casa » Archivo de Etiquetas: Bequimão-Ma

Archivo de Etiquetas: Bequimão-Ma

Prefeitura de Bequimão realiza VI Conferência Municipal de Saúde

COMPARTILHE

Com o tema: “Democracia e Saúde” a Secretaria Municipal de Saúde e Conselho Municipal de Saúde, em parceria com a Prefeitura de Bequimão, realizaram na última quarta feira (31) a 6ª Conferência Municipal sobre saúde pública. O evento aconteceu no salão do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Bequimão e contou com a participação de funcionários da secretaria de saúde, vereadores, secretários municipais e sociedade civil.

Foram abordados três eixos temáticos: Saúde como direito; Consolidação do Sistema Único de Saúde (SUS); Financiamento adequado e suficiente para o SUS. A Conferência alcançou o objetivo que é impulsionar, reafirmar e buscar efetividade dos princípios e diretrizes do SUS e propor as diretrizes para a formulação do Plano Municipal de Saúde.  “Com a realização da Conferência fortalecemos o controle social e a gestão participativa, enquanto política de um governo democrático e popular. Fortalecemos dispositivos para a participação da população, com o objetivo de melhorar o acesso e a qualidade dos serviços prestados, que hoje serve como referência para os demais municípios do Maranhão”. finalizou o secretário Sidney Bouéres.

Durante o evento, a conferencista, Ramone Araújo, falou sobre Democracia e Saúde, Garantia de Acesso e Atenção de Qualidade. Ainda em sua explanação, Ramone que é especialista em Sistema Único de Saúde (SUS), falou da importância do Trabalho dos Agentes Comunitários de Saúde e da Educação em Saúde. Para finalizar seu discurso, a palestrante destacou a importância do SUS, baseado na Democratização da Saúde Pública, principalmente na Atenção Básica.

“A conferência de saúde deve acontecer a cada 2 anos e conta com vários segmentos sociais, seu objetivo principal é expressar as necessidades de saúde da população e ainda serve como base para a construção do plano Municipal de Saúde (PMS), além dos planos e metas estaduais. As conferências de saúde municipais são de extrema relevância para o bom funcionamento da gestão municipal. Através dela é possível se compilar e avaliar a situação da saúde do município, além de elaborar diretrizes para construção da política de saúde”, disse a conferencista Ramone Araújo.

Para Sidney Bouéres, a Conferência é uma alternativa para discutir as melhorias na saúde publica de Bequimão. “Nesta Conferência  Municipal de Saúde é que discutirmos e planejamos estratégias para os próximos 2 anos. A participação das comunidades, técnicos e enfermeiros, agentes de saúde e toda equipe da saúde faz com que possamos os problemas da saúde e criar novas ações para o município. Não podemos deixar de lembrar dos avanços que a saúde de Bequimão já alcançou, com um hospital de 20 leitos funcionando plenamente, onde a saúde básica funciona com qualidade e hoje somos referência no Maranhão. Temos respeito, responsabilidade e compromisso com a população. Estamos oferecendo um serviço de qualidade e vamos avançar ainda mais”, disse o secretário.

Representando o poder legislativo de Bequimão, o vereador professor Zeca, falou da importância de uma Conferência sobre saúde e do grande trabalho realizado pelo prefeito Zé Martins.

“É a oportunidade que a população de Bequimão tem para discutir sobre as políticas de saúde e as diretrizes que precisam ser traçadas para que a saúde pública de Bequimão avance ainda mais. Nos últimos anos tivemos avanços significativos na saúde, principalmente na Atenção Básica, mas precisamos melhorar ainda mais, já que hoje somos referência no Maranhão. Precisamos discutir para planejar e dar prioridade nas bases mais importantes, já que vivemos em um momento de crise política e econômica no Brasil. Mediante a crise financeira que atinge os pequenos municípios, precisamos priorizar. Não é atoa que o prefeito Zé Martins realiza um grande trabalho na saúde de Bequimão”, destacou o parlamentar.

A coordenador da Atenção Básica e presidente do Conselho Municipal de Saúde, Karinne Moraes, destacou a importância da VI conferência para o município de Bequimão. “Neste momento é que a gente consegue unir e organizar a comunidade, conselho de saúde, secretaria municipal de saúde, demais secretarias, sociedade civil para que seja desenvolvido um plano visando melhorar a saúde do município nos próximos 2 anos. Nesta conferência nosso foco é ouvir a comunidade, o usuário, e traçar um plano estratégico de propostas. Os agentes de saúde são muito importantes nesta conferência, são eles que vão de casa em casa e sabem a real dificuldade de cada usuário. As propostas aprovadas pela plenária serão analisadas visando o crescimento da saúde pública de Bequimão”, disse.

Após os trabalhos em grupo, foram explanadas as propostas e eleitos os delegados que vão representar Bequimão na conferência estadual, na capital maranhense. Estiveram presentes no evento, os vereadores professor Zeca e Preta de Barbosa, os secretários Kell Pereira (Esporte e Juventude), Sidney Bouéres (Saúde), Josmael Castro (Assistência Social), e Creuber Gusmão (Agricultura), a coordenadora da Atenção Básica e presidente do Conselho Municipal de Saúde de Bequimão, Karinne Moraes, a diretora do hospital municipal Lídia Martins, Jamysléa Matos. Além de várias lideranças comunitárias e políticas.

Mais um homicídio misterioso no município de Bequimão-MA

COMPARTILHE

Se as peças publicitárias do governo do Estado mostrassem a verdade, talvez os crimes pudessem ser desvendados, ao invés de escondidos. Na manhã desta terça-feira (8) mais um homicídio misterioso foi cometido no município de Bequimão, no Litoral Ocidental Maranhense, mostrando que a segurança do Estado é apenas um filme de ficção aos olhos do governador Flávio Dino.

Desta vez a vítima foi João Pedro Pereira Lobato, conhecido na cidade por (Hominho), de 29 anos, morador do povoado Baixo Escuro, na zona rural de Bequimão. O crime aconteceu por volta das 9h30 nas proximidades do Parque Expocapril, na MA106, na comunidade Frederico. De acordo com populares, Hominho estaria em uma motocicleta viajando no sentido centro da cidade.

De acordo com testemunhas, Hominho teria sido surpreendido por dois elementos que estavam em outra moto e dispararam vários tiros na vítima na cabeça. A vítima perdeu o controle da moto e caiu em uma pequena ribanceira. Hominho estava em companhia da esposa, que teve pequenas escoriações pelo corpo.

Policiais civis e militares estiveram no local do crime, e acionaram a equipe de saúde do Hospital Lídia Martins, que fez a remoção do cadáver e prestou socorro a esposa da vítima. As investigações vão tentar desvendar os motivos que levaram a morte de Hominho, já que a vítima era acusada de ter assassinado um rapaz identificado por Sílvio Dênis Cantanhede, de 34 anos, conhecido por Deninho de Curió, morto com dois tiros em 12 de junho de 2015, no bairro cidade nova em Bequimão.

A linha de investigação Polícia Civil deve tratar como vingança, acerto de contas, já que a vítima tinha inimigos na cidade.

OUTRO HOMICÍDIO MISTERIOSO EM BEQUIMÃO

No último dia 3 de março, na localidade Barroso, zona rural de Bequimão, um comerciante de aproximadamente 72 anos foi brutalmente assassinado dentro de sua roça, quando tirava ração para seus animais. A vítima identificada por Vicente França, morador da Comunidade Floresta, foi encontrada morta e até hoje nenhuma solução foi tomada por parte da Polícia Civil. Seria bom o publicitário do governo do Estado conhecer esses números, além assaltos a qualquer hora do dia, tanto na zona rural, quanto na zona urbana.

Talvez o secretário de Segurança Pública não conheça o município de Bequimão, mas um dos auxiliares do governador Flávio Dino, o Radialista Robson Paz, que é bequimãoense, possa dar todas as informações, já que um parente seu foi vítima de assalto há pouco menos de um mês na MA 106, mesmo local do crime desta terça-feira, onde a vítima de hoje morava em uma comunidade vizinha da família do ex-secretário de comunicação do Estado. Poderia ser uma solução, evitando tantos crimes, ou catalogando e mandando para Jefferson Portela.

 

 

Prefeitura convoca apicultores e meliponicultores para cadastro em Bequimão-MA

COMPARTILHE

A prefeitura de Bequimão, através da Secretaria Municipal de Agricultura, em parceria com a Sala do Empreendedor estará cadastrando criadores de abelhas e produtores de mel do município. O cadastro será realizado a partir desta quarta-feira (28) na Sala do Empreendedor, localizada na Avenida Antônio Dino, em frente à Praça do Cemitério, no Centro da cidade, no horário das 8h às 13h, de segunda à sexta-feira.

O objetivo do cadastro é identificar os criadores para fortalecer a cadeia produtiva do mel, através de capacitações e orientações técnicas com viés produtivo e sustentável da atividade apícola aumentando consequentemente a renda dos apicultores e produtores rurais. Após o cadastro a prefeitura irá dar todo apoio para o melhoramento da produção.

O cadastro tem como público alvo os criadores que trabalham com abelhas e produtores rurais que não trabalham diretamente com abelhas, mas que desejam investir no ramo. Os cadastros podem ser feitos na Sala do Empreendedor  (centro) ou na sede da Secretaria de Agricultura (próxima ao estádio Vivaldão).  Mais Informações, Ligue: (98) 99607-2134/ 98153-7932/ 98224-4753.

 

 

Por Rodrigo Martins

 

Comarca de Bequimão realizará casamento comunitário em junho

COMPARTILHE

A Comarca do município de Bequimão vai realizar casamento comunitário, nos dias 20 e 21 de junho, para moradores dos municípios de Bequimão e Peri-Mirim. Os eventos serão realizados nos ginásio da escola Liliosa Cantanhede, no bairro de Fátima, em Bequimão, e pólo esportivo, no bairro Portinho, em Peri-Mirim,  às 17h.

De acordo com a portaria assinada pela juíza Michelle Amorim Sancho Souza, podem participar do casamento comunitário, casais, cuja renda familiar mensal não ultrapasse dois salários mínimos. As inscrições estão abertas e poderão ser feitas até o dia 30 de abril, no Cartório Extrajudicial de Bequimão, na Rua senador Vitorino Freire, no Centro da cidade. Em Peri-Mirim, no Cartório Extrajudicial, localizado na Rua Gomes de Castro.

Para se inscrever os interessados deverão apresentar cópia da Carteira de Identidade, CPF, Certidões de Nascimento originais, caso sejam solteiro(a)s; Certidões de Casamentos e averbações, para divorciado(a)s; certidão de casamento com registro de óbito do cônjuge falecido ou certidão de casamento e do registro de óbito de cônjuge falecido, para noivo(a)s viúvo(a)s.

Por Bequimão Agora

Rei Zulu: do trono para a cadeira de rodas

COMPARTILHE

Uma pequena casa com a entrada em elevado de escadas de cimento, com apenas dois cômodos, sem pintura, cuja cama de dormir fica separada da sala por uma cortina de plástico, no bairro da Vila Luisão, em São Luís, abriga um mito da luta-livre do Brasil, Casimiro do Nascimento Martins, o Rei Zulu, que encantou o público nas décadas de 1970, 1980 e 1990.

O bequimãoense da Comunidade Quilombola de Pontal deixou o trono sem a majestade de outrora e hoje vive e se acomoda numa cadeira de rodas, por conta de um acidente doméstico que lhe fraturou o fêmur, no começo do mês de outubro. Anos antes, enfrentou um Acidente Vascular Cerebral (AVC) que não lhe deixou sequelas.

Aos 72 anos, ainda exibe uma musculatura de fazer inveja, com 115 quilos distribuídos em 1,88 de altura, o que, quando em pé lhe dá a postura respeitável  de um gigante do ringue, que, ao longo da carreira, abateu centenas de adversários. Os dentes alvos e completos servem de adorno para um sorriso largo e inocente.

A lucidez é impressionante e o raciocínio muito rápido. Numa rápida conversa com os jornalistas Djalma Rodrigues, Nelson Nogueira e Walkir Marinho, fala da infância em Bequimão, da vinda da família para São Luis, do Exército, onde serviu ao longo der 3 anos e o início da carreira.

“Começou bem cedo, logo quando deixou o Exército. O porte físico impressionava e comecei a luta livre, para mim a melhor, porque não precisa de luvas e nenhum aparato”, destaca Zulu.

SOBRE A SITUAÇÃO FINANCEIRA:

Vocês sabem como é família do interior, né? Todo mundo é unido. Nossa família é grande, somos 18 irmãos. Quando comecei a ganhar dinheiro, tive de ajudar irmãos, sobrinho, pai e mãe. Se tivesse guardado o que ganhei estaria rico; mas isso não aconteceu” – assinala o Rei.

Sempre sorridente Zulu diz que a luta  mais marcante de sua vida foi o combate com o Rickson Gracie, no Maracanãzinho, no Rio de Janeiro.

“Meu pai havia me adito. Olha Zulu, como é que tu, um preto do interior do Maranhão, desconhecido vai encarar esse lutador, que é uma estrela, tem todo apoio e todo aparato? Mesmo assim fui lá e tenho certeza que venci, mas os juízes apontaram a minha derrota por pontuação”, acrescenta o Rei Zulu.

Sem demonstrar  qualquer ponta de mágoa, afirma que enfrenta muitas dificuldades financeiras, porque sobrevive apenas com um salário mínimo, mas diz esperar dias melhores.

Sobre a falta de locomoção, destaca que vai conseguir andar. Durante a conversa, recebe o telefonema de uma amiga, que diz que vai lhe enviar uma medicação caseira, à base de sebo de carneiro.  Como todo interiorano, ela acredita que receita como essa, auxiliada por benzeduras, vai lhe fazer andar dentro de poucos dias.

A conversa foi saborosa, temperada por goles de café pretos e os três jornalistas deixaram a pequena casa de Casimiro Nascimento, na certeza de que, quem já foi rei jamais perde a majestade, mesmo sem pompas  de realeza. As fotos, em frente a uma pequena estante de madeira, ornamentada com troféus e fotos que lembram a carreira desse grande lutador, hoje abatido pela idade e pela falta de recursos.

QUEM É REI ZULU:

Casimiro de Nascimento Martins, conhecido mundialmente por Rei Zulu, nasceu em 9 de junho de 1947 no município de Bequimão, na baixada ocidental maranhense. Lutador de vale-tudo brasileiro, especialista na luta tradicional “Tarracá” que ele mesmo desenvolveu.

Rei Zulu ficou famoso por desafiar lutadores do Brasil e de outras partes do mundo. Em 1980, depois de 17 anos de competição e invícto após 150 lutas. Foi então que, Rei Zulu lançou um desafio à família Gracie (criadores do MMA) para provar quem era o melhor lutador de vale-tudo

do Brasil.

O também invícto Rickson Gracie aceitou o desafio e lutou com Rei Zulu em um combate televisionado histórico no Brasil. Em uma luta dura, Rei Zulu perdeu sua invencibilidade quando Rickson Gracie o derrotou por finalização. Em um reencontro poucos anos depois, Rei Zulu foi derrotado novamente por pontos. Porém, no dia 30 de Novembro de 1984 Rei Zulu alcançou sua maior vitória sobre o competidor Sérgio Batarelli, lutador de kickbox.

Rei Zulu já era considerado uma figura lendária no MMA) e continuava a lutar.

Em 1990, foi derrotado por nocaute por James Adler. Em 6 de Abril de 2000 no Piauí, num combate televisionado, Rei Zulu, com 55 anos de idade, perdeu por nocaute para o lutador de Kung Fu Wellington Dourado. Rei Zulu perdeu o combate quando foi atingido, caindo do ringue e desmaiando ao bater com a cabeça no chão.

Lutando como meio de sobrevivência, em 2007 com 62 anos, Rei Zulu fez três lutas no Brasil e venceu todas elas por nocaute. Hoje aos 72 anos, o ex-lutador tenta se recuperar de um AVC e para piorar, recentemente quebrou o fêmur da coxa esquerda deixando sem poder se locomover.

Atualmente vive de ajuda de amigos e de um salário mínimo de aposentadoria da Previdência Social (INSS). Mesmo assim, tem sonhos para o futuro, destacando esperar apoio de alguns amigos, através de uso de sua imagem em projetos que venham a beneficiar principalmente as crianças. Acha que a prática do esporte é um antídoto contra as drogas, contra a marginalidade.

Release de Assessoria de Comunicação

 

IX Expocapril será aberta nesta sexta-feira (11) em Bequimão-MA

COMPARTILHE

O município de Bequimão, no litoral ocidental maranhense, vai receber nos dias 11, 121314 e 15 de novembro (SextaSábado, Domingo, Segunda e Terça-Feira), a maior exposição de ovinos e caprinos (Expocapril) da baixada maranhense. O evento que entra na sua 9ª edição, será realizado no Parque de Exposição, na MA-106, km 30, Povoado Frederico, estrada que liga Bequimão ao Porto de Cujupe.

A Expocapril já é um evento incluído no calendário da Região e do Estado do Maranhão, onde os criadores de Ovinos e Caprinos podem fazer a exposição de seus animais. O presidente da ACCOCBEQ (Associação dos Criadores e Criadoras de Ovinos e Caprinos de Bequimão), Antônio Edilson, vem trabalhando juntamente com os demais membros, na organização do evento e espera multiplicar o público de 2015. Este ano, as atrações vão tomar conta do Parque e novas Baias vão ser incrementadas, aumentando assim, o número de animais em exposição para o público visitante.

A Feira tem o apoio da Prefeitura Municipal de Bequimão, além do Sebrae-MA, Senar e Governo do Estado. A programação do evento vai contar com inúmeras oficinas, além de palestras e consultorias.

CONFIRA ABAIXO A PROGRAMAÇÃO COMPLETA DA FEIRA EXPOCAPRIL 2016:

expocapril2016

Prefeitura de Bequimão inicia preparativos para a 4ª Semana do Bebê Quilombola

COMPARTILHE

A Prefeitura Municipal de Bequimão, por meio da Secretaria de Cultura e Igualdade Racial, realizou, nesta sexta feira (4), uma reunião para debater metas e estratégias visando aos preparativos da 4ª Semana do Bebê Quilombola, que será realizada de 25 a 30 de novembro.

A reunião contou com a secretária de Cultura e Igualdade Racial, Dinha Pinheiro, que apresentou algumas sugestões de mudanças em relação às edições anteriores, como forma de aprimorar o evento. Também participaram da reunião secretários municipais, lideranças quilombolas e representantes do Conselho Tutelar. Toda a programação será organizada coletivamente e, principalmente, ouvindo as comunidades.

foti2 foti3

As alterações que deverão ser implantadas levam em consideração as recomendações do Unicef, principalmente na escolha do Bebê Prefeito deste ano.

A programação da 4ª Semana do Bebê Quilombola será divulgada na próxima semana.

Este ano, a expectativa dos organizadores e apoiadores é ainda maior com relação às edições anteriores.

SEMANA DO BEBÊ QUILOMBOLA É LEI:

A Semana do Bebê Quilombola em Bequimão foi criada pelo prefeito Zé Martins (PMDB), por meio da Lei Nº 09/2013, que tem como estratégia a mobilização social com vistas a contribuir com a proteção, cuidados e o desenvolvimento de crianças de 0 a 6 anos, a chamada primeira infância nas comunidades remanescentes de Quilombo do município.

INDICADORES QUE MELHORARAM COM A SEMANA DO BEBÊ QUILOMBOLA:

  • Diminuir a taxa de mortalidade de crianças e adolescentes com idade entre 10 a 19 anos por causas externas.
  • Todas as crianças de até um ano de idade agora já possuem registro civil.
  • Aumentou o percentual de escolas da rede pública municipal que atingiu ou até mesmo ultrapassou a meta do IDEB.
  • Foi reduzida a proporção de óbito materno.

 

Responsive WordPress Theme Freetheme wordpress magazine responsive freetheme wordpress news responsive freeWORDPRESS PLUGIN PREMIUM FREEDownload theme free