casa » 2018 » janeiro (página 4)

Arquivos Mensais: janeiro 2018

ARTIGO: Existe uma Guerra e estamos perdendo

COMPARTILHE

Para aqueles que olham os noticiários internacionais e se aterrorizam com uma possível guerra entre os Estados Unidos, de Donald Trump, e a Coreia do Norte, de Kim Jong-Un, leia com atenção a próxima frase: o Brasil já está em Guerra e está perdendo.

Em apenas três semanas são assassinadas no Brasil mais pessoas do que o total de mortos em todos os ataques terroristas no mundo nos cinco primeiros meses de 2017.  Ao todo, foram mais de 59 mil homicídios, segundo o último Atlas da Violência, publicado em 2017 e produzido pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) em parceria com o Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP). São seis mortes por hora. Como comparação, a Guerra da Síria já matou mais de 340 mil pessoas desde seu início em 2011, uma média de 56 mil por ano.

Mas por que nos importamos e nos preocupamos mais com os desdobramentos da discussão Trump x Kim? Aqui no Brasil, a criminalidade já virou rotina e a naturalização desta situação aumenta a falta de cobrança de uma solução pelas as autoridades. Esta soma de fatores nos levou ao longo de anos de má administração até a calamidade atual. Estados sem dinheiro não conseguem investir em nada, inclusive na segurança.

A situação de Rio Grande do Norte é o último exemplo desta triste fórmula a eclodir. É neste ponto que a criminalidade deixa a periferia e toma conta do Estado. E é só neste momento que percebemos o problema. A greve das polícias locais é o último grito contra a falta de estrutura e precariedade da segurança pública.

O fim da paralização se deu quando o governo acatou as reinvindicações dos sindicatos. Dos 18 pedidos dos policiais e bombeiros, a maioria era por estrutura, novos carros, fardas e pagamento em dia. O básico para se combater a criminalidade e colocar a vida em risco. Você chega ao seu trabalho, mas não tem cadeira, computador ou mesa. Mesmo assim precisa entregar os seus projetos, pois seus clientes estão cobrando. Soma-se a isso, um atraso salarial. Um ou dois meses sem receber. Como você se sentiria? Agora imagine ser um policial e ter o risco de trabalhar em uma das 50 cidades mais violentas do mundo.

Esta é a situação que motivou a paralização das polícias em RN, mas é a mesma história que se repete na maioria dos estados brasileiros. Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Santa Catara e por aí vai. Na contramão, o crime se aperfeiçoa, cresce, inventa novas técnicas.

Mas a crise já passou e a polícia voltou a trabalhar, certo? Não. Os estados continuam quebrados ou mal administrados. Remedia-se e abafa, mas não acaba com o problema. É uma doença onde se cuida apenas dos sintomas, sem tratar realmente a causa raiz. Com isso, as dores passam, mas voltam piores quando o tratamento superficial não faz mais efeito.

Enquanto não houver uma conscientização da população para cobrar soluções e os governantes tiverem mais responsabilidade pelos seus gastos, continuaremos perdendo essa Guerra e seguiremos sentados na frente da TV, preocupados com a crise de Donald Trump.

** Marco Antônio Barbosa é especialista em segurança e diretor da CAME do Brasil. Possui mestrado em administração de empresas, MBA em finanças e diversas pós-graduações nas áreas de marketing e negócios.

Sobre a CAME do Brasil

Presente no Brasil desde 2010, com sede em Indaiatuba/SP, a CAME Group é uma empresa de origem italiana com mais de 40 anos no mercado e líder mundial em produtos para automação de acesso, com certificações ISO 9001 e ISO 14001. A empresa dedica-se à excelência em equipamentos e assistência técnica de alta qualidade, inovação e performance no segmento de controle de acesso e automação predial, desenvolvendo projetos customizados para clientes de diferentes segmentos de mercado. Com filiais em 17 países e mais de 350 distribuidores exclusivos no mundo todo, a CAME controla três empresas produtivas (CAME Cancelli Automatici, BPT Sistemas de automação residencial e industrial, e Urbaco), além da CAME Service Itália, especializada em assistência aos clientes. No seu portfólio de produtos, oferece o que há de mais moderno e robusto em cancelas, portas e pilares automáticos, correntes e automatizadores pivotantes ou deslizantes, entre outros. Veja mais em: www.came-brasil.com 

 

Por Marco Antônio Barbosa

Sebrae e Prefeitura de Bequimão iniciam curso de chocolate para empreendedoras locais

COMPARTILHE

Um grupo formado por 30 empresárias e potenciais empreendedoras do município de Bequimão, participam durante toda esta semana do curso de Chocolates e Doces para a Páscoa, promovido pelo Sebrae/Ma, através da sua unidade regional de Pinheiro em parceria com a prefeitura municipal de Bequimão, por meio da Sala do Empreendedor e a fabricante de chocolates e produtos alimentícios Jazam.

Durante o curso as participantes aprenderão como produzir ovos de páscoa, bombons, trufas, brownies e tortas geladas de diversos sabores. Produtos que podem ser comercializados não apenas no período da Páscoa que se aproxima, mas durante todo o ano.

Mais ações em parceria com a fabricante de alimentos Jazam em outros municípios da região da baixada e do litoral ocidental estão previstas para acontecer durante o ano de 2018.

Fotos: Rodrigo Martins

A cor da febre

COMPARTILHE

POR PROFESSOR LISBOA – Nos tempos atuais, quando analisamos a ação daquele que fora feito imagem e semelhança de Deus, permitimo-nos concluir que ele – o homem -, justamente ele, tem sido o grande responsável por todas as grandes e pequenas mazelas que o mundo vem experimentando desde sempre. Não culpemos os animais, a natureza ou seus elementos por nossos erros. Assumamo-los.

Essa súbita preocupação com o surto de febre amarela que vem assustando o Brasil é o exemplo mais atual da culpa que tem, com absoluta exclusividade, o ser humano. Basta vermos o ímpeto incontrolável da ambição de querer ganhar sempre mais, mesmo alertado dos riscos irreversíveis que corre.

O caso da barragem de rejeitos minerais, da Samarco, em Mariana, Minas Gerais, ocorrido há cerca de dois anos, é fato revelador de que essa onda de febre amarela, que vem assombrando o Povo brasileiro, poderia acontecer: os rejeitos foram lançados em todos os cursos d’água, até alcançar o oceano, comprometendo Minas Gerais, Rio de Janeiro, São Paulo e, por extensão, Espírito Santo e Bahia.

Ao longo do percurso, os rejeitos mataram os sapos e os peixes, como o Brasil e o mundo viram, por exemplo, no Rio Doce. Isso foi extremamente ruim para o meio ambiente e, consequentemente, para a saúde do próprio homem. Como dissemos, os sapos morreram. Ora, sem sapos, predadores naturais dos mosquitos, estes proliferaram. Os peixes morreram. Ora, sem peixes, predadores naturais das larvas do mosquito, estas permaneceram aptas a gerar novos mosquitos. Está aí o resultado: a onda de febre amarela. E, agora, o País está mergulhado na pressão de como evitar a urbanização da moléstia, cujo último caso fora registrado em 1942.

Não foi por falta de alerta, pois intelectuais, como o filho do grande Augusto Ruschi, morto por ação venenosa de um sapo, alertou, em indagação, sobre o perigo: “Vocês têm ouvido os sapos nas lagoas? E os peixes, vocês têm visto? Pois é isso é muito ruim. Um dia vocês vão entender do que eu estou falando…!”

Hoje, vivemos o terror, por nossa ganância de não pensar em conciliar, sustentavelmente, desenvolvimento e meio ambiente. Há muito se fala nisso e disso. Quantas vidas ainda se perderão? Quantos milhões ainda teremos que desprender em vacinas e campanhas? Quantos erros ainda iremos cometer até que sejamos capazes de, consciente e racionalmente, poder ser, realmente, dignos de nos acharmos obra-prima da Criação?

 

Por Antônio de Lisboa Machado Filho (Advogado, professor, Conselheiro do CEE/MA, ex-Vereador de São Luís).

 

Luciano Genésio é um embrião da política pinheirense que deve ser abortado pela população antes da fecundação

COMPARTILHE

A maior decepção dos pinheirenses na política veio como uma gravidez inesperada. Com palavras e promessas bonitas a população de entregou à alguém que achava conhecer. No primeiro encontro em outubro de 2016, tudo que era sonho se tornou realidade. O povo fez a festa, comemorou, dançou, pulou e agora chora de arrependimento. O nome mais falado antes das eleições era o de Luciano Genésio, um jovem que pregou o desenvolvimento, mas está construindo o atraso em Pinheiro. Hoje ainda é o nome mais falado, mas negativamente.

A esperança virou frustração, o sonho virou pesadelo e Pinheiro se tornou a cidade mais abandonada da baixada maranhense. Com tom de prepotência, o atual prefeito Luciano Genésio, desafia autoridades judiciais, o governo Flávio Dino e quem cruzar seu caminho. Um verdadeiro desequilibrado e sem noção. Geneticamente pode ser uma boa mostra de que o povo de Pinheiro precisará esperar mais 35 meses para ver uma mudança de verdade com outra opção.

Levando em comparação a genética, Luciano Genésio pode ser um embrião na política que mesmo em estágio de fecundação já tem data para ser abortado pela população. É aquele provérbio popular, que diz que esse político de primeira viagem naufraga mesmo estando com o barco ancorado. Um garotão daqueles que “rebola” em qualquer palco e não se comporta como uma autoridade. E quando enche a cara de cana, o mundo para pra assistir o espetáculo em praça pública.

No município de Pinheiro o nome de Luciano Genésio é sinônimo de atraso de salários, perseguição política, mau pagador, incompetente e desastrado. Desde que assumiu a gestão do município, o povo o elegeu como Bad Boy, em alusão as polêmicas em que se envolveu, quando o assunto é verba pública. Agora quer lançar a esposa à deputada estadual, achando que o povo é besta. Mais uma vez o povo está pagando o pato. Até o antecessor que era considerado um gestor ruim, começou dar saudades aos Genesitas Pinheireses.

 

 

Zé Inácio (PT) defende no Maranhão “direito de Lula ser candidato”

COMPARTILHE

Às vésperas do julgamento do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, marcado para quarta-feira 24/01, perante o Tribunal Regional Federal 4, o Deputado Estadual Zé Inácio tem sido uma das lideranças políticas do Partido dos Trabalhadores (PT) mais atuante no Maranhão em defesa do direito de Lula ser candidato.

Uma das iniciativas do parlamentar que mobilizou e reuniu diversas siglas partidárias foi o lançamento oficial da primeira “Frente Parlamentar em Defesa da Democracia e do Direito de Lula ser candidato” instalada no país, na Assembleia Legislativa, que já culminou à adesão de seis parlamentares estaduais, incluindo o Presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, Deputado Othelino Neto.

Zé Inácio também estará presente em Porto Alegre (RS), para acompanhar e participar dos movimentos da militância em defesa Lula. “A democracia já levou um duro golpe com impeachment da presidenta Dilma, e agora um golpe do judiciário por falta de provas contra Lula. O que está em jogo é a democracia do Brasil e temos a convicção de que se for um julgamento imparcial, ele será absolvido”, disse Zé Inácio.

Em São Luís, terça-feira, será realizada panfletagem na Avenida Beira Mar, com a militância, em seguida às 19h, será realizado um debate jurídico sobre a “Judicialização da Política”, seguido de vigília na sede do PT, no Cohafuma, às 19h.

E no dia do julgamento, militantes dos movimentos sociais, sindicais e partidos políticos, estarão concentrados a partir das 10h, em frente à Justiça Federal, para acompanhar o julgamento e realizar um Ato Político.

 

Othelino Neto recebe visita de cortesia do presidente da Associação dos Magistrados do Maranhão

COMPARTILHE

O presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, deputado Othelino Neto (PCdoB), recebeu nesta terça-feira (23), visita de cortesia do presidente da Associação dos Magistrados do Maranhão (AMMA), Ângelo Santos. Além de trazer os cumprimentos ao parlamentar, a visita também teve como objetivo reforçar os laços entre as instituições.

Na ocasião, Ângelo Santos lembrou que, em 2017, a associação contou com o importante apoio da Assembleia Legislativa na aprovação de demandas do Poder Judiciário e da Magistratura maranhense. Ele reforçou que, além da atuação institucional e associativa, a AMMA também busca cumprir com o seu papel político-social, estreitando os laços entre as instituições e os poderes.

“No ano de 2017, estivemos inúmeras vezes na Assembleia Legislativa, discutindo projetos ligados ao Poder Judiciário e à magistratura. Não poderíamos deixar de, no início dessa gestão com o deputado Othelino Neto, vir aqui e mostrar que a Associação dos Magistrados permanecerá vindo a essa Casa para debater projetos de interesse da magistratura e, principalmente, buscando a cada dia uma prestação jurisdicional mais célere”, afirmou.

O presidente Othelino Neto agradeceu a visita e destacou que é importante que ambas as instituições estejam afinadas para que a sociedade ganhe com essa relação mais próxima. “Tivemos a oportunidade de apreciar e aprovar importantes projetos no que diz respeito ao Judiciário maranhense. Essa visita estreita, ainda mais, os laços e isso é bom para a sociedade”, assinalou.

 

Prefeito Zé Martins inaugura Arena Rio Verde em Barroso, entrega Compactadora de Lixo à população e anuncia novas obras em Bequimão

COMPARTILHE

No último domingo, dia 21 de janeiro, a população de Bequimão foi presenteada com inauguração de obra, entrega de veículo e anúncio de novas obras no município. Acompanhado dos deputados Zé Inácio e Victor Mendes, do vice-prefeito Magal e secretários municipais, o prefeito Zé Martins inaugurou a Arena Rio Verde, no povoado Barroso, que homenageou o saudoso empresário Valdecy Rodrigues, que foi representado pelo filho, o empresário Luís Carlos (Bago). O campo de futebol era um sonho antigo da comunidade, e foi murado, recebendo alambrado, traves de ferro e equipado com redes pelo prefeito Zé Martins. Além disso o prefeito ainda entregou placas em homenagem a 30 personalidades que contribuíram com o desenvolvimento do esporte em Barroso.

Entre os homenageados estavam Ribinha do Barroso, Chico Paca, Zeca de Sérgio, Joaquim, Osvaldo, Ademir Soares, Zé Martins, Careca do Barroso, Terezo Lambão (in memória), Deó Soares (in memória), Denerval, Bruno, Neco, Vivaldo, Edivaldo, Saburica, Virgílio, Nelson, André, Felipe, entre outros homenageados. Além disso o jogador que marcar o primeiro gol após a inauguração receberia uma placa também. Um jogador da Ponte Preta que enfrentava o Rio Verde, foi o contemplado. Na preliminar aconteceu o 44º jogo dos amigos de Neco (Casados X Solteiros).

Antes de inaugurar a Arena Rio Verde, o prefeito Zé Martins entregou para a população bequimãoense uma Compactadora que fará a coleta do lixo no Centro da cidade e bairros próximos. Com a frase – Cidade Limpa, Povo Educado, o veículo terá uma grande contribuição na limpeza da cidade. Resta apenas a população contribuir com o poder público, mantendo a cidade limpa, não jogando lixo nas ruas.

Durante a Inauguração da Arena Rio Verde, o prefeito Zé Martins falou de sua luta pelo povo de Bequimão, do respeito que tem pelo povo de Barroso e anunciou novas obras na comunidade. “O belo povoado de Barroso é uma comunidade especial, tenho um grande respeito por este povo, assim como os demais habitantes de Bequimão. Sou um morador daqui e conheço as necessidades deste povo. Este estádio era um sonho antigo da comunidade e hoje está se tornando realidade. Além desta Arena, reformei a Praça e o Parquinho Infantil. E agora firmo um compromisso de que Barroso será o primeiro povoado a ser asfaltado todo em Bequimão”, destacou o prefeito, que afirmou que asfaltará desde a MA-106 até a ponte do Balandro beneficiando três povoados.

 

O deputado destacou o trabalho do prefeito Zé Martins e reconheceu os investimentos feitos no esporte bequimãoense. “Eu que ando por todas as cidades do Maranhão, sei o quanto ta complicado para muitos prefeitos administrarem. Mas aqui em Bequimão o prefeito Zé Martins faz um trabalho brilhante e por isso é referência em gestão pública em todo Estado. O prefeito sabe que tem meu apoio e no que puder ajudar, pode contar comigo”, disse o parlamentar.

O deputado Victor Mendes parabenizou o prefeito Zé Martins pelo grande trabalho que faz no seu município e aproveitou para homenagear em memória o grande líder de Bequimão Juca Martins. “Como grande prefeito que é, Zé Martins ainda carrega um fardo muito pesado que é o legado deixado pelo seu pai Juca Martins, que foi o maior líder político de Bequimão e da baixada. Sei do esforço e da luta deste prefeito que sempre está em Brasília atrás de recursos para investir em Bequimão. É um prefeito incansável, e no que puder ajudar, vou está contribuindo com sua gestão, assim como o deputado Sarney Filho, que também ajuda o prefeito Zé Martins”, finalizou o deputado federal.

Para o ex-jogador Neco, a Arena Rio Verde é um sonho antigo e a felicidade de ver em realidade não tem preço. “Não tenho palavras para te agradecer Zé Martins por esta obra. Era um sonho antigo, sempre sonhei com este momento. Era para seu pai fazer, mas acabaram atrapalhando, mas como tudo tem seu tempo, chegou o tempo e você fez. Em nome do povo de Barroso quero te agradecer por tudo, muito obrigado de coração”, finalizou o craque, que foi uma das referências do futebol bequimãoense em todo Brasil.

Estiveram presentes os deputados Zé Inácio (estadual), Victor Mendes (federal), o vice-prefeito Magal, os secretários Zé Orlando Ferreira (Administração), Kell Pereira (Esporte), Ademar Costa (Indústria e Comércio), Creuber Pereira (Agricultura), Dinha Pinheiro (Cultura e Igualdade Racial), Josmael Castro (Assistência Social), Tonho Martins (Infraestrutura), Ricardo Lemos (Transportes), João de Castro Ribeiro (Finanças), Otoniel Gusmão (Segurança), Edimilson Pinheiro (Meio Ambiente), servidores municipais, lideranças políticas e comunitárias, desportistas locais e comunidade em geral, além de integrantes da imprensa local, regional e da capital maranhense.

Fotos: Rodrigo Martins

Transporte alternativo da Ilha de São Luís também reajusta valor da passagem

COMPARTILHE

O aumento de passagem do transporte coletivo na Ilha de São Luís deu o que falar em qualquer ponto da cidade. No bar, na lanchonete, churrascaria, restaurante, pontos de mototáxi e táxi, bancas de revista, hospitais, clínicas, e até mesmo nos terminais de integração, o assunto era o mesmo. Aumento de passagem. A tarifa que custava R$2,20 foi excluída e agora terá apenas o nível I que custará R$2,70 e o nível II que que passou de R$2,90 para R$3,10. Já o famoso interurbano que custava R$3,00 passou para R$3,20, enquanto o Expresso Metropolitano passou de R$3,10 para R$3,30. Ninguém escapou do reajuste.

Para quem achava que iria economizar utilizando o transporte alternativo que faz os percursos de Paço do Lumiar e São José de Ribamar para o Mercado Central, no centro de São Luís, se enganou. Até o valor da passagem das vans também sofreu reajuste. A partir da meia noite desta terça-feira (23), o valor da passagem das vans vai passar de R$2,50 para R$3,00. Desde esta segunda-feira (22) os veículos alternativos já circulavam com o aviso de reajuste na porta.

Com os reajustes das passagens no transporte coletivo Integrado e não Integrado, Interurbano e Expresso Metropolitano e Alternativo, não adianta chorar. Se correr o bicho pega e se ficar o bicho come. O certo mesmo, é que tanto os coletivos, quanto os alternativos, todos estão totalmente sucateados.

 

Vereadora Fátima Araújo leva cursos de graduação para população do João de Deus

COMPARTILHE

Uma parceria entre a vereadora Fátima Araújo e o Centro Ecumênico de Estudos Religiosos Superiores do Estado do Maranhão (CEERSEMA) trouxe para o bairro João de Deus, cursos superiores de graduação. A Faculdade Ceersema está funcionando na Escola Comunitária do bairro João de Deus. A mensalidade do curso de graduação na área de Educação custa apenas apenas R$ 100 (cem reais) a mensalidade.

Mara Holanda (coordenadora) de blusa branca. Vera Fátima (professora) de blusa quadriculada preta

O Ceersema é uma entidade filantrópica que em parceria com Faculdades formam cidadãos que possam atuar na área de educação, como professores, educadores, coordenadores e diretores. Há 17 anos no mercado de Ensino Superior, a Faculdade vem se destacando no avanço e qualificação de profissionais da educação, principalmente pela qualidade do ensino. Hoje no mercado é a instituição que pratica um dos menores custos para quem quer atuar na área da educação.

A parceria com a vereadora Fátima tem dado bons frutos, tanto para a Instituição, quanto para a comunidade do João de Deus e áreas adjacentes. “Com a falta de bons profissionais no mercado de trabalho na área do ensino educacional, a vereadora Fátima Araújo viu uma luz no fim do túnel. “Era uma necessidade de qualificação dessas pessoas que há mais de 10 anos estavam fora de uma sala de aula”, destacou a coordenadora da faculdade, Mara Holanda.

A Ceersema funciona na Escola Comunitária João de Deus na Avenida Thales Neto, aos finais de semana, no horário das 8h da manhã às 17h. Interessados em fazer os cursos fazer suas inscrições que continuam abertas no mesmo endereço. É a vereadora Fátima Araújo criando oportunidades para quem precisa de oportunidades.

Fotos: Edilson Gomes

 

 

Samaritano Botafogo é o primeiro hospital do Rio de Janeiro a contar com o robô da Vinci Xi

COMPARTILHE

Rio de Janeiro, RJ  O Samaritano Botafogo é o primeiro hospital do Rio de Janeiro a contar com a mais moderna versão do robô da Vinci – a Xi -, que proporciona maior mobilidade e melhor definição de imagens para os médicos durante os procedimentos cirúrgicos. Em 2012, a instituição também foi a primeira do setor privado na cidade a adotar essa tecnologia e, desde então, já realizou 757 cirurgias robóticas. O novo equipamento será utilizado em procedimentos cardiológicos, urológicos, endocrinológicos, digestivos, ginecológicos, torácicos e de cabeça e pescoço.

Além de possibilitar que o médico realize as cirurgias com mais precisão – mesmo em áreas muito próximas, graças à rotação em 360 graus de garras mecânicas e câmera HD –, os principais diferenciais do da Vinci Xi são um grampeador cirúrgico, utilizado nos procedimentos bariátricos, e a movimentação do robô em diferentes ângulos, sem necessidade de mudar o paciente de posição nas cirurgias de tórax ou da região colorretal.  

A mais nova tecnologia usada nos centros cirúrgicos do Hospital Samaritano de Botafogo no Rio de Janeiro – RJ

Ricardo Periard, diretor do Hospital Samaritano Botafogo, ressalta que a cirurgia robótica vem sendo reconhecida como um dos mais importantes avanços da medicina nas últimas décadas. “O uso do robô permite cirurgias menos invasivas e mais assertivas e, no pós-operatório, uma recuperação mais rápida para os pacientes”, explica o executivo.

Sobre o Hospital Samaritano Botafogo:

Inaugurado em 1949, na Zona Sul do Rio de Janeiro, o Hospital Samaritano Botafogo é um dos mais modernos centros de prevenção, diagnóstico e tratamento do país. A instituição conta com tecnologia de ponta em todos os setores e possui uma equipe médica de alto nível, em diversas especialidades. Em 2014, o Samaritano inaugurou a sua segunda unidade no complexo Americas Medical City, na Barra da Tijuca. O Hospital Samaritano Botafogo integra o Americas Serviços Médicos, grupo médico – hospitalar que reúne a experiência de instituições renomadas e de referência, localizadas em cinco estados e no Distrito Federal. Para mais informações, acesse www.hsamaritano.com.br.

 

Mais informações:

Relações com a Imprensa – Hospital Samaritano Botafogo

Andresa Feijó – afeijo@imprensahospitais.com.br

+ 55 (21) 3805-1202 | (21) 97271-6387