casa » 2017 » outubro (página 10)

Arquivos Mensais: outubro 2017

Projeto Educar para Vencer criado por Fátima Araújo tem seu primeiro dia de aula e visita da Vereadora

COMPARTILHE

Iniciado nesta quarta-feira, dia 4 de outubro com três polos e beneficiando de imediato, 130 alunos, o Projeto Educar para Vencer, criado pela vereadora Fátima Araújo (PCdoB), com o objetivo de reforçar o conhecimento de estudantes da rede municipal de ensino, teve sua aula inaugural nesta quarta-feira (4), com visita ilustre da vereadora em sala de aula.

Como forma de atingir toda população estudantil da área do bairro João de Deus e adjacências, a vereadora Fátima Araújo instalou o Polo I na Vila Conceição, que funcionará de segunda a sexta-feira, nos turnos Matutino (Manhã) e Vespertino (tarde), na Igreja Católica Nossa Senhora do Rosário, no bairro Vila Conceição.

Já o Polo II irá funciona no João de Deus, terça, quarta e sexta-feira, no turno vespertino (tarde), na Igreja Católica Nossa Senhora do Rosário, no bairro João de Deus. Enquanto isso, o Polo III vai funcionar no Pirapora, terça, quarta e quinta-feira, no período vespertino (tarde) no Centro Catequético do bairro Pirapora.

Para a vereadora Fátima Araújo, o projeto tem apenas a finalidade social aos moradores da região. “Sinto-me feliz em ver os alunos tendo uma assistência que lhes é devida. Agora os pais além de ter a educação do seu filho reforçada, também, economizarão e terão mais tempo para outras atividades, enquanto seus filhos estarão no reforço” – destacou a Pequena Guerreira.

Nesta terça-feira, dia 3 de outubro, a vereadora Fátima Araújo, usou a tribuna da câmara para destacar seu trabalho social realizado na área do bairro João de Deus e o apoio incondicional dos empresários da região. A Pequena Guerreira ainda foi categórica ao falar do Projeto Educar para Vencer, quem em sua opinião não só vai ajudar as crianças dos bairros beneficiados, como os pais que saberão onde e onde estarão seus filhos.

Programa ID Jovem vai gerar oportunidades para juventude de Bequimão

COMPARTILHE

O pátio da Escola Municipal Domingos Bouéres, no bairro Estiva, ficou lotado de estudantes, professores e autoridades municipais, estaduais e federais no lançamento do Programa Identidade Jovem (ID Jovem), numa parceria entre Prefeitura Municipal de Bequimão e Secretaria Nacional de Juventude.

O prefeito Zé Martins e o secretário Nacional de Juventude, da Presidência da República, Assis Filho, fizeram o lançamento do programa. A estudante Ludimila Martins destacou a importância dessa iniciativa para a juventude bequimãoense. “Espero que através desse projeto sejam implantadas novas oportunidades para os jovens daqui”, disse.

De acordo com Assis Filho, muitas portas podem se abrir para a juventude por meio da ID Jovem. “O documento vai possibilitar aos jovens bequimãoense o acesso à meia-entrada em eventos artístico-culturais e esportivos, além de vagas gratuitas ou com desconto no sistema de transporte interestadual”, explicou.

Para o secretário municipal de Assistência Social, Josmael Castro, o ID Jovem veio para complementar os demais programas já implementados pela Prefeitura. “O ID Jovem vai ampliar os programas já existentes e mantidos pelo prefeito Zé Martins. Esse programa vai ser muito benéfico aos jovens, que vão poder fazer o Enem sem pagar a taxa de inscrição, além de outros benefícios”, destacou.

O prefeito Zé Martins enfatizou as perspectivas abertas pelo programa aos jovens bequimãoenses. “Ser contemplado com o programa é maravilhoso e, principalmente, por Bequimão estar como a primeira entre as seis cidades do Maranhão escolhidas para seu lançamento. Esse programa, além de social, é um programa de cidadania para os jovens em várias vertentes, como passagem, meia entrada em eventos, além de inscrições para o Enem. Essa é mais uma parceria de sucesso com o governo federal”, disse.

Em Bequimão, serão beneficiados 3.323 jovens entre 15 e 29 anos, que atendem os pré-requisitos de cadastro ao programa, como o Cadastro Único (CadÚnico), renda familiar de até 2 salários mínimos e o Número de Identificação Social (NIS). Também participaram do evento vereadores, secretários, o deputado estadual Zé Inácio, o vice-prefeito Magal, além de lideranças comunitárias.

Fátima Araújo vai realizar audiência pública sobre “A mulher e seus direitos limitados”

COMPARTILHE

A vereadora de São Luís, Fátima Araújo (PCdoB), representante de todas as classes trabalhadoras na Câmara Municipal, teve o requerimento Nº 897/2017 aprovado no Plenário Estácio da Silveira, que pede uma audiência pública que possa debater o tema “A mulher e seus direitos limitados” para combater a violência contra mulher no Maranhão, já que as estatísticas mostram um crescimento na capital.

De acordo com o requerimento da Pequena Guerreira, os números mostram que em 2016 e 2017 houve um crescimento quando o assunto é violência contra mulher. Segundo as estatísticas divulgadas nos principais veículos de comunicação do estado, tramitam na Vara 2,200 medidas protetivas, 350 inquéritos, 406 ações penais e 62 autos de prisão em flagrantes em 2016. Este ano até Julho, o número aumentou e somou 8.162 processos, sendo 1.316 medidas protetivas, 294 inquéritos penais, 90 ações penais e 13 autos de prisão, além de outras ações.

Em abril de 2017 foi criado o departamento de feminicídio, que dará mais atenção à  violência contra a mulher no Maranhão. Segundo a delegada responsável pelo departamento, a criação desse órgão dará mais visibilidade a esse tipo de crime. O departamento fará investigações especializadas nos casos de mortes violentas contra mulheres. Se for tipificado como feminicídio, o crime torna-se hediondo de acordo com a lei.

Ônibus voltarão a fazer a linha Vila Luizão/Terminal da Cohama após manifesto de vereador

COMPARTILHE

Para muitos foi pouco, porque durou apenas 2 horas, a greve de fome realizada nesta terça-feira (3) pelo vereador Marquinhos (DEM), mas o suficiente para despertar os Leões na sede do governo estadual, que de imediato deu logo uma resposta positiva ao parlamentar grevista. Uma das reivindicações do vereador era a volta da linha de ônibus coletivo que transportava passageiros da região da Vila Luizão para o Terminal de Integração no bairro Cohama. Após a suspensão da greve de fome, Marquinhos foi informado que os coletivos voltarão a circular ainda esta semana.

Segundo o vereador Marquinhos, a Agência de Mobilidade Urbana (MOB) vai disponibilizar os coletivos para retornar à linha Vila Luizão/Terminal da Cohama ainda esta semana. De acordo com o parlamentar, aproximadamente 5 mil passageiros usam essa linha diariamente. Os bairros Vila Luizão, Sol & Mar e Brisa do Mar, além de áreas do entorno foram prejudicados com a retirada da linha e agora serão beneficiados novamente com a volta da referida.

Segundo Marquinhos em entrevista ao radialista Geral Castro, do programa abrindo o verbo, da Rádio Mirante AM, a suspensão se deu por conta de conversas entre o vereador e representantes do prefeito Edivaldo Holanda Júnior, que estiveram no local da greve. De acordo com Marquinhos, se não houver um acordo acordo entre o parlamentar e o executivo até segunda-feira (9), ele voltará com sua cadeira e a tenda para recomeçar a greve. Pelo visto, tanto o executivo municipal, quanto o estadual, já se movimentam para resolver as demandas do vereador, que se mostra fiel a quem o colocou na Câmara Municipal de São Luís.

Prefeito Zé Martins autoriza pagamento de setembro aos servidores para esta quarta-feira (4)

COMPARTILHE

O prefeito de Bequimão, Zé Martins (PMDB), autorizou nesta terça-feira (03) o pagamento dos servidores da Prefeitura Municipal, referente ao mês de setembro. Nas primeiras horas desta quarta-feira, dia 04 de outubro, os vencimentos já estarão nas respectivas contas bancárias.

Mais uma vez os salários dos funcionários municipais serão pagos dentro da data base, como já se tornou marca desde a primeira administração de Zé Martins.

Mesmo diante da crise que afeta o país e dos cortes nos repasses do Fundo de Participação do Município (FPM), o prefeito mantém o pagamento dos servidores em dia; a economia local ganha novos ares, em que o comércio aumenta seu faturamento.

Os 100 KM de Asfalto do prefeito Edivaldo Holanda Júnior

COMPARTILHE

A propaganda no Rádio, TV e redes sociais, mostra em quantidade numérica, um total de 100 km de asfalto para colocar nas ruas de São Luís, por meio do programa “Asfalto na Rua”, criado pelo prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT). O que a população da capital maranhense ainda não percebeu é que mais uma vez está sendo enganada.

Fazendo pequenos cálculos matemáticos, não encontrei dificuldades para mostrar que a propaganda da Prefeitura de São Luís, é enganosa e que 100 km de asfalto não consegue pavimentar sequer um bairro da capital maranhense. Buscando um exemplo rápido, e podemos falar que 100 km é a distância entre São Luís e a cidade de Morros, na Região do Munin.

Vejamos algumas simulações quando o assunto é pavimentação em ruas e bairros. São Luís possui 600 bairros e mais de 10 mil ruas e avenidas. Então, se uma rua possuir 500 metros de comprimento, os 100 km de asfalto de Edivaldo Holanda Júnior vão pavimentar somente 200 ruas na capital. Para entender melhor esse raciocínio, vou exemplificar um modelo convencional. A distância entre dois postes da Cemar é de 50 metros, por tanto, se a cada rua possuir 10 postes, serão pavimentos 500 metros por rua, ou seja, 200 ruas no total. Se cada rua ou avenida possuir 20 postes, serão pavimentados mil metros, ou 100 ruas no geral. E as outras ruas, quem vai pavimentar?

A pergunta que fica aos criadores do marketing e propaganda da prefeitura sobre os 100 km de asfalto é: Quantos centímetros serão pavimentados em cada rua? E qual a espessura desse asfalto? De acordo com a resposta, posso imaginar que São Luís será pavimentada virtualmente.

Fátima Araújo comemora o Dia Nacional do Idoso no bairro João de Deus

COMPARTILHE
A vereadora de São Luís, Fátima Araújo (PCdoB), comemorou no último domingo (1) no bairro João de Deus, o Dia Nacional do Idoso, com uma programação especial dedicada à terceira idade. A programação contou com uma ação voltada para saúde, beleza, recreação e lazer.

Em parceria com a Jafra e o Posto de Saúde do João de Deus, a ação contou com enfermeiras, que realizaram aferição da pressão arterial, teste de glicemia, além de palestra com nutricionista, limpeza de pele e dinâmica de socialização com os idosos. A Pequena Guerreira ainda realizou distribuição de frutas, sucos naturais, bolos, salgados e bombons de chocolate. E para finalizar a festa, a vereadora houve sorteio de brindes e Aulão de Zumba para todos os presentes.
Com o apoio do Comercial Alemão, Casa Econômica, Divina Marcelo, Dudu Materiais de Construção, Maranhão Motos e Supermercado Vanessa, o Dia Nacional do Idoso foi comemorado com sucesso, na sede do Projeto Viva Mais Saúde, localizada na antiga Proab no bairro João de Deus, com participação de comunidades adjacentes.
DIA NACIONAL DO IDOSO
O estatuto do idoso, criado por meio da lei nº 10.741, de 1º de outubro de 2003, afirma em seu artigo 80, que o envelhecimento é um direito personalíssimo, e a sua proteção um direito social, nos termos desta Lei e da legislação vigente. Já o Inciso 30, do parágrafo 5 do art. 10, diz que é dever de todos zelar pela dignidade do idoso, colocando-o a salvo de qualquer tratamento desumano, violento, aterrorizante, vexatório ou constrangedor.
Estiveram presentes no evento, além da vereadora Fátima Araújo, Assistentes Sociais, Psicopedagogos, líderes comunitários, enfermeiras, supervisora da Jafra e comunidade em geral.

FOTOS: Edilson

Vereadora Bárbara Soeiro realiza nesta sexta-feira, dia 6, audiência pública sobre a lei do feminicídio

COMPARTILHE

A vereadora de São Luís, Bárbara Soeiro (PSC), realizará audiência pública nesta sexta-feira, dia 6 de outubro, às 10h no Plenário Simão Estácio da Silveira, da Câmara Municipal de São Luís, localizada na Rua da Estrela, no Centro da Cidade, em frente ao Teatro João do Vale, no Reviver. Com o tema “A atual conjuntura da aplicabilidade e aplicações da lei do feminicídio“, o lema será “Uma luta no combate à violência contra mulher“.

O que diz a lei do feminicídio?

A lei 13.104 altera o código penal para prever o feminicídio como um tipo de homicídio qualificado e incluí-lo no rol dos crimes hediondos. Na prática, isso quer dizer que casos de violência doméstica e familiar ou menosprezo e discriminação contra a condição de mulher, passam a ser vistos como qualificadores do crime. Os homicídios qualificados têm pena que vai de 12 a 30 anos de detenção, enquanto os homicídios simples prevêem reclusão de 6 a 12 anos.

O que muda com a lei?
De acordo com a juíza Adriana, a lei do feminicídio traz a perspectiva de duas importantes mudanças. A primeira delas é responder à necessidade de que sejam tomadas providências mais rigorosas em resposta aos altíssimos índices de violência contra as mulheres no Brasil.

O QUÊ? – Audiência pública sobre a atual conjuntura da aplicabilidade da lei do feminicídio

QUANDO? – Sexta-Feira, dia 6 de outubro, às 10h

ONDE? – Câmara Municipal de São Luís

 

Nova geração de idosos: o que eles fazem para envelhecer melhor?

COMPARTILHE

São Paulo, outubro de 2017 – Viagens com os amigos, aulas de dança – parece a enumeração da rotina de um jovem, mas, segundo o Dr. Marcelo Levites, coordenador do Centro de Longevidade do Hospital 9 de Julho, cada vez mais os idosos têm realizado atividades como essas, que são prazerosas e fazem bem à saúde. “A nova geração de quem já passou dos 65 anos entendeu os malefícios do cigarro, do sedentarismo e da reclusão social e, por isso, tem mudado os hábitos para viver mais e melhor”, comemora o médico.

O especialista lembra que, antes da revolução industrial, a expectativa de vida era de até 55 anos. Com a evolução de tratamentos médicos e a conscientização das novas gerações, essa expectativa só tende a aumentar. “Diversos estudos indicam, por exemplo, que pessoas mais sociáveis e felizes têm uma saúde melhor”, explica o Dr. Levites. Por isso, proporcionar aos pacientes uma agenda descontraída, com estímulos físicos divertidos, como uma aula de dança, e oportunidades de sociabilização, como em uma viagem entre amigos, pode ajudar a prevenir doenças como a depressão e problemas crônicos como diabetes e hipertensão.

“A terceira idade tem sido cada vez menos vista como um período de reclusão. Observamos que muitos idosos definem uma segunda carreira, novos hobbies e interesses nesse período. O avançar da idade apresenta um mundo de oportunidades”, reforça o Dr. Levites.

Para estimular uma rotina mais saudável para os idosos, dê uma olhada nestas dicas e ajude-os a ter uma vida mais saudável:

Atividade física: Segundo estudo da Organização Mundial da Saúde*, por volta dos 60-65 anos, homens e mulheres sentem os primeiros sintomas da velhice como ossos frágeis e organismo lento. “Hidroginástica e caminhadas são duas opções prazerosas e exercícios interessantes para idosos, já que têm baixo impacto, mas estimulam diversas áreas do corpo, como o sistema cardiovascular, músculos e ossos”, observa o Dr. Levites, que complementa: “Além dos efeitos de longo prazo, as atividades físicas liberam serotonina, o hormônio responsável pelo bem-estar”.

Sexualidadecom a chegada de medicamentos para disfunção erétil muitos casais idosos redescobriram o apetite sexual e encaram o sexo de forma saudável. “É importante que o tratamento para disfunção erétil tenha um acompanhamento médico, já que não é indicado para homens com doença coronária pelo efeito vasodilatador”, explica o Dr. Levites.

Independência: pessoas na terceira idade estão cada vez mais independentes das famílias. Viagens com amigos, idas ao cinema, continuação dos estudos e até a identificação com uma nova profissão, fazem com que a nova geração de idosos afaste doenças psicológicas como depressão e síndrome do pânico.

Exames preventivos: ir ao médico apenas quando está se sentindo mal era um hábito comum na terceira idade. Atualmente, o idoso entendeu que adotar a prevenção ajuda a garantir a boa saúde durante o envelhecimento. Como algumas doenças são silenciosas e assintomáticas, o acompanhamento periódico é fundamental para aumentar as chances de cura e facilitar o tratamento.

É importante lembrar que o avançar da idade exige cuidados, mas, na maioria dos casos, a prática de exercícios e a manutenção da vida social fazem diferença na qualidade de vida. “É fundamental ter uma vida saudável e aliada ao acompanhamento médico. No Centro de Longevidade do H9J, por exemplo, temos uma variada programação que inclui exercícios físicos, passeios, cinema e atividades recreativas com uma equipe multiprofissional formada por nutricionistas, psicólogos e até de médicos do esporte para que os pacientes sejam tratados integralmente”, finaliza o Dr. Levites.

Fonte: http://sbgg.org.br/wp-content/uploads/2015/10/OMS-ENVELHECIMENTO-2015-port.pdf

Sobre o Hospital 9 de Julho: fundado em 1955, em São Paulo, o Hospital 9 de Julho tornou-se referência em medicina de alta complexidade com destaque para as áreas de Neurologia, Oncologia, Onco-hematologia, Gastroenterologia, Ortopedia, Urologia e Trauma. Possui um Centro de Medicina Especializada com atendimento em mais de 50 especialidades e 13 Centros de Referência: Centro de Dor e Neurocirurgia Funcional; Rim e Diabetes; Cálculo Renal; Cardiologia; Oncologia; Gastroenterologia; Controle de Peso, Infusão, Medicina do Exercício e do Esporte; Reabilitação; Clínica da Mulher; Longevidade e de Doenças Inflamatórias Intestinais (CDII).

Com cerca de 2,5 mil colaboradores e quatro mil médicos cadastrados, o complexo hospitalar possui 410 leitos, sendo 91 leitos nas Unidades de Terapia Intensiva, Centro Cirúrgico com capacidade para até 22 cirurgias simultâneas, inclusive com duas salas híbridas (com equipamento de Hemodinâmica e Ressonância Magnética) e duas para robótica.

Informações para a Imprensa

RMA Comunicação

De volta à Caxias, Fábio anuncia apoio ao projeto federal de Paulo Marinho Júnior

COMPARTILHE

O prefeito do município de Caxias (cidade a 363 quilômetros de São Luís), Fabio Jose Gentil Pereira Rosa, o Fabio Gentil do PRB se reuniu nesta sexta-feira (29), com amigos, e aliados próximos para definir o projeto de lançar o pré-candidato e vice-prefeito Paulo Marinho Júnior a deputado federal pelo município da princesa do sertão.

O ato aconteceu no bairro Vila Arias, durante uma confraternização. Segundo o atual mandatário da cidade, “Ninguém anda só. Eu como prefeito, é impossível administrar [sozinho] uma cidade desse tamanho… Eu preciso de vereadores, eu preciso de secretários, eu preciso do povo”, ressaltou Gentil.

Finalizou Fábio Gentil, “Eu tenho um vice-prefeito que me ajudou muito na campanha e ele é o meu candidato a deputado federal. É cedo para se falar, mas eu não tenho o que esconder”.

Fontes informaram que o vice-prefeito, deverá buscar apoio com vários prefeitos da região. O jovem Paulo Marinho Júnior não participou do evento, por motivos particulares. Mas, ele ficou muito feliz, muito satisfeito em saber do apoio.

Por Wallace Braga