo e conheça em profundidade as unidades e tópicos do programa de disciplina. Fazer a aula implica conhecer os alunos. É interessante o professor promover adaptações do conteúdo considerando a realidade dos educandos. Manter tom amistoso, ser agradável, apresentando tranquilidade, sendo sereno e se dirigir à turma passando confiança, são atitudes que podem entusiasmar os alunos”, enfatizou ele.

O professor, ainda, complementou: “O docente deve assumir abordagem que leve o aluno a habituar-se a vencer dificuldades. Deve estimular a curiosidade animando-o para o gosto nos estudos. Os alunos devem ser motivados para fortalecer a auto-estima. A docência requer bom humor, comunicação e vivacidade. A escola e a sala de aula devem ser espaço de trabalho, mas essencialmente, de transformação das pessoas”.

Participaram da Jornada os seguintes polos: São Luís, Arari, Santa Inês, Santa Quitéria, Pinheiro, Fortaleza dos Nogueiras, Grajaú, Porto Franco, Bacabal e São Bento.

Contatos:

Paula Lima – Jornalista

Assessora de Comunicação

Assessoria de Planos, Programas e Projetos Especiais do UEMAnet

99180 2839

 

Esforço próprio ou maldade do poder público?

COMPARTILHE

A imagem de um menino andando a pé em uma estrada de piçarra (Pedras pequenas), ganhou grande repercussão nas redes sociais nos últimos dias. O estudante identificado apenas por “Pedrinho”, de 7 anos, vive um dilema em pleno Século XXI no interior do Maranhão. A foto publicada pelo ex-vereador Walter Santos, mostra a criança andando descalço em uma estrada vicinal no Povoado Mangueira do Pote, zona rural do município de Coroatá. Walter, que conhece muito bem a realidade na Educação de Coroatá, diz ter encontrado o menino já perto de casa, voltando da escola, que fica a 2 km (4 no total), com as sandálias nas mãos por conta dos “Calos’ nos pés.

Pelas andanças na zona rural de Coroatá encontrei esta criança de 7 anos vindo da escola! Pedrinho, olhos tristes, corpo queimado pelo sol, pés feridos pelas pedras & Calos e com muita fome, mas muito firme e determinado buscando melhorar de vida! Minha homenagem a você Pedrinho pela força e coragem! Essa é a educação que esse inocente merece?”, escreveu Walter Santos em sua página na rede social.

A comoção e mesmo indignação com a realidade, também foi comentada por outros usuários do facebook. Agora fica a pergunta: É força e determinação, ou uma maldade sem preço do poder público municipal.

Sua indignação também é a minha e imagino que de muitos. Parabenizo pela atitude de registrar e oferecer a oportunidade de conhecer a realidade não mostrada pelos nossos governantes. E a defesa… ou melhor… a indefesa dos nossos pequeninos sonhadores. Que mesmo não tendo condições de um transporte, mesmo assim sendo tão poucos alunos, não desistem dos sonhos por causa da distância e a fome. Isso é realidade que todo professor em zona rural enfrenta todos os dias”, escreveu Elaine Santos.

Vamos ver se os Setoristas das redes sociais Facebook, Twitter e Whatsapp, vão reconhecer a maldade cometida pelo poder público e corrigi-la imediatamente.

Do Blog do Davi Max

Lobato: O doutor da ignorância!

COMPARTILHE

A Educação está longe de ser prioridade na administração do prefeito de Santa Helena, Lobato (PPS), assim como em outros setores, é de causar triste a situação dos alunos da rede municipal de ensino e principalmente quando se fala em Zona Rural, onde o povo é menos assistido, ainda mais nessa gestão pífia.

Na ultima sexta-feira (11) a presidente da câmara municipal de Santa Helena, vereadora Nelba (PP) e o vereador Joades (PSB) acompanhados de uma equipe da TV local, estiveram no povoado Jacunicaua, e conferiram “in loco” o descaso da administração pública, com o povo helenense.

O Centro de Ensino Fundamental, Edmilson da Silva, construído pela ex-prefeita, Helena Pavão, e entregue a população, totalmente equipado, foi abandonado pelo atual gestor do município, que resolveu alugar uma casa em vez de fazer reparos no prédio que é de propriedade do município.

A Sra. Vilma moradora do povoado, afirmou que para as aulas não serem suspensas, os alunos estão alojados numa casa onde nem se quer o prefeito está pagando o aluguel. De acordo com informações de moradores, para não prejudicar as crianças, as professoras fazem há 8 meses uma vaquinha para pagar o aluguel da casa, que mesmo Dr. Lobato tenha feito o contrato, ele não cumpre.

LB LB1

Eu só tenho a lamentar a situação que se encontra o povoado Jacunicaua 2; uma situação completamente diferente daquilo que vivenciamos na administração da ex-prefeita Helena, com a inauguração desta escola em 2010, onde era um sonho a construção de um local para abrigar os alunos e servir de instrumento para educação neste município.  Infelizmente, esse trabalho que foi feito pela ex-prefeita, Helena Pavão junto com a comunidade foi abandonado. A situação atual do povoado é semelhante à de 2009, quando a comunidade não tinha um local adequado para um bom aprendizado, afirmou a vereadora Nelba (PP).

De acordo com o vereador, Joades (PSB), a situação que se encontra a escola do povoado, é um desestimulo para os estudantes e pais de alunos, e hoje a frequência é 50% menor do que na gestão anterior. “Prefeito Lobato, deveria tomar vergonha na cara, deixar de falsidade de balela de injustiça e de maldade, e cuidar do bem publico” disse o vereador indignado com a situação.

TEXTO: Vandoval Rodrigues

 

Bequimão celebra independência do Brasil com desfile e futebol

COMPARTILHE

Milhares de estudantes em frente a prefeitura de Bequimão antes do desfile

Estudantes da rede municipal de Bequimão foram às ruas para celebrar a Independência do Brasil. O ato cívico movimentou o município, nesta segunda feira (7), como vem acontecendo desde 2013. Em frente à Prefeitura Municipal, na Rua Vitorino Freire, o prefeito Zé Martins (PMDB) e demais autoridades acompanharam a chegada dos alunos das 19 escolas que desfilaram ao som da banda da Escola de Música.

Alegres, os jovens bequimãoenses entoaram o Hino Nacional Brasileiro e o Hino de Bequimão. As bandeiras foram hasteadas pelo prefeito Zé Martins (Brasil), pelo secretário municipal de Segurança, Dr. Cassiano (Maranhão) e o secretário municipal de Educação, Aristides Amorim (Bequimão).

FOTO8 FOTO9

Em seu pronunciamento, o prefeito mostrou sua felicidade em ver tanta gente envolvida nas comemorações da Independência do Brasil, relembrando 2013 & 2014 no município. “Hoje é um dia muito especial para mim, que além de comemorar o dia da Independência do Brasil, vou realizar mais um sonho de minha gestão. Estarei entregando uniformes para os mais de 4 mil estudantes da rede municipal. Eu entendo e sei da importância da educação para nossos jovens e crianças. E a partir de agora, todos os alunos da rede municipal vão poder receber seu uniforme de qualidade”, destacou Zé Martins, que foi categórico em pontuar os avanços que Bequimão tem conquistado na educação desde 2013, mostrando seu empenho e dedicação pelo povo de sua terra.

FOTO7 FOTO10

A Prefeitura Municipal de Bequimão também está investindo na infraestrutura educacional, principalmente com a construção de novas escolas, segundo declarou o prefeito Zé Martins. “Estamos construindo uma escola ampla, bonita e nos padrões do Ministério da Educação lá no Ferro de Engomar. Está em construção mais duas escolas de quatro salas no Marinho e Monte Alegre”, lembrou o prefeito, que apontou, ainda, os trabalhos para construção das quadras poliesportiva do bairro Estiva e dos povoados Pontal, Quindíua e Paricatíua. Para melhorar ainda mais, o município de Bequimão não possui mais carros pau-de-arara carregando alunos. Com as estradas boas, os estudantes são transportados em ônibus, microônibus e vans.

Zé Martins também lembrou do compromisso em pagar em dia os funcionários do município. ”Os professores municipais recebem em dia seus benefícios e procuramos dar toda condição de trabalho para esses profissionais. Estou dando a minha vida para melhorar a vida deste povo” destacou o prefeito.

DESFILE NOTA 10

Após o pronunciamento do prefeito, os estudantes desfilaram pelas principais ruas de Bequimão. Faixas, escudos e bandeiras em mãos representavam as escolas onde cada “pelotão” estuda. Houve homenagens à natureza, o alerta ao aquecimento global, incentivo ao esporte e às diversas profissões. Crianças vestiram-se de branco e nas faixas pediam por paz. A cidade parou para assistir um verdadeiro espetáculo. Celulares e câmeras faziam fotos e vídeos de estudantes das 19 escolas que desfilaram e lotaram o centro de Bequimão.

FOTO 5 FOTO1

Uma das organizadoras da festa, a secretária municipal de Cultura & Igualdade Racial, Dinha Pinheiro, falou de mais um desfile realizado na gestão do prefeito Zé Martins. “A cada ano tem sido melhor o desfile, onde o prefeito tem valorizado, não só a data comemorativa, mas também o povo de nosso município. Hoje também entregamos além do uniforme escolar, os certificados aos árbitros Quilombolas que vão poder trabalhar em qualquer partida de futebol, tanto em nosso município, quanto fora. O trabalho não para, isso é gratificante”, destacou Dinha.

FOTO 6 FOTO2

Estiveram presentes no momento da abertura dos desfiles, os vereadores Amarildo Paixão (PHS), Robson Cheira (PTN) e Preta de Barbosa (PDT). O ex-prefeito Juca Martins, a primeira Dama Vânia Martins, a diretora do Hospital Lídia Martins, Jannyslea Matos, o vice prefeito Pedro Acará, os secretários Tonho Martins (Infraestrutura), Kell Pereira (Esporte & Juventude), Nhô da Colônia (Pesca), Dinha Pinheiro (Cultura), Aristides França (Educação), Zé Orlando (Administração), Cassiano (Segurança), Creuber Pereira (Agricultura), Ademar Costa (Industria & Comércio), Sinara Almeida (Extrema Pobreza), Maria Neide (Assistência Social) e o Advogado Sidney Bouéres (Secretário Municipal de Articulações Institucionais). Representando o Estado, compareceram os gestores da Secretaria Estadual de Igualdade Racial (SEIR), Eduardo Filho e Iracema de Jesus.

FUTEBOL SHOW

Para encerar as comemorações da Independência do Brasil, o estádio Vivaldão recebeu a partida amistosa entre os Gigantes do Norte (Time de anões) de Belém x Juvenil de Bequimão. A partida terminou empatada em 0x0, com destaque para o jogador Wagner Love, da equipe paraense, que levou a torcida ao delírio com seus dribles mortais. Nos pênaltis os meninos de Bequimão venceram por 6×5. Mas que fez a festa mesmo foi a torcida que compareceu em grande número ao Vivaldão.

FOTO3 FOTO4

“A educação deve ser a prioridade”

COMPARTILHE

O deputado estadual Wellington do Curso (PPS) participou, na manhã deste sábado (25), do 1°Ciclo de Debates sobre os Desafios das Grandes Cidades Brasileiras, que discutiu sobre a “Assistência Social na Redução da Violência”. A palestra foi ministrada pelo prefeito de Vitória (ES), Luciano Rezende (PPS).

O evento aconteceu na Assembleia Legislativa e contou com a presença da deputada federal Eliziane Gama (PPS); da presidente da Associação dos Defensores Públicos do Maranhão, Clarisse Binda; do secretário de Estado da Igualdade Racial, Gerson Pinheiro; do subcomandante da Polícia Militar, Coronel Sá, do presidente do Democratas (DEM), Ricardo Guterres; do presidente do PRTB, João Câncio, do secretário geral do Partido Progressista (PP), Hamilton Ferreira; do vice-presidente da FIEMA, Cláudio Azevedo, além do deputado estadual Cabo Campos (PP) e membros da sociedade civil.

Na ocasião, o deputado Wellington debateu sobre a redução da violência e aproveitou para discutir sobre os “métodos” que o palestrante e prefeito Luciano Rezende utilizou em Vitória (ES) para atenuar a violência na capital. O parlamentar destacou, ainda, que o evento permite a troca de experiências e debates sobre os projetos que foram bem sucedidos em outras regiões.

“A sociedade enfrenta inúmeras problemáticas, entre elas os altos índices de violência. Hoje, os pais de família, os estudantes e os trabalhadores saem de casa e não mais sabem se voltarão. Estando ciente disso, apresentei e continuarei apresentando inúmeras proposições em defesa da Segurança Pública. Ressalto que para que a Segurança torne-se a regra, faz-se necessário priorizar a educação. São medidas concomitantes. É preciso investir em educação, e como consequência, teremos uma sociedade com menos violência e crueldade. Ratifico a educação como o instrumento mais eficaz na transformação de realidades e, assim, a arma mais poderosa no combate à violência”, declarou o deputado professor.

 

Educação planejada para os próximos dez anos

COMPARTILHE

As metas traçadas em dez eixos que farão parte do Plano Municipal de Educação (PME) foram apreciadas e aprovadas pelos participantes da I Conferência Municipal de Educação, promovido nesta sexta-feira (17), na Escola Municipal Domingos Bouéres, em Bequimão. O evento foi organizado pela Prefeitura Municipal, por meio da Secretaria Municipal de Educação, em parceria com a Secretaria Estadual de Educação (SEDUC).

O documento preliminar do PME começou a ser elaborado em março de 2015, por uma comissão que reuniu diversos agentes envolvidos na rede educacional do município. A proposta apreciada na conferência contém políticas educacionais para o decênio 2015-2024, tendo como referência o Plano Nacional de Educação (PNE) e o Plano Estadual de Educação (PEE).

Inicialmente, foi feito um diagnóstico baseado nos dados das escolas de Bequimão. Depois, foram estabelecidos objetivos, diretrizes e metas, para melhorar a qualidade em todos os níveis e modalidades de ensino, bem como para a valorização do magistério, ampliação de recursos e aprimoramento da gestão da educação do município. “Foi um trabalho árduo, mas conseguimos chegar a um documento que considerasse as particularidades do nosso município. São metas possíveis de serem alcançadas”, avaliou a coordenadora do PME, Rosenilce Pereira Barbosa.

Os eixos contemplados no plano são Educação Infantil, Ensino Fundamental, Educação Especial, Educação de Jovens, Adultos e Idosos, Ensino Médio, Ensino Superior, Gestão Democrática, Valorização dos Profissionais, Financiamento e Diversidade. “A construção do PME constitui um passo importante; uma ferramenta para o trabalho da Secretaria Municipal de Educação e seu sistema de educação”, afirmou o secretário de Educação do município, Aristides Amorim França, que ainda destacou o apoio do prefeito Zé Martins à política educacional de Bequimão.

PROJETO DE LEI

O prefeito comprometeu-se em encaminhar à Câmara Municipal de Vereadores, o mais breve possível, o projeto de lei do Plano Municipal de Bequimão, com as contribuições que saíram da conferência. Os parlamentares precisam aprovar a lei, para que seja sancionada pelo prefeito. “O grande diferencial do plano é que ele não constitui uma política de governo, mas sim um plano de território. Isso impede que as políticas educacionais sejam interrompidas durante a minha gestão ou em gestões posteriores”, frisou Zé Martins.

ZÉ ZÉ1

Bequimão entra na lista dos municípios maranhenses que já avançaram na elaboração do Plano Municipal de Educação. De acordo com a avaliadora e supervisora educacional da SEDUC, Joana Maria Fonseca, o Maranhão foi o segundo estado brasileiro a ter um Plano Estadual de Educação e é o que mais tem municípios com planos aprovados.

Participaram da conferência o presidente da Câmara Municipal dos Vereadores, Jorge Filho; a vereadora Preta; a secretaria de Assistência Social, Neide Rodrigues; a secretária de Combate à Extrema Pobreza, Sinara Almeida; o secretário de Segurança, Cassiano Pereira; a presidente do Sindicato Municipal dos Servidores Públicos de Bequimão (Sismubeq), Vande Lourdes Bastos; a representante dos gestores das escolas públicas do município, Rosário de Fátima Nunes Macedo; representante dos professores, Valdeci França; representante dos alunos, Antônio Francisco; e a representante de pais de alunos, Maria Cristina Nogueira Gomes.

NÚMEROS DA EDUCAÇÃO EM BEQUIMÃO

Atualmente, a Secretaria Municipal de Educação de Bequimão possui 221 professores efetivos, que atuam em 55 escolas na sede do município, em comunidades remanescentes de quilombo, em áreas de assentamentos e em outras comunidades campesinas. Estão matriculados 971 estudantes no Ensino Médio; 1.684 alunos do 6º ao 9º ano; 1.769 da 1ª a 5ª série; e 57 na educação infantil.

MEMBROS ELEITOS DA COMISSÃO PERMANENTE DO PLANO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO

Representantes do poder executivo municipal- Secretaria Municipal de Educação

Titular- Maria de Jesus Nogueira Gomes

Suplente- Eldo Antonio Araujo Alves

Representantes do poder executivo municipal – Secretaria de Assistência Social

Titular- Neudilene Cantanhede Almeida

Suplente- Carlos César Sousa Paixão

Representantes do poder executivo municipal- Secretaria de Saúde

Titular- Anna Karine T. M. Moraes

Suplente- Cleude Nilce Pereira Soares

Representantes do poder executivo municipal- Secretaria de Segurança Pública

Titular- Elquias Nascimento Melo

Suplente- Carliane Nunes

Representantes do poder executivo municipal- Conselho Municipal de Educação

Titular- Juranilson de Jesus Pereira Privado

Suplente- Sinara Almeida Pinheiro

Representante do poder executivo municipal- Conselho do FUNDEB

Titular- Alessandro Gonçalves Bouéres

Suplente- Maria da Graça Correia

Representantes do poder executivo municipal- Conselho Tutelar

Titular- Ana Rosa Pereira Garcia

Suplente- Josué Amorim Monteiro

Representantes do poder executivo municipal – Conselho do Direito da Criança e do Adolescente

Titular- Maria da Natividade Nogueira Lima

Suplente- Maria Tereza Pereira Amorim

Representantes do poder executivo municipal- Conselho da Alimentação Escolar

Titular- Siméia de Marly dos Santos Silva

Suplente- Vangelia Castro Martins

Representante do poder executivo municipal- Secretaria de Administração

Titular- José Rogério Paixão Lopes

Suplente- Johnny Wildson Paixão Campos

Representantes dos gestores de escolas

Titular- Kleonnildes Castro e Castro

Suplente- Rosário de Fátima Nunes Macedo

Representantes do poder Legislativo municipal – Câmara de Vereadores

Titular – Valmir Batista Costa

Suplente- Edson Ferreira Cunha

Representantes do poder Legislativo municipal – Cultura

Titular- José Henrique da Hora

Suplente- Celima dos Anjos

Representantes do poder Legislativo municipal- Esportes

Titular- Kledilson de Jesus Costa Pereira

Suplente- Cleisy Fernanda Pereira

Representantes do Ministério Público – Promotoria

Titular- Agnaldo Diniz

Suplente- Lidiane Farias de Oliveira Serra

Representantes da Sociedade Civil Organizada- Professores Municipais

Titular- Ivanete de Freitas Lima

Suplente- Marcelo da Anunciação Almeida

Representantes dos Professores Estaduais

Titular- Marcelo de Anunciação Almeida Costa

Suplente- Valdeci França Pereira

Representantes do sindicato dos Trabalhadores Rurais

Titular- Nelson Valdo Brito Rodrigues

Suplente- Maria Kelly Braga Costa

Representantes da Colônia dos Pescadores

Titular- Rafael Rodrigues Costa

Suplente- Ambrosina Lobato Costa

Representantes de Estudantes da Educação Básica Estadual

Titular-Marcos de Jesus Câmara Ferreira

Suplente- Mariane Pereira Cunha

Representantes de alunos da Educação Básica Municipal

(Falta escolher)

Representantes do Sindicatos dos profissionais Municipais de Educação (SISMUBEQ)

Titular-Iêda Maria Sousa Pereira

Suplente- Maria da Graça Correia

Representantes de Associação de Pais e Mestres

Titular- Durcival dos Anjos Pereira

Suplente – llda Cantanhede

Representantes da Pastoral da Criança

Titular- Maria do Socorro Miranda Silva

Suplente- Davina Gonçalves Tonon

Representantes da Pastoral Familiar

Titular- José Ribamar Bouéres Pereira

Suplente- Luís Fernando Pereira

Representantes da Igreja Católica

Titular- Júlio Sérgio Costa Martins

Representantes das Igrejas Evangélicas

Titular- Jacileide Pereira Guimarães

Suplente- Neide da conceição Rodrigues Almeida

Representante do MOQUIBOM

Titular – Francisco Carlos Macêdo

Suplente – Ivan Pereira

Responsive WordPress Theme Freetheme wordpress magazine responsive freetheme wordpress news responsive freeWORDPRESS PLUGIN PREMIUM FREEDownload theme free