casa » Archivo de Etiquetas: Educação

Archivo de Etiquetas: Educação

Bequimão cumpre primeira ação do Pacto pelo Fortalecimento da Aprendizagem

COMPARTILHE

No início desta semana, técnicos da Secretaria Municipal de Educação participaram do I Seminário Estadual do Pacto pelo Fortalecimento da Aprendizagem no Maranhão. O pacto é uma estratégia colaborativa entre governo estadual e municípios, para a melhoria das condições educacionais e redução da evasão escolar. O acordo de cooperação técnica foi assinado pelo prefeito Zé Martins, no último dia 30, e vai beneficiar os 3.483 alunos matriculados na Rede Municipal de Ensino.

Foto: Divulgação

Na formação, os articuladores refletiram sobre a qualidade da educação no Estado, discutiram suas atribuições, as contrapartidas do município e os desafios do programa. O vereador Professor Zeca, um dos gestores pedagógicos enviados pela Prefeitura de Bequimão, descreveu a experiência como enriquecedora. “O Pacto é uma grande iniciativa que vai permitir o fortalecimento da educação do nosso município. Com a capacitação, estaremos aptos a identificar os desafios e a formular estratégias que, de fato, sejam capazes de provocar uma grande reviravolta no cenário da educação”, avaliou. Além do professor Zeca, a formação também contou com a participação da gestora Rosenilce de Lima.

Foto: Divulgação

Para Zé Martins, a cooperação fortalecerá ainda mais as ações da Prefeitura de Bequimão em prol da elevação dos índices educacionais do município. “Esse programa vem reforçar os avanços que já conseguimos alcançar na educação do nosso município, como a melhoria do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb)”, afirmou o prefeito.

Gráfico: Reprodução / QEdu

Em 2017, quando foi divulgada a última avaliação do Ideb, Bequimão alcançou o melhor índice dos últimos 13 anos, com 4,8 pontos, superando São Luís, que pontuou 4,7. A média faz parte de uma sequência histórica de crescimento, segundo a plataforma QEdu. Desde o primeiro mandato do prefeito Zé Martins, o Ideb do município cresceu 0,7 pontos, levando em consideração as avaliações de 2013 e 2015, com 4,1 e 4,5 pontos, respectivamente. O cálculo da nota do Ideb considera o nível de aprendizado do aluno em Português e Matemática (Prova Brasil) e o fluxo escolar (taxa de aprovação).

 

Prefeitura de Alcântara realiza capacitação de merendeiras

COMPARTILHE

A prefeitura de Alcântara, através da Secretaria Municipal de Educação, realizou nesta sexta-feira (24), curso de capacitação com as merendeiras da rede municipal de ensino. Durante a capacitação as profissionais receberam avaliação nutricional, fizeram testes rápidos com a equipe da saúde que se encontrava presente na capacitação.

Além da capacitação, as merendeiras  assistiram uma palestra com a psicóloga da educação, Dayane Fernandes Cruz. O presidente do Conselho de Alimentação Escolar (CAE) acompanhado dos membros do CAE esteve presente e destacou a importância da capacitação.

A secretária de Educação, Rowsyklea Araújo Chaves esteve presente durante todo o evento, dando suporte na qualificação das merendeiras. A capacitação foi realizada pelas nutricionistas do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE), Loyane Coutinho de Santana e Mércia Teresa Pereira Matos.

As merendeiras receberam informações de boas práticas de manipulação dos alimentos, noções de higiene e armazenamento. Durante a capacitação as profissionais tiveram aula sobre a importância da alimentação escolar e da merendeira, a responsabilidade da merendeira, noções sobre alimentação e nutrição, conhecimentos sobre o PNA, avaliação de aprendizado, noções de higiene e preservação da saúde, reaproveitamento dos alimentos e sobre contaminação.

Na segunda parte da capacitação, a merendeira aprenderam sobre os perigos biológicos, perigos químicos e perigos físicos, doenças veiculadas por alimentos, controle de qualidade, armazenamento dos gêneros alimentícios, medidas para prevenção de acidentes de trabalho e sobre relações interpessoais.

As merendeiras do município de Alcântara receberam um kit contendo avental, touca e ao final da capacitação todas receberam um certificado e brinde, houve sorteio de prêmios para as merendeiras participantes da qualificação.

Para as nutricionistas, trabalhar com profilaxia e saber como manipular o alimento que vai para o prato dos estudantes, ajuda na prevenção de doenças. “A merendeira escolar tem um papel fundamental na qualidade da alimentação escolar que será oferecida aos alunos. Além de ser responsável por oferecer refeições bem preparadas e sem riscos para a saúde”, enfatizaram.

Por  G7

Prefeitura realiza a abertura da II Edição dos Jogos Escolares Alcantarenses (JEAS-2019)

COMPARTILHE
O sucesso da I Edição dos Jogos Escolares Alcantarenses (JEAS-2018), despertou o espírito esportivo dos estudantes no município de Alcântara e a participação ficou ainda mais atraente com o aumento no número de atletas, modalidades e escolas para a II Edição do JEAS-2019.
Neste sábado (27), na Quadra Poliesportiva da Escola Estadual Professor Aquiles Batista Vieira (CETI), aconteceu a cerimônia de abertura da 2ª Edição dos Jogos Escolares Alcantarenses (JEAS-2019), realizado pela Prefeitura de Alcântara, através da Secretaria Municipal de Juventude, Esporte e Lazer, em parceria com a Secretaria Municipal de Educação.
O evento esportivo conta com várias modalidades e reúne centenas de jovens de até 17 anos de escolas municipais, estadual e federal, oriundos da sede e zona rural do município.
Para o professor e diretor da Escola Municipal Duque de Caxias do povoado Oitiua, Campeã de 2018, competir já é uma grande  felicidade. “É um orgulho participar dos Jogos Escolares Alcantarenses, isso nos dar a oportunidade de poder conquistar a vaga para representar o município de Alcântara nos Jogos Escolares Maranhenses (JEM’S), além de mostrar grandes talentos que temos em nossas comunidades”, destacou Heliody Pereira.
Comparando o numero de Escolas participantes na edição em 2018, a quantidade subiu de 9 para 12 em 2019. De acordo com Hermison Martins, um dos organizadores do JEAS, o aumento no número de escolas e consequentemente no número de estudantes participantes é reflexo dos resultados conseguidos pelos alunos no JEAS e no JEM’S 2018.
Para a secretária municipal de Educação, Rowsyklea Araújo Chaves, a participação de escolas municipais, estadual e federal, aumenta o nível da competição e o desejo de jovens pela participação nas competições  de nível municipal e estadual, aumentando ainda mais a procura a cada edição.
Os resultados conseguidos nos  Jogos Escolares Alcantarenses em 2018 e os bons frutos apresentados mostra a grande valorização do prefeito Anderson Wilker ao esporte, que precisa andar de mãos dadas com a Educação. “O JEAS 2018 fez com que jovens de escolas da sede e zona rural do município tivesses pela primeira vez a oportunidade de participar de competições municipal e estadual. Isso reflete na valorização de nossos estudantes e descobertas de novos talentos para o esporte”, destacou o prefeito Anderson Wilker.
Organizado pelas secretarias de Esporte e Educação e com a participação efetiva das demais secretarias municipais, o JEAS já é um evento que faz parte do calendário esportivo do município, esperado por jovens, professores, diretores e pelas comunidades que buscam através do esporte representar as cores da bandeira de Alcântara nos Jogos Escolares Maranhenses.
Por Paulinho Castro

Prefeito de Alcântara participa do lançamento do Pacto Estadual pela Aprendizagem

COMPARTILHE

Como forma de melhorar as condições de aprendizagem, da permanência dos estudantes no ambiente escolar e potencializar o regime de colaboração previsto no Programa Escola Digna, o Governo do Maranhão lançou nesta quarta-feira (20), o Pacto Estadual pela Aprendizagem.

A solenidade de adesão do programa Pacto Estadual pela Aprendizagem contou com a participação do prefeito de Alcântara, Anderson Wilker (PCdoB), que esteve acompanhado da secretária de educação do município, Rowsyklea Araújo e da secretária adjunta de Educação.

OBJETIVOS DO PACTO

Entre os objetivos do Pacto, se destacam a garantia de que todos os estudantes do território maranhense estejam alfabetizados, em Língua Portuguesa e em Matemática, na idade certa; a redução da distorção idade-série na Educação Básica; a elevação do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), além da contribuição no aperfeiçoamento da formação dos profissionais de educação das redes municipais. E Alcântara jamais poderia ficar de fora desse programa.

Na prática, o governador Flávio Dino apoiará as redes municipais, fortalecendo a aprendizagem do estudante desde a educação infantil para que ele chegue ao Ensino Médio com as habilidades necessárias à sua formação.

Rede Estadual

Atualmente, o Maranhão tem 1.075.618 estudantes matriculados no Ensino Fundamental, sendo 1.035.071 nas redes municipais, que poderão ser beneficiados com o Pacto pela Aprendizagem. A rede estadual ainda tem 40.547 matrículas do Ensino Fundamental, que aos poucos estão em processo de municipalização, conforme determina legislação vigente.

Prefeito Zé Martins assina termo de adesão ao programa JEPP

COMPARTILHE

No final da tarde desta terça-feira (15), o prefeito do município de Bequimão, Zé Martins, assinou o termo de adesão ao programa Jovens Empreendedores Primeiros Passos (JEPP), que leva educação empreendedora aos estudantes do 1° ao 9° ano do Ensino Fundamental.

O projeto faz parte do Programa Nacional de Educação Empreendedora do Sebrae e pode ser desenvolvido em escolas públicas e privadas. O JEPP foi implantado no Sebrae do Maranhão desde 2015. No período, mais de 42 mil estudantes já participaram da iniciativa e mais de 1 mil professores de 107 instituições de ensino maranhenses foram capacitados nas metodologias do programa JEPP.

O município assume mais uma vez o compromisso de capacitar os profissionais da educação, e consequentemente, levar aulas de empreendedorismo aos jovens da rede municipal de ensino. “Precisamos despertar nos jovens o espírito empreendedor, dar a oportunidade que eles possam abrir seus pensamentos e ver o mundo de oportunidades que temos”, ressaltou o prefeito Zé Martins.

A cerimônia aconteceu nesta terça-feira (15) em São Luís, no auditório Armando Gaspar, na Sede do Sebrae Maranhão. Na ocasião, mais 15 prefeituras maranhenses manifestaram publicamente o interesse em aderir ou renovar a adesão ao programa JEPP, que capacita professores de ensino fundamental a incluírem o empreendedorismo no currículo escolar.

Fotos: Rodrigo Martins

Ajuste anual do Fundeb desfalca a Educação do Município de Alcântara em mais de R$130 mil reais

COMPARTILHE

O prefeito Anderson Wilker tenta reconstruir o município de Alcântara, desde que assumiu a gestão em janeiro de 2017. O trabalho tem sido árduo e constante, mas as dificuldades tem dado dor de cabeça ao prefeito. Se não bastasse a crise pela qual passam os municípios brasileiros, e o malabarismo que os prefeitos são obrigados a fazerem todo mês, os municípios estão sofrendo com a diminuição dos repasses do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb), que estão sendo diminuídos a cada mês.

No mês de março deste ano, o município de Alcântara perdeu R$ 133.514,24 (cento e trinta e três mil, quinhentos e quatorze reais e vinte e quatro centavos) que foram retirados do repasse obrigatório da educação do município. Com isso, a gestão municipal está encontrando dificuldades para manter um serviço de qualidade, mas está fazendo de tudo para cumpri-los.

Para o prefeito Anderson Wilker, isso quase inviabiliza e compromete muito o funcionamento e qualidade da educação do município de Alcântara. !Isso nos obriga a retirada de recursos de investimentos que seriam feitos no município para cobrir e pagar a folha dos professores. É um dos problemas que estamos encontrando, mas estamos fazendo o possível para honrar nossos compromissos”, destacou.

“Para se ter uma ideia das dificuldades na política do Ministério da Educação, quanto ao repasse dos recursos do Fundeb, no ano passado, o município de Alcântara teve que devolver mais de meio milhão de reais, o que inviabiliza qualquer administração municipal”, finalizou o prefeito Anderson Wilker, que está trabalhando com os pés no chão.

A Confederação Nacional de Municípios (CNM) informou aos gestores que já está disponível o demonstrativo de ajuste anual da distribuição dos recursos do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) do exercício de 2017. Os valores foram publicados no Diário Oficial da União (DOU) na última sexta-feira, 27 de abril, por meio da Portaria 385/2018.

Como explica CNM, o ajuste consiste no cálculo da diferença entre o montante da receita transferida ao Fundo e o montante da receita arrecadada em 2017, ou seja, é o acerto entre a receita estimada e a realizada. Em 2017, por exemplo, a receita realizada foi de R$ 146,3 bilhões de reais, valor 3,5% maior do que havia sido estimado.

 

 

Ex-secretário de Educação de Alcântara é condenado por improbidade administrativa

COMPARTILHE

O juiz Rodrigo Terças, titular da Comarca de Alcântara, proferiu sentença nesta quinta-feira (3), condenando o ex-secretário municipal de Educação de Alcântara, Daniel Mendes, à suspensão dos direitos políticos pelo prazo de três anos; multa civil no valor de 30 vezes da remuneração percebida no exercício do cargo, à época dos fatos; proibição de contratar com o Poder Público ou receber benefícios fiscais ou creditícios, direta ou indiretamente, ainda que por intermédio de pessoa jurídica da qual seja sócio majoritário, pelo prazo de três anos. O ex-gestor também foi condenado nas custas processuais, e o valor da multa a ser paga, será destinada aos cofres públicos do Município de Alcântara.

A condenação ocorreu em Ação Civil Pública (ACP) ajuizada pelo Ministério Público Estadual (MPMA), que levantou a omissão do ex-secretário em prestar informações solicitadas pelo órgão ministerial para apuração da Notícia de Fato. “Requerendo a aplicação das reprimendas previstas no artigo 12, III, da Lei 8.429/92, em razão de ter se omitido em responder à requisição do MP, atentando contra os princípios da Administração Pública já que teria praticado atos de improbidade insculpidos no art. 11, inciso II do sobredito diploma legal”, afirma o pedido do MP.

Ao se manifestar, o ex-secretário manteve-se, por duas vezes, em silêncio. O Município de Alcântara, chamado para compor o processo, também deixou de responder.

O juiz Rodrigo Terças iniciou a análise do caso ressaltando os princípios da Administração Pública: Legalidade, Impessoalidade, Moralidade, Publicidade e Eficiência, previstos na CF 1988 (artigo 37), com destaque para o dever do agente público em prestar contas. Ele fundamentou o entendimento com o inciso II do artigo 11 da Lei 8.429/92: “Constitui ato de improbidade retardar ou deixar de praticar, indevidamente, ato de ofício, in casu, responder às requisições do Ministério Público”, frisa o julgador.

Outro destaque da sentença foi o fato de o ex-secretário, mesmo tendo sido advertido pelo MP de que o não atendimento da requisição ensejaria apuração por ato de improbidade administrativa, ter deixado de responder por duas vezes às solicitações do órgão ministerial, já que a resposta às solicitações não é ato discricionário do agente. “Acaso o Requerido verificasse algum problema ou impossibilidade de cumprir a requisição, deveria comunicar ao Ministério Público eventual impedimento, justificando-o, ou solicitando os esclarecimentos necessários no sentido de bem e fielmente cumprir o seu ônus”, ressalta o documento.

Com base no conjunto de provas e a não manifestação nos autos da Ação Civil Pública, a sentença entendeu que o ex-secretário agiu de forma dolosa ao deixar de atender ao chamado do Ministério Público, seja para não apresentar as informações requeridas, seja pelo simples fato de não querer responder ao Promotor de Justiça.

COMBATE À CORRUPÇÃO – Segundo o juiz Rodrigo Terças, a Comarca de Alcântara está entre as unidades que participarão do Movimento “Maranhão contra a Corrupção”, que acontece no período de 22 de maio a 1º de junho. O Movimento é um trabalho conjunto e permanente, efetivado pela da Justiça estadual, Ministério Público do Estado e Tribunal de Contas do Estado, com participação de juízes federais, procuradores da República, Advocacia Pública Municipal, Estadual e Federal, além de Polícia Civil e Federal. O movimento conta com o apoio institucional da Corregedoria Geral da Justiça, órgão responsável pelo controle e fiscalização dos serviços prestados pela Justiça de primeiro grau.

As atividades dos mutirões, que ocorrem em várias comarcas do Estado, se referem a proferir despachos e sentenças e realização de audiências, priorizando as ações de improbidade.

“O IEMA mudou meu plano de vida”, diz aluna em entrega de nova unidade em Matões

COMPARTILHE

O Instituto de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (IEMA) chegou nesta segunda-feira (9) à 11ª unidade plena entregue desde 2015. Desta vez, foi na cidade de Matões, que passa a ter pela primeira vez uma escola da rede estadual com ensino profissionalizante e integral.

Até 2014, o Maranhão não tinha nenhuma escola integral do Estado. Hoje são 40, incluindo o IEMA e os Centros Educa Mais, que oferecem o ensino médio regular.

“É um grande sucesso, mostrando o respeito que a gente tem pela juventude e a crença profunda que temos de que a educação é a principal ferramenta para alcançarmos uma sociedade justa. O IEMA é a síntese de um governo que aplica bem o dinheiro público e que tem prioridades sociais muito nítidas”, disse o governador Flávio Dino durante a inauguração.

O IEMA entregue pelo Governo do Maranhão em Matões recebeu investimento de R$ 10 milhões. Neste ano, serão 160 alunos matriculados numa estrutura moderna e tecnológica.

Projeto de vida

“O IEMA mudou meu plano de vida. Ele ajuda muito na estrutura de quem a gente vai se tornar, porque não adianta só sonhar e não ter quem lhe guiar. O IEMA é esse lugar que te guia. Meu sonho é estudar em Harvard”, disse Joice Santos Sousa.Com a nova escola, um novo horizonte profissional foi aberto para os alunos da região. Os alunos de Matões puderam conhecer um pouco dessa experiência com dois estudantes da unidade plena de Timon, que já tem turmas no segundo ano. Ambos estiveram em Matões para contar o que têm vivido.

Também aluno de Timon, Cícero Henrique contou ter tido “experiências maravilhosas” no instituto. “No IEMA, eu formei meu conceito de projeto de vida. Dentro do IEMA, eu comecei a sonhar, a ter um objetivo para os meus estudos. O meu sonho é cursar tecnologia no Japão e eu sei que o IEMA vai ajudar muito nisso”.

Noemi da Silva, que vai estudar em Matões, disse estar ansiosa: “Eu fiquei maravilhada quando entrei aqui. Eu não imaginava que ia ser uma estrutura tão grande como essa”.

Laboratórios

O reitor do IEMA, Jhonatan Almada, explica que o instituto oferece “uma educação integral com a profissionalizante. Além da excelente infraestrutura, o jovem vai poder construir o seu projeto de vida”.

São 12 salas de aula, 6 laboratórios, 2 laboratórios especiais, auditório com capacidade para 200 pessoas, cozinha industrial, anfiteatro, ginásio poliesportivo, 8 salas de administração, além de um espaço de 5 mil metros quadrados de área verde para a convivência entre os alunos.

“Os laboratórios vão contribuir muito para que os alunos superem dificuldades e rompam barreiras”, diz a professora Camila Gabrielle, de Química.

Para Rayla Alves, “é muito gratificante estar aqui. Antes a gente não tinha um colégio com essa estrutura. Agora, nós vamos ter uma oportunidade de estudo melhor”.

A área total do empreendimento é de 20 mil metros quadrados. São oferecidos os cursos técnicos de Informática, Eletroeletrônica e Agropecuária.

 

Prefeitura de Peri Mirim vai gastar mais de R$ 1,7 milhão com veículos para educação

COMPARTILHE

Parece que em algumas prefeituras do Maranhão o dinheiro está sobrando. Só não está dando para investir na saúde, educação e infraestrutura. No município de Peri Mirim na baixada maranhense, o prefeito Geraldo Amorim (MDB) vai gastar mais de R$ 1,7 milhão com locação de veículos para Secretaria de Educação, sendo que mensal serão pagos mais de R$140 mil reais de aluguel de veículos. O contrato foi assinado pela Secretária Municipal de Educação, Alda Regina Ribeiro Corrêa.

De acordo com as informações do Diário Oficial do dia 7 de março, em Pregão Presencial, Nº 022/2018, tendo por objeto contratação de uma empresa para prestação de serviços de locação de veículos para a Secretaria de Educação do Município de Peri Mirim-MA, a empresa HYAN ALFREDO ARAUJO MENDONÇA SILVA-ME foi a vencedora da licitação feita pela prefeitura. A empresa vai embolsar em dois lotes de contrato. LOTE I R$ 1.698.000,00 (hum milhão seiscentos e noventa e oito mil reais) e LOTE II R$ 78.000,00(setenta e oito mil reais). Que totalizam um valor de 1.776.000,00 (hum milhão setecentos setenta e seis mil reais).

Sediada na Rua Eupídio Serra, Nº 01, Loja C – Centro da cidade de Matinha, na baixada maranhense, a empresa Hyan Alfredo Araujo Mendonça Silva – ME”  com CNPJ: 17.537.164/0001-55, tem como sócio uma pessoa do mesmo nome, que curiosamente é filiado no mesmo partido do prefeito de Peri-Mirim. A empresa tem como nome fantasia HM Representações e Serviços. Com capital de R$ 80.000,00 (oitenta mil reais) a empresa vai locar veículos.

Com a palavra o prefeito Geraldo Amorim ou sua Assessoria de Imprensa. O espaço está franqueado ao gestor.

 

Bequimão realiza II Conferência Municipal de Educação

COMPARTILHE

O fortalecimento da educação do município de Bequimão, localizado no Litoral Ocidental Maranhense, foi à base da II Conferência Municipal de Educação realizada nos nesta quinta (15) e sexta-feira (16) na Escola Municipal Domingos Bouéres.

Com o tema ‘Realidade e Desafios na Garantia de Direitos’, a conferência contou com a participação do Executivo Municipal, Câmara de Vereadores, representantes do Ministério Público do Maranhão, sociedade civil organizada, professores, pais e alunos.

No primeiro dia, o evento começou com a leitura do regimento da conferência e a palestra magna, ministrada pelo secretário de Educação do Município, Aristides França. O segundo dia foi voltado para discussão das metas e estratégias, e avaliação do Plano Municipal de Educação (PME), implantado em 2015.

Segundo o secretário Aristides França, o debater o plano melhora a política de educação do município. “Estamos na fase da avaliação dos três anos de implantação do projeto. Nesses dias, monitoramos os avanços e os pontos não alcançados, e conseguimos traçar uma nova estratégia para melhorar ainda mais a educação na cidade”, destacou o secretário.

A coordenadora do PME, Rosenilce Pereira, destacou durante o evento a importância da partição de todas as entidades na elaboração e avaliação do projeto. “O PME rege o norte da educação no município em todas as esferas desde a elaboração pedagógica à gestão dos recursos financeiros. Os debates são fundamentais para direcionarmos o plano de educação da melhor forma possível”.

De acordo com o vice-prefeito de Bequimão, Magal, a educação apresentou inúmeros avanços desde a implantação do PME em 2015. “Nos últimos anos houve a extinção das salas multiseriadas nas escolas. Conseguimos implantar o transporte escolar, melhorar a qualidade da merenda escolar e reduzimos o índice de evasão no município. Esses avanços fizeram com que a cidade subisse posições no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB), pontuando a frente dos municípios da Baixada Maranhense”, relatou.

Após a aprovação da nova redação feita pela plenária, o Plano Municipal de Educação foi encaminhado para Câmara Municipal e será apreciado pelos vereadores. Segundo o vereador Professor Zeca, a tramitação do plano na casa legislativa será rápida, porque os parlamentares participaram das discussões na Conferência Municipal de Educação. Depois de aprovar a redação final do texto, a Câmara vai enviar o PME para sanção do prefeito Zé Martins.

Para o prefeito Zé Martins, o momento é de avaliar o que tem sido feito e planejar os próximos anos para a Educação de Bequimão. “Temos trabalhado bastante para melhorar a qualidade da educação de nossas crianças em Bequimão. Para se ter uma idéia, nosso IDEB é superior ao de municípios que eram referências no Estado. Temos investido fortemente na educação e os resultados são bons, mas queremos melhorar ainda mais”, destacou o prefeito.

 

Responsive WordPress Theme Freetheme wordpress magazine responsive freetheme wordpress news responsive freeWORDPRESS PLUGIN PREMIUM FREEDownload theme free