casa » Archivo de Etiquetas: Blogueiros

Archivo de Etiquetas: Blogueiros

Operação Turing: empresários cagam ralo e negam sofrer extorsão de blogueiros

COMPARTILHE
Depoimentos de Antonio Barbosa, da empresa Dimensão Engenharia, e Pedro Ricardo Aquino, da Classi Segurança, desdizem a acusação da Polícia Federal, que resultou, inclusive, na prisão e condução de alguns blogueiros.

Quem está mentindo, a PF, os empresários ou os blogueiros? Porque negaram? Temem alguma descoberta a mais ou os blogueiros foram perseguidos por questões políticas? E como fica a moral da PF? São perguntas que precisam ser explicadas para a sociedade. Abaixo segue a matéria na íntegra do jornalista Marco Aurélio D’Eça.

Os empresários Antonio Barbosa de Alencar, da Dimensão Engenharia, e Pedro Ricardo Aquino, da Classi Segurança, negaram, em depoimento na Polícia Federal, qualquer tipo de extorsão sofrida pelos blogueiros indiciados na Operação Turing, promovida em março pela própria PF.

Ricardo Aquino depôs no dia 29 de março, segundo registro às folhas 1055/SR/PF/MA, que compõem o inquérito 021/2016; Barbosa, por sua vez, prestou depoimento em 31 de março.

A afirmação da PF, de que os blogueiros extorquiam empresários e políticos, é a base fundamental da investigação da Operação Turing.

Não sei, não conheço…Antonio Barbosa da Dimensão Engenharia garantiu nunca ter sido procurado por blogueiros

Barbosa declarou ipsis literis que não acompanha blogs e que não conhece ou mantém relação de amizade com nenhum dos blogueiros citados.

– Reafirma nunca foi procurado por blogueiros e que não tomou conhecimento de nenhuma publicação ou investigação – diz trecho do depoimento de Barbosa.

Alheio total –  Ricardo nega ter qualquer contato com qualquer blogueiro

O dono da Classi disse, por sua vez, que conhece os blogueiros – e outros do Maranhão – apenas através das postagens na internet. E nega que algum deles tenha feito qualquer tipo de pedido de aporte financeiro.

– Nunca teve contato com Luis Pablo, seja pessoalmente, seja por telefone. Que nunca houve pedido de dinheiro em qualquer oportunidade. Que nunca deu ou lhe foi pedido qualquer tipo de vantagem – disse o empresário.

Toda a argumentação da Polícia Federal para pedir a prisão e a denúncia contra os blogueiros se baseia em conversas telefônicas entre os próprios blogueiros. O inquérito, inclusive, surgiu de um outro, aberto para investigar esquema de corrupção envolvendo um outro policial federal, na Secretaria de Administração Penitenciária do governo Flávio Dino. (PCdoB).

A PF já ouviu – ou deve ouvir – também políticos , incluídos por ela própria na lista de supostas vítimas de extorsão.

São nomes como o ex-prefeito de Cururupu, Júnior Franco, e de Bacabeira, Reinaldo Calvet.

Mas esta é uma  outra história…

“Prisão de Blogueiros é novo alerta sobre as relações perigosas com as Fontes e o Crime” – dispara professor Ed Wilson

COMPARTILHE

POR ED WILSON – Desde o assassinato do jornalista Décio Sá, o sinal amarelo acendeu na blogosfera do Maranhão, levantando o debate acerca da promiscuidade entre alguns jornalistas com os seus informantes e as redes do crime organizado.

Repórter incansável, com faro jornalístico aguçado, Sá enredou-se na malha da agiotagem e acabou empolgado demais com a impressão de que era amigo do Palácio dos Leões e estava protegido.

Nessas circunstâncias, há sempre o risco da prática da pistolagem midiática e o jornalismo de encomenda atrapalha o interesse público.

Em 21 de março o sinal amarelo mudou para vermelho. A Operação Turing da Polícia Federal prendeu três blogueiros e conduziu coercitivamente mais cinco.

Segundo a Polícia Federal (PF), os blogueiros seriam parte da organização criminosa que atrapalhava investigações contra empresários e servidores públicos, mediante a negociação de informações sigilosas obtidas por meio do policial Federal Danilo dos Santos Silva.

Com cargo importante (Administração, Logística e Inovação) na Secretaria de Administração Penitenciária (SEAP), Danilo Silva havia sido exonerado pelo governador Flávio Dino em 9 de março, 12 dias antes da Operação Turing ser deflagrada.

A promiscuidade entre os jornalistas e a fonte resultava em um negócio lucrativo. O policial galgava espaços na política e os blogueiros faturavam com o agendamento (positivo ou negativo) dos investigados, de acordo com a PF.

Agora é aguardar o curso das investigações e meditar sobre o contexto político-midiático no Maranhão.

NEGÓCIO DA NOTÍCIA

Os blogs viraram fenômeno no Maranhão. Transformaram em operadores da notícia várias pessoas sem formação em Jornalismo, criando relações perigosas com fontes encarregadas de investigar e fiscalizar os agentes públicos.

Fora da chamada mídia tradicional, alguns blogueiros ganharam poder, fama e dinheiro.

Em parte, o crescimento dos blogs foi uma alternativa ao controle dos meios de comunicação tradicionais por famílias de políticos, principalmente os sistemas Mirante/Globo (José Sarney) e Difusora/SBT (senador Edison Lobão).

Aí está o problema principal! O mercado de trabalho para os profissionais de comunicação é sempre refém dos controladores da política e das verbas publicitárias dos dois maiores financiadores: a Prefeitura de São Luís e o Governo do Estado.

É sempre bom reiterar: na maioria das vezes os jornalistas dependem dos esquemas de poder que controlam as empresas de mídia. Não há como julgar e condenar os profissionais de Comunicação que trabalham para as corporações jornalísticas. São pais e mães de família que precisam de emprego para alimentar suas famílias e, pela regra, precisam obedecer às linhas editoriais ditadas pelos controladores.

BONS COMPANHEIROS

Vejamos, por exemplo, o que acontece no Sistema Difusora de Comunicação. Nos bastidores, corre a versão de que este complexo midiático está arrendado (ou fora vendido!?) ao deputado federal Weverton Rocha (PDT), candidato a senador em 2018.

Detalhe: emissoras de rádio e TV são concessões públicas e não podem ser arrendadas.

No mundo das sombras da caverna platônica o chefe maior do Sistema Difusora, senador Edison Lobão (PMDB), seria adversário do deputado pedetista arrendatário.

Mas, a política nem sempre é como os apaixonados pensam. Os adversários geralmente se entendem no âmbito dos negócios.

E o deputado Weverton Rocha surge agora como uma espécie de Assis Chateaubriand do Maranhão, controlando uma rede midiática unicamente voltada para o projeto de torná-lo senador.

Uma hora o Ministério Público e a Polícia Federal podem se interessar por esse fenômeno: de onde sai o dinheiro que paga o arrendamento do Sistema Difusora de Comunicação?

Em 2018 haverá uma nova guerra midiática no processo eleitoral e as empresas de comunicação e os blogueiros vão acionar suas armas em torno das suas candidaturas e preferências.

Às vezes, nessa guerra, o primeiro a ser morto é o leitor/ouvinte/telespectador.

Da Operação Turing e seus desdobramentos, espera-se que a investigação dê uma freada nas práticas apontadas pela Polícia Federal.

No mais, cobra-se o aprofundamento das investigações. É preciso chegar aos altos escalões dos órgãos encarregados de fiscalizar e julgar os gestores (principalmente prefeitos) nas suas prestações de contas e nos atos gerais da administração pública.

Afinal, os blogueiros não agiam sozinhos.

Noticiar é fazer apologia?

COMPARTILHE

HF

Fiquei confuso ao ler em alguns blogues da capital maranhense, uma enxurrada de acusações contra o professor Hilton Franco, que como hobby, também é blogueiro nas horas vagas.  Após o professor publicar em seu facebook, uma notícia que circulava nas redes sociais sobre as manifestações contra aumento de passagens, o nobre professor foi acusado por uma gama de companheiros da imprensa, como incentivador aos manifestos. E agora, noticiar é apologia? O pior é que durante a semana bombardearam o competente Professor Hilton Franco só por causa de um possível protesto na BR-135 que sequer aconteceu. O mais intrigante, foi que o texto que foi replicado em seis blogues, tinha o mesmo formato; agressão a um profissional da educação.

Segundo as postagens, o professor que é o editor do Blog do HiltonFranco.com.br, iria liderar o movimento contra o aumento das passagens do transporte público da capital, que pegou todo mundo de surpresas, menos os empresários. Em conversa com o Professor Hilton, ele informou que não é assessor do deputado Wellington do Curso, já que foi taxado como principal assessor do parlamentar e seu comentário via facebook, não envolve a relação de amizade com o também deputado Carlos Wellington. Disse ainda que ligou para os blogueiros que publicaram a matéria, mas nenhuma das tentativas de contato foi atendida ou retornada, como reza o costume do bom jornalismo.

BLGue1 BLOGue2 BLOGue3

“Apenas divulguei a programação que foi anunciada pelos estudantes. E a lógica que todos conhecem é que quando a BR-135 é bloqueada, o trânsito não flui. De um simples comunicado, fizeram uma tempestade em um copo de água. Um verdadeiro absurdo, sempre assim: basta se levantar contra que já é tachado de adversário” –  disse Hilton Franco.

Quem conhece o professor Hilton sabe da luta incansável pela Mudança política no Estado, o blogueiro como o próprio nome diz, sempre foi Franco nos seus posicionamentos e trabalhou para que o governador fosse hoje Flávio Dino, mas à quem o classifique de adversário. É preciso diferenciar a vontade de defender um aliado, antes de atacar um incansável defensor das causas sociais.

BLOGue4 BLOGue5 BLOGue6

O pior de toda história foram às manchetes, que tentavam denegrir a imagem do professor Carlos Wellington, hoje deputado estadual. Foram acusações infundadas, arte de quem precisa no mínimo se reciclar ou se qualificar. Triste, por dentro deste contexto, estarem três profissionais do jornalismo, que se deixaram levar pela emoção de mostrar serviço ao patrão e esqueceram a história de dois professores que não abrem nem para o trem.  A dica é: Antes de falarem o professor Wellington, façam uma caminha pela estrada onde ele percorreu até chegar aonde chegou.

O Blog é solidário aos professores Hilton Franco e Carlos Wellington.

Texto baseado no  Blog de Domingos Costa

Responsive WordPress Theme Freetheme wordpress magazine responsive freetheme wordpress news responsive freeWORDPRESS PLUGIN PREMIUM FREEDownload theme free