casa » Archivo de Etiquetas: Bairro

Archivo de Etiquetas: Bairro

Vereadora Fátima Araújo mostra em seu Facebook como era a Avenida Talles Neto

COMPARTILHE

Uma breve retrospectiva de como eram alguns locais no bairro João de Deus tem sido a rotina da vereadora de São Luís, Fátima Araújo (PCdoB) em sua página oficial e pessoal na rede social Facebook. No início desta semana a Pequena Guerreira mostrou fotos de como era a Avenida Talles Neto, no principal corredor comercial do bairro João de Deus e como está atualmente após solicitação da parlamentar na Tribuna da Câmara Municipal.

Antes, a Avenida Talles Neto no bairro João de Deus estava em estado de calamidade pública. Hoje, temos uma Avenida revitalizada e sinalizada com faixas de pedestres. Continuarei honrando o mandato que o povo me deu até o último dia, com muito trabalho e ações sociais. Minha missão é fazer o bem, sem ver a quem”, destacou a vereadora Fátima Araújo em seu Facebook.

Dezenas de ruas foram pavimentadas e recuperadas no bairro João de Deus e Vila Conceição, graças aos inúmeros pedidos e solicitações da vereadora Fátima Araújo, além das indicações e requerimentos aprovados na Câmara e encaminhados para o governador Flávio Dino e o prefeito Edivaldo Holanda Jr.

Dos 31 vereadores de São Luís na atual legislatura, Fátima Araújo tem sido imbatível nas cobranças de benefícios para as comunidades carentes de São Luís. Se o gestor faz o trabalho ela agradece e elogia, mas se deixa a desejar, a cobrança é imediata. Como ela sempre fala em seus discursos, o povo sempre vai está sempre em primeiro luar em seu mandato.

Livro conta as origens do bairro Anjo da Guarda, nome presente na obra “O mulato”, de Aluísio Azevedo

COMPARTILHE
O jornalista e escritor Herbert de Jesus Santos vai fazer o relançamento da obra “Um Terço de Memória, Entre Anjo da Guarda e Capela de Onça, e os Heróis do Boi de Ouro (A História de Fato e de Direito do Bairro Anjo da Guarda)”, dia 28 (quarta-feira), 18 horas, no teatro Itapicuraíba.

Prestes a completar 49 anos de existência, o bairro do Anjo da Guarda é conhecido notoriamente pelo espetáculo ao ar livre da Via Sacra. Hoje com mais de 300 mil habitantes, e apesar dos percalços de infraestrutura e mobilidade urbana, o bairro é palco de grandes manifestações culturais e religiosas. Mas você sabe como o Anjo da Guarda surgiu? A história envolve, infelizmente, perdas. Mas também muita irmandade.

Início da ocupação do Anjo da Guarda

Origem 

Tudo começou depois de uma grande tragédia. No dia 14 de outubro de 1968, o bairro do Goiabal foi vítima de um incêndio até hoje não elucidado. Uns acreditam que foi provocado por fogos de artificio, outros por uma lamparina – tem até quem diga que foi por causa de um simples pescador que assava peixe na beira do rio. Mas, o que se sabe de fatos concretos e não de suposições, é que houve um grande incêndio no Goiabal, com uma mistura de casas em chamas, corpos queimados, lama de mangue e o desespero das pessoas, tornando o quadro ainda mais dramático. Ao todo, 78 casas ficaram completamente destruídas, deixando cerca de 100 famílias desabrigadas, conforme dados da Comissão Estadual de Transferência de População (Cetrap).

Solidariedade

Foi então que se instalou um sentimento de solidariedade e comoção não apenas pelos povoados próximos, mas também por parte do poder público, da igreja, da Companhia de Água e Esgoto do Maranhão (Caema) e até da antiga Telecomunicações do Maranhão (Telma). Os desabrigados foram remanejados para a localidade conhecida por Itapicuraíba, onde receberam roupas, alimento e cobertores. Com o passar do tempo, a localidade, que havia sido rebatizada de Vila Anjo da Guarda, passou a ser conhecida por bairro Anjo da Guarda, devido a seu crescimento repentino.

O escritor Aluísio Azevedo, na obra “O mulato”, que dá início ao Naturalismo na Literatura brasileira, descreve um sítio homônimo denominado “Anjo da Guarda”:

“Fazia preguiça estar ali. A viração do Bacanga refrescava o ar da varanda e dava ao ambiente um tom morno e aprazível. Havia a quietação dos dias inúteis, uma vontade lassa de fechar os olhos e esticar as pernas. Lá defronte, nas margens opostas do rio, a silenciosa vegetação do Anjo da Guarda estava a provocar boas sestas sobre o capim, debaixo das mangueiras; as árvores pareciam abrir de longe os braços, chamando a gente para a calma tepidez das suas sombras.”

SERVIÇO

Texto de Herbert de Jesus Santos, com adaptações do blog.

Imagens enviadas por Herbert de Jesus Santos.

Do Blogue de Ed Wilson Araújo

Você sabe por que o bairro João de Deus recebeu esse nome?

COMPARTILHE

Um dos bairros mais populosos de São Luís, João de Deus está prestes a completar 37 anos de fundação. O aniversário é comemorado em 21 de abril, já que sua fundação aconteceu em 1981. O bairro João de Deus é formado por um Complexo de aproximadamente 30 comunidades, possui um centro comercial bastante desenvolvido, é rico em diversidade cultural e esportivo, além de ter um povo humilde e hospitaleiro. A população do bairro e adjacências se uniu e elegeu Fátima Araújo, uma líder comunitária que lutou dia e noite pelo seu povo e foi reconhecida nas urnas em 2016.

Mas você sabe por que o bairro recebeu esse nome? – Segundo João Inácio, morador da rua São Pedro, tudo começou com uma invasão a um terreno particular onde funcionava uma pedreira em abril de 1981. Ao longo dos anos os moradores se organizaram resistiram as pressões e com apoio do poder público transformaram a antiga invasão em um bairro aprazível e muito bom de morar. De acordo com o morador, no João de Deus a população tem tudo que precisa (do material de construção a padaria). Um bairro completo, que habita gente de todas as classes sociais.

Segundo relato de moradores antigos, o nome João de Deus foi uma homenagem ao papa João Paulo ll que naquela época visitou o Brasil, e como os moradores tiveram o apoio da Igreja católica f no inicio da invasão, a homenagem foi muito justa, já que até hoje a Igreja ajuda muito o bairro.

Mas em 2018 quando o bairro completará seus 37 anos, a festa será por conta de uma moradora ilustre da comunidade, a vereadora Fátima Araújo, que reside na Vila Conceição, que faz parte do João de Deus. Em sua rede social Facebook, a Pequena Guerreira destacou que está preparando toda programação que vai contar com distribuição de prêmios e cestas básicas para as famílias do bairro. Vamos aguardar a programação completa!

Vereadora Fátima Araújo pede recuperação de ruas do bairro João Paulo

COMPARTILHE

A Câmara Municipal de São Luís aprovou nesta segunda-feira (20), Indicação de Nº 482/2017 de autoria da vereadora  Fátima Araújo (PCdoB), na qual solicita ao governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB) e ao secretário de estado de Infraestrutura, Clayton Noleto, a recuperação de ruas na capital maranhense.

Conforme a solicitação da Pequena Guerreira, a rua da Cerâmica, 1ª Travessa da Cerâmica e 2ª Travessa da Cerâmica no bairro João Paulo, sejam incluídas  no Programa Mais Asfalto do governo do estado. De acordo com os moradores, as ruas estão  precisando com urgência da recuperação asfáltica. Sonho que já dura há anos.

Considerada uma das vereadoras mais atuantes na capital maranhense, Fátima Araújo tem se dedicado na luta pela melhoria da vida dos ludovicenses, seja por meio da Infraestrutura, Educação, Saúde, Segurança Pública, Saneamento Básico ou até através do Esporte. Com a pavimentação das ruas no João Paulo, os moradores terão novo momento na história do bairro, considerado um dos mais importantes da capital.

Responsive WordPress Theme Freetheme wordpress magazine responsive freetheme wordpress news responsive freeWORDPRESS PLUGIN PREMIUM FREEDownload theme free