casa » Archivo de Etiquetas: Assistência Social

Archivo de Etiquetas: Assistência Social

“Meu Quilombo” leva assistência social e saúde para o Marajá

COMPARTILHE

Na sexta (4), moradores da comunidade quilombola Marajá, em Bequimão, receberam atendimento médico, nutricional e psicossocial. A ação é parte do projeto “Meu Quilombo”, realizado pela Prefeitura de Bequimão, por meio Centro de Referência Especializada de Assistência Social (CREAS), com o apoio das secretarias de Assistência Social e de Cultura e Promoção da Igualdade Racial. Pesquisadores da Universidade Federal do Maranhão (UFMA) – Campus Pinheiro também fizeram atividades na comunidade, coletando amostras para exames que vão indicar as condições de saúde de idosos quilombolas.

Segundo o psicólogo do CREAS, Wanderson Farias, com a ampliação das politicas públicas de saúde e assistência social em Bequimão, o projeto “Meu Quilombo” quer garantir a valorização da ancestralidade e fortalecer os vínculos familiares dentro das onze comunidades remanescentes de quilombos do município.

Ao todo, 180 pessoas já foram alcançadas pela mobilização do CREAS, nos últimos meses. Esse trabalho tem como foco a melhoria da qualidade de vida, a valorização da identidade e no fortalecimento dos vínculos familiares. A equipe promove rodas de conversas para discutir o uso de drogas e casos de violência. “O projeto faz parte de uma estratégia do CREAS, subsidiada pelas demandas das próprias comunidades. Representantes perceberam que as famílias estavam se desestruturando e começaram a buscar profissionais para trabalhar a questão do fortalecimento familiar”, explicou Wanderson Farias.

Nas rodas de conversa, também foram abordadas as mudanças na família, a primeira infância, a construção da subjetividade, a formação da personalidade das crianças, além das responsabilidades paternas, a partir da abordagem do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) e dos Códigos Penal e Civil.

“Nossas ações estão sendo ampliadas e fortalecidas nas comunidades remanescentes de quilombos de Bequimão. Só no quilombo Marajá, já é a terceira vez. Também já estivemos no Rio Grande, Ariquipá, Santa Rita, Ramal do Quindiua e Juraraitá. Então, todos os anos fazemos esse acompanhamento de perto, junto às famílias, para tratar da criação, sustento, proteção, saúde e educação de crianças e adolescentes. Direitos que estão garantidos lá no ECA”, assegurou o psicólogo.

Com essa atividade, o município de Bequimão também cumpre um dos desafios do Selo Unicef, que é a promoção da campanha “Infância sem Racismo”, numa parceria com o Núcleo de Cidadania de Adolescentes (JUVA). A Secretaria Municipal de Cultura e Promoção da Igualdade Racial levantou demandas para a 7ª Semana do Bebê Quilombola, que acontecerá em novembro.

Coleta de amostras

A equipe de pesquisadores da UFMA – Campus Pinheiro deu continuidade à coleta de amostras, que vão servir para o levantamento das condições de saúde dos idosos das comunidades quilombolas de Bequimão. Desta vez, foram realizados 42 atendimentos, com pacientes dos povoados Sibéria (01), Marajá (16), Pericumã (11) e Ariquipá (24). Somando os idosos atendidos pelos médicos da UFMA e os atendimentos realizados pelo médico do Programa Estratégia Saúde da Família, foram 52 pessoas atendidas.

Segundo o secretário de Cultura e Promoção da Igualdade Racial, Rodrigo Martins, ainda falta coletar amostras de idosos das comunidades quilombolas de Conceição, Mafra, Ramal do Quindíua, Rio Grande, Sassuí e Juraraitá. “Após as coletas dos idosos dessas comunidades, serão agendadas as devolutivas dos exames realizados pela equipe médica do projeto”, disse o secretário.

As atividades em Marajá foram encerradas com uma aula de zumba, com integrantes do projeto Agita Bequimão, idealizado pela Secretaria Municipal de Saúde.

Alcântara realiza a VIII Conferência Municipal de Assistência Social

COMPARTILHE

A Prefeitura de Alcântara, através da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, com o apoio do Conselho Municipal de Assistência Social, realizou nesta quarta-feira (09), a VIII Conferência Municipal de Assistência Social, que trouxe como tema “Assistência Social: Direito do Povo, com Financiamento Público e participação Social.

Antes da abertura oficial os participantes cantaram os hinos nacional e municipal e assistiram apresentação de um grupo de ballet da Secretaria. Houve a palestra com a Assistente Social, Vanessa Silva Oliveira, sobre o tema da Conferência. O evento foi realizado ao longo de todo o dia na Sede do CRAS, localizada no Centro da cidade.

Três grupos foram formados para discutir os seguintes eixos: Eixo I A Assistência Social como Direito do Povo, Eixo II Financiamento Público, Eixo III Participação Social, mas essa formação de grupos também debateu eixos temáticos.

A representante do Conselho Estadual da Assistência Social, Benigna Regina Castro Martins Almeida, destacou a importância de uma Conferência Municipal de Assistência Social para Alcântara. “As conferência têm um significado diferenciado, principalmente em um país em que vivenciamos o desmonte das Políticas Públicas. As políticas de Assistência Social também estão sendo desmontadas. Os recursos não estão sendo repassados aos municípios. O orçamento aprovado para o próximo ano é praticamente menor que o de 2019. Nosso objetivo com as conferências é ter mais CRAS, manter o serviço de Convivência funcionando. Nossa missão agora é pedir para manter os serviços de Assistência Social.Se continuar como está, onde o governo federal não repassa as verbas, a tendência é parar tudo. Realizar conferência no Maranhão, mostra que não estamos concordando com esse descaso. Mesmo sem recursos, percebemos que o município de Alcântara trabalha um planejamento para hoje, mas pensado no amanhã”, disse a Conselheira.

Já a secretária de Assistência Social, Menca Pinho foi categórica ao afirmar a importância de uma conferência, reunindo usuários do SUAS e autoridades municipais e estaduais. “Os cortes dentro da política de assistência é nítido aos olhos de todos. Esta conferência em Alcântara chama a população, principalmente os usuários dos serviços dos CRAS, CREAS, programa Criança Feliz, Serviço de Convivência e os beneficiários dos Programas Sociais,  que são os principais atores da 8º Conferência, já que essa política e atendimento são para eles. Hoje a população precisa entender que para que haja ainda mais serviços e de qualidade, precisamos está juntos para brigar ainda mais pelo có financiamento e financiamento, embora a prefeitura já faça além de suas forças”, destacou.

A  Assistente Social, Vanessa Silva Oliveira, que foi a conferencista do evento, fez uma análise do momento atual do SUAS e destacou a importância do planejamento para os próximos 2 anos. “É importante sensibilizar as pessoas de nossos direitos, o governo está fazendo favor, já passamos do status de assistencialismo. A Assistência Social precisa ser vista como direito de todos, já que o financiamento é público, tanto no âmbito municipal, estadual e federal. Queremos mostrar aos nossos usuários do SUAS os avanços que Alcântara teve ao longo dos últimos 2 anos, mesmo o governo federal querendo acabar com a política de Assistência Social”, finalizou.

O prefeito Anderson Wilker participou da abertura da VIII Conferência Municipal de Assistência e destacou os avanços, falou das dificuldades, mas elencou o grande trabalho realizado pela Secretaria de Desenvolvimento Social em sua gestão. “A conferência é um momento importante para se debater, planejar, mas também para ouvir a população. Em 2017 encontramos uma Assistência Social inoperante, nada funcionava, todos os programas federais bloqueados, mas graças a Deus com muito trabalho, conseguimos colocar em funcionamento e agora estamos ampliando os serviços, além de reestruturar a secretaria, com bons profissionais, equipamentos e veículos para atender bem nosso povo. Mesmo com dificuldades, nosso trabalho  está avançando. Ampliamos o programa Criança Feliz e já atendemos na sede e zona rural. Inauguramos a Cada de Apoio ao Idoso, além disso o trabalho da Assistência tem reconhecimento de órgãos públicos, como a Defensoria Pública, que reconhece nosso trabalho”, destacou o prefeito.

No fim da tarde foram realizadas as leituras, apreciação e votação das deliberações dos grupos de trabalho, onde foram eleitos os delegados e seus respectivos suplentes, representando o poder executivo e sociedade civil respectivamente.

A Conferência Municipal é um evento de caráter deliberativo para debater e avaliar a Política de Assistência Social, onde são retiradas novas diretrizes, no sentido de consolidar e ampliar os direitos socioassistenciais de seus usuários no município de Alcântara.

Participaram do evento, membros do Conselho Municipal de Assistência Social, secretários municipais, membros do Conselho Estadual de Assistência Social, servidores e sociedade civil.

Fotos: Mauro Garcia

Prefeitura de Alcântara realiza ação de Assistência Social de Zona Rural

COMPARTILHE

A prefeitura de Alcântara, através da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, realizou na última quinta-feira, dia 14 de março, em parceria com o CRAS Volante da Assistência Social, uma ação com os moradores dos povoados Novo Belém e Oitiua, em que seus profissionais (Psicólogo e assistente Social) ministraram palestras para moradores das comunidades.

A ação aconteceu na UBS de Oitiua e contou com orientações da psicóloga, Auricle Brum e Assistente Social, Gleide Daniela, que ministraram palestra, roda de conversa e dinâmica com pessoas da terceira idade na comunidade. Uma das pautas debatidas e foi sobre informações do bolsa família, programa social federal que beneficia milhares de famílias em Alcântara-MA.

CRAS VOLANTE EM ALCÂNTARA

O principal objetivo da ação é atender comunidades mais distantes da sede do município. Como forma de abordagem aos moradores, a Secretaria de Desenvolvimento Social determinou que toda semana, a cada quinta-feira, o CRAS Volante estará em uma comunidade polo do município e a equipe atenderá moradores de duas comunidades.

É necessário entender que não é um atendimento clínico, mas um atendimento psicosocial com palestras e tirando dúvidas dos moradores. O atendimento é feito por uma psicóloga e uma Assistência Social, com o apoio da enfermeira do polo e os Agentes Comunitários de Saúde (ACS). Como os ACS estão mais próximos dos moradores, a parceria é importante para fazer o elo entre prefeitura e comunidades, mobilizando os moradores.

Delegados escolhidos na etapa municipal, em Bequimão, participam da XII Conferência Estadual de Assistência Social

COMPARTILHE

O município de Bequimão foi representado, na XII Conferência Estadual de Assistência Social, pelos dois delegados eleitos durante a etapa municipal, que aconteceu em meados de outubro.

O delegado eleito para representar o poder público foi o secretário municipal de Assistência Social de Bequimão, Josmael Gomes Castro Júnior (Bael), e a sociedade civil foi representada pela assistente social, Sandra Amorim. Na etapa Estadual, ocorrida de 30 de outubro a 1o de novembro, em São Luís, eles defenderam as ideias propostas no município.

Com o tema “Garantia de Direitos no Fortalecimento do SUAS”. Esse sistema, implantado desde 2005 pelo Governo Federal, é voltado à gestão da proteção social brasileira. Foi por meio dele que se consolidou maior cooperação entre municípios, estados e união, com critérios e procedimentos transparentes para o repasse de recursos, prestação de contas.

Mas, o corte no orçamento previsto para 2018 pode atrapalhar seriamente a viabilidade desse tipo de trabalho nos municípios brasileiros. O Ministério do Planejamento já havia limitado em R$ 900 milhões os recursos para a assistência social em todo o Brasil. O Colegiado Nacional de Gestores Municipais de Assistência Social (Congemas), entretanto, avalia que o valor lançado para o Fundo Nacional de Assistência Social seja ainda menor, podendo chegar a apenas R$ 78 milhões.

As conferências municipais e estaduais de Assistência Social ajudam a traçar um planejamento visando à gestão dessas verbas, sem deixar cair a qualidade dos serviços, baseados nas principais necessidades da população brasileira.

Conferência Municipal de Assistência Social aborda fortalecimento do SUAS

COMPARTILHE

Novas propostas para as políticas sociais no município de Bequimão foram discutidas na IX Conferência Municipal de Assistência Social, que aconteceu na última terça-feira (25). O evento realizado pela Prefeitura Municipal, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social e do Conselho Municipal de Assistência Social, teve como tema central a “Garantia de Direitos no fortalecimento do SUAS”.

O Sistema Único de Assistência Social (SUAS), implantado desde 2005 pelo Governo Federal, é voltado para a gestão da proteção social brasileira. O sistema consolidou maior cooperação entre municípios, estados e união, com critérios e procedimentos transparentes no repasse de recursos, prestação de contas e na maneira como serviços e os municípios estão hoje organizados.

Durante a plenária, foram apresentados quatro painéis tendo como foco essa temática. A conferencista Rosângela Bertoldo apresentou as vantagens da conferência, as responsabilidades do município e a importância da sociedade civil para o melhoramento das políticas públicas implementadas. Depois, houve um debate em grupo, do qual saíram diretrizes para o aperfeiçoamento do SUAS. Participaram desse momento de construção partilhada aproximadamente 150 bequimãoenses.

A beneficiária da Assistência Social, Jacilene Costa, avaliou os serviços que já obteve. “Eu recebo Bolsa Família e me ajuda muito no sustento da minha família. Graças a Deus, sempre fui bem atendida pelos órgãos municipais, tanto pelo CREAS, quanto pelo CRAS”, disse.

O secretário de Assistência Social, Josmael Gomes Júnior, destacou programas que já estão em fase de implantação.  “Esperamos sair desta conferência com propostas que possam melhorar e garantir de fato direitos às pessoas que necessitam de assistência. Dentro de algumas semanas, implantaremos os programas Criança Feliz e Assesuas Trabalho, destinado a pessoas que já fizeram cursos do Projovem e Pronatec, como forma de incluir esses jovens no mundo do trabalho”, garantiu.

Para o prefeito de Bequimão, Zé Martins, é preciso manter o comprometimento com a segurança social do município. “Quero falar de alguns bons resultados que estamos realizando desde 2013. Fazemos um trabalho imenso com políticas sociais que beneficiam as pessoas mais carentes de nosso município. O Bolsa Família, por exemplo, é o programa que possui o maior impacto em Bequimão, atingindo 61% da população. Até dezembro de 2016, Bequimão tinha 3.447 famílias cadastradas, o que representa mais R$ 8 milhões que circulam por ano no município. Todos esses benefícios fazem parte do programa de transferência de renda que serve para promover distribuição de riqueza no nosso país. Esse benefício só chega a quem precisa por causa do empenho das pessoas que atuam no município, muitas vezes fazendo busca ativa de quem tem esse direito”, explicou o prefeito.

Após aprovadas as propostas, seguindo o regimento interno, foram eleitos os quatro delegados e suplentes, que representarão o município na conferência estadual: (Poder Público) Josmael Gomes Castro Júnior, Sandra Amorim, Gleyciane Ribeiro (1º Suplente) e Valdeci Amorim (2º Suplente); (Sociedade Civil) Carlos Alberto e Jacilene Costa.

A conferência contou com a presença do vice-prefeito Sidney Nogueira (Magal), do deputado estadual Zé Inácio, do presidente da Câmara de Vereadores, Amarildo Paixão, do vereador Jorge Filho, da presidente do Conselho Municipal da Assistência Social, Rose Pinheiro, dos secretários José Orlando Ferreira (Administração), Dinha Pinheiro (Cultura e Promoção da Igualdade Racial), Aristides França (Educação), Keila Soares (Meio Ambiente) e o secretário adjunto de Meio Ambiente, Edmilson Pinheiro, além de representantes do Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais, movimentos sociais e sociedade civil.

Fotos: Rodrigo Martins

Bequimão realiza IX Conferência Municipal de Assistência Social, na terça (25)

COMPARTILHE

O município de Bequimão, no Litoral Ocidental Maranhense, vai sediar sua IX Conferência Municipal de Assistência Social. A Prefeitura de Bequimão, por meio do Conselho Municipal de Assistência Social e da Secretaria Municipal de Assistência Social, realizará o evento nesta terça-feira, dia 25 de julho, na Escola Municipal Domingos Bouéres, localizada no bairro Estiva, das 8h às 18h.

 

A população bequimãoense foi convocada para avaliar a situação da Assistência Social de Bequimão e propor diretrizes para o aperfeiçoamento do Sistema Único da Assistência Social (Suas). O tema, desta vez, será  “Garantia de Direitos no fortalecimento do Suas”.

O evento vai contar com a presença de um conferencista e de autoridades, como o prefeito Zé Martins, o vice Magal, o deputado estadual Zé Inácio, o presidente da câmara vereador Amarildo Paixão, representantes das Igrejas evangélicas e católica, além de movimentos sociais.

Prefeitura de Alcântara vai realizar a VII Conferência da Assistência Social nesta quarta-feira (26)

COMPARTILHE

A Prefeitura de Alcântara, através da Secretaria Municipal de Assistência Social, por meio do Conselho Municipal de Assistência Social, vai realizar nesta quarta-feira, dia 26 de julho, a VII Conferência de Assistência Social, com o tema: ““Garantia de Direitos no fortalecimento do Suas”.

O evento será realizado na Primeira Igreja Batista de Alcântara, localizada na Ladeira do Jacaré, no horário das 7h da manhã às 5h da tarde.

CONFIRA A PROGRAMAÇÃO COMPLETA:

7h – Credenciamentos;

8h – Composição da Mesa;

8h15 – Leitura do Regimento Interno;

8h30 – Apresentação de Painéis;

9h – Conferência Magna e Apresentação dos Eixos;

12h – Almoço;

13h – Grupos de Trabalho;

14h – Apresentações das propostas;

15h30 – Eleições dos Delegados;

16h – Encerramento com apresentações culturais;

A Conferência da Assistência Social de 2017 é regulamentada pela Portaria Conjunta Nº 02 de 12 de dezembro de 2016/ MDSA e CNAS. O evento terá presença de um Conferencista para análises das propostas. Além disso, nas discussões dos grupos de trabalhos, o evento contará Técnicos, Psicólogos e Assistentes Sociais do CREAS E CRAS, além da equipe volante e Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV).

Toda população alcantarense está convidada!

 

Conselho de Assistência Social tem nova diretoria em Bequimão

COMPARTILHE

O Conselho Municipal de Assistência Social de Bequimão (SMAS) reuniu-se, na manhã da última segunda-feira (15), com o objetivo de compor a nova diretoria para o biênio 2017-2019. O encontro aconteceu no Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS).

O Conselho tem como finalidade instituir, planejar e avaliar os programas sociais que competem ao município, por meio da Secretaria de Assistência Social. A reunião contou com a presença do secretário Josmael Gomes de Castro Júnior, sua adjunta Rose Pinheiro, entre outros membros do poder público e da sociedade civil que concorreram às vagas.

SOCIEDADE CIVIL:

  • Sindicato:Vangelia Castro e Kelly;
  • Associação Quilombola de Ariquipa: Carlos Alberto e Ney Reis; Associação dos povos Quilombolas de Ramal do Quindiua: João José e Valdenice Martins;
  • Fórum dos Trabalhadores do SUAS: Rosinete e Laudmary;

PODER PÚBLICO:

  • Secretaria de Saúde: Maria Cristina e Maria Lucia;
  • Secretaria de Educação: Wallison;
  • Secretaria de Administração: Reinivaldo e Josenilde
  • Secretaria de Assistência Social: Rosenilde França Pinheiro.

Presidente: Rosenilde Pinheiro

Vice: Vangelia

Para o secretário Josmael Castro, a formação do Conselho é de extrema necessidade para o município. “Avaliam-se as implementações das políticas públicas da Secretaria de Assistência Social de Bequimão, em que o Prefeito Zé Martins está dando todo o suporte nos programas sociais que serão implementadas no município nesta gestão” – destacou.

 

 

Prefeito Zé Martins apresenta novo secretário de Assistência Social de Bequimão

COMPARTILHE

O prefeito Zé Martins (PMDB) deu posse, na tarde desta terça-feira (21), ao novo secretário de Assistência Social do município, Josmael Gomes de Castro Júnior. Ele assume uma das pastas com resultados mais expressivos na primeira gestão de Martins, até então conduzida pela assistente social Maria Neide Rodrigues.

Josmael Gomes, mais conhecido no município como Bael, tem 38 anos, foi fundador do PT em Bequimão e é o atual vice-presidente do partido. Atuou como assessor parlamentar do deputado Zé Inácio e foi secretário municipal de Transporte no biênio 2001/2002.

O novo secretário tem a tarefa de avançar ainda mais nas políticas sociais. “Vamos, inicialmente, fazer um levantamento de todas as ações que vêm sendo desenvolvidas pela Secretaria e, logo após, realizaremos um planejamento estratégico junto com o corpo técnico da pasta, para os próximos 4 anos, com ênfase nas políticas voltadas aos grupos vulneráveis e em situação de risco”, destacou Josmael.

O vice-prefeito, Sidney Magal (PT), considera que esse momento uma demonstração da união que foi estabelecida para alcançar grandes conquistas ao povo bequimãoense. “O companheiro Josmael tem muito a contribuir no fortalecimento das políticas de assistência social, que nós do Partido dos Trabalhadores temos uma grande identidade. Foi através dos governos Lula e Dilma, dos programas Fome Zero, Brasil Sem Miséria e tantos outros que conseguimos tirar mais de 12 milhões de brasileiros da linha da extrema pobreza. Tenho certeza de que o companheiro Josmael, junto com a equipe da Secretaria, estará empenhado em promover e ampliar as políticas sociais em Bequimão”, enfatizou Magal.

TRABALHO EM PARCERIA

O prefeito Zé Martins também convidou o novo secretário de Saúde, Sidney Bouéres, para a reunião. A proposta é incentivar, cada vez mais, o trabalho conjunto e integrado entre os órgãos municipais. “Espero que possamos ter uma relação institucional forte, dando mais peso às ações integradas que já existem entre as duas secretarias. Reafirmo a nossa disposição para que continuemos fazendo um bom trabalho”, garantiu o titular da pasta da Saúde.

Zé Martins ressaltou, ainda, a valiosa contribuição da ex-secretária de Assistência Social, Neide Rodrigues, principal responsável pelos avanços alcançados na área social em seu primeiro mandato. Ela deixa a Secretaria com 3.447 famílias cadastradas no Bolsa Família, o que representa 61% da população do município. Anualmente, a população de Bequimão recebe mais de R$ 8,5 milhões do programa. Além disso, ficam cadastrados 416 beneficiários do Benefício Prestação Continuada (BPC), entre idosos e pessoas com deficiência, que recebem um salário mínimo por mês.

Entre 2013 e 2016, o CRAS atendeu 2.355 famílias e o CREAS fez 707 atendimentos e orientações, entrevistas psicossociais, visitas domiciliares e encaminhamentos para outras políticas públicas. Pelo Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV), são acompanhados 340 crianças e adolescentes. Também foram realizadas duas Conferências da Assistência Social e duas Conferências da Criança e do Adolescente, além da eleição para o Conselho Tutelar, diversas oficinas, cursos do Pronatec, capacitação dos servidores da Secretaria, cadastramento do Água Para Todos e implantação do Programa Criança Feliz.

“Os resultados que conseguimos alcançar são fruto de muito empenho e dedicação da equipe da Assistência Social, que faz constantemente busca ativa das pessoas a quem esses benefícios são destinados. Tenho certeza de que vamos continuar fazendo um bom trabalho, partindo do que foi construído até aqui”, assegurou o prefeito.

Estiveram presentes no ato de posse, secretários municipais, integrantes do PT e servidores municipais.

Prefeito Anderson apresenta locais onde funcionarão as políticas de Assistência Social de Alcântara

COMPARTILHE

O prefeito de Alcântara, Anderson Wilker (PCdoB), apresentou no início de Fevereiro à população alcantarense os prédios onde funcionarão as Políticas de Assistência Social, da Secretaria de Desenvolvimento Social, Igualdade Racial e Mulher, comandada por Rogério Fernandes.

Em um dos prédios, serão instalados os departamentos de Comunidades Tradicionais (Quilombolas), Identificação (onde serão emitidas carteiras de trabalho e Identidade), Infância, Mulher, setor do CadÚnico e Assistência Social de modo geral. Além disso, irão funcionar o Conselho da Criança e Adolescente, Conselho Municipal da Assistência Social e o Conselho de Segurança Alimentar e Nutricional.

No segundo prédio irão funcionar o CRAS (Centro de Referência da Assistência Social) e os Serviços de Fortalecimento de Vínculos, onde serão prestadas as ações do ciclo de convivência (Atividades que serão desenvolvidas com crianças a partir de 6 até 17 anos de idade, com orientadoras sociais), em que haverá aulas de Balé, Capoeira, Dança, Coral do Idoso e das Crianças (Flauta Doce).

Em frente ao CRAS tem o CREAS (Centro de Referência Especializada da Assistência Social) formado pelos profissionais como Psicólogo e Assistente Social (eles são os responsáveis pelas demandas contra a violência de Idosos, Crianças e Portadores de Deficiências). Além do Psicólogo e Assistente Social, o CREAS dispõe de assistência jurídica.

Em março, a secretaria de Desenvolvimento Social vai está implantando a equipe volante composta por um Psicólogo e um Assistente Social que vai percorrer a zona rural para identificar as demandas que serão encaminhadas para o CRAS.

Estiveram presentes no evento os Secretários Marcelina Serão (Cultura e Turismo), Benedito Barbosa (Agricultura), Wemerson Martins (Juventude), Eraldo Campelo (Meio ambiente), Além do presidente da Câmara, José Ribamar (Ribinha), o vice-prefeito Sargento Leitão, e o prefeito Anderson Wilker juntamente com a Primeira Dama, Rayssa Araújo. Participaram também, funcionários da Assistência Social.

Responsive WordPress Theme Freetheme wordpress magazine responsive freetheme wordpress news responsive freeWORDPRESS PLUGIN PREMIUM FREEDownload theme free